Basta! Milícias antipetistas violam artigo 5º da Constituição. Cumpra-se a lei

fascistas capa

A história demonstra que o fascismo se alimenta da inação dos democratas. A segunda década do século XX, por exemplo, viu nascer um movimento de ódio contra uma etnia e um ideário político-ideológico. O nazismo foi erguido sobre ódio aos judeus e aos comunistas. Com efeito, apontar “inimigos comuns da sociedade” à execração pública é o ovo da serpente.

Nas últimas semanas, essa ideologia do ódio deu lugar a novas agressões a pessoas públicas em restaurantes de São Paulo. Os ex-ministros do governo Dilma Rousseff Guido Mantega e Alexandre Padilha foram insultados em público. No caso de Mantega, pela segunda vez neste ano ele foi expulso de um local público sob saraivada de injúrias.

Porém, não são apenas membros do Partido dos Trabalhadores, ou o próprio partido, que vêm sendo alvos de ataques verbais e até físicos. Cidadãos sem filiação partidária estão sendo injuriados e até agredidos fisicamente por milícias antipetistas que promovem blitz nas ruas de São Paulo com vistas a oprimir qualquer um que lhes desafie a decisão de constranger quem ostente sua opinião política.

Há grupos organizados que vêm anunciando publicamente suas intenções fascistas de constrangerem quem tem opinião política diferente e de impedirem que pessoas públicas possam sequer frequentar lugares públicos. Comentários de leitores postados no perfil do Facebook da revista Época, em link para matéria sobre a agressão recente a Guido Mantega, deixam isso bem claro.

fascistas 1

Como se pode ver, há pregação escancarada de intimidação de “petistas” que ousarem aparecer em locais públicos. Note, leitor, que os comentários que se vê na imagem acima não especificam se os “petistas” que devem ser coagidos a deixar locais públicos são “apenas” os filiados ao PT. A prática vem mostrando que basta mostrar simpatia pelo partido para ser agredido.

Claro que os políticos diretamente ligados ao PT, além do próprio partido, vêm sendo alvejados com maior contundência – nos últimos meses, por exemplo, dois diretórios do PT foram alvos de ataques a bombas incendiárias, um em Jundiaí e outro na capital paulista. E os relatos de agressões físicas e verbais contra qualquer um que possa ser identificado como simpatizante petista sucedem-se em escala geométrica.

Durante o processo eleitoral do ano passado, um caso tornado público por este Blog escandalizou o país. Um cadeirante foi agredido na rua por quatro brutamontes, em São Paulo, por usar camiseta e estrela do PT.

Outro caso que surpreendeu o país recentemente, também em São Paulo, foi agressão de milícia antipetista ao filho do blogueiro simpatizante do PSDB Ricardo Noblat. Guga Noblat é conhecido por supostamente ser “petista” e foi hostilizado e empurrado por essa milícia apesar de levar sua filha, de poucos meses de vida, no colo.

Esse processo de erupção de fascismo teve início em junho de 2013. Em 20 de junho daquele ano, em um ato público do Movimento Passe Livre na avenida Paulista que pretendia comemorar o recuo do prefeito Fernando Haddad do aumento das passagens de ônibus, petistas foram agredidos por portarem símbolos do partido.

A confusão começou quando militantes do PT chegaram portando bandeiras da sigla. Eles foram recebidos por xingamentos e gritos de “oportunistas” e “mensaleiros”. Hostilizados por todo o trajeto, petistas tiveram que ser protegidos por um cordão humano.

Cerca de três semanas após convocarem o que chamaram de “jornadas de junho”, o MPL, militantes de partidos de esquerda que fazem oposição ao governo Dilma e grupos ligados à ex-candidata a presidente Marina Silva anunciaram que iriam desistir de novas manifestações, assustados com o que haviam criado.

Desde então, as ruas foram tomadas por grupos de ultradireita que pregam a volta da ditadura militar e que decidiram impedir que qualquer pessoa que meramente simpatize com o PT exerça sua liberdade política e de expressão em público.

Essas agressões físicas e verbais contra petistas e simpatizantes do PT violam a Constituição de 1988. Basta uma rápida olhada nos primeiros incisos do artigo 5º do texto constitucional, que versa sobre Direitos e Garantias fundamentais.

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

Dos Direitos e Garantias Fundamentais

Capítulo I   

Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

IV –  é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

 VIII –  ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

Se é “livre a manifestação do pensamento”, quem manifesta pensamento favorável a um determinado grupo político está sendo tolhido em sua liberdade. Se ninguém pode ser “privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política”, os ataques a petistas e simpatizantes do PT violam também esse dispositivo constitucional.

Segundo o artigo 127 da Constituição, “O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis”. Em casos de violação de direitos como esses ataques a petistas e simpatizantes do PT, o MP deveria agir independentemente de provocação para garantir a liberdade de pensamento.

Quem não pode ostentar um símbolo de um partido político devidamente registrado e legal, está tendo seus direitos violados por motivo de convicção política, o que o inciso VIII da Carta Magna veda.

A razão pela qual nenhum membro do MP se dignou ainda a tomar providência pode parecer um mistério, mas não é. Essa omissão se deve a um processo de sucateamento dos Direitos e Garantias individuais que vem ganhando corpo desde junho de 2013 e que, pelo que se vê, só tende a aumentar.

O fato é um só: ou o Ministério Público do Brasil está intimidado politicamente ou está sendo conivente com a violação de direitos em curso.

Não são poucas as pessoas afetadas por essas ameaças aos Direitos e Garantias Individuais preconizados pela Carta Magna. No mínimo, centenas de milhares de cidadãos estão sentindo-se intimidados em exercer um direito constitucional de liberdade de expressão quanto a opiniões políticas.

Esse enorme contingente de cidadãos que está tendo seus direitos usurpados por milícias organizadas que atuam à margem da lei precisa decidir se vai mesmo aceitar passivamente o que está acontecendo.

Mas como fazer para não aceitar? A reação cabível é uma só: a lei, fora da qual não há salvação. As leis que garantes os Direitos e Garantias individuais devem ser acionadas.

O caminho ideal é que todo e qualquer cidadão que for alvo de tentativa de repressão à sua opinião política ingresse com medida judicial contra o agressor. Nesse aspecto, os alvos mais visíveis dessas agressões poderiam tomar providências legais.

Os ex-ministros Alexandre Padilha e Guido Mantega, por exemplo, prestariam um enorme serviço à democracia se processassem os agressores que os injuriaram publicamente. Ao não reagirem, estimulam novas agressões a eles mesmos e a outros, inclusive àqueles que meramente nutrem simpatia pelo PT, porém sem serem filiados à sigla.

Porém, não podemos cobrar reação apenas dos políticos. Cabe a cada cidadão defender seus direitos não apenas em defesa própria, mas, também, em defesa da coletividade. Nesse aspecto, vale ler comentário do leitor Sergio L., no post anterior:

Enviado em 26/05/2015 as 03:13

A reação não pode e não deve vir de um ato solitário. É imenso o risco de se tornar pretexto para novas agressões, físicas inclusive. A força para a reação estará na união.

O que eu vejo é que o PT, com todos os seus erros e acertos, é constituído, em sua imensa maioria, por pessoas democráticas, republicanas e civilizadas, porém firmes em suas opiniões. Está muito adiante do seu tempo!

Eu, com 52 anos e vivendo em bairros/escolas nobres da capital de SP, não conheci, pelo próprio destino, um petista sequer. TODAS as pessoas/familiares, namoradas e amigos que tive/tenho odeiam o PT, votaram em Malufs da vida e idolatram PSDB/Alckmin e o Estado.

