Um ano para não esquecer – Por João Ricardo W. Dornelles

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

Untitled-1

Por João Ricardo W. Dornelles – 17/abril/2017

Estou neste momento no Porto, Portugal. Há exatamente um ano atrás, 17 de abril de 2016, também encontrava-me por aqui. Era um domingo de sol, início da primavera no hemisfério norte. Na época, passei o dia todo conectado nas redes sociais acompanhando as mobilizações em diversas partes do Brasil e do mundo. Afinal, naquele dia estaria em jogo a democracia brasileira e a legitimidade do sufrágio que elegeu para um segundo mandato a Presidenta Dilma Rousseff.
Há um ano atrás, na noite do dia 17 de abril, corri para frente da TV , ligado na RTP e na SIC, com o laptop ligado na TV BRASIL, acompanhando o destino da democracia e do povo brasileiro com a votação na Câmara do Deputados. Aqui, quatro horas a mais do que no Brasil, entrei madrugada adentro e foi uma noite dos horrores. Não só para mim, para os jornalistas portugueses que faziam a resenha do evento. Mas, principalmente, uma noite de horrores para o povo brasileiro. Ali se desnudou o Brasil profundo, os cinco séculos de privilégios de poucos e submissão das maiorias; ali revelou-se o país dos coronéis, das oligarquias arcaicas, da Casa Grande, do permanente escravismo, a incultura, dos colonizados. Ali tivemos a certeza de que este país ainda terá que fazer a sua verdadeira revolução, nunca realizada. A sua “Revolução Francesa”, a sua entrada verdadeira na modernidade, já que a nossa modernidade conservadora sempre foi cruel e perversa com o nosso povo. Jamais foi emancipadora, como outras modernidades que derrotaram o passado de opressões e explorações.
Há um ano atrás o medo foi o que marcou as vidas dos brasileiros. O medo de perder os poucos (mas fundamentais) direitos garantidos em 13 anos de governos de centro-esquerda, de direitos conquistados na Constituição cidadã de 1988, direitos que foram conquistados na era Vargas.
Há um ano atrás começamos a seguir o caminho do passado. Um passado violento, intolerante, injusto e genocida. Em um ano vimos direitos trabalhistas, previdenciários, de minorias, grupos sociais irem ralo abaixo. Vimos o patrimônio nacional, que a todo povo pertence, ser entregue de bandeja, sem pudor ou cerimônia, ao capital internacional; a Petrobras perder seu valor de mercado e o Pré-Sal ser praticamente dado de graça para as petroleiras privadas internacionais; vimos o início da privatização do Aquífero Guarani, cedendo uma das maiores reservas de água doce do mundo para Nestlé e Coca Cola; vimos as maiores reservas de ouro, na Amazônia, serem privatizadas etc etc etc. Vimos o aumento das perseguições políticas e ideológicas, a censura ao jornalismo e blogs independentes, a repressão aumentando, o corte de programas sociais , a eleição de um aventureiro para prefeitura de São Paulo. E também vimos o surgimento de um governo sem voto, um governo de Temer-PSDB-Globo-STF, um governo “laranja” dos interesses do capital financeiro global.
Vimos o país perder o seu verde e o seu amarelo e se tornar cinza. Um cinza tão sintomaticamente representado nos muros de Dória em
São Paulo.
Vimos o país regredir quase 100 anos em 365 dias. Vimos um país voltar a ser colônia de exploração comercial.
E, perplexos, atordoados, tristes, vimos o desemprego aumentar, a crise atingir a quase todos, inclusive aqueles que, com suas panelas e camisas amarelas, gozaram com a derrubada de Dilma e da democracia. Vimos a degradação moral das classes médias e mesmo de grande parte das classes populares. E vimos os vencedores verdadeiros (o grande capital financeiro) aumentando os seus quinhões na rapina, na pilhagem cínica, no saque generalizado que se iniciou com o governo golpista.
Um ano triste e infeliz.
Um ano para não esquecermos, pois a memória tem seu papel político. Um ano para definir, mais do que nunca, o nosso compromisso de luta pelas liberdades democráticas, contra o fascismo, contra a austeridade, pela integralidade dos direitos humanos e por uma sociedade mais solidária e justa.

Tags: , ,

61 Comentário

  1. Infelizmente parcela da sociedade acreditou na falácia do impedimento Ouro de Tolo , lamento que os idiotas que pediam a saida da presidente Dilma aqui em Porto Alegre no Parcão hoje estão calados pois certamente a gente deles assumiu o poder.

  2. Artigo muito bem escrito. Exatamente isto o que ocorreu e ainda ocorre. Triste!

  3. Como estaríamos se Dilma ainda estivesse no poder.
    Miguel Reale Jr. responde:
    “O país respira aliviado, com inflação baixa, controle fiscal, dólar baixo, nota de risco evoluindo, Petrobras se recuperando, setor elétrico também, políticos de todos os partidos processados. Com Dilma, nada disso teria sido possível e estaríamos próximos da Venezuela.”

    • Como dizia o Didi Mocó: “cuma”? Como é mesmo? o país respíra aliviado???? Petrobrás se recuperando??? controle fiscal???? inflação baixa??????? políticos de todos os partidos processados????!!!! Onde? Quando?

      • Claro que se o governo fosse outro, esses politicos “não seriam processados”? Os mesmos?

        Lixo é lixo. Não importe quem é o dono fede igual.

        No caso do governo Dilma (“atrás de uma criança tem im cachorro”) a pequena diferença parece ser gostar de rolar nele

    • Você vive onde, em coxinhópolis?

    • Não sei por que miguel Reale Jr me lembra a Empiricus.

    • Miguel Reale Jr? Quaquaqua! É o mesmo que perguntar pro Darth Vader o que ele acha dos Rebeldes. Super imparcial. Só que não.

    • “O país respira aliviado”. Como? Desemprego record, Direitos trabalhistas, sociais e previdenciários detonados, renda em queda livre, economia desabando.

      ” com inflação baixa”. Simmmm????? éhhhhhhhh….. graças a que mesmo…. ahhhhh…. inflação baixa porque ninguém compra mais…. ahhhhhhh…. recessão….. isto é bastante positivo….. ohhhhhh… Lembrando que na época de Lula e de Dilma, antes da sabotagem, tivemos crescimento social, econômico e emprego com inflação dentro da meta…..

