Por que a Folha denunciou que Alckmin paga por ataques ao PT?

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

implicante capa

 

Confesso que a notícia de que um ex-assessor de Marta Suplicy e Soninha Francine vem sendo bancado pelo governo Geraldo Alckmin há anos me produziu um misto de indignação e desalento. A indignação tem razão óbvia, mas o desalento vai ter que ser melhor explicado.

Este Blog cumpre 10 anos em agosto deste ano. Nesse período, a partir daqui estabeleci um ativismo político e informativo que todos conhecem.

Neste Blog surgiu a ONG Movimento dos Sem Mídia, que promoveu atos públicos e fez representações ao Ministério Público, à Procuradoria Geral Eleitoral e à Polícia Federal contra abusos dos grandes meios de comunicação.

No campo jornalístico, aqui foram feitas reportagens de campo, entrevistas com importantes figuras públicas como Lula e Dilma Rousseff, com juristas como Dalmo de Abreu Dallari e até com o presidente do STF, Ricardo Lewandowski.

Manter esta página no ar tem custo de hospedagem relativamente alto – cerca de mil reais por mês. As matérias jornalísticas custam dinheiro – telefonemas, deslocamentos etc. Isso sem falar no tempo gasto com um trabalho que não dá lucro e, no frigir dos ovos, dá despesas.

Leitores colaboram espontaneamente com está página, mas nunca pedi doações. Porém, como alguns ofereceram, aceitei. Contudo, as doações são insuficientes. Assim mesmo, eu me viro.

Por que o desalento? Explico.

Eis que chega 18 de abril de 2015. Como faço todos os dias, nas primeiras horas do alvorecer passeio pela blogosfera, pelos portais de internet e pelos jornais. Quando chego à Folha de São Paulo, vejo matéria – com chamada na primeira página – que me surpreende.

A matéria dá conta de que um blogueiro que atua anonimamente na internet há anos, atacando sem parar o PT, Dilma Rousseff, Lula e até quem, como este blogueiro, simpatiza com eles, montou uma empresa de “assessoria digital” que recebe do governo Geraldo Alckmin, mensalmente, uma pequena fortuna. São setenta mil reais por mês.

Leia, abaixo, a matéria da Folha de São Paulo de 18 de abril de 2015.

implicante 1

O que é pior é que esse blogueiro vive acusando blogueiros simpáticos ao PT de serem “pagos” para dizer o que dizem. Inclusive, já me acusou disso. É um dos blogueiros anônimos que vive me espinafrando.

Ano passado, por exemplo, o tal Implicante acusou a mim e à Revista Fórum de sermos “pagos pelo governo” por causa de veiculação de banner da prefeitura de Guarulhos que continua inclusive no alto desta página de graça porque não tenho o que pôr no Lugar e, para o espaço não ficar vazio, vai ficando aí até que eu faça uma reforma no visual do Blog, proximamente.

Detalhe: a prefeitura de Guarulhos me fez dois pagamentos de R$ 4.640 em 2014, pela veiculação dos banners. Há mais um par de veiculações, mas o dinheiro não sai – e eu nunca cobrei. E desde janeiro não houve mais nenhuma campanha, apesar de o banner estar aí.

O que revolta é que este Blog está para cumprir 10 anos de existência e tudo que recebeu de dinheiro público nesse período foi pouco mais de nove mil reais, e nem foi do governo federal. Enquanto isso, o tal “implicante” recebeu, entre 2013 e 2015, cerca de um milhão e meio de reais.

Nesse post em que me acusou de ser pago pelo governo, o tal Fernando Gouveia/Gravataí Merengue escreveu:

“(…) Fica cada vez mais difícil acreditar na independência de qualquer um que seja custeado por banner de prefeituras petistas. Independência que há muito tempo já vem se mostrando frágil

Pelo visto, o problema de Gouveia/Merengue é com uns trocados de prefeituras petistas, mas não tem problema com fortunas pagas pelo governo do Estado.

Mas o tal “implicante” sempre foi pródigo em fazer acusações a blogueiros que têm publicidade oficial. Há dezenas de relatos por aí.  O que este post quer entender é por que a Folha publicou essa matéria – e por que só agora.

Na edição desse jornal de domingo último não se viu nenhuma carta de leitor, nenhum texto opinativo versando sobre sua matéria de capa inédita que, no dia anterior, revelou como é hipócrita a acusação da grande mídia contra blogues que têm publicidade oficial assim como qualquer jornal, qualquer site da imprensa tradicional.

Não é estranho? Será que houve muita chiadeira do PSDB?

Vale explicar, também, a grande diferença da publicidade oficial que alguns blogueiros de esquerda têm para o contrato de Gouveia/Merengue com o governo do Estado: a publicidade oficial é transparente; o banner fica lá, no site, e qualquer um sabe da relação comercial entre aquela página e quem anuncia nela.

No caso do “implicante”, não. É evidente que ele não poderia receber 70 mil reais por mês por um banner, até porque seu site – que, em uma confissão de culpa, foi tirado do ar por seu autor, após a denúncia da Folha – tem uma visitação muito menor do que a que têm os blogs e sites que ele costuma acusar.