Vocês imaginam o apartheid político que vivo a vida inteira… Me sinto um judeu vivendo num estado nazista, onde sequer posso manifestar minhas convicções políticas. As pessoas que para cá vem ou se sentem atraídas, são, em sua imensa maioria, egoístas, preconceituosas e materialistas. E tudo isto aparece nestas atitudes deploráveis

Essa é a história de centenas de milhares de brasileiros que hoje ocultam suas ideias políticas por medo de variados tipos de repressão, todos ilegais, inconstitucionais e, frequentemente, criminosos.

Se você se sente como o leitor Sergio L. e aceita conviver com isso, saiba que o que está acontecendo é apenas o começo. Hoje, você não pode manifestar o que pensa sobre política em locais públicos, mas ao contemporizar com o fascismo saiba que, cedo ou tarde, você não terá liberdade nem dentro de sua casa.

A prosseguir essa ação crescente das milícias antipetistas, não chega a ser um exagero supor que, em algum momento, começarão a invadir as residências daqueles que forem “suspeitos” de acalentar convicções políticas que esses grupos fascistas decidiram tornar “ilegais”. Se a sociedade não reagir enquanto é tempo, quando acordar poderá ser tarde demais.

Neste ponto, vale lembrar ao leitor que, além das ações judiciais contra quem agredir alguém por manifestar seu pensamento político, há uma medida coletiva que, no momento certo, pode ser tomada. A coletividade pode provocar o Ministério Público.

Uma medida dessa natureza só seria factível caso derivasse de um amplo sentimento de inconformismo com a situação supra descrita. Quantos estariam dispostos, de verdade, a defender seus direitos? Será que já existe disposição coletiva para agir ou precisaremos esperar que a situação se agrave ainda mais?

A decisão não é de todos, é sua. Apenas sua. Se você decidir não se omitir, não se render, um grande passo já terá sido dado. Mas se você calar, se aceitar se autocensurar, ainda que não saiba estará dando um passo igualmente grande para abrir mão de sua cidadania. A escolha é sua.

Tags: , , , ,

169 Comentário

  1. O que uma mentecapta escreveu lá em cima : ” Parabéns povo paulista”.
    Povo paulista? Minoria, isto sim..Quanta pretensão rasteira. Ora, comportamento abominável por intolerância, falta de civilidade, presunção, cultura do rancor e arrogância de quem se julga acima de toda gente dos demais estados, mas que já não está mais com esta bola toda. É assim, então, em que todas estas .manifestações esdrúxulas e ILEGAIS que configuram aberrações de mau caráter, de deseducação, de ódio, de desespero de uma pretensa elite, minoritária, despeitada e desesperada por ser seguidamente derrotada em eleições para o governo federal, termina neste reducionismo vulgar, nesta indigência mental de tomar uma parte minúscula de despeitados pelo todo “povo paulista”? Tá explicado, faltam-lhes argumentos, partem para a intimidação. Não houvera surgido o Lula e a convulsão social bateria implacável às portas dos condomínios de luxo Ai estariam com as calças borradas. O que eles querem? Impedir a ascensão social? Não conseguirão, processo é histórico e irreversível!!! Por isto vão na contra mão do pensamento moderno e clamam por ditadura, a forma de perpetuar pela tortura os privilégios de um elite inócua, a qual prefere vender o patrimônio publico que não lhes pertence, em troca de proteção das armas do Império estrangeiro que lhes garanta os privilégios.. Meus pêsames elitizinha paulista que lambe botinas encharcadas de esterco dos gringos e que tem que conviver com os pobres viajando de avião na poltrona ao lado. Deveria aprender com a DERROTA nas urnas, por ser ela a vontade da maioria, tanto tempo excluída por esta classe dominante tão pequena e tão má que agora se vê sem a máscara suja com que escondia os seus verdadeiros desígnios.

    • Oi José
      Eles tem essa mania de se acharem povo e terem o maior ódio da CUT e demais centrais, assim como do MST e dos movimentos sociais.
      Esse grupo levantou a cabeça.
      Se acham os maiorais.
      Quando se conversa com um deles, repetem o JN, e tem até o timbre de voz, igual, sobe e desce de acordo com o dito comentário.
      Saudações.

      • Antes, eles tinham até vergonha de expressar essas agressões, mas as agressões não são de graça e foram construídas ao longo de ultimas décadas por omissões do próprio Lula e sua corrente majoritária, além dos militantes ditos de ultra-esquerdistas . Lembro-me de diversas agressões dispersas e públicas por parte de militantes da antiga Convergência Socialista aos dirigentes petistas e do PCdoB. Fui testemunha de cenas lamentáveis e degradantes na FATEC-SP, onde um ex-companheiro bancário petista e liderança de PSTU,( já falecido e que militávamos juntos), partir com agressões físicas e verbais contra deputados do PT e vereador Jamil Murad, quando eles foram solidarizar e dar apoio à primeira greve deflagrada dos professores da FATEC-SP. As agressões se expressam de diversas formas por parte dos ultra-esquerdistas, principalmente verbais, ou seja, os mesmos discursos de direita propagada pela Rede Golpe de Televisão, ensandecidos pela propaganda anti-petista replicam discursos em público, sem nenhum constrangimento, desde que ataque seja contra o PT de que não é mais partido de esquerda e é traidor, como são expressas em seus boletins. Eles poupam os demotucanos de criticas, até protegem, desde que o inimigo dos trabalhadores seja o PT que ajudam os imorais reacionários tupiniquins paulistas com motivação inflada de moral. Assim mesmo, clamo pela união das forças progressistas contra o fascismo que cresce, porque o discurso deles tem ressonância nas ditas grupos ultra esquerdistas, também. Se alguns jornalistas afirmam que o movimento das passagens de ônibus teve apoio politico do PSDB e DEM, eu não duvido que os ultra-esquerdistas estivessem ajudando a criar e parir esses zumbis fascistóides. Devem ter dado aulas de esquerdismo junior, esquerdismo infantil, ou não? Querem destruir o PT para que eles sejam as únicas esquerdas? Sendo que o próprio PSTU já coligou com o PSDB, em eleições parlamentares, no interior de SP. O que dizer da HH do PSOL eleita com o apoio do PSDB? Infelizmente muitos atuais jovens militantes de esquerda, que não conheceram ou resistiram contra a ditadura militar professam o raciocínio de que o inimigo da classe trabalhadora agora é PT. Falta clareamento histórico factual da conjuntura politica do pré-nazismo de Hitler, onde o Stalin deu uma pequena força ao Hitler estimulando a desunião das forças progressistas na Alemanha daquela época e permitiu a sua ascensão ao poder? Depois os próprios alemães comunistas stalinistas tomaram do próprio veneno, durante a Alemanha nazista?

  2. Eduardo vc até pegou leve com esses fascistas! Pois eles xingam palavrão, batem e até matam. Vide o rapaz que morreu qdo estava fazendo campanha pra Dilma, e o cadeirante que tb foi surrado. Isso pra mim tem um culpado principal, a MÍDIA, principalmente a Globo. Diariamente as notícias são tenebrosas, tendenciosas e qualquer infortúnio até do tempo, ou algum problema no cafundó eles conseguem subliminarmente colocar a culpa no PT, na Dilma.
    Já passou da hora de pensarmos em uma reação conjunta antes que aconteçam maiores desastres. Eu já sofri agressões sem ter feito nada, verbais, pessoalmente e pelo facebook. É uma sensação muito ruim saber que tem gente que quer tolher a nossa opinião!!!
    Os reaças estão cada vez mais ousados e acho que a ação primordial tem que ser em relação a essa mídia criminosa, tendenciosa e vendida.
    Estamos juntos!

