Perícia expõe como denúncia contra Dilma é confusa e imprecisa

golpe

 

Os brasileiros de boa-fé que só se dispõem a aceitar o impeachment de Dilma Rousseff em caso de ser possível provar cabalmente que ela cometeu um crime de responsabilidade como o que é exigido pela a Constituição e pela chamada “lei do impeachment”, de 1950, para um presidente regularmente eleito perder o mandato, por certo já se deram conta de que a denúncia alegada para tirar a presidente do poder é absolutamente inepta.

Um dos princípios universais do Direito nas sociedades civilizadas requer ao menos três premissas para alguém ser condenado por algum crime, mesmo sendo um crime político:

1 – Acusação clara

2 – Provas dessa acusação

3 – Direito de defesa.

Pois bem: nenhum desses elementos está presente no processo a que Dilma responde no Senado Federal.

Por exemplo: têm ocorrido tentativas de dificultar a defesa da presidente. Há alguns dias, essa defesa pediu perícia dos documentos que embasaram o pedido de impeachment. A comissão do Senado que analisa a matéria, controlada pela oposição ao governo Dilma, tentou impedir que as provas do processo fossem convalidadas.

Foi necessária a intervenção do presidente do processo, o ministro Ricardo Lewandowski, para que a acusada de crime de responsabilidade pudesse exercer o direito mínimo de qualquer réu: pedir que a autenticidade das provas contra si seja auferida.

Autorizada a perícia, o direito de defesa de Dilma foi novamente ameaçado. Três técnicos do Senado designados para periciar as provas são acusados pela defesa da presidente de serem autores de ataques públicos a ela em seus perfis em redes sociais. Os três apagaram seus perfis nas redes sociais após a denúncia.

 

perito 1

 

Que democracia estável e respeitável jogaria fora 54 milhões de votos sem que provas contra uma presidente ameaçada de perder o cargo fossem periciadas por pessoas consideradas minimamente isentas para analisar o processo? Claro que isento mesmo ninguém é, mas entregar a análise da validade das provas a pessoa tão visceralmente contrária à ré como o “perito” flagrado na imagem acima, já é piada.

Cai uma das três pernas do tripé que sustenta um processo legal sério para destituir um presidente da República do cargo: o direito de defesa.

Outra das três exigências de um processo sério de impedimento de um presidente da República é a qualidade da acusação de que este cometeu um crime cuja punição é perda do mandato. Essa acusação tem que ser absolutamente clara. Não é o que está se vendo.

Os juristas Helio Bicudo, Miguel Reale Júnior e Janaína Paschoal protocolaram na Câmara dos Deputados pedido de impedimento de Dilma com base em duas acusações: edição de decretos de créditos suplementares sem aval do Congresso e cometimento de “pedalada fiscal” com o atraso do repasse de R$ 3,5 bilhões do Tesouro ao Banco do Brasil para o Plano Safra.

As acusações são claras? Nem tanto. Em primeiro lugar, poucos usam os supostos crimes de responsabilidade elencados no parágrafo anterior. Alguns, como a líder de governo no Congresso, a senadora Rose de Freitas (PMDB), mostram que as acusações contra Dilma são tão nebulosas que até os que deveriam defendê-las chegam a afirmar que são mero pretexto. Essa senhora afirmou, textualmente, que a presidente Dilma não foi afastada em razão das pedaladas fiscais, mas por causa da crise política.

No vídeo abaixo, uma das pessoas que deveriam julgar Dilma objetivamente, a líder do governo Temer no Senado, reconhece a farsa em curso na Casa.

Mas mesmo que a denúncia pretendesse parecer séria, ela se desmontaria sozinha a partir do resultado da perícia tendenciosa e confusa de técnicos do Senado que correram para apagar suas contas no Facebook tão logo foram chamados a elaborar pareceres sobre a acusação contra aquela por quem nutrem desafeto público.

Se o processo contra Dilma se amparou em “pedaladas” (ou atraso no repasse de recursos para bancos públicos pagarem programas sociais) e em autorização de créditos suplementares sem aval do Congresso, como pode seguir em frente se, agora, há prova de que ao menos uma das acusações é comprovadamente falsa?

Que democracia joga os votos da maioria de seus cidadãos no lixo sob uma denúncia que se mostra frágil desse modo?

Mesmo que queiram que a edição de decretos autorizando créditos suplementares sem aval do Congresso salve o processo de impeachment, essa acusação não é considerada crime de responsabilidade por não ser exigido em lei que o Congresso autorize a presidente a emitir tais decretos.

Uma das principais denúncias do pedido de afastamento da presidente é a acusação de que ela teria editado, no ano passado, decretos para liberar R$ 2,5 bilhões em crédito extra sem aval do Congresso. A defesa vem afirmando ao longo do processo de impeachment, porém, que não era necessário o aval do parlamento nos casos apontados pelos autores da solicitação de afastamento.

Os técnicos do Senado que fazem ataques a Dilma no Facebook nas horas vagas e que elaboraram a perícia, contudo, enfatizaram no documento que essa autorização era obrigatória. Após entregar a perícia ao secretário-geral do Senado, o consultor Diego Prandino Alves, o que aparece nas imagens acima postando ataques a petistas, observou que, como os créditos suplementares poderiam fazer que o governo não atingisse o resultado primário previsto no orçamento, a decisão de liberar o dinheiro teria de ter sido submetida ao Congresso em forma de um projeto de lei.

Conversa fiada. Essa é uma especulação do técnico. A lei não exige autorização do Congresso para a presidente editar as autorizações de crédito suplementar que editou. O troll antipetista que fez a perícia apenas deu uma opinião de que Dilma não poderia usar sua atribuição legal de emitir aqueles decretos sem autorização do Congresso porque deveria adivinhar que lá no futuro haveria descontrole de contas etc., etc.

É muito pouco o que embasa o processo contra Dilma. A Senadora líder do governo golpista no Senado que afirmou que é pretexto essa história de “pedaladas” e que Dilma está sendo derrubada por motivos que não são os do processo, está confessando o crime que está sendo cometido pelos senadores: eles pretendem derrubar a presidente sob alegações falsas.

Qualquer governo que suceder o de Temer e for respaldado por vontade popular expressa nas urnas terá obrigação de investigar, processar e punir todos aqueles que vierem a contribuir para que o mandato constitucional de Dilma Rouseff seja interrompido sob a farsa que acaba de ser desmascarada. A perícia do Senado comprovou que as acusações contra Dilma são confusas e imprecisas. Não bastam para anular 54 milhões de votos.

