Ibope revela que PSDB lucrou pouco com massacre do PT

lula x aecio capa

 

A recém-divulgada pesquisa Ibope sobre uma hipotética eleição presidencial em segundo turno, encomendada pelo jornal O Estado de São Paulo, revela mais pelo que não diz do que pelo que diz. E a maior novidade que trouxe é surpreendente: o PSDB lucrou muito pouco com o massacre de Dilma, do PT e de Lula que vimos assistindo desde o início do ano.

Antes de chegarmos à ideia-força contida no texto, porém, vale uma longa análise lateral, mas quase tão importante, sem a qual não entenderemos por que essa pesquisa é pior para os golpistas do que eles pensam, se é que já não perceberam.

O que diz o Ibope, nem haveria necessidade de pesquisa para saber: Dilma, o PT e o próprio Lula se enfraqueceram no âmbito das dificuldades na economia e do suicídio de movimentos sociais e sindicais que dependem da manutenção de um governo de centro-esquerda para não serem dizimados, mas que teimam em ajudar a direita criticando medidas na economia sem as quais o Brasil afundará de uma maneira que jamais sonhamos que seria possível.

Pautemo-nos, portanto, pelo adágio inglês “first things first” (primeiras coisas, primeiro). A própria realização da pesquisa neste momento confirma o que tem sido dito: Aécio Neves e seu grupo sabem que a única chance de o PSDB voltar ao poder é através de um golpe de Estado “branco” a ser desfechado imediatamente.

Nesse aspecto, vale notar que o Estadão tenha encomendado a pesquisa há quase um mês (segunda quinzena de junho) e só tenha divulgado agora. O que o jornal estava esperando? O momento “adequado” para divulgá-la, claro. Por que este é o momento adequado? Chegaremos lá…

A “administração” cronológica da divulgação da notícia, diz muito. Diz que a encomenda da pesquisa não obedece a critérios jornalísticos; obedece a critérios políticos do grupo empresarial da família Mesquita e seus sócios, donos do jornal. Até aí, nenhuma surpresa. Mas esse é um dado da equação a ser anotado.

Sigamos em frente.

Todos têm visto o esforço de setores do PSDB, do PMDB e de Estadão, Folha, Globos e Veja para materializar, via TSE, a impugnação da chapa que venceu a última eleição presidencial (Dilma Rousseff e Michel Temer).

Para quem não entende ainda os vários caminhos do golpe, essa trilha passa pela anulação da eleição presidencial de 26 de outubro do ano passado. Dessa forma, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, assumiria provisoriamente a Presidência da República e teria que convocar nova eleição presidencial em noventa dias.

Os setores mais golpistas do PSDB – há setores menos golpistas por conveniência política, mas nem tanto) não avaliam, porém, que Cunha, em tese, poderia manobrar para permanecer no poder. Ofereceria ao “baixo clero” da Câmara a caneta presidencial e a possibilidade de esses bandidos, com ela, saquearem o Brasil e enriquecerem de uma forma jamais sonhada. Bastaria mudar a Constituição, mantendo Cunha no poder até 2018.

Para o mundo corporativo que Estadão, Folha, Globos e Veja representam, seria mel na chupeta. Cunha é o Golden boy do empresariado. Chegou aonde chegou servindo de despachante das corporações no Congresso.

Para o PSDB como um todo, nem seria tão mau que Cunha desse um golpe dentro do golpe. Ele trataria de lotear o governo contemplando os tucanos, há mais de uma década alijados do poder central. E eles ainda desfrutariam do poder sem se comprometerem muito com o ajuste fiscal muito mais duro por que passará a economia caso Dilma seja derrubada.

Para o PMDB, porém, seria um desastre. Além de ser afetado pela criminalização de uma chapa eleitoral da qual foi parte integrante (Michel Temer), teria que conduzir o açoitamento da sociedade via um ajuste fiscal draconiano que sucederia o ajuste light que Dilma vem conduzindo.

O que você acabou de ler é o pior cenário possível para o Brasil. Haveria um golpe e, depois, um golpe dentro do golpe. O cenário menos ruim seria o golpe vingar e Cunha, percebendo que não seria negócio ir tão longe apenas para fazer algumas negociatas, convocar eleições em noventa dias.

Esse é o cenário dos sonhos do PSDB, mas não de todo o PSDB. É o cenário do setor mais à direita do partido, hoje encabeçado por Aécio Neves. Contando com o golpe, ele permanece em campanha eleitoral à Presidência desde o início dela, ano passado.

No início da nova Legislatura do Congresso Nacional, entrou triunfante no Senado e, desde então, não há semana em que não esteja na mídia. Recentemente, bateu boca com Dilma Rousseff pela imprensa sobre golpismo.

Nesse ponto, vale olhar a pesquisa Ibope. Se a eleição presidencial em segundo turno tivesse sido no mês passado e Aécio a disputasse com Lula, o tucano venceria por 48% a 33%. Porém, se o candidato fosse Alckmin, haveria empate técnico (40% para o tucano e 39% para o petista).

Então, em uma situação menos desigual, Lula, surpreendentemente, ainda seria um candidato muito forte. Porém, um ex-presidente quase calado e alvo diário da artilharia midiática, que chega a divulgar que ele está com um pé na cadeia, leva uma desvantagem muito maior contra um candidato que está em campanha eleitoral há quase um ano, com forte exposição na mídia.

O PSDB paulista não vê com bons olhos essa sede de poder de Aécio. O PT se enfraqueceu tanto que até Fernando Henrique Cardoso sonha com 2018, além de Geraldo Alckmin e José Serra. Eles sabem que as chances do PSDB serão boas daqui a três anos, mesmo que a economia se recupere. Assim, sonham em enfrentar um Lula enfraquecido pela gestão Dilma.

A pesquisa Ibope, portanto, foi feita para animar a militância mais golpista do PSDB a persistir na impugnação da chapa Dilma-Temer, via TSE. E como essa militância conta com o apoio da mídia, não deixa de ser uma possibilidade.

Porém, os últimos movimentos em defesa da legalidade produziram resultados. A entrevista de Dilma à Folha, em que ela desafiou a oposição e a mídia a tentarem derrubá-la, bem como alguma reação de movimentos sociais, além dos alertas das cabeças pensantes do PMDB, reduziram a temperatura do golpismo.

