MP e PF despontam como vítimas do golpe que ajudaram a dar

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

golpe

 

Entrevista que o novo ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, concedeu à Folha de São Paulo nesta segunda-feira 16, causaria um escândalo de proporções épicas se o grupo que tomou o poder não estivesse mancomunado com os grandes grupos de mídia.

A entrevista fala mais sobre o que vai ser o “governo” Temer – ao menos enquanto durar – do que qualquer coisa que os golpistas haviam dito até então.

Além das ameaças a movimentos sociais, o sujeito deixou escapar como os golpistas planejam parar a Lava Jato. E tentarão fazê-lo pelo simples e singelo fato de que a investigação fatalmente acabará chegando não só aos vários ministros do regime de facto que estão na sua mira, mas ao titular desse regime.

Para entender a enormidade dita por ninguém mais, ninguém menos do que o MINISTRO DA JUSTIÇA, vejamos trecho de sua entrevista em que ele anuncia que o “governo” Temer planeja desmontar estrutura montada pelos governos do PT que permitiu que o governo Dilma fosse amplamente investigado e, por fim, destituído.

golpe 1

 

 

FOLHA DE SÃO PAULO – Os governos do PT criaram a tradição de indicar para a Procuradoria-Geral da República o integrante da carreira mais votado numa lista tríplice. Vocês vão manter essa regra?

MINISTRO DA JUSTIÇA – O [procurador-geral da República Rodrigo] Janot foi nomeado há seis meses, ainda tem mais de um ano no cargo [até setembro de 2017]. Por isso eu nunca conversei com o presidente Temer sobre o tema. Mas o meu posicionamento é o de que devemos cumprir a Constituição.

FOLHA DE SÃO PAULO – Que não prevê eleição para a formação de uma lista tríplice de candidatos à chefia da Procuradoria.

ALEXANDRE DE MORAES – Não prevê. Prevê que o presidente da República escolha um integrante da carreira para um mandato de dois anos.

FOLHA DE SÃO PAULO – Mas nomear o mais votado pela categoria acabou sendo um hábito que virou regra.

ALEXANDRE DE MORAES – O que garante a autonomia do MP, e isso foi muito discutido na Constituinte, não é só a forma de escolha –até 1988, o presidente poderia indicar alguém de fora da carreira do MP para o cargo, agora tem que ser alguém de dentro dela. Mas o que garante a autonomia é a forma de destituição do procurador-geral. Ele tem hoje um mandato de dois anos. E só pode ser destituído se o presidente da República pedir e o Senado aprovar por maioria absoluta.

Portanto, o presidente da República tem essa liberdade constitucional [de indicar o procurador-geral que não foi eleito pela categoria] dentro desses requisitos. Não é algo arbitrário. É uma questão de freios e contrapesos. O poder de um Ministério Público é muito grande, mas nenhum poder pode ser absoluto.

FOLHA DE SÃO PAULO – A Polícia Federal também quer indicar o seu diretor-geral por lista tríplice e reivindica autonomia financeira e orçamentária.

ALEXANDRE DE MORAES – Cada agente de investigação, cada delegado, tem que ter total autonomia para investigar, não pode sofrer pressões. Agora, a polícia faz parte da estrutura do Executivo. Se cada órgão se transformar num novo poder, vamos ter uma estrutura anárquica.

A polícia tem um poder importante e muito grande. A Constituição determina que quem escolhe [o diretor-geral] é o chefe do Executivo.

Mais claro impossível. Aliás, está tudo correndo dentro do que foi previsto. Claro que escancarar assim planos de enterrar o combate a corrupção viabilizado pelos governos do PT ao ter dado liberdade ao Ministério Público e à Polícia Federal, surpreende um pouco.

As declarações do “ministro da Justiça” sobre os planos dos golpistas para parar a Lava Jato e impedir que o poder volte a ser investigado revela, também, confiança absoluta dos golpistas em que não serão incomodados pela imprensa durante o processo de desmonte da máquina fiscalizadora que permitiu que o PT fosse apeado do poder tão facilmente.

O que os golpistas anunciam já era sabido por Fernando Henrique Cardoso e seu engavetador-geral da República, Geraldo Brindeiro, que ficou durante oito anos no cargo e jamais permitiu que fosse aberta qualquer investigação contra o governo tucano.

A substituição de Rodrigo Janot, se Temer ficar no cargo, fatalmente colocará um empregadinho do “presidente” no lugar do atual procurador-geral da República. Assim como FHC colocou no cargo o primo do então vice-presidente, Marco Maciel, Temer tratará de colocar alguém que possa ser controlado para atacar os adversários do governo e proteger seus apaniguados.

No campo social, o desmonte das políticas públicas avançará a passos largos. E o governo colocou esse brucutu no Ministério da Justiça para promover a repressão contra movimentos que questionem esse desmonte.

Mas a grande ironia em tudo isso está no que Temer pretende fazer para interromper o forte combate à corrupção possibilitado pelos governos Lula e Dilma, com o princípio do “republicanismo”, ou seja, não usar o poder de aparelhar os órgãos de controle para evitar que sejam usados politicamente.

Essa, aliás, é uma questão que considero extremamente mal resolvida.

Fernando Henrique Cardoso conduziu um governo cujos processos por corrupção poderiam ter colocado seu titular na cadeia. A compra de votos para a reeleição ou a privataria poderiam ter colocado o tucano na cadeia e ele provavelmente estaria lá até hoje se não tivesse colocado um filiado ao PSDB no comando da Polícia Federal e o primo do seu vice na Procuradoria Geral da República.

Pergunta: é isso que Lula e Dilma deveriam ter feito?

Muitos dirão que sim, que no Brasil não tem jeito, que ém um país com tradição de golpes de Estado um presidente não pode dar mole para os adversários como fizeram Lula e Dilma.

Sim, de fato foi muita ingenuidade.  Aliás, Lula e Dilma terem dado liberdade ao MP e à PF, além de nomearem juízes isentos para o STF, revela que é mentira que tivessem alguma intenção criminosa – do contrário, nomeariam alguém como Gilmar Mendes para o STF, um engavetador para a PGR e um filiado ao PT para comandar a PF.

Se Lula e Dilma não tivessem sido tão ingênuos a ponto de colocar nos órgãos de controle pessoas que os dois presidentes não controlariam e nem tinham intenção de controlar, certamente não haveria donos de empreiteiras, banqueiros e políticos graúdos presos. Enfim, o país continuaria sendo roubado como sempre foi.