      “dólar baixo”…. Ué, quando o dólar passou dos R$ 3,00 na época de Dilma, ele era alto, agora, que ainda está acima dos R$ 3,00, ele é baixo…. há um problema de entendimento aí…

      “nota de risco evoluindo, Petrobras se recuperando, setor elétrico também”… Piada de mau gosto. Nota de risco com o mercado ainda sem aquela crença que tudo de ruim que eles querem ainda não aconteceu por causa dos conflitos inerentes ao golpe. Mercado quer crescer com desmonte do estado social, para eles ficarem mais ricos à curto prazo, o mercado nunca quer o bem. Na época de Lula e de Dilma, antes da sabotagem, ele tinha tendência de crescimento, havia lógico momentos de queda, mais por causa de fatores externos e geopolíticos, mas eram quedas pequenas. Lógico que com a Lava Jato e a crise política, tudo despencou. Petrobrás se recuperando, eles a sabotaram com a Lava Jato do Moro, para depois venderem e entregarem o Pré-Sal. O setor elétrico também foi vítima da sabotagem. Aliás, Petrobrás e o Setor Elétrico cresceram de fato no governo Lula e Dilma, estavam investindo, criando ativos, a recuperação atual é minguante, recuperação de mercado, mas negativa, por causa das razões obscuras de entregar tudo. Não há nada de positivo nisto.

      “políticos de todos os partidos processados. Com Dilma, nada disso teria sido possível e estaríamos próximos da Venezuela.”

      Esse filhote da ditadura, filho de um fascista, é um tremendo de um fdp…. canalha, cínico e sociopata. É descaração demais dizer isto. É a mesma coisa que Temer e Moreira Franco falaram sobre a transposição do São Francisco, como se fossem eles os responsáveis por isto. Esta turma não perde por esperar. Vai ter troco em 2018. A campanha para desmascará-los vai ser intensa, e vamos eleger um presidente de esquerda junto com um congresso de esquerda.

    • Ahhhh ,esqueci de falar uma coisa: “controle fiscal”, este cara é um panaca. O problema do país é de receita. A receita caiu por causa da sabotagem, e este “controle fiscal” é um verdadeiro arrocho no pobre, que faz com que a economia desabe. Nojento. Nem o FMI e as escolas econômicas que bolaram o neoliberalismo acreditam mais nisto.

    • Me desculpe Junior, mas esse realmente não é o Brasil. Deixe de ser otário.

  4. UM ANO. E hoje 14 de Abril de 2017, até a presente hora 14:32 não há sinal de nenhuma matéria em toda a grande imprensa sobre esta data.

    E o que mais espanta é que há exatos um ano a mesma Mídia grafava que esta data entraria para a História da Democracia Brasileira. NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESTE PAIS, Os veículos de comunicação de massa (em massa) investiram tanto numa cobertura de um fato para que este mesmo fato fica-se registrado como UM FATO HISTORICO para a “democracia” Brasileira. uma vez que “foram” estes mesmos meios de comunicação protagonistas daquele momento em que vivera a “sociedade” brasileira (veja que eu disse “sociedade” e não Povo Brasileiro).

    Um Ano após e o silêncio ensurdecedor desta mesma imprensa relegando aquele 17 de Abril de 2016, como um Nada na recente história da democracia brasileira.

    Hoje, o que vemos em dois dos principais personagens daquele momento, situações bem distintas e que por partes de muitos brasileiros e brasileiras impensáveis há um ano atrás:

    1- Dilma Rousseff é frequentemente convidada com honras a palestrar em diversas nações mundo a fora sendo ela recebendo “ironicamente” mais convites para sua presença do que o “atual” presidente Michel Temer que não tem coragem de sair ás ruas, e enquanto Dilma andado pelo Brasil de cabeça erguida

    2- Eduardo Cunha, preso e condenado. (somente isto).

    3- E a nossa mídia e imprensa? Bom esta é pior do que qualquer lista da Odebrecht

  5. Eu deitado com hernia de disco na lombar L4/L5 vou lendo indignado e inerte a esses crimes de lesa evolução enquanto……………..a imensa maioria tenta se salvar dos encombros causados pelo GOLPE. Visitam-me mas só tratamos da doença pessoal enquanto a doença da nação se alastra

  6. Para mim, foi uma noite fantasma.
    A cada ”sim” em nome da mãe, dos filhos e do ‘totó’, sentia na cara uma tijolada.
    Vi ali, o inicio de uma triste caminhada para um incerto futuro que não demorou muito a delinear-se.
    Só o voto popular. Só a volta da democracia. poderá, ao londo de algum tempo, trazer de volta a paz.
    No momento atual, tenho medo do ‘estouro da boiada’, que por certo banhará de sangue o solo pátrio.

  7. Estou com duvida e nao sei quando é que termina o mandato do PGR , o janota que está no controle.
    E quando o mordomo de filme de terror que nos preside terá que apontar outro.
    Este golpe do consórcio PGR/Globo/MPF-Moro/PSDB que faz aniversario, foi um plano elaborado, executado e ainda nao finalizado pois que termina em 2018.
    Quem monta um processo assim, e não lhe faltam recursos, trata de OTIMIZA-LO ao longo do tempo.
    Por outro lado a abrangencia da odebréxite pode ter sido uma meia derrota deles.
    Quem sofre um percalço assim, tratará de REDUZIR danos.
    A precoce morte politica de serra, aecio, temer, fhc,anastasia
    -exceto para pequenos cargos- é só o preço que o consorcio golpista tem q cobrar… Mas nao faltarão prêmios em especie a todos eles, só faltarão as grandes premiações políticas. O loongo tempo processual no supremo de frango e no STjota será tao infalivel para o resultado quanto o papa para a fé católica.

  8. ODEBRECHT : uma relação de amor ou de ódio com o PT?

    Cada vez mais, sinais de que a Odebrecht conspirou contra Dilma
    POR FERNANDO BRITO · 17/04/2017 – no Tijolaço
    http://www.tijolaco.com.br/blog/cada-vez-mais-sinais-de-que-odebrecht-conspirou-contra-dilma/

    A matéria, hoje, no Congresso em Foco, na qual o ex-diretor da Odebrecht João Nogueira diz que o empresário Marcelo Odebrecht, ex-presidente do grupo, fez ameaças a Dilma Rousseff para tentar frear as investigações da Operação Lava Jato, é mais um sinal de que há, entre a empresa e o PT uma relação de ódio, não de cumplicidade como se transmitiu à opinião pública.

