O teto do antipetismo

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

 

Desde 2006, a cada eleição presidencial a cantilena oposicionista-midiática é a mesma: dessa vez, vai. Em 2006, o terremoto do mensalão fez a mídia e seu aparato político, a dita oposição, acreditarem que tinham “matado” Lula – politicamente, por mais que a vontade fosse literal. Em 2010, as teorias eram sobre como o mesmo Lula não conseguiria transferir votos a Dilma.

Em 2014, a aposta é na queda da aprovação a Dilma e ao seu governo. Uma queda que de fato ocorreu. Porém, o que os entusiastas dessa teoria parecem não enxergar – ou não querer enxergar – é que essa queda não se resume a Dilma; a classe política perdeu aprovação de forma generalizada, tanto à direita quanto à esquerda, passando pelo centro.

Poucos se dão conta de que, apesar de Dilma não ter mantido a aprovação estratosférica que chegou a ter – e que quem lê este blog sabe que, por aqui, sempre foi vista com reservas –, na última pesquisa Ibope, por exemplo, a presidente da República apareceu com impressionantes 52% de votos válidos contra 48% da oposição todinha somada. Incluindo nanicos.

Estudo recente feito por esta página mostrou que o desempenho dos pré-candidatos de oposição, ao menos até aqui, não difere em nada das três eleições anteriores. Aliás, aquele estudo revelou que o desempenho de Aécio Neves está até um pouco abaixo da média que costumam ter os candidatos do PSDB na pré-campanha.

Sim, Dilma apareceu com aprovação e desaprovação empatadas no último Ibope – respectivamente, 47% e 48%. Porém, a divulgação da avaliação só da presidente e a ocultação da de governadores e prefeitos esconde que essa desaprovação atingiu a todos os governantes. Nem por isso é crível que todos os outros chefes de governo não serão reeleitos.

Mas o mais impressionante é metade da opinião pública apoiar a presidente. Ela, seu padrinho político ou seu partido apanham todo dia na mídia. Supostas “más notícias” da economia tomaram jornais, telejornais, revistas, portais de internet, rádios. E o máximo que conseguiram foi dividirem o país?

Não vamos nos esquecer de que isso foi alcançado sob o silêncio quase absoluto de Dilma, quem, até que Lula concedesse entrevista a blogueiros pregando que reagisse, praticou quase uma autocensura, deixando que a mídia a esmagasse sem sequer esboçar reação.

O que aconteceria se Dilma não tivesse se autocensurado? Dificilmente teria perdido tanta aprovação. Só que vem aí a campanha eleitoral na tevê, quando ela, seu padrinho e seu partido terão espaço para dizer tudo aquilo que hoje não pode ser dito em pé de igualdade com o “noticiário” massacrante.

O que a mídia chama de “discurso do medo” apavorou tanto a mídia e a oposição simplesmente porque é um discurso muito forte. Por que é forte? Porque se baseia em fatos – quais sejam, no que ocorreu no passado e nas propostas oposicionistas do presente, como no caso das “medidas amargas” pregadas por Aécio Neves e Eduardo Campos.

Este blog acalenta a opinião de que a grande maioria dos brasileiros, incluindo a parte politizada, em média tem memória fraca. Esquece-se do clima que a mídia estabeleceu nas eleições presidenciais anteriores, do nível de ataques de 2006 e 2010. E também de que a força pré-eleitoral da oposição não era menor do que a de hoje.

Sim, Dilma está mais fraca do que estava Lula em eleições anteriores, mas a oposição também está.

Mais da metade dos brasileiros que pretendem votar permanece ao lado de Dilma. É impressionante. Esse contingente está resistindo a um massacre da presidente empreendido ao custo de uma quantidade imensa de dinheiro que vem sendo despendido pelos grandes grupos de mídia. E, ainda assim, mais da metade do eleitorado votante resiste.