Tags: , ,

89 Comentário

  1. Ou estou ficando meio débil, ou percebo que “aliados” de Temer começam a mudar o discurso.
    O traíra em desespero, mostra que o Planalto virou um balcão de negócios.
    Vergonhoso para um imbecil que quer ser chamado de Presidente.
    Mas afinal, só estamos vendo a pura realidade, em que um Vice figurativo quer assumir um cargo para o qual não possui qualificação.
    Temer é produto da globo, que joga lixo no ar todos os dias.
    O verdadeiro estrategista, com as bençãos do Dr. Teori, está nos bastidores dando as cartas.
    Se fazendo de traído, para não melar o jogo sujo do golpe.
    Na verdade, Temer só obedece ordens do Cunha, nada mais.
    E como ficou demonstrado, Cunha conhece muito bem cada parlamentar, e sabe onde apertar o aliado.
    Esse golpe sujo entrará para a história do País, sem dúvida, como uma de suas mais negras páginas.
    Apesar de minha avançada idade, ainda sou um sonhador.
    Gostaria de ver o STF cumprindo seu Supremo e Honroso papel na guarda da constituição.
    Apesar de crítico aos últimos movimentos do STF, em relação ao golpe, gostaria de poder ver os Ministro da Suprema Corte, desmoralizar a sujeira imposta pela Câmara dos Deputados, por conta exclusiva de vingança pessoal do delinquente Cunha.
    É claro que excetua-se o coronel Diamantino Mendes, aquele que, segundo Barbosa, gosta de comandar Jagunços.
    Mas dos demais, acredito que poderíamos esperar uma posição honesta com a derrubada desse golpe.
    Precisamos honrar nosso País perante as demais Nações do Mundo, e mostrar que aqui a Justiça está acima da politicagem.
    A verdade é que DILMA resolveu enfrentar o sistema político mais corrupto do Mundo, comandado pelo PMDB, e deu no que aí está.
    Segundo alguns comentários de jornalistas conceituados, se Marcelo Odebrecht delatasse, todos os poderes constituídos teriam nomes envolvidos na corrupção da Petrobrás, e outras mais.
    Agora imaginem o que DILMA está enfrentando.
    Estamos em guerra.
    Vamos à luta!
    É nosso coro que está em jogo.
    Se conseguirmos agora, varrer essa quadrilha de saqueadores e entreguistas do poder, teremos certamente um Brasil melhor pela frente.
    Ou viver a Pátria livre, ou morrer pelo Brasil.

    • Então meritíssimo, diz prá nós, se você sabia de tudo isso, porquê votou nele na ultima eleição para presidente ?

      • ALERTA! Eleitor do “menino do Rio” DETECTED!

      • Oi Júlio
        Quer dizer que agora vocês golpistas, buscam nova mentira para poderem jogar contra o PT?
        Não foi o PT quem escolheu Temer, foi o PMDB, e o PT acatou essa decisão.
        Eu votei na Dilma e na proposta de governo, da qual o PMDB e o Temer, também apoiavam.
        Havia uma proposta de Brasil, mas o PMDB, viu no Temer, a chave para o golpe.
        Não adianta vir com esse papinho troll 3.0.
        Se assuma como golpista.
        Que você queira mentir para você, tudo bem, mas não ache que os outros são idiotas.
        Fora Temer.

      • A resposta está no site do Surrealista….

        do Surrealista

        As 15 melhores respostas à frase de Temer: ‘Muitos votaram porque eu era candidato a vice’

        O presidente interino Michel Temer começou a usar o Twitter com vontade e sua assessoria de imprensa está em polvorosa, floodando a timeline dos seguidores com trechos de suas mais recentes entrevistas. Ontem foi assim, quando Temer falou com Roberto D’Ávila no programa deste na GloboNews. Se o Twitter tivesse que ver a entrevista inteira para pinçar trechos daria o maior trabalhão para apoiar ou criticar. Mas a assessoria de Temer fez o trabalho sujo e facilitou a vida da nação HUE HUE Br. O trecho mais citado foi “Muitos votaram porque eu era o candidato a vice”. Foi o bastante para uma enxurrada de reações hilárias. Abaixo, as 15 melhores respostas à frase de Temer, o interino magoado.

        http://www.surrealista.com.br/2016/06/as-15-melhores-respostas-a-frase-de-temer-muitos-votaram-porque-eu-era-candidato-a-vice/

      • Julio, acorda rapá.

        A gente não podia excluir Temer da Chapa.

        E não podia prever que fosse traíra. E espião.

        E não podia prever que fosse se juntar ao PSDB e outras máfias e dar um golpe.

        E dado o golpe, fosse aplicar o programa do adversário de Dilma.

        E francamente,

        Esse seu post foi publicado por 300 pessoas antes de VC. Seja criativo.

      • Ei Mané, eu votei no golpista pra VICE DECORATIVO!!! Quem votou no rato para presidente; voi você, trouxinha! Pensou que seria o papai noel que assumiria o governo quando foi pra rua vestido com a camiseta da cbf corrupta pedir o impeachment da Dilma! TROUXA!!!

  2. So o voto,com grande percentual de renovação do congresso poderemos ter esperanças da volta do estado democratico de direito.Até as pedras ja sabem que não tem nada legal,legitimo ou ético no processoo contra Dilma,masisto não vem ao caso.

  3. Senadores canalhas,estão vendendo honestidade, caráter,dignidade.

  4. Para começar, esses canalhas fazem u ma confusão proposital entre gestão financeira e gestão orçamentária. CRÉDITOS SUPLEMENTARES BASEIAM-SE NAS SOBRAS DE RECURSOS DO EXERCÍCIO(ANO)ANTERIOR, QUE SÃO USADAS PARA PAGAR DESPESAS EXTRAS. Portanto, a edição deles não afeta o Orçamento do exercício vigente, porque usa recursos extras, que não são desse orçamento. Um exemplo : o Governo separou “x” milhões de reais para pagar as despesas de um concurso, previu que desse concurso adviria uma arrecadação “y” oriunda das inscrições(evidentemente, o Governo separa dinheiro antecipadamente par5a organizar o concurso, já que o que arrecadará entrará em sua conta numa data próxima à realização do concurso, que precisa ser organizado antes). Contudo, o concurso teve mais inscrições do que o previsto e o Governo precisou contrair dívidas para acomodar os candidatos extras, fazer mais provas, contratar mais pessoas para aplicação das provas. Pois bem, NO EXERCÍCIO SEGUINTE, ONDE NÃO HAVIA MAIS A PREVISÃO DESSE CONCURSO E NEM DAS DÍVIDAS QUE VIERAM DO CRESCIMENTO INESPERADO DE CANDIDATOS, O GOVERNO PODERÁ QUITAR AS DÍVIDAS ORIUNDAS DO NÚMERO INESPERADO DE CANDIDATOS USANDO OS RECURSOS EXTRAS, QUE FORAM ARRECADADOS COM AS INSCRIÇÕES EXCEDENTES NO CONCURSO. PARA FAZÊ-LO, LANÇARÁ MÃO DE CRÉDITOS SUPLEMENTARES, QUE EXPLICARÃO A ORIGEM E UTILIZAÇÃO DESSES RECURSOS. Em nenhum dessas etapas, o Governo mexerá no Orçamento atual, já que nem a receita extra, nem a despesa antiga que ele quita, pertencem a esse Orçamento. Aliás, sobre a única justificativa orçamentária prevista na Lei de Impeachment, muito bem já falou neste blog o jurista Dalmo Dallari(que entende muito de Direito e nada de política e História). Essa única justificativa orçamentária para o impeachment, admitida pela Lei que regula-o, seria a CRIAÇÃO DE NOVA DESPESA. PORÉM, CRÉDITO SUPLEMENTAR JAMAIS VISA A CRIAÇÃO DE UMA NOVA DESPESA, MAS SIM A QUITAÇÃO DE UMA DESPESA EXTRA(IMPREVISTA), CUJA OCORRÊNCIA NÃO SE DEU PELA VONTADE DO ADMINISTRADOR PÚBLICO, COMO NO EXEMPLO CITADO DO CONCURSO(DILMA NÃO PODERIA COLOCAR PESSOAS NA PORTA DOS LOCAIS DE INSCRIÇÃO, OU NA INTERNET, IMPEDINDO MAIS INSCRIÇÕES. SERIA INCONSTITUCIONAL) OU, EM MAIS UM EXEMPLO QUE JUSTIFICA A EDIÇÃO DE CRÉDITOS SUPLEMENTARES, NA OCORRÊNCIA DE CALAMIDADES PÚBLICAS. A obviedade do golpe é gritante, mas nada disso adiantará. Dilma será cassada, sofrerá um golpe da força(que não quer nem saber da razão. Lembra-se do conto de Andersen, sobre o cordeiro e o lobo?), que só seria evitado se este país fervesse, o que infelizmente não ocorrerá, pois o lombo da escravidão continua nas mentes de nosso povo submisso. Só peço mais uma vez que textos como este sejam enviados ao mundo, para que todos saibam do que ocorrerá neste país e mais, saibam que todo esse golpe faz parte de uma grande articulação do EUA(que ocorre em toda a América Latina e é muito bem denunciada pelo Prof. Moniz Bandeira, especialista que conhece profundamente os ianques), junto com as classe dominante brasileira, para retornar no o Brasil à sua condição de colônia, capacho dos ianques, condição que só pode persistir se “sustentada” por uma Sociedade excludente.