Finalmente, portanto, chegamos à razão pela qual este Blog acredita que o PSDB ganhou muito menos do que se pensava com o massacre do PT. Vejamos o gráfico abaixo, com os votos válidos dos candidatos do PT e do PSDB no ano passado e hoje.

lula x aecio

 

Como se vê, hipoteticamente Aécio ganhou 14 pontos percentuais e o candidato petista perdeu 13. Ora, é claro que a situação é ruim para o primeiro e favorável ao segundo, mas se levarmos em consideração que um vem sendo massacrado sem quase abrir a boca e o outro está em campanha, com apoio da mídia e da situação econômica há quase um ano, o tucano não ganhou tanto assim.

Para empatar com Aécio (em votos válidos), Lula precisaria conquistar míseros sete pontos percentuais. Está longe de ser uma missão impossível.

Em uma nova eleição, tudo que não está sendo dito sobre o PSDB, seria dito. As campanhas negativas que os dois lados fariam um contra o outro não produziriam mais efeito contra Lula do que a que é feita hoje. E Aécio, que não está sendo atacado por ninguém, começaria a ser questionado sobretudo a partir de Minas Gerais, onde há muita coisa vindo à tona.

Além disso, analisando os votos totais da pesquisa Ibope recém-divulgada, a soma dos votos totais (48% de Aécio e 33% de Lula), chegamos a 81% do eleitorado. Ou seja, 19% desse eleitorado ou está indeciso ou não pretende votar em ninguém. Lula poderia, perfeitamente, extrair desse grupo os votos que lhe faltam para ao menos empatar com Aécio Neves.

A grande novidade dessa sondagem oportunista e até antidemocrática (por cogitar nova eleição logo após o Brasil ter decidido e sem que pese nada de concreto contra a presidente da República), portanto, é que Lula está longe de ter sido anulado pelo massacre da malta aecista e midiática e pelo mau momento da economia.

Por último, caso houvesse um golpe e Lula não quisesse se candidatar e o PT não tivesse candidato próprio, o apoio do ex-presidente poderia eleger um candidato de outro partido que enfrentasse Aécio. Ou seja, os tucanos e a mídia tucana têm muito menos a comemorar do que tentarão mostrar nos próximos dias.

Este analista ficou surpreso com essa pesquisa. Em sua modesta opinião, ela oferece motivos a Lula e ao PT para comemorarem.  Estão longe de estar mortos. E olhe, leitor, que o golpe ficou mais distante nos últimos dias. Se a economia se recuperar a partir do segundo semestre – o que depende, basicamente, do ajuste fiscal –, em 2018 o PT pode até ganhar de novo.

Tags: , ,

68 Comentário

  1. Me perdoe, não entendo por que vocês alimentam a paranoia desse jornal fajuto. Não faz sentido.
    Só alimenta a direita ensandecida. Vamos ser mais positivos. Esta pesquisa fajuta não vai levar a lugar algum. Vamos construir meios para fortalecer a esquerda. Ainda faltam três anos…

  2. Eu continuo votando em PT/Dilma/Lula, jamais votaria nesses golpistas de merda do psdb/pig. Eu não queimo dinheiro.

  3. Essa pesquisa também pode ter a mesma qualidade da que fizeram na Grécia e deram um empate entre o “sim” e o “não” e no final o “não” ganhou por 60% a 40%… (só para constar o “sim” tinha a preferência dos poderosos).

  4. Devemos ainda observar que os programas eleitorais gratuitos (se é que o Cunha vai permitir que continuem existindo) igualam os ataques de ambos os lados e aí a coisa muda de figura.
    Em todo o caso, acho que o governo e a militância devem começar a reagir desde já. Eles são fracos, não têm bandeira nenhuma além das falsas acusações de corrupção que sequer podem comprovar.

  5. Sua análise está muito boa. Mas falta um outro componente: Está partindo do princípio de que o golpe aconteceria, nós enfiaríamos a viola no saco, nos recolheríamos passivamente para nossas casas, e ficaríamos vendo a banda passar. Haverá reação, e o confronto será inevitável. Os golpistas vão ter que mudar seus hábitos de vida: Restaurantes após as sessões da Câmara e Senado? Vai ficar difícil. Ir à Praia do Leblon, tomar birita, e cheirar cocaína no banheiro do Bracarense? Nem pensar. Procuradores, Juízes, membros do MP, vão precisar de proteção especial. Haja segurança para acompanhar esse pessoal todo. Se os idealistas que combateram a ditadura militar, ao invés de tentar montar guerrilhas, em Caparaó e no Araguaia, tivesse adotado o método de eliminar os colaboradores civis, que deram sustentação ao regime militar – seja assumindo ministérios, vagas no STF, governo de estados, e senadores biônicos. O Brasil hoje seria outro, e a direita não estaria pensando em golpe.

  6. Concordo plenamente contigo, mas existe um porém, ou seja, apesar de ter arrefecido a metodologia golpista, a mesma, ainda, está longe de estar contida, bastando verificar as manchetes dos jornais e revistas deste final de semana, além das manifestações direitistas de agosto. Acho que o ambiente getulista de 50 ainda permanece, observando-se que quem está a defender o governo com veemência não é o PT.

  7. Minha mente contabilista se inclina ao PT no quesito crédito. Muito mais crédito do que débito.

  8. ♫ Vocês viram os resultados da pesquisa Ibope que “prevê” a vitória do Aébrio Never em um segundo turno com o Lula? Sintomática a não divulgação do resultado do PRIMEIRO turno, pois não? Céus, o que mais falta esses caras inventarem?
    Lembrei-me do Mr. Bean invertendo a posição do placar de chamada no hospital, para ser chamado antes. Será que ele veio trabalhar no Ibope?

  9. Sr. Eduardo Guimarães esta matéria complementa a publicada pelo Tijolaço: “Pesquisa Ibope é autoengano para Aécio. Mas é bom que ele creia em vitória em vez de golpe” (11 de julho de 2015 – 20:30 Autor: Fernando Brito) e vice-versa. Recomendo (também) à leitura – não de forma complementativa, mas tão-sómente sob o efeito de constatação do fundamento que se extrai das duas matérias: “Coimbra: quem disse que todo mundo odeia o PT? E pensam que o eleitor acredita no Datafalha e no Globope … – PHA” (Conversaafiada.com.br) ou mesmo a Revista Carta Capital (Marcos Coimbra, pg. 31) que está em bancas.

  10. Caro Eduardo Guimarães, Se o deputado Silvio Costa levantar as inúmeras comparações entre os governos LULA/DILMA e o governo de FHC e do PSDB nos estados, com toda aquela sua eloqüência e depois massificarmos isso nas redes sociais, basta isso para haver um grande derretimento das intenções de voto em qualquer candidato na chapa PSDB/DEM. Tenho dito.