Segundo o Ibope, há cerca de 10% de indecisos. Porém, seria preciso uma mordaça em Dilma, em Lula e no PT para que todo esse contingente se decidisse pela oposição. Há o outro lado da moeda que as vítimas da avalanche midiática ainda não analisaram, mas que irão analisar quando os candidatos tiverem espaço na televisão e no rádio.

A grande esperança da direita midiática é a Copa. A aposta no caos, em alguma tragédia causada pelos grupos cada vez mais desmoralizados que prometem até atacar delegações estrangeiras, porém, é exagerada. Até a colunista da Folha de São Paulo Eliane Cantanhêde, que se dedica a atacar Dilma, Lula e o PT todo dia, acha que quanto mais excessos os grupos que prometem que “não vai ter Copa” cometerem, mais apoio a Copa terá.

Tudo somado, esses 40% que hoje prometem votar em Dilma certamente ampliar-se-ão em um eventual segundo turno. E quem diz isso não é este que escreve, mas o pré-candidato Eduardo Campos, quem, na última segunda-feira, no programa Roda Viva, disse que Aécio inspira terror nos que se beneficiaram das ações do governo federal.

Eduardo parece estar descobrindo que, no bastante provável segundo turno, seu eleitorado não o seguirá, caso adira a Aécio. O PSDB, por razões óbvias, continua sendo visto como o partido dos ricos e dos que pensam que são ricos. Como em 2002, 2006 e 2010, caso haja segundo turno dificilmente ele obterá melhores resultados que Geraldo Alckmin e José Serra.

Aécio diz que se “especializou” em “derrotar o PT” em Minas Gerais, como se o seu desempenho em seu reduto eleitoral bastasse para se eleger presidente. Alckmin também se “especializou” em “derrotar o PT” em São Paulo e, ainda assim, foi surrado por Lula em 2006.

O antipetismo cresceu, sim, mas bem menos do que o “necessário”. Metade dos brasileiros não deu bola para o massacre de Dilma e a outra metade está muito dividida e dificilmente irá toda para a oposição. A parte que não for será mais do que suficiente para ela se reeleger. O antipetismo atingiu seu teto. E não é alto o suficiente para devolver o poder à elite branca.

Tags: , , , , , , ,

166 Comentário

  1. Edu bom dia. Como Victória está reagindo à pneumonia?

    O CAF publica a petição de HC do Dirceu.

    Parece que a peça deveria ter ampla divulgação na Internete.

    Abraço

  2. Olá Edu, você sabe que não comento muito, mas estou por aqui sempre acompanhando a luta de todos vocês.
    Pois, bem. Fico sabendo que meu sobrinho, trabalhador da área de eventos, participou de um seminário a respeito do tema. No encerramento adivinha quem era o ilustre palestrante?
    Arnaldo Jabor, ele mesmo. O meu sobrinho conta que entre uma platitude e outra disse que o Brasil se transformará em uma Bolívia (seja lá o que isso signifique) caso a Dilma seja reeleita e, ainda, desafiou a plateia a subir ao palco e apontar uma obra que fosse de autoria do lula.
    Claro que jovens, intimidados, não se propuseram a encará-lo, mas causou certo mal estar entre alguns, meu sobrinho entre eles.
    Mas outros certamente foram influenciados por ele. Fiquei indignado com isso, mas o que fazer? O cara apela para mentiras, aproveita o momento bom em que o Brasil vive para faturar uma grana e ainda faz a cabeça da rapaziada para o projeto do “Arrocho Neves”.
    Um grande abraço e saúde para a Victória.