Os inimigos do republicanismo de Lula e Dilma dizem que de nada adiantou serem republicanos e agora o sucessor deles colocar marionetes na PF, no MPF e no STF, quando houver nomeações a fazer. Por isso, seria melhor Lula e Dilma terem colocado aliados nesses órgãos de controle.

Se tivessem feito isso, porém, esses órgãos não teriam prendido tantos corruptos e desmontado esquema de corrupção na Petrobrás que perdurava havia décadas incontáveis.

Ok, mas o republicanismo afastou quem garantia a liberdade das investigações, Dilma Rousseff, e colocou no lugar dela um sujeito que com certeza vai desmontar o aparato investigativo que hoje não se detém diante do nome e das vinculações políticas ou da classe social ou da etnia dos investigados.

Temer apressou-se em declarar que não é nada disso, que o seu ministro da Justiça “falou demais” etc., etc.

Engana-me que eu gosto. É óbvio que Moraes “falou demais”. Explicitou os planos dos golpistas e a razão de terem aplicado tantos golpes para tomar o poder: parar investigações que atingiriam – ou atingirão – o próprio “presidente interino” e os comparsas que nomeou “ministros”.

É óbvio, porém, que era cedo demais para o ministro falastrão entregar o jogo. Isso mostra o nível de pessoa que os golpistas colocaram, simplesmente, no MINISTÉRIO DA JUSTIÇA(!!?).

O mais irônico em tudo isso é que quem deu poder àqueles que tratarão de desmontar o Ministério Público e a Polícia Federal foram essas instituições, através das pessoas que figuram na imagem no alto da página.

Procuradores e promotores do MP, delegados da PF, o próprio procurador-geral da República, inclusive, ajudaram a derrubar a governante honesta que deu condições para que a corrupção fosse combatida e colocaram bandidos no lugar dela, que tratarão de derrubar policiais e membros do MP que queiram continuar combatendo a corrupção independentemente de quem está no poder.

Seria “justiça poética” se esse desmonte da máquina de combate à corrupção construída pelo PT não fosse ruim para todos nós. A corrupção sem pudor vai voltar com tudo e o país regredirá décadas social e institucionalmente.

A menos que medidas drásticas sejam tomadas, vão transformar o Brasil em uma fazendona controlada por um bando de coronéis ladrões, autoritários, ignorantes e depravados. Esse “ministro da justiça” é amostra pronta e acabada do tipo de gente que hoje governa o Brasil.

Tags: , , , , ,

87 Comentário

  1. A doença infantil do republicanismo, que aliás não existe em nenhum país desenvolvido, em todos eles o governo eleito escolhe nomes de confiança do partido e afinado com sua ideologia, não garante que haja liberdade de investigação, independência da pgr ou do judiciário. Está visto o que aconteceu com a lava-jato e os promotores aecistas, com os delegados tucanos e os golpistas do supremo. O que aconteceu e está acontecendo no Brasil é exatamente a antítese do republicanismo: o uso indevido deste conceito para aparelhar estas instâncias justamente para derrubar o governo. O republicanismo foi um cavalo de Tróia visando a derrubada do governo e a extinção do pt (e possivelmente a prisão do Lula). Mas não adianta explicar isto para o pt, Lula e Dilma; eles não vão entender. Por falta de espaço (sempre achei que comentários em blogs não devem ser longos porque ninguém lê), sugiro que se conheça o sistema judiciário francês onde nem se ouve falar dele, mas funciona muito bem. Basta que se retire completamente deste sistema o seu caráter político. Judiciário não pode ser político porque é uma instância de estado e não de governo. Este discernimento na hora da escolha de membros do judiciário, procuradorias e polícia é que faz a diferença: agentes deste poder que não tenham comichões políticos e nem sejam mariposas em busca da luz dos spotlights da imprensa, mas que obedeçam ao governo eleito porque, como representantes que são do estado, devem respeitar constitucionalmente a escolha popular e as ideologias eleitas. Se um governo for mal, a democracia sabe como resolver.

    • Na eleição seguinte o povo vota de outro jeito e pronto. Lula e Dilma colocaram a corda no pescoço e os adversários não perdoaram.

      • Poderia ser devido tbm, Edu, ao fato de que no Brasil os funcionarios publicos que se vestem e conscientizam como ‘agentes puramente do Estado’ e nao de governos sao pouquissimas categorias. Me lembro agora somente dos diplomatas.
        Mas esse ai que falou demais antes da hora, pode vir a ser algo entre o Felintomiller e o Fleury e o tempo dirá.

    • Concordo com tudo. Acrescentaria, quanto ao sistema francês ( moro na França), que para que funcione essa vinculação ao estado, e não aos governos, dos ocupantes dessas instituições, é preciso o mínimo de respeito à opinião pública. São pessoas com opiniões políticas pessoais inevitavelmente, mas sabem que devem evitar a parcialidade pois aqui o “quarto poder” é realmente plural. A análise do Eduardo é perfeita, quanto ao “republicanismo” do PT, mas imaginem a gritaria da mídia a uma indicação partidária, lembrem-se do Toffoli, que ironia! Pra mim o fundamental é “Delenda Globo”!

  2. …PT errou…não se trata porcos com republicanismo….

    • Não dá mais pra discordar. Em um país de tradição golpista foi uma burrada sem tamanho não fazer como FHC fazia ou como Temer vai fazer.

      • E ainda por cima saíram como os corruptos aos olhos da população inebriada pela mídia. Os que mais combateram saem com o carimbo de corruptos.

        • A História é escrita pelos vencedores. Daqui a 5 anos, nossos filhos vão aprender nos livros escolares, a corrupção nos governos petistas. Não existia antes, e deixou de existir depois.

      • Sim, um engavetado lá para perseguir o PT enquanto finge que combate a corrupção, blinda os corruptos do PSDB ,PMDB ,DEM e etc.

      • hmmm Então o Alexandre de Morais está certo…

        Mas vejam o caso do Joaquim Barbosa, primeiro algoz do PT.

        Era o primeiro negro do STF, então carregava, assim como o Lula, essa simbologia de “povo finalmente no poder”. Dizia-se de esquerda, e até então parecia ser honesto (e talvez seja). Tinha a cara e a ideologia do governo Lula… mas deu no que deu.

