E a democracia sobreviveu a 2015

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

democracia

 

Refletindo sobre o ano espantoso, assustador e doloroso que chega ao fim, há que concluir que, sob um aspecto muito importante, não só terminou bem como ainda abre passagem a um novo ciclo que promete marcar a virada desse jogo injusto e perigoso que foi jogado ao longo dos últimos 365 dias.

Desde 2002 o Brasil não tinha um ano tão ruim. Durante os 12 anos seguintes este país distribuiria renda, veria a pobreza cair e o nível de emprego aumentar. Mas o fascismo não se conformava…

Chegamos ao fim de 2014 com algum desequilíbrio fiscal que poderia ter sido resolvido facilmente se tivéssemos feito o ajuste no primeiro semestre e se a operação Lava Jato não tivesse se transformado em um instrumento político para sabotar a economia, paralisando o setor da construção pesada e lançando incertezas sobre os agentes econômicos, paralisando o investimento.

A sabotagem da direita midiática roubou-nos empregos, aumentou a inflação, interrompeu a queda da pobreza e da desigualdade. E, mais do que tudo, ameaçou a democracia.

Os problemas econômicos artificiais, gerados por autêntica sabotagem assacada contra a nação, ludibriaram a maioria dos brasileiros, levando-os a colaborar com setores microscópicos da sociedade que a oprimem há cinco séculos e que, de forma trágica, recuperaram força que haviam perdido durante mais de uma década.

Hidrófoba, a ultradireita se assanhou como não fazia desde que, há cerca de meio século, sepultou a democracia e impôs aos brasileiros duas décadas inteiras de opressão, de violência, de concentração de renda, de saque ao patrimônio público sem que ninguém pudesse sequer sonhar em contestar.

Foi doloroso ver as minúsculas classes opressoras arrastarem para seu baile macabro aqueles que oprimem, lotarem as ruas em um festim diabólico contra a democracia.

Por muitas vezes, nesse ciclo terrível que chega ao fim, vimos a democracia quase naufragar e dar lugar a um novo regime autoritário que se estabeleceria sob disfarce de legalidade, porém jogando no lixo mais um mandato popular sob mentiras e distorções dos fatos, o que teria aberto um período de caça às bruxas da mesma natureza do que sucedeu ao golpe de 1964.

Porém, as instituições brasileiras resistiram. O Supremo Tribunal Federal, saneado da demência personalista de Joaquim Barbosa, não foi mais o mesmo. Barrou a delinquência de Eduardo Cunha e se converteu no grande bastião da democracia.

A esquerda, mesmo combalida e sem entender completamente o momento político, intuiu que precisava ir à rua e, assim, fez ver aos fascistas e golpistas que não seria tão fácil sepultar a democracia – sem violência física, dar um golpe de Estado é infinitamente mais difícil.

A democracia resistiu, também, por uma resistência de homens e mulheres que usaram a internet para denunciar os ímpetos antidemocráticos que espreitavam a nação. Blogueiros, ativistas digitais e uma parcela corajosa, heroica da opinião pública não sucumbiram à tentação de se abster. Agredidos, insultados, nós que atuamos pela democracia na internet não nos rendemos e, assim, ajudamos a barrar o golpe.

Por muitas vezes, todos nós pensamos que estava tudo perdido. O golpe seria desfechado e a democracia, que tanto custou a tantos para ser restabelecida, seria massacrada novamente. Mas não aconteceu.

Nossa luta tem dado frutos. Setores crescentes da sociedade apenas iniciam o despertar do ilusionismo nefando com que pretendem reimplantar um regime ditatorial no país. Conseguimos resistir, conseguimos barrar o golpe em 2015, o que, a certa altura, parecia impossível.

O ano que principia começará turbulento. Os golpistas apostarão tudo no primeiro trimestre porque sabem que, depois, a economia começará a se recuperar. E não haverá como impedirem. Só temos mais três meses de luta desigual pela frente, portanto. E para quem resistiu por 365 dias, resistir mais noventa será moleza.

A munição golpista-fascista está terminando ao mesmo tempo em que a nossa está para receber reforço da recuperação do segundo trimestre e de medidas do governo que diminuirão a resistência de setores da esquerda a se posicionarem contra o golpe. Por isso tudo, 2016 será o ano da virada. O fascismo não perde por esperar.

Que venha 2016. Feliz Ano Novo, companheiras e companheiros!

Tags: , , ,

201 Comentário

  1. Ao meu companheiro e amigo, feliz 2016. É sempre uma honra ser seu leitor, fique bem, lembranças a toda a família, em especial a Vitória.
    (Eraldo, Marli e Emily)

  2. Feliz 2016 !!! Muita força, saúde a paz para seguir a luta !!!

  3. Eduardo, um ano novo com muita saúde, paz e realizações.

  4. Muito obrigada, Edu, pelo muito que aprendi com você.
    Um novo ano feliz para você e sua família.
    Marilia

  5. Feliz 2016, Eduardo!
    E que a inabalável fé na Democracia e no bem comum, seja bastante para mover e, demolir, definitivamente, a montanha do autoritarismo e da desonestidade com os quais setores e representantes da vanguarda do atraso, tentam minar e até mesmo por fim, a tantos avanços sociais, que nas minhas quase seis décadas de vida, jamais havia presenciado nesse solo sagrado do meu amado Brasil!
    Avante, Guerreiro!