  11. Os fascistas ( mídia e oposição ) sabem que não têm competência para ganhar no voto.

    E que, se não houver golpe, a situação econômica da mídia vai piorar mais.

    E que o momento propício ao golpe é agora.

    Porém, sabem também que será muito difícil conseguirem o golpe.

    Mesmo com apoio do Renan, do Cunha, do Gilmar, do Nardes, do Moro e da mídia.

    ( Se não fosse o Temer o vice presidente, o PMDB conseguiria dar o golpe, penso eu.

    Acho que o Temer não quer escrever seu nome na história dessa forma ).

    Então resta- lhes o terrorismo como estratégia para colocar os eleitores contra a Dilma, o Lula e o PT.

    A falada teoria do sangramento.

    • Nós sempre esquecemos de exaltar o caráter e a grandeza de Temer!
      Parabéns Sr. VICE PRESIDENTE!

    • E considere-se que a mídia sabe disto, daí a urgência…

      Mas iludem-se acreditando que um golpe passaria branco, sem qualquer insurgência, ainda mais sem o apoio franco e direto das forças armadas. Não se alimenta o ódio impunemente…

  12. Tucanos e midia amazia em desespero. Contas de campanha ainda abertas. Ou balanco do jornal.FHC foi a Globo pedir segredo sobre Beto Richa pra nao atrapalhar a campanha.

  13. Concordo com os colegas que tem a mesma compreensão que a minha, essas pesquisas são fajutas, falsas, mentirosas. E tudo pesquisa manipulada. Não deveríamos reproduzi-las, apenas denunciar e alertar das maracutaias da mídia golpista. O Sr. Marcos Coimbra tem feito isso. Faz poucos dias que conversando com uma colega minha, senhora idosa, ela me disse que a pesquisadora na eleição do ano passado fez de tudo pra que ela mudasse o seu voto para que votasse em Aecio. Ela falou para a pesquisadora, provavelmente do datafalha que enquanto vida tivesse votava no PT. Por isso acho que prestamos um desserviço postados as mentiras desses canalhas donos dos jornalões e dos irmãos patetas das organizações mafiosa. Vamos continuarmos firmes defendendo a presidenta Dilma e o seu governo para que ela faça uma grande gestão. Não dá espaço aos derrotados ou golpista caro colega Eduardo. Lamento que vocês são muito contaminado pela mídia de sampa e do leblon, mas o nosso país não se pauta mais por SP ou RJ.

  14. Com 9% de aprovação do governo, chegar a 41% dos votos, nada mal para o Lula (FHC deve adorar esse busto do Lula ao lado da Casa Branca…). Sondagem golpista, não? Apresenta a queda da Dilma para o público como fato.
    Stédile diz que a Rede Globo é o partido ideológico que tenta costurar a unidade dos operadores políticos da burguesia: congresso, poder judiciário e mídia. É possível que o operador político Estadão tenha sabido de algum parecer desfavorável à Dilma do TSE e daí publicou a sondagem? Ou foi só uma questão de timing mesmo?
    Pesquisa é manipulável, dependendo das praças em que é aplicada e da estratificação. Vou procurar a íntegra para dar uma olhada. Depois das últimas pataquadas das pesquisas eleitorais, ficou difícil acreditar nelas.

    • Como uma presidente como eles dizem que só tem 9% de aprovação ainda chega a ter 48% do eleitorado? e disseram antes das eleições que ela só tinha 30% de aprovação e foi reeleita.

  15. Caro Eduardo,

    Como a esquerda vai apoiar esses aumentos abusivos no preço da energia e a perda de direitos trabalhistas?

    A Dilma achou que receberia elogios dos colunistas da Veja ao colocar um tucano, neoliberal extremista, na Fazenda. O Levy fala em taxar grandes fortunas, por exemplo? Jamais. Pode ver que ele é aplaudido em restaurantes grã finos por ser o cara que vai massacrar trabalhador.

    Dilma não quis demitir o ministro por ser cabeça dura e teimosa. Primeiro, foi contra a indicação do Henrique Meireles por pura birra, para dizer que não acata “ordens” do Lula. Aquele ministro surpreendeu, pois foi fiel ao Lula, sendo que poderia ser um Levy e praticar a receita neoliberal que este vem fazendo. Não aconteceu, mas Lula se arriscou ao colocar alguém do PSDB no governo (o ex-ministro tinha sido eleito deputado federal pelo partido). Meireles então faria um ajuste, tenho certeza, sem colocar no rabo do trabalhador, ou pelo menos nem tanto.

    A estratégia da Dilma poderia ter dado certo, isto é, ela tentou fazer estancar o sangue, porque vinha apanhando desde as jornadas NAZISTAS de junho de 2013. Mas não deu. Demitir o ministro a faria apanhar ainda mais daqueles de quem ela esperava loas. Note-se então como uma pessoa que não ouve ninguém se mete em problemas insolúveis.

    Agora, uma coisa é fazer essas críticas, outra é apoiar o que os fascistas vem promovendo, a partir do que pauta a imprensa brasileira suja, violenta e imunda. O Reinaldo Azevedo achou maravilhoso o pequeno terrorista de extrema direita xingar a presidente e dizer que “comunistas tem de morrer”. Os editoriais do Estadão estão cada vez mais violentos…

    A única coisa que falta neste país lamentável é um Revoltado Online sair atirando em pessoas com camisa vermelha, porque já aconteceu de tudo.

  16. Não tenho dúvidas de que tentaram retornar ao poder pelo golpismo, esqueçam a ingenuidade em pensar que a elite brasileira atavicamente favorável à derrubadas de mesa está preocupada o que vão falar do país.

    Há uma divisão no conservadorismo quanto a adoção do golpe e principalmente no pós-golpe pois haveria consequências difíceis de prever.

    Uma questão para a esquerda: num eventual golpe de estado, usando qualquer um dos motivos que eles inventam diariamente, marcada nova eleição Lula participaria? sua participação não estaria legitimando a trapaça? não participar desse teatro farsesco e denunciar o golpismo não seria a melhor forma de mais adiante colher os frutos políticos?

  17. O que ninguém pergunta é porque o nome do Bolsonaro não é apresentado durante as perguntas…
    Será que é porque ele empurraria os candidatos tucanos para o 4° lugar?

