Golpe faz Brasil retomar tradição antidemocrática

golpe capa

 

A alta possibilidade de o golpe parlamentar contra Dilma Rousseff se materializar na semana que entra remete a reflexão imperativa sobre a situação institucional do país daqui em diante. Não é uma reflexão agradável, mas é mais do que necessária e urgente.

Em 2002, o cientista político Fábio Wanderley Reis, doutor pela Universidade de Harvard e professor emérito da UFMG, divulgou análise que afirmava que a democracia brasileira só se consolidaria se o sucessor de Fernando Henrique Cardoso cumprisse seu mandato até o fim e o sucessor dele também.

A razão da análise de Reis, feita há cerca de 14 anos, é a de que o Brasil é um país de tradição antidemocrática. Desde a proclamação da República, em 1889, tivemos 50 anos de democracia e 70 anos de regimes oriundos de golpes de Estado.

Em setembro do ano passado, este Blog produziu e divulgou estudo que mostrava que, em toda história republicana brasileira, só 11 presidentes haviam terminado seus mandatos. Em abril deste ano, porém, a revista Fórum produziu estudo ainda mais interessante sobre o tema porque traz um belíssimo infográfico, que torna o assunto ainda mais compreensível.

O Estudo é do jornalista André Deak e mostra que golpe, no Brasil, é “tradição”. Veja, abaixo, infográfico com a linha do tempo desde o golpe militar de Deodoro da Fonseca, que deu origem à República, até o governo Dilma Rousseff.

golpe 1

Segundo esse estudo, “desde o golpe de Deodoro são 76 anos não-exatamente-democráticos contra 50 anos de ‘democracia’. Ou seja: o ponto fora da curva é onde estamos agora. No Brasil, a tradição é o golpe”.

O estudo em tela é bem melhor do que o feito por esta página alguns meses antes porque não se resume a quantificar quantos presidentes foram realmente eleitos pelo voto popular; mostra que mesmo presidentes eleitos valeram-se de estratégias antidemocráticas sob regras do mesmo jaez. Desse modo, pela lógica do jornalista citado, apenas 5 presidentes concluíram seus mandatos.

Confira a matéria:

“Consideramos toda a República Velha como períodos ‘autoritários’, já que, mesmo quando não era golpe de fato, tipo o Floriano Peixoto, em 1894, na esteira do golpe do Deodoro, ou o do Vargas em 1930, não dá pra dizer que era assim uma democracia. Quando teve eleição, votavam uns 3% da população, fraude generalizada, voto de cabresto, coronéis, acordão da República do Café com Leite, voto feminino nacional só em 1932, e outras tretas. Ou seja: 56 anos aí sem democracia.

Daí, entre 1945 e 1964 foram 19 anos de ‘democracia’, tirando ali o golpe parlamentarista contra o Jango (1961) ou o golpe contra o Juscelino (1955), que não vingaram muito. De qualquer forma, nesses 19 anos foram 12 presidentes, 6 deles interinos. Só dois dos que foram eleitos terminaram o mandato: Dutra (1946-1951) e JK (1956-1961).
Daí 20 anos da ditadura (1964-1984).

Em geral, considera-se que do Sarney (1985 em diante) já foi um período democrático, mas lembremos que ele era ministro dos militares, foi uma eleição indireta e era vice do Tancredo, que morreu antes de tomar posse.

A primeira eleição foi em 1989, quando se elegeu o Collor (esquece o debate do Globo). De 1984 a 2016, ok, temos “democracia” (pelo menos pra quem é homem, branco, classe média pra cima. Boa parte do restante vive numa semi-democracia, quando não em ditaduras mesmo, assassinados pela PM – ‘por que o senhor atirou em mim?’).

Outro dado: em toda a República, nos 50 anos considerados ‘democráticos’, só 5 presidentes eleitos terminaram o mandato: Dutra, JK, FHC, Lula e Dilma. Dá pra incluir também o Itamar se quiser (ele foi eleito e terminou o mandato, mas começou como vice do Collor, assumiu na renúncia dele e depois ficou até o fim)”.

Apesar da evidência do golpe, seus autores (impérios de mídia, partidos e parlamentares envolvidos na derrubada de Dilma e o próprio “presidente da República interino”) tentam negar que esteja sendo dado um golpe, dizendo-o “processo legal”, chamando-o de “impeachment”.

Só quem os golpistas tupiniquins de plantão enganam é uma parcela considerável, provavelmente majoritária dos brasileiros. No exterior, até a imprensa conservadora se inquieta com o impeachment de Dilma.