  5. “Se o processo contra Dilma se amparou em “pedaladas” (ou atraso no repasse de recursos para bancos públicos pagarem programas sociais) e em autorização de créditos suplementares sem aval do Congresso, como pode seguir em frente se, agora, há prova de que ao menos uma das acusações é comprovadamente falsa?”

    1) acho q vc confundiu as coisas na vontade de defender Dilma… A perícia COMPROVOU a operação de crédito decorrente das “pedaladas”. O q a perícia diz, é o q já era sabido: não há assinatura de Dilma em nenhum ato ligado direta ou indiretamente às pedaladas. Isso está LOOOONGE de significar q Dilma seja inocente! Acreditar na inocência de Dilma é acreditar q ela não sabia q o seu governo ficou no “cheque especial” com bancos públicos (sim, plural: CEF, BB e BNDES) e q ela não foi a principal beneficiada pela “pedalada”, escondendo assim, a real situação econômica do seu governo!

    2) a perícia confirmou as irregularidades em 3 decretos de “crédito complementar” assinados por Dilma q não passaram pelo Congresso, o q é CRIME DE RESPONSABILIDADE!

    DIlma é a repsonsável pelas pedaladas, pelos decretos, por uso de dinheiro de propina nas campanhas de 2010 e 2014, por acobertar esquema de corrupção e outras coisas mais!

    Tirar Dilma da Presidência, é apenas fazer justiça…

    PS: Se Dilma não fosse impeachmada (já foi), ela seria cassada pelo TSE!

    • Esse argumento seu é o mesmo que querer condenar os fabricantes de armas pelas mortes causadas pelas armas fabricadas por eles. Afinal, nenhuma fabricante de armas as produz como brinquedos. Logo, eles sabem que armas matam e devem ser responsabilizados pelas mortes.

      • Hummm

        Comparação infeliz!

        Mas vai tentando aí… Quem sabe, um dia, né?

        Pra ficar barato, vamos fazer assim:

        Dilma é “”” inocente “”” do crime (confirmado pela perícia) das pedaladas…

        Mas é culpada do crime (tb confirmado pela perícia) dos decretos de crédito suplementar!

        Impeachment nela!

        rsrs

  6. VOLTA DILMA QUERIDA.
    MAS VOLTA DEPOIS DAS OLIMPIADAS
    DESCANSA E CURTE.
    DEPOIS, SÓ DEPOIS VOLTA
    ATÉ LÁ ELES SE APUNHALAM SOZINHOS.

  7. Carlos você é idiota ou se faz de imbecil.
    Ninguém no mundo pode ser responsabilizado
    por um crime que não cometeu.
    O relatório é claro: não há pedaladas.
    Há GOLPE!

    • A única coisa “clara” é q vc não leu o relatório…

      Ou então não consegue entender o q lê!

      A perícia CONFIRMOU as pedaladas e o carater de “operação de crédito” delas!

      CRIME!

      A perícia só disse o q já era sabido:

      Não tem assinatura da Dilma…

      Traduzir isso para “não há crime” ou “não houve pedaladas” ou “Dilma é inocente”, é interpretação de quem quer, deliberadamente, distorcer os fatos!

      • Coitado do seletivo eleitor do senador Playboy do Leblon. Ele quer provar o improvável. Isto só pode sair mesmo da cabeça de um coxinha (trouxinha).

  8. Eduardo, texto impecável, como sempre!
    Mas a imagem, apesar de ilustrar perfeitamente… é um desrespeito à nossa Presidenta! Troque-a, por favor!
    Abraços gerais,
    Amanda

  9. Edu, estou um tanto afastado destas desavenças políticas. Agora estou retornando prá fazer mais uma voz contra o Golpe.
    Entretanto, nas pesquisas dentro dos links na coluna da direita (epa!) do seu blog, o do brasil247 está com problemas. Esclareça-me se a prisão do Leonardo Attuch tem a ver com isso ou é só problema de bug na web.

  10. Para intimidá-la por atuar ativamente contra o golpe, a Senadora Gleisi Hoffamann sofre truculenta invasão de sua casa:

    https://youtu.be/hc9_PE6A76A

    • Que absurdo, Dudu, que perseguição. O maridinho dela só tava levando uns 7 milhõezinhos das propinas do crédito consignado. Que mixaria! Dinheiro de pinga!

      • O marido dela foi preso temporariamente sem provas e sem necessidade. Vcs da direita são mal intencionados mesmo. Um juiz que é aluno de Janaína Paschoal foi quem determinou a prisão. Muito suspeito isto.

        Celso de Mello criticou a prisão, muitos juristas criticam estas prisões.

        Engraçado que nada disto ocorre com os tucanos, pois os tucanos sempre estão protegidos disto pela mídia, pelo MP, pela PF. Delações contra tucanos são escondidas. Contra PMDBistas também, só quando não da mais para esconder, ou quando aparece por acaso.

    • Dizem até q, nesse plano de tentar intimidar a Sen. Narizinho, chegaram a obrigar o Paulo Bernardo a roubar R$ 100 Milhões das operações de crédito consignado!

      Olha só até onde chegam esses golpistas!

  11. Deixe de ser palpiteiro jurídico.
    Vá ao art, 167, iv, da constituição e reescreva o artigo.

    Ps dilma atrasou o pagamento do plano safra para poder usar o dinheiro em suas presepadas. Ou seja, o bb pagou conta do governo. Leia o art. 36 da LRF. Por uma questão técnica não apareceu sua assinatura, só isso. Ou não era a gerenta que mandava no governo?

    Ps queria ver sua cara quando sair a delação de um tal de feira.

    Ps se tiver um video de petista saindo com dinheiro na cueca de dentro da casa da moeda, você ainda faz um texto o defendendo?

  12. É fato incontestável que o impeachment de Dilma é completamente ilegal, conforme bem demonstrado pelo Eduardo, já que o processo não preenche os requisitos constitucionais por não haver demonstrado a existência de crime de responsabilidade, já que a bobajada das “pedaladas” não passa de um mero pretexto absurdo. Porém, inacreditavelmente há gente que acha aceitável que a ilegalidade do processo é um mero detalhe e que seria correto passar por cima disso por conta da necessidade de remover um governo corrupto, o que seria um “bem maior” que legitimaria o processo. E aí eu acho importantíssimo recuperar um pouco a história do discurso moralista de combate à corrupção ao longo da história política do Brasil. Vou voltar apenas até o período do golpe militar, pois basta para compreender a questão.