  18. Em comentário à matéria do Tijolaço, anac (que costuma comentar também aqui) lembra:
    http://www.viomundo.com.br/politica/dilma-derrotada-no-primeiro-turno.html
    Carlos Augusto Montenegro à revista Veja, em 26/08/2009, na reportagem “Lula não fará seu sucessor”:
    Veja: Porém já existem pesquisas que colocam Dilma Rousseff na casa dos 20% das intenções de voto.
    Montenegro: A Dilma, em qualquer situação, teria 1% dos votos. Com o apoio de Lula, seu índice sobe para esse patamar já demonstrado pelas pesquisas, entre 15% e 20%. Esse talvez seja o teto dela. A transferência de votos ocorre apenas no eleitorado mais humilde. Mas isso não vai decidir a eleição. ehehehehehehehehehe

  19. Conhece Joseph Goebbels, o violento ministro de propaganda de Hitler? Estes são os 11 princípios que levaram o povo alemão a tentar exterminar à humanidade:
    1.- Principio da simplificação e do inimigo único.
    Simplifique não diversifique, escolha um inimigo por vez. Ignore o que os outros fazem concentre-se em um até acabar com ele.
    2.-Princípio do contágio
    Divulgue a capacidade de contágio que este inimigo tem. Colocar um antes perfeito e mostrar como o presente e o futuro estão sendo contaminados por este inimigo.
    3.-Princípio da Transposição
    Transladar todos os males sociais a este inimigo.
    4.-Princípio da Exageração e desfiguração
    Exagerar as más noticias até desfigurá-las transformando um delito em mil delitos criando assim um clima de profunda insegurança e temor. “O que nos acontecerá?”
    5.-Princípio da Vulgarização
    Transforma tudo numa coisa torpe e de má índole. As ações do inimigo são vulgares, ordinárias, fáceis de descobrir.
    6.-Princípio da Orquestração
    Fazer ressonar os boatos até se transformarem em noticias sendo estas replicadas pela “imprensa oficial’.
    7.-Principio da Renovação
    Sempre há que bombardear com novas notícias (sobre o inimigo escolhido) para que o receptor não tenha tempo de pensar, pois está sufocado por elas.
    8.-Princípio do Verossímil
    Discutir a informação com diversas interpretações de especialistas, mas todas em contra do inimigo escolhido. O objetivo deste debate é que o receptor, não perceba que o assunto interpretado não é verdadeiro.
    9.-Principio do Silêncio.
    Ocultar toda a informação que não seja conveniente.
    10.-Principio da Transferência
    Potencializar um fato presente com um fato passado. Sempre que se noticia um fato se acresce com um fato que tenha acontecido antes
    11.-Princípio de Unanimidade
    Busca convergência em assuntos de interesse geral apoderando-se do sentimento produzido por estes e colocá-los em contra do inimigo escolhido.
    Qualquer semelhança com as práticas do PIG é pura coincidência….

  20. Fora de Pauta

    Objetivos da Lava Jato: desgastar o PT, acabar com a indústria

    naval brasileira, DESEMPREGAR, desmoralizar a Petrobras para privatizá-la a preço de banana.

    E o que dizer do suposto combate à corrupção encabeçado pelo juiz Moro e pelo PIG, tendo a Rede Globo à frente?

    Ah, isso é o álibi!

    A prova do complô é que nem o Aécio Neves, nem Eduardo Cunha, nem Renan Calheiros, todos denunciados pelos delatores PREMIADOS, foram presos.

    Essa Chevron é perigosa, José Serra e a esposa do juiz Moro que o digam.

  21. Grande Eduardo !!!!

    Vamos às ruas.

    O quê se conquistou a ferro e fogo nesses anos

    de governo do PT (Lula e Dilma) não podemos perder.

    Se tiver que morrer lutando nas ruas por elas que assim seja.

    Agora… recuar jamais !!!!

    PT saudações

    e….NÃO PASSARÃO !!!!!

  22. Edu:

    1) A economia brasileira irá se recuperar.

    A ofensiva diplomática internacional de Dilma, as concessões de infra estrutura no valor de quase R$ 200 bilhões, o Plano Safra do agronegócio e da agricultura familiar para 2015/2016, o aumento das exportações de petróleo, a desvalorização do Real (que já promoveu a volta do superávit comercial), o Minha Casa Minha Vida 3, o ajuste fiscal, o incentivo às exportações, criarão as condições para a retomada do crescimento econômico. Para o pacote ficar completo é preciso, agora, tomar medidas para estimular o setor industrial e recuperar a Construção Civil;

    2) Se neste momento de dificuldades do governo Dilma, Alckmin tem 40% e Lula 39%, então isso é uma vitória garantida para Lula em 2018, quando a situação do país estará bem melhor e o ajuste já será algo do passado. Mas os dados dessa pesquisa significam uma coisa: O bombardeio contra Lula continuará intenso até 2018;

    3) Dilma precisa começar uma ofensiva interna, viajando pelo país, participando de vistorias em obras que estão sendo feitas em usinas hidrelétricas, ferrovias, rodovias, Transposição, inaugurando casas do MCMV (estas acontecem quase todas as semanas, pelo país inteiro), adotando um discurso otimista, ressaltando que as dificuldades são temporárias e que o país voltará a crescer em breve. Isso irá reaproximá-la do ‘povão’ trabalhador que a reelegeu e que está sujeito às mentiras e manipulações midiáticas e que ocorrem nas redes sociais (tipo ‘confisco da poupança’ e ‘suicídio de Dilma’).

    4) Seria interessante Dilma tomar alguma medida para beneficiar o ‘povão’ trabalhador que a reelegeu e cobrar um sacrifício maior de quem ganha mais.

    Uma sugestão: Aumentar a faixa de isentos que pagam Imposto de Renda em, pelo menos, 20%, já para 2016, elevando o valor de isentos para cerca R$ 2.300,00. Quem ganhasse até esse valor não pagaria nada de IR. Isso beneficiaria os trabalhadores de menor renda (72% dos brasileiros ganham até 3 salários mínimos).

    E daí o governo Dilma poderia criar uma nova alíquota (de uns 32,5% ou 35%) apenas para quem ganha mais de 10 salários mínimos mensais.

    Assim, Dilma estaria beneficiando aos mais pobres que votaram nela e, ao mesmo tempo, cobraria um sacrifício maior de quem ganha mais (e votou na oposição… rs).

    Outra medida que poderia vir a ser tomada, seria conceder um reajuste maior para o Salário Mínimo para os anos de 2016 e 2017. Segundo a LDO deste ano, o salário mínimo subirá para R$ 854 em 2016. Dilma poderia conceder um reajuste maior, para uns R$ 900 em 2016 e para R$ 1000 em 2017.

    Isso sinalizaria aos mais pobres que o governo Dilma não esqueceu deles, como a oposição diz por aí.