    Segundo o delator, Marcelo sinalizou que revelaria documentos sobre repasses ao caixa dois da campanha de 2014, na qual Dilma e Temer se reelegeram. “Ela cai, eu caio”, teria dito o empresário em mensagem de celular em poder dos investigadores.

    Ora, Marcelo foi preso quase um ano antes da deposição de Dilma e, portanto, a mensagem é anterior á sua prisão, pois não poderia tê-la mandado desde o cárcere. A ordem do raciocínio, pois, é inversa: “eu caio, ela cai”.

    Na versão do delator, o herdeiro da Odebrecht queria que Dilma interferisse no caso, induzindo o STF a afastar o caso de Sérgio Moro. E está claro que que se irritou com o fato de que ela não o fez. Ou seja, Dilma não tomou – e quem a conhece sabe que não o faria, qualquer iniciativa para obstruir a Justiça, mesmo que uma justiça caolha e autoritária como a que se faz na Lava Jato.

    A pergunta – que as fartas contribuições aos adversários da ex-presidente (o interno, Temer, e o externo, Aécio) só fazem tornar mais instigante – é o quanto as delações, que vieram após a deposição de Dilma, contêm de vingança e de retaliação a quem, na visão deles, poderia ter travado o processo que os incriminou.

    Outras indagações ocorrem – aliás, só não ocorrem, aparentemente, à mídia e aos procuradores e ao juiz Moro – se havia uma relação de promiscuidade financeira pesada, da ordem de, pelo menos, dezenas de milhões de dólares, é que não houvesse, para o mesmo fim, um canal de comunicação do Michel Temer.

    A Odebrecht vai, cada vez mais, assemelhando -se a um papel de Cunha-2: formalmente, uma aliada; na prática, uma conspiradora que saiu tosquiada de todo este processo e, agora, dá seu abraço de afogado a seus desafetos.

    Ou, no mínimo, se presta a boneco de ventríloquo, que articula, falsamente, aquilo que seus manipuladores querem que seja dito.

  9. Edu,

    Um ano de desmandos e semvergonhice. Pela primeira vez na minha vida me sinto impotente e sem rumo. A Odebrecht fez o que homem preterido faz, mata.

  10. Cosa parla João Ricardo? Eu vi o país perder o seu verde e o seu amarelo quando os apoiadores do PT saíram (e ainda saem) às ruas vestindo vermelho. Quem vestiu verde e amarelo saiu nas ruas para apoiar o impeachment da sra. Dilma, o que contribuiu para que toda essa lamaceira viesse à tona. Já foi uma grande coisa. Agora resta tirar do poder todos os mencionados nas delações dos que realmente governavam o país, os donos da Odebrecht. Qual a sua profissão? De ‘entendedor de contas’ é que não é, caso contrário saberia que tudo o que está aí mencionado é consequência da política econômica errática e do governo Lula Dilma. Nada acontece por acaso, acredito piamente nisso…Um ano triste e infeliz sim pois expôs toda a sujeira acumulada no governo federal nos últimos 13 anos.

    • Antes do PT o Brasil era primeiro mundo né Rameira?

      VSF

      • “É simplesmente doloroso ver que o Partido dos Trabalhadores no Brasil –que implantou medidas significativas– simplesmente não pôde manter as mãos fora da caixa registradora. Juntaram-se à elite extremamente corrupta, que está roubando o tempo todo, tomou parte [no esquema] e desacreditou-se.”
        (Noam Chomsky, linguista, filósofo e ativista político, o último grande ícone do marxismo)

        • Chomsky nunca foi marxista. Pelo menos chupe o texto de um jornal que presta. De resto, a corrupção já é parte do Brasil desde muito antes do PT existir. Papo mais furado.

    • Permita-me minha cara ..qual a sua formação ?

      ..fala de “erros na economia” com uma desenvoltura que, imagino, deve estar suportada por CONHECIMENTO prévio, científico ..se SIM, exponha-nos !! pois tal afirmativa – ainda mais no período LULA – destoa, contrasta e se contrapõe aos DADOS estatísticos ..se NÃO, me desculpe, mas pra mim, um economista afeito aso números e resultados, a sra falou UM MONTE de bobagens !!!!

      ..alás ..cá entre nós ..hj vou me permitir extrapolar um cadinho ..mas depois do seu posicionamento NESTE ESPAÇO democrático, que sempre lhe foi ofertado, sobre a “pseudo culpabilidade” do blogueiro jornalista (que há de se eleger DEPUTADO FEDERAL em 2018) no episódio em que o juiz de primeira instancia (processado pelo blogueiro) sequestrou-i ILEGALMENTE da família, penso que a sra poderia ter um pouco de, digamos, censo de civilidade, pra não mais ocupar este espaço ..não achas ?!

      Divergir na opinião é uma coisa ..ser SACANA com colegas, outra

      • Muito democrático este espaço. Tanto que o dono permite ofensas inomináveis como a acima postada pelo anônimus seja lá quem for. E foram exatamente ofensas como essa que abundam neste “espaço democrático” que fizeram com que o Juiz Moro o intimasse a dar satisfações. Democraticamente, claro. Sr, Romanelli estou a desconhecê-lo a tal ponto que acho que o que posta atualmente aqui sob esse nome é um clone muito mal ajambrado. Tenha um bom dia! Sem ofensas, como eu sempre o fiz neste “espaço democrático”.