O The New York Times vem apontando, reiteradamente, os aspectos suspeitos do processo de impeachment. Charge recém-publicada pelo veículo dá bem a dimensão de como o mundo vem encarando o suposto “processo de impeachment” da presidente constitucional dos Brasil.

golpe 2

Veículos menos conservadores do que o The New York Times, mas igualmente importantes, são bem mais incisivos. No sábado, o mundo atentou para editorial do jornal francês Le Monde que afirma que o “impeachment” de Dilma “ou é golpe ou é farsa”

O jornal está muitíssimo bem informado e diz que anular 54 milhões de votos por conta de uma manobra contábil não é motivo para deposição de um presidente nem no próprio Brasil, e muito menos em outros países que respeitam mais o voto popular.

A frase exata do editorial dá motivos aos brasileiros para se preocuparem:

“Se esse não é um golpe de Estado, é no mínimo uma farsa. E as verdadeiras vítimas dessa tragicomédia política infelizmente são os brasileiros.”

Formas tradicionais de militância adotadas em períodos de normalidade democrática deixam de ser eficientes, nesse contexto. O Brasil está imerso em uma ditadura. Prisões são levadas a cabo sem provas, políticos de direita acusados dos mesmos crimes que políticos de esquerda, à diferença destes não vão para a cadeia.

Devemos nos preparar para enfrentar a recaída do país em um regime antidemocrático que já ameaça resvalar para o autoritarismo. Não podemos mais, os democratas, ficar dispersos. Temos que nos aglutinar em partidos e lutar de forma organizada pela redemocratização do Brasil.

Tags: , ,

62 Comentário

  1. Edu:
    Ou seja;
    Ser colonia e ditadura é, normal no Brasil!
    Mais ter, democracia e ser livre não é comum no Brasil!
    Brazil, com Z de zona.

  2. “Charge do NYT”. Que na verdade nunca saiu no
    NYT, e sim no Jornal da Tarde, em 2011…

    https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1022471677867866&id=100003151318864

    Isso que dá acreditar no “lindinho”.

    • E o editorial do Le Monde? Ah, sim, o Le Monde é “comunista”, certo?

      • Edu,

        Este bobão faz parte do somos todos Cunha, quando faltar emprego quero ver ele batendo panela. Este tomou água do volume morto e comprometeu a capacidade de raciocínio.

        Futuro eleitor do Dória.

          • Marcílo, esse sujeitinho ordinário é um provocador barato que atuava constantemente nest blogo anos atrás e é manjadissimo nos blogs progressistas.

            A jogada dele é procurar picuinhas irrelevantes em relação ao assunto em pauta para ficar provocando com acusações veladas e outras técnicas de trollagem. Aí quando alguém responde ele se faz de coitadinho, de agredido e coisa e tal. Só mumunha, só jogadinha retórica barata para fazer firulas. É um trollzão safado rato de Internet muito conhecido. Não ligue para ele. Não alimente esse troll porque é isso que ele quer. Ele não quer debater, quer criar bate-boca e discussão. Nada de produtivo ou interessante sairá da interação com alguém assim, que age de má-fé.

        • Para que um “erramos” quando é mais fácil ofender, né gente? Deixa a mentira lá, a culpa é de quem aponta.

          • Quem ofendeu?

            Dicionário:

            Significado de Bobo/Boba cujo o aumentativo é Bobão.

            1. Que ou aquele que só diz ou faz coisas que a ningúem interessam. que ou aquele que é desinteressante porque diz ou comete bobagens.
            2. Diz-se de coisa insignificante, sem importância.
            3. Fig. Admirar-se ou espantar-se com algo.
            4. Diz-se de tudo que é asneira ou tolice.

            Ou a ofensa seria beber água de volume morto?

            É cada uma….

    • Primeiramente FORA TEMER

      VOLTA DILMA

  3. Mas, amanhã, Dilma vai falar ao Senado e tudo vai mudar… vai ter tradução simultânea?

  4. O povo não acredita mais em Deputados e Vereadores , com um Plebiscito e uma reforma política verdadeira,vamos substituir esses cargos por Conselheiros Estaduais e Municipais , todos sem remunerações e sem auxiliares .

  5. Caro Eduardo,

    Dias sombrios virão, sem nenhuma sombra de dúvida, e com certeza o Brasil retroagirá. Infelizmente a presidente Dilma não tem mais com quem contar. A justiça brasileira, que seria a sua única esperança, hoje compactua com esse golpe.