A única coisa que o tal “implicante” tem que reúne um grande público é uma página no Facebook com cerca de 470 mil seguidores.

Porém, como se sabe, qualquer um pode conseguir muitos seguidores para sua página no Facebook simplesmente “promovendo-a”, ou seja, pagando àquela rede social para que a divulgue, o que custa um bom dinheiro.

Mas, ganhando 70 mil por mês, por certo Gouveia/Merengue não teve dificuldade para pagar.

O correto seria a Assembleia Legislativa de São Paulo abrir uma CPI para investigar quantos desses anônimos que têm páginas na internet para atacar petistas recebem do governo do Estado de forma obscura como essa.

Por que obscura? Ora, porque com publicidade oficial fica clara a relação comercial entre uma administração pública ou uma empresa estatal e um veículo de comunicação, enquanto que contratos de “assessoria” como o do tal Gouveia/Merengue ficam escondidos – só se tornam conhecidos se alguém denunciar.

Há vários outros suspeitos de estarem sendo financiados com dinheiro público para esguicharem antipetismo na internet. Há outros sites/blogs anônimos que cresceram muito e que não têm publicidade oficial estampada.

Será que só o “implicante” é financiado pelo governo Alckmin de forma velada?

É óbvio que Alckmin, com a maioria avassaladora que tem na Assembleia Legislativa de São Paulo, não irá permitir que esse e outros casos similares sejam investigados, mas esse episódio serviu, pelo menos, para mostrar como o PSDB é hipócrita ao acusar blogueiros que têm contratos de publicidade claros e transparentes com administrações petistas ou empresas estatais.

Apesar de a mídia “denunciar” há anos que blogueiros simpáticos ao governo – alguns deles, não tão simpáticos assim – têm o que todos podem ver meramente acessando essas páginas, nunca houve qualquer sanção a essa prática porque não há o que discutir.

Os blogueiros que têm publicidade oficial têm audiência condizente para receber essa publicidade – se não fosse assim, ela seria suspensa.

E, além disso, são pouquíssimos os blogueiros que têm publicidade oficial, apesar de a blogosfera de esquerda ser imensa, reunindo centenas de Blogs. Isso porque os critérios das administrações petistas para anunciar em um blog são severos. Só tendo muita audiência para conseguir.

Fica, portanto, uma questão no ar: por que a Folha fez essa denúncia?

De fato, foi uma surpresa descobrir que Alckmin financia um site que espalha antipetismo de baixo nível, já que tem toda a grande mídia para fazer o serviço. Contudo, o crescimento exponencial dessas páginas antipetistas começa a chamar atenção.

Ilustres desconhecidos passaram a formar “comunidades” com centenas de milhares de pessoas através de um instrumento que cobra caro para promover páginas na internet – o Facebook. Por certo, novas denúncias surgirão.

A Folha pode ter denunciado esse caso para ganhar credibilidade em ofensiva contra a blogosfera progressista? Pode. Mas pode, também, estar querendo aproveitar o nicho de mercado que há para veículo que queira fazer jornalismo sem viés político-partidário.

Seja como for, a perplexidade que decorreu de a Folha ter feito essa denúncia após anos acusando – injustamente – blogueiros de um lado só, mostra que, pelo menos até aqui, esse jornal, como tantos outros, vinha fazendo mau jornalismo. Por que mudou tanto?

Tags: , , , ,

129 Comentário

  1. Comentário sensacional de Bob Fernandes:

    • Verdade, amnésia quando interessa, vazamento quando interessa e todas as torcidas insatisfeitas; aonde isso vai parar, não sei se alguém sabe.

  2. O questionamento do Edu é bastante pertinente, há um filão bem inexplorado que é o do público progressista que ficou sem mídia (entender por mídia a ausência de jornais, principalmente) e que o grupo que chegar primeiro pra preencher este espaço, de forma eficiente, leva, por isso que temo a presença do El País (a Vejinha espanhola) no Brasil querendo ocupar esse espaço, embora tomem muita patada com a propaganda anti-PT e pró-EUA que fazem.

    Mas acho que os colegas acertaram nos comentários de que a Falha deu o tiro pensando nos 70 mil do blogueiro tucano oficial do gov. de SP. Por altruísmo e pensando nesse filão eu também acho que a Falha não deu o tiro e sim por querer a primazia da propaganda anti-PT e que apliquem os 70 mil (e se houver mais dinheiro pagando os blogs anti-PT) diretamente na Falha.

    Mas não deixa de ser engraçado o episódio, esses tucanos e afins vivem nos rotulando de sermos pagos pelo governo (até quem comenta criticando os tucanos leva o rótulo de ser pago graças ao canalha do R. Azevedo) e agora terão que conviver com este episódio que desmascara só uma parte da máquina profissional tucana de difamar.

