Quem matou Teori Zavascki…

teori

 

Morreu nesta quinta-feira (19), aos 68 anos de idade, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki após a queda de uma aeronave em Paraty, litoral do Rio de Janeiro. A informação da morte foi confirmada pelo seu filho Francisco Zavascki.

O Brasil e a humanidade devem lamentar a morte de um homem honesto e corajoso que não teve medo de contrariar ninguém, nem gregos nem troianos, ainda que tenha sido acusado de postergar decisões contra Eduardo Cunha.

O avião no qual Teori foi acidentado era um Hawker Beechcraft King Air C90 prefixo PR-SOM pertencente o grupo Emiliano Empreendimentos.

Trata-se de um excelente avião. É o único bimotor pequeno que o serviço secreto norte-americano autoriza o presidente dos Estados Unidos a usar. E é muito improvável que um ministro do STF se metesse em um avião em condições duvidosas de manutenção.

Zavascki era o relator da Lava Jato no STF. Decidia quem seria investigado ou não. Processado ou não. Condenava, absolvia, ainda que sujeito a ter suas decisões alteradas pelo colegiado. Porém, sem andamento de Teori, nada andava para políticos com foro privilegiado.

Antes que algum espertinho tente vender a tese de que o PT está por trás de tudo isso, é bom que saibam que Lula não tem foro privilegiado e, assim, não seria julgado pelo STF antes de passar por pelo menos duas instâncias da Justiça comum.

Na verdade, os investigados pela Lava Jato que estavam ameaçados pelo STF são justamente os que têm mandatos e ou cargos públicos importantes, como deputados, senadores, presidente da República e ministros de Estado.

Teori estava para homologar dezenas e dezenas de acordos de delação premiada de funcionários da Odebrecht contra alvos que até aqui não vinham sendo incomodados. Os nomes de tucanos graúdos apareceram justamente nas delações da Odebrecht, mas o principal nome envolvido nas delações que Teori iria analisar é o do presidente da República.

O nome do presidente Michel Temer aparece 43 vezes no documento do acordo de delação premiada de Cláudio Melo Filho, ex-vice-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht.

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, é mencionado 45 vezes e Moreira Franco, secretário de Parceria e Investimentos do governo Temer, 34.

O ex-ministro Geddel Vieira Lima, que pediu demissão recentemente, surge em 67 trechos.

O líder do governo no Congresso, Romero Jucá (PMDB-RR), apontado como o “homem de frente” das negociações da empreiteira no Congresso, tem 105 menções no relato, um arquivo preliminar, ao qual a Folha teve acesso, do que o ex-executivo vai dizer em depoimento às autoridades da Lava Jato.

De acordo com Melo Filho, o presidente Temer atua de forma “indireta” na arrecadação financeira do PMDB, mas teve papel “relevante” em 2014, quando, segundo ele, pediu R$ 10 milhões a Marcelo Odebrecht para a campanha eleitoral durante jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014.

Segundo o delator, Temer incumbiu Padilha de operacionalizar pagamentos de campanha. O ministro, diz o ex-executivo, cuidou da distribuição de R$ 4 milhões daqueles R$ 10 milhões: “Foi ele o representante escolhido por Michel Temer –fato que demonstrava a confiança entre os dois–, que recebeu e endereçou os pagamentos realizados a pretexto de campanha solicitadas por Michel Temer. Este fato deixa claro seu peso político, principalmente quando observado pela ótica do valor do pagamento realizado, na ordem de R$ 4 milhões”.

“Chegamos no Palácio do Jaburu e fomos recebidos por Eliseu Padilha. Como Michel Temer ainda não tinha chegado, ficamos conversando amenidades em uma sala à direita de quem entra na residência pela entrada principal. Acredito que esta sala é uma biblioteca”, disse o delator, que conta detalhes do jantar.

