Folha usa página inteira para difamar Mantega e notinha para se retratar

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

mantega capa

 

— Tem mais algum petista, aí, pra incluir?

— Tem aquele que andou apanhando num restaurante… Como é mesmo o nome? Ah, lembrei, o tal de Manteiga…

— É Mantega, sua besta!

— Esse aí…

— Foi citado na investigação do tal do Mouro?

— Quem é besta, aqui? Você me xinga por errar o nome do petista e erra o nome do delegado que é contra petistas. É Moro, seu burro…kkkkk

— Só que ele não é delegado, seu animal, o cara é juiz…kkkkk

— Foda-se, cara. Não precisava de mais petista? Pelo menos eu lembrei de mais um. Põe ele aí.

O diálogo acima é uma ficção, mas, dado o nível de falta de profissionalismo e de responsabilidade da Folha de São Paulo, é perfeitamente crível que matérias como a publicada na página A5 do jornal na última quarta-feira possam ter partido de uma “análise” como essa dos “fatos” que a “fundamentaram”.

No post anterior, o Blog divulgou que a matéria “Quem é quem na Lava Jato” (13/01, página A5) misturou pessoas presas e até condenadas pela investigação do juiz Sergio Moro com pessoas que nem mesmo são investigadas por essa operação, como o ex-presidente Lula e o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner.

Na edição da quinta-feira do mesmo jornal, porém, notinha minúscula de um leitor muito especial daquele veículo, publicada no espaço que esse veículo destina às manifestações de seu público (o “painel do leitor”), revela toda a má-fé, toda a irresponsabilidade, todo o partidarismo dessa empresa pseudo jornalística.

O leitor “especial” em questão é o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, citado na matéria mencionada acima como sendo o quarto homem no organograma da “quadrilha” que a Folha inventou e que tem Lula como “number one”, Dirceu como segundo em comando, Jaques Wagner como terceiro e Mantega como quarto homem da hierarquia “criminosa” dessa quadrilha ficcional.

Antes de reproduzir o teor da carta do ex-ministro, porém, vale rever a matéria caluniosa da Folha.

folha 1

A reprodução da matéria serve para que o leitor confira o imenso espaço dado a ela. Quase uma página inteira de jornal. Porém, a Folha cometeu um erro (sem querer ou querendo) dramático. Guido Mantega jamais foi citado na Lava Jato, razão pela qual escreveu, na edição seguinte, uma nota indignada.

mantega 2

Por que se espanta, ministro? Ainda não sabe o que é a Folha?

O critério do jornal para fazer essa matéria caluniosa é o que mais espanta devido à irresponsabilidade do jornal. Se bastava alguém “lembrar” vagamente que Mantega faria parte de alguma coisa para incluí-lo em uma matéria que denuncia uma “quadrilha” encabeçada por um ex-presidente da República, por que ninguém lembrou que Aécio Neves e Fernando Henrique Cardoso também foram citados na Lava Jato?

Algum dos dois está na matéria?

Os tucanos citados na Lava Jato não estão na matéria, mas um ex-ministro petista que não foi citado na investigação, está. Não está pelo teor da citação (mais ou menos grave), pois nunca houve tal citação. Está porque é petista e os tucanos não estão porque são tucanos.

É simples assim.

A Folha se retratou do erro na edição desta quinta-feira, no espaço abaixo do dado ao ministro para se queixar da difamação de que foi alvo. Confira, abaixo, leitor, o espaço dado para a difamação e o dado à retratação.

mantega 1

O “erramos” da Folha, porém, erra de novo. Leia a “retratação” minúscula do jornal e, em seguida, a explicação do por que a Folha erra até quando se retrata.

mantega 3

O jornal errou de novo. Mantega não foi citado na Zelotes coisa nenhuma. A Folha não lê a Folha. Abaixo, reprodução de trechos de matéria desse jornal, publicada em novembro último, intitulada “Juiz autoriza quebra de sigilos de ex-ministro Guido Mantega

“O juiz da 10ª Vara Federal de Brasília, Vallisney de Souza Oliveira, responsável pela condução dos inquéritos da Operação Zelotes, determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal de cerca de 30 empresas e pessoas, entre as quais o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. O magistrado acolheu pedidos do Ministério Público Federal no Distrito Federal.