        • Cara Ramiza

          ..do que se soube e se publicou

          Não foram “ofensas” que fizeram com que o juiz de primeira instancia de Curitiba SEQUESTRASSE, recentemente e ilegalmente, Eduardo Guimarães (jornalista blogueiro, e seu provocador em processo que questiona atos pretéritos do mesmo “inquisidor”) ..mas sim, num caso, o disparate, de certo comentarista da VEJA ter alardeado um erro básico de interpretação de texto aonde o missivista alegara tratar-se de ameaças feitas por EDUGUIM ao magistrado (um absurdo memorável)

          ..e noutro caso, o que motivou o SEQUESTRO RELÂMPAGO e apreensão de instrumentos de trabalho (inclusive violentando direito constitucional) ..um ato que teve de VOCÊ aprovação ..tratar-se-ia de suposta alegação por EDUGUIM ter “vazado” publicamente fato já dado como se sendo de conhecimento público, que seria a tentativa de se aprisionar o MAIOR líder popular que este país já viu

          ..portanto minha cara ..parece que tanto suas análises econômicas, como suas justificativas pra tentar amparar AÇÕES abusivas e decisões arbitrárias do cidadão Sergio Moro, parece que não encontraram AINDA base sólida que as justifiquem

          ..sem ofensas

  11. Caro Eduardo e colegas,
    Nietsche, dizia que quando os oprimidos, espezinhados, violentados – atualmente nós os brasileiros, em sua grande maioria – dizemos a nós mesmos, movidos pela vingativa astúcia da impotência: “sejamos diferentes dos maus, sejamos, precisamente, bons!”. Segundo o entendimento da religião para essa sentença é que — bom é todo aquele que não violenta nem fere ninguém, que não agride, que não desagrava, que deixa a vingança à Deus! Esse comportamento nos torna pacientes, humildes, justos. O filósofo alemão rebate o argumento religioso dizendo que a sentença à cima equivale a dizer que: “o fato é que, nós os fracos, somos fracos, e é bom – para os donos do poder — que não façamos nada daquilo para o que não somos suficientemente fortes”. É tão impossível, dizia Platão na República: “ implantar a verdade na alma de um homem quanto dá visão a um cego de nascença”. Começo meu comentário com esses dois grandes filósofos da humanidade, porque nós os brasileiros, atualmente, sem exceção, estamos na encruzilhada desses dois pensamentos. Como solucionar o imbróglio em que nos metemos, quando somos um povo eminentemente católico/evangélico cristão, hipócrita ou não, e, crescendo todos os dias rumo a corrupção dos valores éticos e morais que criam o espetáculo da estupidez na inversão de todos à intolerância com sucesso, pago e aplaudido por quem pode pagar?!
    O que fazer com jornalistas, juízes, deputados, senadores, ministros e a grande maioria dos meios de comunicação que pregaram e continuam a pregar a intolerância e a inversão de valores, com cinismo, e agora, se tornaram modelo de comportamento, porque o mercado tem sido absurdamente lucrativo?! Como implantar a verdade na alma de quem é pago para inventar, discursar inverdades 24 horas por dia?! Como implantar a verdade na alma de quem ganha para se tornar cego de nascença?! De que modo trazer essa geração estúpida e imbecilizada pela mídia comercial e feicibuquiana subjugada ao senso comum, ao mínimo de racionalidade?! E o problema fica cada vez mais insolúvel se pensarmos que, a mediocridade imbecilizante que ora graça no Brasil, não é produzida em sua grande maioria, porque seus seguidores sejam enganados, estejam equivocados, mas porque gostam dela, com ela se afinam. Portanto, é um grande equívoco, esse sim, um grande equívoco, pensar que é o mau gosto e a mediocridade dos atores que ora mandam e desmandam na cena política, jurídica, comercial e comunicativa do País que produzem todo esse lixo, mas a empatia de seus seguidores em digeri-lo com todo gosto.
    Às vezes me pergunto onde se encontra, aonde está nosso espaço como Nação? Aonde e como foi que nós o perdemos, certamente, não foi com o impedimento da presidenta Dilma, e chego a algumas vezes a concordar com aqueles que pensam que encontraremos e daí começaríamos a construir nossa própria identidade, se nos rebelássemos e partíssemos para uma guerra civil. Esse pensamento me agrada, porque penso que, uma das mais deploráveis fraquezas humanas é desejar que alguém atue por nós e indique o curso de nossas vidas. Contudo, quando me lembro da Escócia, –recentemente, vi um escocês reclamar de até hoje ter em seu passaporte a referência de seu nome como sendo britânico e não escocês — quando a décadas de séculos, tentou se livrar da Inglaterra, não conseguiu e somente foi incorporada a ela e até hoje assim permanece. Tudo por causa de sua elite sabuja e que até hoje rasteja pelas migalhas do império britânico, me questiono que fatores serão necessários e diferentes daqueles pensados e produzidos pelos escoceses, claro, medindo e ponderando o tempo, o contexto, para nos tornarmos uma nação, se não temos, principalmente um judiciário que prima pelo respeito, o direito e o desenvolvimento dessa Nação com menos desigualdade e mais oportunidades para os mais pobres! E pelo contrário, se aproveita de todas as benesses que a classe dinheirista pode lhe proporcionar e de todos os modos.
    O sociólogo americano Herbert Gans diz que: “ a pobreza não é uma escolha do indivíduo, nem uma condenação divina. É resultados de forças sociais”. Para mim, isso é uma verdade inconteste. E, embora eu pense, e me agrade uma revolução civil, não acredito que seja possível, olho e converso com meus conterrâneos e a grande maioria deles, está congelada pelas organizações midiáticas e religiosas, e têm nessas organizações seus narcóticos de consolo e seus sofrimentos são apaziguados por elas.
    Abraços
    Maria Antônia

    • Este blog, como é normal na internete e com toda a abertura na comunicação que aconteceu na contemporaneidade possibilitando a todos se manifestarem (e isto é bom), tem a característica de apresentar de tudo: do nível mais baixo ao mais alto. Felizmente a gente tem artigos, sim, verdadeiros artigos e não apenas resposta, como o seu, Maria Antônia. Sombrio e verdadeiro. Obrigado por nos oferecer um nível tão alto de reflexão e informação. Bom seria se ele servisse de inspiração para muitos que aqui frequentam.