“Após a chegada de Michel Temer, sentamos na varanda em cadeiras de couro preto, com estrutura de alumínio. No jantar, acredito que considerando a importância do PMDB e a condição de possuir o Vice-Presidente da República como presidente do referido partido político, Marcelo Odebrecht definiu que seria feito pagamento no valor de R$ 10 milhões”, diz.

“Claramente, o local escolhido para a reunião foi uma opção simbólica voltada a dar mais peso ao pedido de repasse financeiro que foi feito naquela ocasião. Inclusive, houve troca de e-mails nos quais Marcelo se referiu à ajuda definida no jantar, fazendo referência a Temer como ‘MT'”, ressalta o ex-executivo da Odebrecht.

Um dos endereços de entrega foi o escritório de advocacia de José Yunes, atual assessor especial da Presidência da República.

Segundo o delator, “o atual presidente da República também utilizava seus prepostos para atingir interesses pessoais, como no caso dos pagamentos que participei, operacionalizado via Eliseu Padilha”.

O delator disse que foi apresentado a Temer por Geddel em agosto de 2005 na festa de aniversário de seu pai.

Ao se referir ao ministro Padilha, ele afirma que o hoje ministro “atua como verdadeiro preposto de Michel Temer e deixa claro que muitas vezes fala em seu nome”, disse Melo Filho.

“Eliseu Padilha concentra as arrecadações financeiras desse núcleo político do PMDB para posteriores repasses internos”, afirmou.

A relação entre os quatro caciques peemedebistas é muito forte, segundo o delator, “o que confere peso aos pedidos formulados por eles (ministros), pois se sabe que o pleito solicitado em contrapartida (pela empresa) será atendido também por Michel Temer”.

“Geddel Vieira Lima também possui influência dentro do grupo, interagindo com agentes privados para atender seus pleitos em troca de pagamentos”, disse o delator.

Melo Filho afirmou que defendia “vigorosamente” as solicitações de pagamento feitas por Geddel junto à Odebrecht “como retribuição” pelo fato de o ex-ministro lhe aproximar das outras lideranças.

Sobre Jucá, ele declarou que um “exemplo” da força dele é “encontrado no fato de que o gabinete do Senador sempre foi concorrido e frequentado por agentes privados interessados na sua atuação estratégica”.

Todos os citados têm negado qualquer irregularidade na relação com a Odebrecht.

POLÍTICOS NA MIRA DA ODEBRECHT

 

Alguns dos citados em delação premiada de Cláudio Melo Filho, ex-executivo da empreiteira

MICHEL TEMER Ex-executivo disse que parte de valor prometido ao PMDB em 2014 foi entregue em dinheiro no escritório de José Yunes, amigo do presidente

RENAN CALHEIROS (PMDB-AL) O presidente do Senado recebeu o apelido de ‘Justiça’ na lista de codinomes da empreiteira

RODRIGO MAIA (DEM-RJ) Presidente da Câmara dos Deputados teria recebido R$ 100 mil; seu codinome era ‘Botafogo’

ELISEU PADILHA (PMDB-RS) O ministro-chefe da Casa Civil de Michel Temer seria o ‘Primo’ na lista da empreiteira baiana

MOREIRA FRANCO (PMDB-RJ) Secretário-executivo do Programa de Parcerias de Investimentos, seria o ‘Angorá’ das planilhas

ROMERO JUCÁ (PMDB-RR) Senador e ex-ministro, seria o ‘Caju’

EUNÍCIO OLIVEIRA (PMDB-CE) Senador, apelidado de ‘Índio’

GEDDEL VIEIRA LIMA (PMDB-BA) Ex-ministro da Secretaria de Governo, apelidado de ‘Babel’

EDUARDO CUNHA (PMDB-RJ) Ex-presidente da Câmara e ex-deputado, seria ‘Caranguejo’

JAQUES WAGNER (PT-BA) Ex-ministro-chefe da Casa Civil de Dilma, seria o ‘Polo’*

DELCÍDIO DO AMARAL (ex-PT-MS) O ex-senador aparecia nas planilhas como ‘Ferrari’

