Mediocridade de adversários reelegerá Haddad

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

psdb

Existe a possibilidade real de aquela que é tida e havida como a cidade mais antipetista do país vir a reeleger justamente um prefeito do PT, Fernando Haddad, quem, nos próximos meses, terminará por se mostrar a melhor alternativa para essa que é, também, a maior e mais rica cidade do país.

Quem quiser entender a razão precisa ler o divertido artigo de um colunista que não chega exatamente a oferecer condições de ser chamado de “petista”, eis que escreve na historicamente antipetista página A2 da Folha de São Paulo, onde colunistas e editorialistas usam o PT como saco de pancada desde bem antes de Lula chegar ao poder até os dias de hoje.

Bernardo de Mello Franco é um crítico ferrenho do PT, mas tem o mérito de não “esquecer” de criticar políticos de outros partidos além do PT que fazem por merecer críticas iguais ou mais duras, como a faz a maioria dos colunistas políticos daquele jornal, para os quais a eliminação física e até conceitual dos petistas resolveria todos os problemas do país.

A coluna “O bundalelê do PSDB” explica, entrelinhas, por que Haddad tem chances reais de continuar governando São Paulo, mas após a reprodução da coluna de Mello Franco darei a visão desta página sobre por que isso deve mesmo ocorrer, como diz o colunista.

psdb  5

 

A visão de Mello Franco está correta no que diz respeito às chances de Haddad e na causa de essa chance existir. Não é a conduta dos partidários de um ou outro tucano, mas a natureza do PSDB paulistano, a pobreza de ideias e propostas para a cidade, o viés elitista dos pré-candidatos, que nem têm a história de Serra ou o padrinho de Alckmin (Mário Covas) a facilitar as coisas.

Celso Russomano, enrolado com as próprias peripécias; Andrea Matarazzo, que pretende pôr os Jardins e Higienópolis para administrar a cidade; João Dória Jr, uma figura cômica, um estereótipo de apresentador de celebridades.
Eis o que a oposição a Haddad oferece à capital paulista.

Será que os paulistanos vão votar cegamente nessa gente só por raiva do PT, sem se importarem com as consequências? Haddad e muito analista experiente aposta que não, que a cidade chegou a um ponto em que seus habitantes começam a se dar conta de que as escolhas eleitorais que fazem trazem consequências boas ou más.

Em que pese que alguns desprezam o que o PT fez de bom no país durante 12 anos e só enxerguem o que aconteceu de ruim nos últimos cerca de dois anos, o fato é que os setores populares que ocupam todo o cinturão em volta do Centro Expandido da capital paulista não irão votar no antipetismo, mas em caminhos para a cidade, caminhos que ninguém acredita que figuras como essas que promoveram baixarias desse jaez poderão propor a São Paulo.

São Paulo já não é a mesma. A gente que Matarazzo e Dória Jr. representam é a gente do Cansei, a gente que vai fazer baixaria na avenida Paulista, que pede volta da ditadura etc. Mas essa gente é minoria. Não representa uma mísera fração da cidade.

Quem elegerá o próximo prefeito será a São Paulo real, que lida com problemas reais, e não aquele povo de bairros de inspiração europeia que fornecem bonecos para o fascismo vestir com camisas amarelas e, depois, amontoar na Paulista para gritar ódio e desprezo pelo conjunto da sociedade paulistana.

Hoje, ninguém pode prever nada. Pode, sim, ser difícil São Paulo reeleger Haddad, se formos nos basear na imagem do PT na cidade. Contudo, pesquisas não dizem tudo. Valorizam, em geral, as posições mais extremistas que às vezes ganham no grito em uma pesquisa feita de sopetão, mas que não resistem a maiores reflexões como as que geram as campanhas eleitorais.

Enquanto ninguém tem como prever o futuro, pois, vamos dar mais uma olhada nessa gente que se diz tão preparada para governar São Paulo.

psdb 3

psdb 4

 

psdb 2

 

Tags: , , , , ,

124 Comentário

  1. Isso mesmo

    Com todo depoimento do Delcidio e PIB de -3,8 vamos todos votar no PT.

    Viva Haddad, Viva Lula, Viva Dilma, Viva PT

    • Um país não cresce se fica 3 anos ininterruptos em protestos. Não cresce se a oposição não aceita os resultados das urnas. Não cresce se o presidente da Câmera vive aplicando pauta-bomba para destruir o país, apoiado pela oposição, com o objetivo de arranhar a imagem do governo.

      A Dilma pode sim ser meio estúpida e teimosa, mas é a que menos tem culpa pelo que vem acontecendo.