      • Há tempos tenho me manifestado nesse sentido. Esse “republicanismo infantil” que contou com a ajuda inestimável de José Eduardo Cardozo à frente do Ministério da Justiça, deixando as arbitrariedades da PF correrem soltas foi suicida para o PT. Agrava notar que ao não travarem a batalha da comunicação, o governo deixou com que o PIG criasse a narrativa golpista que mais lhe conviesse. Deu no que deu: o governo que mais combateu a corrupção sai com a pecha de corrupto.

        Não foi falta de avisar.

        Stella

    • Putz.
      É horrível pensar que não podemos mudar este “status quo” e buscarmos o avanço para que daqui para a frente possamos agir com transparência na vida pública.
      Precisamos disso para gerar um ciclo de progresso, onde itens como honestidade não sejam virtudes e sim pontos de exclusão.
      Será que nunca seremos capazes de sermos republicanos, usando a máquina adequadamente, sem privilegiar ninguém e seguirmos firmes para um combate real à qualquer tipo de desvio de conduta.
      Abs

  3. A única maneira de trancar este discurso reiterado e mentiroso do PT de que o atual governo é usurpador, ilegítimo, golpista, etc, – inclusive internacionalmente – será o de desmistificar definitivamente este partido expondo nacionalmente e o máximo possível os seus atos de incompetência e corrupção. Somente a exposição da verdade deterá os petistas.

    Eugênio José Alati
    16/05/2016.

    • Ou seja, você pretende acabar, agora, com o direito de fazer oposição para quem for simpático ao PT. É isso? Se o PT já saiu do poder, o que você quer mais? Calar os petistas? Censura? Explica aí

    • Eugênio
      Você é um fascista.
      Nenhum poder para os fascistas e para os golpistas.

    • Ãhhhh! O PT cresceu. Agora controla até jornais mundiais fundados talvez há quase século.

      Sr. Alatti, aproveite melhor esse tempo que voce torra enchendo o saco dos outros, lendo. Aprenda inglês. O senhor já é um homem velho, e um homem velho sem sabedoria e bons julgamentos não serve pra absolutamente nada.

    • O que tu ta querendo é mudar até o ‘coraçoes e mentes’. Ate isso, alatinho.
      Desiste, isso tá fora de teu kontrole e wixfulthinkin.

    • Caro trouxinha (trouxa + coxinha), se depois de todo o massacre midiático feito por voces por 14 anos com a ajuda dos EUA, voces não conseguiram derrotar nem calar o PT e seus simpatizantes, sinto informar que voces são incompetentes e idiotas!!
      O tempo corre, agora, contra voces… E cada vez mais rápido! E só lhes restará a extrema violência… O que, perante o mundo em tempos de internet, sairá como um tiro de canhão pela culatra!
      Se ficar o bicho come, se correr o bicho pega. Voces estão fritos!rsrs

    • A situação do pais está um tremendo lixo ontem vi o lastimável programa roda viva(tv cultura) e o entrevistado
      foi o crápula do Delcidio Amaral que negou que tenha recebido propina e confessou que errou ao ter feito ao filho do Cerveró aquela proposta indecente que como todos sabemos era para livrar a cara dele e demais corruptos do congresso.No entanto ele alem de não ter respondido algumas perguntas tais como se Aécio havia sido benficiado , se ele comeu na marmita e etc. declarou que vem petardo quente pra cima da turma da piramide corrupta que esta encastelada no congresso e principalmente no ministério do Temer. Sai de baixo que estou acreditando que vão chutar o saco do bode

  4. Discordo um pouco. Alias somente da parte sobre quem suspendeu Dilma, não foram (diretamente) os Ministros nomeados do STF , nem foi Janot , que tem feito um trabalho realmente meia boca por que o sujeito é meia boca (como a maioria do MP , vide SP).
    Quem suspendeu Dilma foi o Congresso , Camara e Senado, deputados corrompidos por Cunha e corruptos. O republicanismo de Lula e Dilma não é ingenuidade . É o modo civilizado de se tratar uma Republica (um dia ainda será a base das nomeações neste país).
    Nosso problema está no Congresso, na forma como são eleitos os Congressistas e na forma como agem uma vez eleitos. O Congresso se mostrou ao nivel da pior republica bananeira de todos os tempos, e não Lula e Dilma no seu republicanismo civilizado (tanto que os dois não devem nem temem já o Temer … PRECISAVA DAR O GOLPE assim como Cunha).

    • Mas o processo só chegou aonde chegou graças a decisões do procurador-geral e da PF que montaram uma operação policial que só investiu contra petistas enquanto aliviou para os adversários deles.

      • Exatamente. E não esqueçamos que Janot saia por aí dando palestras no exterior falando que o PT era uma organização criminosa e que Lula era o chefe. Convenhamos…

      • Qualquer rapaz que passe num concurso da PF, para juiz federal ou no Ministério Público vem de uma formação familiar do tipo tucana, Eduardo. Como os médicos brasileiros, por exemplo.

        Não adianta nada ter um chefe da PF petista e um batalhão de (in)subordinados tucanos. Ideologia política é um buraco bem mais embaixo… Mais embaixo do que a tese do “republicanismo ingênuo”. Quem acredita que o problema todo é apenas o republicanismo ingênuo está sendo ingênuo.

        Você teria uma mostra do que eu estou falando se o Padilha tivesse vencido as eleições em São Paulo. Teríamos um secretário e uma secretaria inteira de segurança pública petistas, mas policiais civis e militares direitistas. Greves e sabotagens não iam mais parar.

        Você já viu professores ao lado de alunos no caso do fechamento das escolas públicas em São Paulo? Não, porque a esmagadora maioria dos professores da rede pública são de direita…

        Alckmin poderia administrar São Paulo de modo republicano que nada abalaria sua tranquilidade. Padilha poderia se cercar apenas de petistas, que iria comer o pão que o diabo amassou.

        Assim, para concluir, o Sérgio Moro e o Ministério Público de Curitiba vão acabar com a Lava Jato não porque o Alexandre de Morais chegou cheio de poder, vão parar porque querem, porque um partido pediu, porque o golpe já foi consumado. Fazem essa encenação de que estão indignados para não dar muito na cara…

        Lembra do áudio do Lula com um advogado orientando-o a aceitar o Ministério? Lá ele dá uma ideia disso: “a república de Curitiba inteira é carola, de formação tucana”. Acho que até o Eduardo Paes, se não estou enganado, disse uma coisa parecida também em um áudio.