      • Caro José Romero,
        Obrigada pela gentileza. Gostaria, acredite, de ser menos sombria. Como posso, se todos os dias as cenas de absurdos se materializam? Vê a juiza LuisLinda Valois, mulher negra, emocionada diante de um ser sórdido como o Temer e agradecer por tudo o que ele tem feito pelas mulheres negras desse país, é a treva! Alguém é capaz de citar um feito do presidente golpista pelas mulheres negras?! Está sendo paga para ser cega de nascença. É o Holliday de saia. Se fosse honesta teria agradecido ao golpista por ter se tornado padrinho dela, e apenas dela, e não de todas as mulheres negras brasileiras. Se estivéssemos na época da escravidão de açoite, ela seria uma das escravas que lutariam contra o fim da escravidão, porque sua finitude lhe traria falta de sentido na vida, uma vez que, ser açoitada todos os dias pelo seu dono, é o que lhe trazia felicidade. Vergonha e repulsa é o que sinto pela senhora negra escrava do capital, juiza LuisLinda Valois!
        Abraços
        Maria Antônia

        • Maria Antônia, sempre leio teus comentários que são sempre excelentes em todos os sentidos. Você descreve muito bem esse momento de angústia e as perguntas que fazemos todos. Tb não entendo como as pessoas podem atingir tal nível de alienação num país escancaradamente violento, autoritário e injusto. A desigualdade é tão gritante que vejo isso como uma anomalia perversa que foi sempre devidamente nutrida pela pior elite e classe merdia do mundo atual. Mas confesso, apesar de tudo guardo um olhar de muito amor e carinho pelo povo brasileiro sofrido e humilde, as vezes de cortar o coração. Penso na Clarice Linspector e sua personagem Macabea: essa “inocência pisada”, como a própria autora definiu a personagem do seu romance na única entrevista para a TV (só descobri esse vídeo ha dois meses atrás). Enfim, só pra te dizer que existem muitas pessoas como você; pessoas lúcidas que nos ajudam a continuar a caminhada. O Brasil está numa encruzilhada e eu quero apostar que é exatamente esse fundo de poço que nos ajudará na travessia dessa tormenta e para a transformação e a construção de uma sociedade mais justa e solidária. Qdo vejo o movimento das mulheres negras feministas, os jovens secundaristas, o MST, o Povo Sem Medo, e muitas outras expressions da sociedade civil, como os blogs sujos, ou ainda o Eduguim, confesso que tenho quase certeza que conseguiremos vencer essa luta. Abraços.

          • Lenita,
            Obrigada por ler meu comentário. Todas as vezes que escrevo alguma coisa que julgo, possa ser lido por meus colegas, sempre volto e revejo. Não sou da geração feicibuquiana que pouco se importa com as gentilezas. Penso que nossa maior arma de demolição de incivilidade é olhar o outro, se importar com ele, ainda que seja apenas para com ele discordar e até mesmo dizer algumas grosserias, contudo, dentro do debate civilizado. E civilizado entendo que seja não querer destruir o outro, desprezá-lo quando insuportável, mas permitir que fale e aja como quiser, desde que esse agir não seja com a intenção de eliminar o outro. Esse lenga-lenga todo é para lhe dizer que, como a você as pessoas mais pobres, e, portanto, as com menos oportunidades sempre me emocionam muito, e a sua referência de Macabea de Clarice Lispector, me fez reviver algumas situações reais que a personagem, representada pela talentosíssima atriz Marcélia Cartaxo, e que reproduz divinamente bem a inocência pisada da maioria indesejada, também me emocionou porque demonstra sua sensibilidade. Quando escrevo e falo com dureza e com pouco ou nenhum otimismo da situação que ora se desenrola em nosso País, é tão somente como constatação. Porém, sei, conheço e não desprezo nenhuma das causas que tornaram as pessoas mais pobres, serem como são, aqui e em qualquer lugar do mundo, sabemos, os instrumentos são os mesmo, o que muda são somente a extensão e a intensidade das crueldades. Me irrita, me incomoda, me tira a paciência, a classe média que tem, teve mais oportunidades, uma boa parte dela, não querer contribuir e lutar para que todos tenha seus direitos respeitados e oportunidades reais de ascensão. É absolutamente barulhento, é de ensurdecer qualquer pensamento humanitário, a grita dessa classe, para que os mais pobres continuem pobres. Acredite, você pode não entender e achar uma loucura, eu não acredito em nada para além daquilo que eu possa ver, ouvir e tocar, mas ainda continuo acreditando no ser humano. E penso que todos os nossos problemas aqui da terra podem e devem ser resolvidos por nós. Acredito em você!
            Abraços
            Maria Antônia

      • Caro José Romero,
        Obrigada pela gentileza. Gostaria, acredite, de ser menos sombria. Como posso, se todos os dias as cenas de absurdos se materializam? Vê a juiza LuisLinda Valois, mulher negra, emocionada diante de um ser sórdido como o Temer e agradecer por tudo o que ele tem feito pelas mulheres negras desse país, é a treva! Alguém é capaz de citar um feito do presidente golpista pelas mulheres negras?! Está sendo paga para ser cega de nascença. É o Holliday de saias. Se fosse honesta teria agradecido ao golpista por ter se tornado padrinho dela, e apenas dela, e não de todas as mulheres negras brasileiras. Se estivéssemos na época da escravidão de açoite, ela seria uma das escravas que lutariam contra o fim da escravidão, porque sua finitude lhe traria falta de sentido na vida, uma vez que, ser açoitada todos os dias pelo seu dono, é o que lhe trazia felicidade.
        Abraços
        Maria Antônia

    • ” pobreza não é uma escolha do indivíduo, nem uma condenação divina. É resultados de forças sociais”.

      No evangelho de Lucas, cap. 11. vs.52 está escrito: Ai de vós, doutores da lei, que tirastes a chave da ciência; vós mesmos não entrastes, e impedistes os que entravam.
      Ciência é conhecimento. Negá-lo não é divino.
      Há um ano que a máscara dos hipócritas caiu diante do mundo. E ainda continuam hipócritas.
      É doloroso sentir que a luz que o Lula acendeu ,ao provar que a pobreza no país é política, não agradou boa parte da sociedade medieval, racista e hipócrita.

  12. POR favor ..me informam que o depoimento de LULA em Curitiba será em 03/05 às 14:00

    Alguém pode confirmar tal horário ?

    Alguém sabe informar sobre CARAVANAS sendo formadas para partirmos de SP ?

    grato..

    • Pois é, ninguém fala. Acho que tá difícil Lula arrumar tantos apoiadores depois das delações.
      Mas vamos ver.
      Quem sabe eu esteja enganado e Curitiba seja invadida pelo povo que levará Lula nas costas em romaria, e o empossará presidente na marra!

  13. A essência do artigo:
    “Ali tivemos a certeza de que este país ainda terá que fazer a sua verdadeira revolução, nunca realizada. A sua “Revolução Francesa”(…)
    Sem sangue nas sarjetas não construiremos um país soberano, já disse Mino Carta, e eu concordo.