  3. Rio de Janeiro, 28 de maio de 2014.

    PROJETO: LUTANDO PELA VIDA E PELO BRASIL

    Caros amigos (as) enquanto muita gente estiver vibrando pelo Brasil na Copa, muitas crianças estarão lutando pela vida, falo das crianças que estão internadas nos hospitais, como crianças com câncer, etc. Por isso, gostaria de sugerir uma ideia (projeto) para alguma das empresas patrocinadoras da copa e a FIFA, as crianças internadas seriam convocadas para enfeitar o hospital e o quarto, com tema da Copa, depois de colocarem as fotos no site da empresa patrocinadora da promoção, as mais votadas, ganhariam camisas da seleção, álbuns de figurinha, e alguns ingressos para a Copa. Tenho certeza que essa luta e torcida pela vida e pelo Brasil, vai fazer muito bem para a saúde dessas crianças. O povo brasileiro tem que aproveitar esse momento para mostra para o mundo, que gostamos de fazer o bem, acima de tudo, e de todos os problemas. Amigos (as) depois essas fotos poderiam ser mostrada para os jogadores da seleção, como forma de incentivo e motivação.

  4. Gostaria de ter o seu otimismo Eduardo, acho que tudo pode acontecer até as eleições, tudo…

    • Claro, tudo pode acontecer. Concordo. Mas é possível analisar o presente, e o presente é o que está no post

  5. Uma boa idéia esta do Cláudio José.
    Nas datas festivas os hospitais sempre promovem alguma coisa para os que estão internados, como dia das Mães, natal, etc., e acredito que os hospitais já estejam tomando iniciativas neste sentido, pois as empresas mais interessadas serão eles mesmos, a não ser que tenham aderidos ao “não vai ter Copa”, que será um tremendo gol contra.
    Quanto as empresas que patrocinam a Copa esperamos que elas cumpram bem, cada uma a sua parte, pensando em proporcionar o maior brilhantismo possível ao evento.

  6. Oi, Edu, muito boa a sua análise e concordo plenamente com a tese do “teto”, acho, até mesmo, que eles alcançaram este patamar por conta do ataque diuturno que a gestão Dilma sofre da mídia, na hora em que o guia eleitoral começar, as coisas hão de melhorar pro nosso lado. Gostaria de colocar mais um tempero nesse mingau, aqui no nordeste, o menor percentual de Dilma chega a 65%, chegando mesmo a ganhar de Dudu em Pernambuco. Ganharemos no primeiro turno, pode escrever. Esta vitória terá um sabor especial em razão das batalhas que travamos contra o PIG, o TRF, a PGR, os babacas do tipo romanelli, nigro e coisa e tal. Um abraço.
    Ps: ia me esquecendo, os babacas tipo ronaldo, tipo ney matofino, tipo paulo coelho.

  7. COMPLEXO DE VIRA-LATA

    Você tem complexo de vira-lato? Você acha que tudo de bom está lá fora, em outros países, e que tudo aqui é uma merda? Pois veja este vídeo.

    http://youtu.be/2_WD7dqGbzk

    • Isto é uma chamada para o Bananelli, para o Brinco, para a(o???) ramiza, para o Zanchetta e outros tucano-pefelês, claro que todos com complexo de vira-lata, incluindo o Ronaldo Nazário, o Fenômeno de mau caráter.

  8. COMPARTILHE ESTE VÍDEO “A COPA É BOA PARA O BRASIL!”
    Disponível no PORTAL DA COPA: http://bit.ly/1jSkK8U

    LEGENDAS DO VÍDEO:

    A Copa do Mundo está ai!
    Quer dizer, está aqui!
    A maior competição esportiva do planeta desta vez acontece no Brasil!
    Bilhões de pessoas assistindo no mundo inteiro.
    Todos olhando para a nossa casa.
    Mas ninguém está olhando tanto quanto a gente, né, os brasileiros.
    Daí vem a pergunta: a copa vai ser boa para o Brasil?
    O assunto está na boca do povo.
    Com certeza, você já viu gente a favor, gente falando mal…
    E aí que essa discussão fica interessante.
    Vamos pensar a respeito: o que os investimentos deste evento representam para o Brasil?
    Muita gente fala que os maiores gastos foram com a construção dos estádios.
    Mas não foram.
    Os estádios custaram R$ 8 bilhões.
    Eles foram necessários para fazer a Copa.
    E serão palcos de muitos outros eventos depois.
    Mas o maior investimento está sendo feito em ações que vão ficar como herança para os brasileiros.
    Mas daí alguém pergunta: a Copa tirou dinheiro da saúde e da educação?
    Também não é por aí.
    Desde 2010, quando as obras dos estádios começaram, o Governo Federal investiu R$ 825 bilhões de reais em saúde e educação!
    Isso significa cem vezes mais! Cem vezes mais!
    E a gente ainda tem que lembrar que o financiamento federal dos estádios vai voltar aos cofres públicos.
    Tem outro ponto importante: a Copa traz muita gente para o País.
    Serão 600 mil estrangeiros que depois vão divulgar o Brasil para o resto do mundo, além de 3 milhões de turistas nacionais circulando pelas cidades-sede.
    Eles vão movimentar cerca de R$ 25 bilhões.
    E ainda tem os empregos: só na Copa das Confederações foram gerados 303 mil empregos.
    E na Copa, estima-se que podem ser gerados mais de 700 mil.
    A copa também é uma oportunidade para defendermos causas importantes.
    Nossa Copa tem uma mensagem forte contra o racismo, um mal que não pode ocorrer no futebol e em lugar nenhum!
    Bom, a Copa começa em junho, termina em julho e tomara que a gente seja campeão.
    Mas, quando acabar, o que vai ficar para o Brasil depois disso?
    Quando a Copa acabar, nós, brasileiros, continuaremos usando os ônibus, os trens, as estações de metrô que foram adiantadas por conta da Copa.
    Aeroportos melhores e mais modernos que estão prontos para receber voos e passageiros durante a Copa e que depois é a gente que vai continuar usando.
    Agora, voltando para nossa pergunta do início.
    Será que a Copa vai ser boa para o Brasil?
    Sim. Vai ser boa.
    A Copa não resolve todos os desafios do País e não foi feita para esconder os nossos problemas.
    Mas uma coisa é fato: os resultados dos investimentos são permanentes e trarão benefícios para os brasileiros mesmo depois que a Copa acabar.
    A gente torce pelo Brasil.
    Não só pela seleção de futebol, mas pelo nosso país como um todo.
    Então, se você não conhecia estas informações e agora deseja que mais pessoas também as conheçam, compartilhe este vídeo!

    • Concordo plenamente com seu raciocínio. A copa no meu ponto de vista foi muito positiva o que incomoda bastante aos traficantes por terem sido alvo no sentido de melhorar a segurança. Só eles eram para estar incomodados não o trabalhador brasileiro que ama o futebol.

  9. Os vira-latas ontem não dormiram…

    “A estátua em bronze de Lula foi instalada no National Mall, parque ao lado da Casa Branca, em Washington. Junto ao ex-presidente estão figuras ilustres como Abraham Lincoln, o general Simon Bolívar e até o recém-falecido Gabriel García Márquez.

    A organização dos estados americanos apresenta a exposição de esculturas “Os Estados Americanos na visão do artista e escultor chinês Yuan Xikun” no museu de arte das Américas em colaboração com o observador da missão da China para o OAS e da embaixada das pessoas da República da China nos Estados Unidos.

    Lula está sendo homenageado com um busto de bronze em exposição no National Mall, no centro de Washington, capital dos Estados Unidos, perto da Casa Branca e da Organização dos Estados Americanos. Yuan Xikun, criou bustos de 10 grandes nomes das Américas.

    Esta exposição incluirá peças de artigos históricos que fizeram contribuições exepecional para as Américas incluindo:
    Before the Decisive War – Abraham Lincoln (United States)
    Simón Bolívar (Venezuela)
    Eloy Alfaro (Ecuador)
    Tupac Amarú (Peru)
    Lula Da Silva (Brazil)
    Juan Pablo Duarte (Dominican Republic)
    Tupac Katari (Bolivia),
    Juana Azurduy (Bolivia),
    Andreo De Santa Cruz (Bolivia),
    Gabriel García Márquez (Colombia),

    O escultor chinês Yuan Xikun diz que suas criações “homenageiam quem extraordinariamente contribuiu para os povos das Américas”. Lula é o primeiro presidente brasileiro a ter uma estátua na capital dos EUA.

    http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/ — com Lúcia Adélia Fernandes.
    Foto: A estátua em bronze de Lula foi instalada no National Mall, parque ao lado da Casa Branca, em Washington. Junto ao ex-presidente estão figuras ilustres como Abraham Lincoln, o general Simon Bolívar e até o recém-falecido Gabriel García Márquez.