        • Mas também é ingênuo quem acredita que não houve uma coordenação e extensa espionagem de todos os poderes. E quem faria isto? Todos sabem.
          Quanto à polícia investigar amigos lembram o que o Gilmar fez com o Dantas? E o que sobrou para o algoz Protógenes?

        • Isso me leva a tese de um amigo: o PT caiu por não ter investido na formação política da população. Não é uma questão, como muitos imbecis da direita pensam, de doutrinar ou “ideologizar” o ensino, não é isso. Mas de explicar, claramente, nas salas de aula do ensino fundamental e médio, em propagandas na televisão e no rádio o que é cada poder da República, quais as atribuições de Estados e Municípios, o quanto uma reforma política é importante, o quanto o financiamento privado das campanhas eleitorais é nocivo para o país, o que foi a ditadura, a importância da democracia, etc., etc. A meninada (e muito marmanjo) hoje, amestrados pela mídia, não tem nem ideia dessas coisas e simplesmente repetem como micos amestrados os mantras da direitona fascista…

        • Rodrigo,
          cansei de dizer coisa um pouco nessa linha em comentários nos blogs.
          Lula, petistas e blogueiros vivem dançando nas ações na Justiça.
          Asseguro que o problema não é o conservadorismo dos juízes. O drama mesmo é o “coxismo” dos servidores: é aquela turma que assessora, que compila jurisprudência, analisa documentos, estuda a legislação e entrega mais ou menos minutado para o Magistrado.
          Quando o Lula entra com uma ação na Justiça Comum, pode ter certeza que nas varas já tem cara lambendo os beiços doido para pegar o processo e dar um chega pra lá no sapo barbudo.
          Podem apostar

        • Perfeito.

          Você me fez lembrar o Ralph Miliband, em “O Estado na Sociedade Capitalista”, um clássico das ciências sociais e que, pelo visto, ninguém do PT leu.

          Na abordagem de Miliband para o caso britânico do pós-guerra, com os trabalhistas já no poder, ele procura mostrar como toda a estrutura do judiciário, entre outras, estava informada pelos valores de classe burgueses. Isso garante estabilidade ao sistema.

        • Voce falou uma realidade que poucos percebem, todo o aparato de estado, tanto no aspecto federal como nos estaduais sempre, e cada vez mais, foi preenchido e mantido por uma maioria de formação e ideologia conservadora, ainda mais nas áreas de direito, médica e policial.
          A chegada do PT ao poder federal deu uma nova dinâmica mas que foi rapidamente revertida. A pf e o mpf não nos deixa desmentir
          Fico imaginando e torcendo para quando o psdb for defenestrado do poder estadual aqui em São Paulo, após mais de 20 anos no poder! A resistência que voce descreve, com certeza háverá e bem forte! Sabotagens, não cumprimento de ordens, perseguição…
          Demandará décadas para se arejar ou desmontar este aparato!

  5. Num governo ilegítimo, o retrocesso é uma prioridade.
    Me lembrei que na ditadura reitor de universidade federal era eleito de forma indireta e só por professores. Era uma lista sêxtupla.

    Obviamente, as federais em pandarecos, com uma maioria de professores conservadores, havia pelo menos dois dos seis que se emparelhava com o ditador. E um deles sempre era o escolhido.

    Depois da constituição, mudou-se para uma lista tríplice, mas com eleições proporcionais: professores (70%), alunos e funcionários 15% cada.

    Já em 2004, por lei federal, passou a poder optar por eleições proporcionais: cada voto das três categorias valendo 1. Mantendo-se a lista tríplice.

    Mas desde então, o mais votado passou a ser sempre o escolhido pelo gov federal. Hoje, mais de 70% das federais adotam o sistema proporcional: 1 por 1.

    Escrevo esse exemplo para mostrar que houve um avanço no gov Lula e haverá fatalmente um retrocesso no gov do tenebroso Temer.

  6. Registro aqui minha indignação e faço uma sugestão.
    Minha indignação é, por que tratam o governo e seus ministros como interinos?
    Minha sugestão é que toda mídia progressista trate o governo e seus ministros não como “interinos”, mas, como “golpistas”.
    O termo “interino” nos transforma em subservientes.

    • tem razão. eu colocarei sempre os cargos deles entre aspas, pois é preciso citar o cargo dos golpistas para explicar as coisas que fazem

      • OBRIGADO!!!!!

        Pois, se Deus não contemporizou com o primeiro USURPADOR (Lúcifer) e TODOS os anjos que a esse se juntaram, e os expulsou do céu; se Deus não contemporizou com Absalão e os que a este se juntaram na USURPAÇÃO do trono de Davi (que era o rei legítimo), porque não nominar usurpadores fazendo seguir-lhes o adjetivo que os caracteriza?

  7. Meu caro Edu, o “republicanismo” da Dilma e o “lulinha paz e amor” do Lula deram nisso.
    Aqui em SP há 22 anos o PSDB aparelha tudo e o resultado nós sabemos não é mesmo.
    Espero que quando o PT voltar a governar nosso Brasil pelo voto, eles repensem nisso e enterre de vez o maldito republicanismo que a direita não respeita.

  8. Resumo,este golpe acabou com a independencia do MP e da PF.Ajudaram no golpe e agora terão suas liberdades de ações amputadas e se com a volta de um governo de esquerda tambem não terão mais esta autonomia.E qualquer indicação que não seja tambem politica para o STF não ocorrera.O sistema judiciario como um todo liquidaram por tempo indeterminado quaisquer traços de independencia.

  9. Caro Eduardo,

    Lula e Dilma estão pagando um preço muito alto pelas nomeações em cargos importantes do serviço público, principalmente os do Supremo Tribunal Federal, mas veja o caso do Ministro Dias Toffoli; ele era ligado ao PT e principalmente ao Lula, e hoje é um ferrenho opositor deste partido, e encontrou em Gilmar Mendes o amparo que lhe faltava, convertendo-se em um acólito deste ministro. Então às vezes fico pensando que essas nomeações, tanto do ex-presidente Lula, quanto da Presidente Dilma, deveriam ser feitas com muito cuidado, para evitar o que aconteceu com ministro Toffoli.

  10. Eduardo, o atual Pitbull Ministro da Justiça não disse nada de outro mundo. Tudo o que ele falou esta amparado pela lei. Burros foram Lula e Dilma com esse “Republicanismo” imbecil. Quer saber? O tal ministro falou o que eu faria se eu fosse presidente, ou seja, não abrir mão do poder de indicar o PGR e o Diretor Geral da PF. Quando se abre mão do poder, vem outro e o toma. Simples assim.