  3. Edu, realmente temos que tomar providências. Esses agressores são eleitores tucanos, e pode ter certeza que tem tucano por trás, pois, sabemos que PSDB sempre jogou sujo, os tucanos não tem ética são mau caráter e jogam sujo mesmo e já cansamos de ver isso, e os jornalistas da grande mídia também são responsáveis por estar imputando esse ódio à serviço do PSDB. Poderíamos nós entrar com ação contra os agressores, eu topo entrar na lista. E exigir indenização, essa gente é louca por dinheiro, basta mexer nos bolsos deles que irão ficar mansinhos.

  4. Caro Eduardo Guimarães, compartilhei o seu poster e estaremos atentos e unidos para que retrocessos como essas manifestações fascistas não passem em branco. Não podemos silenciar frente aos retrocessos, para que não sejamos coniventes com eles, pois calar é consentir. Aproveito para parabenizá-lo por sua iniciativa e sua luta para que o processo civilizatório avance nesse imenso país. Você e muitos outros blogueiros progressistas tem exercido um papel fundamental em nossa sociedade ao promoverem um contraponto as ideias difundidas pela grande mídia, que apresenta apenas uma versão dos fatos e que cada vez mais usa da mentira descaradas para atacar partidos e políticos que julguem ser obstáculos para seus projetos mesquinhos. O PIG, o Partido da Imprensa Golpista, não tem compromissos com a sociedade brasileira, fomentando o ódio e a desinformação.

  5. Edu, bom trazer à tona que ano passado também aconteceu um episódio de lamentável desfecho. Durante a campanha para o governo do Paraná, um garoto militante da então candidata Gleisi Hoffmann se envolveu numa discussão e foi esfaqueado por um brutamonte reacionário.

    http://www.revistaforum.com.br/blog/2014/09/militante-pt-e-assassinado-enquanto-fazia-campanha/

  6. Caro Eduardo
    Coloco isso em mais um erro do PT, do Lula e da Dilma, que são massacrados diariamente, e demoram ou não reagem.
    Vejo muitos militantes dando broncas em quem vem com gracinhas, com provocações, e o outro lado, fica quieto.
    A mídia faz o papel dela, mente e dá energia para setores da classe média, qua não gosta e nunca gostou nem do PT nem de movimentos sociais.
    Esse é um grupo entreguistas, que tem na raiva o seu ponto de partida. Em nada diferente do EI.Dai para as armas e as degolas faltam pouco.
    Mas os donos internacionais do petróleo agradecem por esse exército.
    Saudações

    • Escracho de assassinos sádicos que torturaram, estupraram e assassinaram até crianças, mulheres e velhos

    • Zanchetta…hum?…que nome estranho…bem, então você é a favor em torturar e assassinar mulheres, crianças, homens não éééééééééééé´?????????então te vejo como um criminoso que faz apologia ao crime. Defender um assassino como o ubirajara, é porque também é um assassino. Simples assim.

    • O que mais surpreende é o exemplo que você usou… o que não estranho, é que você é mais um bunda-mole que não voltará para a tréplica…

    • Nenhum militar é escrachado por ser militar, e sim, por ser ou defender torturador.

  7. Em todo mundo onde s Fascismo prosperou foi por conta exclusiva do silêncio dos BONS, de não reagir achando que as coisas se ajeitariam normalmente, é só ver o que aconteceu na Espanha de Franco, Portugal de Salazar, Alemanha de Hitler entre tantos outros. Os fascistas são covardes, sozinhos são tímidos (para não dizer exatamente o que penso), só ficam MACHOS quando em bando, e em todo lugar, o Fascismo sempre foi minoria, deveria nem existir, ainda que exista, manter estes amedrontados nos esgotos, criar leis que coíbam tal coisa, vão dizer que é tolher a liberdade de livre expressão, mas pense, estes animais pensam na liberdade de expressão dos outros? Este é o meu recado. Fascista bom não existe.

    • Marcelo, concordo. Eles são como os marginais quando estão em grupo ou com uma arma na mão Bravura vai longe. Quando estão só o medo aparece é chegam a mijar e cagar nas calças quando acuados. Digo isto por ter visto eles em grupo e também só.

  8. Digo e repito, esses fascistas só são machões quando estão em grupos de superioridade numérica!

    Se cagam de medo ao andar pelas ruas sozinhos com seus vidros fechados e olhar esbugalhado quando param nos sinais vermelhos!

    Basta lembrar o episódio em que a direitalha combinou pela internet ir fazer arruaça no estádio do Corinthians por conta da Copa.

    A torcida do Corinthians (eu sou santista) foi em peso e os “manifestantes” simplesmente desviaram do estádio!

    Vai encarar cara pálida?

    • É verdade. Olha! se eles querem guerra, então vamos ter guerra, adooooooooooooooro um bom combate. Se tem uma coisa que NÃO tenho é medo da morte, tenho consciência limpa, a morte é apenas uma passagem.

  9. Assisti aos vídeos do Padilha e do mantega, minha pergunta é: ao procurar a policia para o BO, qual a acusação ???

    “Agressão” verbal não cola, eles não foram sequer insultados,

    • Claro que foram insultados. E acusados falsamente. E constrangidos. Consulte um advogado. São conceitos básicos do Direito. Ninguém é obrigado a entender o Direito, mas quem não entende não deve ficar fazendo afirmações tão absurdas quanto essa. Conversei sobre o caso com vários advogados, mas não precisaria. No hospital, inclusive, Mantega foi insultado diretamente. E vaia é assédio moral. Mantega não é uma pessoa pública. Estava na sua intimidade. Foi expulso do local. Um homem se dirigiu a ele cantando vantagem sobre seu poder momentâneo de “só não dizer mais” porque “não quis” em “respeito” à mulher do ex-ministro da Fazenda. Bem, paro por aqui. Lamento muito sua atitude, você está sendo incoerente consigo mesmo. Eu poderia resgatar alguns comentários seus para verem sua incoerência, mas não é o caso. Estou terrivelmente decepcionado. Mudar de opinião sobre alguma coisa é válido, algumas vezes até salutar. Porém, você se transformou em outra pessoa e desmente centenas e centenas de comentários que fez nesta página em sentido diametralmente oposto. Só quero deixar claro uma coisa: este Blog não faz propaganda política pró PSDB.

      • Caro Edu,

        Por favor me mostre aonde eu faço propaganda de qq partido político, citar que FHC (junto com Itamar, Bacha, etc) baixou a inflação de 2500% para 12.53% está no site do IBGE, será propaganda deles ??

        Alguns comentários meus não aparecem no site, há algum problema técnico ?

        O coxinha do restaurante não xingou o Padilha de nada, vc viu algum xingamento no vídeo ? Se voce fosse ele, levaria o video a delegacia e se quaixaria de que ao delegado ?

        Não é a primeira vez que você e outros falam que eu mudei, eu não mudei nada, o PT cometeu um estelionato eleitoral gravíssimo….ou o Paulo Paim está errado ?

        Um abraço

        • Wilson, esta conversa está improdutiva. Este site não se destina a propaganda do PSDB e é isso o que você passou a fazer. Estão dizendo que teremos inflação de 8% e você acha altíssima, mas acha 12,53% inflação baixa. Ela subiu ao longo do governo FHC, após ter caído no governo Itamar. Não vou nem discutir com você sobre a agressão a Padilha enquanto você não consultar um advogado. Já estou farto dessa conversa. Você pode mudar e virar tucano o quanto quiser, mas aqui não é lugar de tucano. Sugiro que procure outro lugar para fazer propaganda

          • Será que haquearam e-mail e conta dele para simular uma uma mudança de opinião súbita? Fico “grilado” com o fato do aécio, por exemplo, ter contratado várias pessoas para criar contas falsas, invadir sites de esquerda… Alguém que fez tantas postagens devia ser particularmente visado. A covardia e a ausência de escrúpulos da tucanagem estão me deixando até meio paranoico!

        • Meu caro, o que aconteceu contigo?

