Está provado que foi golpe. E o povo percebeu

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

povo acordou

Os golpistas diretos e os indiretos conseguirão manipular os Poderes da República, que ora controlam, até o fim do mandato presidencial em vigor. Ou seja, o mandato da chapa Dilma-Temer.

Mas o que são golpistas diretos e golpistas indiretos?

Golpistas diretos são aqueles que operaram a máquina que cassou o mandato popular concedido a Dilma Rousseff. Isto é: o vice-presidente de Dilma, Michel Temer, e a maioria do Congresso Nacional.

O Poder Legislativo transformou-se em uma máquina de sabotagem golpista que inviabilizou o governo Dilma para afundar a economia e gerar o clima necessário ao golpe.

Golpistas indiretos são todos os outros que, de uma forma ou de outra, contribuíram decisivamente para que o mandato legítimo da ex-presidente fosse surrupiado sob uma desculpa qualquer.

Só para citar alguns:

1 – Mídia (Globo e penduricalhos na imprensa escrita, digital, televisada e falada)

2 – Ministério Público e Polícia Federal, que se partidarizaram ao ponto de terem seus membros postando memes nas redes sociais atacando Dilma e demais petistas.

3 – Empresariado, que se uniu aos golpistas diretos e indiretos e passou a boicotar publicamente o governo Dilma

4 – O Judiciário, que cometeu atrocidades como barrar nomeação de Lula como ministro por achar que estava sendo nomeado para obter foro privilegiado, mas não tomou a mesma atitude contra Moreira Franco, entre outros peemedebês nomeados por Temer para obter o benefício. E que não impediu impeachment por motivo insuficiente.

Contudo, os setores mais informados da sociedade acabam de tomar um choque. E os golpistas se recusam a aceitar. Todavia, essa recusa não muda o fato de que o povo já se deu conta de que a derrubada de Dilma foi mesmo um golpe.

Os golpistas contam com a burrice popular. A grande maioria das pessoas não teria capacidade de perceber que Temer cometeu crimes graves de corrupção, prevaricação, formação de quadrilha, obstrução da Justiça etc.

A maioria na seria capaz de perceber que Dilma Rousseff foi cassada por uma divergência contábil que inclusive ocorreu em governos anteriores ao seu sem que os presidentes à época fossem sequer questionados.

Alguns dirão que, para fazer essa análise, há que estar muito antenado na política, mas eu digo que não. Tudo foi muito exposto na mídia nos últimos anos.

Se você parar alguém na rua e perguntar por que Dilma foi derrubada, a pessoa não saberá dizer. Alguns dizem “corrupção”, mas se você perguntar qual foi o ato de corrupção que ela cometeu ninguém saberá dizer.

No caso de Michel Temer é diferente. Todos saberão dizer das gravações em que ele pede propina. É um conceito fácil de entender.

A cada dia que passa vejo mais gente assumindo que “no tempo do Lula é que era bom”. Mas agora já está aparecendo gente “comum” perguntando “por que Temer não cai como Dilma se tem prova gravada que ele roubou”.

No mínimo, as pessoas estão ficando desconfiadas de que tem gato nessa tuba. Isso está se refletindo nas intenções de voto. É uma minoria cada vez menor que diz que não vai votar em ninguém, mais ou menos igual à minoria que quer um nazista no Poder – os bolsominions

bolsominion

O caso de Aécio Neves também é bastante interessante para a desmoralização do golpe. Nenhum dos petistas que foram presos tem contra si provas sequer parecidas – em termos de gravidade – com as que há contra o tucano. Além disso, um senador petista foi preso em condições análogas às que pesam contra Aécio.

O mais despolitizado dos cidadãos, se for intelectualmente honesto, vai ver que Aécio não está preso porque é tucano.

Nos próximos dias, o Plenário do STF irá julgar o pedido de prisão de Aécio Neves formulado àquela Corte pelo procurador-geral da República. A chance de ele escapar é de 99%. Vão enrolar com seu caso como fizeram com o de Eduardo Azeredo.

Só que, a cada vez que falarem alguma coisa do PT, todos vão lembrar de como a Justiça aliviou para Aécio. Bastará reproduzir as gravações em que ele confessa crimes e revela o seu baixo nível moral e intelectual.

É por isso que tenho dito que setores da esquerda que ainda estão vivendo de ilusão precisam se concentrar na única coisa que interessa ao Brasil: a eleição presidencial de 2018.

No último sábado, participei de um debate que fechou o 3º Encontro Estadual de Blogueiros. Debati com a fundadora do grupo Jornalistas Livres, Laura Capriglione, que tem uma visão bem diferente da minha sobre o que fazer diante do golpe.

Para Laura, a esquerda não deve apostar em Lula porque ele pode ser preso ou ficar inelegível. E como a esquerda não tem candidato viável para disputar se não for Lula, e como não aceita candidatos de centro-esquerda, ela acha que, se a esquerda for derrotada em 2018, “tudo bem”, aceitaremos esperar que um dia consigamos fazer uma revolução socialista.

Até lá, seremos governados pela ultradireita e reagiremos com nossas manifestações e abaixo-assinados enquanto eles tiram direitos dos trabalhadores e extinguem programas sociais, ao mesmo tempo em que continuarão roubando o país sem parar.

A visão da Laura é, mais ou menos, a visão do PSOL. Há que respeitar, mas compartilhar é coisa bem diferente. O Brasil é um caldeirão que vai explodir. Essa “paciência” de setores da esquerda é uma loucura. Vai fazer este país pegar fogo. De novo, porque o que vivemos hoje se deve ao que esse setor da esquerda fez em 2013.