  3. A resposta veio no Editorial de domingo: Defenderam hoje o Impeachment da Dilma.

    A tal da “imparcialidade” é um álibi para dizerem: nós mostramos até que atacam a Presidenta com dinheiro do contribuinte via Governo Alckmin, o que não significa que a Presidenta não deva ter seu mandato cassado caso a decisão da “pedalada fiscal” seja mantida:

    “TCU concluiu que governo Dilma descumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal; se prevalecer essa decisão, os gestores devem ser punidos”. Editorial FSP domingo.

  4. Dizem que é coisa do Serra. Mas é o MP, Justiça Não fazem nada

  5. Aí tem! A folha não dá ponto sem nó. Se tivesse que apostar, sem sombra de dúvida, diria que o jornalzinho fascista quer ganhar credibilidade para uma futura acusação contra a blogosfera progressista(tenha cuidado!), a qual ao contrário dessa, dispensará provas para ser feita. Por que a Folha não repercutiu as informações contra o fascista dono do “Vem pra Rua”, que mostram o novo queridinho dos reacionários como ex-sócio de um fundo de investimento nos EUA, desfiliou-se recentemente e ainda respondendo a processo naquele país possivelmente por conta de suas “relações” societárias!!!!!!!?????? Nem precisaria fazer investigação, bastava repercutir uma matéria que bomba na blogosfera e que a rigor não prova nada contra o direitista, afinal não é crime ser sócio de qualquer coisa no exterior. Será que não é porque o Vem Pra Rua, a despeito da quantidade de seguidores no facebook (que como você mesmo disse não quer dizer muita coisa, já que basta pagar-se à rede social para anunciar o perfil e se conseguirá aumentar seus seguidores) tem muito mais peso no golpe contra Dilma do que o site desse sujeitinho!!!!!!!!!!!????????? Assim golpeá-lo seria atingir de verdade os fascistas, o que jamais foi o objetivo da Folha!!!!!!!!!???????? Seja como for, vamos fazer desse limão uma limonada, o que seu texto já faz, e usar a matéria insuspeita da Folha para mostrar o quanto a direita financia sabotagem na INTERNET e como o próprio jornalzinho paulista é mentiroso, já que sempre acusou os blogueiros progressistas de serem financiados pelo PT e considerava “uma paranoia” quaisquer acusações referentes à rede ao financiamento midiático pelo PSDB, a qual não fica restrita à web, mas alcança meios bem mais ultrapassados, que o digam as assinaturas da veja e da Folha adquiridas por Alckmin. Mais uma chance de desmascarar a direita. Não devemos deixá-la passar e precisamos repercutí-la bastante nas redes sociais. Daí pode-se encontrar outros financiamentos bem mais graves feitos para sabotar o Governo.

  6. Eu ajudo com R$ 30,00 por mês dois blogs. Você tem conta no BB? Divulgue sua conta no banner.

  7. O pior nem é um blog desse ser alimentado por verbas do governo de São Paulo, governo ao qual o “Implicante” demonstra ser simpático. A desgraça maior é o governo federal ter pago regiamente ao grupo Abril — que hospeda Reinaldo Azevedo, Augusto Nunes, Rodrigo Constantino, Lauro Jardim etc. — por anos a fio. O mesmo pode ser dito do grupo Globo, que nenhuma simpatia, nem mesmo equidistância, tem pelo governo federal. É um veículo que faz desabrida oposição. Basta ler, p.ex., a coluna de Merval Pereira para constatar isso. Por que gastar dinheiro público com a própria oposição? Nunca compreendi tal lógica.

  8. Prezado Eduardo , respondendo à pergunta: para dar credibilidade ao que vem depois.

  9. Na mesma Folha eu li agora que os agentes penitenciários, em média, ganham bem mais que os professores da rede pública. Por aí a gente analisa as prioridades por nossa pátria, já que a situação se repete Brasil afora. Enquanto isso, há casos como o do site “Implicante”, que recebe os 70 mil/mês. E os dos grupos Globo e Abril, que recebem ainda mais. A lógica é encher, cada vez mais, as burras dos de sempre. Com as escolas caindo as pedações e o jornalismo para Homer Simpson de bolso fartamente preenchido, o povo vira boi de piranha para os “Eduardo Cunha da vida”.

    • Um Estado perdulário ..banqueiros usurários ..empresários sovinas ..sindicatos mesquinhos ..tudo temperado com muita CORRUPÇÃO, malandragem e desvios

      Esta é a soma que faz o país ter dos MAIORES CUSTOS DE VIDA do planeta, do PLANETA ..e quem sofre é o pobre, o fragilizado, ou os 36% de remediados ..com certeza os 50% de INFORMAIS

      Energia, telefonia, internet, pedágio, transportes, combustível, tarifas de infra, comida, moradia, saúde, vestuário, automóvel, aluguel, tarifas mil ..o estrago é geral

      Corrupção, desvios, desperdícios ..desperdícios, desvios e corrupção ..e os caras não aprendem, clamam sempre pela correção do passado e se esquecem de que no futuro breve TUDO, absolutamente tudo se repetirá

      Das mais recentes estrepolias 2 já foram dadas ..uma pela DIREITA RAIVOSA ao não nos permitir a cobrança da CPMF que, em CP poderia vir acompanhada da extinção de tantos outros impostos abusivos e regressivos ..doutra veio agora, com a ESQUERDA TACANHA que esta tentando nos condenar a sermos eternos assalariados prestatários ao não nos permitir TERCEIRIZAR a fim de podemos enfrentar a concorrência internacional que NÃO perdoa nem deixa barato

      Enfim, é aguardar ..porque dos ditos governos e/ou de grupos reformistas, destes eu cansei de esperar.