  14. Um dos mais respeitáveis juristas do país, Prof Flavio Flores da Cunha Bierrenbach, militou no antigo MDB em firme oposição ao governo militar, está longe portanto de ser guiado por pensamentos ditatoriais. Convem lembrar, nesse aniversário do impeachment, seu pronunciamento quanto ao tema, perante a Associação de Ex-Alunos da Fac Direito-USP:

    https://www.youtube.com/watch?v=fuUJEy0eNnQ

  15. Um dos mais respeitáveis juristas do país, Prof Flavio Flores da Cunha Bierrenbach, militou no antigo MDB em firme oposição ao governo militar, está longe portanto de ser guiado por pensamentos ditatoriais. Convem lembrar, nesse aniversário do impeachment, seu pronunciamento quanto ao tema, perante a Associação de Ex-Alunos da Fac Direito-USP:

    https://www.youtube.com/watch?v=fuUJEy0eNnQ

  16. Vi Dilma Roussef vencer a reeleição apertada, por causa de uma revista de idoneidade duvidosa.
    Vi a então presidenta Dilma Roussef fazer o jogo da direita, falando em recessão econômica para fazer o ajuste fiscal.
    Vi a esquerda se distanciar da então presidenta Dilma Roussef por causa das coligações a direita, tão necessárias para poder governar o país.
    Vi e ouvi críticas destrutivas, que não alcançam nenhuma solução para os problemas do momento.
    Vi o terrorismo ser implantado no país com bonecos infláveis, patos, paneleiros, pessoas bem nascidas de verde amarelo, sorridentes em selfies.
    Vi e senti o coração valente resistir a muitas coisas.
    Vi e senti, e senti muito bem o GOLPE FULMINANTE, de um ano atrás, na democracia, na honra, na honestidade, no belo…
    Logo veio a barbárie, o machistério, o DEM na presidência da Câmara de Deputados, as perseguições políticas…
    Ficamos atordoados, nos sentindo impotentes, o povo paralisado…! Como se manifestar contra aquilo que apoiamos?!!!
    E agora estamos aqui! Um ano depois! Quantas coisas presenciamos, vivemos e…aprendemos!!!
    E ainda tem muita coisa para viver e presenciar!!! É o preço do amadurecimento de nossa nação!!!
    Condenação do Lula?!!! Prisão do Lula?!!! Inelegibilidade do Lula?!!!
    Golpe militar?!!! Guerra Civil?!!!
    O que mais virá!!!
    Não sabemos!!! MAS QUE VENHA PARA QUE APRENDAMOS!!!

  17. Texto todo errado…

    Logo no começo “…a legitimidade do sufrágio que elegeu…”. O sufrágio que elegeu Dilma (e consequentemente Temer) nunca teve legitimidade.

    O PT anos depois de assumir ainda colocava a culpa na “herança maldita” do governo anterior. Esquecer disso e colocar a culpa de toda essa crise em um governo com menos de um ano é de uma canalhice atroz.

    • ♫ Ô Badalhocanus! Eu estava sentindo a sua falta…

    • Sufrágio não teve legitimidade?

      Tá “serto”!

      Seguindo esse raciocínio de merda posso então desqualificar qualquer político eleito que não me satisfaz. É só dizer que o sufrágio não foi legítimo.

      Sendo de SP/Capital tenho que engolir um governador e um prefeito lamentáveis e ridículos. Mas não posso questionar a legitimidade dos mesmos. Democracia tem esse lado ruim, tem que saber aceitar a derrota.

      Cada mané que aparece aqui…

      • Tá “serto”…

        O sufrágio foi legítimo, as campanhas foram limpas não teve dinheiro sujo.

        O Aécio não recebeu nada e a Dilma bate no peito e diz que é uma mulher honesta.

        Esses depoimentos que estamos assistindo são invenções da mídia golpista e esses bilhões que as empresas estão tendo que devolver são só para culpar o PT, devem ter sido doados pela CIA.

        • Por esse outro raciocínio seu, de merda também, não precisa mais ter eleição.

          Qual partido não teve caixa 2 e rolo com empreiteiras? Só se for o Partido dos Unicórnios Rosas.

    • É Vinicius B de quê? De Bosta?

  18. ♫ Tragicomédia à moda de Ionesco (ou do Teatro do Ornitorrinco):

    Prólogo – Michê Temer
    1º Ato – MyShow Temer
    2º Ato – MyShell Temer
    3º Ato – Michou Temer
    Epílogo – Siamo fritti i infarinatti…
    .

  19. HOJE, 17/04/2017 –
    Um ano depois da aprovação do impeachment da Presidenta DILMA, com os votos de 367 corruptos Deputados Federais, pergunto a todos brasileiros:
    EM QUE SUA VIDA MELHOROU?

    “O QUE ME PREOCUPA NÃO É O GRITO DOS MAUS.
    É O SILÊNCIO DOS BONS”
    (Frase atribuida a Martin Luther King)

  20. esse país só vai melhorar no dia em que a esquerda realizar a sua revolução de 1917!!

  21. Há um ano, a grande maioria dos parlamentares “agradeciam, em nome de si e de seus familiares” a saída da Presidenta Dilma, visando a manutenção dos seus salários, dos seus privilégios e da continuação de seus “acrescentos”, ao emitirem votos contra nós, outros, que lutamos pela manutenção da democracia.

  22. MORO ..sempre ele ..jogando pra platéia ..e conta o país

    Ao exigir que o Dr LUIZ INÁCIO esteja presente na oitiva das 87 testemunhas dedefesa em “novo” processo movido contra ele na VARA de Curitiba, MORO (agora tratando de suposto EMPRÉSTIMO de apto vizinho a residência de LULA e de PROMESSA da Odebrecht dele, um dia, ganhar um terreno pra seu Instituto), mais uma vez, dá mostras de truculência e de flerte com a exceção.

    – LULA, se assim, por período longo de tempo, estará fora do seu domicílio (aliás, um dos argumentos que sustenta a existência do FORO especial no país ..justamente pra que não haja este tipo de exposição e de execração de figuras políticas por todo território nacional)

    – EM outro processo que trata do proto apto, o próprio DALAGNON (figura mítica, POWERPOINT-BOY, aquele promotor de voz adolescente e estridente) NÃO compareceu a nenhuma das mais de setenta testemunhas ouvidas, muitas de acusação, sem que no entanto fosse pedido a sua presença ..já que ele mora bem perto do local de tomada dos depoimentos.