      Se o Haddad, na prefeitura, tivesse que enfrentar uma crise semelhante a esta, não teria deixado qualquer marca em SP, não teria nem conseguido fechar a Paulista aos domingos.

      • Tem coisa que não cresce mesmo, uma dessas coisas é a inteligência desse Campineiro, que já foi Ex-campineiro, Ex-Christofer, mais que nunca deixou de ser ex-pilantra. A inteligência desse sujeito foi perdida quando ele ainda estava na maternidade.

      • O fechamento da Paulista aos domingos conseguiu uma vazão enorme das águas da chuvas que tem alagado São Paulo nas últimas semanas… é isso e a ciclovia…

    • Viva os midiotas sem cérebro também! Eles vão ser plenamente felizes num eventual governo do psdb ou pmdb, vai ser o paraíso, a inflação vai acabar, o desemprego vai a zero, a educação, a saúde e a segurança vão ser tão maravilhosas quanto em sp, pr ou go! O paraíso vai se instalar e todos os problemas vão se acabar com um único toque de varinha mágica! E aí, quem vai rir sou eu, porque se lascar de verdade e definitivamente é o que os midiotas fascistas merecem!

    • Caro Ex-campineiro, Campineiro, Christofer, ex-Crhistofer, você nunca será ex-pilantra e sim pilantra. Se foi democrata um dia, é ex-democrata hoje, um fascista medíocre que vem papagaiar suas sândices por aqui, no fundo, no fundo você sabe que o seu partido de pilantras, entreguistas e punguistas não será eleito por várias décadas para o cargo mais importante da República, por isto vocês partem para o golpismo, logicamente com a ajuda das famiglias mafiosas e criminosas do PIG.

      A Rede Record já assinou em definitivo com o PIG, é outra que aderiu ao golpe e que vai dar ibope às sândices do atual Campineiro.

    • A invenção sobre o tal depoimento que não houve assim como a emtnirona do envenenamento do tucano yossef são mais uma demonstração do mal caráter do psdb, direita, mídia golpista.

  2. Xiiii, olha ai. Bem que eu avisei.
    O PT resolveu jogar a Vovó Mafalda às traças e agora ele se sentindo magoado e abandonado resolveu entregar tudo na delação premiada:

    http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2016/03/03/delcidio-acerta-acordo-de-delacao-premiada-na-lava-jato.htm

  3. Discordo.

    apesar da mediocridade dos adversários, Haddad vai perder.

    • Tucano como você é, mais esconde dizendo que não é, o caro Brinco sempre torce e vota contra o candidato progressista. O Brinco sempre prefere o retrocesso.

  4. Está se esquecendo da Marta Suplicy?

  5. HADDAD TEM CHANCES!por sua competencia,governo municipal serio,capaz! mediocridade de adversarios ajuda.Roussumano demagogo.. na tv em debate cai nao tem consistencia!

  6. Quem assistiu o filme: “South Central – O Bairro Proibido” deve lembrar que o gesto usados pelos bandidos ao se cumprimentarem no filme, coincidentemente, eram idênticos aos gestos da foto publicada acima de Alckmin e Dória. Os dedos médio e indicador sobre o peito.
    Qualquer semelhança é mera coincidência ou qualquer coincidência é mera semelhança. Quem vai saber, né?

    link do filme: https://filmow.com/south-central-o-bairro-proibido-t35582/

  7. lulalaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
    pt 100 por cento ptptptptptptptptptptpttptptptptptptptptptptp

  8. Gostaria muito que fosse verdade. Haddad é o primeiro prefeito de SP com visão urbanística de primeiro mundo. Se fosse de qualquer partido sem a cor vermelha predominante na bandeira, seria reeleito em primeiro turno. E teria feito muito mais pela cidade, sem enfrentar as sabotagens judiciais que enfrentou.

    Fiquei muito chateado quando ele decidiu que não sairia do PT. Embora esteja fazendo isso em gratidão ao presidente Lula, do qual todos somos gratos, o eleitorado progressista de São Paulo vai pagar muito caro. A mídia já demonizou o PT com sucesso. Em São Paulo, inclusive, esse fenômeno começou muito mais cedo do que no resto do país.

    Sem a ajuda do PiG, nenhum prefeito aqui conquista reconhecimento e aprovação de sua administração. A população da periferia se sente desamparada com o baixo impacto social dessa gestão, e a do centro confusa, já que o PT faz com louvor justamente o que eles sempre esperaram da direita. Terreno muito fértil para a Globo e cia. fazerem a diferença na cabeça do povo, na campanha eleitoral.

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.