A Folha apurou que a ação é uma tentativa de descobrir se as nomeações de conselheiros do Carf, órgão vinculado ao Ministério da Fazenda, feitas pelo então ministro sofreram interferência ilegal, que poderia ser detectada a partir do mapeamento de transações financeiras de Mantega (…)

Outra linha de apuração é definir a extensão do relacionamento do ex-ministro com o empresário Victor Sandri, cuja empresa, o Grupo Comercial de Cimento Penha, conseguiu reverter no Carf multa de R$ 106 milhões.

Há cerca de duas décadas, Mantega vendeu terrenos para uma firma de Sandri. Antes da Zelotes, o empresário foi condenado também pela suspeita de interferir em decisões no Carf, conforme a Folha revelou em abril (…)”

Como se vê, Mantega não foi “citado” por delatores da Zelotes, como sugere a nota da Folha. O que ocorreu é que um juiz, por alguma razão (que todos sabemos qual é), resolveu que valeria a pena investigar Mantega por uma transação que fez VINTE ANOS ATRÁS com um envolvido na investigação”.

Se as pessoas soubessem como são feitas as linguiças e o jornalismo desses impérios de média, não consumiriam nenhum dos dois.

Tags: , , , ,

88 Comentário

  1. Jornalista Jefersom Miola : No início de 2015 Pedro Barusco, outro corrupto que também foi nomeado para cargo diretivo na Petrobrás no governo FHC, delatou o esquema de propinas existente na empresa pelo menos desde 1997, na jovialidade do primeiro mandato de FHC. Organizando a estratégia de contenção da verdade, a diretora da Central Globo de Jornalismo, Silvia Faria, BAIXOU A SEGUINTE ORDEM INTERNA NA EMISSORA: “Assunto: Tirar trecho que menciona FHC nos VTs sobre Lava a Jato. Atenção para a orientação Sergio e Mazza: revisem os vts com atenção! Não vamos deixar ir ao ar nenhum com citação ao Fernando Henrique” [Jornal GGN, 08/02/2015].

    A manipulação político-ideológica do noticiário para atacar adversários convertidos em inimigos é um padrão de comportamento histórico da ultra-direita. Nos anos 1950 e 1960, a mídia com seus loquazes difamadores [Carlos Lacerda é o melhor exemplar desta espécime] empreendeu campanhas de desestabilização e radicalização política que culminaram no suicídio de Getúlio Vargas em 1954 e na instalação da ditadura civil-militar em 1964.

  2. MILAGRE!

    O Plano Real levou vinte anos para tirar algumas dezenas de milhões de brasileiros da pobreza. O lulopetismo conseguiu, só no período de janeiro e novembro de 2015, fazer com que cerca de 3,7 milhões de brasileiros saíssem da classe C (aquela com renda entre R$ 1.600 e R$ 6.500) para as classes D e E, devolvendo-os, pois, à pobreza..

    • O Plano Real não é o responsável por isto, mas sim as políticas públicas, que se intensificaram no governo Lula / Dilma. Não vale apelar.

    • Lucas Lalausconi Daniel, vai tentando, você ainda não conseguiu convencer que a melhoria social se deu com o finado FHC, pois isto não ocorreu mesmo.

      Os trabalhadores, os sem-terras, os assentados, a classe média, a classe alta, etc, todos tiveram melhorias de rendas com o advento dos governos trabalhistas de Luiz Inácio Lula da Silva.

      Conta outra que essa mentira sua não colou.

  3. Só tem um jeito de Dilma-PT não combater a corrupção: Tirá-los.

    “É preciso manter a estabilidade, mas não se pode abrir mão, em nome da estabilidade, de combater a corrupção e outras irregularidades( doa a quem doer ) que possam ocorrer”.