    • Tudo isso foi falado aqui, mas a Dilminha ,nem aí. O Zé deve estar de divertindo em Miami agora.E nós aqui desesperados. Mas é passado.Como dizia Quincas Borba, “ao vencedor, as batatas”. O que importa é organizar a resistência. É aí que o bicho pega. Lula parece querer se descolar da Dilma e se preservar para 2.018. Não estamos tendo a reação esperada, com greves e ocupações. A posição do PT, UNE,CUT,MST,MTST não está sendo de enfrentamento como era esperado. Uma luta feroz contra esse governo poderia reverter a situação na votação final do Senado.Faltam apenas tres votos. Falta Lula voltar a participar do jogo.

      • O futuro do Brasil continua nas maos dos crápulas.

        Imagine este cenário:

        Julgarem Lula o mais rápido possível ( nem ha acusação eu sei) e o liberarem para a articulação politica, reforma política, etc.

        Em um dia o mundo mudaria a forma de ver o Brasil e essa má fama atual se modificaria. O governo do Golpe está tratando o mundo como trata seus capatazes internos, com ignorância, autoritarismo, e com pagamentos.

        Mas isso dependeria de altruísmo e classe de Renan. Ele tem? Se ele liderar votação que absolva Dilma como fica seu pescoço?

        Agora que estão salivando pelas comissões gerais e irrestritas, ( canceladas, carimbadas, contributivas, divididas, e homologadas) pelo desmonte final do país, o governo do Golpe voltaria atrás e perderia essa chance de fazer o melhor negocio da vida?

  11. Tem o lado bom, onde os coxinhas/golpistas vão perceber que havia combate à corrupção.

    Falei pruma pessoa no serviço que agora nós vamos ficar de camarote, assistindo os

    analfabetos políticos se matar pra tirar os bandidos do poder, porém a moça

    nao gostou e disse que é obrigação da esquerda fazer isso.

    Além de anarfa político/coxinha/golpistas, agora mostram

    que são também um bando de vampiros!

  12. E se algum delegado ou procurador quiser investigá-los, será perseguido como o Protógenes; que fez no varejo o que Moro faz no atacado. Um foi transformado em vilão e o outro, em herói.

  13. Para o País isso é uma tragédia.
    Para Janot, está recebendo, colhendo o que plantou: Ativismo Judiciário e desonestidade inetelectual.

  14. Golpistas vagabundos.

  15. Para mim, o que ficou claro é que tanto LULA quanto DILMA, foram vigiados o tempo todo, e por todos os lados, pelos “agentes americanos”, incluindo aí o Temer.
    Não podemos condenar a vontade que os dois e seus milhões de eleitores tiveram, de ver um País, melhor, pujante, e livre das garras do tio Sam.
    Hoje li na imprensa internacional que Russos e chineses identificaram as digitais de Obama no golpe em andamento; andamento sim, porque ainda não parou e vai longe.
    A felicidade de LULA e DILMA em ver o Brasil crescendo e ” assustando” os americanos foi tanta, que acreditaram naqueles que os cercavam.
    Acredito que a força da contestação internacional, poderá ajudar a depor os bandidos que usurparam o poder.
    Mas, acredito mais na força dos trabalhadores.
    Então, desde já é hora de pararmos o Brasil.
    Greve geral, povo nas ruas, enfim, impedir os corruptos de governarem.
    Mas como fazer isso ?
    Onde estão os grandes líderes sindicais e de movimentos sociais, para nos indicarem o caminho?
    Onde está LULA?
    Afinal, já se passou uma semana do golpe, e Temer já está fazendo estrago.
    Quando afinal vamos expulsar os golpistas do poder?
    Espero que a reação dos Países vizinhos e, agora de Rússia e China, mostrem ao mundo que não estamos sozinhos na luta.
    Que comecem os boicotes internacionais até que Temer seja deposto.
    Tio Sam precisa ter as assas cortadas, ou jamais seremos soberanos.
    Ou viver a Pátria livre, ou morrer pelo Brasil !

    • Infelizmente nós brasileiros não temos garra, vamos ficar como cordeirinhos esperando alguem lá de fora ajudar. Então é melhor esperarmos deitados, porque sentados vamos cansar.

  16. O Lulinha paz e amor (o republicano) deu autonomia a PF e quem comandou essa policia de merda foi os EUA. Eu já respeitei essa polícia de merda e hoje a mesma não passa de mais uma melícia comandada pelos EUA.

  17. Colocar aliados nos órgãos de controle não significa governar sem combater a corrupção, com a vantagem de evitar o ”gol contra”. Ainda não consegui conciliar a idéia de um presidente do Brasil informante do governo dos Estados Unidos, entre outras coisas.

  18. Estamos sendo comandados por instituições que se apossaram da República….Junta isso tudo com o movimento neopentecostal dá o caldo necessário para a burrice tomar conta de tudo…

    Tem um belo artigo sobre isso: Não subestimem papel da Justiça e dos criacionistas no golpe

    Katarina Peixoto

  19. Boicote às Olimpíadas Já!…

    Abaixo os usurpadores e golpistas!…

    Abaixo o Diogo Feijó da atualidade!…

  20. OBRIGADO!!!!

    Pois, se Deus não contemporizou com a USURPAÇÃO do trono pretendidada por Lúcifer (o primeiro usurpador) com TODOS os anjos que a esse se juntaram, e os expulsou do céu; se Deus não contemporizou com a USURPAÇÃO do trono de Davi (que era o rei legítimo) por Absalão e os que a este se juntaram, e não os deixou prosperar, acredito que não há erro em caracterizar os usurpadores fazendo seguir aos seus nomes o adjetivo que os caractezira.

  21. Mas a própria lava-jato e a “guerra contra a corrupção” de Janot e cia são farsas. Não lembra de como o “paladino” sérgio moro abafou e escondeu tudo rapidamente quando esbarrou nos golpes em paraísos fiscais da Globo? O único objetivo da Lava-jato é eliminar a esquerda brasileira, e se moro conseguir isso na semana seguinte “desaparece magicamente” a vontade de acabar com a corrupção.

    O Brasil foi violentado por criminosos em TODAS as esferas do poder: Congresso, Senado E TODO o poder jurídico.