  6. Sim, da resistência vem a vitória, amos virar o jogo, fascistas não passarão.
    Feliz Ano Novo para todos nós Edu.

  7. Muita saúde Edu, estamos juntos em 16, em 17,18, 19, …..

  8. Feliz Ano Novo, Eduardo!

    Por um 2016 Feliz!

    Grata por seus textos.

    Saude e Paz para voce, sua familia e a todos os seus leitores.

  9. Edu

    Feliz 2016 para você e sua família.
    E obrigada pela companhia em 2015, que – Ufa!! – está indo embora.
    Que Deus continue a iluminar seu caminho.
    Sinta-se abraçado carinhosamente.

  10. Olá, Edu

    Feliz 12016 para você, sua família e para o Blog cidadania!!!
    Obrigado por você fazer parte dessa corrente ´positiva a favor do Brasil e do Povo Brasileiro!!
    João Brasileiro

    • Feliz ano novo, Joâo

    • João, aproveito seu erro de digitação para dizer que adoraria que fosse esse mesmo o ano: 12016! Poderia estar pior, mas haveria uma grande chance de que todos os meus desejos pudessem se tornar realidade…

  11. EDU
    UM FELIZ 2.016 PARA VOCE E TODA A SUA FAMILIA.

  12. Bem que a gente merece um 2016 mais justo. Acho que vai ser mais justo. Espero, por todos nós, que seja um bom ano.

  13. Lendo já em 2016, esperançoso de que o Governo atenderá aos anseios daqueles que lhe suportou quando nos momentos mais críticos… A esperança vencerá o medo sempre!!!

  14. Um Feliz Ano Novo para você, Eduardo Guimarães e sua família. Concordo com você: 2016 tem tudo para ser o ano da virada. Considerando que 2015 foi um ano quase perdido, é fato que terminamos o mês de dezembro com vitórias importantes. No STF, na revelação para muitos de quem são algumas figuras, como Aécio, Eduardo Cunha, Gilmar Mendes e Temer, que apareciam na mídia como pessoas sérias, mas que não passam de golpistas, além, em alguns casos, de ladrões.

    Dilma fechou 2015 com duas medidas relevantes: manteve a política de aumento do salário mínimo acima da inflação, o que representa mais dinheiro no bolso de milhões de pessoas, o que certamente vai contribuir para que a economia retome o crescimento – claro que com mais investimentos e políticas não recessivas.

    A outra medida que considero relevante foi a justa homenagem ao Brizola, considerado agora oficialmente um dos heróis do povo brasileiro. Brizola teve papel essencial na campanha da Legalidade que garantiu a posse de Jango, bem como, com a redemocratização, na defesa dos interesses nacionais, na luta contra o monopólio da mídia, entre outros.

    Os movimentos sociais, as centrais sindicais, os estudantes e parcelas expressivas da população estão retomando o protagonismo das ruas – isto ficou claro nas manifestações do dia 16 -, ao mesmo tempo em que a direita golpista perde força e se desmoraliza com ataques histéricos e infantis como a agressão feita ao maior ídolo da música popular brasileira, Chico Buarque.

    Portanto, também estou otimista e esperançoso, pois acredito que esse conjunto de fatores deve criar um ambiente político mais favorável à retomada do crescimento econômico com geração de empregos e distribuição de renda.

    Claro que a direita, como prevê corretamente Eduardo Guimarães, de tudo fará para tentar minar o governo, desacreditar as instituições e criar um ambiente de pessimismo e derrotismo. Mas, até isso será mais fácil combater, pois parcelas crescentes da população começam a perceber que esse pessimismo exagerado não corresponde com a realidade do Brasil, que apesar da crise, mantém aeroportos lotados, compras de Natal em grande monta, supermercados cheios, desemprego ainda muito abaixo de outros países e políticas compensatórias – como o Bolsa Família – que funcionam como um contrapeso e proteção às consequências da crise.

    O que não podemos permitir é que a Lava Jato, associada à mídia golpista, continue pautando a agenda do país, paralisando a economia, causando desconfiança generalizada, inclusive inibindo novos investimentos, e gerando desemprego e queda de arrecadação. O Brasil é muito maior do que a Lava jato. A Petrobras é muito maior e mais importante do que a Lava Jato. Mais importante do que a Globo, a Band, a Rádio Itatiaia, de Minas, que disseminam ódio, moralismo seletivo sempre contra o PT, Lula e Dilma, enquanto blindam os tucanos e afins.

    Em 2016, portanto, a luta contra o golpismo, em defesa dos direitos dos trabalhadores e por mais conquistas sociais continua firme!

  15. Feliz Ano Novo, Eduardo Guimarães… E muito obrigado por todo o ânimo que você nos deu, nessa trincheira contra o golpe que é o Blog da Cidadania!

  16. Boas vibrações a todos nós, precisaremos ter muita maturidade e responsabilidade neste ano, muita união e otimismo. Esperemos que 2016 seja, finalmente, um ano novo para o povo brasileiro. Depende de nossa coragem de mudar nossas próprias vidas e hábitos, também. A inteligência tem que chegar ao Brasil para nunca mais ir embora. Para que a luta seja mais efetiva. Esses são os meus desejos sinceros e meus pensamentos constantes. Mais luta, menos conservadorismo emburrecedor e assassino!!!!