  4. Rio de Janeiro 15 de janeiro de 2016

    A CAIXA SOCIAL

    Caros amigos (as) a Caixa Econômica está investindo milhões em patrocínio de clubes de futebol, mas pergunto: onde fica o social? Por isso, gostaria de sugerir um projeto: A CAIXA SOCIAL, onde em campanhas especiais (datas) como o dia mundial do Câncer de Próstata, Mama, o dia internacional da Aids, o Teleton, etc. os clubes coloquem em suas camisas, esses temas, para que o povo fique atento e possa colaborar com a causa. Amigos (as) todo mundo ganha com essa iniciativa do bem! No site da Caixa não estou tendo acesso a sua ouvidoria, por isso, estou colocando esse projeto do bem, na rede, pois fazer o bem, faz bem. Amigos (as) o nosso dinheiro tem que ser aproveitado da melhor forma possível, e não ser dado quase de graça, para alguns setores, enquanto o povo sofre com essa crise.

    Atenciosamente:
    Cláudio José, um amigo do povo, da paz, da ONU e um Beija-Flor da floresta do Betinho.

  5. Nem me espanta esses absurdos ocorrerem!!

    Vai ser difícil o Mantega ganhar uma retratação digna… ele é um inerte! Aliás, o PT não reage.. infelizmente!

  6. DO BLOG DO NASSIF
    Dilma, faça como Obama e comunique-se por email com seus eleitores, por Ivo Pugnaloni
    SEX, 15/01/2016 – 10:32

    Do blog Desenvolvimentistas

    Presidenta Dilma: faça como Obama. Comunique-se por email com seus eleitores

    Por Ivo Pugnaloni

    Presidenta Dilma:

    Veja no e-mail abaixo, que recebo quase todo dia, como o Presidente Obama trata de forma respeitosa mas camarada e amiga, seus eleitores e apoiadores desde 2008 até hoje.

    Aqui no Brasil, seus assessores recomendaram fechar e fecharam o blog Mais Brasil, um sucesso durante a campanha, tão logo a senhora assumiu seu segundo mandato em janeiro de 2015…

    Nos EUA , Obama desde 2008 envia e mails quase diariamente aos que se cadastraram em sua primeira eleição.

    Neles, chama atenção dos eleitores e apoiadores para tudo o que ele está fazendo no Congresso, para aprovar leis que tragam benefícios à população.

    E ele também “entrega” os deputados republicanos que atrapalham a aprovação dessas leis, mostrando de forma clara seus equívocos, os interesses que defendem com base nas contribuições que receberam.

    E diz coisas assim, chamando cada um pelo seu nome:

    “Infelizmente, caro Ivo, o deputado fulano, republicano de Nevada, tem outra visão e não quer que o projeto seja aprovado pois irá prejudicar o setor tal, o que não é verdade, ele apenas vai deixar de ganhar assim, para ganhar assado”

    Desculpe ser franco e direto, mas nossa companheira presidenta parece hoje totalmente proibida e bloqueada de ter contato com o público que votou em você.

    Parece que seus assessores de comunicação passaram-lhe um esparadrapo na boca.

    E só permitem que fale em inaugurações que ninguém assiste, transmitidas pela EBC que ninguém vê.

    Cujo noticiário é cópia mal feita dos jornais que encarnaram o espirito dos partidos da oposição.

    E dão na gente vontade de assistir a mesma coisa, no “original” e não na cópia.

    Eles colocaram no ar um site “fale com a Presidenta” que simplesmente não aceita a postagem de mensagens, aparentemente por “defeitos técnicos” (experimente de vez em quando, mandar uma mensagem por aqui)

    Aí fica difícil a senhora não ter que negociar tudo, todo projeto de lei, com uma “base aliada”, que quer sempre mais cargos, mais poder, mais chantagem explícita.

    Não tem mais ninguém para falar!

    Aí é difícil…

    Vai aí nosso apelo.

    Companheira Dilma, por favor, faça como o presidente Obama!

    Experimente usar também o velho e seguro e-mail para falar diretamente com seus eleitores!

    E não só o telegráfico twitter.

    Conte a eles o tanto que você tem feito, envie a eles dados, gráficos com a evolução dos indicadores econômicos e sociais como estes que eu tinha até 2012 mas que agora não se acha mais. Envie fotos e vídeos das obras grandiosas e geradoras de emprego!

    Conte aos eleitores, quais deputados e senadores tem ajudado você a governar bem o Brasil!