  6. e

  7. O Brasil já está numa ditadura do governo do interino golpista Temer e a sua rede golpista, organizações Globo.

  8. É…é “golpe”…um golpe em que uma “presidenta” corrupta e medíocre é afastada por crime de responsabilidade previsto na Constituição, com direito à ampla defesa, seguindo todos os trâmites legais e transmitido ao vivo pela televisão, e realizado por representantes eleitos pelo povo, como reza a mesma Constituição espezinhada pela “presidenta”. Essa bobagem não cola mais. E é por isso que o povo acintosamente virou as costas para essa quadrilha disfarçada de partido político (ao contrário do que o “grande líder” dizia) e irá para a LATA DE LIXO DE HISTÓRIA!

    • Se soubesse como o mundo está vendo esse golpe escancarado iria ficar morto de vergonha

      • O mesmo Le Monde afirmou que Dilma é “arrogante, centralizadora e despreparada”…

        • Não sei se é verdade, mas não tem a menor importância. Estamos falando de institucionalidade. É isso que vocês não entendem

          • Tem importância sim, tanto quanto a opinião sobre o “golpe”. Você é um falacioso.

          • insultos, é porque é… Vocês não entendem a democracia

        • Se a moda pega…
          Tirar presidente porque é arrogante etc…
          Mas faz sentido. Ontem, vi no BandNews, o senador Garibaldi Alves dizendo que votaria pela derrubada da presidenta Dilma pelo nobilíssimo motivo de que, quando era ministro, praticamente não foi recebido em audiência por ela.
          Um senador da República diz isso sem se vexar, e o órgão de imprensa, numa matéria claramente pró-golpe, expõe suas palavras como se fosse a coisa mais normal do mundo.
          Isso tudo vai ficar registrado e, no futuro, tudo isso vai ser motivo de chacota, embora na verdade seja uma tragédia.

    • É golpe sim, porque o impeachment sem crime de responsabilidade, que são previstos no roll taxativo da lei do impeachment, é golpe sim. Vc é um criminoso, por difamar alguém sem prova de crime algum. Dilma não tem enriquecimento ilícito algum, como ocorre com os seus amados Cunha, Aécio, Serra e possivelmente o seu eterno presidente, FHC. Existe muito inocente aí condenado nos tramites legais, seguir os tramites legais nem sempre significa fazer a justiça. Outra coisa, estes representantes eleitos pelo povo, muitos dos que condenam Dilma, são um bando de picaretas corruptos. Quadrilha disfarçada de partido político é o da sua turma, que é totalmente protegida por essa falsa justiça, aparelhada pela quadrilha de direita e pelo PIG. Vcs é que vão para o Lixo da história.

    • Ricardo,Vcs perderam 04 eleições consecutivas…a única maneira de chegar ao poder é pelo GOLPE…….Outra cosia.seu amiguinho Alckmin JAMAIS será presidente… pode esquecer…..assim como qualquer paulista não o será tão cedo…

    • Ricado Tomazini, será que você conheceu o Sr. Izidoro Tomazini? Caso positivo, ele seria alguém de sua família?
      Eu o conheci mais ou menos há uns 50 anos e precisava urgentemente falar com ele ou alguém de sua família. Aguardo sua resposta.

  9. Porque o jogo só acaba quando termina e não serão eles que vão apitar seu final.

    Porque, como a Fênix, RETORNAREMOS MAIS FORTES!!!

    https://rebeldesilente.wordpress.com/2016/08/28/estes-todos-que-ai-estao/

  10. Hoje, na véspera do golpe, me lembro dos zilhões de textos seus, há anos, denunciando a possibilidade disso acontecer. E está acontecendo, para nossa tristeza.
    Abraços Edu.

    • Pra mim tudo sempre esteve claro como o dia. E todos os esquerdistas que debochavam dos meus avisos hoje estão posando de heróis da resistência

      • Edu, mais do que não acreditar, torci muito para você estar errado, lá atrás, quando você usava aquela figura do “se o cavalo do golpe passar selado…”, lembra-se?
        Por outro lado, desde a primeira hora comunguei de seu pessimi…, digo, realismo, com aquela xaropada de junho de 2013.
        E aí, quando será que muita gente boa, muitos inclusive da chamada blogosfera progressista, vai fazer a autocrítica em relação a junho de 2013?