          • Marcus, acho que isso nem é o mais importante. A questão é que ele está agindo de uma forma premeditada para dar argumentos aos fascistas que vêm aqui perturbar, pois ficam dizendo “alha aí, até o ex-simpatizante do PT e antitucano fulano de tal entendeu que o PSDB é o máximo e o PT é o péssimo. Alguém que colocava dezenas de comentários todo dia dizendo exatamente o oposto não pode reclamar que sua atitude não está sendo bem-vista. Não houve explicações. Sumiu um tempo e voltou outra pessoa, em questão de semanas. Não sei o que aconteceu com ele, mas não vou ajudá-lo nesse jogo

          • Edu, para certas pessoas, o dinheiro fala mais alto, pode ser o caso do wilsoleaks, realmente uma decepção, a impressão que estou tendo é que outra pessoa está usando o codinome dele.

          • “A questão é que ele está agindo de uma forma premeditada para dar argumentos aos fascistas que vêm aqui perturbar, pois ficam dizendo “alha aí, até o ex-simpatizante do PT e antitucano fulano de tal entendeu que o PSDB é o máximo e o PT é o péssimo. …”

            Também já pensei isto.

        • ”Theotonio dos Santos e a Carta Aberta a FHC: uma das manifestações públicas mais demolidoras da nossa história política recente. Uma carta aberta a FHC que merece ir para os livros de história” (Rovai)

          […] ”A discussão agora não é entre os cientistas sociais e sim a partir de uma experiência política que reflete contudo este debate teórico. Esta carta assinada por você como ex-presidente é uma defesa muito frágil teórica e politicamente de sua gestão. Quem a lê não pode compreender porque você saiu do governo com 23% de aprovação enquanto Lula deixa o seu governo com 96% de aprovação.

          Já discutimos em várias oportunidades os mitos que se criaram em torno dos chamados êxitos do seu governo. Já no seu governo vários estudiosos discutimos, o inevitável caminho de seu fracasso junto à maioria da população.

          Pois as premissas teóricas em que baseava sua ação política eram profundamente equivocadas e contraditórias com os interesses da maioria da população. (Se os leitores têm interesse de conhecer o debate sobre estas bases teóricas lhe recomendo meu livro já esgotado: Teoria da Dependência: Balanço e Perspectivas, Editora Civilização Brasileira, Rio, 2000).

          Contudo nesta oportunidade me cabe concentrar-me nos mitos criados em torno do seu governo, os quais você repete exaustivamente nesta carta aberta.O primeiro mito é de que seu governo foi um êxito econômico a partir do fortalecimento do real e que o governo Lula estaria apoiado neste êxito alcançando assim resultados positivos que não quer compartilhar com você… Em primeiro lugar vamos desmitificar a afirmação de que foi o plano real que acabou com a inflação.”

          Para ler a carta
          http://www.pragmatismopolitico.com.br/2012/09/carta-aberta-fhc-theotonio-santos-historia.html

      • Será que o Paulo Paim tambem mudou ? Virou Tucano ??

        http://oglobo.globo.com/brasil/paim-fala-em-sair-do-ptnao-foi-nada-do-que-ouvimos-dia-noite-durante-campanha-16273828

        Lula e FHC fizeram EXCELENTES governos, e o do Lula só foi excelente por causa do antecessor. Mas Dilma está acabando com o Brasil !!! Se Lula não for candidato em 2018, já era !

        • O Paulo Paim está preocupado com o Paulo Paim, apenas isso. Está preocupado com seu eleitorado e finge não entender que no poder a coisa é mais embaixo

          • Edu, acho que aconteceu alguma coisa com o verdadeiro Wilson, que é de esquerda.

            Este daí é outra pessoa. Mesmo que o IP ou o e-mail sejam os mesmos, acho que algo de ruim com o verdadeiro aconteceu. Neste mundo, tudo é possível. Um cara que mostrava o descaramento que era um governo de FHC, agora diz que foi excelente, aí tem coisa. Um cara que defendia Dilma, e defendia até pouco tempo, coisa de 2 a 3 meses, mesmo com o ajuste fiscal. Ele está falando agora num estilo Romanelli, só que bem escrito. Este cara não é o Wilson.

          • Sávio pode ter razão Edu, antes de conhecer os blogs sujos, navega em um blog de uma jornalista no R7, era terrível, um monte de energúmenos soltando excrementos, por isso desisti, mas, um dia ao olhar novamente, vi meu nome com um comentário que eu nunca faria, um comentário criticando PT e isso eu nunca fiz, nunca critiquei PT em hipótese alguma. Realmente estou muito preocupada com o verdadeiro Wilsoleaks, é um caso que devemos investigar. Pode ser caso de polícia.

          • Sávio,
            Também já pensei nisso que você aventou. Não que eu ache que uma pessoa não possa mudar sua ideologia política. Pode sim. E não é incomum. Tenho uma amiga que até 2011 era petista, quando o filho melhorou de vida materialmente e passou a frequentar ambientes de classe média mais endinheirada ela o acompanhou em seu raciocínio enviesado. Hoje é de direita. Contudo, continua uma pessoa de bom caráter e amiga prestativa e carinhosa como sempre foi. Ninguém muda de caráter e de humanidade. Nem mesmo por causa do dinheiro. Esse Wilson atual disse que o governo do príncipe privara foi excelente! Se fosse o Wilson que conhecíamos, criticaria o PT, mas não exaltaria o FHC. Mais – o Wilson não apenas não criticava o PT como não permitia que outros o fizessem. Minha amiga não exalta o governo vende-pátria de Farol de Alexandria. Ela bem sabe o que foi seu governo! O Wilson dizia que não tinha computador em casa e fazia comentários do trabalho. Não terá acontecido alguma coisa com ele e um colega de trabalho e desafeto usa seu emeio para destilar seu veneno e por tabela tentar influenciar alguns tolos esquerdistas reticentes?!
            Posso parecer ingênua, mas continuo acreditando que esse não é o Wilson. Se for, que se dane, com seu caráter pobre e repulsivo!
            Abraços
            Maria Antônia

          • Esse merda se for ele mesmo é o Cabo Anselmo do blog do Edu. Chegou aqui com um discurso para “fazer parte”. Agora fica de palhaçada com o discurso do pig como se fosse um “arrependido”. Troll, detona, Edu

          • Pois é, pessoal. Eu, como vcs, tenho certeza de que algo muito estranho aconteceu, como Nádia bem disse, pode ser caso de polícia.

            O que Maria Antônia Ferreira Monteiro também falou pode ter acontecido, se ele realmente escrevia do trabalho é porque algum elemento criminoso que se passa por Wilson escreve em seu lugar.

            É muito esquisito tudo isto. De qualquer jeito, este Wilson que está aí é de direita. Então, vamos fazer o que sempre fizemos com o pessoal de direita que aqui vem comentar ou trollar – na maioria das vezes é trollagem que eles fazem.

          • Maria Antonia Ferreira Monteiro, lendo o seu post lembrei-me do professor Wilson Roberto Vieira Ferreira (colunista interessante da Revista Forum), que traçou os ciclos economicos do Brasil:

            A direita destroi a classe média –> A classe média empobrecida vota em um governo popular –> Vence um governo de esquerda –> Aumenta a classe média –> A classe média começa a crer que é rica e apoia a direita –> A direita destroi a classe média –> A classe média empobrecida….

            Perguntei ao Professor Wilson como resolver o grande problema
            da educação cidadã (foi antes da reeleição da Dilma).

            Ele respondeu o seguinte:
            Essa iniciativa de formação de cidadania deveria ter sido tomada desde o início do projeto economicista do neodesenvolvimentismo de “aquecer” a sociedade de consumo com a inclusão das classes sócio-econômicas excluídas nos governos anteriores.