  17. Meus votos de felicidades para a familia Guimarães
    e para todos os leitores progressistas desse blog importante.

  18. Fora de Pauta, mas dentro do clima de golpe

    Nassif mata a cobra e mostra a cobra morta

    Propina a Aécio levou seis meses para vazar

    Nassif: a Lava Jato só ataca um lado

    publicado 31/12/2015

    (Imagem: Fábio Sexugi: “Minha sugestão à Veja para sua próxima capa”)
    http://www.conversaafiada.com.br/brasil/propina-a-aecio-levou-seis-meses-para-vazar

    O Conversa Afiada reproduz artigo de Luis Nassif:

    Falta um 11º mandamento na lista bíblica de Dallagnol
    Há duas maneiras de ler a Lava Jato: pelas manchetes e pelas entrelinhas.

    Já que as manchetes são óbvias, vamos a uma releitura através das entrelinhas do que saiu publicado nos últimos dias.

    ***

    O repórter policial da Folha, Frederico Vasconcellos, divulgou trechos de um trabalho de Ségio Moro de 2004, sobre a Operação Mãos Limpas, da Itália. Já havia sido divulgado e analisado no Blog há tempos. Como é repórter policial, restringiu-se aos abusos para-legais analisados por Moro na Mãos Limpas, e vistas por ele como imprescindíveis para a Lava Jato. Tipo, em linguagem policial: tem que manter o suspeito na prisão o máximo de tempo possível afim de que ele abra o bico.

    ***

    Mais sofisticado, o colunista Mário Sérgio Conti aborda outros ângulos do trabalho, exaustivamente discutidos no Blog. Um deles, o uso desabusado da imprensa, através do vazamento de notícias visando comandar a pauta.

    Aborda também os aspectos geopolíticos da cooperação internacional – a rede internacional de autoridades de vários países, montada inicialmente para o combate à narcotráfico e ao terrorismo e, depois, estendida para outras atividades ilícitas, sob controle estrito das autoridades norte-americanas.

    ***

    Aqui, mostramos claramente que a cooperação internacional tornou-se uma peça da geopolítica norte-americana, visando impedir concorrência desleal de empresas de outros países contra as americanas.

    Conti faz uma baita ginástica para a conclusão óbvia: na cooperação internacional, os Estados Unidos entram com motivação econômica. O óbulo: “Para os toscos, é um garrote vil do imperialismo norte-americano”. Para ele, que é sofisticado, “a corrupção beneficia as burguesias locais, mormente (sic) de países periféricos, em detrimento da classe dominante do Império”. E justifica como um gesto de auto-defesa dos EUA – aquele país cujas ferramentas de espionagem não pouparam sequer presidentes de nações amigas.

    ***

    Pelo conteúdo, o artigo foi montado em cima de entrevistas com membros da Lava Jato, que admitem o jogo. Segundo eles, “admite-se que a motivação americana (e não apenas ela) tem boa dose de mercantilismo”. Mas, no frigir dos ovos, acreditam que seja benigna, pois “ajuda o Brasil a resolver seus problemas”.

    A maneira como as corporações norte-americanas instrumentalizam suas instituições torna o Brasil um peixe fácil. É para ajudar o Brasil a resolver seus problemas que a Lava Jato tratou de criminalizar financiamentos à exportação de serviços, que o MPF tenta a todo custo envolver o BNDES e espalhar suspeitas sobre ações diplomáticas na África.

    Nem se culpe juiz, procuradores e delegados. Eles apenas se valem de forma oportunista da fragilidade institucional brasileira, da visão rala de interesse nacional, de uma presidente politicamente inerte e de um Ministro da Justiça abúlico para ocupar espaços.

    ***

    A manipulação da mídia ficou clara em um episódio ocorrido ontem. Nos depoimentos, qualquer menção a Lula é vazado no mesmo dia.

    Ontem, o repórter Rubens Valente, da Folha – que não pertence ao circuito mídia-Lava Jato – levantou o depoimento de um delator apontando propinas a Aécio Neves. É de junho passado. Passou seis meses inédito.

    No período da tarde, a Lava Jato tratava de vazar correndo outro depoimento, indicando pagamento de propinas ao presidente do Senado Renan Calheiros, a um senador da Rede, Randolfo Rodrigues.

    ***

    Todo dia o procurador Deltan Dallagnol aparece em sua campanha pelos 10 pontos a serem alterados na lei para combate à corrupção.

    Se fosse uma campanha efetivamente isenta, o 11º ponto seria a obrigação do Procurador Geral da República e do Supremo Tribunal Federal (STF) de abrir os dados em relação a todo pedido de vista ou todo inquérito engavetado. E de se criar formas que impeçam o uso político do vazamento seletivo de inquéritos.

    No STF, o ex-Ministro Ayres Britto engavetou por dez anos, sem nenhuma explicação, o inquérito sobre o mensalão mineiro. Tinha que apresentar em uma sessão, foi tomar um café no intervalo, e na volta simplesmente deixou de falar sobre o inquérito.

    Do mesmo modo, desde 2010 dorme na gaveta do PGR um inquérito contra Aécio Neves, acusado de ter conta no paraíso fiscal de Liechtenstein em nome de uma offshore. Como o próprio Procurador Geral observou, na denúncia contra Eduardo Cunha, o uso de offshores visa esconder a verdadeira identidade dos titulares da conta. E se visa esconder, é porque o dinheiro é de procedência duvidosa.

    ***

    De fato, o país precisa ser passado a limpo. E a Lava Jato tem feito um trabalho completo de desvendar as maracutaias de um lado. Mas esconde e blinda os malfeitos do outro lado.

    Se ataca só um lado – a ponto de deixar por um fio o mandato de uma presidente inerte – e poupa o outro, é evidente que instrumentaliza o combate à corrupção em favor de interesses corporativos e políticos.