Agora, por que Lula será preso ou impedido de disputar 2018?

Como vão prender ou inabilitar Lula se tantos corruptos com prova provada estão se safando devagarinho?

Como vão prender Lula sem provas – o MPF confessa que não tem provas contra o petista – se não prendem tucanos e peemedebistas contra os quais as provas abundam?

Lula vai disputar 2018 e vai ser eleito. Isso a direitalha não vai poder impedir, assim como não pôde impedir em 2002, em 2006, em 2010 e em 2014.

Como eu sempre disse, é só uma questão de tempo. Basta esperar que a verdade irá se impor. Não há meio de conter a verdade. Ela é uma força da natureza.

Mas não importa quantas vezes eu repita isso, os que desprezam a verdade e confiam no logro, na dissimulação, na distorção da verdade, nas mentiras, acham que é só uma frase de efeito.

Ainda bem que pensam assim. Se acreditassem na força da verdade, os pervertidos dessa direita imunda que infesta o nosso país começariam a tomar cuidado. Confiantes, eles são os seus maiores inimigos.

Não vai ser fácil nos livrarmos de Temer. Ele e os tucanos conseguiram dar um golpe parlamentar porque têm uma sólida maioria capaz de barrar até a Justiça.

Mas no ano que vem tem eleição. É nisso que devemos focar: eleger o próximo governo. A boa notícia é que ver os golpistas nus fez o povo acordar. Todos já sabem que foi golpe, mesmo que muitos não reconheçam.

Não pensam no que dizem ou fazem. Acham que tudo lhes é permitido e, assim, tiram as máscaras a toda hora. É só ficar de olho. Vão se enterrar sozinhos. E o Brasil voltará a ter um governo de verdade. De Lula ou de quem ele indicar.

*

AJUDE O BLOG A ENFRENTAR O ATAQUE FASCISTA CONTRA SEU AUTOR. A PERSEGUIÇÃO DE SERGIO MORO CUSTOU AO BLOGUEIRO SUAS REPRESENTAÇÕES E CLIENTES. CLIQUE AQUI PARA CONTRIBUIR FINANCEIRAMENTE COM O BLOG.

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

72 Comentário

  1. Antes do golpe a sociedade civil já se organizava precariamente em associações, sindicatos, uniões, ordens etc. O golpe intensificou esta organização, criou novas associações e unindo em pautas comuns o que antes sempre esteve desunido. Manifestações de todos os tipos e greves são a evidência e o cimento, a consolidação desta tendência. Estas manifestações já podem contar com importantes trunfos como o barramento das reformas da previdência e trabalhista e até mesmo o desnudamento da quadrilha que governa o país, na medida em que as denúncias de corrupção são utilizadas por parte da direita para derrubar este governo porque ele não está entregando a fatura devida. Uma nova palavra de ordem, diretas já, amplificam esta politização e ação das forças populares. Por esta a direita, os golpistas, não esperavam. Vai ficando cada vez mais complicado atingir os objetivos do golpe e impedir a realização de eleições democráticas e livres em 2018. Quanto mais tentam seus objetivos, mais se intensifica a crise, piora a economia, o país se vê mergulhado no caos institucional e terão que radicalizar ao extremo se quiserem atingir seus propósitos, não sem haver resposta e reação por parte da sociedade organizada. Estes movimentos todos da sociedade civil têm tudo para se expandir e se consolidar cada vez mais e num médio a longo prazo será irreversível. Às ruas, povo e trabalhadores, porque nelas se exercita a cidadania e os direitos, nelas se obtém o tônus e a energia necessária para as grandes mudanças. O inédito crescimento da consciência e organização popular independente de partidos e os velhos políticos ocasionais e oportunistas, o que tem seu mérito pelo ganho de importantes graus de liberdade e criatividade, é hoje a real (e única) esperança deste país, porque seus efeitos não poderão ser anulados facilmente.

  2. Concordo que os golpistas nao mostraram provas contra Lula. Mas na ap 470 tampouco havia provas contra os petistas (nao tenho provas, mas a literatura me permite condenar…!!!!!!!!!!!!).

    • eu diria que houve exploração partidária, EXAGERO (muuuuito), na condução do julgamento da 470

      ..houve casuísmo, direcionamento ..armadilhas montadas (conspiração demo/psdb de MG e PTB)

      ..entre os exageros, um foi tipificar crimes pontuais e/ou contravenções eleitorais (caixa 2) como sendo crime de QUADRILHA ..e claro, como vc lembrou ..em certos casos (como com J.Dirceu, com sua cassação forçada) o abandono de inúmeros princípios legalistas

      ..agora ..houve sim arrecadação com base em serviço fantasmas (pratica comum até os dias atuais e em todas as siglas) ..dinheiro distribuído a partidos da base (compra fisiológica de apoio)..até ASSINATURA feita por presidência partidária em contratos de empréstimos de mútuos com Valério por exemplo

      do que se sabe ..até aonde se apurou e divulgou ..NÃO foram localizados ENRIQUECIMENTO particular e ilícito dos principais líderes partidários (Dirceu, Genoíno e J.P.Cunha)

  3. É isso aí Eduardo.
    Os setores progressistas tem que lutar por eleições diretas agora ou focar 2018.
    Embarcar nessa história de Lula preso ou impedido é embarcar no discurso da direita.
    Temos que eleger Lula e uma maioria esmagadora na câmara e no senado.
    A população está acordando.

  4. O Moro vai prender o Lula. Ele não é louco de não prender. Ele seria morto se não prendesse.

    Por isso que metade do seu texto é sobre fé, não sobre a verdade.