  11. Quero chamar a atenção para um post que li no site da Revista Fórum, que tem por título “Multinacionais querem privatizar uso da água e Temer negocia”. Essa matéria saiu no jornal Correio do Brasil. Trata-se da “privatização” do nosso Aquífero Guarani, “com área total de 1,2 milhões de Km2, sendo que dois terços da reserva estão em território brasileiro, no subsolo dos Estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul”. O Aquifero Guarani é um dos maiores mananciais mundial de água doce e há décadas tem sido alvo da especulação quanto ao seu uso e exploração. Segundo a Wikipédia, o aquífero Alter do Chão, que está localizado no norte do Brasil, é até maior do que o Guarani. Li no extinto site http://www.caminhoalternativo.wordpress.com que os Rockfeller estavam de olho nesses Aquíferos. Não é à toa que no Fórum Econômico Mundial de Davos, que houve em janeiro de 2015, a preocupação principal era com a escassez de água no planeta. É, gente, não é só o nosso pré-sal que as grandes potências estão de olho não. A nossa água e o nosso nióbio são cobiçados por elas. E o Brasil, nas mãos desses golpistas, será “vendido” a preço de banana.

    http://www.revistaforum.com.br/2016/08/25/multinacionais-querem-privatizar-o-uso-da-agua-e-temer-negocia/

  12. Com o Golpe, o Haiti será aqui

    Por Marcosomag

    Programas sociais liqüidados um a um. A mais recente vítima foi o “Brasil Alfabetizado”. Os golpistas em sua lógica neoliberal consideram que brasileiros adultos são casos perdidos para a educação básica. Se nem possuidores de diplomas universitários conseguirão emprego no modelo econômico que pretendem implantar no Brasil, para que investir na educação básica de adultos? Para que descubram através dos livros divergentes a causa dos seus problemas? Não é algo que seja conveniente aos ditadores de plantão.

    Depois, a redução do “Bolsa Família” a um “programa-piloto”. Tudo de acordo com os ditames dos “clássicos” neoliberais que são os livros de cabeceira dos reacionários que agora mandam no Brasil. Assim ocorrerá com todos os outros programas sociais: redução, privatização ou extinção. Os que ainda permanecerem atenderão a 0,001% dos necessitados. Terão serventia política para serem apresentados em contraponto ao discurso da esquerda nos horários eleitorais gratuitos e assim, amenizarem os remorsos da classe média reacionária que apóia o Golpe e apoiará o novo Regime.

    Na economia, privatização de tudo em negociatas que fariam constranger o próprio Al Capone. Agências “reguladoras” cosméticas foram criadas no período “tucano” no Planalto para “dourar a pílula” da privatização perante o público assustado com os monopólios particulares que foram implantados no setores econômicos então privatizados. Agora, com o discurso de direita mais arraigado na classe média por obra dos “movimentos” financiados pelos NED e pela mídia, também treinada por “think thanks” pagos com US dólar via Instituto Millenium, as tais agências serão abandonadas e o saqueio da população por grandes grupos econômicos em setores como saneamento, saúde e educação será escancarado.

    Perderemos as últimas instituições estratégicas para um projeto nacional brasileiro na economia: a Petrobrás e o BNDES. A primeira será sucateada, fatiada e depois, entregue para petroleiras estrangeiras por preço vil em meio a muitíssima corrupção em benefício dos setores políticos envolvidos na implantação e manutenção do Regime. O segundo deverá perder o “S” da sigla, rotulado de “demagógico” pela direita no Poder. Após o futuro BNDE ser usado para negociatas corruptas no processo de liqüidação do restante do patrimônio público brasileiro, será também vítima da privatização, e a imprensa corrupta e seus bonecos-de-ventriloqüo irão vaticinar que ele “cumpriu a sua missão”.

    A população, à exceção de setores médios beneficiários das negociatas privatistas e da expulsão dos pobres do ensino superior, estará crescentemente desempregada, sem acesso universal a qualquer serviço básico e sem qualquer boa perspecitva. As suas “alternativas” de sobrevivência serão a mendicância, entrar no crime (muitas vezes, facções criminosas) ou tentar trabalhar como ambulante. Em todas as “alternativas” citadas, sendo reprimida pela polícia com total apoio da imprensa corruptas e seus apresentadores carniceiros de “telejornais” de fim de tarde.

    Quando acabar o petróleo do Pré-Sal, os princípios ativos da “nossa” biodiversidade estiverem todos patenteados no estrangeiro e o solo esgotado pela agricultura extensiva dos “ruralistas” ficaremos apenas com a impagável conta da hecatombe ambiental causada pelas petroleiras estrangeiras e 240 milhões de haitianos, digo, brasileiros desesperados

  13. Que os erros da esquerda sirvam de aprendizado para o futuro: Não ter política de comunicação, a política de gabinete, a lista da PGR, as cotas para o Supremo (um negro, uma mulher, uma nordestina, etc) sem avaliar o compromisso com a legalidade.