  22. Se o Ministério Público virou um monstro antidemocrático e aliado dos corruptos e fascistas, que ele tenha fim.

    Temos que pressionar e desqualificar o já insignificante e apequenado STF. Temos que exigir o fim desse STF formado (com poucas exceções) de covardes, de omissos e pilantras. É necessário para o bem da Democracia, que a forma de escolha dos ministros seja diferente da atual e que, principalmente, os ministros não sejam transformados em imortais e com mandatos quase vitalício. Os ministros do STF tem que ter mandatos fixos.

    Se o Governo Dilma voltar, tem que acabar imediatamente com o poder manipulador e criminoso da Rede Golpe de Televisão da famiglia Marinho. Tem que acabar com essa organização criminosa, dando fim nas publicidades, revendo e cortando imediatamente as concessões públicas dessa organização criminosa. Se os covardes, omissos e pilantras membros do STF não defenderam a Constituição, estes membros covardes, omissos e pilantras do STF não terão moral para querer vetar um ato do Governo Dilma.

  23. Esqueci de mencionar, para o “ministro da justiça” indicado pelo PCC, nenhum direito dos trabalhadores, nenhum direito político e social é absoluto. Os canalhas, os criminosos, os corruptos membros golpistas do canalha Michel Temer vão querer passar por cima de todos os direitos sociais, da liberdade de opinião e da diversidade de pensamento que existe na internet.

    E os covardes, omissos e pilantras do STF se calam diante dos ataques à Constituição, dos ataques às clausulas pétreas que garantem os direitos sociais e políticos, à liberdade de opinião e de pensamento dos blogs e da Esquerda.

    STF, qual é a função desse órgão apequenado, insignificante, omisso e covarde (e com integrantes pilantras)?

  24. O Michel Temer, doravante chamado de inominável golpista posto que o nome próprio deste senhor é como o nome do capeta que não deve ser pronunciado (no interior, trocamos o nome anteriormente citado por “cramulhão”) faz jogo de cena pois todos sabemos que o desmonte de todo o aparato contra a corrupção montado pelos petistas no Planalto é fundamental para que ele continua no Poder.

    Para prestigiar o “patrimonialismo” (nome “tucano” para corrupção de políticos) ele já subordinou a CGU a um Ministério, nomeou o advogado de Eduardo Cunha para um cargo importante na Casa Civil e agora, coloca freios e arreios no Ministério Público.

    Com a Globo “dourando a pílula” de toda esta catástrofe em rede nacional, o inominável golpista considera que vai controlar o pais.

    Ao descontentes: tiro, porrada e bomba, como diria a Valesca Popozuda.

    E a senhora que colocaram no BNDES tentou livrar a cara da Globo quando esta devia até as calças dos Marinhos, em 2004, e estava à beira de ter a sua falência decreta pela Justiça estadunidense devido ao mega-fracasso chamado Globocabo.

    Como podem perceber, está tudo “em casa” para eles.

    REAJAMOS! O BRASIL NÃO MERECE ISTO!

  25. Caro Eduardo somos mais de 54 milhões de povo, suor e lágrimas de trabalho árduo, não nos calarão, sói se nos dizimarem no voto popular eles não se elegem nem pra síndico, só se nos tirarem o voto, e não muitp distante no RS voltamos a o século xix com carga de sabre, mas vamos nos unir contra essa horda golpechiment mídia-judiciário-legislativo, vamos mostrar ao mundo como fazem os golpitsas, alo Nicolelis, Paulo Coelho, Massimo D’alema entre outros divulguem!!!!

  26. :
    : * * * * 02:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando: Má sORTE para a direitona escrota golpista e seus/suas suj@s sabuj@s ! ! ! !
    .:.
    * 1 * 2 * 13 * 4
    * * * * * * * * * * * * *
    .:.
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *
    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já ( trasantonti ) ! ! ! ! Lula (ou Haddad) 2018 neles ! ! ! !
    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  27. Excelente vídeo com Bob Fernandes que eu encontrei no Blog Vi o Mundo, do Azenha

    Bob Fernandes: A Repórteres sem Fronteiras rebaixa Brasil; a mídia incitou o público a ajudar na derrubada de Dilma

    Imperdível! http://www.viomundo.com.br/politica/reporteres-sem-fronteiras-rebaixa-o-brasil-os-principais-meios-de-comunicacao-incitaram-o-publico-a-ajudar-na-derrubada-da-presidenta-dilma.html

  28. Que a ditadura está instalada não tenham dúvidas. Na última manifestão de Brasília já se percebia A PM do DF fotografando a marcha e o rosto dos participantes. A agressão gratuita,jogando gás de pimenta indiscriminadamente nas mulheres que assistiam discursos é algo impensável num estado democrático de direito. Agora o ministro da saúde declara é os direitos universais á saúde são insustentáveis, portanto, o atendimento será reduzido. A aposentadoria também, como foi anunciado, será objeto de revisão o que, sem dúvida envolve redução de direitos e o aumento da idade mínima para aposentadoria para 75 anos que fará com que o trabalho seja um castigo. O fim da CLT significará um golpe nos direitos sociais e trabalhistas que terá como inevitável resultado a precarização do trabalho e a exploração intensiva da força de trabalho e direitos como licença maternidade, licença saúde remunerada, o décimo terceiro salário, entre outros, serão revistos. O salário mínimo, como divulgado, assim como os salários em geral serão congelados. Mantendo apenas os do judiciàrio que foi fruto de acordo com o Cunha que, inclusive concedeu aumento expressivo à essa corporação, logo após a votação do impeachment pela Câmara. O fim da farmácia popular deixará muitos sem acesso ao tratamento de doenças que exigem medicamentos de uso contínuo. A educação dirigida por um ministro contrário aos programas de inclusão social que o MEC vinha promovendo, irá sofrer um revés que devoverá os filhos dos pobres à senzala. A lista de maldades parece não ter fim e o que vemos hoje é apenas um aperitivo. Com o que assistimos no circo de horrores do dia da votação do impeachment na câmara e no Senado, dá para ter a certeza que serão capazes de tudo é muito mais para que retrocedamos ao período da Senzala e da Casagrande que é do desejo da elite golpista. Nesse sentido, o que farão com a PF e MP representa apenas umas férias bem remuneradas pelos belos serviços prestados ao golpe. Há em curso uma espécie de genocídio “branco” contra a população pobre, tudo dentro da “legalidade” customizada como foi o golpe. Enquanto isso,para fechar a Guantanamo de Curitiba só falta prender Lula, incriminar Dilma e acabar com o PT que já começou com a promessa do Delcidio de dar continuidade ao script da delação já escrita pelos justiceiros tucanos que, no momento, sumiram para então ressurgir com suas metralhadoras poderosas para terminar o serviço encomendado, conforme treinamento recebido nos Estados Unidos.