INALDO LEITÃO (PB) Ex-deputado, o ‘Todo Feio’ teria recebido R$ 100 mil

AGRIPINO MAIA (DEM-RN) Empresa teria destinado ao senador R$ 1 milhão

DUARTE NOGUEIRA (PSDB-SP) ‘Corredor’ aparece como beneficiário de R$ 350 mil

LÚCIO VIEIRA LIMA (PMDB-BA) Deputado, seria o ‘Bitelo’

FRANCISCO DORNELLES (PP-RJ) Vice-governador do Rio, seria o ‘Velhinho’ nas planilhas

ARTHUR VIRGÍLIO (PSDB) Prefeito de Manaus teria recebido R$ 300 mil

CIRO NOGUEIRA (PP-PI) Senador seria o ‘Cerrado’

HERÁCLITO FORTES (PSB-PI) Deputado, seria o ‘Boca Mole’ e teria recebido R$ 200 mil

GIM ARGELLO (DF) Ex-senador é o ‘Campari'; teria faturado R$ 1,5 mi

PAES LANDIM (PTB-PI) Deputado, seria o ‘Decrépito’, teria levado R$ 100 mil

ANDERSON DORNELLES Ex-braço direito de Dilma, seria o ‘Las Vegas’

LÍDICE DA MATA (PSB-BA) Senadora, seria a ‘Feia'; teria recebido R$ 200 mil

JOSÉ CARLOS ALELUIA (DEM-BA) Deputado teria recebido R$ 300 mil e seria o ‘Missa’

Agora adivinhe, leitor, quem vai tomar o lugar do falecido Teori. Um novo ministro do STF, indicado pelo presidente da República, Michel Temer.

*

PS:  Um dos principais investigadores da Operação Lava Jato, o delegado federal Marcio Adriano Anselmo pediu a investigação “a fundo” da morte do ministro Teori Zavascki na véspera da homologação da colaboração premiada da Odebrecht. “Esse ‘acidente’ deve ser investigado a fundo”, escreveu em sua página no Facebook, destacando a palavra “acidente” entre aspas.

*

PS 2: Devido ao flagrante absurdo que seria entregarem a relatório da Lava Jato no STF para o substituto de Teori que Michel Temer irá nomear, formou-se naquela Corte o consenso de que o processo da Lava Jato será redistribuído a algum dos outros ministros, via sorteio.

Tags: , ,

122 Comentário

  1. Não acredito na leitura desse artigo, muito menos nos comentários advindos de internautas, acredito que realmente foi um atentado terrorista do calibre de nossos amigos russos, LULA, DILMA, TEMER, FHC não importa quem foi ou quem fez, sabemos melhor do que ninguém que todos se uniram para cessar as investigações e agora frear as investigações sabe-se Deus por quanto tempo. Os “bois de piranha” já foram entregues, agora a cereja do bolo seria indiciada e punida, mas, infelizmente não veremos esse dia, o Dr. Moro “Pop Star da Justiça” ficará de novo fazendo seus indícios de peixes pequenos….. Agora a pergunta é:
    QUEM SAI PREJUDICADO?
    QUEM TEM SEUS DIREITOS RASGADOS ?
    QUEM PAGA ESSA CONTA?

    NÃO ACREDITO EM MANIFESTOS PARTIDÁRIOS E DESCULPAS ESFARRAPADAS COMO A DO ARTIGO ” LULA, NÃO TEM FORO PRIVILÉGIADO”, ELE TEM INFLUÊNCIA, TEM ANIMAIS SUSTENTADOS POR ELE COMO ESTES QUE OS DEFENDEM QUE FAZEM APOLOGIA A ESSE PARASITA SOCIAL, TAMBÉM NÃO ACREDITO NO TEMER E NENHUM OUTRO POLITICO LADRÃO E CORRUPTO ELES DETÊM O PODER, O DINHEIRO ELES EMPREGAM PESSOAS SUJAS QUE SE SUBMETEM A SEUS CAPRICHOS ESDRÚXULOS…..