      O erro que a direita cometeu em endemoniar farsescamente a CPMF esta para a nossa ineficiência ,assim como o mito que a esquerda corporativo-sindicalizada INVENTA sobre o que se é terceirizar.

      Se farinha pouco meu pirão primeiro ..maldita lei de Gerson

      Em tempo ..o salário médio dos agentes penitenciários (uma profissão de risco) praticamente é o teto ..já para o professorado (este que FRAUDA curso de aperfeiçoamento e de aulas/presença dada adoidado) é o médio.

      Da minha parte digo: se nos últimos 35 anos eu tivesse visto MENOS greve e mais resultado desta classe ..ao contrário dos nossos resultados MEDÍOCRES na área ..quem sabe estes profissionais teriam um pouco mais do meu respeito e consideração ..mas não ..por enquanto, pelo que oferecem no conjunto da obra (tipo com os profissionais da saúde e da justiça tb) pra mim ta muito BOM ..isso sem falar que o pedido de 75% chega a ser ridículo, justo prum Estado que já paga dos maiores salários da Nação

      Ah sim, penso mesmo que já esta na hora da sociedade (pais e alunos) saírem às ruas pra protestar contra todo esta abuso que, entra ano e sai ano, este sindicato do CRIME (quer crime maior do que condenar nossos jovens à ignorância ?) nos impõem !!!

      • Um agente penitenciário ganha pouco. Ganha um salário injusto, eu diria, em face do extremo risco inerente à profissão. O professor menos ainda. Podemos pensar: professores não correm risco de vida. Outros podem pensar de modo ainda mais drástico: professores não apresentam resultados satisfatórios; estão aí os números do ensino brasileiro. A questão: que tipo de país o Brasil será, nos próximos anos, se continuar relegando o magistério a salários ridículos? Como os professores apresentarão grandes resultados se lhes falta o incentivo salarial imprescindível? Não é que eu ache que todo professor, em qualquer situação, deva ganhar salários nababescos (a mesma coisa penso sobre membros da magistratura e do MP), sobretudo quando estamos a falar de início de carreira. Mas por que não remunerar de modo mais satisfatório aqueles que demonstram extremo mérito na carreira do magistério, até mesmo para que estes não procurem a satisfação financeira em outras carreiras? Há uma importante evasão dos mestres para outras carreiras do serviço pública, via concursos, importa lembrar. Por que não incentivar os profissionais de destaque a permanecer na carreira? Por que não possibilitar que a carreira tenha meios de guindar professores a um maior nível de qualificação, através de salários que permitam um desenvolvimento pessoal/profissional de longo prazo. Sem professores, um país não anda (por mais que eu e outrem, enventualmente, não tenhamos gostado dos professores que tivemos e por isso desejemos que o magistério fique na sarjeta). Como o país construirá inovação — o que é de suma importância na “era do conhecimento” — com a carreira do ensino tão desprestigiada?

        • inocente ..imagina, como se pode atribuir à falta de salário a irresponsabilidade pela falta de ética, senso cívico e de dever ? …conta outra

          40% do magistrado da USP tem 2o emprego ..muitos ganham MUITO acima do teto e ficam na moita ..não se dedicam à profissão, são despreparados e nem tem o dom, dividem ilegalmente seu tempo ..e isso acontece com as federais tb

          A maioria quer MAMATA ..a recuperação do salário deles sempre vem acima da do resto dos interesses legítimos da sociedade

          O que eles sabem mais fazer, isso desde fins dos anos 70, NÃO é cobrar por condições de emprego e escola de qualidade, método, mas de TETAS e estabilidade

          Todo ano ? todo santo ano !!!!! ..ahhh vai ..e sabe pq não dá pra incentivar os melhores ?

          Porque eles NÃO se admitem ser avaliados, fogem como o diabo da cruz ..isso quando não são pegos, como com suas presenças e cursos complementares, especialização etc, FRAUDANDO !!!!