    Jânio Quadros elegeu-se com um discurso despolitizado fortemente ancorado no moralismo e no discurso do combate à corrupção, simbolizado pelo jingle da vassourinha etc. Renunciou, houve uma tentativa de golpe – já tinha havido várias durante o governo de JK – ele assumiu, e aí os militares acabaram decidindo dar o golpe mesmo, sustentando-o em dois argumentos. O secundário era a “ameaça comunista”, uma grotesca mentira – Jango era tão comunista quanto eu sou um camelo, e a União Soviética tinha tanto interesse pelo Brasil quanto eu tenho pelos ensinamentos de Kim Kataguiri. O argumento principal mesmo, como se pode constatar facilmente pelos documentos da época, era (adivinhem só:) moralismo e necessidade de combate à corrupção. Esse argumento, ao contrário do perigo comunista, tinha a vantagem de ser verdadeiro, claro – todos os governos brasileiros sempre foram marcados por corrupção – a mentira era que os militares tinham o projeto de terminar com isso.

    Pois bem, o regime militar, imposto sob forte discurso moralista, foi marcado justamente por gigantescas obras suntuosas completamente inúteis – Transamazônica, Balbina, Paulipetro, entre outras maluquices – verdadeiros ralos de dinheiro público, que ia todo parar no bolso de políticos ligados ao regime e no bolso dos Generais sim senhor, claro que sim. Ora isso não é nenhuma surpresa: historicamente corrupção sempre piora em governos autoritários, pois o controle social não funciona – a imprensa é censurada, críticos são reprimidos – e o controle estatal também não funciona, sob rígido controle de um núcleo de poder muito centralizado.

    O excesso de corrupção desperdício de dinheiro e ineficiência da administração convenceram a elite plutocrática brasileira a afastar os generais e retomar o poder para os civis. O resultado desse movimento foi, adivinhem, o governo Sarney, marcado por incrível grau de corrupção e esculhambação. Aproveitando-se desse momento, surgiu um novo ícone do discurso moralista e da repressão à corrupção no Brasil, camarada chamado… Fernando Collor de Mello. Que foi logo depois derrubado por ter recebido propina.

    Vácuo de poder, descrença da população, e aproveitando-se de mais esse momento de desmoralização da classe política chega ao poder mais um ícone da seriedade e transparência na atuação pública, PSDB, cujo governo foi caracterizado pelo maior caso de corrupção da história do país, que foi a compra da emenda da reeleição feita para Fernando Henrique Cardoso. Sem falar no fato de que o sistema judiciário foi cúmplice o tempo todo da corrupção descarada desse partido especialmente podre, em particular o Ministério “Público” (PSDB-SP) que varreu para baixo do tapete todos os inúmeros casos de esculhambação com dinheiro público que vieram à tona no governo FHC.

    Povo cansado de corrupção e da parcialidade da justiça brasileira, e eis que surge um novo paladino da moralidade, PT, que faz mais um governo marcado por mensalões e petrolões e sei mais lá o quê. Cujo governo acaba de ser derrubado em nome da moralidade e honestidade para formar um governo encabeçado por um notório bandido, cuja eminência parda é Eduardo Cunha, e em que todos os ministros – todos mesmo – são conhecidos picaretas, a maioria com imensas folhas corridas. Certamente é o governo mais corrupto que temos desde a redemocratização.

    Muito bem, com essa pequena reconstituição histórica, acho que é hora de colocarmos a cabeça no lugar um pouquinho e pensarmos que lições temos a aprender com esse lamaçal todo.

    A primeira é que, historicamente, o discurso moralista está associado, no Brasil, aos corruptos e à corrupção. Os exemplos históricos são absolutamente constantes e claros em demonstrar que aqui isso só serve para derrubar um governo e substituí-lo por outro muito mais corrupto ainda. Se você está embarcando nisso, ligue um pouco o cérebro e pense com sua cabeça, estude nossa história, e pare de servir como massa de manobra para interesses nefastos.

    No século XXI, perder tempo fazendo grandes discursos moralistas vazios por mais de dez horas para dizer que “corrupção é feio” (o maior símbolo disso é o juiz Bostalhão Sr. José Celso de Mello Filho, que literalmente gastou mais de dez horas do plenário do STF durante o julgamento do Mensalão para dizer essas merdas, esgotando minha paciência para sempre) é a maior estupidez do mundo. Até uma criança retardada de três anos de idade sabe que corrupção é errado, sujo, o cacete; é uma obviedade. Usar isso como pilar de “pensamento político” tem um nome, Picaretagem.

    “A solução para a corrupção é botar os corruptos na cadeia”. Não, sua mula ignorante! Se o político foi para a cadeia por corrupção, ó minha anta, é porque o dinheiro já foi desviado. Ou seja, isso não teve efeito absolutamente nenhum em impedir que a corrupção acontecesse. Político corrupto tem que ir para a cadeia, é claro, por um outro motivo: a ausência da punição serve como estímulo para a prática da corrupção, pois os caras percebem que o sistema repressivo não funciona. Assim, a punição, embora não resolva porra nenhuma, é sim necessária para evitar que as coisas piorem depois. Quem conhece a área um pouquinho sabe que falhamos muito nisso no nosso país.

    Se alguém teve paciência de chegar até aqui, vamos procurar entender uma coisa: o enfoque do problema precisa mudar. O foco moral, esse negócio tosco de moralismo, é um completo fracasso. Isso só serviu para produzir corrupção, e o impeachment ilegal de Dilma para trocá-la por Temer é a melhor demonstração disso na história.

    Corrupção é um problema estratégico, o grande atraso que isso causa é a ineficiência do estado. O Brasil é um país cheio de problemas, e para solucioná-los é preciso que o dinheiro público chegue aos locais onde ele é necessário para realizar as transformações de que o país precisa. Corrupção faz com que o dinheiro se perca no meio do caminhos pelos ralos da vida, e aí as transformações não ocorrem e os problemas, principalmente sociais, persistem. O enfoque necessário para enfrentar a corrupção é o enfoque estratégico, está em identificar as vulnerabilidades existentes na administração brasileira e eliminá-las, prevenindo que os desvios ocorram, e não correndo atrás de prender político depois que os recursos já se perderam.

    De forma bem rápida, que o comentário já está longo e no fundo eu sei que ninguém lê. As seguintes quatro medidas seriam bilhões de vezes mais eficientes em combater corrupção do que Lava Jato ou impeachment para botar governo corrupto no poder:

    1- Fim do loteamento da administração, em todas as três esferas, através de corte (progressivo, porém radical) dos cargos comissionados e funções de confiança. A administração precisa ser profissional, não ocupada por cupinchas de políticos. Menos poder para políticos e mais poder para a sociedade.

    2- Reconstruir o modelo de administração excessivamente descentralizada, que criou enormes ralos de dinheiro público em lugares onde não há condições de controle. Lugar civilizado nenhum do mundo tem governo com três esferas resultando em prefeitura de cidade com 5 mil habitantes tendo autonomia administrativa e fiscalizatória.