    Espero que você esteja certo e eu errado. Mas uma vitória de Lula, na suposta disputa contra a direita, ia repetir a crise política de 2014.

    O povo vota nos coroneis dos currais eleitorais. Esses bandidos evangélicos, os latifundiários, da bancada da bala, do boi, da bola etc não iriam dar lugar para congressistas de esquerda, porque o povo não sabe como funciona a política.

    E o PSDB ia continuar a dar as cartas. Eles levaram quase todas as prefeituras dos grandes centros, junto com conservadores.

    Espero estar errado.

  5. Pacifismo X covardia
    Adianta ficar bravo com o que se faz no legislativo, executivo e judiciário?
    Engolimos nossa indignação e amanhã será outro dia…daqui a pouco vem o natal, o carnaval e a vida continua. Somos um povo pacífico e sabemos votar…!!!
    (Sebastião Carlos Masin)
    Gostei da reflexão, mas a conclusão se justifica sendo figura de linguagem ironia.

    Ser pacífico é maravilhoso. Dá boa imagem perante todo mundo, demonstra maturidade. Mas não pode servir de escudo para a covardia para enfrentar a vida e nem apenas como mecanismo para manter todos por perto. O pacífico evita a briga sem motivo. O passivo joga todas para debaixo do tapete. Uma hora, o tapete deixa de ser suficiente e a sujeira encoberta passa a sufocar.
    Jesus deixou claro: “Não julgueis que vim trazer a paz à terra. Vim trazer não a paz, mas a espada” (Mt 10, 34).
    Estava próxima a Páscoa dos judeus, e Jesus subiu a Jerusalém. Encontrou no templo os negociantes de bois, ovelhas e pombas, e mesas dos trocadores de moedas. Fez ele um chicote de cordas, expulsou todos do templo, como também as ovelhas e os bois, espalhou pelo chão o dinheiro dos trocadores e derrubou as mesas. Disse aos que vendiam as pombas: Tirai isto daqui e não façais da casa de meu Pai uma casa de negociantes. (São João 2, 13-16)
    Através da nossa história o povo brasileiro não participou de maneira efetiva para con sgtruir seu próprio destino. Tem se mantido à margem dos principais fatos históricos, com uma participação mais carnavalesca que ação efetiva para construir uma nação próspera e desenvolvida. Sempre nos comportamos como meros espectadores que atores.
    Pobre o povo que perdeu a capacidade de se indignar. É um povo sem dignidade.
    Um provérbio popular diz que cada povo tem o governo que merece, mas na realidade, que elege. Vamos comparar com outros países.

    Revolução francesa
    A incapacidade do rei Luís XVI no governo também motivou a revolução. Além de levar o país à falência com a péssima administração econômica, ele ainda controlava os tribunais e fazia condenações injustas, de acordo com a sua vontade. Os presos eram levados à fortaleza da Bastilha, que depois foi invadida pela população.
    Após a invasão de Bastilha, a Assembleia Geral Nacional se transformou em Assembleia Constituinte, onde os deputados elaboraram uma constituição que determinou o fim dos privilégios feudais e de nascimento, a igualdade de todos perante a lei e a garantia de propriedade.
    O povo francês ainda permanecia sob os abusos dos impostos, e isso gerou uma radicalização do movimento revolucionário. O fim dessa fase marca o momento mais tenso da Revolução Francesa, quando a população é convocada para lutar contra o conservadorismo que dominava a Assembleia.
    Luís XVI foi condenado e morreu em janeiro de 1793 na guilhotina, e em setembro do mesmo ano, Maria Antonieta foi decapitada.
    Com isso, o movimento revolucionário, agora mais popular, crescia cada vez mais, e era liderado pelo grupo chamado de Jacobinos.
    Em um cenário de guerra civil, os Jacobinos conseguiram derrubar os Girondinos do poder, e instituíram uma nova constituição, em 1793.
    O Comitê de Salvação Pública condena Robespierre e outros líderes jacobinos à morte, dando fim à Era do Terror em 27 de julho de 1794. Essa data ficou conhecida como “9 do Termidor”, e caracterizou o golpe que retornaria os Girondinos ao poder. Era o fim da participação popular na Revolução Francesa.

    Independência dos Estados Unidos
    A Guerra de Independência dos Estados Unidos ou simplesmente Guerra Revolucionária nos Estados Unidos, foi um conflito armado entre o Reino da Grã-Bretanha e as Treze Colônias na América do Norte, que haviam declarado sua independência como os Estados Unidos da América.

    Independência da Índia
    Agosto de 1947 legou ao mundo dois eventos essenciais: a independência da Índia e a saga de Gandhi pela não violência. A estratégia de Gandhi para liderar a libertação de seu país deu certa porque foi plantada na alma milenar do hinduísmo.
    Gandhi, na verdade, nunca reivindicou a autoria da estratégia da não violência, mas foi o primeiro a aplicar o princípio numa revolução política. Ou seja, os dois segmentos básicos de sua ideologia foram a não cooperação e a desobediência civil com greves, atos públicos e marchas persistentes de repúdio à lei do colonizador.
    “A não violência nunca deve ser usada como um escudo para a covardia. É uma arma para os bravos.” [Gandhi]

    Independência do Brasil
    Em 09 de janeiro de 1822, o então príncipe regente Pedro negou-se a voltar a Portugal, afirmando que, em virtude da vontade do povo brasileiro, ficaria no Brasil. Esse dia ficou conhecido como “Dia do Fico” e aprofundou os conflitos entre Portugal e Brasil. Mas o interesse de Pedro não era o de satisfazer todo o povo brasileiro, mas sim a classe que dominava política e economicamente o país.
    Em 07 de setembro de 1822 o príncipe regente Pedro decidiu proclamar a Independência. Com essa medida, o Brasil tornou-se uma Monarquia independente de Portugal, e o príncipe regente passou a ser o imperador D. Pedro I.
    Seu objetivo era manter a união do território, agradando aos interesses dos grupos que dominavam a colônia.
    A Independência do Brasil favoreceu grandes proprietários de terras e grandes comerciantes locais (elite escravagista). A separação tinha como objetivo preservar a liberdade de comércio e a autonomia administrativa do país, porém o restante da população ficou na mesma situação e a escravidão, infelizmente, continuavam.

