MP de SP tem muito a explicar sobre delações contra tucanos

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

trensalão

 

Na semana passada, o Brasil tomou um choque de realidade com a descoberta tardia de que os políticos que vinham posando de virgens escandalizadas com a zona de meretrício não passam de hipócritas desavergonhados que contavam com a proteção da mídia e da direita fundamentalista que controla o Judiciário e a Lava Jato.

Acontece que vinha ficando chato. Ninguém é tão trouxa de acreditar que só existem corruptos no PT e nos partidos que se aliaram ao PT. Foi preciso entregar os anéis (suspeitos tucanos) para salvar os dedos (a destruição do PT e de Lula).

Aécio, sim, vai ser o primeiro a ser comido, como dizia Romero Jucá. Será imolado para pegarem Lula. E talvez tenham que entregar Serra também.

FHC e Alckmin, só em último caso.

Isso não é motivo de comemoração. Sabe por que, leitor? Porque estão usando bodes expiatórios. Querem substituir essa classe política desgastada por uma casta de inimputáveis que vem por aí.

Promotores e policiais federais estão sendo docemente convencidos a entrar na política. E vão entrar. Todos eles.

Chegarão ao poder ostentando ligações com o Judiciário, com as polícias, com o Ministério Público e terão gás para fazer o que quiserem por um longo tempo, até que o país descubra que colocou no poder gente sem compromisso com a sociedade e que almeja altos salários, poder e estrelato.

E dane-se o social, a desigualdade, a miséria.

Enquanto isso, a pobreza e a desigualdade continuarão tocando fogo no país. A crise social que estão construindo ao manterem o país em crise econômica por tanto tempo vai jogar o Brasil em uma guerra civil.

Ou melhor, em uma revolução francesa.

Os mauricinhos empertigados, com seus colarinhos brancos como a neve vão descobrir que linchamento de políticos não enche barrigas. O povo quer emprego, quer melhorar de vida, quer viver e consumir como a elite branca. Ou de forma parecida.

Experimentou consumismo, experimentou dignidade na era Lula e aquele tempo não vai lhe sair da memória.

A corrupção? Ora, a corrupção. Alguém acha mesmo que os “super-heróis” que estão prendendo os “super-vilões” da política pertencem a uma espécie angelical infensa à corrupção?

Não tem corrupção no Judiciário? Pergunte a Eliana Calmon, ministra aposentada do Superior Tribunal de Justiça, ex-corregedora nacional de Justiça. Em entrevista à Folha de São Paulo ela explicou muito bem quanta podridão há nesse poder.

E o Ministério Público? Para mensurar quanta corrupção há no Ministério Público basta ver os casos José Serra e Geraldo Alckmin

O executivo Fabio Gandolfo, um dos delatores da Odebrecht na Operação Lava Jato, afirmou que o senador José Serra (PSDB-SP) recebeu R$ 4,67 milhões em 2004 sobre obras da Linha 2-Verde do Metrô de São Paulo.

Investigado há três anos, o esquema de formação de cartel em contratos de trem e metrô do governo do Estado de São Paulo não levou ninguém para a prisão até agora. O Ministério Público denunciou cerca de 30 pessoas, entre empresários, lobistas e ex-funcionários das estatais paulistas que cuidam do transporte sobre trilhos em oito processos diferentes.

Todavia, as ações que investigam a participação de políticos no esquema não provocaram a acusação formal de nenhuma pessoa. Ou seja: NENHUM POLÍTICO FOI ACUSADO.

Para o Ministério Público de São Paulo, o ex-governador José Serra e o governador Geraldo Alckmin “não sabiam” da roubalheira de BILHÕES no metrô e na CPTM.

O cartel dos trens foi descoberto após uma mudança no comando da multinacional Siemens, que decidiu assinar um acordo de leniência com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em 2013, denunciando as irregularidades que aconteceram desde 1995, durante os governos dos tucanos Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin.

Durante as mais de duas décadas que os tucanos governam São Paulo, BILHÕES DE REAIS foram surrupiados dos cofres paulistas e os governadores “não perceberam”.

Há, ainda, o escândalo do Rodoanel. São bilhões e bilhões de reais a mais cobrados dos cofres públicos. O Ministério Público não viu nenhuma responsabilidade de políticos. Mais uma vez, só técnicos e empresas indiciados.

Acima de tudo, as delações da Odebrecht que implicam José Serra e Geraldo Alckmin são um atestado ou de incompetência ou de corrupção do Ministério Público de São Paulo, que conduz, há décadas, pseudo investigações sobre roubalheiras ferroviárias e rodoviárias no Estado e jamais teve a curiosidade de se perguntar se os governadores de plantão tinham responsabilidade.

Como se vê, a iniciativa de espertalhões como Marina Silva de levar membros do MP, das polícias ou do Judiciário para a política resultará na troca de seis por meia dúzia.