    3- Corrigir os defeitos da lei de licitações e enrijecê-la. A lei 8666 foi disparado o maior avanço no combate à corrupção desde a constituição de 88, tanto é que os políticos a odeiam. É o caminho inverso ao seguido no período PSDB-PT, que a flexibilizaram para ajudar na roubalheira.

    4- Resolver a bizarra ineficiência do sistema judicial criminal brasileiro. Todo mundo no país sabe que rico não vai pra cadeia no Brasil por crime do colarinho branco.

    Daí se conclui que, muito mais que reforma política, o enfrentamento do problema da corrupção requer outras duas reformas: administrativa e processual.

    E se alguém ainda não acordou: PMDB, PSDB e PT – os três principais partidos políticos brasileiros criados após a redemocratização – já tiveram a oportunidade de ocupar o poder e fizeram administrações marcadas por corrupção. Deveria ser indício suficiente de que o problema não depende de quem está no poder, mas das condições institucionais sob as quais será exercido o poder.

    Dito tudo isso, é claro que o governo legítimo da presidente honesta eleita pelo povo é milhões de vezes preferível ao governo ilegítimo e golpista ocupado pela quadrilha do setor mais podre da política brasileira, tanto pelo aspecto da corrupção quanto pelo aspecto do programa de governo.

    Ninguém lê, mas é importante botar no papel e organizar as ideias.

  13. Xiii olha ai, segundo alguns a prisão do Lula estaria próxima.
    Com isso o Ciro Gomes ja tem um plano de “sequestrar” o Lula e leva-lo para uma embaixada:

    http://oglobo.globo.com/brasil/ciro-sugere-sequestrar-lula-ate-uma-embaixada-se-prisao-for-decretada-19596097

  14. A maior crise da história proporcionada pelo governo Dilma terá outro efeito que é considerado bom para os “neoliberais” mas nefasto para os “esquerdistas estadistas”: vai acelerar a “Privataria”…

    Tá todo mundo na pindaíba. Então vamos vender tudo!

    http://oglobo.globo.com/economia/ao-menos-cinco-governos-estudam-vender-estatais-com-apoio-do-bndes-19596444

    • Vão vender como fizeram com a privatização da Vale do Rio Doce , que foi vendida por 3bi e hoje deve ao governo federal 30bi só de sonegação de impostos, ou, O Banerj que . foi vendido ao Itaú ( que já escolheu o BB para comprar, na privatização futura) por 330 milhões, mas antes Marcelo Alencar demitiu 6200 funcionários. Gastou, para deixar no ponto para o Itaú, 3bilhões e 300 milhões no pagamento de indenizações, aposentadoria, etc. Essas privatizações foram feita por empréstimos do governo federal e cuja fatura estamos pagando, eu, você e todos os brasileiros. A história está se repetindo, hoje, como farsa. Se você for amigo do rei, meus parabens, a possibilidade de tirar uma lasca é grande desse butim.

      • A Petrobras está quebrada devendo mais de 500 Bi. A maior dívida de uma empresa no mundo.
        Conforme dados da Lava Jato, os “Amigos do Rei” dos últimos 13 anos levaram muita grana dela…

        Aliás, os “Amigos do Rei” dos últimos 13 anos levaram muita grana de muitas outras estatais… Nem o crédito consignado escapou da “farra”.

        Os “Amigos do rei” dos últimos 13 anos deixaram a “privataria tucana” no chinelo…
        A “Herança Maldita” de Lula/Dilma deixou a “Herança Maldita” do FHC no chinelo…

  15. Caro Eduardo,

    O pior de tudo isso é que a classe política, bem como outros setores da sociedade brasileira, já estão empenhados e decididos a derrubar a presidente Dilma, e mesmo com todas essas evidências constatadas na perícia, não mudarão sua decisão de defenestrá-la do poder.

  16. Eles podem querer envenenar também o Cunha.

    Cunha é o cara que mais conhece a vida dos golpistas. Foi graças à desenvoltura com que o mesmo atuou, e com o apoio da mídia e de certos personagens sombrios do poder judiciário que o golpe prosperou. E os golpistas já se apresentam sem nenhuma máscara, eu diria até que com um certo orgulho . Do juiz Moro, passando pelo Janot, pela PF e por quase todos os juízes da suprema corte (com destaque para Gilmar Mendes e Teori Zavascki), todos eles deram uma inestimável parcela de colaboração para que o golpe ocorresse . Vocês acham que são três ou quatro senadores que vão mudar o resultado do jogo aos 43 minutos do segundo tempo?

    Minha última esperança de mais esclarecimentos é a delação premiada de Eduardo Cunha. O Cunha é um arquivo vivo importantíssimo e, como tal, é um perigo para muita gente. E a queima desse arquivo interessa a centenas, talvez milhares de pessoas, e pode ocorrer também por envenenamento. Se eu fosse o Cunha eu gravaria um longo depoimento e o colocaria em pen drives nas mãos de algumas pessoas de confiança (será que ele ainda dispõe de algumas?) para o caso de um “suicídio induzido”. Em adição, eu contrataria um “provador do rei” que experimentaria primeiro todos os alimentos que me oferecessem.

    Cunha, te cuida, malandro! Te envio esta mensagem porque continuamos sendo quase todos Cunha.

  17. Os petistas querem convencer a nação de que são corruptos pelo bem do país! De que o PT é o partido Robin Wood.

    Eugênio José Alati
    28/06/2016.

  18. Caro Eduardo.
    Creio que essa matéria será uma das mais acessadas e comentadas de seu blog.
    Isso, porque nesse exato instante os opositores de DILMA e seus mais fanáticos seguidores, do tipo Kataguiris e Revoltados, estão em polvorosas. A casa caiu, literalmente.
    Ontem vimos o Senador Lindberg arrasar com a possuída Janaína Paschoal e sua teoria da conspiração.
    Já se tem conhecimento de reuniões secretas entre Temer e seu amado Cunha.
    Da mesma forma, a globo faz trambiques para garantir sua sobrevivência, recebendo decreto de Temer para que a renovação de sua concessão não seja atingida.
    Enfim, os golpistas atacam de todos os lados, porque viram ruir seu castelo de areia chamado impeachment.
    Mas, deixando de lado fatos menores, caro Eduardo, creio ter chegado a hora de demonstrarmos força.
    E para isso, gostaria que o PT se reinventasse.
    Os três patetas que criaram essa farsa chamada impeachment, Miguel Reale, Janaina Paschoal e o Bicudo, devem ser processados criminalmente e materialmente pelos danos que causaram ao Brasil.
    Fica clara sua má intenção, e seu golpe sujo, que defenderam com unhas e dentes.
    Além deles, é claro, em uma escala maior, precisamos responsabilizar os mais de 300 amigos do Cunha que entraram nessa para defenderem sua própria pele.
    E por fim, meios de comunicação como a globo e seus asseclas, por terem fomentado o golpe com notícias mentirosas, calúnias de todos os tipos.
    Essa seria uma reação para evitarmos que, no futuro, pessoas mal intencionadas como as presentes, tentem novamente ferir nossa democracia.
    Se deixarmos os fatos passarem e serem interpretados apenas como u ma vitória da esquerda, continuaremos à mercê da globo, por exemplo.
    Chegou a hora definitiva de irmos às ruas.
    Expulsarmos esse traíra Temer do poder e mostrar-lhe o caminho do ostracismo.
    Que vá para Miami junto com seu amado Cunha, já que o Min Teori não quer prendê-lo.
    Chegou a hora da virada, mais cedo do que imaginávamos.
    Atentos aos próximos passos dos golpistas.
    Eles não se darão por vencidos.

