Informe-se, João Doria. Greve é um direito constitucional

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

doria greve capa

O direito de greve é garantido pela Constituição Federal do Brasil através do seu artigo 9º. É um direito de todo e qualquer trabalhador. Greve, aliás, é uma garantia constitucional do servidor público civil e deve ser exercida em sua plenitude, sem punições ou restrições.

doria greve 1

Com efeito, é preciso ser muito obtuso ou muito rico para se opor ao direito de greve. Quem pensa assim não se recorda de que as garantias jurídicas de natureza social, tais como aposentadoria, auxílio-doença, licenças, férias, limitação da jornada de trabalho etc., além de direitos políticos como o voto e a representação democrática das instituições públicas, advieram da organização e da reivindicação dos movimentos operários.

Nesse contexto, declarações públicas do prefeito de São Paulo, João Doria, atacando esse direito constitucional inscrito no artigo 9º da Carta Magna constituem uma bofetada no rosto não só dos munícipes desavisados que elegeram esse indivíduo, mas, também, dos homens e mulheres que lutaram para que os trabalhadores de todas as partes tivessem condições dignas de trabalho.

Dória começa seu discurso imoral, antirrepublicano, antidemocrático, insultante aos trabalhadores com uma frase abjeta:

— Só quem não quer trabalhar é que vai fazer greve…

Como é que é? Que conversa é essa? Quem vai fazer greve na próxima sexta-feira quer, sim, trabalhar, mas quer condições dignas de trabalho. E uma infinidade de setores irá fazer greve porque o governo federal, do qual o partido de Doria, o PSDB, é cúmplice, está destruindo todas as conquistas dos trabalhadores brasileiros ao longo do século XX.

A recém-aprovada “reforma trabalhista” simplesmente acabou com a Consolidação das Leis do Trabalho ao aprovar a prevalência do “negociado sobre o legislado”, já que os patrões poderão eliminar direitos consolidados a décadas simplesmente ameaçando os trabalhadores de demissão ou de não contratação caso não aceitem abrir mão desses direitos.

Se isso não é motivo para fazer greve, não se sabe que motivo seria suficiente para uma greve .

Outra barbaridade de Dória:

— Quem deseja se manifestar, faz isso fora do expediente, faz isso no sábado, faz isso no domingo, faz isso de noite, faz isso na hora do almoço, não faz durante o trabalho.

Talvez essa seja a declaração mais grave. Na prática, Doria elimina qualquer possibilidade de exercício do que reza o artigo 9º da Constituição Federal, porque se você não “se manifestar” DURANTE o horário de trabalho, não haverá greve.

Mais uma cretinice proferida pelo prefeito de São Paulo foi ele dizer que a greve geral que ocorrerá nesta sexta-feira “não é justa”.

Por que a greve geral não é justa? Quem deu a Doria o direito de decidir, como prefeito, o que é ou não justo? Quem decide o que é ou não é justo é a lei, é a Justiça e, acima de ambas, a Constituição, que garante o direito de fazer greve.

Ora, uma mudança na lei que permite ao empregador pressionar o empregado para abrir mão de direitos conquistados há décadas não é motivo justo para uma greve? Que canalhice é essa?

Doria conclui o seu vídeo dizendo:

— O Brasil não é do mundo sindical, o Brasil é dos brasileiros. Acelera!

Alguém tem que informar ao senhor João Doria que ele é prefeito de São Paulo, não ditador do Brasil. Portanto, ele não tem direito de tirar a cidadania dos sindicalistas e sindicalizados – ao se referir ao “mundo sindical”, ele se referiu a ambos.

Para fechar esse vídeo infame, Doria fez o seu sinal característico de acelera. Esse sinal é um ato falho, pois simula o sinal de retroceder nos aparelhos eletrônicos

doria greve 2

 

É revoltante que, na véspera do 1º de maio, um sujeito que não conhece a luta dos trabalhadores por direitos e por condições dignas de trabalho venha afrontá-los com esse discurso desinformado, reacionário, antidemocrático e constitucional.

A humanidade lutou muito para conseguir direitos trabalhistas e o direito de greve. Não bastando PMDB e PSDB tirarem os direitos trabalhistas do povo, agora querem tirar o direito de reclamar e de reagir contra más condições de trabalho.