    Essa hipocrisia não pode perdurar muito, ainda mais em um ambiente de redes sociais.

  19. Texto lindo, verdadeiro e cheio de esperança. Que Deus continue nos abençoando nessa luta desigual. Feliz Ano Novo, pra você e família, Guerreiro Eduardo Guimarães!!!

  20. Edu,foi muito bom ter lido seu texto: ele encoraja,ele anima,ele nos diz que nem
    tudo esta perdido.
    A luta continua,mas com certeza com combatentes como você ela será vencida.
    Para você e sua família um excelente 2016.
    Abraços.

  21. Feliz ano novo pra todos.

  22. Companheiro Eduardo

    Meu desejo de saúde e alegrias para você e toda sua família.
    Apesar da luta que ainda resta creio também que 2016 será o ano da reversão deste período ruim que passamos. Força a todos nós, pois a democracia sobreviverá a 2016, 2017, 2018…
    Forte abraço,
    Hélcio.

  23. Feliz Ano Novo, que 2016 venha recheado de muito amor, paz, tolerância, paz e acima de tudo COMPAIXÃO. Desejo ao sr. e sua linda família, especialmente a Victória.
    Grande abraço

  24. ♫ Em meio ao delírio do pó, Aébrio Never, o Repelente, imaginou que ia arrebanhar um butim maior que àquele do juiz que garfou o Porsche e outros bens do Eike Batista, com exceção da Luma de Oliveira, que não pertencia mais ao escroque.
    É difícil dizer qual é o palhaço mais triste, se o juiz ladrão ou o político ladrão e safado. Ou qual dos dois perdeu mais: o juiz que hoje deve ser execrado até pelos filhos ou o senescente playboy careca e transplantado, que não se elege mais nem vereador em Belzonte ou onde quer que seja. Tristes trópicos…
    Mesmo assim, vamos em frente. Vamos dedetizar TODOS os insetos nocivos e preparar a próxima colheita. Viva o povo brasileiro!

  25. Feliz ano novo Edu, à você e seus familiares. Espero que possamos ter um ano diferente de 2015, onde se espalhou o pessimismo como forma de alavancar um golpe, que apesar de não ter vindo, causou estragos ao nosso país. Espero também que a presidenta perceba aqueles que estão ao seu lado e consiga governar para eles. Que comece o ano se desfazendo de seu ministro da justiça, absolutamente inútil durante o frenesi da tentativa de golpe de 2015. Enfim feliz ano novo a todos nós que admiramos seu trabalho e sua luta. Um beijo na sua grande Vitoria.

  26. :

    : * * * * 13:13 * * * * .:. Ouvindo A(s) Voz(es) do Bra♥♥S♥♥il e postando: Feliz 2016 ! ! ! !

    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *

    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !

    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

    Feliz 2016 ! ! ! !

  27. Grande Edu,
    parabéns e obrigado por nos sustentar com a força da boa e verdadeira informação!
    Que o Deus-Menino recém nascido em Belém lhe dê forças e abençoe para nos ajudar mais um ano.
    Um feliz ano novo e um grande e fraterno abraço a você e todos os seus, especialmente o anjo Victória.
    Bem vindo 2016!
    Grande abraço!

  28. Num ponto privilegiado do Rio de Janeiro assisti a queima de fogos deCopacabana, Flamengo e Niterói e qual não foi minha surpresa? A Cor vermelha predominou o tempo todo e num determinado momento a onda vermelha cobriu toda a cidade do Rio de Janeiro,inclusive seus “coxinhas”. Adorei! Feliz 2016 Eduardo e obrigada pela sua luta e fé.

  29. Muito obrigada pelo belo trabalho realizado em prol da cidadania! Em meio a tantas incertezas no final do ano com o golpismo ameacando todos nós, valeu muito ter assinado aquele manifesto a favor da democracia!
    Feliz 2016 para você e toda sua família!
    Um grande abraco

  30. EDUGUIM
    VC FOI UM GUERREIRO E LIDER NESTA LUTA!
    FELIZ 2016!

  31. Meu caro Eduardo, que 2016 traga para todos nós muita paz, saúde e esperando que a nossa Presidenta Dilma tenha a coragem de mudar essa Política Econômica tão nociva para todos nós brasileiros.
    Um grande abraço Eduardo, feliz 2016 extensivo a sua família.

  32. Edu, texto muito bom. Vamos manter a fé. Feliz ano Novo

  33. Edu, um promissor 2016 para ti e teus familiares. Endosso, com toda a minha convicção, esse teu recado. Pode contar com o meu engajamento. Os nazi-facistas não passarão. Hasta siempre, como já disse o nosso CHE.

  34. Neste início do 2016, Eduardo,
    na junção de tua Vida:
    Família/Blogueiro/Cidadão,
    gratos pelas luzes seeguras
    com que procuras sempre
    iluminar caminhos da
    unidade, verdade, bondade
    e beleza da nossa autêntica
    Realidade Brasileira.
    E estamos certos:
    Assim o haverás de prosseguir!