  19. Bom, o que importa mesmo é que o impeachment sendo um processo essencialmente jurídico, e não tendo a presidente afastada mais as mínimas condições de governar dado o pouquíssimo apoio popular e político, podemos dizer que para ela e seus apoiadores “Inês é morta!”, ou seja, babau, perdeu, c’est fini!
    Resta a seus apoiadores o “jus sperniandis”, ou seja, o justo direito de espernear e ficar de mimimi, que praticamente TODOS os condenados exerce. São pouquíssimos aqueles que se resignam com a condenação. A menos que tenha feito delação premiada, o que não é o caso.
    Então, recomendo que agora os dilmistas, lulistas e petistas, comecem a fazer o que sempre fizeram bem: oposição. E tentem com isso se redimir dos erros absurdos cometidos pelos seus ídolos.

    • Querido, não é necessário fazer oposição, pois este governo começou podre e não vai durar. Os senhores deste golpe são outros, que logo darão as caras. O Temer vai aplicar as leis que os poderosos desejam e depois será afastado, gozando sua fortuna com Michelzinho 2milhões.

    • Qual dos ladrões em voga é o seu ídolo?

    • Você é um midiota.

      Do livro de Malba Tahan, O Homem que Calculava – “Medir é Comparar”.
      Compare o final do triste governo fhc e o final do Governo Dilma nos seguintes quesitos:

      1 – Índice de GINI
      2 – IDH
      3 – Reservas Cambiais
      4 – Mortalidade Infantil
      5 – PIB
      6 – Valor da Petrobrás
      7 – Produção de Petróleo
      8 – Salário mínimo em dólar

      Você vai ficar chocado de tão midiota que você é

  20. Primeiramente: FORA TEMER GOLPISTA, corrupto, traidor, aproveitador e quadrilha de ratos…
    Reduzi, quase a zero, os comentários que era tentada a fazer nos blogs que lia. Meu nível de paciência anda muito baixo e a tolerância também.
    Não tolero olhar as fotos do interino e esse cabeça raspada, advogado do PCC, essas ratazanas que os acompanham, essa turma do sinistro judiciário… Mostrar essas fotos é fazer propaganda desses canalhas, falem mal mas, falem de mim. O Altamiro Borges já entendeu isso.
    As traições contra a Dilma me chocam. Gostaria de dar um grande e carinhoso abraço nela. Imagino o que ela está passando, ainda bem que ela é forte, mas até quando? Ela cometeu erros mas, quem não os comete, eu sou uma. Não tem, no momento ninguém melhor do que ela para conduzir o Brasil, arrumar a bagunça, e ter a oportunidade de corrigir as falhas cometidas. Precisamos recuperar o Brasil.
    – É intolerável a prepotência, a incompetência, a canalhice desse juiz moro e o nível de idiotice dos que o exaltam. Ele é um inseguro, devido a sua incompetência e incerteza dos seus conhecimentos, um concurseiro irresponsável. Um golpista comprado pela globo. Um serviçal temporário. Igual ao JB…

    -Repasso três vídeos muito importantes para compreensão da importância da Petrobras e do Pré sal no Brasil e no mundo e para o desenvolvimento da indústria brasileira.
    https://youtu.be/1BaT4gmUu78
    https://youtu.be/MJxYckrABCI
    https://youtu.be/NhdrELyZEWQ

  21. É VERDADE QUE OS PETISTAS ROUBAVAM DOS RICOS E DAVAM PARA OS POBRES. É CLARO QUE SEMPRE FICARAM COM UM PERCENTUAL PARA DESPESAS PESSOAIS (CASAS, IATES, FERRARIS, SÍTIOS, APARTAMENTO NO GUARUJÁ…), AFINAL O QUE É JUSTO É JUSTO.

    Eugênio José Alati
    28/06/2016.

    NÃO CENSUREM, AFINAL O QUE É JUSTO É JUSTO.

    • Oi Eugênio
      Oh dó.
      O que sua família deve aguentar.
      Tadinhos deles.

      • A Dilma quer voltar à presidência pra quê? Ela não se responsabiliza por nada!

        Eugênio José Alati
        28/06/2016.
        NÃO CENSUREM PARA QUE OS PETISTAS SE CONSCIENTIZEM DAS SUAS CONTRADIÇÕES.

      • Nos blogs regressistas de direita do Salci-fufu ninguém da bola……só quer chamar atenção com suas maluquices….Eugênio Malandro rá! Comprou um saco de farinha pra fazer farofa.

    • Pois é, sr. Alati, o senhor vive replicando notícias contra o PT, mas aproveito a oportunidade para perguntar sobre o bloqueio de bens de Orestes Quercia após a sua morte. Li essa notícia um tempo atrás no PIG. Quantos milhões foram bloqueados? 400 milhões?

    • “NÃO CENSUREM, AFINAL O QUE É JUSTO É JUSTO.”

      Vejam como o Eduardo é caridoso para com essa pobre alma (um canalha e inseguro) ao publicar o seu comentário…

  22. Pois é, é como dizem há muito tempo: não há nada que justifique o impeachment de Dilma. É como a senadora Rose de Freitas do PMDB disse, na cara dura, que as tais pedaladas foram desculpas (deslavadas) para afastar Dilma. Pena que, só após o afastamento, muitas verdades estão vindo à tona, como o desmascaramento dos líderes dos movimentos contra Dilma, como o tal Renan dos Santos do MBL, as reais intenções do senador Romero Jucá e demais políticos do PMDB e PSDB, como o tal Sérgio Machado, ao verem no impeachment a saída para o estancamento da tal Lava Jato. E se a leviana Operação Custo Brasil tinha a intenção de atingir o PT deu um tiro no pé, pois muitos no Senado virão nessa Operação uma tentativa de desmoralizar a Casa. Até mesmo o senador do PSDB, sr. Cassio Cunha Lima criticou a forma truculenta como a PF “invadiu” a casa da senadora Gleisi Hoffman, conforme noticiou o blog brasil247. E li, acho que no blog DCM, que não foram só os senadores do PT que ficaram solidários à senadora Gleisi mas muitos da oposição. E, em resposta à réplica ao meu comentário no post anterior pelo sr. Carlos Soares, tenho a dizer que essa acusação contra os políticos do PT, sobre o envolvimento no desvio de R$ 100 milhões que deu origem a Operação Custo Brasil, até agora não foi provado. Em contrapartida, li no blog do Nassif sobre os negócios dessa empresa, a Consist, com os governos tucanos de SP. Diz o post que a “Consist atuou entre 1994 e 2012 em contratos diretos com órgãos ligados ao governo tucano de SP sem nenhuma licitação, obtendo um montante de mais de R$ 100 milhões de reais. Não seria o caso de investigar esses contratos, caro juiz Paulo Bueno de Azevedo? Vc não concorda, comentarista Carlos Soares? Ou será que a Consist só faz contratos abençoados com o PSDB e maracutaias com o PT?

  23. DEPOIS DE TANTA CORRUPÇÃO, UMA PESSOA QUE AINDA DEFENDE O PT NÃO É DIGNA DE SER CONSIDERADA UM SER RACIONAL, É UM ANIMAL NOCIVO AO PAÍS.