Assista, abaixo, a resposta deste Blog ao prefeito tucano de São Paulo e à sua brutal ignorância e falta de espírito democrático.

Tags: , ,

117 Comentário

  1. Antes de mais nada, LULA NA CADEIA!!
    ir e vir, tb é um direito constitucional.
    pq sera que esses pelegos que gostam de mamar nas tetas da população nao abriram as catracas para ver se a população adere ou nao a greve?
    pq voces só querem manter seu privilegios, IMPOSTO SINDICAL TEM QUE ACABAR MESMO!!
    vamos ver se voces sobrevivem desse jeito seus vagabundos.
    trabalhar ninguem ´quer né

    • Antes de mais nada estude… Sr. pseudônimo. Vc é muito corajoso adotando um pseudônimo….tenha coragem de defender sua idéiascom seu nome verdadeiro pelo menos…. afinal o “seu direito de ir ir vir” não é superior ao direito social de greve do trabalhador… a CF não tem nenhum artigo afirmando isso.. dou até um tempinho pra vc procurar essa sua afirmativa no texto legal… portanto estude mais e deixe de ser um analfabeto ou analfabeta jurídico-político. Saudações do PT pra vc.

    • Pai, perdoa-o. É um ignorante fascista que não sabe o que diz.

  2. Esse riquinho engomado, agora prefake de São Paulo, enquanto funcionário público (como é o caso de prefeito), faz reuniões da Lide em Foz do Iguaçu. Faz marketing eleitoral o tempo todo. Aí pode? A deputada Jandira Freghali pediu que os internautas colocassem nomes de filmes com a palavra GREVE junto. Os meus são: Greve? Nunca aos domingos e Eu, Daniel Blake, antes da greve. E fiquei pensando, greve em dia de descanso só quem faz é mulher de tirano. Para tirar o peso do bofe de cima dela!

  3. Edu, esse cara é um canalha… o que podemos esperar de canalhas, infelizmente? Mas temos que nos mobilizar, sim, ir pras ruas, fazer greve, nos manifestarmos, lutar pelos nossos direitos e contar essas reformas. Eu fui à manifestação aqui em São Carlos, de manhã, e estava muito bonito… gente de todas as idades, trabalhadores, estudantes, aposentados… padre, grupos pelos direitos de gays, negros, mulheres… Temos que nos animar novamente e continuar a luta. Por Diretas Já. Fora Temer.

  4. Não basta segurar uma vassoura pra fotos, é preciso saber seu peso numa vida inteira.
    E ainda saber que o trabalhador, esse dá vassoura, e aqueles do computador e de tudo enfim, todos, merecem respeito.

  5. Depois de ouvir as fanfarronices deste “prefake” , tenho a satisfacão de dizer-lhe: a nossa greve foi um sucesso, Brasil afora, a sua cidade incluida !!!! Engula sua arrogancia pois agora é daqui pra frente acelerando , com os dedos em forma de V, pra cima e pro alto mostrando a nossa força. Tchau querido…
    #desviodedinheiropubliconaembratur écrime

  6. Excelente matéria, Edu. Esse prefeitinho está se queimando cada vez mais. Daqui a pouco a aprovação dele cairá a zero, igualzinho ao Temer. Kkkkkkkkkkkkk

  7. Dois pontos sobre o prefeito e a greve:
    1 – com que dinheiro vai pagar o UBER. Eu não pago imposto para funcionário ir trabalhar de UBER com o meu dinheiro. Se a prefeitura pagou com dinheiro da PMSP, tem que ressarcir os cofres públicos.

    2 – quem elege candidatos é o voto do povão. Se ele João D. pensa que só com votos da elite vai se eleger , que espere sentado.

    • O povão votou em Dória… Tanto q ele foi eleito em 1º turno!

      Quem ficou “esperando sentado” pelos votos foi o Haddad…

      PS: Quem sabe eu não precise postar o mesmo comentário 8 x até ele ser publicado!?

  8. Esse sinal também é de ‘Menor que’
    menor que o Lula, obviamente, por exemplo.

  9. Esse prefeito fake é parte dessa elite que destila ódio contra o povo essa turma não suporta cheiro de povo, então ele só está fazendo o trabalho dele e mais essa gente é que é vagabunda e não trabalha porque eles vivem do suor da grande maioria do povo. Vá de retro engomadinho desgraçado.

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.