            Se porventura o PT sair vitorioso nessas eleições, deveria implementar como conteúdo programático obrigatório o ensino de noções de organização sócio-política brasileira. 

Talvez, o que se chamava antigamente de “Educação Moral e Cívica” nas escolas, mas sem a carga ideológica que os militares davam à disciplina. Apenas noções de cidadania e organização do sistema político brasileiro e da democracia representativa.

          • Caro Eliseu,
            Você toca em um assunto que é bastante complexo. E é complexo por várias razões. A primeira delas é o fato de que os intelectuais brasileiro, em sua maioria, verdadeiramente preocupados com o ensino de qualidade, nas escolas públicas, sequer são convidados a participar de debates e projetos para a melhoria do ensino em nossas escolas. Embora veja alguns esforços por parte do governo federal petista em melhorar a educação de acesso a oportunidades, ainda é muito incipiente e pouco audaz no enfrentamento real e factual de mudanças nas formas tradicionais de ensino, e essas mudanças, acredite, encontra resistência, ainda, em grande parte dos professores. Eu concordo, e não há como discordar de que os professores são extremamente desvalorizados e deveriam por lei ser os servidores do estado melhor remunerados e qualificados, uma vez que, são eles que garantirão uma parcela da boa formação de nossos jovens. Contudo, o quadro de professores da rede pública, com muito boas e raras exceções, é extremamente mal qualificado e totalmente descompromissado com o ensino de qualidade. Certamente, são várias as razões pelas quais isso vem ocorrendo há décadas. Ademais o governo não melhorará a educação apenas investindo mais dinheiro nela, mas principalmente, cobrando das universidades federais e investindo na excelente formação de professores para o ensino público. Penso, como o senador Cristóvam Buarque que, federalizar o ensino público já seria um grande passo. Porque, enquanto as escolas públicas ficarem a mercê de prefeitos e governadores ignorantes, corruptos e interessados em manter os pobres afastados do debate político para que não entendam o porque de seu atraso material e intelectual, esse dinheiro sempre encontrará outro caminho.
            Quanto ao conteúdo a ser ministrado é outra questão que precisará ser debatida com seriedade. Se não me engano, se eu estiver errada me corrija, nos atuais PCNs ( Parâmetros Curriculares Nacionais) estão incluídos os ensinos de filosofia e antropologia social. Estas matérias, não apenas substituiriam a antiga e militar Moral e Cívica como seriam bem mais amplas e de conteúdos que formariam, se bem ministradas por profissionais competentes e comprometidos, jovens mais conscientes, não só politicamente como também moralmente. A filosofia cuidaria da questão moral e a antropologia social do conhecimento sobre o país e suas várias diversidades regionais, principalmente, as diversidades de povos, movimentos sociais e costumes. Uma vez que nosso país tem dimensões continentais. E assim, ao chegar à classe média, até poderiam continuar batendo panela para derrubar um governo de esquerda, mas ao fazê-lo, estariam conscientes de que sua atitude mesquinha barraria a oportunidade de que outros possam chegar onde chegou.
            Abraços
            Maria Antônia

  10. Edu, eu já sofri agressão pelo que o post relata, não lembro o ano exatamente mas foi nos anos 90. Essa foi uma das, teve outras numa eleição pra diretório de faculdade que só não descambou pra briga porque a turma do “deixa” disso chegou antes. E antes que alguém venha achar que sou agressivo ou algo parecido, todas as vezes fui provocado, eu jamais saiu na rua (principalmente) provocando ninguém, por uma questão de princípio e educação, mas sou intransigente quando atacam meu direito de me expressar ou me manifestar.

    O primeiro ataque, que é mais emblemático pois foi algo partidário (embora nunca fui filiado ao PT), eu usava um broche do PT e a turma do PêFêLê (apelido “carinhoso” do PFL, pra ressaltar o atraso da sigla, os caras eram chamados de “forças do atraso” em PE), ou um dos, um Zé Matuto (a quem é de fora pode estranhar o rótulo, mas ese pessoal reacionário do interior é barra pesada) veio arrancar o broche da camisa, de forma desaforada e ridícula, no que não prestou a ação do cara, despertou o que há de pior nos outros. O sujeito bem mais velho que eu naquela altura.

    Pra altura média atual eu não sou alto, mas 1.83 nos anos 90 dava pro gasto. Coloquei a mão no pescoço do cara e no broche dele (em represália) até ele largar minha camisa, sem recuar um milímetro. Não foi algo calculado ou pensado, foi reação institiva mesmo. Se eu parasse pra pensar numa reação, acabaria não reagindo.

    Eu parto do princípio de que respeito qualquer manifestação adversária dentro da democracia, mas não tolero qualquer desvio ou ataque deles, em hipótese alguma, no caso mais grave, ataques físicos.

    Lembro desse caso pois depois que eu reagi e mostrei que partiria pra cima do coxinha imbecil pra colocá-lo no lugar (eu conseguia imobilizar o sujeito fácil), eles recuaram e nunca mais fizeram nada do tipo, até passavam longe. Veja que recebi um ataque de graça, sem provocar ou algo do tipo. Pra quem acha que a situação de SP hoje não tem cura. Tem, só que precisa de reação.

    Digo isso pro pessoal que aguenta desaforo quieto e acha que reagir é ofender o opressor, isso é uma postura religiosa (cultural do catolicismo) extremada que só leva a acentuar o problema (como descrito nos últimos posts). Não estou incitando que o povo reaja com truculência ou coisa do tipo, mas dentro do que acharem necessário pra colocar essa manada do ódio no devido lugar, devem reagir, e nem sempre o “politicamente correto” ou diálogo funciona se houver uma agressão física como essa.

    Muita gente pergunta pq eu revido ataques de coxinhas tentando calar as pessoas no Facebook via intimidação e xingamento, justamente por isso, quem cala, consente, se o povo se cala está consentindo com a ivnestiga antidemocrática deles pra impor um estado autoritário no país, e isso não é aceitável, pelo menos eu nunca aceitarei isso sem resistir ou brigar.

    Se o povo tivesse reagido desde o começo às agressões, não teríamos chegado ao patamar atual, mas nunca é tarde pra reagir.

    Não permitirem que pessoas usem bandeiras ou roupas vermelhas, de siglas legais e eleitas pro congresso, é um ato criminoso, violação de direito e da liberdade de manifestação alheia. Nem no final da ditadura rolou isso.

    Que os políticos do PT parem com a postura passiva e partam pra processar os agressores, só assim se dá um basta nesse avanço protofascista no país.

    • Gostei do seu relato!
      Não podemos abaixar a cabeça e nos intimidar, esse é o intuito deles, nos intimidar e nos calar.
      Só acho que nem sempre a reação física resolve, podendo descambar para a violência total com consequências mais graves.
      Sei que no dia a dia, nas ruas, pessoalmente, é mais difícil, mas na internet já calei muitos ofensores apenas citando calunia e difamação, apenas sugerindo que se mantivesse a acusação o acusador teria que provar em juízo, se calaram ou “baixaram a bola” rapidamente. Se bem que muitos acabam bloqueando e continuam a fazer a difamação covardemente “pelas costas”.
      No caso de políticos e filiados ao partido acho que as medidas judiciais deveriam ser tomadas sempre, o silêncio e a passividade só estimula essas atitudes fascistas.
      E em caso de alguma ação coletiva que venha a ocorrer estarei pronto para participar.

