Marin é a prova de que aqui se faz, aqui se paga

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

marin capa

 

José Maria Marin (83) nasceu e cresceu no bairro paulistano de Santo Amaro, na zona sul de São Paulo. Na juventude, foi jogador profissional de futebol e chegou a jogar no São Paulo Futebol Clube, como ponta-direita. Porém, foi um jogador medíocre.

Marin atuou em pequenos clubes paulistas como o São Bento de Marília e o Jabaquara. No São Paulo, sua carreira foi curta; disputou apenas dois jogos oficiais e marcou um gol. Vendo que não tinha futuro no esporte, estudou direito e, em 1963, entrou na política.

Naquele ano, elegeu-se vereador por um partido de extrema direita, fundado pelo integralista Plínio Salgado, político, escritor, jornalista e teólogo que fundou e liderou a Ação Integralista Brasileira (AIB), partido de extrema-direita inspirado nos princípios do movimento fascista italiano.

Quando se instalou a ditadura, tratou de se filiar ao partido oficial, a Arena. Seu ódio à esquerda o tornou um dos mais virulentos políticos do período autoritário. A ele é atribuída a execução do então diretor de telejornalismo da TV Cultura, Wladimir Herzog, nas masmorras do DOI-CODI, em São Paulo – Marin acusava a emissora de ser reduto de comunistas.

Em 1978, tornou-se vice-governador biônico de São Paulo na chapa de Paulo Maluf – à época, a ditadura podia indicar presidentes, governadores e prefeitos de capitais em “colégios eleitorais” instalados no Legislativo, onde a ditadura sempre tinha maioria porque podia indicar parlamentares sem precisar de voto popular.

Entre 1982 e 1983, estava terminando o “mandato” de Maluf como governador e ele se afastou do cargo para disputar mandato de deputado federal. Marin, seu vice, governou São Paulo no lugar dele durante dez meses.

À época, o breve governo de Marin chegou a ser acusado de ser ainda mais truculento do que o de Maluf – a Polícia Militar, então, agia com uma violência que faz a de hoje parecer um grupo de balé.

Terminada a ditadura, Marin mostrar-se-ia tão medíocre como político quanto fora como jogador de futebol. Pelo voto direto, não conseguiu nada. Tentou ser senador por São Paulo e prefeito da capital paulista, mas sempre teve votações pífias.

Marin foi se estabilizar como “cartola” do futebol, onde os conchavos sempre dispensaram competência e apoio popular. Começou presidindo a Federação Paulista de Futebol e após a queda de Ricardo Teixeira acabou comandando a CBF.

Um dos episódios mais escandalosos envolvendo o ex-governador paulista, porém, aconteceu não faz tanto tempo.  Em 2012, durante a premiação após o jogo final da Copa São Paulo de Futebol Junior, Marin roubou medalha que caberia ao jogador corintiano Mateus.

Após a trajetória de vida que acabamos de ver, Marin foi preso por agentes da Kantonspolizei (a polícia suíça) em Zurique, junto com outros dirigentes da FIFA suspeitos de corrupção. Agora será extraditado para os EUA, onde responderá por seus crimes no futebol.

Ver alguém como ele sendo preso, após uma história tão pouco edificante, chega a parecer a realização de um sonho. No fim da ditadura militar, Marin, Maluf e Reynaldo de Barros foram a face desfigurada do regime agonizante.

Porém, a felicidade de ver um corrupto e fascista como esse ir parar atrás das grades só não é uma felicidade completa por uma razão que quem bem explicou foi o ex-jogador e senador pelo Rio de Janeiro, Romário de Souza Faria.

Confira, abaixo, a manifestação do ex-craque sobre a prisão de Marin, no Facebook.

marin 1

 

Apesar de estar começando a pagar por uma vida tão questionável, Marin tratou de fazer mal de novo ao Brasil – espera-se que pela última vez. Como diz Romário, é uma vergonha para este país que alguém como Marin nunca tenha sido punido por aqui, apesar de tantas denúncias que pesam contra si.

Mas há lugar para esperança de que esse tenha sido o último dano que José Maria Marin causou ao Brasil.