  35. O Brasil entrou no túnel do tempo e caminha celeremente em direção à década de 80 do século passado. As similaridades são marcantes: déficits fiscais insustentáveis, endividamento público explosivo, inflação elevada e crescente, queda dos salários reais, governo sem sustentabilidade política, níveis elevados de impopularidade, incapacidade administrativa, política econômica desastrosa, prêmio de risco em alta, desvalorização cambial, pessimismo generalizado, etc. No cenário atual ainda não temos uma crise de financiamento externo (até quando?), mas a recessão é mais longa e mais profunda, com quedas do PIB próximas a 4%, em 2015 e em 2016, e elevadas e crescentes taxas de desemprego. E os sinais são de que estamos apenas no começo de um longo processo.
    O texto acima é de José Marcio Camargo e é de uma clarividência única. e como ele diz, “estamos apenas no começo de um longo processo”. Essa conversa mole de golpe, de ódio vai aumentar em 2016, só que a palavra correta é INDIGNAÇÃO. O PT pediu impeachment dos presidentes Sarney, Itamar, Collor e FHC, sendo que no pedido de FHC aparece a fotografia com o Lula, Marina, Dirceu etc entregando o pedido ao Temer, presidente da câmara. É muito cara de pau achar que os pedidos do PT não eram golpe, aliás, no caso da Dilma o STF jogou para o alto a acusação de golpe.

    • Mauricio,
      Na década de noventa nos governos do senhor Fernando Henrique Cardoso, para vocês o Brasil era um Oásis de bem-aventurança, no entanto foi ao FMI por três vezes. Mas com a assombrosa crise atual e a catástrofe que é a economia e tudo mais que seja administrado pelo PT, segundo vocês e seus mestre agourentos, ainda assim não foi ao FMI. Por quê sera?! Que maluquice é essa, não?! De que modo alguém que faça uso do raciocínio lógico pode crer numa aberração dessas, ein?! Quando tudo é uma maravilha, toma-se dinheiro emprestado, vende-se tudo a preço de sal e empenha-se até os sapatos, mas quando tudo está um caos, e tem dinheiro guardado e não faz uso dele para desse caos sair?! É muita incoerência, não?!
      O senhor José Marcio Camargo é clarividente do Instituto Millenium. Você queria o que?! Que ele dissesse que o Brasil está passando por uma crise, e, que essa crise é em sua maioria resultada de clarividências de homens políticos e intelectuais que como ele estiveram, estão e sempre estarão a serviço das multinacionais para as quais são mulas econômicas?! Isso não é possível, pois seria um milagre inexplicável, e todas os milagres humanos têm explicações humanas. Estando a serviço do Instituto Millenium como intelectual vendido e a serviço do capital estrangeiro ele tem que expor sua visão clarividente de acordo com o que seus mestre mandarem, é pago para isso. Para você, seus argumentos são uma reflexão de erudição profunda, para mim é apenas mais um mestiço brasileiro que até agora não entendeu que para ser alguém, tem que primeiramente aceitar, que é brasileiro. Caso contrário, vai sempre ser aquele vende-pátria angustiado por não ser euro/americano!
      Os pedidos de “fora FHC” eram golpe?! O que é um golpe?! Os pedidos petistas do “fora FHC” não eram golpe porque não pretendiam retirar o então presidente do cargo porque este praticara pedaladas fiscais, e, que comprovadamente, também praticara, mas porque doara a Vale do Rio Doce, vendera 40% das ações da Petrobras para o capital estrangeiro; porque vendera toda a telefonia e desaparecera com todo o dinheiro das tais “privatizações”. Afundara a plataforma P36 matando 11 operários e dando prejuízo de bilhões aos cofres públicos, e, mais uma porção de crimes que no momento não me recordo. Os petistas e os esquerdistas à época não pretendiam dar golpe porque não tinha e nunca tiveram a mídia ao seu lado 24 horas por dia conclamando “fora FHC” e nem tinham o judiciário e muito menos a Polícia Federal pretendo e interrogado tucanos preventivamente, e, os condenando em menos de noventa dias. Faça uma pesquisa e descubra que tucano foi incomodado durante a década de roubos e saques do erário público! Com sua moralidade de sordidez imbecilizante porque não manda um emeio ao senhor clarividente J.M.Camargo, lhe pedindo que esclareça porque em um País de homens de direita tão sérios e tão preocupados com a moralização da coisa pública, homens como o senador do PT, Delcídio Amaral estão presos, e, homens como o senador do PSDB, Aécio Neves estão soltos?! Pergunte também, se acredita que os juízes Dallagnol e Moro estão passado realmente o Brasil a limpo e por quê?! Alguém que seja, apenas um pouquinho sério, simplesmente não tem a menor condição de acreditar nos juízes Moro e Dallangnol quando dizem que “vão passar o Brasil a limpo”. Se fossem sérios e honestos acrescentariam: a limpo do PT. Sempre apoiaram e sempre apoiarão todas as corrupções do PSDB e seus seguidores. São clarividentes mulas do capital estrangeiros!!!
      Maria Antônia

      • MARIA ANTÔNIA FERREIRA MONTEIRO,

        Tinha escrito um longo texto sobre o que escreveu mas a luz apagou e tudo foi para o espaço. Vou fazer um resumo.
        1- A inflação no último mês antes do Real foi de 47% AO MÊS, que anualizada seria de mais de 7000%. Lula recebeu um inflação de 12 AO ANO. Vê a diferença?
        2- O crescimento da economia durante o governo Lula foi o maior em várias décas, com exceção dos dois últimos anos e por isto o preço das commodities tiveram um aumento de mais de 600% em relação ao governo FHC
        3- Dilma, agora, falou em crescimento, mas se as previsões se confirmarem, de 2015 já está confirmada, falta a de 2016, o crescimento médio do PIB, nos 6 anos, estará em torno de 0.5%. Isto não te assusta?
        4- A corrupção existe em todos os governos, mas seria maçante relacionar o que aconteceu no governo petista.
        5- Você em vez de criticar o Camargo deveria desconstruí-lo, o que não fez.
        6- Diante de tudo que acontece com a petrobràs, me desculpe, mas você tem a cara de pau de dizer que FHC afundou uma plataforma e não lembra do navio sonda que quase afundou com 14 mortes?
        7- Quanto ao golpe, não sei se viu a decisão do STF que somente mudou o rito da votação. Em nenhum momento ele disse que é golpe
        8- è ou não é, como diz um blogueiro , estupefaciente o governo pagar 72 bilhões de pedaladas, referente a 2014?