  24. Os funcionários públicos aposentados e necessitados é que financiaram a campanha de Gleisi ao Senado. “Que beleza”, como diria conhecido locutor esportivo. Um escárnio para com o povo brasileiro

  25. A reinvenção da História sempre foi uma das armas do Comunismo, sob a égide de uma moral própria distinta, segundo a ideologia, da moral burguesa que faz da verdade ou da mentira instrumentos de opressão. Em suma, para os comunistas a mentira, desde que favorável à causa, deve ser empregada, e a pecha de mentiroso deve ser transferida aos reacionários, segundo o ordenamento leninista: -“Xingue-os do que voce é, acuse-os do que voce faz”.

    Isso posto, reflete-se nesse post exatamente o que foi exposto acima, ou seja, diante de uma verdade inconteste, mas prejudicial às teses dos revoltosos, procura-se dar-lhe outra interpretação. A perícia requerida pela defesa da Dilma exarou, como esperado, que as pedaladas não só ocorreram, como foram acrescidas do outro crime, o dos decretos orçamentários sem aval do Congresso. Nesse espaço se reconhecia que o processo de impeachment era constitucionalmente legítimo mas, deflagrado sem existência de crime, seria golpe. Se houvesse um mínimo de humildade, ou de honestidade, a palavra “golpe” deveria ser excretada de uma vez por todas.

  26. Ai Dudu, essa os cumpanheros podem comemorar: o Janot quebrou o galho do Zé Repilo, grande herói do povo brasileiro e deu parecer favorável para livrar a cara dele no mensalão.
    Mas… Não se animem. Do Moro no Petrolão ele não vai escapar. Nem ele nem o Apedeuta.

    http://www.oantagonista.com/posts/dirceu-pode-se-livrar-do-mensalao/

    Dirceu Guerreiro do povo brasileiro!
    Dirceu Guerreiro do povo brasileiro!
    Dirceu Guerreiro do povo brasileiro!
    Dirceu Guerreiro do povo brasileiro!

  27. Pare de ficar lutando contra moinhos de vento! Dilma é passado, não irá voltar e está atrapalhando o desenvolvimento do Brasil.

  28. A Dilma quer voltar à presidência pra quê? Ela não se responsabiliza por nada!

    Eugênio José Alati
    28/06/2016.
    NÃO CENSUREM PARA QUE OS PETISTAS SE CONSCIENTIZEM DAS SUAS CONTRADIÇÕES.

  29. Votamos no Temer e temos q respeitar o seu governo, paciencia.

  30. Boa tarde Eduardo. Seria interessante para despoluir os comentários inúteis, como os do José que Só Late etc… deveriam ser excluí-los da página principal e para não dizer que eles não tem voz, poderiam ser colocados numa outra aba secundária tipo: opiniões inúteis. Daí qualquer um que queira praticar alguns minutos de masoquismo poderia acessar tais não inteligências. E assim ficaríamos só com as opiniões lógicas e fundamentadas dos colegas na página principal.

  31. Edu, com todo respeito que tenho pelo seu trabalho, eu gostaria que você desse uma olhada nesse vídeo com Paulo Henrique Amorim. Eu concordo com ele 100%: a aprovação do impeachment da Dilma pela segunda vez no senado não terá nada a ver com pedaladas fiscais. Será simplesmente a consolidação do golpe. E os golpistas estão se lixando para explicações lógicas, para a constituição.

    O vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=81B9nVGJrcE

  32. Requião tem razão

    Requião: só com eleição Dilma dobra o Senado!
    Sobre a Janaina: mal feito e mal pago!

    Publicado 28/06/2016

    Com o reforço da pericia do Senado, que não achou pedalada nenhuma, o senador Roberto Requião acusa a “assessoria” da Dilma – deve se referir ao zé Cardozo – de levá-la à indecisão:

    Dilma só barra golpe no Senado com plebiscito, alerta Requião
    O senador Roberto Requião (PMDB-PR) alertou nesta terça-feira (28) que o golpe no Senado só será barrado com a convocação de um plebiscito para antecipar a eleição presidencial.

    O parlamentar mostrou-se irritado com a indecisão dos assessores da presidente eleita Dilma Rousseff, que, segundo ele, não toma posição.

    “Dilma vacila na posição que deve tomar. Mal assessorada?”, questionou o senador, que avalia impossível barrar o golpe sem a proposta de plebiscito e sinalização com mudanças na economia.

    “É preciso entender que não se trata de questão jurídica, mas de rejeição econômica, política e pessoal”, opinou Requião.

    O senador do PMDB aproveitou para dar uma sabugada na advogada Janaina Paschoal. Segundo ele, o impeachment encomendado a ela, por R$ 45 mil, “tinha que ser muito ruim” por que foi “mal feito e mal pago”. Requião se referiu ao parecer da perícia do Senado que rejeitou a tese de “pedalada fiscal” — único argumento para afastar a presidente Dilma.

  33. Boa tarde Edu!!!

    Primeiramente fora Temer! Traidor!!!!

    Está comprovado que foi golpe, e muita gente (os mais pobres) estão reprovando o governo do mordomo das trevas!!!

    Um abraço!!

  34. O que me deixa triste é que ouvi muitos dizerem que os golpistas não governariam na “paz dos cemitérios”, mas é o que está ocorrendo, não vejo luta por parte dos trabalhadores, dos movimentos sociais contra o Michel . Eles estão fazendo o que querem é mais vira pó aí.

  35. Estamos em 28 de junho.
    quando é que o mordomo vice vai mandar para as ruas do RJ aqueles oito ou dez mil homens de farda verde oliva que ali estiveram na Copa?
    Depois de cobrir de vergonha nosso pais ha algumas semanas, está esperando o que?
    Entre atletas do exterior, alguns chegando, quer a noticia de algum desavisado a ser morto nas ruas? Por falta de dinheiro? ´pois retire algum pouco dos 54 bi por tres anos que distribuiu ao judiciario na calada da noite.

  36. Eles estão a meu ver é se sentindo seguros, paulo rodrigues.
    Nao disfarçam encontros semi-públicos na calada da noite entre delinquentes.
    Não disfarçam açoes do min da justiça, nem do PGR, nem do inefável Padilha, nem a volta de Jucá, nem canetadas plimplim.O que fazer? estamos fazendo nossa parte: ‘esquecendo’ em locais públicos, e até onibus, folhas digiscritas em meia pagina A4 de forma mais didática que podemos aquilo que a midia não fala.

  37. Alguém, bem midiotizado, resolveu fazer um comentário USANDO meu nome:
    Dilma Coelho — 28/06/2016 • 15:53 — Votamos no Temer e temos q respeitar o seu governo, paciencia.
    Só um bobalhão, bem imbecilizado teria trabalho de fazer isso. Um panaca desse que vem aqui arrumar o que fazer.

    FORA TEMER GOLPISTA corrupto, traidor, aproveitador e quadrilha de ratos…
    Fracassado o golpe no Senado, Michel Temer será preso ou anistiado?
    Temer não é presidente! Está VICE – presidente interino!
    CUNHA JÁ ERA, TEMER AGONIZA, DILMA RENASCE.
    VOLTA LOGO QUERIDA.