    EU ACREDITO NO POVO CANSADO E COM SEDE DE MUDANÇA, EU ACREDITO EM UMA NAÇÃO RICA POR NATUREZA E AGRACIADA POR DEUS COM TERRAS FÉRTEIS, EU ACREDITO NO BASTA PRA ISSO, NO CHEGA DE LADROAGEM, EU ACREDITO NO DIALOGO PARA CONVENCER VOCÊS A ENXERGAREM MELHOR, E EU ACREDITO QUE CONTRA ELES NADA MAIS JUSTO QUE O PESO DA MÃO DO POVO BRASILEIRO PARA RETIRA-LÓS, E DE UMA VEZ POR TODAS CHEGAR AONDE NASCEMOS PARA CHEGAR NO TOPO, UM PAÍS RICO E SÓLIDO COM A FORÇA E ORGULHO DESSA NAÇÃO.

    SE VOCÊ PENSA COMO EU, ME ESCREVA VAMOS INICIAR A REFORMA POLÍTICA DE MANEIRA COERCITIVA CONTRA ESSES VAGABUNDOS, A JUSTIÇA ESTA DE MÃOS ATADAS, NAS NÓS NÃO!

    [email protected]>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

    • Alexandre de Azevedo, o senhor eh louco!
      Viva Lula, Presidente 2018!

      • Ce ta de zuera ne

      • A direita hostilizou o Zavascki, ameaçaram ele e sua família fazendo inclusive arruaças em frente a sua casa com ameaça de invasão e até linchamento.
        Agora que descaradamente a turma que eles proporcinaram que se aboletassem no poder (e que não por acaso foi quem financiou esse bando de VAGABUNDOS e BANDIDOS) manda matar o mesmo ministroesses mesmos vagabundos que ameaçaram a vida do Zavascki tentam disfarçar com o único expediente que conhecem: acusar o PT e o Lula, por mais absurda e inverossímil que a acusação seja.
        O que é impressionante é que a direita golpista brasileira usa exatamente os mesmos métodos que os nazistas usaram na Alemanha na década de 30 do século XX.

  2. O principal objeto da investigação existe, ou seja, quem queria a sua morte.

    • Para um crime é necessário haver motivo, meio e oportunidade. E é exatamente isso que existe em relação ao Michel Temer (o MT da lista da Odebrecht) e sua curriola (Mineirinho, Careca, Santo, Primo, Caju, Angorá e que tais) para eliminar Zavascki. Mas o Brasil é um país de bundões, alienados e midiotas que deixam um bando de ladrões tomar o poder à força e aceitam ser expoliados enquanto ficam se matando em nome de um discurso de ódio que os ladrões espalham pela mídia, dessa forma qualquer barbaridade é possível.

  3. Com essa já são três mortes na região. Ulisses Guimarães (Parati) , Eduardo Campos (Santos) e agora Teori (Parati). O recado aos outros ministros do STF já foi dado. Qualquer ministro que sair da linha já sabe qual será seu fim. O interessante que os outros dois acidentes não descobriram nada. Neste também não se descobrirá nada, ou seja, a culpa será do piloto. Acaba aí a investigação. E viva Janaína! e viva o Brasil

  4. Quem matou o Teori?
    A princípio pelos primeiros relatos foi o piloto do avião. E um homicídio culposo e não doloso. Um acidente provocado por falha humana combinado com más condições do tempo.
    O tempo estava muito ruim e segundo uma testemunha o avião fez uma curva fechada demais, entrou em parafuso e mergulhou no oceano.

    http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2017/01/a-visibilidade-era-zero-diz-testemunha-de-queda-de-aviao-de-teori-zavascki-9462667.html

    É claro que pela importância dele – por ser relator da Lava Jato no Supremo, sendo o responsável por conduzir a maior investigação de combate à corrupção no País que envolve vários políticos de peso com foro privilegiado – várias suspeitas surgirão.
    De qualquer maneira é melhor aguardar as investigações antes de ficar com teorias da conspiração.
    Os destroços deste avião devem ser muito bem guardados e examinados inclusive pelos peritos internacionais que tenham total isenção.