  29. E agora sem o PT no governo? Como vai ficar o Bunker da Calúnia?

    http://istoe.com.br/365930_O+BUNKER+DA+CALUNIA/

    • Dá uma olhadinha na data dessa matéria. Sabe o que o MP apurou? Nada. Era tudo mentira. E até hoje a prefeitura de Guarulhos não pagou a publicidade nos blogs.

  30. Edu,

    Vítimas soma nos, eles só compactuaram com o estelionato político. Agora que dem Glória ao tio Sam

  31. Caro Eduardo
    No governo PT, o STF, o MP, entre outras, era tucana agora fazem parte do aparelhamento dos golpistas.
    Abaixo o aparelhamento dos golpistas.
    Saudações

  32. Em um jogo de xadrez, a primeira coisa que temos de fazer é posicionar as peças, com as cores definidas, em cada lado do tabuleiro. Na política brasileira isto ainda não estava claro para a maioria do povo.
    Após treze anos do governo do PT, a maioria do povo pode agora saber como jogam as peças de um lado. Os herdeiros dos governos anteriores, especialmente os de FHC, já tinham mostrado também como jogam.

    Os últimos movimentos, desde a lava-jato até o golpe, foram acontecimentos que turvaram a percepção do povo. Agora temos alguns meses para lembrar FHC e sentir a ferocidade, ignorância e o ridículo do grupo de “capitães-do-mato” que assaltou o poder. Viveremos um momento ímpar de aprendizado, principalmente para os mais jovens que não acompanharam o período FHC e anteriores.

    Chegou a hora de nos mantermos agarrados uns aos outros porque serão momentos de grande turbulência, mas as cores da peças serão bem definidas. O povo precisa conhecer esta definição, pois estavam muito iludidos.

    O mundo já percebe o que está acontecendo e a maioria dos brasileiros também.

    Depois deste breve período, com as peças no tabuleiro agora desnudadas e claras, é que o verdadeiro jogo vai começar. Saberemos então que o adversário não está no Brasil, mas aqui estão somente os seus mordomos.

    Que Deus tenha misericórdia deste país

    abraço

  33. Caro Eduardo,

    Estão dizendo por aí afora que o Michel Temer rasgou a lei, ao exonerar o presidente da EBC, Ricardo Melo, que tinha um mandato a ser cumprido, mas estão esquecendo que não estamos no estado democrático de direito, onde a constituição federal e a leis ordinárias destes país já foram rasgadas até pelo Supremo Tribunal Federal. Por isso, é bom ressaltar que Temer tomou essa decisão, porque sabe que tem o respaldo do STF e de outros órgãos congêneres.

  34. A TRISTE MEMÓRIA DE ACOVARDAMENTO DO stf :

    https://www.youtube.com/watch?v=Hl9jAsjWbzQ

  35. “Graças ao empenho da policia fui preso”.
    Este e o resumo do texto abusar da falácia da inversão de causa e efeito.
    Delcidio Amaral ex lider do governo do PT, ex senador pelo PT, ex candidato a governador no roda viva acaba com o discurso do petismo.
    E não adianta usar a falácia do falso escocês.

  36. A luta possível

    Publicado no Brasil 247

    A fase decisiva de prevenção ao golpe começa agora. O Senado aprovou a abertura do processo por 55 votos, apenas um a mais do que o necessário à condenação final. Vários senadores favoráveis ao julgamento afirmam que não se decidiram a respeito. Basta que dois deles recuem e o impeachment acaba.

    As manifestações públicas da esquerda nunca foram tão necessárias. Bem organizadas, pacíficas e numerosas, podem refrear a narrativa triunfante do golpismo e evidenciar a impopularidade de Michel Temer.

    Outro meio de atuação ficará a cargo da militância digital. Por exemplo, pressionando os senadores, divulgando o caráter golpista do impeachment, rebatendo o discurso apocalíptico da crise econômica ou denunciando as pizzas judiciais que estão no forno.

    Embora não cultive grandes expectativas de vitória, antevejo bons frutos no Senado. Ali o impeachment será exibido em sua nudez ilegítima, trazendo à memória a péssima impressão deixada pela Câmara. E haverá o desgaste já perceptível do governo interino.

    Ricardo Lewandovski, presidente das sessões, cumprirá papel importante em manter o foco na legalidade do processo. A crescente escandalização internacional reforçará esse aspecto no imaginário “republicano” dos senadores. Boa parte deles, aliás, tem admitido a falta de base estritamente jurídica para a deposição.

    Resta, portanto, uma etapa crucial da disputa, quiçá a mais equilibrada de todas. A ausência de Eduardo Cunha e a agenda antipopular de Temer anunciam um ambiente de divisão e desgaste que o Congresso não vivia nas fases anteriores.

    A mídia corporativa se esforça para encerrar a questão, tentando convencer o público de que Dilma não teria condições de retornar. Mentira, típica propaganda golpista, que apenas demonstra o receio de enfrentar a resistência democrática.

    O derrotismo antecipado da esquerda é a última barreira que o impeachment precisa transpor para sua concretização.

    http://guilhermescalzilli.blogspot.com.br/2016/05/a-luta-possivel.html

  37. .A luta possível

    Publicado no Brasil 247

    A fase decisiva de prevenção ao golpe começa agora. O Senado aprovou a abertura do processo por 55 votos, apenas um a mais do que o necessário à condenação final. Vários senadores favoráveis ao julgamento afirmam que não se decidiram a respeito. Basta que dois deles recuem e o impeachment acaba.

    As manifestações públicas da esquerda nunca foram tão necessárias. Bem organizadas, pacíficas e numerosas, podem refrear a narrativa triunfante do golpismo e evidenciar a impopularidade de Michel Temer.

    Outro meio de atuação ficará a cargo da militância digital. Por exemplo, pressionando os senadores, divulgando o caráter golpista do impeachment, rebatendo o discurso apocalíptico da crise econômica ou denunciando as pizzas judiciais que estão no forno.

    Embora não cultive grandes expectativas de vitória, antevejo bons frutos no Senado. Ali o impeachment será exibido em sua nudez ilegítima, trazendo à memória a péssima impressão deixada pela Câmara. E haverá o desgaste já perceptível do governo interino.