  14. Já que esse impeachment é considerado golpe pelos petistas e demais esquerdistas, então esqueceram de colocar no “vermelho” também o governo Itamar, que assumiu após um “golpe” contra o Collor, o primeiro governo democrático eleito pelo povo após os mais de 20 anos da ditadura militar, com total apoio do PT e demais partidos de esquerda…
    O mesmo “cara pintada” que hoje grita “golpe contra Dilma” no senado saiu às ruas para ser totalmente a favor do golpe contra o Collor segurando a Revista Veja com aquela famosa edição com o Pedro Color estampado e com os dizeres “Pedro Collor conta tudo”. Parece que o cara pintada virou cara de pau…

    Quanto ao governo de Cuba que está ai há mais de 50 anos na mão da mesma dupla de irmãos ditadores, não ouço falar nada de “golpe” por parte dos nossos honoráveis esquerdistas… Pelo contrário, só elogios com direito a homenagens na Câmara de São Paulo pelo aniversário de 90 anos do distinto…

    • Calma aí cara pálida, golpe contra Collor ?

      Por mais que tenha sido absolvido perante o STF, tempos depois, é bom recordar da enxurrada de acusações e indícios muito sólidos levantados não só por membro de sua família, bem como pela Procuradoria quanto ao seu envolvimento no esquema de PC Farias.

      Some isso ao plano desastrado de congelamento das poupanças e movimentações financeiras, que seria questão tempo do mesmo cair, se não politicamente (até quem o colocou lá, programou sua retirada), mas judicialmente via conclusão de inquérito do MPF.

      No caso de Dilma, a motivação foi meramente política, de perda de sua base de apoio tanto orgânica, quanto fisiológica.

      Mas, legalmente falando, qual foi a base jurídica de sua queda pelo impeachment ?? Pedaladas sem sua autoria, dolo e o pior, sem serem consideradas financeiramente crime de responsabilidade !
      Afinal, onde que atraso no repasse de SUBVENÇÕES pode ser caracterizado como operação de crédito ?!?

      Vide resultado da apuração feita pelo MPF.

      Portanto, sim, contra Dilma é e sempre será um golpe. Que se revelassem seu envolvimento em casos de corrupção e enriquecimento ilícito, para que aí sim, a justiça fosse feita.

      Agora, num malabarismo onde interpretam Contabilidade Pública de acordo com interesses políticos particulares, é vergonhoso.

      Cuba é sim uma ditadura. Só se esqueceu de mencionar, que fazendo uma revolução com grande participação do povo (incluindo a classe média), sobre uma ditadura ! Extremamante excludente, diga-se de passagem.

      • Pois é, este é o cerne da questão: o Collor foi absolvido de todas as acusações no STF por insuficiência de provas. Caiu por uma Fiat Elba… É mole?

        Quanto a Cuba, mesmo que na época a revolução liderada pelos irmãos Castro e Cia tivesse apoio popular contra o Ditador de plantão por ser excludente e coisa e tal, fizeram a revolução para trocar um tipo de ditadura por outra ao invés de restaurar a democracia… Saiu um tirano e entrou outro. E la vai mais de 50 anos e o pobre povo cubano continua sob o chicote de uma ditadura em pleno século XXI, mesmo depois da grande mamãe URSS implodir e o muro de Berlim ruir…

        • Mas aí vc distorce o contexto geopolítico no qual a ilha se inseriu, desde sua independência, meu caro.

          Ditadura é ditadura em qualquer lugar, disso ninguém duvida.

          Agora, sob quais circunstâncias uma ditadura se implementa e subsiste ao longo de décadas, é o que tem que ser tratado.

          No início do processo, foi uma forma não só de sair da repressão e toda a exclusão social do regime Fugencista, mas também de sustentar uma posição de segurança com relação às intervenções que viam ocorrendo após a subida de Fidel. (operações clandestinas)

          Depois da queda do bloco soviético, obviamente que foi a inércia do próprio regime.
          Se tornou personalista e temia uma abertura, pois tão culturalmente tomado “eterna” Guerra Fria, bem como pelo fato de ainda sofrer pesado bloqueio econômico.

          Agora, numa coisa você certamente irá concordar comigo: Não vimos até hoje no processo histórico, uma Revolução ou Golpe que após o poder tendo sido tomado, tenha restabelecido a democracia e a liberdade amplas em um país.

          Vide a própria Rev. Francesa, que iniciou um longo período de disputas internas culminando na era de Terror Jacobino, sucedido por um falsamente democrático império Napoleônico.