Tags: , , ,

149 Comentário

  1. Edu,

    Além de fazer tabelinha com Aecioporto o prisioneiro Marin fez tabelinha com outro político reacionário que à época dizia ser muito amigo do cartola da CBF, assista o vídeo a seguir: https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=video&cd=1&cad=rja&uact=8&ved=0CB0QFjAA&url=http%3A%2F%2Fwww.youtube.com%2Fwatch%3Fv%3DrlapMNoKeK4&ei=PXtnVd7gIoadygTYi4PYBQ&usg=AFQjCNFeeV1_E__xCYDvPmK0cDwF1_w8tg&bvm=bv.93990622,d.aWw

  2. :

    .:.

    Ouvindo A Voz do Bra♥S♥il e postando:

    * 1 * 2 * 13 * 4

    *************

    Um poema (acróstico) para Dilma Rousseff, a depenadora de tucanus :

    .

    D ilma, coração valente,
    I magem de todo o bem em que se sente
    L ivre o amor maior pela brasileira gente
    M uito humana e inteligente
    A PresidentA do nosso Lula 2018 de novo Presidente

    .:.

    D uas vezes contra o espectro atro
    I nscreveu já seu nome na história
    L utando contra mídia venal & Cia e seu teatro
    M ulher forte de mais uma vitória
    A deixar tucanus na ó-posição de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! DE QUATRO ! ! ! !

    * * * * * * * * * * * * *
    Ley de Medios Já ! ! ! !

  3. Edu e companheiros, vejam só o que aconteceu com o comerciante que lia Carta Capital. Os jumentos estão nos impedindo de ir e vir e também o livre pensamento e o direito de ler o que quiser, a intenção dos jumentos é intimidar todo mundo. Teremos que fazer alguma coisa em relação à isso e JÁ!
    http://www.sul21.com.br/jornal/comerciante-relata-agressao-em-voo-por-ler-a-carta-capital/

    • É mesmo. Não se pode ir num restaurante, bando de selvagens…ninguém escapa..lembra desse caso?

      O presidente do STF e relator do mensalão, Joaquim Barbosa, foi hostilizado por militantes do PT quando deixava um bar em Brasília na sexta-feira passada.

      Aos gritos de “tucano” e “projeto de ditador”, os petistas seguiram o ministro momento em que ele saía do bar Frederic Chopin, na região central da capital federal, e era escoltado por seguranças até o carro.

      • Isso foi um caso isolado e eu mesmo reprovei a atitude. Já no caso dos fascistas como você, agridem todo dia. Ontem chegaram a invadir a casa de uma mulher em Santa Catarina porque ela tinha uma bandeira vermelha na janela

        • O pior de tudo isto, é que estes fascistas aprovam a violência contra petistas e simpatizantes e reprovam quando ocorre algo contra eles. Bando de hipócritas. Só que, enquanto ocorre um ato violento do lado da esquerda, ocorrem 100 do lado deles. Atos violentos são reprováveis de qualquer forma, não importa quem tenha feito estes atos.

        • Envie o link dessa notícia da invasão

      • É lógico, o Joaquim Barbosa é um bandido togado que fraudou provas que inocentava José Dirceu somente para atender a manobra da máfia para acabar com PT. AGORA, O QUE NÃO PODE É NOS TIRAR O DIREITO DE IR E VIR, ISSO É CRIME E TEM QUE POR NA CADEIA BANDIDOS DESSE NÍVEL. GENTINHA ASSIM, SOMENTE NO BANGU I PARA APRENDER A SER GENTE EDUCADA.

    • Alguns dos comentários à matéria sobre a agressão ao comerciante reproduzem a agressão, essa gente não pensa e é perigosa. O Edu tem razão, estamos vendo um processo semelhante ao do nazismo. Outro dia eu estava lendo A Privataria Tucana na loja da Vivo, enquanto esperava. Acho que ninguém se deu conta. Dessa escapei… rs.

  4. Agora faltam Ricardo Teixeira, Del nero e Havelange (está vivo?)

    Ora, o cara literalmente roubou a medalha. É ladrão de quinta categoria.

    Ah se tivéssemos esse sistema de justiça americano aqui.

    É garantia de que alguma coisa vai rolar. Imagino esses larápios chorando nas celas e entregando todo mundo em acordos com a promotoria. Vai ser demais.

    Mas quando nosso “FBI” prende e arrebenta a turma do PT não costumamos ver fogos de artifício nos blogues.

