Eduardo Cunha é a chave da privataria na Petrobrás

Eduardo Cunha

 

No primeiro domingo de fevereiro, estará em jogo o destino do Brasil nos próximos quatro anos. O homem que ocupará o terceiro posto na linha sucessória da Presidência da República começa a ser definido. Eduardo Cunha, do PMDB (RJ), Júlio Delgado, do PSB (MG), e Arlindo Chinaglia, do PT (SP), disputarão a Presidência da Câmara dos Deputados.

A intensidade da disputa pelo cargo vem surpreendendo o país. Com foco em apenas 513 eleitores, a campanha eleitoral para definir o novo presidente da Câmara vem mobilizando recursos dignos – se é que cabe o termo – de uma eleição para o poder Executivo. Fortunas estão sendo gastas com jatinhos, salões de convenção em hotéis e mimos de toda sorte aos eleitores.

O que mais impressiona é que até o candidato governista vem alardeando “independência” do Planalto. O que antes chegou a ser um ativo, proximidade com o Planalto agora virou demérito.

O favorito para presidir a Casa continua sendo o candidato do PMDB. Desafeto declarado do Planalto, está sendo apoiado (veladamente) pela maioria do PSDB, que, pró-forma, diz apoiar o candidato socialista de Minas. Mas como a eleição do presidente da Câmara deve ir para o segundo turno, Cunha será o beneficiário dos votos tucanos.

Mas o que tem a ver a eleição na Câmara com o processo de sabotagem que está esfacelando a maior empresa brasileira?

Ao longo de 2014, as ações da Petrobrás perderam cerca de 37% do valor em relação a 2013. A empresa perdeu R$ 87,182 bilhões em valor de mercado, caindo de R$ 214,688 bilhões em 2013 para R$ 127,506 bilhões em 2014. E, só em janeiro deste ano, a empresa perdeu mais 20% de seu valor de mercado.

Esse esfacelamento da Petrobrás, porém, não irá matá-la. Apenas irá tornar baratíssima uma empresa que, atualmente, controla uma das maiores reservas de Petróleo do mundo.

O petróleo pode oscilar de valor – no momento, o preço despencou –, mas, por ser um recurso finito, quem controla grandes reservas dessa commoditie sabe que cedo ou tarde irá auferir lucros estratosféricos.

Neste ponto, as lentes deste texto se voltam para a dita “grande imprensa” brasileira, a famigerada “mídia”. Meia dúzia de mega empresários controlam praticamente toda a comunicação de massa no Brasil e estão prestando um serviço inestimável àqueles que salivam diante da possibilidade de privatização da Petrobrás, pois, como deve ser, veem a empresa com os olhos postos no futuro.

A “grande imprensa brasileira” já se beneficiou de privatizações antes. Ao longo da famigerada “privataria tucana”, levada ao cabo no fim do século passado pelo governo Fernando Henrique Cardoso, veículos de comunicação que divulgavam editoriais furiosos em favor das privatizações foram os primeiros a comprar o que estava sendo vendido a preço de banana.

Quem quiser conferir melhor essa divisão do saque ao patrimônio público pode acessar o estudo “INVESTIMENTO E PRIVATIZAÇÃO DAS TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL: DOIS VETORES DA MESMA ESTRATÉGIA”. Esse estudo não contém opiniões, contém fatos – quem comprou o quê durante o processo de privatização do governo FHC.

Entre esses, esteve o jornal O Estado de São Paulo, por exemplo, que, durante a privataria do Sistema Telebrás, comprou parte da cobiçada Área 1, que incluía a região metropolitana de São Paulo.

A Bell South (operadora americana líder absoluta na telefonia celular da América Latina nos anos 1990) participou do consórcio BCP, que adquiriu a área 1 (região metropolitana de São Paulo), pagando um valor de R$ 2,647 bilhões pela concessão – isso mesmo, 2 bilhões e pouco de reais, acredite quem quiser.

O consórcio BCP virou operadora de telefonia com esse mesmo nome. O grupo que comprou o filé da telefonia brasileira a preço de banana foi formado pelo Banco Safra e pela OESP (grupo formado pelo jornal O Estado de São Paulo) e pela Splice (fabricante de telequipamentos sediado no estado de São Paulo).