    Além disso tais reajustes (da tabela do IR e do Salário Mínimo) estimulariam o consumo interno e iriam colaborar para a retomada do crescimento econômico, pois quem ganha até 3 salários mínimos gasta tudo o que ganha em consumo (alimentos, roupas, móveis, calçados, etc).

    Sem esta sinalização aos mais pobres de que eles não foram abandonados pelo governo Dilma, a recuperação da popularidade dela será bem mais demorada, o que irá contribuir para a continuidade e o fortalecimento da ofensiva golpista contra o seu governo.

    Um governo mais popular deixaria a oposição numa situação bem mais difícil, pois ela estaria atacando um governo que teria grande apoio popular entre os mais pobres. Só para lembrar: Foi em função da imensa popularidade de Lula entre os pobres que impediu a oposição de, em 2005, pedir o seu Impeachment. Eles não o fizeram porque temiam a reação dos pobres caso Lula fosse tirado da Presidência da República.

    Além disso, o aumento do consumo popular, por meio destas medidas, faria com que a retomada da economia começasse antes e fosse mais forte, o que iria levar a uma recuperação na arrecadação de impostos, contribuindo para a execução do ajuste fiscal, que é amargo, mas que é necessário. Porém, com um PIB em queda, o ajuste fica praticamente inviabilizado, devido à queda da atividade econômica.

    Então, medidas que beneficiassem aos mais pobres promoveriam inúmeros benefícios (políticos, econômicos, sociais) ao governo Dilma.

    Ela só teria a ganhar com as mesmas.

  23. Caro Edu,
    como sempre, fatal para os golpistas.
    Grande abraço.

  24. A pesquisa da mídia tem claro objetivo de tentar legitimar o golpe institucional em curso. É como se dissessem que uma derrubada legal da presidenta tem apoio popular, e que numa possível eleição antecipada (golpe) o vitorioso será Aécio. Falta agora tornar o Lula inelegível com alguma delação premiada, e criar um parlamentarismo para que o achacador Eduardo Cunha se torne o novo primeiro ministro, com Aécio presidente. É este o sonho da direita brasileira. Todo o esquemão golpista montado – juiz-delegado Moro e sua Lava jato; Gilmar Dantas no STF; os ataques diários da mídia e seu exército de comentaristas e colunistas pagos para escrever o que o patrão deles pensa; parte do TCU, da PF “republicana” de Dilma e Zé Cardozo, etc. Há um poder paralelo tramando o golpe e o governo Dilma trata a questão com amadorismo de principiante. Logo a presidenta Dilma que sobreviveu à tortura e ao período de uma feroz ditadura, deveria ter aprendido a lidar com os golpistas, que são os mesmos, embora os métodos tenham mudado. Vamos pagar um alto preço por essa inocência da esquerda neoliberal brasileira.

  25. Concordo com voce e digo mais o machão do Leblon jamais será presidende do Brasil, aposto com qem quizer.

  26. Continuo votando no PT. Aqui em casa, são 10 votos garantidos. Agora cá pra nós; acreditar no pig só os coxinhas e midiotas. O sonho deles é não quebrar até a próxima eleição para presidente. É como diz o PHA o pig tá tao fino que passa por baixo da porta. Quanto mais fino, mais perto do fim.

  27. O ibope só esqueceu de uma coisa.quem está no poder é o PT.Dilma pode muito bem pegar o avião presidencial e visitar as faraônicas obras que o PT está para terminar e discursar como candidata. Sendo otimista em relação ao seu governo além disso lembrando as seus eleitores dos programas sociais e que estes já mais acabaram e sim aumentará.

  28. A temperatura do tal golpe sempre sobe no fim de semana. Momentos em que a classe média PAULISTANA gasta as manhãs lendo fsp est ve ie ep, enfim propaganda para o evento de agosto.
    Nós não precisamos entrar neste clima. É tudo midiático. Sei que viver no meio desses caras nos deixa meio malucos, mas não cai nessa não, Edu.
    Faltam mais de 2,5 anos para pensarmos em eleição. Agora é falar do governo, ajudar a Dilma a falar do que ela faz, já que ela pelo jeito nos o procura.
    Abraço

  29. Se eu fosse da oposição golpista tucano esbravejaria: Porca Miséria !!!
    Pesquisa estimulada 3 anos antes da eleição não diz muita coisa, até eu ganho milhões de votos em pesquisa estimulada contra o Lula. Pq será que não fizeram pesquisa espontâneas, sem apresentar candidatos ?
    O esforço do metalúrgico para virar o jogo, pode ser até menor, considerando-se que a margem
    de erro é de 2%…a notícia ruim é que os golpistas podem querer cometer mais loucuras, ao não vislumbrarem derrotar o lulopetismo no jogo democrático.

    Eduardo, mudando de assunto, vc sabe o que ocorre com o ex-deputado Protógenes do PC do B ? ele tem feito muitas postagens sinistras e obscuras no twitter, tá com jeitão de que está alinhado com a ala tucana da PF….tá me cheirando que ele vai seguir os passos Martraíra “Suplicy”.

  30. Li ontem artigo de Marcos Coimbra em que ele faz uma comparação interessante. Futebol e Política. Ele diz que quando se escolhe um time o torcedor se apaixona pelo time e todas as outras agremiações tornam-se adversárias. Aí ele faz uma analogia sobre o torcedor. Quando seu time vai mal, perde uma partida, começa a xingar jogador, diretor do clube, volta pra casa irritado. Mas é seu time. Ele não vai trocar de camisa por causa de uma derrota. Com isso, Coimbra desconstrói uma outra pesquisa que indica a impopularidade de Dilma/PT. Coimbra não acredita que apenas 9% apoiam Dilma. Os 51% que a elegeram não iriam abandonar o time assim tão fácil, em seis meses de jogo. Jogo sujo, com ofensas, empurrões, caneladas e carrinhos assassinos. Os 51% que formaram o time de Dilma no segundo turno das eleições, se bobear passam de 70% até o final do mandato. Por isso a direita quer derrubar Dilma. Porque se deixá-la governar, “em 2018 o PT pode até ganhar de novo”, como bem disse Eduardo Guimarães ao término do artigo em tela.