Como esta página vinha dizendo, a Lava Jato tem sido ruim para o país por vários fatores. Primeiro, por restringir as acusações de corrupção aos inimigos da elite branca dominante – petistas. Segundo, por preservar setores notoriamente infestados pela corrupção como Judiciário, polícias, Ministério Público.

As acusações a tucanos são tardias e só não direi insuficientes porque as prisões que atingem só ao PT e a aliados não são um caminho correto, pois violam o direito de defesa e o princípio de presunção da inocência. Mas as acusações a políticos blindados pelo MP de SP e pela mídia não passam de marketing, voltado a criar a ilusão de que a Lava Jato investiga sem viés político.

Para emoldurar esse quadro dantesco, a sociedade termina a semana esbofeteada por pilantras, gente imoral, sem vergonha na cara que ousa afrontar a todos nós com sorrisos estampados em suas caras-duras.

Ao longo da semana passada, os telejornais mostraram os rostos sorridentes como os desses dois picaretas da foto abaixo.

delatoresDo que riem esses sujeitos? Do mal que causaram a dezenas de milhões de brasileiros humildes que mal e porcamente sobrevivem com serviços públicos precários, muitas vezes sem saneamento básico, sem escolas decentes, sem hospitais humanizados, sem vias seguras para se locomoverem…

O cinismo desses sujeitos se conecta com o de autoridades que nos fazem de idiotas ao tentarem restringir a corrupção desbragada que esmaga este país e que não está no PT, no PSDB ou no Ministério Público e, sim, na alma do brasileiro, acostumado a querer, sempre, levar vantagem em tudo.

Não existe povo ético com homens públicos corruptos. Estes vêm daquele. A corrupção não é “dus puliticu”, é de um povo que precisa entender o sentido de coletividade, de que não existe país bom para alguns e péssimo para todos. O Brasil só será um país bom para se viver quando houver liberdade, igualdade e fraternidade por aqui.

Tags: , , , , , , , ,

143 Comentário

  1. Edu, os que resistem a opressão desmedida da farsa jato são heróis. Você é um deles. Força, vc, sua família e saúde para sua filhota Vitória.

  2. Parabéns Eduardo pelo texto e pela sua calma em responder a matilha que ladra, ladra e sempre troca de nome com uma ‘invejável coragem”.
    Não é preciso que digas mas eles sabem que vc tem milhares de seguidores e isso os
    dana. Creio que a maioria já conhece essa turminha e a essa altura, você que os conhece também, jogue-os no lixo. Elimine-os.

  3. É tudo horrivel e não sabemos onde ainda vai chegar. Tem uma frase solta no ar: “o prazer em comprar homens” dita em meio aos sorrisos de desfassatez. O pior é que o Brasil real passa ao largo. Esse Brasil da falta de trabalho, de comida, de medicamentos…. Parabéns por seu texto.

  4. Eduardo, admiro a tua coragem e resistência.
    Parabéns por lutar e não perder a esperança.
    Estamos contigo.
    Um abraço,
    Lucinda

  5. Parabéns pelo seu trabalho e obrigado por nos trazer informações com tanta claresa e honestidade.Vc não está só.

  6. Bravo Edu,

    Sua luta, nossa luta.

  7. Você é um bravo e herói da resistência popular à iniquidade! Que Deus lhe proteja na sua justa luta!

  8. Caro Eduardo,

    De acordo com a sua análise e conte com meu apoio.

    Lucio Silva

  9. Parabens, Eduardo. Continue com seu otimo trabalho pela construçao de uma imprensa livre e comprometida com a verdade.

  10. Lutemos pela justiça e a democracia em nosso país.

  11. Bate firme Edu.
    Deus e nós estamos contigo

  12. Ja vimos escuridão pior.
    Dilma não treneu nas mãos
    dos assassinos de 64.
    Esse novos facistinhas metidos a Hitler
    logo estarão na cadeia.

  13. Parabéns Eduardo Guimarães.
    Estamos ao seu lado nesta luta. Ela também é nossa.
    Por um Brasil de tod@s e para tod@s.

  14. Lúcido e corajoso. Segue em frente !
    abraço

  15. Edu muita força e clareza de pensamento para continuar a batalha pelo retorno da democracia!
    Somos muitas e muitos na resistencia à desconstrução do pequeno (mas está claro que incomodo) mundo de direitos que foi possível construir neste país.
    Estamos com você!

  16. contigo Eduardo

  17. você é exemplo de coragem e responsabilidade com a sociedade da qual fazemos parte.
    por favor…….não desista de nós.
    FORÇA EDU !!!!!!

  18. Fé em Deus e boa sorte. Sou seu modesto assinante e torcedor. Infelizmente, esse judiciário que sofremos só tem pústulas do jaez desse moleque de Curitiba.

  19. Prezado Edu,
    a verdade está contigo… a injustiça está com eles.
    Estamos contigo!

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.