Talvez por conta de justiça divina, porém, o negócio foi um mico e a difícil situação econômica do Estadão, hoje, deriva da negociata em que se meteu ao vender aos brasileiros que a privataria tucana lhes seria favorável só para que pudesse participar da pilhagem do Sistema Telebrás.

Todos os outros grandes grupos de mídia, de uma forma ou de outra, participaram da pilhagem do patrimônio público brasileiro pelo governo FHC. E, agora, esses mesmos grupos de mídia salivam diante das incomensuráveis reservas do pré-sal, controladas pela… Petrobrás!

Contudo, Dilma Rousseff tem um mandato de quatro anos pela frente – uma eternidade, por certos critérios. Um desses critérios é o prazo de maturação do pré-sal. Daqui a quatro anos, o Brasil estará sob uma chuva de dinheiro oriunda da exportação de Petróleo. Se a empresa continuar sendo patrimônio público, o petróleo financiará educação de boa qualidade para uma geração inteira e mudará o Brasil para sempre.

Porém, com Dilma no cargo não vai rolar. Podem atacar a Petrobrás de tudo quanto for jeito que não vai adiantar. O regime de exploração do pré-sal continuará sendo o de partilha (o Estado contrata empresas privadas para retirar o petróleo do mar e lhes paga comissão) e privatizar a empresa, nem pensar.

A “solução” para que a mídia e uma meia dúzia de expoentes do PSDB possam enriquecer de forma inimaginável com uma eventual privataria também na Petrobrás, é uma só: há que derrubar Dilma Rousseff e estraçalhar politicamente o PT. Aí estará aberto o caminho para o maior saque ao patrimônio público da história do Brasil.

É aí que entra Eduardo Cunha. Desafeto declarado de Dilma e do PT, lobista de empresas de telefonia e tantas outras, metido em transações obscuras, para se viabilizar como candidato à Presidência da Câmara ele teve que chegar ao ponto de, há poucos dias, negar que, vencendo a eleição, irá aceitar pedido de impeachment de Dilma – receber ou não um processo como esse é atribuição do presidente da Câmara.

Por outro lado, o ex-vice-governador de São Paulo Alberto Goldman, ao longo deste janeiro de 2015 declarou, mais de uma vez, que o seu partido está disposto a embarcar na aventura do impeachment da presidente da República.

Como não poderia deixar de ser, ninguém acredita em Cunha quando ele nega que irá patrocinar um processo de impeachment da presidente da República.

O jornal Folha de São Paulo deste sábado (31/01), por exemplo, publicou editorial em que reconhece que o peemedebista, presidente da Câmara, simboliza a instalação do processo contra Dilma.

cunha 1

No mesmo jornal, no mesmo dia, o ex-porta-voz do governo Lula André Singer, filho do economista Paul Singer, concorda com o editorial em sua coluna sabática.

cunha 2

Se o impeachment pode vingar caso Cunha seja eleito? Difícil dizer. Se persistir a atual situação de fragilidade política de Dilma, a dúvida de que essa aventura terá sucesso é pequena. O apoio político do novo governo, no momento, é relativo até em seu próprio partido. E com o juiz Sergio Moro tratando de tentar envolver a presidente e Lula, tudo se complica ainda mais.

Cunha, portanto, é a chave para que Globo, Folha, Veja e Estadão, entre outros menos favorecidos, lucrem fortunas imensuráveis com a privatização da Petrobrás e adquiram um poder quase de Estado em um eventual governo ultraconservador que pode advir da derrubada do atual governo e do esfacelamento do PT.

Tags: , , , ,

106 Comentário

  1. Os três governos progressistas, indo para o quarto, com todas as suas realizações nunca dantes, que deveria conquistar os corações dos brasileiros, transformando via vostos o perfil criminosos do Legislativo, até que outro grupo galgasse, com propostas e realizações semelhantes, mesmo que ideologicamente diferente, paradoxalmente tem tido um efeito diametralmente contrário a esta lógica.