  31. Sobre as questões políticas, sobre a verdadeira obsessão do Aécio para dar um golpe tipo paraguaio ou hondurenho, com participação da mídia, da oposição congressual e principalmente das Altas Cortes, não restam dúvidas que sua ação é deletéria e golpista. Agora, essa exagerada exposição do candidato Aécio na mídia começa a mostrar na proximidade das imagens que o mineiro, seu olhar mostra, está um tanto transtornado, nessa luta inglória que empreende. Olhares assim, só os do jovem Collor de Mello, nos idos dos anos 1990, quando ganhou a eleição e foi derrubado em seguida pelo golpe do impeachment, porque fez tanta besteira e perdeu toda e qualquer sustentação. Dilma é um poste firme, bem fincado. Aécio parece estar sob efeito de drogas (não sabemos se lícitas ou ilícitas), fala aos berros, gesticula em demasia, olha fixamente para pontos no infinito, atacando um adversário, pelo que diz e alardeia, muitas coisas não batem com a realidade, está envolto em questões corruptas, conta o povo brasileiro e o Brasil. Até parece que não vê a própria mídia que o apoia e tudo divulga do que diz e faz. Mesmo diante de toda a má vontade da mídia brasileira, pode-se saber muita coisa. O Brasil é grau de investimento. A Petrobras é grau de investimento. A inflação não disparou, a economia caiu mas não foi para o buraco que diziam. Não houve crise cambial. As bolsas operam num clima de normalidade. O comércio bombou no carnaval, no Dia das Mães e ainda bomba nas festas de São João. O povo que não é pago para indignar-se está calmo e feliz, porque na realidade nada há, que não seja o noticiário da mídia e as falas da oposição e de seu candidato golpista, para indignar-se. Tendo criado mais de doze milhões de empregos de carteira assinada, quase trezentos mil desempregados não é nada bom, principalmente para quem foi despedido, mas não chega a ser um desastre. As obras continuam, é bem verdade que num ritmo menor, mas não estão paradas. A produção do pré-sal já ultrapassou a marca dos oitocentos mil barris diários de petróleo e gás. A lei do petróleo continua a mesma com a Petrobras fortalecida. A Presidenta esteve nos EUA e Obama disse que o Brasil já é um poder global. Esteve também na Rússia e com os BRICS sacramentou o início de um banco de investimento fora do controle do FMI . Se seu olhar fica do jeito que vemos, porque o Aécio fica incomodado com o que não quer ver dessa realidade, não sabemos, Está explicado: Aécio está mesmo transtornado. Collor não fez, mas o melhor que Aécio faria era internar-se para tratamento ou desintoxicação.

  32. Fora de Pauta:

    Um argentino “fora da caixinha”…

    https://vimeo.com/133270558

  33. Edu, não vejo como a impopularidade de Dilma, forjada pelo PIG, possa “contaminar ” Lula. Lula tem numeros pra comparar com qualquer adversário. Lula ressucitou o Brasil e Aécio faliu Minas. Acho que o PIG jogará no lixo o pouco que resta de sua credibilidade tentando desconstruir Lula. Entendo tambem que o apoio de Dilma será decisivo para a vitória do candidato do PT, graças a sua seriedade e a guerra que emprendeu contra a corrupção (“não deixarei pedra sobre pedra no esquema de corrupção na Petrobrás”). Não há chances para a oposição que não seja o golpe. Apenas minha opinião, claro. Abração a todos.

  34. A mídia vive fabricando “assuntos” e “realidade”, e a maioria acaba acreditando, mesmerizado, hipotizado, e perde o precioso tempo para viver de verdade.

    http://aanirfan.blogspot.jp/ reporta que um hacker descobriu que esse video foi feito na Ucrania.

    https://youtu.be/Jkxh3DbMHqU

  35. Grande Eduardo Guimarães, analisando, interpretando, esclarecendo muita coisa.
    Trabalho im-por-tan-tis-si-mo, visto a midia que não temos. Outro adágio inglês com o pensamento em Lula:
    FIRST, FAST, FRIEND.

  36. Caro Eduardo Guimarães, vou tecer alguns poucos comentários – adianto que posso estar equivocado. se for o caso, espero que os leitores me apontem a verdadeira face do perigo.

    Sustento que só há um caminho pro golpe. O golpe só será consolidado com uma mãozinha da operação Lava-Jato. Na Revista Época da semana passada o juizéco Moro é pintado como um revolucionário que ninguém irá deter… Ora, golpista nesse país é a sempre a imprensa. Concordam? Quem deu os golpes de 64, deposição de Collor, etc? Todos têm a imprensa metida no meio. Moro substituiu d ebom grado o Carlinhos Cachoeira. faz o papel de fornecedor de pseudo-escândalos e conduz investigação seletiva e criminosa.
    Se quisermos neutralizar o golpe em curso, temos de centrar fogo nesse conluio PIG-MORO-MP-PF.

    Temos de deflagrar uma campanha internacional, os blogueiros poderiam fazer um pronunciamento coletivo e internacional. denunciando essa farsa. Edu, é a hora dos blogueiros mostrar seu protagonismo. Vocês têm o timing histórico. Seria muito difícil o povo se mobilizar nas ruas contra esse conluio da lava-vasa-jato. Isso tem de ser coisa dos protagonistas modernos, os blogueiros!!

    Peço-lhe que pense num evento coletivo, envolvendo toda a blogosfera, anexando nossa representação no CNJ, e demais indícios de ilícito e golpismo enviesado dessa armação juridico, policial, midiática e política sujas. Quem sabe faz a hora, Edu. A hora é essa e vcẽs são os novos protagonistas, nós seguimos vocês. Coragem! oprotagonismo não está mais com os partidos tradicionais, está com quem vem do novo, os blogs!!! Edu, espero uma resposta sua. Vamos agir, amigo? Estamos juntos. Grande abraço, guerreiro.

  37. Caro Eduardo,

    Se esta pesquisa eleitoral estiver correta, a situação é preocupante. Não estou querendo ser pessimista, mas o ex-presidente Lula deixou o governo há pouco mais de cinco anos, com uma aprovação jamais vista na história do Brasil. Acho que houve uma deterioração muito forte e rápida dele, segundo esta pesquisa. É claro que ainda estamos longe das eleições, mas a mídia e congêneres, sabendo disso, com certeza vão continuar trabalhando mais no sentido de desmoralizar o quanto puder o Lula e outros mais.

  38. OFF Topic:

    Vai ter Olimpíadas ?!?

    Alguém sabe me dizer porque não estão acontecendo manifestações contra as Olimpíadas ?!?
    Será que o dinheiro que está sendo utilizado para pagar as construções brotou do chão ?!?
    Será que todas as obras estão sendo realizadas sem superfaturamento ?!?
    Será que nenhuma empreiteira que está construindo os centros olímpicos e arenas de competições não doaram para campanhas políticas ?!?
    Cadê a lutas pelos tais 20 centavos ?!?