  38. ENQUANTO ISSO, ALI NA REPUBLIQUETA PARANAENSE DAS BANANAS, PRESIDIDA PELO DOUTOR MORO,
    OS MAIORES BANDIDOS DO PAÍS RIEM DAS CARAS DE IDIOTAS DE TODOS BRASILEIROS HONESTOS:
    E então o doutor MORO inventou uma nova forma de fazer o CRIME COMPENSAR.
    Parabéns doutor Moro, ao invés de combater bandidos, o sr. criou um novo método de criar novos bandidos que serão sempre ricos e impunes. PENSE, RACIOCINE SOBRE ESSE ASSUNTO.
    “MAL USADA, DELAÇÃO PREMIADA VIROU INCENTIVO AO CRIME DE CORRUPÇÃO”
    “Estratégia tornou-se um “plano B” de aposentadoria dos sonhos de um criminoso do colarinho branco sem escrúpulos. Se for pego, pode perder parte do que roubou, mas ficará “preso” em sua mansão”.
    Há algo de disfuncional na Justiça brasileira quando oscila entre dois extremos no trato dos crimes de corrupção. De um lado o engavetamento – omitindo-se de investigar – e do outro, a banalização da prisão preventiva seguida de delação premiada como atalho para as investigações. LEIA MAIS CLICANDO NO LINK: http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2016/06/mal-usada-delacao-premiada-incentiva-o-crime-de-corrupcao-3914.html

  39. :
    : * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando: A grande mídia (mérdia) é composta por sabujos sujos a serviço dos ianque$ e do $ionismo de capital especulativo internacional e outras máfias (como a ma$$onaria) dos canalhas direitistas…
    .:.
    * 1 * 2 * 13 * 4
    *************
    .:.
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *
    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) !!!! Lula 2018 neles !!!!
    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  40. “Polícia” do Haddad mata menino de 11 anos…

    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2016/06/1786717-gcm-descumpriu-decreto-ao-escalar-equipe-que-matou-garoto-de-11-anos.shtml

    “Ouve-se” apenas o silencio nos blogs de esquerda…
    Ah se o prefeito fosse o Serra, outro tucano ou um “demo”! Estaria uma gritaria incessante!
    Estou certo ou estou errado?

  41. ( Bem que o Moro poderia investigar esses ex-policiais de São Paulo que, de repente, viraram empresários. – http://www.conversaafiada.com.br/politica/achamos-o-lima-sera-o-da-propina-do-temer )
    ( O truque da “Boca Livre”: não haverá CPI da Rouanet porque a Globo fatura com a lei. – http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-truque-da-boca-livre-nao-havera-cpi-da-rouanet-porque-a-globo-fatura-com-a-lei-por-kiko-nogueira/ )
    ( Os posts indignados contra Lula, Dilma e Haddad de um dos investigados no escândalo da Rouanet – http://www.revistaforum.com.br/2016/06/28/os-posts-indignados-contra-lula-dilma-e-haddad-de-um-dos-presos-no-escandalo-da-rouanet/ )
    ( ELIO GASPARI APONTA: DILMA É VÍTIMA DE UM GOLPE – HÁ GOLPE : http://www1.folha.uol.com.br/colunas/eliogaspari/2016/06/1786670-ha-golpe.shtml )

  42. É verdade isso??? “O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto pediu à Andrade Gutierrez o pagamento de uma dívida de 30 milhões de reais da campanha do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT). O valor teria sido cobrado também de mais cinco construtoras, revelou Flávio Gomes Machado Filho, ex-diretor da empreiteira, em delação premiada na Operação Lava Jato. “Em 2013, o PT, por meio de João Vaccari Neto, tesoureiro do partido, solicitou à Andrade Gutierrez o pagamento de uma dívida do partido referente à campanha de Haddad à Prefeitura de São Paulo”, afirmou Machado Filho, em depoimento no dia 25 de fevereiro, na Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília.

    “A dívida era de 30 milhões de reais. Também houve a solicitação do pagamento a outras cinco empresas, de modo que ficariam 5 milhões de reais para pagamento pela Andrade Gutierrez.” Vaccari está preso. Dono da UTC Engenharia, Ricardo Pessoa – primeiro grande empreiteiro a fazer delação premiada – já confessara, no ano passado, que chegou a pagar uma despesa de 2,4 milhões de reais da campanha do petista.”

  43. VIROU ZONA!

    MP manda avisar que “não quer” delação de Cunha. “Seriam peixinhos”…E os tubarões?

    Por Fernando Brito · 29/06/2016 no Tijolaço

    pesca

    “Fontes” do Ministério Público mandam dizer, pela coluna do Lauro Jardim em O Globo que não está interessado numa eventual delação premiada de Eduardo Cunha.
    “De que adianta ele delatar 80 deputados do baixo clero?”, teriam dito.

    Estranha lógica a dos “fiscais da lei”: “só” oitenta cidadãos que têm o direito de decidir, com seu voto, como serão as leis do país, os direitos do povo e o destino dos dinheiros públicos?
    Ou será que suas excelências se preocupam que Cunha, delatando, fale dos peixes grandes com os quais conversava como chefe do cardume?

    Porque naquele pantanal, só ele tinha tamanho para negociar com os tubarões e até com as aves de bico grande, tucanos ou até um jaburu. Poder-se-ia pensar numa ave assim, pois não?
    A outra explicação é igualmente pífia.

    “A Lava-Jato precisaria de um troféu. Livrar todo mundo da prisão, via delação, não seria didático. E Cunha não podia ser um troféu mais reluzente”.
    Quer dizer que, confessadamente, a delação livra da prisão quem interessa e convém? Cadê a história de que ela se justifica pelo alcance das informações que pode trazer?

    Ainda que fossem “só oitenta deputados” – e portanto, outros tantos corruptores e não se sabe mais quantos cúmplices, como era o agora delator Fábio Cleto – será que “não vem ao caso”?
    Desde quando a delação precisa implicar na liberdade de Cunha? O MP já provou, com casos como o de Paulo Roberto Costa, que não tem vergonha em colocar o perdão dos membros da família envolvidos nas falcatruas e Cunha está numa evidente situação assim.

    Por mais odioso e nojento que tenha sido o gasto com luxos do dinheiro pela família Cunha, é obvio que as “usufrutárias” daquelas despesas, sem a gazua do deputado, não oferecem periculosidade.
    O nosso MP resolveu ter crise de consciência logo com Cunha?

    Ou está interessado em mandar recados a quem interessar possa que o silêncio de Cunha está garantido?

  44. Espera-se que Lewandowski tenha serenidade para derrubar toda esse estratagema desses farsantes a começar por Renan Calheiros e o cínico relator do golpeachment, de Minas Gerais, Anastasia.

  45. O PT é assim MESMO! VEJA. Eis:

    O PT não aceita de FORMA ALGUMA mudanças, seja de qual espectro político vier, são autoritários e tem eterna fome de poder. Além de odiar Dra. Janaína Paschoal devido a inteligência e coragem indubitável. Por outro lado infiltram por todo lado, de maneira suave e despistada para parecerem espontâneos (mas dá para descobrir: só utilizam de frases-prontas, clichês bolorentos e em mal português, como: «não vai ter golpe”, frases estereotipadas)

    Não se precisa ser sociólogo e nem ter mestrado na USP ou na Sorbonne para se saber que os fenômenos políticos e sociais não surgem da noite para o dia; tanto eles se engendram, crescem e explodem, como podem se desfazer. Não se pode também engarrafar ou conter ou congelar comportamentos sociais. São movimentos vivos que podem dar a impressão de uma certa volubilidade –o povo coroa mas pode destronar seus reis.

    Mia, bebe leite, tudo indica que é um gato; mas o PT afirma: é um CÃO.

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.