        • Mauricio, criatura estupefaciente!
          Você viu se o STF decidiu quem veio primeiro se o ovo ou a galinha?! Somente o STF pode dar essa resposta, visto que a verdade esta com ele! O STF existe para garantir direitos e deveres de acordo com a Constituição, não para conceituar palavras e ações. É seu dever definir e decidir se essas palavras e ações prejudicam ou incriminam outros, a dialética conceitual quem faz somos nós, o povo, por observação e repetição de fatos e ações anteriores. Toda a ação da história brasileira só existe se o STF disser que existe?! Pergunte a ele se você existe!
          Maria Antônia

          • MARIA ANTÔNIO FERREIRA MONTEIRO

            A palavra mais usada pelo governo e pelos simpatizantes é: golpe. E para decepção de vocês o STF que poderia ratificar a posição de vocês não o fez, tanto que o próprio governo, agora, não está usando mais esta palavra. Só isto.
            Quando julgar o governo FHC, que teve muitos erros, e também muitos acertos, você deveria, o que todos vocês não o fazem,e contextualizar o que aconteceu no mundo de 1995 a 2002, como FHC recebeu o governo e a situação da economia mundial e 2003 a 2010 e o mesmo para o Lula.

  36. Feliz 2016, Edu. Tenho certeza que este ano será o ano da virada.

    Grande abraço.