    Bom, eu mesmo respondo as estas perguntas:

    As Olimpíadas são no RJ e lá estão os 3 políticos que desejam concorrer a Presidência em 2018:

    Eduardo Paes (PMDB) – Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro.

    Eduardo Cunha (PMDB) – Presidente da Câmara dos Deputados.

    Aécio Neves (PSDB) – Senador Carioca, eleito por Minas Gerais.

    Aí nesse caso, como os protestos contra as Olimpíadas atingiriam somente figuras da oposição, a mídia se cala e não promove as manifestações, como foi no caso das manifestações contra a Copa de 2014.

    E tem gente que ainda acha que as manifestações são “democráticas” e “espontâneas”…ahã.

    Eu não sou contra as Olimpíadas, apenas estou demonstrando a hipocrisia da velha mídia ao tratar de assuntos idênticos.

  39. Prezado Eduardo,
    Acredito que essa sua análise estaria correta se o cenário fosse outro e não aquele que temos, ou seja, um golpe está em curso e ainda não foi dado porque os golpistas estão se acertando quanto à divisão do butim.
    Assim que definirem quem ganha e quem fica com o que o golpe será desfechado e Dilma, infelizmente deixará o cargo.
    Todas as análises devem levar em conta que a direita se une e não importa a ideologia, todos visam lucros e se acertam em busca desse lucro, brigam entre eles mas jamais atacam um aliado.
    Desde as primeiras manifestações, este ano, tenho que medem o apoio e a possível reação pelo número de manifestantes nas ruas. Houve uma em que o número de participantes impressionou e pouco importa se 90% eram imbecis que foram para a “festa”, quem sabe tomar uma cerveja “grátis”.
    Por outro lado, Dilma agiu e continua agindo de forma republicana. Acredita que o outro lado também age desta forma. Engana-se redondamente!
    Se olharmos a cronologia dos fatos, manifestações, nenhum contraponto ou contestação ao Cunha, PSDB DEM e PPS agindo por trás e agora o Cunha vai colocar em votação contas anteriores dos presidentes para que a câmara possa julgar de imediato a reprovação que certamente virá do TCU.
    Até chegar o voto sobre essas contas, decidem se haverá nova eleição ou se empossam o vice-presidente, tenho que está é a hipótese mais provável. Empossam o vice a mantém o senado e a câmara com os atuais presidentes. O PMDB se salva e o PSDB e o DEM poderão fazer seus negócios impunemente.
    Infelizmente, tenho que o mandato de Dilma está por dias, talvez alguns meses.
    E a culpa será dela mesma que está fechada em seu círculo de assessores próximos.
    Após a eleição, poderia ter ido à TV para expor e desmascarar o bêbado alucinado.
    Quando tomou as medidas de ajustes, poderia ter ido à TV, falar ao povo e a seus eleitores do por que e das perspectivas.
    Poderia exigir como presidente que os vazamentos seletivos, usados pela imprensa para denegrir sua imagem, deixassem de ocorrer e caso continuassem colocar a corregedoria da justiça para apurar e enquadrar os membros da república do paraná. (minúsculas mesmo).
    O ministro da justiça poderia dizer ao que veio acionando a PF para ir atrás dos caluniadores e daqueles que fazem ameaças e tomam atitudes tipificadas no código penal.
    E quando a presidente resolve aparecer para o povo brasileiro vai ao Jô e à Folha de São Paulo.
    Tenha dó, ela está pedindo para ser derrubada!

  40. Porque nós não comecemos agora a ajudar o pt. Mandemos para os anunciante,por exemplo da Globo, e_mail, informando que a partir de agora,estamos fazendo boicote a seus produtos

  41. Os golpistas precisam primeiramente perguntar ao povo se aceitará toda essa conjectura que traçam à margem de sua vontade. Esse golpe para os golpista é como aquela preleção otimista de um treinador feita citando o sucesso de Garrincha numa jogada que culminaria no gol: “Onde ele responde, Já perguntaram ao goleiro”?

  42. MAKTUB

    Acuados pelos fatos, o PT e seus acólitos tentam, desesperadamente, furtar-se à responsabilidade pela lama e o lixo que produziram, às catadupas, desde a fundação desse bando político. Mas é em vão que o tentam, pois o partido colhe, agora, o que plantou, e essa é uma lei inelutável da vida.

    A prova disto é que praticamente tudo o que veio á tona até agora, dos assombrosos desmandos petistas, veio por meio dos meliantes de dentro e de fora do partido, envolvidos nas falcatruas, e não de seus adversários. Ou seja, trata-se de uma carmas perverso, mórbido, maligno, que precisa ser expiado pelos petistas, para que els possam redimir-se dos seus erros e deixar o Brasil em paz.

    Cumpra-se!

  43. Caros amigos…

    Não há como haver golpe porque a sela e os arreios ficaram prontos, mas ao invés do tradicional cavalo o animal que compareceu para ser encilhado foi um elefante branco com bico tucano no lugar da tromba.

    Abraços.

  44. De tudo que escreveu acima, o mais extraordinário é achar que a economia poderá se recuperar no segundo semestre com as medidas tomadas pelo tucano Levy. A previsão Focus, do Banco Central, a toda semana diminui a possibilidade de crescimento do PIB e aumenta o da inflação. Aliás, foi o próprio BC foi que previu a inflação para este anos em 9%(uma das maiores do mundo) O somatório do crescimento do PIB nos anos 14, 15 e 16 será negativo; como diria nosso “maior presidente”, “nunca antes na história deste país”. A desculpa esfarrapada da seca e da crise mundial não convence a qualquer pessoa com o mínimo de informação, a propósito, teremos a maior safra de grão da nossa história e o motivo principal é que a produção e feita pela iniciativa privada, quando à crise mundial será que o fato dos Brasil crescer este ano, como cresceu o ano passado e irá crescer no ano que vem ABAIXO DA MÉDIA MUNDIAL não é para vocês ficarem de “cabelos eriçados”? Quanto à eleição, lembre-se que a um ano Lula ganhava com os pés nas costas de qualquer candidato, hoje perde por quase 20%.