    Golpe Militar da Proclamação da República no Brasil
    Com a vitória na Guerra do Paraguai, o oficialato alcançou prestígio e muitos jovens de classes médias e populares passaram a ingressar no Exército. As instituições militares dessa época também foram influenciadas pelo pensamento positivista, que defendia a “ordem” como caminho indispensável para o “progresso”. Desta forma, os oficiais – que já se julgavam uma classe desprestigiada pelo poder imperial – compreendiam que o rigor e a organização dos militares poderiam ser úteis na resolução dos problemas do país.
    Nos fins de 1889, sob fortes suspeitas que Dom Pedro II iria retaliar os militares, o golpe militar liderado pelo marechal Deodoro da Fonseca mobilizou suas tropas, que promoveram um cerco aos ministros imperiais e exigiram a deposição do rei. Em 15 de novembro daquele ano, o republicano José do Patrocínio oficializou a proclamação da República.
    O povo estava descrente da Monarquia, mas não havia, na época, uma crença generalizada na República, como assinala o historiador Oliveira Vianna. Por isso, o movimento de 15 de novembro de 1889 não teve participação popular. O povo assistiu, sem tomar parte, à proclamação da república.
    “Engolimos nossa indignação e amanhã será outro dia…”
    Sim amigo, isso tem sido nossa reação – chorar. O Brasil está nessa situação caótica, um verdadeiro Estado de Excessão, pelos políticos eleitos pelo povo. Apenas lamúrias vãs. A nossa Bastilha Coritibana se enchendo de inocentes e os corruptos livres e soltos. E qual a nossa reação de indignidade? Como foi dito acima, somos um povo pacífico e sabemos votar (?). Pobre povo sem dignidade.
    Porque não há reação? Primeiro pela arrogância que alimenta o preconceito contra quem é pobre, negro, mulher…mas o pior é o trabalhador arrogante, pensando que assim se torna burguês. Em segundo lugar pela covradia, medo da repressão policial. Quando o governo democrático petista permitia as manifestações populares, todos se sentiam corajosos, mas bastou a troca do governo, cujo golpe deram apoio, se recolheram covardemente. Onde estão as panelas retumbantes? Ensurdecedor silencio. Usam a teoria do pacifismo como muleta da covardia.
    Pobre povo sem dignidade. Pobre Brasil. Agora caminhando para a miséria – sem emprego, sem assistência à saúde, sem educação, sem moradia, sem renda, sem dignidade.

  6. Eduardo.
    Não creio haver no momento que tenha coragem de defender qualquer corrupto q

  7. Eduardo.
    Não creio haver no momento quem tenha coragem de defender qualquer corrupto já conhecido. Somente com subterfúgios descarados ou por gozação, só “para encher o saco”.

  8. Oi, Edu, algumas considerações:

    1) Não adianta nada eleger o presidente se não houver maioria (autêntica) no Parlamento. A esquerda deveria se concentrar em eleger o maior número possível de deputados e senadores. Seria interessante, Edu, se você republicasse aquele artigo maravilhoso no qual você apontava a incongruência do eleitorado brasileiro (que vota no partido X para o executivo e no -X para o legislativo; aí, fica reclamando que o prefeito/governador/presidente não cumpre as promessas de campanha). Esse artigo foi o primeiro que li no seu blogue, quando ainda era hospedado em outro lugar.

    2) Entre os golpistas “ocultos” está o maior deles (o que manda em todos os outros): o capital financeiro, também conhecido pela alcunha de “mercado”. São os rentistas que vivem às custas da SELIC e as grandes instituições financeiras, que além da SELIC ganham horrores com o SPREAD bancário (os juros sobre juros cobrados no cartão de crédito e no cheque especial). A revolta deles coincidiu com a baixa da SELIC e do SPREAD nos bancos públicos, política conduzida pelo governo Dilma I. O “mercado” não consegue conviver com juros menos selvagens.

    3) O PSOL que faz barulho apoiou e apóia o golpe. Então, enquanto a direção do partido não chutar para escanteio a turma da Luciana Genro, continuará servindo de linha de apoio à direita. Junto com o PSTU, é a esquerda que a direita adora.

    [ ]s,
    Ninguém

  9. “E o Brasil voltará a ter um governo de verdade”.
    Enquanto isso, o país despenca em queda livre.
    Que seja logo para que a gente consiga transformar toda essa lama em uma ” flor de lótus”.

  10. Concordo contigo, Eduardo.

    É fundamental que nas eleições, os candidatos golpistas sejam “marcados” como tal. Os blogs e internautas tem uma imensa tarefa pela frente, distribuindo as informações para as redes.

    Mas existe ainda um risco maior: Os perigos são os candidatos “3a via”. No Rio Grande do Sul caímos nessa esparrela várias vezes. O Slogan “o meu partido é o Rio Grande” venceu as eleições várias vezes e com ele vieram Germano Rigotto, a Yeda Crusius e agora o Sartori. O ódio ao PT alimentado pela mídia e a dificuldade em votar em conhecidos incompetentes e corruptos formaram o caldeirão para viabilizar os vencedores que desmontam o Estado.