    • Senhor Nigro,
      O fbi daqui, não investiga como o FBI de lá. Os caras de lá passaram mais de dois anos investigando para prender. E ninguém fica sabendo, principalmente as mídias. Os caras daqui prendem baseados em futricas de telejornais, jornais e revistas de direita, comprovadamente. E todos os dias vão dá satisfação de suas obediências à Rede Globo, à Veja, à Folha de São Paulo e outros comparsas. Também comprovadamente só prendem os petistas, quando até as pedras sabem que os outros partidos, incluindo o PSDB cometeram os mesmos crimes. Se o fbi daqui investigasse e prendesse com provas materiais os pestistas, mas também os psdbistas, pmdbistas, e outros bistas, eu aplaudiria e soltava fogos. Agora, soltar fogos de alegria porque um lado tomou no rabo, enquanto o rabo dos outros continua abanando e dele não sai nem faísca, porque se sair, a policia protetora federal e a mídia de negócios correm para apagar, não é sério!
      Maria Antônia

      • Pois é Maria Antônia, aqui no Brasil há uma máfia entre jurista e mídia para acabar com PT, isso está tão claro que até ameba já percebeu, mas infelizmente ainda existe abestados que acredita em papai noel e acha que a mídia está ao nosso favor, pobre inocente….

        • Nádia,
          Eu não sou uma mulher de me escandalizar com pouca coisa. Vivemos no século do cinismo e o escândalo têm se tornado tão comum e corriqueiro que a mim me parece ser constrangedor aos 52 anos ainda me escandalizar com alguma coisa. Mas confesso que alguns comportamentos me intrigam. Sei que não são doentes, no entanto, essa patologia do cinismo pós-moderno com essa possibilidade sombria de se tornar parte da personalidade me deixam preocupada em relação ao futuro das sociedades. Felizmente já vou fazer 52 anos e não estarei nessa sociedade em que o cinismo será parte da personalidade!
          Abraços
          Maria Antôna

      • Mas a gente não vê isso. O que vemos é negação, pura, do óbvio.

        Os corruptos do PT são tão corruptos quanto os demais, incluindo Genoíno e Dirceu.

        Os outros, os graúdos, é difícil pegar.

  5. Romário diz, no Facebook, que o esquema de corrupção já dura 20 anos. Por que não foi investigado antes? Por que não foi investigado no Brasil, por nossas instituições tão ciosas em combater a corrupção? É claro que as investigações, lá como cá, dependem de circunstâncias. Essa investigação, em um cenário mais global, tem a ver com a nova guerra fria: a contraposição de EUA e Rússia, que foi beneficiada com a realização da próxima Copa do Mundo, sobrepondo-se a interesses ianques. Em um cenário regional, tem a ver com a solidariedade norte-americana com as campanhas de nossa elite midiática. Há a tentativa de colar mais esse “escândalo” no governo petista que realizou a última Copa. Não acredito que há “culpados” pela corrupção na CBF/FIFA: esse esquema, na ausência dos atuais personagens, seria executado por outros agentes do mundo da bola. A CBF é um dos cargos mais cobiçados da República. Para conquistá-lo é preciso apelar para padrinhos políticos. Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians e atual deputado federal pelo PT, usou de sua proximidade com Lula e Maluf para tentar abocanhá-lo, mas, Maluf já estava comprometido com Marin. Os políticos brasileiros, em sua grande maioria, têm uma relação muito estreita com o futebol. Essa é uma das razões pelas quais nosso futebol não evolui. Enquanto em quase todo o mundo o futebol é atividade empresarial, aqui ainda estamos no estágio pré-capitalista dos clubes sociais, manipulados pela politicagem. Esse estágio favorece as negociatas de jogadores, de direitos “federativos”, de contratos de marketing e mil outras maracutaias. A CPI do Romário não vai moralizar nosso futebol. Servirá, apenas, para dar maior visibilidade a esse político “socialista”, integrante de um partido que terá Marta Suplicy como uma de suas principais líderes e integrante do bloco oposicionista liderado por Geraldo Alckmin.

  6. Dias antes da votação para expulsar Israel,
    EUA ordena ataque contra a FIFA

    Na década de 1960, a FIFA manteve a África do Sul suspensa durante décadas, porque não respeitava as políticas de não discriminação da associação. Um mês depois do levante da juventude de Soweto, em 1976, a FIFA expulsou a África do Sul.