  45. Com Ibope ou sem Ibope meu voto sempre será do PT.

  46. Concordo que a solução é ir às ruas ,mas a presidenta tem que falar ao povo . A saúde em PE entrou em colapso .O Hospital Osvaldo Cruz que pertence a UPE ( Universidade de PE) ,não tem medicamento para realizar quimioterapia, inclusive faltou até Dramin (medicação para náusea ) e a quem atribuem a responsabilidade ? acho que a resposta, todos sabem. Reportagem no NETV (globo)

  47. Eu só não voto em Lula se ele não sair candidato.

  48. Ele vai ganhar de novo!!!!!!!!!! Lula será reeleito para p terceiro mandato em 2018, tenha certeza disso. Por sinal, a direita também sabe e por isso querem impedí-lo de concorrer. Mesmo se a eleição fosse hoje(e ninguém quer isso, pois teria havido um golpe de estado no Brasil)e contra Aécio, as chances de Lula seriam muito boas. Esse números refletem um Lula que não pode falar, sem a propaganda eleitoral para mostrar as mentiras que a mídia divulga e as mazelas do PSDB e de Aécio. Com a campanha, que teria os mesmos tempo de duração e horário de veiculação de sempre(já que o golpe de Cunha para reduzir o horário eleitoral, e despolitizar ainda mais a população, ainda não foi aprovado), Lula poderia finalmente defender-se das acusações feitas contra ele, Dilma e o PT, escancarar a hipocrisia do PSDB(com os inúmeros escândalos envolvendo os tucanos e Aécio neves, censurados pela mídia)e mostrar as realizações dos treze anos de Governos do PT, portanto só um maluco não acharia que em pouco tempo essa diferença diminuiria. Lula só precisaria tirar 6,5% pontos percentuais de Aécio(o crescimento de Aécio foi de treze pontos em relação ao segundo turno de 2014, mesmo número da queda de Dilma), sem contar o que poderia ganhar dos indecisos atuais, que teriam acesso à muita informação censurada por Globo e sua turma, capaz de fazê-los escolher o PT. LEMBRANDO QUE ESTAMOS FALANDO DE UMA LENDA VIVA DA POLÍTICA BRASILEIRA, O ÚNICO LÍDER DE ALCANCE NACIONAL DO BRASIL(O RESTANTE ESTÁ RESTRITO ÀS SUAS PROVÍNCIAS). PORTANTO NÃO PODEREMOS NEGAR QUE A CAPACIDADE DE LIDERANÇA DE LULA E SEU CARISMA SÃO INCOMPARAVELMENTE SUPERIORES AO DE QUALQUER UM, INCLUINDO-SE DILMA ROUSSEFF, O QUE SIGNIFICA QUE AÉCIO NEVES(O “MACHINHO” DO LEBLON) IRIA ENFRENTAR UM PESO PESADO DA POLÍTICA, ALGUÉM QUE IRIA ESMAGÁ-LO NÃO SOMENTE NO CARISMA, MAS EM QUALQUER DISPUTA POLÍTICA A QUE SE SUBMETESSEM, COMÍCIOS E PRINCIPALMENTE NOS DEBATES. A direita sabe disso, por isso a ela não basta apenas derrubar Dilma, mas também impedir Lula de concorrer, caso contrário poderia dar com os burros n’água com seu golpiSmo e , depois de convulsionar o país e levar sua classe a perder dinheiro(pois a Economia ficaria paralisada)transformar Lula no salvador da pátria o que, conhecendo-se a liderança de Lula e o horror que a população tem do PSDB, é na pior das hipóteses uma chance. NÃO TENHAM OUTRA CERTEZA, A DIREITA VAI DIVULGAR ESSA “PESQUISA” COMO A CERTEZA DA FORÇA ELEITORAL DE AÉCIO E DO PSDB, MAS NA VERDADE ELA FOI FEITA PARA, AO MENOS AO PÚBLICO “INTERNO”(OU SEJA, O PSDB E A CLASSE DOMINANTE), MOSTRAR O “PERIGO LULA” E A NECESSIDADE DE PRENDÊ-LO DE QUALQUER FORMA(A ACUSAÇÃO!? NÃO PRECISA, ELES INVENTAM); ENQUANTO PARA O PÚBLICO EXTERNO; MILITÂNCIA FASCISTA E DÉBEIS MENTAIS DA CLASSE MÉDIA PANELEIRA; ELA SERÁ PROPAGANDEADA COMO A PROVA DE UMA “FORÇA” ELEITORAL QUE NÃO EXISTE. Mais uma vez, podemos ter certeza de que a direita sonha com o golpe, se não o concretizou ainda é porque, mais do que por quaisquer necessidades burocráticas ou legais(que ela facilmente dispensa quando quer), tem medo das ruas e deseja produzir o clima adequado para obter a aceitação da população, ou seja vender a ideia de que o Governo Dilma é um “mar de corrupção”(o velho “mar de lama” que atacou Getúlio Vargas)e que a deposição da Presidenta, além de desejada pela “opinião pública”(que é a opinião dos donos da mídia), era uma obrigação legal. Novamente reafirmo que, para fazer a direita recuar, não adianta perder tempo discutindo regras institucionais, só a rua fará os fascistas tremerem e abortarem o golpe, como ocorreu em 2005. Estamos demorando muito nessa ação, que precisa ser articulada entre as diferentes forças progressistas, enquanto os direitistas já pretendem mobilizar a classe média retardada em agosto, com a devido “cobertura” da Globo para exponenciar as “manifestações” reacionárias, dando-lhes um tamanho que não terão. Precisamos nos contrapor a essa orquestração fascista e organizar já agora inúmeros atos em defesa de Dilma e da legalidade. Atos com forte adesão e mobilização, capazes de fazer a direita recuar de suas “manifestações” nazistas e principalmente do golpismo. Só na ação prática derrotaremos esse golpe e faremos as “interpretações” jurídicas e do TCU adquirirem maravilhosamente uma ótica favorável ao Governo. É esse o discurso que a direita entende, o da força. Vamos agir imediatamente. antes que seja tarde, precisamos barrar os conservadores

  49. Concordo com Dilma Coelho. Basta desmascarar o PSDB e Lula estará lá. O jornal A CIDADE de Ribeirão Preto, que pertence ao O Globo,ontem, domingo, renunciou a Dilma, falando na crise da primeira à última página. Hoje fui em dois super-mercados e quase não consigo estacionar em nenhum deles, de tão locupletados. Um deles, descaradamente tucano, turbina a inflação, no outro, não percebi sinais de inflação. Ontem cheguei da cidade onde vivem meus familiares, distante 120 Km daqui e gastei 20 minutos a mais do que gasto normalmente, porque a estrada mais parecia uma avenida do que uma rodovia. Completamente cheia. Os pessimistas disseram que foi por caus do feriado. Faço este trajeto há 40 anos e nunca vi isto, nem em finais de ano, principalmente por estarmos em período de férias escolares.
    Desmascarar (o psdb) é a palavra chave.

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.