          Isso só ocorre MUITO tempo depois, com as progressivas mudanças nas forças políticas e culturais internas e, principalmente, externas.

          Em suma, a ditadura cubana é um fato, como também é um fato que a mesma proporcionou uma elevação do padrão médio de vida de sua população, ao entregar dignidade e serviços essenciais à sua maioria. Mesmo, distantes de se tornarem um mercado de consumo de massas !

    • Seba, vc está ansioso em se tornar um TERCEIRIZADO…..ou seja, trabalhar sem a proteção da CLT…parabéns pela sua inteligência….ser coxinha é ter prazer em ser um semi escravo ……

    • Em primeiro lugar o processo do Collor foi diferente dessa farsa contra a Dilma. No caso do Collor houve uma CPI, haviam provas concretas e materiais de atos de corrupção praticados diretamente por Color, ou seja, diferentemente de agora, onde não há crime algum, Collor realmente cometeu crime de responsabilidade flagrante. E tanto isso é verdade que o processo nem foi ao final, pois Collor renunciou para que as provas de seu crime não fossem apresentadas. Dilma ao contrário segue até o fim porque não há nenhum crime que ela tenha cometido, tanto que os GOLPISTAS tentam dar outros motivos para essa farsa, motivos esses que não tem nada a ver com a lei. E tentam dizer que o procedimeto foi seguido à risca, mas não adianta seguir o procedimento se não houver crime. Sem crime, destituir a presidenta é GOLPE.

      Em segundo lugar o PT não fez parte do governo Itamar, justamente por achar que o correto era que se convocasse novas eleições.

      E olha que o Itamar pelo menos não conspirou, não comprou votos para o Impeachment e não deu uma guinada de 180 graus na política de governo, como o Temer fez.

      • Collor foi absolvido pelo STF de todas as provas contra ele.
        E o processo não foi até o final, pois, como ele viu que não iria se livrar da condenação renunciou pra tentar se salvar da penalidade dos 8 anos de inelegibilidade, o que acabou não dando certo. Foi apenas uma estratégia jurídica. Diferente de Dilma que não vai largar o osso até o fim.

        Quanto a questão de novas eleições, tanto no caso Collor quanto agora, é tudo a mesma falácia. Não há previsão constitucional para isso. A constituição diz que o vice assume e ponto final.

        Obs: eu não gosto de Collor e também preferia novas eleições…

        • E desde quando o STF é confiável? O STF está blindando todas as denúncias contra Aécio, Serra, Temer e a patota deles inteirinha. Somente processos contra gente do PT e aliados é que vai para frente. Os que são contra os verdadeiros ladrões que exploram este País desde a colonização sempre são encerrados com “insuficiência de provas”. Contra petistas nem precisa de provas, para condenar “na marra” até eles distorcem teorias jurídicas completamente alheias ao assunto como a tal “domínio do fato”, cujo autor desautorizou o uso como foi feito no Brasil, afirmando que sua teoria não dizia nada sobre condenar sem provas como o STF fez. É uma “patota” que explora o Brasil há séculos e o sistema foi montado para garantir essa exploração.
          Eles queriam tirar o Collor, mas não queriam condená-lo porque aí ele iria abrir a boca. Por isso mesmo Collor renunciou. Assim seu crime não seria julgado no Congresso e ficaria fácil da rataiada do STF livrar a cara dele, garantindo a impunidade histórica das nossas elites.
          O Nassif abordou isso muito apropriadamente no blog dele. A CPI encontrou ampla gama de provas de atos diretos de corrupção envolvendo o Collor, mas ao processo de impeachment foi montado de forma inconsistente, sem incluir as provas contundentes encontradas e em torno de fatos menos contundentes, de modo a poder ser derrubado no STF.

          Dilma não está se “apegando ao osso”, ela está defendendo a democracia e o Estado de direito, coisas que você não valoriza nem se importa, se é que sabe ao menos o que seja. Ela não é carreirista. PAra ela não interessa ficar no jogo político, não está defendendo nenhum osso ou vantagem pessoal. Quem faz isso são oaqueles que você defende. Esses sim são ladrões, carreiristas e corruptos.

          É grotesco ver vocês golpistas dizerem que “Não há previsão constitucional” para novas eleições. Também não há previsão constitucional para um impeachment sem crime e não foi provado crime nenhum, pelo contrário, provou sua inocência, tanto que muitos golpistas assumem que é um processo meramente político (ferindo a Constituição) e que a condenação seria pelo “conjunto da obra” (que não tem previsão constitucional. Vocês golpistas estão falando em obedecer a constituição quando lhes interessa e desobedecendo flagrantemente quando o seu interesse é outro. E o mundo todo está vendo isso, assim como a História registrará o que é, um GOLPE DE ESTADO.