    “A situação na Cisjordânia é muito pior que o apartheid que se viu na África do Sul, porque os extremistas e direitistas israelenses querem “extinguir a Palestina. Não estou pedindo que a FIFA suspenda a associação israelense. Estou pedindo que ponha fim ao sofrimento dos jogadores palestinos” – disse Rajoub. – “Estou pedindo que se ponha fim aos agravos e humilhações que sofremos”.



    Para que Israel seja expulsa da FIFA são necessários votos de 75% dos 209 estados-membros da FIFA, e havia boa possibilidade de a expulsão ser aprovada. Havia, porque agora, como por acaso, como se nunca antes ninguém tivesse corrompido ou sido corrompido no mundo do futebol, o governo dos EUA ordenaram que a Polícia suíça assaltasse o hotel no qual se hospedam os mais altos funcionários da FIFA e prender alguns que estivessem por lá, sob acusações de corrupção. E mais: os EUA exigem que sejam extraditados para serem julgados em tribunal norte-americano.



    Também por puro acaso, repórteres e fotógrafos do New York Times estavam ali, no salão daquele preciso hotel, às 6h da manhã, para que a cobertura do ‘evento’ pudesse ser ‘notícia’ dos primeiros jornais matinais, como escreve o mesmo NYT– disse Rajoub. 


    Os EUA forçaram a polícia suíça a assaltar, encarcerar e extraditar seis funcionários da FIFA, por corrupção presumida. As prisões – com a presença com certeza preparada de jornalistas do New York Times no local – aconteceram pouco antes de uma votação na FIFA, para decidir sobre a expulsão de Israel, da organização.

    Além do assalto ao hotel ordenado pelos EUA, os suíços vêm-se obrigados a também iniciar um procedimento penal em relação à votação que escolheu as sedes das Copas do Mundo 2018 e 2022 na Rússia e no Qatar. Os EUA perderam a chance de receber esses eventos, e os falcões norte-americanos, quando perdem, põem-se imediatamente a tentar melar o jogo e mudar o resultado. 

Não que o pagamento de subornos para serem escolhidos como sede e organizadores de uma competição mundial seja evento totalmente inexistente e ignorado nos EUA.

    Mas parece que agora, em todos os casos em que forem derrotados, os EUA imediatamente se põem a ‘promover mudança de regime’ na cúpula da organização que não tenha escolhido… os EUA.



    Nos EUA é legal subornar políticos mediante o financiamento das campanhas eleitorais, em quantidades praticamente ilimitadas. 

Nunca, em tempo algum, um banqueiro, um, que fosse, foi jamais acusado de prática fraudulenta massiva, nem na mais recente em Wall Street, que levou a economia mundial ao atoleiro em que está.

    O mundo sabe disso, e não gosta que esses EUA deem lições de moral.

A FIFA, que com certeza é corrupta, é também a alma do futebol mundial e entidade que organiza o campeonato esportivo que mobiliza mais público em todo o mundo. Se os EUA acreditam que invadir hotéis, em movimento em tudo semelhante e ataques terroristas, encontrará alguma solidariedade em todo o mundo, estão muito enganados.

    

Principalmente porque, dessa vez, o motivo do assalto ao hotel e aos dirigentes da FIFA, como se tivesse acontecido por acaso, já é bastante óbvio. Por exemplo, graças a Ashel Pfeffer, jornalista israelense, que se pavoneia, pelo Twitter:
    [traduzido] “Anshel Pfeffer – Coitado do Jibril Rajoub. Parece que o truque dele não vai conseguir muita atenção #FIFA”

    Texto completo: Moon of Alabama
    http://www.moonofalabama.org/2015/05/ahead-of-israel-expulsion-vote-us-orders-raid-on-fifa-.html

  7. ”Tudo isto parece muito impactante e incrível no país do futebol. Parece ainda pior do que os 7 x 1 para a Alemanha. Mas o que me parece mais grave e, ao mesmo tempo curioso, é termos um participante do esquema de tortura na ditadura sendo preso por corrupção, fora do país, enquanto ele mesmo e os generais e oficiais responsáveis pelas graves violações de direitos humanos ocorridas no país permanecem impunes.”