  37. Do ponto de vista econômico, já tivemos anos muito piores do que esse. A “crise” tão alardeada pela mídia é, assim, muito menor do que as que este país atravessou no desgoverno FHC(onde quebramos três vezes e FHC precisou esmolar junto ao FMI para que o Brasil tivesse algumas migalhas). Contudo, o terrorismo midiático impõe uma verdadeira lavagem cerebral na mente de uma população despolitizada e leva a maioria dos brasileiros a enxergarem a realidade não como ela é; com problemas econômicos pontuais, mas ainda moderados; mas como a mídia, Globo à frente, quer que ela seja. Esse mesmo terrorismo foi sem dúvida o responsável pela maior parte dos problemas econômicos que vivemos, o que não significa que o Governo não tenha alguma parcela de culpa. Para começar a culpa mais óbvia de não ter enfrentado a guerra política contra a sabotagem da mídia e, usando os meios a que tem acesso a Presidenta(como o horário gratuito em rádio e televisão), explicado claramente à população a força macroeconômica do país através dos números de nossa Economia, que estão muito melhores do que os da maioria dos países do mundo, incluindo-se os “desenvolvidos”;. Mas além desse erro, há outro a ser apontado. A maneira como Dilma empreendeu esse tal “ajuste” ortodoxo. Em tese, sou contra o ajuste por contestar inteiramente a teoria econômica neoliberal e sua taras como a busca insandecida e sem contextualização do equilíbrio fiscal(que não é praticado pela escola econômica estadunidense, principal inventora dessa maluquice). Contudo, compreendo a necessidade de Dilma de, dentro da correlação de forças existente, não poder romper todos os elos com o Sistema Financeiro Internacional e necessitar implantá-lo., como fez Lula no início de seu Governo(mantendo aspectos conservadores em sua administração econômica durante quase todos os seus dois mandatos). O que discordo é A FORMA COMO DILMA IMPLANTOU O AJUSTE, COM UMA BURRICE POLÍTICA ESPANTOSA, DANDO DE PRESENTE À MÍDIA A MUNIÇÃO NECESSÁRIA PARA DESMORALIZAR-SE COM AQUELES QUE ACABAVAM DE APOIÁ-LA NUMA ELEIÇÃO DISPUTADÍSSIMA. Ao implantar o “ajuste”, sem diálogo e sem medidas heterodoxas para compensá-lo, Dilma deu uma tapa na cara dos setores sociais progressistas que seriam imprescindíveis para mantê-la no cargo. Lula tomou medidas neoliberais em 2003, fez seu “ajuste”, mas acompanhou-o de medidas progressistas claras, que sinalizaram sua opção progressista àqueles que iriam sustentar seu Governo, principalmente na tentativa de golpe que sofreu em 2005 através da farsa do “mensalão”. Dilma não fez isso, não acompanhou as alterações nos benefícios previdenciários, como seguro-desemprego, seguro defeso e tantos outros, de medidas progressistas, como por exemplo uma nova fase do Minha casa, Minha Vida; ou a volta ou a reativação daquele programa que garantia a aquisição de eletrodomésticos aos inscritos no Minha casa , Minha Vida por preços populares ou um ampliação dos assentamentos da reforma agrária, enfim de medidas que sinalizassem CLARAMENTE aos seus aliados que continuava do lado deles. Não se faz política com “em tese” ou gestos implícitos, há necessidade de clareza até mesmo para que os líderes desses movimentos que a apoiam possam justificar aos seus liderados a continuidade da defesa do Governo Dilma sem que eles mesmos não acabem sendo acusados de traidores por seus comandados. Foi a ausência dessa postura, que também serviria para aquecer uma Economia já muito debilitada pela sabotagem da mídia(que afastou o investimento privado, imprescindível no Brasil)e aprofundou os efeitos danosos que o “ajuste” carrega por sua própria natureza anti-econômica(ao menos a Economia real)que enfraqueceu o Governo Dilma politicamente, transformando-o num prato cheio para a sanha golpista dos conservadores e fascistas, que já vinham assanhando-se desde as “manifestações” reacionárias de 2013, a primeira fase do grande plano golpista destinado a retomar o poder, plano que até agora estamos derrotando e derrotaremos definitivamente em 2016. Contudo, que Dilma tenha aprendido a lição, sem sua burrice política ela não teria se enfraquecido tanto e o golpismos conservador não teria atingido o nível a que chegou. Talvez não tivéssemos nem mesmo que suportar um merda como Eduardo Cunha na Presidência da Câmara. Contudo, foi o assanhamento conservador, que atingiu os momentos mais enojantes com Cunha e sua pauta fascista, que acabou por iniciar a reorganização da esquerda(dispersada devido à burrice de Dilma), cujo momento máximo aconteceu no fim do ano passado quando os setores populares perceberam a iminência do golpe, que àquela altura estava muito próximo, e e reagiram. FOI ESSA REAÇÃO, E NÃO STF NENHUM, QUE DERROTOU O GOLPE. LEMBREMOS QUE O STF HAVIA, ATRAVÉS DO VOTO DO RELATOR, AGASALHADO A SENHA GOLPISTA DADA POR CUNHA AO ELEGER AA COMISSÃO QUE ANALISARÁ O PEDIDO DE IMPEACHMENT DE FORMA ILEGAL, COM UMA COMPOSIÇÃO ELEITA EM VOTAÇÃO SECRETA, SEM SEGUIR A PROPORCIONALIDADE DA REPRESENTAÇÃO PARTIDÁRIA, DESRESPEITANDO O REGIMENTO DA CASA. A votação parou no dia das manifestações progressistas com a leitura do “voto” do Relator, apoiando o golpe de Cunha, mas no dia seguinte, já sob impacto da força da esquerda, nosso “ministros” tiveram o lampejo que, segundo alguns, o legalista Facchin não teve, e reverteram o voto do coleguinha no que concernia à aceitação da escolha dos membros da Comissão do Impeachment, anulando o golpe de Cunha. QUEM ACREDITA QUE ISSO OCORREU DEVIDO À CRENÇAS CONSTITUCIONAIS DE NOSSOS “MINISTROS”, ACREDITA EM TUDO!!!!!!!!!!!!!! COMO EU ACREDITO(ALIÁS ACREDITAR NÃO, PORQUE ISSO É SUBJETIVO), EU COMPREENDO RACIONALMENTE, COM EVIDÊNCIAS CONSTANTES DA REALIDADE, O MARXISMO, A LUTA DE CLASSES QUE ELE NOS MOSTRA COMO MOTOR DA SOCIEDADE, E NÃO CORROBORO CRENÇAS INFANTIS EM LEIS COMO “ENTIDADES” A PAIRAR ACIMA DA REALIDADE CONCRETA, GARANTINDO A FIDELIDADE DE BUROCRATAS QUE TÊM IDEOLOGIA E INTERESSES CONSERVADORES, TENHO CERTEZA ABSOLUTA DE QUE FOI A LUTA DE CLASSES, MAIS PRECISAMENTE A VITÓRIA DAS FORÇAS POPULARES NESSA BATALHA DA GUERRA TOTAL QUE ENFRENTAMOS, A RESPONSÁVEL PELA REVERSÃO DO VOTO DE FACCHIN, QUE POSSIBILITOU A CONTENÇÃO DO GOLPE E ABRIU CAMINHO PARA ELE SER DERROTADO. Contudo, independentemente da opinião sobre o que enfraqueceu realmente o golpe, o fato é que precisamos derrotá-lo por completo. A direita tentara recrudecê-lo nesse começo de ano, a Globo e a Lava Jato entrarão a todo vapor, e precisamos ainda em janeiro iniciar novas mobilizações para garantir que o golpe seja destruído com a rejeição do pedido de impeachment já na Comissão que o analisará. Como também, ganharmos força política para derrotar o outro golpe, versão “vale a pena ver de novo”, aquele de Gilmar Mendes e Dias Tóffolli pretendem levar a cabo no TSE. Só assim avançaremos em 2016 para recuperar a iniciativa política e econômica e garantir que a esquerda de fato volte a governar o Brasil. Como última sugestão, acho que nossa luta tem que passar por uma ataque direto à mídia, principalmente à Globo, com a realização de atos em frente às sedes globais, acusando-a por seu golpismo, Está na hora de enfrentarmos o terrorismos midiático

  38. Edu
    Um ótimo 2016 com muita saúde.
    Pra mim, 2015 foi um ano fantástico do ponto de vista político.
    É óbvio que é muito importante os programas de inclusão social, porém nossa maior tarefa é contribuir com a emancipação do nosso povo, torná-lo consciente e sujeito da história.

    Até agora, os governos populares LULA/DILMA trabalharam consumidores, porém 2015 se debateu muita política, a direita mostrou sua verdadeira cara com o Eduardo Cunha, o rei da corrupção, se desnudando por conta da justiça Suíça e por isso mesmo a nossa justiça e a PF acabaram mostrando sua parcialidade e o PIG viu seu poder de mobilização se esvaindo. Muita gente tomando se “mancol” e muita gente saiu do armário provocando papelão como o acontecido com o Chico Buarque, que rende indignação até hoje nas redes e nos debates.