    O risco existe. Não receio um Bolsonaro. Tenho medo desse candidato “3a via” que ainda não sabemos quem é.

    abraço

  11. Só faltou um pequeno detalhe: 5 Os militares(Ativos ou inativos-pijamas que são os mais tagarelas!). Eles mesmo, em carne e osso, participaram do golpe.

  12. Ola Edu, vc não poderia, por favor, colocar o debate dos blogueiros, o vídeo, no teu site ? Gostaria muito de ver. Vou ver se está nos jornalistas livres (?)

  13. Edu, você sempre nos dá uma injeção de otimismo. Sua análise tem fundamento apesar de achar que o Lula dificilmente poderá sair como candidato.

  14. “É por isso que tenho dito que setores da esquerda que ainda estão vivendo de ilusão precisam se concentrar na única coisa que interessa ao Brasil: a eleição presidencial de 2018.”
    “Mas no ano que vem tem eleição. É nisso que devemos focar: eleger o próximo governo.”
    Acho que tão importante quanto eleger o próximo governo é eleger o próximo Congresso com parlamentares que defendam os interesses do povo brasileiro.

  15. Cassar o PSDB não é o caso, mas punir a irresponsabilidade e o descaso de Aécio com o Brasil, sim, sem dúvida. Quanto ao PSDB, mereceria uma forte multa.

  16. Sabemos que aqueles sem cérebro não tem nenhuma prova contra o Lula, eles mesmos deixaram registrado na alegação final…. Só que se eles querem prender Lula, o farão… Enquanto aquele imundo que se julga presidente, ficará até o fim de 2018 e aquele drogado não será preso e ainda voltará a ser senador… Vimos inúmeras provas concretas contra esses dois, e nada acontecerá com eles… Infelizmente é assim que funciona…. Eu torço desde o começo que tudo isso seja esclarecido da melhor forma possível… Que alguma coisa aconteça para que aqueles idiotas vejam que condenar Lula sem provas será o pior caminho.

  17. Eduardo, o item número 01, creio que deveria ser considerado “golpistas direto”. Parabéns, como sempre, você fazendo excelentes análises da conjuntura política brasileira. Eduardo, pra ajudar na “vakinha”, existe outra maneira ou tem outra possibilidade?
    Abração.
    José Claudio

  18. O povo tem que entender o seguinte, ou vota em alguém de esquerda, ou já era. A população deveria fazer pressão para evitar a perda de seus direitos políticos e a possível prisão política de Lula. A atual ditadura em que vivemos, que envolve executivo, legislativo e o judiciário, tem este plano nefasto para impor suas pautas neoliberais.

    • Lembrando que votar em alguém de esquerda significa votar em um congresso de esquerda também, senão já era mesmo.

  19. Edu, penso que eleger Lula não será suficiente se a população não se conscientizar de que precisa eleger também uma sólida maioria de centro esquerda para que ele possa governar. Caso contrário, as mesmas corporações mesquinhas que perseguiram Dilma vão fazer o mesmo com Lula.

  20. Edu, Bom Dia!

    A visão de Laura “A visão da Laura é, mais ou menos, a visão do PSOL. Há que respeitar, mas compartilhar é coisa bem diferente. O Brasil é um caldeirão que vai explodir. Essa “paciência” de setores da esquerda é uma loucura. Vai fazer este país pegar fogo. De novo, porque o que vivemos hoje se deve ao que esse” é a mesma da nossa presidenta que acreditou no combate à corrupção republicano. Estas visões são visões puramente orgulhosas na minha visão. Seria a necessidade de provar que somos melhores e portanto não utilizaremos nenhum método que possa nos nivelar. As pessoas esquecem que tem vidas, muitas vidas em jogo. Gosto do raciocínio do jornalista do The Intercept Brasil: Quando você tiver a oportunidade de ……. não perca a oportunidade porque ele não perdem. Mas para nossa esquerda mais importante que salvar vidas é provar que somos amantes do republicanismo e portanto não vamos nos nivelar por baixo…. enquanto isso o mundo desaba na cabeça dos mais simples porque essa esquerda caviar mora bem e não tem boleto atrasado para pagar. Você é um guerreiro viu amigo, porque você realmente faz uma diferença danada e tem uma força nunca vista. Falo isso porque te acompanho a muito tempo e eu vejo pessoas como eu fraquejando e você firme e forte. Eu mesma voltei para o seu blog para comentar justamente por conta de sua última reflexão. Se eu acreditasse em paraiso ele já seria seu. Que alma linda essa sua!!! Deus te abençoe, imensamente a Vitória e toda sua família.

  21. Caro Eduardo,

    Espero que esteja correto.

    Vamos que vamos.

  22. Muito bom Edu! Concordo em gênero, número e grau com tudo, mas a desfaçatez é tanta que desconfio que esses bandidos podem mesmo tudo. Algo que veio a calhar foi a “espionagem”,de temer, ao fachin, a reação da suprema mortícia foi interessante.

  23. É, Dudu, já arrecadou os 50 contos da vaquinha?
    Pede pro Lula, pro Zé Dirceu, e pra outros petistas graúdos.
    Eles devem ter muita grana guardada ainda de tudo que roubaram durante 13 anos.
    Afinal você passou a vida defendendo essa tropa e agora que tá na pindaiba merece um apoio financeiro deles.
    Bem que eu te avisei, Dudu, vira latas desdentados não latem para pitbulls.
    Vai tomar uma mordida do Moro e outra da Globo.