          Eu tenho muitos professores na família ..e de quinquênio em quinquênio ..de férias e feriados ..todos estão bem de vida sim ..muito melhor do que a imensa maioria da população que vejo por aí ..problema é que os mais jovens tem o impeto, a falta de visão sobre seus atos e a pressa, o fazer a vida antes dos 30, ai complica

          e olha, se aposentando com 25 anos de labuta (pra curtir outros 30 tocando flauta), fica difícil vc definir quando lhes chega a maioridade acadêmica, intelectual e o juízo, pois pra maioria já tá na hora de se encostar .e eles não reclamam não, aguardam ansiosos, não sem antes poderem FALTAR X dias por ano, justificar por doação de sangue, por trabalho em eleição etc etc

          Olha colega, não sei como, mas pra nos livrarmos destes socialistas FALSIFICADOS (destes que usam conceitos da mais valia contra a CIDADANIA, como com a greve em serviços essenciais da saúde, justiça e polícia) penso que só tem um caminho ..incentivarmos os meios e instrumentos pra, cada vez mais, implementarmos a educação NÃO presencial, a digital ..e duma coisa eu sei, as que já existem, verdadeiro comércio sem compromisso, ética nem método, esta tb não serve.

          Problema mesmo ainda sobra pras creches, pras escolas de período integral que tem que receber as crianças enquanto seus pais trabalham À custa de 2 a 3 SM ..pra estas, estes CHANTAGISTAS desmiolados ainda tem a faca e o queijo na mão ..fica difícil

          • “Brasil: campeão mundial na violência contra professores”, por Luis Flávio Gomes (http://bit.ly/1bphUGE)

            O Brasil que pegou o caminho errado (estamos falando do Brasil fundado na “filosofia” de Valesca Popuzuda: “tiro, porrada e bomba”) está levando os brasileiros a conhecerem as profundezas do inferno descrito por Dante, na Divina Comédia. Que falta nos faz um estadista com sentido moral, absolutamente comprometido com sua não reeleição, que promova mudanças estruturais radicais!

            Pesquisa divulgada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econônico (OCDE) apontou o Brasil como o país com o maior número de casos de violência contra professores. O estudo, chamado Talis (Teaching and Learning International Survey), foi baseado em um questionário internacional de larga escala que focava as condições de trabalho dos professores e da aprendizagem nas escolas, com o objetivo de formular políticas públicas a respeito do tema. Foram entrevistados mais de 100 mil professores e diretores de escolas do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio em 34 países.

            A pesquisa revelou que 12,5% dos professores entrevistados no Brasil disseram ser vítimas de agressões verbais ou de intimidação de alunos pelo menos uma vez por semana, ocupando a pior posição nessa área dentre todos os países pesquisados, que apresentam a média de 3,4%. Colados no Brasil estão a Estônia (11%) e a Austrália (9,7%). Coréia do Sul, Malásia e Romênia aprensentaram índice zero de violência contra os professores. O Brasil, com sua cultura de tolerância zero, se transformou no campeão mundial em violência contra professores; a Coreia do Sul tem violência zero. Por que somos tão diferentes?

            Em 1964 o Brasil, por meio de um golpe de estado, tomava a decisão de mergulhar no inferno da política do “tiro, porrada e bomba”. Resultado: milhares de desaparecidos, centenas de mortos, estupros, tortura, exílios, 21 anos de regime militar, perda do poder aquisitivo do salário mínimo, aumento na concentração de renda e da desigualdade, freio nas liberdades, escolaridade baixíssima etc. Com a redemocratização do país (1985), os novos donos do poder se livraram da vida militarizada, mas a filosofia da violência não saiu de dentro deles. Resultado: não conseguimos sair do atraso socioeconômico e educacional: 95º lugar no IDH (computando a desigualdade), campeão mundial em homicídios (em números absolutos: 57 mil por ano), ¾ da população são de analfabetos funcionais, taxa de 29 assassinatos para cada 100 mil pessoas, aqui estão 16 das 50 cidades mais violentas do planeta, aqui acontecem 11% de todos os assassainatos do mundo etc.

            No mesmo ano (1964) a Coreia do Sul (que tinha renda per capita muito inferior ao Brasil) tomava a decisão de colocar todo mundo nas escolas (desde o jardim da infância até às universidades). Aqui, “tiro, porrada e bomba”; lá, “civilização, conhecimento, tecnologia e cidadania”. Resultado: lá não existe violência contra os professores, 2/3 da população têm formação superior, renda per capita 3 vezes maior que a brasileira, 2 assassinatos para cada 100 mil pessoas, 15º no IDH etc.

            Cada país tem sua história, é verdade, mas essa história não brota da terra como produto da natureza. Ela é construída pelas decisões de suas lideranças. Algumas são competentes e têm visão de futuro, outras não. Os resultados entre os vários países mostram as diferenças (os erros e acertos).

            A pesquisa da OCDE ainda indicou que, apesar dos problemas, a grande maioria dos professores no mundo se diz satisfeita com o trabalho; eles são apoiados e reconhecidos pela institutição escolar assim como pela sociedade em geral. Com relação à satisfação dos professores brasileiros na carreira, apenas 12,6% acreditam que exista uma valorização da profissão pela sociedade. Nesse item estamos entre os dez últimos no ranking. A média global de satisfação dos professores é de 31%. A Eslováquia é a última: apenas 3,9% dos entrevistados acreditam serem respeitados pela sociedade, seguida de França e Suécia com 4,9%. Os professores brasileiros recebem 1,9 mil reais por mês, três vezes menos que a média total dos países da OCDE, de 5,7 mil reais. Entra governo e sai governo e os professores continuam mal pagos, maltratados, desestimulados e desesperançados.