          E não venha falar que não gosta do Collor porque se você votou em 1989 com certeza votou no Collor.

        • O problema é que o STF é um puteiro aonde o conceito de justiça passa bem longe.

  15. um dia de LUTO pra esta jovem, corrupta e INCONSEQUENTE democratura

    JAMAIS acreditei num golpe nos moldes tradicionais – em armas – por isso, por quase uma década, neste tópico, discorria contra o Eduardo

    ..o mundo, os movimentos militares, a geopolítica,o nosso próprio gigantismo territorial e populacional que desaconselha tamanha e irresponsável empreitada, enfim

    ..mas já confessei aqui que tb NUNCA tinha imaginado a audácia da chamada direita (e passividade e fraqueza da esquerda) em aplicar um golpe parlamentar tão escancarado e VULGAR (direita que de ideologia não tem nada, a não ser BANDIDISMO e cede de poder mesmo ..e esquerda que tem mais de populismo do que propriamente socialismo)

    delenda tucanos (que o país jamais esqueça os autores desta VIOLENCIA) ..BRASIL, nem daqui 50 anos

  16. STF é golpista. O ministro Lewandowiski se tornou golpista? Tenho quase certeza disto. Acreditava um tempo atrás que o Lewandowiski faria algo contra o golpe como presidente do golpista STF. Mas o Lewandowiski se acovardou, ele cedeu diante do facão das elites (só que os facões das elites não estão sobre o pescoço dele, os facões das elites estão sobre o pescoço dos brasileiros, os facões das elites estão sobre os direitos sociais do povo).

    STF, definitivamente golpista, apequenado, sem credibilidade e sem legitimidade. O STF joga o Brasil numa insegurança jurídica. Não haverá mais certeza jurídica, pois o STF, que deveria defender a Constituição, cedeu aos interesses espúrios das elites bandidas.

  17. Caro Eduardo,
    Para mim, a presidente Dilma foi muito bem na sua fala no Senado Federal. Ela expões ponto a ponto todas as armações que lhe estão sendo imputadas nesse lamentável episódio, mas infelizmente, esses golpistas já estão decididos e não mudarão o seu voto. Eles não estão se importando nenhum pouco com os apelos vindos de todos os lados, mas a história certamente lhes cobrará caro pelo que estão fazendo.

  18. Lembrem-se : Imprensa vagabunda, safada, pilantra ,golpista., cretina e corrupta

  19. No site do “Le Monde” há o editorial de 26/08, que em nenhum momento alega existência de golpe ou farsa. O texto se refere à própria Dima, quem se diz vítima de golpe, e o jornal não faz juizo de valor sobre essa afirmação.

    Voce, ou alguem, tem o tal editorial mencionado no post, mas no idioma original?

    • É duro. Vocês têm problemas mentais. Suas mentes frágeis não suportam ser contrariadas.
      Vai o link da tradução do editorial e o texto na íntegra

      http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/le-monde/2016/08/27/opiniao-queda-de-dilma-ou-e-golpe-de-estado-ou-e-farsa.htm

      “Se esse não é um golpe de Estado, é no mínimo uma farsa. E as verdadeiras vítimas dessa tragicomédia política infelizmente são os brasileiros.”

      Dilma Rousseff, a primeira presidente mulher do Brasil, está vivendo seus últimos dias no comando do Estado. Praticamente não há mais dúvidas sobre o resultado do julgamento de sua destituição, iniciado na quinta-feira (25) no Senado. A menos que aconteça uma reviravolta, a sucessora do adorado presidente Lula (2003-2010), que foi afastada do cargo em maio, será tirada definitivamente do poder no dia 30 ou 31 de agosto.

      Dilma Rousseff cometeu erros políticos, econômicos e estratégicos. Mas sua expulsão, motivada por peripécias contábeis às quais ela recorreu bem como muitos outros presidentes, não ficará para a posteridade como um episódio glorioso da jovem democracia brasileira.

      Para descrever o processo em andamento, seus partidários dizem que esse foi um “crime perfeito”. O impeachment, previsto pela Constituição brasileira, tem toda a roupagem da legitimidade. De fato, ninguém veio tirar Dilma Rousseff, reeleita em 2014, usando baionetas. A própria ex-guerrilheira usou de todos os recursos legais para se defender, em vão.