    É o poder da mídia, Eduardo, mostrando todo o seu esplendor, Como um bandido deste quilate – Eduardo Cunha – pode manter-se político e pior, postular com grande chance, isto é, com o apoio dos outros bandidos de mesmo calibre, a presidência de uma casa com tantos poderes. O que faz o seu, o meu, o nosso povo enquanto isto?.

  2. Caro Edu,

    O golpe em marcha. Já que não tem voto, não tem povo na rua, o exército não topa outra aventura, então, dá-se um golpe dentro do estado. É assim que tucanos e assemelhados entendem a democracia. Será que a população, especialmente aquela que mais melhorou social e economicamente nos últimos doze anos vai assistir de braços cruzados essa verdadeira violência contra a nossa democracia ?

    Lucimar L. Freitas

    Empreiteira faz consulta sobre impeachment de Dilma, diz revista
    DE SÃO PAULO
    31/01/2015 17h35
    Uma das construtoras acusadas na Operação Lava Jato encomendou um parecer jurídico sobre a viabilidade de um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, com base nas descobertas de crimes e irregularidades na Petrobras, e está divulgando o material, segundo a revista “Veja”.
    A edição da revista que chegou às bancas neste sábado (31) não aponta qual empresa pediu o estudo, mas diz que o trabalho foi feito pelo jurista Ives Gandra Martins.
    Procurado pela Folha, o jurista confirmou a elaboração do parecer sobre o tema, mas afirmou que foi pedido por um advogado amigo dele, José de Oliveira Costa, que não revelou quem seria o destinatário do estudo.
    O parecer de Martins é favorável à abertura do processo de impeachment contra a presidente da República.
    “Considerando que o assalto aos recursos da Petrobras, perpetrado durante oito anos, de bilhões de reais, sem que a Presidente do Conselho e depois Presidente da República o detectasse, constitui omissão, negligência e imperícia, conformando a figura da improbidade administrativa”, concluiu.edu

  3. ou se com bate contra a midia via radio e tv aberta – alem da internet ou podemos nos preparar para o impedimento da presidente e seu partido. Favas contadas, fácil!

    O silencio da Presidenta, inexplicável. Cinco ou dez minutos semanais de um “Semana da Presidenta” bastariam para INFORMAR e combater a prostituta #MidiaBandida – no seio da própria.

    É incaeitável a situação que vivemos. É SURREAL ver os maiores depredadores dos dinheiros publico, como a #MidiaBandida, os demobicudos e seus satelites e a caixa-preta do judicio (precisa escrutínio URGENTE!) condenando tramando e f*dendo com o PT enquanto a canallha, os piores bandidos como os da Privataria Tucana e seus ramos, continuam livre leves soltos impunes e inventando mentiras promovendo o TERRORISMO economicopolitico contra o Brasil e a nós.

    Tá insuportável, isto!

    Edu, quando os blogprogs criarão um canal no YouTube de notícias tipo o /theyoungturks ?
    Cara, mesmo sem ter uma produção tão caprichada quanto a deles, desde que tenha um SOM AUDIVEL sem distorçoes e uma imagem de 360p, poderia fazer uma revolução na midia… tantas tvs smarts, applestvs, chromecasts… isto se pode combater a tv/radio, quase no mesmo pé. programs ao vivo, gravados, rodando em continuo, INFORMANDO a Nação. Tá demorando muito!

    Socorro!!!

    • e o governo ainda acabou com o sitio e a conta de WatsApp “Muda Mais”, com o qual podiamos contrabhalançar a INFINDAVEL pistolagem eletronica movida pelos bicudos, sorrateiramente. É nauseante. E o governo aceita, impassível…
      NÃO DÁ!

      • Pois é under siege, é inacreditável a paralisia do governo e do pt (minuscula mesmo).
        Tamo fudido.

  4. O governo Dilma está acabando, infelizmente.É o golpe.
    E não dá para mudar de canal.

  5. Edu, isso é o preço de não brigar com a mídia que já briga com o governo desde 2005 praticamente e o governo Lula e Dilma fazendo “cara de paisagem”.