      Fascistas não passarão!

      o/

  11. Edu, esta fotografia é a mais emblemática deste ódio ao PT, este rapaz parece um cão hidrófobo!

  12. Caro Eduardo, entendo perfeitamente o colocado na matéria. Não entendi bem se há uma proposição de alguma ação coletiva ou não. Individualmente eu, em termos familiares e de amigos, trabalho, etc., sou já conhecido(no sentido de identificado) como alguém que não aceita qualquer tipo de agressão ao PT ou idéias de esquerda, sem que contraponha argumentos em contrário. Faz já alguns anos, cerca de 15 mais ou menos que decidi isso, foi em função do ódio e campanha da RBS contra o governo de Olívio Dutra naquela época. Dali em diante não assisti mais RBS e nem a Globo, bem como prometi a mim mesmo não aceitar calado qualquer idiotice ou opinião que não fosse baseada em argumentos civilizados e/ou razoáveis, pois é claro que podemos conviver com as críticas, mas papagaiar a mídia sem nenhum conhecimento como faz a maioria, não aceitei mais. Isso causa um desgaste é verdade, mas penso que é bem pior se ficarmos com isso preso aceitando tudo. Enfim, concordo plenamente que nós simpatizantes da esquerda, devemos reagir.

    • há uma hipótese, Flavio… Em algum momento as pessoas vão querer fazer alguma coisa. No momento há uma certa apatia. Mas logo todos entenderão que não se pode contemporizar com o fascismo

  13. O BASTA que tem que ser dado é PROCESSAR esses sujeitos POR INJÚRIA

    Qdo algum petista for ofendido, xingado publicamente, tem que gravar, fazer B.O. e representar junto ao MP, para processar os agressores por INJÚRIA
    Até o fato de a pessoa estender a mão e a pessoa se negar configura injúria..

    http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=1829

  14. Este do vídeo abaixo parece ser o excelente romancista gaúcho Luiz Antônio de Assis Brasil, ex-secretário da cultura de Tarso Genro.
    Parece que ele leu o Blog da Cidadania na sala de embarque.
    O episódio aconteceu na manhã desta quarta.

    https://youtu.be/BQlIddWibxU

  15. Imperdível: Lewandowski manda Gilmar disputar eleições.
    Do G1:
    Os ministros Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, travaram uma discussão tensa nesta quarta-feira (27) durante julgamento de mudanças nas regras do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
    Durante a sessão, Lewandowski, atual presidente do STF, disse que Mendes havia levantado uma “questão política” quando criticava o governo por aumentar verbas para o programa no ano passado e depois cortar após o fim da disputa eleitoral. Exaltado, Mendes perguntou se Lewandowski iria “censurar” seu voto.
    “Há essa elevação significativa de valores num ano. R$ 5 bilhões em 2013, vamos para R$ 12 bilhões em 2014 e se diz agora que não tem dinheiro. Isso tem nome”, afirmou Gilmar Mendes.
    “É política que não tem nada a ver conosco. Uma coisa uma coisa outra coisa outra coisa”, disse Lewandowski em seguida.
    “Vossa excelência vai censurar meu voto?”, indagou Gilmar Mendes.
    “Não estou censurando voto. Estou dizendo sobre uma questão jurídica, o senhor está dizendo questão política”, respondeu Lewandowski.
    “Muda para novos contratos e dizer que isso não é [questão] jurídica…”, rebateu Gilmar Mendes.

  16. :
    Ouvindo A Voz do Bra♥S♥il e postando: * 1 * 2 * 13 * 4 *************
    Um poema (acróstico) para Dilma Rousseff, a depenadora de tucanus :
    .
    D ilma, coração valente,
    I magem de todo o bem em que se sente
    L ivre o amor maior pela brasileira gente
    M uito humana e inteligente
    A PresidentA do nosso Lula 2018 de novo Presidente
    .:.
    D uas vezes contra o espectro atro
    I nscreveu já seu nome na história
    L utando contra mídia venal & Cia e seu teatro
    M ulher forte de mais uma vitória
    A deixar tucanus na ó-posição de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! DE QUATRO ! ! ! !
    * * * * * * * * * * * * * Ley de Medios Já ! ! ! !

  17. Caro Edu,

    Recentemente enfrentei um episódio lamentável em uma reunião de amigos, com minha esposa e familiares dela.
    Numa mesa aberta a esculhambação do PT, dos sindicalistas do ABC (o encontro era em Diadema) e a toda história de luta que carregamos, as pessoas passaram a defender abertamente a Ditadura, a tortura e o assassinato dos combatentes do regime autoritário.

    O argumento era simples, mas defendido enfaticamente: “Eram terroristas”, inclusive a Dna “Dilma”, que carregava uma metralhadora e assaltava bancos.

    Me desculpe, mas para “manter minha cidadania e dignidade” me vi obrigado a dizer que me recusava a ficar num ambiente como aquele, puxei minha esposa pelo braço e fui embora. Considerei que não havia esperança ali de partir para o diálogo aberto e franco, com exposição de sólidos argumentos que nós esquerdistas temos. Aquilo era uma doença, enraizada durante anos e anos por uma guerra que perdemos e, perdemos estando “no poder”… a guerra da comunicação. Tal qual afirmou Pulitzer, “somos” um público “cínico, mercenário, demagógico, corrupto e vil”, tal qual nossa imprensa…

    A propósito, eu e minha esposa o encontramos no Churrascão da Cidadania (estava com a camisa da Dilma), você nos considerou jovens e uma esperança no meio dos “mais experientes e vividos” que compunham em sua maioria o evento, rsrsrs.

    Abraços.

  18. É o seguinte : se quisermos acabar com esses absurdos, precisamos transformar em crime a bestialidade dessa gente. Assim, não dá para ficar esperando somente a ação individual dos atingidos, os brasileiros têm a cultura da passividade dentro de si, resultado da escravidão e da monarquia que continuam a moldar nossas cabeças, e essa passividade se torna ainda maior na esquerda, que por não ser parte da ideologia dominante, acha natural ser escurraçada ou ter que calar-se diante de sandices. Sei disso porque moro em Recife, onde não existe esse tipo de safadeza(já teria enchido de porrada um nazista que tentasse me constranger por minhas posições políticas), mas por viver num meio de classe média, o qual, em sua maioria é reacionário como é a classe média, e por não me calar diante de idiotas que relincham absurdos fascistas, sou criticado até por pessoas de esquerda por não deixar para lá o que os idiotas dizem. COMO SE PODE DEIXAR PARA LÁ O QUE ESTAR ERRADO!!!!!!!!!!!!?????????? É o que sempre pergunto, afinal não se trata de não aceitar a “opinião” do outro, mas de questionar o que sequer pode ser chamado de opinião, já que não é sustentado por um mílimetro de argumentação racional, não passando de um amontoado de preconceitos, generalizações, mistificações, superficialidade e imbecilidade. Imagine-se como não podemos aceitar que os imbecis agora virem machões, ao menos em São Paulo, que querem calar com sua “macheza” os que deles divergem, já que mentalmente não aguentariam um segundo de debate. Portanto, se queremos parar isso devemos imediatamente ajuizar uma Representação no Ministério Público, cobrando do MP Federal que tome providências, com provas que apontem casos concretos, vídeos, cópias de postagens nas redes sociais, depoimentos transcritos e assassinados por vítimas desses ataques, como o cadeirante Ênio ou o advogado do vídeo, e assim poderemos exigir que o MP tome providências para ontem, para que esses animais tenham o mesmo destino que hoje pode acontecer com alguém que professa racismo em público, ser imediatamente recolhido pela polícia após a denúncia da vítima, evidentemente comprovada, e passar a figurar como réu em um inquérito policial. Sem contar em uma ação civil por danos morais. Para que o MP tenha celeridade em agir contra esses animais, deveríamos encaminhar essa denúncia às organizações internacionais de direitos humanos e a órgãos da imprensa internacional confiáveis, que façam episódios como esse serem divulgados em todo o planeta, em todos os tipos de mídia, para que o mundo saiba que no Brasil, mas precisamente na cidade de São Paulo, a classe média daquela cidade agride como um bando de marginais, qualquer um que tenha ideologia de esquerda ou seja “identificado” como de esquerda pelos “critérios” desses babacas. Ou agimos assim ou a coisa piorará em breve e tenham certeza, um nome proeminente da esquerda será em breve agredido por eles, dentro de casa.