            Os donos do Brasil, invertendo a máxima de Pitágoras (grego, filósofo), preferem punir os adultos (sempre seletivamente) a educar as suas crianças. O que é isso? Falta de educação dos donos do país. Eles não sabem que “Educação é uma descoberta progressiva de nossa própria ignorância” (Voltaire, francês, filósofo).

          • Devo reconhecer que você tem certa razão no ponto que coloca da greve como “chantagem” — não sou inocente a ponto de negar que isso, em certa medida, existe.

            Paulo Freire, na obra “Pedagogia da Autonomia”, já dizia ser necessário “repensar a eficácia das greves” e “reinventar a forma também histórica de lutar”.

          • gostei de vc “levemente” ..traz informações boas, relevantes, não ofende, mesmo se discordar

            Então vamos continuar a refletir..

            Será que em 12, indo pra 13 anos de governo dito progressista, e mais 8 de masturbação sociológica de THC, ouros tantos do Itamar Calcinha (gostava dele tb) e mais 5 do Sarney ..será que eles não foram suficientes pra apagar “todo malefício” que os militares teriam nos trazido ?

            Não, penso que o problema é mais embaixo ..embora deva reconhecer que a partir de 1978 (governo Geysel ..muito aprecido com a visão de DILMA) com o país indo a falência e tendo que cortar na educação (ali acabou o francês, teve a reforma de 1o e 2o grau, o Mobral praticamente desapareceu ..enfim) ali a coisa degringolou de vez ..coincidência ou não, os sindicatos que só se pedem de salário, ali começavam a crescer e a ganhar força

            Com o país Inseridos numa economia perdulária ..com banqueiros usurários ..empresários sovinas e sindicatos mesquinos ..recebendo, sendo invadido por todo tipo de influência alienígena aos nossos valores ..precarizando o mercado de trabalho (não conseguíamos gerar nem emprego informal em número suficiente) fazendo com que a mulher visse somente o lado bom da conquista em se trabalhar fora e se “abandonando o lar (isso enquanto seu marido se entregava, agia, ou era vítima da violência e do desemprego) ..enfim

            ..abandonando o mérito e desistindo de cobrarmos pelo certo (vide as cotas racistas em detrimento da social hoje em dia ..ou a defesa do aborto em lugar de cobrarmos sexo livre, sim, porém RESPONSÁVEL ..ou mesmo quando alguns pedem pela liberação da maconha, como se isso acabasse com todos os males das outras drogas, inclusive da pinga e do cigarro ..bem

            ..penso que tudo isso faz parte deste problema que vc nos tás ..inclusive em não insistirmos que, uma coisa é o menino mal educado e carente, o batedor de carteira ..e outra é o MENOR ASSASSINO, violento, ciente e sem limites – cercado de todo tipo de IMPUNIDADE e castigo – aquele que ainda não é apenado aos 16 e que acaba sendo REINCIDENTE muito antes dos 18 ..então..

            então que acho que tudo isso faz parte deste problemão que nossas correntes políticas parecem não querer entender muito menos enfrentar..

  10. Vamos ver o quão republicano é este blog:

    NOTA DO EDITOR: Fui alvo desse vagabundo várias vezes e nunca tive direito de resposta

  11. Vem bomba aí. Se a FSP estivesse mesmo querendo fazer jornalismo maiúsculo, honesto, faria uma reportagem sobre o “trensalão” ou sobre a op. Zelotes ou ainda sobre a CPI do HSBC. Se algum blog de esquerda recebe do governo, prepare os recibos. A grande mídia quer acabar com os blogues progressistas pois eles informam, enquanto a grande imprensa, desinformação e manipula. Prevejo tempos duros.

  12. Edu, sou u admirador de seu trabalho e empenho e também fico indignado com essa situação. Mas acho que a Folha, que segue ao lado de Aécio na construção do impeachment de Dilma, fez isso para cutucar o Alckmin e o FHC que estão juntos na disputa interna do PSDB contra esse golpe. Eles temem ficarem identificados com os loucos das ruas. E estão certos. Como a Folha não tem nada a perder politicamente, pois já perdeu todos os seus leitores de esquerda, e sangra com o fim da verba publicitária, vai com o golpe. Quem sabe volta a ser abastecida pelo butim de um futuro governo golpista.

    Abraços e força, sempre. Para vc e sua querida Vitória.

  13. O pessoal aqui que acha que é para mostrar para o tal Merengue quem manda, esquece que resvala no Alkimin também.
    Mas não compactuo com seu otimismo, Edu. A Folha faz denuncias contra tucanos em doses homeopáticas. E o faz sabendo que os outros não vão repercutir. Repare, se voce acusa o pig de ser parcial, logo eles tiram da cartola várias matérias como essa. Evidentemente omitindo que possa ter saída no roda pé.
    Mas mesmo que essa tem saído com destaque, isso não é o principal do modus operandi do pig. A grande jogada deles para impor a pauta anti-PT é eles se repercutirem uns aos outros ad infinitum, até conseguir alguma coisa. A queda de um ministro, ou quem sabe a da presidenta?