    Sempre cito o caso de um comentário de um “militante” do PT (que tá mais pra pelego pela falta de autocrítica) dizendo que bastava Dilma e Lula cuidarem da economia que a mídia por si se apagava. Taí o estado de ânimo e coisas atuais que mostram que não é “bem assim”. Leonel de Moura Brizola já dizia lá atrás quem é o verdadeiro inimigo do país, a famigerada Rede Globo de TV (ou as Organizações Globo), o resto do PIG são a linha auxiliar ou os outros torpedos alinhados com Washington.

    Ou Dilma compra a briga com a mídia ou a mídia engole ela. O povo a princípio não apoia o Impeachment dela, exceto os coxinhas apoiados pelo PIG (que irão fazer barulho pra contaminar a população), e pra haver Impeachment tem que haver um descontentamento gerla nacional e não em um ou dois estados (isso não dá nem pro arranque e sim pro desgaste político), mas ela brinca com a situação achando que pode adotar esse tom de silêncio e “estamos conversados”. Lembrando que não é ela apenas a tombar como tudo o que foi defendido por todos até aqui desde antes de 2003 contra o sucateamento neoliberal do Estado brasileiro, então a Dilma tem que se impor como estadista e dizer ao menos que não tem medo dos ataques ao invés de adotar a postura do silêncio que costuma ser interpretada pelo povo como “estou assumindo a culpa” ou covardia.

    Eu credito a essa postura, mas a articulação desastrosa do governo o avanço do Cunha pilantra. E vou mais além, se esse salafrário defensor do PIG foir eleito a meu ver a aliança com o PMDB está rompida, que o PT refaça a base do governo de outra forma, com um partido canalha e traiçoeiro desses (PMDB, que na verdade é um balaio de gatos, tem gente como o Requião, de esquerda, que apoia a Dilma, e um Eduardo Cunha) é que não daria pra continuar. Sempre achei a aliança com o PMDB um erro estratégico pois daria pra chamar parte do PMDB pra base com governo eleito, mas ao colocar numa coalisão, o PMDB “reina” sem crítica enquanto o PT toma porrada de cima abaixo e ainda tem um vice que não inspira confiança, o Temer, com suas tramoias (apoiou o Cunha).

  6. Quando Dilma vai acabar com esse silêncio ? O que ela consegue com essa atitude é deixar o Pig cada vez mais forte . Onde está nossa justiça que permite que um senhor com a quantidade de processos que tem e seu envolvimento na lava jato ,possa se lançar candidato a presidente da Câmara? Infelizmente nossa justiça trabalha a favor do PSDB e contra o Brasil .

  7. Eu tô percebendo pelos comentários que 101% das pessoas que estão

    compromissadas com o governo Dilma, e que depois de percorrer tudo

    que é blog progressista, chegaram à conclusão que o maior problema do

    Brasil é a PASSIVIDADE, a OMISSÃO da presidente DILMA em relação à Comunicação.

    Ninguém consegue entender e muito menos aceitar a Dilma fingir que não tem nada com o problema.

    E também aquele discurso dela mandando os ministros ir pra cima , na minha opinião é pra tirar da reta.

    Não é só com discurso que você ganha a guerra da comunicação.

    Enquanto a Dilma não entender que a Comunicação faz toda diferença em QUALQUER área da

    vida, e muito mais na política, a militância vai passar o tempo todo tendo que dar explicação no

    dia-a-dia, como acontece comigo.

    E pra falar a verdade, JÁ TÔ DE SACO CHEIO de bancar o bobo da corte.

    • Eu também, e hoje o governo sofre uma grande derrota com a eleição do Cunha. Espero que agora com as armas postas, o governo tome a iniciativa.

  8. Eduardo Cunha eleito!. Acabou o governo Dilma. O golpe está em seus movimentos finais. Parabens aos irmãos marinho.

    • Parabéns ao Mercadante e ao Cardozo que articularam este ministério de Direita que isolou o gov dos movimentos socias ficando sem sustentação nas ruas a ultima e mais forte barreira contra o golpe.

  9. Eduardo Cunha acaba de ser eleito presidente da Câmara dos Deputados, logo no 1º turno, com 267 votos. Isso significa mais um ponto rematado na costura do golpe. Depois não adianta reclamar quando a recessão e o desemprego estiverem pegando. Elegeram o Congresso de direita porque quiseram. Bancada ruralista, bancada fundamentalista, bancada da bala e o escambau foram eleitas pelo povo. Ah sim, ia esquecendo: tem sempre o velho e bom PT pra levar a culpa.