  19. Temos que lutar contra o nazi-facismo anglo-sionista!!!!!
    E a luta é de quarta geração, pelos cérebros
    (ideologia) da população.
    Unidade! Luta! E Vitória!

  20. Quanto mais a direita faz mais ela se afunda.Não é a toa que o PT já vence a 4 para presidente.

  21. Li o email que você me enviou. Trabalho nessa sua linha. Se tivesse naquele restaurante provavelmente teria aprontado o maior bafafá para defender o ministro. Já tenho tido várias dessas experiências públicas nesse sentido e sempre sou eu que saio ganhando. Não pertenço ao partido PT mas o defendo com “unhas e dentes”
    porque sei que é o único no momento que tem condições de enfrentar essa direita facista.

  22. Achei que não ia ligar pra isso até ontem , quando peguei uma blusa vermelha no armário. Confesso que pensei duas vezes, e me veio na cabeça os ataques fascistas de direita dos partidários do PSDB, mesmo assim não recuei e fui pra faculdade de vermelho assim mesmo.
    Imaginando esse terrorismo cada dia crescente isso preocupa muito, e temos auê fazer alguma coisa para deter essa escalada fascista que é sim alimentada pelos noticiários da mídia fascista, partidaria tucana , que vive a perseguir e criminalizar o PT de tudo, enquanto o PSDB é santo.

  23. A bestialidade tomou conta dos coxinhas Tucanos, estão obedecendo as ordens do FHC e do PÓecio.

  24. Quando se chega ao ponto de existir até uma “cor proibida”, como estamos vivendo agora, é porque a coisa já desandou faz tempo. Ser de esquerda em Sampa hoje em dia é estar permanentemente coagido quando em público. Os facistas contam com a inação dos agredidos, e com a falta de educação inerente dos seus pares.

    Via de regra desconhecem a história recente do país, são tremendamente desinformados, violentos, vivem sob o ódio implantado via PIG, que os sobrecarregam de raiva, uma raiva insana que maltrata qualquer ser humano, criando uma pressão intolerável, que só encontra alívio ao ser posta para fora na forma de ataques desqualificados, impropérios de baixo calão, e agressões aleatórias, uma vez que o repertório desta gente se reduz a isto, incapazes que são de entabular qualquer discussão conexa.

    O ódio anda de braços dados com o medo, por este motivo o facista típico só se expõe em grupo, quando sua covardia tem atrás de quem se esconder, e quando sua vítima é, ou está indefesa, é claro.

    Que fazer? A Inação alimenta, e a reação no mesmo tom ou medida é igualmente insana… Mas não tenho sangue de barata, não me rendi aos milicos quando jovem, minha resistência teve preço, e não foi barato, minha saúde ainda paga prestações, mas não sou mais jovem, se antes pude segurar as borrachadas, e não vergava a coluna por orgulho, agora ela não se verga mais por força dos parafusos e astes de titânio, independentemente da minha vontade. Que saída resta?

    Tenho optado pelo humor. Sinto que esta via tem algo de saneante. O coxinha é inerentemente desprovido de humor. A vida dele não tem graça nenhuma. O ódio não deixa espaço para isto, e o coitado vive no perrengue. Vamos combinar, é de dar dó. Quando vira motivo de piada, perde o rebolado, não sabe o que fazer, e não pode repetir a mesma bobagem na mesma padoca, pois a resposta engraçada será imediatamente relembrada, e o brasileiro não perde a oportunidade da troça, sempre haverá outro alguém pronto para cortar uma bola levantada, e a maioria silente passa a rir, pois se há coisa que domina a massa, é um bordão jocoso.

    E quando você ri, companheiro, ainda que de si mesmo, naquele momento está feliz, e todos os infelizes te invejam. Está por cima da carne seca, é vencedor, festeja porque pode festejar. Ao perdedor sobra chorar, reclamar, espernear…

    Então, não bato panela por que a minha está cheia e não faz barulho, no país em que vivo do meu planeta não tem desemprego, só dificuldade para achar um encanador disponível, ou doméstica importada, vou muito bem, obrigado, não preciso mais grana do que tenho, e me compadeço de quem precisa, não encaro coxinha fria, nem café requentado, não acredito em coelhinho da páscoa, ou na rede globo, nem tenho medo de vermelho ou de bicho papão, mas juro de pés juntos que morro de dó de quem tem…

  25. :

    Cumpra-se a lei ! ! ! !

    Ouvindo A Voz do Bra♥S♥il e postando:

    * 1 * 2 * 13 * 4

    *************

    Um poema (acróstico) para Dilma Rousseff, a depenadora de tucanus :

    .

    D ilma, coração valente,
    I magem de todo o bem em que se sente
    L ivre o amor maior pela brasileira gente
    M uito humana e inteligente
    A PresidentA do nosso Lula 2018 de novo Presidente

    .:.

    D uas vezes contra o espectro atro
    I nscreveu já seu nome na história
    L utando contra mídia venal & Cia e seu teatro
    M ulher forte de mais uma vitória
    A deixar tucanus na ó-posição de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! DE QUATRO ! ! ! !

    * * * * * * * * * * * * *
    Ley de Medios Já ! ! ! !