    A organização dos estados americanos apresenta a exposição de esculturas “Os Estados Americanos na visão do artista e escultor chinês Yuan Xikun” no museu de arte das Américas em colaboração com o observador da missão da China para o OAS e da embaixada das pessoas da República da China nos Estados Unidos.

    Lula está sendo homenageado com um busto de bronze em exposição no National Mall, no centro de Washington, capital dos Estados Unidos, perto da Casa Branca e da Organização dos Estados Americanos. Yuan Xikun, criou bustos de 10 grandes nomes das Américas.

    Esta exposição incluirá peças de artigos históricos que fizeram contribuições exepecional para as Américas incluindo:
    Before the Decisive War – Abraham Lincoln (United States)
    Simón Bolívar (Venezuela)
    Eloy Alfaro (Ecuador)
    Tupac Amarú (Peru)
    Lula Da Silva (Brazil)
    Juan Pablo Duarte (Dominican Republic)
    Tupac Katari (Bolivia),
    Juana Azurduy (Bolivia),
    Andreo De Santa Cruz (Bolivia),
    Gabriel García Márquez (Colombia),

    O escultor chinês Yuan Xikun diz que suas criações “homenageiam quem extraordinariamente contribuiu para os povos das Américas”. Lula é o primeiro presidente brasileiro a ter uma estátua na capital dos EUA.

    http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/
    Curtir · · Promover · Compartilhar

    • “A estátua em bronze de Lula foi instalada no National Mall, parque ao lado da Casa Branca, em Washington. Junto ao ex-presidente estão figuras ilustres como Abraham Lincoln, o general Simon Bolívar e até o recém-falecido Gabriel García Márquez”

      E tem um detalhe: o Lula está vivo…

  10. A grande luta da direita na próxima eleição é fazer uma bancada forte, pois pior que perder para Dilma e não fazer uma bancada que defenda o capital especulativo e negócios que conhecemos, tocados pelo PSDB.
    Aí que vejo o problema, a criminalização da politica e dos políticos. Estive em uma reunião do MPL e falei com os jovens, quando questionavam os políticos. Perguntei o nome de 5 vereadores de sua cidade e a grande maioria com os quais falei, e não foram poucos, não sabiam o nome de 2 sequer, que dirá dos deputados estaduais, federais e senadores, Mas mandaram eles que falarem que nenhum presta e o mantra era seguido.
    Depois fui em uma reunião dos politizados e engajados, mas a maioria não é filiada a nenhum partido. Muitos são simpatizantes de algum partido e defendem a candidatura de majoritários pelos feitos realizados, até com certo entusiasmo, mas ao perguntar se já tinham escolhido o candidato a deputado, não encontrei resposta da maioria. Pelo teor do papo não tinham escolhido mesmo e nem ao menos estavam em duvida entre um ou mais nomes.
    Queremos mudanças, estas vem através de uma câmara voltada às reformas. E não adianta votar apenas em nomes, pois nomes muitas vezes não vem acompanhados do peso de um partido.
    Com anos na estrada e muitos trabalhos feitos por políticos, seria natural que um ativista já soubesse dos cinco votos que ira dar nessa eleição que se aproxima. Mas vejo que além de não saberem, muitos não vão divulgar e pedir votos para o politico que classifica como bom, que trabalha e é honesto, sendo uma obrigação do cargo.
    Politica é cara sim , mas quem vai trabalhar para eleger um proporcional de graça? Até entre filiados ouvi a resposta “Ainda não fechei”, quem acompanha a politica sabe oque isto significa.
    Depois, falando com bom trabalhador no ramo de comunicação, ouvi a palavra ‘abandono’. Detalhe, ele não é famoso, assim pudemos conversar sobre o tema. O deputado que ele ajudou a se eleger o abandonou. Ele cobrou 20 mil pelo trabalho, foi pago corretamente, e mesmo sendo pago o abandonou. Ao pagar acabou o relacionamento,
    Diferente de pessoas que trabalham em campanha e tem que ganhar o pão. Em todas as eleições está com o mesmo partido, a mesma corrente e mesmo deputado. Este goza de confiança e só muda se o deputado sair das diretrizes defendidas; muda de candidato, mas não de partido. E este ao adentrar em locais onde se encontra políticos do seu partido goza do respeito de todos.
    Lamento que no final fique apenas a ladainha que politica e políticos que não prestam. Vamos defender qual proporcional para termos um Brasil melhor e com reformas, sem o $ na frente da razão?
    Devemos mudar a maneira que nos relacionamos com politica. Com financiamento publico de campanha para ajudar os políticos honestos a não terem que correr atrás de grana; para pagar os honestos que cobram melhorias e resultados ou veremos o capital vencer sempre.