  5. Esse assassinato é só um pequeno ensaio do que está por vir. Vou repetir mais uma vez: eu nunca subestimei a casa grande.
    Esse assassinato tem dois objetivos principais:
    1. Parar com a lava jato, porque a mesma já fez o seu papel que foi ter destruído o PT e o Lulinha paz e amor (o republicano) e
    2. Passar para o povo a ideia de que os bandidos (do PT é lógico) querem atrapalhar o trabalho do Moro na lava jato e com isso o Moro terá o apoio do povo para prender o Lulinha paz e amor (o republicano) e caçar o registro do PT.

    E o Lulinha paz e amor (o republicano) ainda acredita que vai ganhar em 2018.

    • Acredito que foi crime premeditado pelos que estão sendo investigados recentemente na delação, principalmente Michel Temer. Essa direita medíocre tem o único e exclusivo objetivo de continuar com a corrupção. Querem eleições indiretas porque sabem que se depender da vontade popular eles perderão novamente. NUNCA CONSEGUIRAM PROVAR IRREGULARIDADES NOS GOVERNOS DO PT, PORTANTO EM 2018, EU NÃO ABRO MÃO DE VOTAR EM LULA NOVAMENTE, DOA A QUEM DOER.

  6. testemunhaS confirmam na GLOBO NEWS que avião estava esfumaçando antes da queda ..e chamou mais a atenção que ao invés de ir pro aeroporto, avião tomou outra rota

    OLHA ..há que o BRASIL convocar agentes externos pra acompanharem as investigações deste caso

    Não pode sobrar duvidas ..depois do GOLPE

    De preferencia com ONU ..nada de EUA

    ..avião novo ..piloto experiente ..controlador e alarme de altura ..eu já tava achando estranho essa de “desorientação espacial” que os entendidos do JN já falavam tentando explicar esta tragédia

    agora então ?!

  7. O consórcio mafioso que tomou de um assalto o nosso país, jamais agiria amadoramente para tirar as pedras incômodas de seu caminho. Ficaria nítido demais, se o Ministro fosse alvejado por tiros ou facadas. Então, um simulado acidente é sempre bem-vindo nestas ocasiões.
    Não tenho provas, apenas um AVIÃO DE CONVICÇÃO!

  8. No Brasil, é assim: morreu, vira santo. Teori Zavascki foi um golpista de primeira ordem, essa é a verdade e é assim que entrará para a História. Permitiu o andamento do golpe ao não pedir imediatamente a saída de Eduardo Cunha da presidência da Câmara. Medroso e mancomunado com os poderosos em operações suspeitas, como se provou após a sua morte, Zavascki aparentava ser um jurista sisudo e avessos aos holofotes, mas seu estilo era agir por debaixo dos panos. Sinceramente, não lamento sua morte, era igual a todos os seus colegas do STF. Mas, o que mais me deprime no Brasil de hoje é saber que as coisas sempre podem piorar, ainda mais se a maluca de pedra Janaina Paschoal for escolhida para sucede-lo, conforme dizem informações de Brasília.

  9. O avião ter caído foi um acidente comum, como o assassinato do Celso Daniel também foi um crime comum.
    Nenhum dos dois casos teve nada a ver com política…

    Tá bom…

  10. Temer citado 43 vezes na delação? Só nessa reportagem, de uma ou duas páginas, o autor o cita 28 vezes, podem conferir. E “espertinho” é quem acusa o são Lula?