    E quais tem votado contra os bons projetos, quais se recusam a melhorá-los com você, quais sabotam as votações, quais fazem obstrução…quais não só torcem, mas trabalham pelo “quanto pior melhor”…

    Imite o Obama e comunique-se pela internet diretamente com seus eleitores!

    Chame-os pelo nome.

    Você tem todas as condições e necessidade de fazer isso.

    Não escute tanto e para toda e qualquer coisa, só as mesmas e habituais pessoas.

    Elas podem estar erradas, algumas vezes.

    Ou será que elas se dizem infalíveis, como até o Papa Francisco já declarou que não é?

    Estamos torcendo para que o Brasil saia por cima dessa crise.

    Mas a presidenta precisa se ajudar mais, falando direto com seus 54 milhões de eleitores e apoiadores.

    Senão a Dilma Bolada é que será a única forma do povão imaginar como você fala, como você pensa.

    E dá só uma olhada do numero de acessos dela!!!!

    Fique com Deus.

    Tags

    • Obervação: O Obama e meu amigo também de e-mail, podem falar o que quiser dele, mas é melhor ter ele ao seu lado, do que um Trump na sua cola.

  7. Obervação: O Obama e meu amigo também de e-mail, podem falar o que quiser dele, mas é melhor ter ele ao seu lado, do que um Trump na sua cola.

  8. Na verdade não foi um juiz que resolveu investigar. Quem investiga é a PF e o MPF. O juiz somente autoriza um pedido que quebra de sigilo fiscal, bancário, telemático, etc feito pelas autoridades investigatórias.

    O juiz deve ser um árbitro neutro que pesa os argumentos da acusação e contrapõe aos direitos e garantias individuais evitando os excesso na acusação.

    Isto é o que um juiz deveria ser, Nem todos são assim. Alguns são juízes-investigadores como Sérgio Moro.

  9. Mas a verdade é que a presidenta, a economia e o PT estão afundando mais e mais a cada dia. E não há luz no fim no túnel.

    • A verdade é que o seu cinismo tomou conta da sua lucidez (e como um coxinha e patinho da Fiesp) só enxerga o que o PIG mostra.

      • Sr. Prudente,

        Bom dia.
        Por favor, faça um contraponto. Explique por que o Sr. Lino está errado.

        Grato,
        Heitor.

  10. Vai ficar por isso mesmo? Até quando esse partido de bunda moles vai aceitar essa mídia golpista defecando na boca deles? Estou cada dia abandonando o PT e decidido a me filiar no PCO.

  11. “O jornal errou de novo. Mantega não foi citado na Zelotes coisa nenhuma” A Falha de SP não errou nada, isso é proposital, isso é canalhice. Você já viu a nova contratação do jornal para escrever na sua edição on line? O KintaCategoria, o golpista mirim do MBL, irá escrever na “quinta coluna” artigos de quinta categoria. Esse menino que costuma mentir e inventar contra a esquerda, caiu muito bem naquilo que a Falha anda fazendo do seu jornalismo. O que esperar? É daí para pior. Existe uma disputa entre Veja, Folha, Época para ver quem é mais sujo.

  12. .

    VERDADES FICTÍCIAS
    .
    Os poucos órgãos de imprensa
    Se reúnem formando um cartel
    Para compartilhar o que pensam
    Nos jornais televisivos e de papel
    E assim quem procura se informar
    Não importa aonde vá buscar
    Encontrará as mesmas notícias
    Manipuladas por profissionais
    Que por interesses pessoais
    Criam verdades fictícias.
    .
    Pinçam declarações
    Tirando-as do contexto
    Para utilizá-las nas edições
    Dos bombásticos textos
    Que destroem reputações
    Transformando em vilões
    Pessoas que não devem nada
    E quando são desmascarados
    Assumem os erros praticados
    Através de pequenas erratas.
    .
    As difamações ganham as manchetes
    Mas as erratas não recebem destaque
    Os danos causados não se revertem
    E a mentira põe em dúvida a verdade
    E assim somos transformados
    Em seres teleguiados
    Pela Mídia fascista
    Que mantém de plantão
    Os criminosos que são
    Confundidos com jornalistas.
    .
    Eduardo de Paula Barreto

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.