  26. Eduardo, minha gente…
    Dessas histórias, eu já sei mto; e não é de agora. Eu entrei num buteco, aqui perto, onde moro, pra tomar um café e comer um pastel. Essa praxe é contumaz… Um dos donos do pedaço já me conhece, de famoso; não por ser seu vizinho. Acontece q neste malfadado dia, havia um sujeito afirmando q a Dilma era uma ladra… aos altos brados; coisa, assim. Poxa; mal havia entrado e já estava chocado: “Cara! Como vc afirma q a Pres da República é uma ladra, publicamente? Vamos fazer o seguinte; o senhor me acompanhe, até ali, na Delegacia Policial e vamos apresentar uma queixa. Eu me disponho a acompanhar o senhor, pra ajudá-lo e, tbm, fazer frente a essa sua afirmação, mentirosa. Vamos os dois, lá!”
    O cara, de imediato, foi pra porta do buteco e se juntou a mais outra pessoa q entrava e assistiu a minha reação… Essa pessoa iniciou um discurso, dando força ao carinha, ali, e afirmando q “no tempo dos militares, não havia corrupção, nem ladroagem, como atualmente, nestes desmandos do petismo”. Ai, Eduardo, a coisa pegou fogo… Eu me levantei de meu lugar e avancei na direção dos dois, q se postavam na porta de entrada (acho q eles se sentiam mais seguros, ali, diante de tanta incongruências afirmadas e de minha indignação, firme). O fato, é q eu, rapidamente, me identifiquei como bem informado em lidas militaristas e, de tal forma, q os dois, debandaram, quase correndo…. Ridículo. Mto vexaminosa a situação. Foi qdo olhei para o dono do comércio e, ele, estava com o sembrante, espantado; mas, com um sorriso escondido, entre os lábios.
    Sabe, minha gente, acredito e procuro agir, de imediato, diante de uma situação negativa. Entendo e acredito q não devemos deixar passar e ignorar essas transgressões das normas sociais e da lei. A gente não pode deixar, assim, em branco, essas coisas… Por força disso, eu me desgasto, mto. Qdo jovem, rapaz, ainda, eu fui educado dentro de uma disciplina, rígida; apesar, de ser, mesmo, um bom vagabundo e boa vida. Meu saudoso Pai sempre repetia, sobre esse meu vício de boa vida… mesmo, convivendo num regime disciplinar, austero (eu fui aluno do Colégio Militar do RJ e da Escola Prep. de Campinas… Além do mais, meu Pai era militar). Eu acho q fui indisciplinado, até meus tempos de Campinas… qdo passei a estudar, mais e me comportar, em conformidade. Todavia, Eduardo, minha gente, eu era um peixe fora d’água. E foi mto bom eu ter sido julgado incapaz. Mto bom ( Eduardo: Deus escreve certo, por linhas tortas. O q teria sido de mim, se não tivesse sido afastado e impedido de seguir carreira? Será q estaria por aqui, convivendo com vc’s? Difícil, pelo meu caráter, adquirido, desde minha infância e aprimorado dentro das paredes escolares). Gente: eu sou o próprio “bato, prendo e arrebento”… Preciso, ainda, já velhinho, me “segurar”, pra não arrumar um grde problema… Mas, a verdade é q sinto mta dificuldade em encarar injustiças, de qq’s forma. Por isso, é q afirmo e afirmei q não devemos transgredir com a negação do Direito, com a negação da cooperação. Poxa! Se a gente não participar da vida coletiva, na extensão, estaremos cultivando o individualismo; essa praga, danosa e doentia, q infesta a nossa sociedade.
    Então, minha gente, na medida do possível, nós devemos reagir, sim, aos malfeitos de agora. Ao mesmo tempo, a gente precisa participar, no sentido de se bem informar e instruir… Não aconselho a uma pessoa a tomar atitude ou participar de querelas, qdo não bem informado, ou sabedor, conhecedor da realidade, plenamente. Repito: plenamente. Significo dizer, q o nosso Paim estaria tomando partido, talvez, de uma posição equivocada e desqualificando a posição tomada pelo Governo Federal. O Governo Dilma está tomando iniciativa política, semelhante, a implementada pelo Gov do ex-Pres Lula, no início de seu governo. Será q lá, atrás, o Paim deu um passo, semelhante. Agora, a situação política é completamente diferente; contudo, inserida num contexto macro, quase semelhante. Engraçado, se me lembro, bem, ele nem participou daquele momento… Todo mundo-petista foi chamado a participar e deu errado (convenhamos); e se vários foram cooptados, quem adivinharia qual o motivo ou os motivos? A grde verdade é q os quadros petistas não são, assim, lá essas coisas em tamanho e… tudo mais. Tem de cooptar, mesmo. Pra se ganhar, a batalha. A batalha; não a guerra. Ora, se investiu, mto, no primeiro governo Dilma e as contas ficaram furadas, mesmo. Urge, portanto, acertar as bases, pra prosseguir.
    Eduardo, minha gente, eu acho mto divertido (?), certas pessoas não bancarem os luminares, os sabujos nos combates, outros, mais importantes; pq estruturantes. As velhas reformas de base estão, ai, virgens, desde os tempos do Pres Goulart e ninguém, fica bravo, da mesma forma… Depois, Eduardo, minha gente, essa inversão de valores estão entrando na linha de batalha, pq as oposições (internas e externas), não têm argumentos, melhores.
    Parabéns, Eduardo!… Vc sempre na frente
    Buenas!

  27. Quem disse que estas bestas que comentam nestes posts acima ligam para lei e legalidade se fosse possível poriam a Dilma para fora do planalto a força e eles colocariam o Alckmin e o Aécio no poder.Ele (Alckmin) mentiu sobre o racionamento de água e nem se vê indignação por parte deles.

  28. Bom dia, em mnha opinião, só derrotaremos essa massa crescente de fascismo, quando, e se, acabarmos com as fontes que os alimentam. Não preciso dizer quem são: organizações. globo, veja, estadão etc, pois a maioria dessas pessoas se limita a replicar o que vê nesses veículos infames, não tendo nenhum ponto de vista próprio . Ainda ontem, li um comentario num jornal em que uma pessoa admoestava, outra por defender o atual governo, perguntando se ela não lia os articulistas tal, tal e tal, como se possuissem a VERDADE ABSOLUTA e não. devessem ser contrariados jamais.

  29. Não deixo nenhuma provocação sem resposta . Os coxinhas estão fazendo aquilo para o qual foram treinados e bem remunerados .

  30. .
    Porque ninguém disse até agora que o RATO DE ESGOTO E LADRÃO PROFISSIONAL
    JOSÉ MARIA MARIN,
    SEMPRE CIRCULOU NOS ESGOTOS MAIS SUJOS DA POLÍTICA NACIONAL.
    vejam o portifólio político dele:
    .
    Dados pessoais
    Partido
    PRP (1963–1965)
    ARENA (1966–1979)
    PDS (1980–1985)
    PFL (1985–1990)
    PSC (2000–2007)
    PTB (2007–atualidade)
    .
    Com tal currículo, ele deveria estar na cadeia há dezenas de anos.
    mas seus quadrilheiros sempre davam a ele novos postos onde ele
    podia continuar roubando livremente.
    TODOS QUE SEMPRE ESTIVERAM AO LADO DELE TAMBÉM DEVERIAM
    SER INVESTIGADOS E IREM PARA A CADEIA FAZER COMPANHIA A ELE.
    .
    http://www.plantaobrasil.com.br/news.asp?nID=82602
    .

  31. Prezado Eduardo, importante o seu texto-denúncia contra a germinação do fascismo em nossa sociedade. Apenas como complemento, gostaria de registrar mais outros dois casos, o do jovem militante petista de 21 anos que foi assassinado com facadas nas costas no centro de Curitiba enquanto fazia campanha, no ano passado, e a família atacada em Brasília porque o carro tinha um adesivo da Dilma, também ao final do ano passado (ver aqui: http://blogdotarso.com/2014/09/20/discurso-de-odio-contra-o-pt-e-a-politica-mata-militante-do-partido-em-curitiba/ e aqui: http://www.revistaforum.com.br/blog/2014/11/carro-com-familia-dentro-e-atacado-por-ter-adesivo-de-dilma/). Como disse Bertold Brecht, “A cadela do fascismo está sempre no cio”. O jornalista Fernando Brito também fez um recente alerta: “Aí está no que deu a cultura do acovardamento moral dos democratas ante a apologia da tirania. É como se a Alemanha, em nome da democracia, permitisse as manifestações dos nazistas”.

  32. Sempre se falou da cordialidade do povo brasileiro. Isso que estamos vendo agora no Brasil desmente completamente essa ideia. Não existe esse povo brasileiro cordial, a julgar por esses comportamentos que atingem o brasileiro comum e ao político petista ou de esquerda.

    Vive-se uma época de dar medo, de afronta de brasileiro contra brasileiro em função da sua fé política partidária. O Brasil não se reconhece, eu não me reconheço neste país que reage dessa maneira ao que lhe acontece ao redor, que quer pela força (as imagens em todos esses episódios reportados revelam isso – a violência gestual, da linguagem, da truculência…) impor seu ponto de vista e, parece, quer tirar do seu caminho (que caminho será esse?) todos os que lhe são contrários. E todos somos brasileiros!!!

    Só esses esclarecimentos de LEI, como os que aqui se colocaram, só o repúdio total e continuado e CONTUNDENTE das pessoas vão dar um final nessa situação que se caracteriza como de extrema pobreza mental que se apossa de alguns poucos para acusar, ameaçar e amedrontar o outro, tão brasileiro quanto ele, com os mesmos direitos dele, em função de sua política petista. Onde essas pessoas têm guarida? Que ética essas pessoas aprenderam?

  33. Caro Eduardo, nos informe como anda o processo conta o execrável que disse que dinheiro dos petistas usados para pagar a multa absurda (inventada pelo STF) impostas aos perseguidos veio de origem ilegal. Sei que a representação com você à frente foi protocolada no STF e depois disso não sabemos de mais nada. Nos informe do andamento por favor.

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.