  11. Tenho certeza que foi assassinato sim!, os motivos são óbvios, parar com a lava jato e outra coisa nenhum bandido especializado vai deixar rastros!, a intenção é sempre a mesma, parecer um acidente…um assalto entre outros, quem faz esse tipo de trabalho tá acostumado a lidar com gente grande e poderosa!, estuda a pessoa seus passos com quem anda, onde frequenta entre outras coisas…isso foi planejado faz tempo de modo a ocorrer o melhor momento para agir, a paciência nesses casos é necessário, é só fazer uma retrospectiva da morte com explicações comuns de pessoas importantes como Ulisses Guimaraes, PC Farias, entre outros que me fogem a memória, muitos empresários e políticos iriam sair perdendo financeiramente com essas delações, a imagem fica manchada por um tempo…corriam risco de prisão e isso significa perda de prestígio, perda de lucros já que muitas empresas participam de licitações , a moral disso tudo é a perda significativa de dinheiro para os políticos envolvidos e empresários! imagina como seria se viesse a tona que o nosso presidente é um dos maiores corruptos do país? ele mexia com uma máfia! e quando se mexe com uma máfia de bandidos capazes de tudo pelo dinheiro e o poder o risco de morte é proeminente, seria muito inocente achar que tudo foi uma fatalidade porque não foi! rastro quem faz isso não deixa. mas eu torço para que encontrem os culpados por esse crime!

  12. não existe crime perfeito a verdade vai aparecer .

  13. os interessados em estancar a sangria.

  14. Quem já tá na Lava Jato, tá fora de suspeita, agora quem ainda não tá, é que são suspeitos. Pelo visto o único partido que ainda não entrou na Lava Jato é o PSDB, DEM, PPS etc. Parece que só o PMDB e o PT que são corruptos?