    A parte podre do PMDB mostrou sua real identidade e a grande mídia se equilibrando tentando esconder as pilantragens do PSDB, do DEM e do PPS.

    Por outro lado tivemos a retomada das ruas pelos movimentos sociais, a ocupação das escolas pelos estudantes no Estado de São Paulo, a movimentação da intelectualidade em defesa da democracia.

    A lógica da produção é produzir e nunca discutir. Neste ano, apesar do baixo crescimento discutimos muito.

    Não sei quando chegaremos a este ponto, mas em um determinado momento teremos que discutir a distribuição de renda em outros parâmetros, não pelo crescimento, a economia não crescerá indefinidamente, os recursos são escassos e o planeta tem recursos finitos, o meio ambiente e a mobilidade humana grita por socorro.

    Tudo isso permitiu o debate das contradições de nossa sociedade.

    Dias melhores para todos e todas com muito debate.
    Luiz

  39. Excelente 2016, Edu!! Grandes e inteligentes palavras. Gosto muito de ler o que o amigo escreve. Abraços

  40. Olá Edu, seu texto está formidável. Feliz Ano Novo a você e aos seus familiares.

  41. É isso mesmo. Não passaram, nem passarão. Também para você, um 2016 como espera!

  42. Sobrevivemos… Foi uma luta…

    Nunca me engalfinhei tanto na vida…

  43. Agora o Governo com uma politica cambial mais adequada…Iremos longe

  44. 2015 inteiro foi o terceiro turno. Ou seja, desde 2014 o país está em guerra política. Guerra, quase literalmente, pois falta pouco para os fascista partirem para a violência física. Houve inclusive quem ficou preocupado com a integridade física do Chico.
    Mas a democracia sobreviveu sim, Edu. E muito graças a voces, blogueiros. Acredito que voce foi importante na união das esquerdas. Seu apelo para que as diferenças fossem superadas prevaleceu. Senão fosse isso, o que mostrou a maturidade da esquerda, não sei não.
    O ano que começou com o golpe botando quase um milhão nas ruas e nosso lado acuado, acabou com a direita minguando e nós recuperando-as.
    Além disso, o STF mostrou ser a defesa da constituição, como previu o Dallari. O Cunha está moribundo, e a sociedade começa a repudiar a sociopatia dos fascistas.
    Isso, mais o aumento do salário, finalmente um boa notícia para a base popular do governo, faz com a gente comece o ano com todas as condições de derrotar essa cambada

  45. Edu,você verdadeiramente combateu o bom combate nesse caótico ano passado,que felizmente já podemos dizer
    passado mesmo.Foi uma valorosa voz a favor de todos nós e do nosso país.Que Deus o ilumine e abençoe sempre
    e que prossigamos firmes e fortes porque venceremos apesar de todos os percalços.Amém!

  46. Cada parágrafo desse texto é uma pérola Eduardo mas, naquele que você compara os movimentos de rua da direita com um baile macabro você se superou. Parabéns pelo texto. Parabéns pela sua incansável militância durante o tenebroso 2015. Parabéns pela esposa maravilhosa que você tem. Parabéns pela Victória vitoriosa e pelas outras filhas, também maravilhosas, ao que tudo indica. Desejo que o ano de 2016 seja um ano abençoado para você e que as bençãos de Deus se estendam a toda sua família. Um garnde abraço.

  47. Muito obrigada pelo seu grande esfôrço durante o ano que se foi.

    Foi uma grande lição de cidadania e concientização.

    Desejo de toda alma, um glorioso ano de muita alegria para você e sua famîlia.

    L.

  48. Edu, obrigada por fazer parte dessa resistência, imagino o quanto é difícil manter a razão durante os movimentos de ódio sofrido por todos nós, e particularmente os blogueiros que sofrem toda sorte de sandices dessa turma maléfica e ainda conseguem produzir textos jornalísticos maravilhosos, esclarecedores, elucidativos, elaborados com pesquisa e dizendo a fonte. Agradeço de coração desejando que você e toda família tenha um Ano Novo com muitas bênçãos, saúde, prosperidade e muita paz. Que 2016 seja um ano mais leve para todos nós.
    Um grande abraço.
    Thais

  49. Prezado companheiro Edu e demais,
    Primeiramente um feliz 2016 para tod@s!
    @015 foi um ano de resistência e persistência diante das tentativas da direita de retomar o poder (mesmo uma parte do poder, o executivo!),por meio de um golpe, como aliás é do caráter da mesma, vide a história do Brasil.
    Em 2016, continuaremos com nossa resistência a todas as formas de exploração, discriminação, preconceitos e racismos, que são características da direita, dos conservadores e da burguesia. Teremos que estender essa resistência também à luta no Congresso Nacional, de forma objetiva e concreta, para evitar que nessa frente política não avançem, paradoxalmente, os retrocessos propostos pela direita mais reacionária contras os direitos trabalhistas, as conquistas sociais e os direitos humanos e individuais de cada cidadão e cidadã deste País! Temos que aproveitar para mostrar ao povo brasileiro que são os mesmos que os que se propõem a golpear a democracia e querem destruir todos os direitos duramente conquistados pelos trabalhadores e por todo o povo ao longo da nossa história. Assim, poderemos estrategicamente apontar os rumos para avançarmos no aprofundamento da democracia no nosso País e no mundo. Grande Abraço!

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.