  14. Sou mais pelo velho ditado: Quando a esmola é grande o santo desconfia. Não acredito que de uma hora para outra a Folha tenha resolvido fazer jornalismo sério. Se assim fosse o campo seria grande e acusações mais sérias poderiam ser mostradas. Ainda tá 7 a 1 contra nós, na verdade 200 a 1, mas esse o 7 a 1 ficou mais cabalístico. Vez ou outra a Folha solta uma dessas para tentar mostrar independência. Eu não caio nessa.

  15. Uma pergunta:
    Qual seriam as implicações jurídicas de um Governante pagar por qq serviço executado por uma empresa cujos registros estão abrigados por um site no exterior??
    Isso é legal??
    Será que não há impedimentos legais para esse tipo receber recursos públicos??

  16. Não entendeu? Isto é fogo amigo do Serra visando 2018.

  17. Fora de pauta: orgulhosa da presidente Dilma que homologou mais terras indígenas; assim como o PT deu uma esvaziada na intenção de Cunha de tornar constitucional financiamento privado de campanha, se Dilma continuar homologando as terras esvaziará a PEC 215 que Cunha pretende emplacar, que na realidade vai ser um crime contra os nossos indígenas. Dilma, só depende de você, homologa logo todas as terras indígenas!

  18. Eu acredito que a Fellha ( como diria o Paulo Henrique) por algum motivo resolveu dar uma forcinha aos blogs “sujos”, vazando uma informação importante, não é só o fato que é importante, ela está apontando o caminho,aquela frase manjada “siga o dinheiro”. Dá para imaginar que algo no governo estadual desagradou o jornal que resolveu mandar um recado. É uma espécie de rebeldia, o patrão desagradou e recebeu uma amostra do poder de fogo do jornal.Será ciúme? Uma disputa meramente econômica ? Divergências políticas? Talvez no futuro saberemos ou não. Estas perguntas valem milhões. Quem irá respondê-las? Hein? Hein? Hein?

  19. Colo abaixo mensagem que deixei no Viomundo, acerca de texto de Rodrigo Vianna lá publicado, ao estilo “teste de hipóteses” do Ali Kamel:

    18/04/2015 – 22:46

    Teste de hipóteses:

    1) A Folha está apenas aplicando uma vacina. Pode bem estar com alguma acusação séria contra algum “blog sujo” na gaveta. Em dois segundos, o blogueiro “financiado” por Dilma suplantaria o blogueiro do Alckmin, e seria mais um motivo para Aécio sair por aí pedindo impeachment;

    2) Com a crise financeira que passa a imprensa “independente”, não dá para, ainda por cima, disputar as verbas governamentais com blogueiros, mesmo que antipetistas. A Folha, portanto, está achando que não dá pra abrir mão nem dos 70 mil que vão para o blogueiro.;

    3) Pode ser um recado para o governo Federal e seu novo Secretário de Comunicação: vai dar dinheiro pra blog, vai, pra ver o que acontece! A grana tem que ser todinha da mídia corporativa.

  20. Caro Eduardo, a guerra é covarde e revoltante.Os meios de comunicação das elites estão nos colocando com sentimentos terríveis. O ódio deles pelo governo e o PT tem só uma motivação, a perspectiva de perder privilégios seculares. É só o que lhes interessam, GRANA, mesmo que isso signifique voltar a era FHC. Para essa gente, pobre, negro, nordestino e o PT são o problema do brasil “deles”.

  21. Meu caro Eduardo,
    Meu Pai sempre dizia que jamais se poderia confiar em um escorpião.
    Nem mesmo entre os escorpiões há confiança mútua, pelo contrário ambos se odeiam e não perdem a oportunidade para se aniquilarem.
    Jamais vi um escorpião andando ao lado do outro.
    Ou ficam frente a frente para a batalha ou um atrás do outro pronto para devorar o que vai na frente.
    A Folha, como todo escorpião de potente veneno, está querendo andar ao lado de outro escorpião, contrariando a natureza do próprio bicho.
    Azar de quem ficar ao seu lado.
    Melhor sempre, ser inimigo da Folha.

  22. 70 mil ? Não creio que iriam tudo para um só bolso. 50% iam para quem ?

  23. A matéria da Folha é claramente mal intencionada. Confunde os leitores e induz a erro. A verdade é: Quem contratou a Appendix, empresa em que o blogueiro é sócio, pra prestar serviços foi a Propeg não o Governo de SP. Não há nenhuma irregularidade no caso. Já os governos petistas pagam milhões, por meio de estatais, diretamente aos tais “blogs progressistas” como os de Azenha, Nassif e Paulo Henrique Amorim, para defender o PT, mensaleiros e o pessoal do petrolão. Isso sim é sujeira.