    Edson Teles, Carta Maior
    http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Direitos-Humanos/7-a-1-para-a-impunidade-no-Brasil/5/33601

  8. O vice americano já disse do que se trata, é a politização explicita do futebol como já fizeram com as Olimpiadas, por odio dos cartolas isso está sendo maquiado, é certo que a maioria deveria estar na cadeia, mas as reais intenções não são essas, tudo o que vem de lá deve ser sempre olhado com um pé atras, o que os americanos tem a ver com o futebol? estão é com medo da copa dar visibilidade para a Russia do Putin, esse mesmo que os jornalistas patéticos daqui tem um medaço de falar mal, é politica internacional suja isso tudo, e escolheram a fifa para detiinar o Putin, a verdade é essa, nada a ver com moralização, na verdade querem a desmoralização total.

    • Você tem razão.

    • Excelente Naldo.
      Apesar dos meios ajudar a pegar uns bandidos de colarinho branco, a verdade é esta. Os EUA não estão nem um pouco interessado em moralizar coisa nenhuma. Estão é querendo melar a copa na Russia;
      E outra, Romário não nenhum principe da ética. Teria sido melhor ele não ser citado por aqui Edu.
      Precisamos muito moralizar nosso futebol, mas não será assim.
      abraço

    • Concordo plenamente com você.

  9. Depois da primavera árabe, que derrubou governos que não interessavam aos EUA e teve estas trágicas consequências que estamos vendo, teria chegado a hora da soccer spring? Não sei, todo a conjuntura internacional me levam a ficar com o pé, embora CBF e FIFA não sejam entidades defensáveis. Quem é o adversário de Blatter nesta eleição? Qual seu perfil, a posição política de seu país, sua tradição no futebol, etc? Não vou embarcar nesta de “inimigo do meu inimigo é meu amigo”, porque os EUA não são amigos de ninguém e a política externa deles tem uma ética seletiva em relação a ditaduras e corrupção internacional. O alvo, na verdade, é a Rússia, através da sabotagem da próxima Copa a ser realizada lá.

  10. O adversário de Blatter é um príncipe da Jordania… Interessante.

  11. Fora de pauta, mas nem tanto, Edu. Viu o leitor da Carta Capital que foi hostilizado e ofendido num avião por estar lendo a revista? Mas um episódio para corroborar sua tese.

  12. Espero que apodreça na cadeia americana.

  13. “ATÉ QUANDO UM GRUPO DE PROVOCADORES EXTREMISTAS TERÃO LIBERDADE PARA HOSTILIZAR PARLAMENTARES-SEJA DE QUE PARTIDO FOR EM PLENA CÂMARA DOS DEPUTADOS, ALÉM DE ATRAPALHAR OS TRABALHOS DA IMPRENSA”
    Eu acrescento: Seja como for já ficou bastante claro, é a nova tática , provocar até acontecer uma tragédia e ai incendiar o País, O que esperam a Presidenta da República e o Ministro da Justiça para tomarem uma atitude legal? Um cadáver? Seja de que lado for, pois não são todos que provocados reagem como gente que tem sangue de barata correndo nas veias. Tudo sob as barbas de um inútil Ministro da Justiça…
    PS : A escumalha já decidiu até o que podemos ler ou não ler em um avião, numa viagem paga com nosso próprio dinheiro, como o Sr. Que foi humilhado publicamente por ler a revista Carta Capital num avião em que fazia uma viagem paga com o dinheiro do suor do trabalho dele

    http://www.revistaforum.com.br/blog/2015/05/revoltados-on-line-criam-tumulto-na-camara-ao-hostilizar-parlamentares/

  14. Edu e companheiros, mais uma agressão dos eleitores tucanos. Vamos espalhar para mostrar ao mundo quem são os que votam em tucanos. Já pensou tucano administrando o país??? Do jeito que são agressivos, quero esses tucanos bem longe do planeta, somente assim a Terra se evolui e terá paz e amor , pois teremos somente os homens de boa vontade. Segue o link: http://www.conversaafiada.com.br/tv-afiada/2015/05/29/revoltados-online-agridem-deputados-do-pt-e-do-psol/#comment-1972998

  15. As autoridades brasileiras só reagiram aos desmandos da CBF depois que os americanos grampearam os dirigentes da FIFA, entre eles esse tal Marin! Por que a polícia federal e esse parvo que senta na cadeira de ministro da justiça não agiram antes? As investigações sobre a FIFA e a CBF certamente respingarão na globo. Até lá, o tal moro manda prender mais algum petista para engabelar o distinto público.