  11. Acompanho o blog regularmente para ter mais consciência política dos dois lados. Gosto do blog.

    Resolvi postar agora, pois achei a foto deste post acima um tanto estranha, e me parece uma montagem com os dizeres dos cartazes escritos posteriormente em computador devido às bordas do cartaz estarem com outra tonalidade. Isto não me parece legal. É preciso ter responsabilidade neste sentido. Obviamente posso estar errado, mas gostaria de alertar isso.

    Abs,

  12. Ótimo artigo, ótima análise. É o que sempre imaginei e imagino como situação real da nossa politica hoje. A Dilma não perde esta eleição. O povo já aprendeu que a canalhice se repete e não vai cair nessa novamente.

  13. … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  14. O melhor é que Dilma ganhe em primeiro turno. Não podemos dar chance aos inimigos do Brasil de terem tempo de fazerem suas sabotagens. Ela ganhando em primeiro turno, sua força será ainda maior no próximo mandato. Mas o Congresso precisa também ter maioria petista, não apenas de esquerda. Vemos que há muitos partidos que se dizem de esquerda, mas que não estão afinados com o PT, que são tão inimigos quanto os partidos de direita. E dessa forma, quem sabe sai a regulação da mídia mais facilmente!

  15. acredito Dilma no primeiro turno ,mas se der segundo turno ,sera Dilma de novo 2014

  16. DANILO, O LÍDER DO MOVIMENTO DE RUA “FORA OU ABAIXO A COPA DO MUNDO” DEU UMA ENTREVISTA NA GLOBONEWS (QUE FOI UMA VERGONHA VER A SUA ALIENAÇÃO SOBRE A SITUAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL ATUAL) HOJE À TARDE E DISSE QUE VAI TORCER PARA O BRASIL NÃO GANHAR A COPA E QUE ESTAVA COM VONTADE DE TORCER PARA O URUGUAY SER CAMPEÃO. TODOS ESSES MOVIMENTOS DE RUA ESTÃO SOB A ORIENTAÇÃO DA CIA VISANDO PREJUDICAR A REELEIÇÃO DA DILMA OU TENTAR DERRUBÁ-LA DO PODER! SÃO OS MANIFESTANTES MERCENÁRIOS, LIDERANDO OS “MASSAS DE MANOBRA” (ALIENADOS POLÍTICOS E MEDIÁTICOS), COMO DANILO E OUTROS TANTOS MAIS, QUE NA VERDADE SÃO, TODOS, “QUINTA COLUNAS” (TRAIDORES DA PÁTRIA!).

Trackbacks

  1. » O teto do antipetismoEntre Fatos

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.