      Impopular e desajeitada, Dilma Rousseff acredita estar sendo vítima de um “golpe de Estado” fomentado por seus adversários, pela mídia, e em especial pela rede Globo de televisão, que atende a uma elite econômica preocupada em preservar seus interesses supostamente ameaçados pela sede de igualitarismo de seu partido, o Partido dos Trabalhadores (PT).

  20. Emocionante e histórico discurso da presidenta. Ressalto uma coisa Edu. Band e Record transmitiram ao vivo. A Globo continuou com a programação normal. Certamente está preparando uma edição do jeito que ela sabe fazer.
    Lutar pela democracia é lutar contra a Globo

    • Diria mais, Dilma está matando a pau pergunta a pergunta.
      O impeachment já está prefixado, mas o custo será alto para os golpistas.
      Pena que também será alto pra nós, todos os brasileiros, independente de quem apóia ou não este golpe.

      • É Manoel, concordo plenamente com você.

        Mas gostaria de aproveitar seu comentário para dizer uma coisa:

        Nada como um dia após o outro e muito mais breve do que os golpistas imaginam, eles terão que se defrontar com as consequências de seus atos. E para mim a única forma de defender a democracia é garantir que essas consequências sejam verdadeiramente nefastas para eles.

        Este GOLPE só está ocorrendo porque ninguém foi punido no GOLPE de 1964. Saiu barato para todo mundo e a única forma de fazer o Brasil deixar de ser uma república de bananas é garantir que este golpe saia caro, muito caro, caríssimo para eles. Que eles se arrependam amargamente dessa atitude.

        Caso contrário nenhuma democracia será possível e viveremos de golpe em golpe.

        E isso apenas para garantir alguma normalidade democrática porque para permitir que o Brasil supere alguns de seus maiores problemas será necessário que o sangue dessa elite corrupta, imoral e assassina serja derramado, quebrando assim, pelo menos um pouco, a impunidade flagrante com que eles cometem os maiores absurdos para oprimir o povo ao longo da triste história deste País.

        • Correto. Vivemos de golpe em golpe porquê quem detona com a democracia não é punido, em um país mais sério os golpistas estariam no paredão de fuzilamento ou sendo enforcados. Como não há punição e as vantagens são óbvias então é golpe depois de golpe já que o “povão” jamais reage.

    • Temos que banir a Rede Golpe de Televisão da história do Brasil, esses criminosos e golpistas da famiglia Marinho tem que ir para a cadeia. Tudo o que eles obtiveram através da pressão, da sonegação e da corrupção tem que ser devolvido aos cofres públicos com juros e correção monetária.

      Vamos desligar a Rede Golpe de Televisão!

  21. O SENADO DA REPÚBLICA COM ESSE GOLPE IRRESPONSÁVEL ANUNCIA A MORTE DA DEMOCRACIA EM NOSSO PAÍS..INFELIZMENTE, OS VERDADEIROS DEMOCRATAS HOJE ESTÃO DE LUTO….SINCERAMENTE, ESTOU INDIGNADO COM OS SENADORES GOLPISTAS QUE NÃO RESPEITARAM OS VOTOS DE MAIS DE 54 MILHÕES DE BRASILEIROS….E O PIOR: DAQUI PRA FRENTE SEREMOS GOVERNADOS POR: ENTREGUISTAS, VENDILHÕES E CORRUPTOS….ESSA É A GRANDE VERDADE….. E MINHA REVOLTA É MAIOR AINDA PORQUE AQUI EM MINAS GERAIS DERROTAMOS O SR. AÉCIO NOS DOIS TURNOS NAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2014 E AGORA ESSE FASCISTA NOS DÁ O TROCO….E O PIOR: O RELATOR DESSE PROCESSO SAFADO FOI O SR. ANASTASIA QUE COMETEU VÁRIOS DELITOS QUANDO GOVERNADOR AS TAIS “PEDALADAS FISCAIS” QUE ALIÁS FORAM INÚMERAS….O QUE FALAR DE OUTRO SENADOR O TAL ZEZÉ PERRELLA DONO DO HELICÓPTERO TRANSPORTANDO MEIA TONELADA DE COCAÍNA?….ENTÃO, ESSES TRÊS GOLPISTAS DE MG ESTÃO MARCADOS PARA SEMPRE NA HISTÓRIA DESSE PAÍS COMO TRAIDORES DO POVO BRASILEIRO E MINEIRO….ESPERO QUE O POVO MINEIRO VIRE ÀS COSTAS A ESSES TRÊS GOLPISTAS…..

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.