  15. A SABOTAGEM NA AERONAVE QUE VIAJAVA O “PROBO” JUIZ MINISTRO TEORI ZAVASKI DO STF – SABOTAGEM:
    “Verbete: sabotagem. 1. Ato ou efeito de sabotar. 2. Crime que consiste na invasão ou ocupação de estabelecimento industrial, comercial ou agrícola, para impedir ou dificultar o curso normal do trabalho ou, com esse mesmo fim, danificar o estabelecimento, as coisas que nele existem, ou delas dispor.” (Fonte: Dicionário Aurélio).
    CONSPIRAÇÃO CONSUMADA (SABOTAGEM) NO ASSASSINATO DO “PROBO” JUIZ MINISTRO TEORI ZAVASKI DO STF – ESTRATAGEMA LAÇO AO “PROBO” NO AVIÃO – ADREDE PREPARADO – ATRIBUIR O ASSASSINATO COMO SE ACIDENTE FOSSE – QUEM CONSPIRA DEPENDE DE QUEM OU QUANTOS A CONSUMA – ABATEU A AERONAVE – PERGUNTAS – QUESTIONAMENTOS – CONJECTURAS – TEORIAS – CHUVAS – VENTOS – TEMPESTADES – TEMPORAIS – NEBLINA – NEVASCA.
    Na conspiração “Ato ou efeito de conspirar; maquinação, trama. Conluio secreto”. (Fonte: Dicionário Aurélio eletrônico).
    O conspirador sempre é indicado pelos membros do CONLUIO com o mentor entendedor da trama “Pessoa que guia, ensina ou aconselha outra; guia mestre, conselheiro”. (Op. cit.);
    Se não for nomeado “peritus unus, peritus nullus” que (Um só perito equivale a nenhum). Mas, Peritos que tenham conhecimentos proficientes de largo tirocínio, com imparcialidade e estilo do bem imbuídos e “experiri debet” (Sempre que concorrem várias ações sobre o mesmo objeto, somente uma deve ser exercitada.)
    Graças os dispositivos de segurança existentes nas aeronaves atuais, é raro quedas de aeronaves por chuvas – tempestades (turbulências) – vendaval e outro tanto de acontecimentos súbitos que são captados com antecipação pelos instrumentos existentes nas aeronaves de grande – médio e pequeno porte.
    Com açodamento, notório saber autor e súcia da Conspiração com todos os (participantes e partícipes) envolvidos para a Consumação do assassinato do “probo” Juiz Ministro TEORI ZAVASKI do STF.
    Muito fácil pegar a súcia inteira dessa Conspiração Consumada, que pegar um manquitola (coxo) andando.
    Quem tem o documentário do começo ao fim, sabem muito bem os interesses, causas, motivos macabros. da CONSPIRAÇÃO CONSUMADA no assassinato do Presidente JOHN F. KENNEDY aos 46 anos de idade, em 22 de novembro de 1963.
    O documentário de raras informações nele agregadas por dezenas de autoridades de vários seguimentos, nunca houve e jamais haverá inaudível interesse em torná-lo Público, que alguns Gatos Pingados do bem contra os maus inimigos das nações do Planeta, possam prevenir tais Conjurações.
    Tenho comigo aludido documentário e arquivado em muitas canchas…
    De mim para mim, NENHUM MORTAL DO MAU ME ASSUSTA; Assim, perpetro arremessamento ao Público e a quem possa interessar (e como Patriota incondicional, e em benefício da Nação Brasileira, equipar com cópias (a quem possa interessar) do vasto documentário e meio a ele deságua (aqui com Replay) a Conspiração do assassinato do Presidente JOHN K. KENNEDY aos 46 anos de idade em 22 de novembro de 1963), no Dallas, Texas.
    A Conspiração já havia Consumado o assassinato de 03 (três) Presidentes Norte assim como assassinou JOHN K. KENNEDY.
    Conspiração não espaça entre si. Pois, têm um só plano (protótipo) e homicida. Raro ser apontado o conluio por falta de interesse nas investigações e noutras, interferências na investigação e quando não, o mesmo destino da Vítima da matula (Conspiração).
    Conspiração Consumada no 1º (primeiro) assassinato do Presidente WILLIAM HENRY HARRISON, pelo súdito do calendário da Conspiração no fatídico dia 4 de abril de 1841, no espaço de 31 dias como Presidente dos Estados Unidos da América.
    A CONSPIRAÇÃO VIL NA ESTRATEGEMA.
    Passados 16 (dezesseis) anos, a Conspiração Consumada no assassinato do 2º (segundo) Presidente JAMES A. GARFIELD, assassinado por CHARLES J. GUITEAU, súdito da Conspiração vil.
    Passados 20 (vinte) anos, a Conspiração Consumada no assassinato do 3º (terceiro) Presidente WILLIAM MCKINLEY, não resistiu às sequelas dos ferimentos e foi a Óbito por complicações renais, depois de ter sido baleado duas vezes por LEON CZOLGOSZ, súdito do calendário da Conspiração.
    Por fim, a Conspiração Consumada no assassinato do 4º (quarto) Presidente JOHN F. KENNEDY, assassinado por LEE HARVEY OSWALD súdito do calendário da Conspiração, na fatídica sexta-feira 22 de novembro em 22 de novembro de 1963, no Dallas, Texas. (Deus abençoe a América)!

  16. Vocês lembram do chefe terrorista, em Gaza, 05/01/1996, que foi morto falando no celular ?? Pois é, um agente infiltrado colocou nas mãos do cara um celular com 50g explosivo C4 ou semelhante e quando ele ligou, a voz foi reconhecida e booom … sua cabeça foi arrancada. Um dispositivo semelhante, tamanho caixa de fósforos, facilmente seria colocado em local sensível do avião onde morreu Teori Zavascki. O acionamento, através celular, poderia ser feito quando avião iniciava a aterrissagem e danificado local sensível do King Air C90. Certamente, todos os movimentos e conversas de Teori e pessoas próximas dele estavam sendo monitorados pela equipe contratada para matá-lo. Quando surgiu uma oportunidade, a ação foi deflagrada … infelizmente, com sucesso. Teori gostava muito de Paraty e começou a viajar para lá, de vez em quando, há mais de 30 anos. Desde 2012 tornou-se amigo do proprietário do avião, que também tinha hotel, fazenda e uma ilha em Paraty. Espero que as Autoridades comprovem a sabotagem.

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.