    – Reza que dentro dum processo, o uso de testemunhas de defesa, e a opção por se estar presente é um DIREITO dado ao réu, e não uma obrigação ou dever a ele imposto pela LEI.

    ..ademais, LULA, TODOS SABEM e reconhecem, é figura pública ..sem duvida equiparado aum Nelson Mandela, Martin Luther King ou Gandhi ..a ele são dados compromissos e deveres públicos que, em se CONDENADO previamente pra que ele esteja PRESO preventivamente a uma localidade, ele estará impedido de exercer a sua cidadania livremente.

    Portanto aqui, reitero o que todos nós precisamos estar cientes, convencidos e propensos a divulgar, o FATO de estarmos diante dum Juiz de primeira Instancia que NÃO tem limites nem tato, muito menos familiaridade e sensibilidade pra com questões de ordem política que ele INSISTE em tratar sob a égide de SUAS preferências político partidárias.

    PERGUNTO mais uma vez ao nosso “Poder Judiciário” -SEM DUVIDA, ao meu ver, o PODER que mais recebe e que MENOS oferece serviços a nossa população -:

    QUEM É QUE VAI PARAR funcionalmente, e estabelecer freios a ESTE RAPAZ tresloucado ??!!”

    nota final – CARO çupremo FACHIN ..você, de forma atabalhoada e carnavalesca, divulgou ANTES mesmo que pros réus e seus advogados, as delações gravadas para a mídia ..meio que tacando FOGO no circo SEM se ter chance de termos bombeiros por perto, então tb pergunto :

    QUANDO é que virão as provas que suportam tais delações ??!! ..ou será que da escandalização já devemos “generalizar” pela culpa ? ..deixando assim todo o resto dos elementos cabíveis a um processo legal (acusação, sustentação e defesa) dados ao esquecimento e irrelevância frente a FÚRIA da TURBA que se pretende busca ?!)

    ENTENDAM ..o JUDICIÁRIO não foi desenhado para governar em nenhuma parte do MUNDO …ele é talhado para OBEDECER, para SEGUIR as REGRAS e LEIS DITADAS pelos outros poderes democraticamente eleitos pelo POVO.

    https://www.youtube.com/watch?v=1ZNNUU_AbXs

  23. :
    : * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando: A grande mídia (mérdia) é composta por sabujos sujos e sabujas sujas a serviço dos ianque$ e do $ionismo de capital especulativo internacional e outras máfias (como a ma$$onaria) d@s canalhas direitistas…

    PARA A ENÉSIMA PUTifARIA ( patifaria + putaria ) DA DIREITA:

    Foi com muito cálculo que se preparou mais essa para o PT (e/ou as esquerdas, o progressismo/trabalhismo). E, ao que parece, o partido não contava nem se preveniu para essa eventualidade. Aliás, é estranho o número de vezes que o PT é pego de calças curtas, desprevenido e perplexo. E, o que mais espanta, é que seus inimigos nem parecem ser tão espertos assim.

    .

    AS MORDOMIAS DOS MARAJÁS EM PÉ DE GUERRA:

    Os 17 mil juízes receberam em média 46,1 mil por mês em 2015;

    Os 1,2 mil promotores e procuradores de Justiça recebem salário máximo teórico de 33,7 mil mensais;

    Magistrados e promotores têm auxílio-moradia de 4,3 mil mensais. Se morarem juntamente com um cônjuge que também tem direito a auxílio, ambos recebem da mesma forma;

    Todos têm 60 dias de férias por ano e, em caso de trabalho fora do local, uma diária equivalente a 1/30 da remuneração mensal;

    Pena máxima em caso de punição disciplinar: aposentadoria compulsória com salario integral (i$$o é punição mesmo ou é premiação ?…)

    E MAIS :

    Os tribunais de contas e o Judiciário são a maior fonte de corrupção
    o Judiciário do Brasil é o mais caro do mundo
    o juiz é um servidor público como o faxineiro, só que o Judiciário decide em causa própria
    os juízes dizem “na minha vara” – a vara não é dele!
    a reforma de Previdência não vai atrás de juiz que recebe aposentadoria de R$ 100 mil: vai atrás dos pobres
    o Judiciário é uma ditadura de classe – e ditadura conservadora

    .

    Poesia contra a distopia (Distopia = Ideia ou descrição de um país ou de uma sociedade imaginários em que tudo está organizado de uma forma opressiva, assustadora ou totalitária, por oposição à utopia. “Distopia”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/distopia [consultado em 01-10-2016].)

    ::
    ::
    SARTREANA

    Maldita seja toda esperança
    que faz continuar o mal
    do bem que só se alcança
    no viver sempre (des)igual

    ………………………………………………. ( Cláudio Carvalho Fernandes )
    .:.
    ::
    .:.
    DE VERSOS

    A dor de passar pelas pessoas
    e depois deixá-las me consome:
    Como viver tantas coisas boas
    só para alimentar de saudades essa fome?…

    É infinita essa fome de amar
    e ser feliz fazendo outros felizes
    Mas, (sendo apenas) um, como pluralizar
    em frutos diversos as nossas raízes?…

    ………………………………………………. ( Cláudio Carvalho Fernandes )
    .:.
    ::
    .:.

    NÓS

    A tv me promete
    o leite da moça,
    o prazer em pó,
    líquido,
    instantâneo,
    integral…

    Que faremos de nossos olhos,
    de nossas mãos?

    ………………….……………………………. ( Cláudio Carvalho Fernandes )
    .:.
    ::
    .:.

    CEM RIMAS
    ( para o PT e o PSTU )

    A vida passa de graça
    e fica ainda mais rica
    nos olhos de esperança
    que às mãos multiplicam

    ………………………………..………. ( Cláudio Carvalho Fernandes )
    .:.
    ::
    .:.

    KWY

    P
    …e
    …….n
    …………s
    …………….o
    …………………logo(S)
    …………………………………..p

    …………………………………..e

    …………………………………..s

    …………………………………..o

    ……………………………………………. ( Cláudio Carvalho Fernandes )
    .:.
    ::
    .:.

    B……………………………A
    …I………………………I
    …….S………………C
    ………..T………N
    …………….Â

    tele……………………..visão

    tele……………………..vazão

    tele……………………..vazio

    ………………………………………………………. (Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.