  24. Eduardo, a Folha divulgou isto na tentativa de alertar ao goverdo do Estado de São Paulo, pois para ela este valor seria ótimo e ainda mais, com um alcance muito, mais muito maior… Tipo: Olha só, comigo é assim, sem migo é assado…
    Então eles não deram mais nenhuma nota a respeito e não darão, pois a repercussão a respeito foi grande e serviu de alerta ao governador: “Nos mande mais dinheiro…” ou ainda ” nem pensa em retirar publicidade daqui para colocar alí…”

  25. CUPIM OU CHUPIM? quem são esses pseudo- jornalistas- blogueiros-serristas? Nassif deixa parecer num post que os “chupins serristas” foram aos poucos se instalando no governo Alckmin e agora infestou, como cupim. Só desinfetando á area. Mas duvido que o Alckmin não sabia!!!

  26. PT ESTÁ MORTO EM SAMPA ..infelizmente, Edu! O PT deeria pelo menos tentar. Pelo menos faria barulho e os blogs poderiam dizer: O PT paulista bem que tentou criar uma CPI do caso, mas o PSDB aniquilou com a oposição. Mas a gente se sentiria bem com a tentativa dos parlamentares petistas. Porém, estão perdendo o tempo inteiro por WO.

  27. A Folha gosta de andar conforme lhe convém.
    Se o vento virar eles ja estarão preparados para se apresentarem como imparciais.

  28. Certa manhã de sábado toca o telefone lá de casa. Era a Folha de Sào Paulo (tinham meu telefone sei lá como). Estamos com uma promoção, disse a mulher, quando a interrompi aos gritos: Tá louca? Pagar para golpista? Esse jornal só serve para os cachorros usarem, ou melhor, nem os cachorros merecem ….Nossa, disse ela e após, tú tú tú tú. Ganhei meu dia e até hj não me encheram mais o saco..

  29. Boi de piranha.

  30. O Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, também concorda comigo e critica a ingenuidade do Dudu Guimarães, de imaginar que a FSP pudesse ter a veleidade de se transformar em um jornal imparcial:

    “Paulo,

    O que levou a Folha a expor Alckmin no caso Implicante?

    Para mim está claro como água destilada! Trata-se, com absoluta certeza, de manobra eleitoreira de ninguém mais ninguém menos, do que “o coiso”, também conhecido pelas alcunhas de Zé Chirico”, “Zé Bolinha de Papel”, “Padim Padi Ciço” e José Serra. Lembrem-se que concomitantemente à matéria na FSP sobre o Implicante, outra pena amestrada do “coiso” noticiava n’O GLOBO que Aécio usou helicópteros do Governo de Minas para fugir de engarrafamentos, até 2012, ou seja, mesmo depois de sair do Governo. Ou seja, cada um dos jornais, logicamente vanguardas do atraso em sua região, defenestrou um rival do Zé Chirico em uma possível futura indicação para a disputa presidencial de 2018.

    O tal Zé Chirico já começou a corrida presidencial apostando na sujeira, plantando notícias na mídia subserviente para afastar concorrentes, dando bem a ideia de quão desleal vai ser a campanha de 2018, caso ele seja o indicado pelo PSDB para concorrer com LULA!

    Se é certo que o Eduardo Guimarães foi ingênuo em acreditar que a FSP pudesse se tornar decente da noite para o dia, você também o foi, por subestimar o potencial de baixarias que se pode esperar do Zé Chirico, a quem penso que você privilegiou com o benefício da dúvida!”

  31. A denúncia é para atrair o atual governador para o lado dos tucanos golpistas. Existe hoje uma clara divisão entre tucanos legalistas (querem “sangrar” Dilma até 2018, e aí, ganharem as eleições) e tucanos golpistas (querem tirar logo a Dilma do Planalto, colocar o PT na ilegalidade e “avançar” na agenda reacionária contra os direitos democráticos e trabalhistas). Como se diz em bom “paulistês”: está quebrando o pau na casa do Noca! O jornal velhaco dos Frias está investindo tudo no Golpe e a mais recente ameaça ao mandato de Dilma (a possível rejeição de suas contas pelo TCU demo/tucano) é claro fato comprobatório do que afirmo. Podemos esperar novos lances desta “guerra intestina”, no sentido literal, que ocorre no no ninho dos tucanos.

  32. Quantos anos a Folha e Datafolha vem sendo patrocinado pelo Governo Federal , para falar bem deles ?
    Niguém fala nada?
    E bem como outros Órgãos de Comunicação!

  33. Só mesmo criminalizando o uso de recursos públicos em publicidade, aliás os que possuem concessões públicas deveriam ser abrigados a ceder espaço. Mas o que seriam das fortunas feitas nas eleições, da indústria dos assessores e cargos comissionados….

Trackbacks

  1. Por que a Folha denunciou que Alckmin paga por ataques ao PT? | Blog da Cidadania | O LADO ESCURO DA LUA
  2. Por que a Folha denunciou que Alckmin paga por ataques ao PT? | Blog da Cidadania | TEM CAROÇO NESSE ANGU...

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.