  16. Pô, esse José Maria Marin curtiu com o dinheiro alheio durante 78 anos, agora com quase oitenta, ele vai em cana, pra mim ele esta no lucro ainda.
    Isso sem falar que os seus filhos, os netos e os filhos dos netos levarão a mesma vida boa dele.
    Para o Marin, com certeza, o crime compensou.

  17. Ontem eu fiz um um comentário sobre isso nesta matéria.
    Fiquei muito satisfeito com a notícia sobre a prisão do Sr. José Maria Marin, um pilantra que teve a coragem até de surrupiar medalha de jogadores.
    Mas não conseguia entender, porque os EUA resolveu fazer tal investigação, se, pelo que vi nas várias matérias sobre a prisão dos cartolas, os seus crimes de corrupção, não foram cometidos nos EUA. O que os americanos têm a ver com isso? Achava que havia alguma coisa por trás disso.
    Agora as coisas começam a clarear. Vejam o que pensa o professor da Harvard:

    http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2015/05/29/especialista-alerta-sobre-reais-interesses-dos-eua-em-operacao.htm

    • Pelo menos eles estão fazendo alguma coisa (mesmo que seja com segundas intenções), ao contrário do sistema jurídico/esportivo brasileiro…

  18. Romário só tem a boca podre, mais contra a globo ele não dar um pio.

  19. ”O mundo ficou estupefato com a notícia da Fifa; não que alguém, de sã consciência,
    discorde da necessidade de se sanitizar a Entidade, cuja corrupção campeia há tempo.
    Responsável pela emissão dos mandados de prisão no escândalo que abalou a Fifa
    (e o mundo!) ora, a procuradora-geral dos Estados Unidos, Loretta E. Lynch, afirmou:
     
    “… O Departamento de Justiça estadunidense está ‘determinado a acabar com a
    corrupção no mundo do futebol’.”

    Tanta fome na África, moléstias em todo o mundo, doenças que já deveriam ter sido
    erradicadas há séculos, tecnologia biomédica, há, e a preocupação destes honrados
    estadunidenses é com o futebol na Fifa!”

    Morvan Bliasby – Viomundo
    http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Internacional/Intervencao-dos-EUA-na-Fifa-seria-um-novo-Big-Stick-a-caminho-/6/33608

    ————–

    Os senadores dos EUA Robert Menendez e John McCain pediram ao congresso da FIFA
    para reconsiderar o seu apoio ao presidente Sepp Blatter devido ao seu apoio ao Mundial
    de futebol de 2018 na Rússia.

    “Há muito tempo que estou preocupado com a escolha da Rússia pela FIFA e as notícias
    de hoje apenas sublinham a necessidade de eleger um presidente que não somente apoie
    os valores da FIFA, mas que assegure que a FIFA não recompense países que não apoiam
    esses valores”, disse em nota o senador Menendez, do estado de Nova Jersey.

    http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Internacional/Senadores-dos-EUA-pedem-cancelamento-do-Mundial-na-Russia/6/33612

  20. EDU ,O MOTIVO DA GLOBO E DO PSDB NÃO SEREM INVESTIGADO AQUI NO BRASIL , E ACHO QUE ISSO DEVE OCORRER NO RESTO DO MUNDO , É SIMPLES , É A LIGAÇÃO DESSAS PESSOAS COM A MAÇONARIA , FAÇA UMA INVESTIGAÇÃO SÉRIA E VOCÊ VAI NOTAR QUE ESTÃO TODOS LIGADOS POR ELA , ACHO , QUE VAI SER DIFÍCIL VOCÊ ENCONTRAR ALGUÉM EM ALTOS CARGOS E PODER QUE NÃO SEJA LIGADO AOS MAÇONS , É DAI QUE VEM A FORÇA DA GLOBO E DO PSDB , AÉCIO ANTES DA ELEIÇÃO ESTEVE DISCURSANDO ENTRE ELES , E OUTRA ,NESSA ELEIÇÃO ELES PUSERAM AS GARRAS DE FORA E PEDIRAM VOTO NO AÉCIO , FAÇA UMA INVESTIGAÇÃO PRA VOCÊ VER SE NÃO É VERDADE DO QUE ESTOU FALANDO.

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.