  10. Caro Edu, afinal o Cunha é o presidente da “casa”. Segundo a GloboNews acaba de comentar, um “empenhado”, “ousado”, que “lê os documentos até o fim”. É tudo que a Globo tem a dizer do chefe de milícia.

  11. …é a chave da privataria e também PRESIDENTE DA CÂMARA…

  12. Aguardando expectante por um artigo blogástico sujo que me ajude a defender as posições do governo que elegemos , em especial, um que ressalte as qualidades desse baluarte da esquerda brasileira e das causas trabalhistas chamado Renan Calheiros.

  13. Edu, com a eleição de Eduardo Cunha (PMDB) (hum vice-presidente do Brasil tbm é PMDB.. nem isso salvará o Brasil) o Brasil a partir de hoje prepara-se para entrar no mais escuro caminho desde 1964, creio eu que amanhã mesmo irá aparecer alguém da oposição entrando com pedido de impeachment da presidenta e claro o novo presidente do congresso vai deferir o pedido, daqui até o final de 2015, será um processo doloroso que no final poderá resultar em uma nova Ditadura, só que muito mais cruel que 1964-1985, veremos o fim da Democracia e o inicio de uma perseguição política jamais vista desde a segunda guerra mundial, veremos algo parecido o que foi o Macartismo nos anos 50 e 60 no século 20 nos EUA, lá foi a perseguição contra comunista, aqui no Brasil 2015 em diante será a perseguição contra “petralhas” inclusive na midia se verá apresentadores conclamando a população para DEDURAR os “petralhas” que ainda assumem posição política e não descarto com a possibilidade de Aécio Neves “ganhar” de presente a Presidência do País criar leis que restringe a liberdade de pessoas identificadas com o “antigo” Partido dos Trabalhadores (então já banido como partido, indo pra clandestinidade), todos serão culpados antes mesmo de serem julgados (os “petralhas” e simpatizantes claro) e claro haverá uma censura jamais vista nos meio de comunicaçao, os principais lideres do hoje PT serão presos e mais tarde serão condenados a pena de morte, com transmissão ao vivo pela TV.. e logo em seguida o “futuro” presidente Aecio Neves irá na TV falar que a Democracia estará restabelecida e jamais haverá um petista no planeta livre e caso escapar algum, será perseguido pelo mundo todo por todo resto da vida. isto que escrevi nas linhas acima pode ser ficção hoje, mas depois dessa eleição da câmara, não duvido mais nada do que possa acontecer amanhã.
    abraços e vamos em frente!!!

  14. É o famigerado PMDB mas não vai acontecer nada. Um golpe hoje geraria muitas mortes. Muito sangue. Sem militar não tem armas e coturnos duros pra bater no chão. Ter o Lewandovky é melhor que ter o presidente da câmara. O Cunha pode ser da grande mídia e querer doar a Petrobrás mas ele é bem um bosta também. Não vai longe.

  15. Nem tudo está perdido para Dilma desde que ela comece desde já a montar uma estratégia para neutralizar Eduardo Cunha. Na minha opinião , a montagem de um novo partido , como este que está sendo articulado pelo Kassab poderia ser a salvação, desde que fosse maior que o PMDB. Depois disso ir demitindo sistematicamente os sujeitos que estão com cargos no governo e só pensam em chantagear o governo. Da esquerda alguns poucos partidos poderiam ajudar a governar. Começar esta virada silenciosamente, sem alarde,sem bate boca, para quando chegar ao final mostrar a eles que a vingança “é um prato que se come frio”. Não vamos nos mostrar pessimistas, não. Dilma acabou de ser eleita pela maioria , numa eleição impecável, não vamos deixar entregar o seu importante cargo a este bando de golpistas.

  16. É diante deste quadro de um congresso de uma justiça e de uma mídia golpista que se organiza e propicia um clima de instabilidade que pode levar ao golpe é que vejo o qual infeliz oi a escolha do ministério de Dilma que alijou o s movimentos sócias e afastou o governo do povo, seu principal sustentáculo nesta guerra.
    Ou Dilma da meia volta a esquerda ou vai ficar a mercê das forças conservadoras deste país. Dilma se isola cada vez mais,e a ironia é que tenta agradar com escolhas conservadoras os seus algozes dando as costas a quem realmente pode lhe assegurar o mandato.