    • Se você tem provas, mande para o juiz Sérgio Moro, eu faço questão de ver essas provas sendo publicadas para finalmente prender o Lula! Por favor!!!

    • O grau de myopia itelectual de alguns Eduardos, realmente, é de fascinar. Voce é caso de estudo, 57.

    • Edu é muito corajoso, coisa que vc não é. Edu combate a injustiça, mesmo com as represálias dos poderosos, que vc apóia. Nada mais justo do que ajudarmos Edu nisto. Edu nos representa. E vc? representa o que?

      Pra mim vc representa os vermes. São asquerosos como vc.

    • O cara fica anos gritando Lula ladrão. Depois descobre que o ladrão era o Aécio. Aí ele fica bravo com quem? Com o Lula, é claro.

    • Como você é engraçado, Vieira57.
      Manda lá pro gentilli.
      A patotinha golpista vai achar legal.

  24. Bom dia Edu!

    Disso, a maioria não tem duvidas, até os meus pais que são coxas (especialmente meu pai) já acham que este impeachment de Dilma foi um golpe!

    Um abraço!

  25. pois é ..mas a mídia e seus barões AINDA insistem

    Pros jovens, lembro que o governo de THC foi marcado positivamente por dar continuidade ao Plano Real de ITAMAR FRANCO, e por estabelecer um MÍNIMO de controle sobre as contas públicas com a aprovação da Lei de Responsabilidade.

    Golpista disfarçado, THC manchou sua biografia com o golpe da REELEIÇÃO que o beneficiou, e por ter ENTERRADO, sufocado e abafado inúmeros casos de corrupção que haviam em seu governo e no entorno da sua base de apoio.

    Estruturalmente THC deixou cicatrizes negativas profundas que ATÉ HOJE o BRASIL colhe das suas consequências, como com a privataria da CIA Vale do Rio Doce (importante instrumento de fomento que foi com o MAPA DAS MINAS e a preço de banana pra banqueiros e japoneses) e também com a concessão de setores antes MONOPOLIZADOS pelo Estado e que passaram, do dia pra noite, pras mãos do capital privado (como telecomunicação, distribuição de energia, portos e de importantes estradas JÁ construídas).

    Como produto e conjunto da obra, ao final de seu ULTIMO ANO de governo – POUCO antes de perder a eleição apresentando ALTOS ÍNDICES de rejeição – o país apurava 26% de inflação AO ANO pelo IGPdi ..desconfiança e alto grau de risco ..perda de poder aquisitivo e renda, com o SM valendo US$ 70/mês ..taxa de juros e spread recordes ..inexistência duma política de créditos ,,desindustrialização com agricultura e investimentos, tanto do Estado como de privados, paralisados ..endividamento interno e externo com carga tributária galopante ..depressão, desemprego e insuficiência de divisas ..o que nos obrigou a manter empréstimos condicionados e inescapáveis junto ao FMI, da ordem de US$ 60 bi ..e com um detalhe, com tudo isso tendo ÍNDICES plenamente mensurados, fato que permite a qq crítico deste diagnóstico a ir às diversas fontes para comprová-los.

    ..pois bem..

    e mesmo diante desta REALIDADE, ainda vemos comunicadores – não por acaso de origem no PARANÁ – dizendo este tipo de bobagem, agorinha, em jun/17:

    https://www.youtube.com/watch?v=geGVBGDzCN0

    ..obs ..sinceramente, da uma vontade de enfiar as tais laranjas de que ele fala (raras por sinal) no RABO dele

  26. Infelizmente não sou esperançoso com a vitória de Lula ou qualquer outro nome da esquerda em 2018, porque sei que se isso vier a ocorrer as chances de tirarem essa pessoa do poder são grandes, pois os golpistas farão de tudo para criar instabilidade política. Qual é a sua opinião Eduardo?

  27. O problema é que nem com a eventual eleição do Lula a crise se resolverá.

  28. Caro Eduardo,

    A justiça brasileira já não é mais a mesma, principalmente quando se trata de petistas, e em especial, o ex-presidente Lula. Todos sabemos que há uma perseguição sem limites ao ex-presidente, a qual tem como única finalidade, impedir a sua candidatura em 2018. O Brasil está mergulhado numa ditadura sem precedentes e a tendência é que essa situação anômala piore ainda mais. Gostaria muito que Lula pudesse candidatar-se às próximas eleições, mas penso ser uma temeridade afirmar peremptoriamente que ele o será. Não digo isso para entrar em uma contenda com você, mas, sim, por não acreditar mais na justiça brasileira.

  29. O povo acordou, mas ainda está com muito sono.

    E ainda tem a exploração da delação do Palocci, sem provas, que o Acordão saberá explorar muito bem.

  30. A Dilma não sofreu impeachment por uma “desculpa qualquer”, segundo o link abaixo
    http://www.conjur.com.br/2016-abr-06/jose-domingues-pedalada-fiscal-crime-responsabilidade

    É incompatível com a lógica elementar afirmar que “empresariado, que se uniu aos golpistas diretos e indiretos e passou a boicotar publicamente o governo Dilma”, pois se o fizessem estariam sabotando a si próprios, e é totalmente absurdo sequer imaginar que os empresários se empenhariam para … perder dinheiro!!??