    O fetiche da mercadoria
    ou
    dA coi$ificaçãØ do ser humano

    ……………………………………………para o Poetamigo e Doutor em Comunicação Professor Laerte Magalhães

    ..………………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØ
    ……………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØ
    ..………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØ
    ……………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØ
    ..………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØ
    ……………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØ

    …………………………………………………………………………………( Cláudio Carvalho Fernandes )

    O poema acima ( O fetiche da mercadoria… ) apresenta-se, no original, em forma de cubo, o protótipo da mercadoria.
    ::
    ::

    O fetiche da mercadoria
    ou
    dA coi$ificaçãØ do ser humano

    ……………………………………………para o Poetamigo e Doutor em Comunicação Professor Laerte Magalhães

    ..………………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØ
    ……………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØ
    ..………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØ
    ……………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØ
    ..………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØ
    ……………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØ

    ……………………………………………………………………………………( Cláudio Carvalho Fernandes )

    O poema acima ( O fetiche da mercadoria… ) apresenta-se, no original, em forma de cubo, o protótipo da mercadoria.

    ::
    .:.

    Desalienando a ma$$ificação coi$ificante

    É melhor
    Ser um, mesmo que zero, à esquerda
    Do que, títere-palhaço, a-penas (só) faz-ser nú-mero$-$$ à direita

    ……………………………….( Cláudio Carvalho Fernandes )
    ::
    .:.

    Poema Z
    …………………………………………….Para Dilma, Lula e o PT e todas as forças progressistas brasileiras (e mundiais). Sinta-se homenageado/a, também.

    Penso
    Logo(S)
    ReXisto

    …………………………………………….( Cláudio Carvalho Fernandes )
    ::
    .:.

    Doce conformismo ?
    Ou
    Da “queda” da poesia para a história

    As coisas são como são
    E não como deveriam ser
    Penar por elas é em vão (ou não)
    (S)E ultrapassa o próprio viver

    …………………………………………….( Cláudio Carvalho Fernandes )
    ::
    .:.

    ReXistência

    Não deixe que aluguem o seu pensamento:
    Simplesmente mude de canal ou desligue a TV
    :
    Diga “NãO” à Rede Goebbels

    …………………………………………….( Cláudio Carvalho Fernandes )
    ::
    .:.
    .:.
    ::
    .:.

    Globo

    PATRÃO
    PADRÃO
    LADRÃO

    ……………………………..………………. ( Cláudio Carvalho Fernandes )
    .:.
    ::
    .:.

    massa
    a cidade cr…e………s……………………..c…………………………………………..e
    e a gente
    …………………desa
    …………………par
    …………………ec
    …………………e

    ……………………………………………………. ( Cláudio Carvalho Fernandes )
    .:.
    ::
    .:.

    capitolismo

    predadores à espreita
    muito mais que esperto
    tem-se que ser sempre vivo

    preço da evolução
    lei da sobrevivência
    juras de (h)a-mor
    juros e mais ou menos valia

    antenas atentas
    vigiam os espaços
    (e o tempo)
    da vida
    mínima
    nas promoções do dia-a(-)dia

    é isto o que vinga:
    a morte é hereditária…

    …………………………………………………. ( Cláudio Carvalho Fernandes )

    .:.
    ::
    .:.

    foi ou é ou será

    não o feito
    nem a coisa por fazer
    ou o imperfeito perfeito
    :
    o que me anima
    é a magia lógica das possibilidades

    ……………………………………………………. ( Cláudio Carvalho Fernandes )

    .:.
    ::
    .:.

    ReXistência

    Não deixe que aluguem o seu pensamento:
    Simplesmente mude de canal ou desligue a TV
    :
    Diga “NãO” à Rede Goebbels

    …………………………………….( Cláudio Carvalho Fernandes )

    ::
    .:.
    ::

    Mídia cínica, mercenária, demagógica e corruta.

    “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma”.
    …………………..………………………………. ( Joseph Pulitzer )
    ::
    .:.
    ::
    Se você não for cuidados@

    “Se você não for cuidados@, os jornais [a mídia] farão [fará] você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas e amar as [‘]pesso[nh]as[’] que estão oprimindo”.
    …………………..………………………………. ( Malcolm X )
    ::
    .:.
    ::
    ( En la lucha de clases )

    En la lucha de clases
    Todas las armas son buenas
    Piedras
    Noches
    Poemas
    …………………………………….( Paulo Leminski )

    ::
    .:.
    ::
    ( Não é a beleza )

    Não é a beleza
    Mas sim a humanidade
    O objetivo da literatura
    …………………………………….( Salamah Mussa )
    ::
    .:.
    ::
    A existência precede a essência.
    …………………………………….( Jean-Paul Sartre )
    ::
    ::
    .:.
    * 1 * 2 * 13 * 4
    .:.
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *

    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) !!!! Lul(inh)a Paz e Amor (mas sem vaselina) 2018 neles (que já tomaram DE QUATRO no PSDBosta) !!!!

    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  24. Há um ano livre de uma terrorista no poder.
    Há um ano sem a facção criminosa PT comandar o país.
    Quanto roubo e quanto atraso esses criminosos nos proporcionaram.

  25. Edu,

    O pior ainda está por vir. Com o Moro Maravilha não vejo luz no final do túnel. Os juízes danação vão cumprir sua tarefa direitinho e pra gente só sobrará top top

  26. Bom dia, Eduardo. O que achou do link que lhe enviei ontem?

    • Eduardo ainda não viu. Está cuidando de assuntos familiares e quem está liberando comentários sou eu, Felipe, trabalho com ele

  27. Lendo os comentários de alguns “direitistas”, (será que são mesmo de direita? ou são simplesmente imbecis?),
    me convenço que o grande problema dessa gente é que não tem um mínimo de entendimento. São um monte de “Zé Mané”. Batem sempre na mesma tecla. Dizem que tudo que está aí começou com o PT. Não sabem fazer nem uma simples conta. Se FHC está no meio da falcatrua, então a “coisa” vem de antes. Aliás séculos antes.
    Quero mais que todos se ferrem, independente de partido.
    Sou petista e continuo sendo.
    Vamos ganhar a eleição em 2018.

  28. Olha só: o bug permanece. Continuo vendo os comentátios de outros antes dos mesmo serem liberados: Anonymous
    18/04/2017 • 10:58
    Your comment is awaiting moderation.
    Q sono

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.