    Ricardo Lewandovski, presidente das sessões, cumprirá papel importante em manter o foco na legalidade do processo. A crescente escandalização internacional reforçará esse aspecto no imaginário “republicano” dos senadores. Boa parte deles, aliás, tem admitido a falta de base estritamente jurídica para a deposição.

    Resta, portanto, uma etapa crucial da disputa, quiçá a mais equilibrada de todas. A ausência de Eduardo Cunha e a agenda antipopular de Temer anunciam um ambiente de divisão e desgaste que o Congresso não vivia nas fases anteriores.

    A mídia corporativa se esforça para encerrar a questão, tentando convencer o público de que Dilma não teria condições de retornar. Mentira, típica propaganda golpista, que apenas demonstra o receio de enfrentar a resistência democrática.

    O derrotismo antecipado da esquerda é a última barreira que o impeachment precisa transpor para sua concretização.

    http://guilhermescalzilli.blogspot.com.br/2016/05/a-luta-possivel.html

  38. Caros,

    Podem falar o que for. Não foi “Republicanismo Infantil”.

    Foi “amadorismo” mesmo!! Foi um misto de “Burrice”, “Ingenuidade” e “Arrogância”. Parece que eles não sabiam nada sobre o que é chegar ao Poder, Comandar, Governar, principalmente um País como o Brasil!

    Eles não leram nem a história brasileira, senão saberiam o que é Cargos de Confiança e “Traição”. Nem passando pela Ditadura, o PT, Lula e Dilma, depois de uma década no Governo aprenderam!!! Simples Assim.

  39. “Aliás, Lula e Dilma terem dado liberdade ao MP e à PF, além de nomearem juízes isentos para o STF, revela que é mentira que tivessem alguma intenção criminosa”

    Se o STF é composto por juízes isentos, então o julgamento do mensalão e a recusa em rever as decisões do Congresso no caso do impeachment de Dilma foram decisões isentas? Ou seja, legítimas?

  40. o tempo atual exige mobilizações coordenadas principalmente via internet, então la vai:
    1 – Boicote aos anunciantes da Globo , escolher um a cada semana, acho que ela não aguenta sem pedir arrego.
    2 – Esclarecimentos por partidos ou cientistas sociais sobre socialismo , esquerda , democracia , para que os facistas tentem entender que essas politicas são do bem e não demonios e nem comem criancinhas ( ih revelei minha idade ).
    3 – cobrar dos evangelicos que pratiquem a etica e se posicionem contra esses falsos pastores ( Feliciano, Malafaia e representantes ( Cunha) et caterva;
    4 – voltar ao velho metodo panfletario so que digital
    5 – Cobrar reforma politica tipó > politicos devem cumprir seu mandato unicamente para o qual foi eleito ( acabar com o fisiologismo).
    é isso por enquanto

  41. Quem sabe agora o PT não aprenda mais um pouco com essa lição que o tucanos estão dando. Quis ser republicanos e tomaram naquele lugar. Gostemos ou não, quem foi eleito pelo povo com os poderes constitucionais foi o presidente da república e ele deve montar o governo com quem ele deseja, afinal se algo dá errado a culpa é dele, o PT com a mania republicana deu asa a cobra, acabou sendo picado.
    Dentro do Ministério Público existe uma máfia que não tem voto, portanto não tem de ter poderes absolutos, quem é eleito pelo povo tem de tomar as rédeas de todos os poderes mesmo.
    O Lula teve os votos que teve e colocou quem na PGR, Janot, um FDP que denunciou tarde o golpista Cunha e no STF escolheu outros lixos covardes que ficaram calados diante do coronel e bandido togado Gilmar Mendes.
    O PT agiu igual idiota com o judiciário, resultado, se ferrou, o mundo real é cruel e diferente da teoria.

  42. Deixa de ser ingênuo!!!!!!!!! O que esse bando de merda que está no alto da página queria era exatamente isso!!!!!!!!!! ELES NÃO TÊM INTERESSE EM COMBATER A CORRUPÇÃO, ELES SÓ QUERIAM DERRUBAR O PT, SÃO OS JAGUNÇOS QUE FIZERAM ISSO PARA OS DONOS DO PODER, COMO EM 64 FORAM OS MILICOS!!!!!!!!!! Republicanismo não existe!!!!!!!! Lula e Dilma não colocaram “isentos” no MP e nos Tribunais Superiores Colocaram NOTÓRIOS MILITANTES DE DIREITA, que não queriam “combater” porra nenhuma, queriam Destruir o PT. LEMBRA-SE DO QUE MORO FEZ QUANDO CHEGOU À GLOBO NO TAL TRIPLEX DE PARATY, DESTINADO ANTES A FERRAR LULA!!!!!!!!!!????? BOTOU A VIOLA NO SACO E ENCOLHEU-SE COMO CABE A UM VERME COMO ELE!!!!!!!!!! Se esses caras fossem sérios, teriam investigado o PSDB, não só na Petrobrás, mas no zilhões de escândalos dos Governos estaduais tucanos e em outros da desgoverno FHC, facilmente localizáveis por quem quisesse fazê-lo. ESSES BANDO DE COCÔ ESTÁ MUITO FELIZ COM TEMER E MORAIS(todo mundo que pensa sabe que esses caras foram dirigidos pela CIA, que os abasteceu com informações obtidas através da espionagem dos EUA no Brasil. O Professor Luiz Alberto Moniz Bandeira fala isso em seu novo livro. Ou seja, esses caras são agentes e/ou serviçais da CIA).. E infelizmente nada vai mudar!!!!!! Continuaremos colônia enquanto não tivermos uma revolução social, o que me parece impossível com a população covarde e alienada que temos,

  43. Sr. José Ricardo Romero,

    O “republicanismo” e a democracia são realmente doenças infantis incuráveis, que desde 1789 assolam a humanidade, felizmente repostas geração a geração pela genética evolutiva do ser humano.
    Sabedoria natural que talvez a vã filosofia de muitos teime em não reconhecer.
    Se duvida, pergunte a qq garoto das ocupações de escolas que eles confirmam.

  44. A tortura está se institucionalizando no bairro dos Jardins em São Paulo. Quem vai as manifestações estão sendo presas e agredidas, como é o caso das duas mulheres no Rio Grande do Sul. Isso, porque está sendo comentado. E os outros? Ninguém estará imune. Assim, era em 1964 que não acabou.

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.