    • Bem, se for para publicar artigos de juristas, aqui vai um:

      http://emporiododireito.com.br/supremo-tribunal-federal-deve-barrar/

      E vc acha que o empresário brasileiro não faz merda? Vc acha que não existe o ódio ao PT arraigado na maioria deles? Vc acha que eles não iriam aplicar o golpe, se não fosse para a intenção deles de ficarem mais ricos em cima da destruição de direitos? Teve um até que disse que se Dilma saísse a economia bombaria da noite para o dia.

      Ou vc é idiota, que acha que o empresariado é bonzinho, ou vc é mal intencionado.

      • ou é um empresário.

      • O ganho do empresário não cai do céu, sem mercado consumidor vão à breca os bancos, o varejo, os serviços de modo geral. Daí que povo pobre não interessa ao empreendedor, pelo menos ao empreendedor sério, pois aos picaretas mancomunados durante anos com o PT a fonte de riqueza é bem outra, como o mostram sobejamente as delações do Marcelo e Emílio Odebrecht, o casal Santana, o Leo Pinheiro, o Joesley, para ficar só em poucos.

        • Hoje em dia o empresário pode ganhar mais dinheiro, mais rápido,no mercado financeiro e com juros altos do que investir em produção.

        • “Daí que povo pobre não interessa ao empreendedor, pelo menos ao empreendedor sério, pois aos picaretas mancomunados durante anos com o PT a fonte de riqueza é bem outra”

          O povo pobre não interessa ao empreendedor, pelo menos o sério? Cristo, vai direto para o inferno, coisa ruim. É contra gente como vc que votamos. Vcs são a escória que provoca todas estas mazelas aqui. Não há sentido então ter uma sociedade onde apenas os que têm dinheiro tenham valor. O bom é que isto de que vc fala não passa de uma tremenda idiotice.

          “picaretas mancomunados durante anos com o PT”… parece que os mancomunados eram os da sua turma, eles estão aparecendo e não dá mais para o PIG escondê-los.

    • Lógica canhestra esta hein?

      Quer dizer que os golpistas entregam o país na xêpa, congelam investimentos na saúde e educação, fazem uma reforma trabalhista que nos devolve aos tempos da escravidão, por aí afora, e quem se beneficia com isto não é o empresariado?

      Decerto segundo a sua lógica, será a casa grande, tadinha, que vai pagar o pato! Incluso o da FIESP, talvez em Miami, ou Paris…

    • Colocar $$$ no mercado financeiro em vez de investir em produção e demitir aumentando o desemprego em vez de criar novos tem que nome no seu dicionário?

  31. Concordo Edu,

    Ou a esquerda se uni e forma um bloco coeso ou vai amargar uma derrota em 2018 enterrando de vez o país nesse caos institucional, característica dessa direitalha nojenta. Sem sombra de dúvida a coesão tem que ocorrer em torno de Lula, a esquerda tem que deixar as diferença de lado e investir todas as carta em 2018 com Lula ou algum indicado por ele.

    Ainda que pequena, tenho a esperança de ir a Brasília em 2019 assistir à posse Lula e com isso ver esse país sair desse condição entreguista e deprimente que estamos presenciando.

    Abraços

  32. Eu até concordo com você , Edu,

    mas acho que a esquerda deve se concentrar em esclarecer o povo sobre a necessidade de se eleger um congresso favorável, senão fica difícil ao Lula governar o Brasil.

    • Mauro, isso é urgente. Se deveria distribuir cartilhas por aí, em forma de panfleto e na internet, com critérios de escolha, quais os interesses que os principais candidatos representam, suas trajetórias, o peso das bancadas no congresso – bancadas empresarial e agronegócio com muito mais influência e peso que as da educação e da saúde, por ex., e fornecer os links para consulta – Conjur para ver se a pessoa não tem processo, portais transparência (se já for político, gastos com cartão, com gabinete, quem financiou nas campanhas anteriores, que ideias defendeu, etc.), se é da alta elite que nada tem a ver com o povo…. Cansei de falar na eleição 2014 que a escolha do congresso seria mais importante que a de presidente. Elegemos quem ‘eles’ quiseram, não foi exatamente uma escolha. Pesquisei 15 dias meus candidatos que, logicamente, não ganharam.

  33. URGENTE: Beto Richa envia novo ‘pacote de maldades’ à Assembleia Legislativa! http://www.esmaelmorais.com.br/2017/06/urgente-beto-richa-envia-novo-pacote-de-maldades-a-assembleia-legislativa/

    Beto Richa não tem capacidade para atuar como governador não e um republicano ele e apenas um Falcatrua que tem por meio de corrupção atuado em obstrução de justiça no MP do paraná e seus bandidos! Tem que ser decretado prisão preventiva a Beto richa para que Superior Tribunal de Justiça (STJ) continue as investigações a o porto de Paranaguá. o seu co piloto que foi julgado em primeira instacia a 97 anos de cadeia tem que ser julgado no TRF4 e tendo sua prisão executada e acabar com os falcatruas de Curitiba! Ándre esteves – silvio santo – marinhos – Paulo sckf – silvio barone – e todos os falcatrua tem que serem presos!

  34. Mesmo que Lula não possa concorrer em 2018 (e passar PEC de Diretas Já em 2017 parece ter tanta possibilidade de êxito quanto em 1984), entendo que o povo votará em quem ele indicar. A percepção do golpe realmente se ampliou, mesmo entre aqueles que em circunstâncias normais não se interessam por política. E na direita, todos os candidatos expostos até o momento (inclusive o Bozonaro), têm telhado de vidro.

  35. Verdade, Edu. Mas para isso a esquerda precisa ser mais contundente e unida e urgentemente se organizar, com capilaridade, na comunicação e nas redes, utilizando as rádios comunitárias e outras rádios que estão espalhadas pelo país. É preciso voltar aos velhos panfletos, distribuir por aí. Tudo que for possível para elevar o nível de conhecimento dos fatos e a consciência do povo. A próxima greve deveria ser antecedida disso, é preciso que todos entendam que atrapalhar a chegada ao serviço, os piquetes, etc., são instrumentos da greve para lutar contra a retirada de direitos de todos os brasileiros. O acordo da CUT com as igrejas foi muito importante nesse sentido, dada a capilaridade das igrejas e o respeito pelos líderes religiosos. Isso tem que se multiplicar, nós temos que conversar mais, sem medo e com calma, com todos que encontrarmos.

  36. Tudo lindo.
    Lula se elege se estiver vivo política e fisicamente.
    Se não houver nenhuma reforma política, Lula vai ter que governar com deputados e senadores, pois sim? Presidencialismo de coalizão.
    Alguém está preocupado com o perfil deste Congresso? Todos falam como se a receita fosse a eleição de Lula e pronto. Ninguém falando em eleições pro legislativo. Simples assim?!
    Fico me sentindo solitariamente burra. E aflita.

  37. “O mais despolitizado dos cidadãos, se for intelectualmente honesto, vai ver que Aécio não está preso porque é tucano.”. E os mais imbecis, como os petistas, não vão entender que Aécio não foi preso por não ter havido flagrante !

  38. Edu, 2018 Lula se candidata e é eleito.
    2019 Lula pega um Brasil destruido pelo PMDB e PSDB e os partidos que flutuam em torno deles.
    Ai eu pergunto, Lula vai fazer acordo com o PMDB e outros partidos?
    O lulinha paz e amor vai voltar ou teremos um presidente de pulso firme e que de cara denuncie cada um dos golpistas que destruiram nosso país e peça a prisão dos mesmos.
    A direita mostrou sua face raivosa, será que a esquerda vai fazer o mesmo ou seremos “republicanos”
    Eu nao voto num Lulinha paz e amor mais.

    • Fábio, em 2018 a campanha será Lula e um congresso forte de esquerda. Se Lula ganhar com um congresso misto, não vai dar para Lula governar sem ter que falar com o PMDB e com os nanicos. Se for um congresso de esquerda, aí sim, vamos ver um superLula botando para quebrar.

  39. Os COXINHAS que vestiram a camisa da CORRUPTA CBF, foram para as ruas usando a Bandeira do BRASIL, bateram panelas, ofenderam a Presidenta DILMA com palavras de baixo calão, mostrando toda a sua incompetência em vir para um debate político(o que se pode ver nos comentários que fazem em postagens nas redes sociais), e outros absurdos que cometeram, chancelaram o GOLPE. Hoje porém viraram verdadeiros escondidinhos,por sabem que foi GOLPE. mas de uma coisa dá para se regozijar: o que entrou no TSE contra a chapa vencedora da eleição, “só para encher o saco do PT”, teve sua máscara arrancada. Foi GOLPE sim!

    • estão quietinhos e escondidinhos postando receita no facebook, mas não tenha dúvida: assim que a globo convocar, + vem pra rua e mbl, irão novamente se prestar a pato e voltarão a ofender todos de esquerda.

  40. Eduardo, não sou tão otimista quanto a não inabilitação de Lula por não haver justificativa. Não acho que a verdade sempre prevalece, infelizmente. Mas acho que pra lutar, precisamos ter esperança, não podemos desistir da luta por pessimismo. Por isso acho que a luta atual deve ser pela anulação do golpe no STF, com retorno da Dilma. Não podemos esperar até 2018 sem fazer nada. O golpe está mais do que provado, o STF tem obrigação de anular.
    E para 2018, acho que mais importante do que eleger um presidente de esquerda, é eleger um congresso de maioria progressista. Lula ou qualquer outro não farão muita coisa com um congresso como o atual. O Lula tem falado bastante sobre isso. Precisamos fazer uma campanha forte de comscientização e informação sobre o voto no parlamento.

    #AnuleOGolpeSTF
    #VoltaDilma
    #Lula2018
    #ParlamentoCidadão2018

  41. PETISTAS VOCÊS ME DESCULPEM MAS NÃO FOI GOLPE….AQUELA EX PRESIDENTA ERA E É MUITO BURRA…E JUMENTOS NÃO PODEM GOVERNAR NAÇÕES.

    • Nelson, se não houve crime de responsabilidade da DIlma, não há o que discutir. Foi GOOOOLLLPEEEEE.

    • Nelson, se não houve crime de responsabilidade da presidenta, você é que me desculpe, não há outro nome a dar para o ocorrido. Foi GOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLPPPEEEEEEEE SIIIIIMMMMMMM.

  42. Percebeu , e tem coxinha nervoso por ter sido feito de idiota.

  43. Não resta a menor dúvida e a justiça está de corpo e alma no golpe, o que é vergonhoso para o nosso país…Ao presidir a sessão que cassou Dilma, por Lewandowski, o homem que só falava em salário, aquilo ali foi um escárnio ao povo brasileiro. É golpe, golpe, golpe…

  44. Eduardo, a Laura repete o bordão da esquerda classe media que pode esperar. O povão tem que corrigir o rumo de vez em quando porque seus intelectuais pensam do alto de seus sofás macios e recheados de petiscos.
    Mas o mais importante mesmo é a esquerda jogar pesado na eleição de um congresso menos conservador, menos elitista e menos golpista. O congresso é o nosso foco…

  45. Acabei de contribuir uma modesta quantia para o Blog Cidadania. Precisamos fortalecer a Democracia a partir da liberdade de expressão.

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.