  17. Pois, é. Agora, a gente já sabe qual o interesse, maior, principal, dos serviços secretos dos EEUU, em bisbilhotar a Petrobrás, a vida da Presidenta… Agora, a gente já sabe. Por isso, o investimento no chefe da milícia, carioca, pra Presidente da Câmara. Com uma Justiça digna dos mais entusiasmados louvores, como a nossa, o cerco se fecha, em torno do q sobra das “liberdades democráticas” e interesses nacionais… Ou alguém consegue ler algo de proveitoso, eticamente correto, moralmente intangível, nas páginas da mídia, maldita, brasileira? Todo e qq esforço, da imprensa mafiosa, nacional, é urdido, tramado, no sentido de desestabilizar o Estado brasileiro. Não sobra, nada; de positivo, apenas, o q viceja no mundo notável do espetáculo midiático: ou um decote generoso de uma beldade, numa festa qq em Miami, não é mais significativo q o nível de desemprego em dezembro, último?… Será q o Partido dos Trabalhadores é tão zurrapa, assim, q consegue ser pior q o PMDB, onde se estaciona toda uma fauna de perdidos em uma noite suja, desde os tempos imemoriais da “redentora”?… O próprio PSDBosta, atual, foi sacado do corpo, tido putrescente, do velho PMDB, pra compor e conter uma novidade política, inexistente, campo de idéias conservadoras. Mas, a realidade é q nunca, esse PMDB deixou de compor maiorias, qdo se fez necessário… Só não dá pra compor maiorias, com o Partido dos Trabalhadores, pq é proibido pelos bons costumes, conservadores.
    Sabe de um negócio, Eduardo: nos falta tempo… Somente qdo essa grana, toda, advinda do óleo do pré-sal for aplicada em educação e saúde, é q iremos ter a gente do povo, brasileiro, mesmo, se formando em profissionais gabaritados a servirem ao País… Pq, até aqui, nós temos são esses médicos q não se prestam a clinicarem, ou coisa parecida, lá no interior, nas fronteiras; até agora, nós temos advogados e profissionais de Direito, concursados e aprovados…. porém, compromissados com a lógica conservadora. Mto difícil, um Juiz, atual, estar compromissado com o moral, o conjunto de nossas faculdades compromissadas com os costumes, os deveres, os procedimentos favoráveis aos seus semelhantes, e a eles concernentes. Mto difícil. O q mais nós podemos observar, por agora, são profissionais liberais compromissados com as práticas de suas respectivas classes sociais. Logo, logo, nós iremos nos deparar com estudantes desse Brasil, novo, q estamos observando a ser criado… São jovens nascidos pelas comunidades, as mais diversas, pelo Pais, afora; a nacionalidade está pulsando, Eduardo.
    Eu não acredito, agora, hj… q a vitória deste marginal, chefe mafioso aqui no Rio de Janeiro vá fazer a diferença q os mentores do golpe estão pensando… Esse pessoal vai se surpreender, se tentar virar a mesa do jogo político, atual. A reação vai ser grde, Eduardo. O próprio Gilmar Dantas, não se iluda, vai se sentir compelido a se levantar de sobre o processo, onde suas nádegas, flácidas, descansam… A pressão da opinião pública vai se fazer sentir, já nessa segunda-feira, próxima… Relaxa!…
    Convenhamos, a própria “direitona”, habitante de nosso Pais, sabe q temos um Governo q governa pra todos; q escuta e considera a todos. Nós bem sabemos dessa verdade, importantíssima. Nosso Governo é honrado, não tem coparticipação com a marginália e está compromissado com a Reforma Política, q vai dar um fim ao impasse, esse, ai.
    Abraço, fraterno

  18. Aluga-se

    Titãs

    A solução pro nosso povo
    Eu vou dá
    Negócio bom assim
    Ninguém nunca viu
    Tá tudo pronto aqui
    É só vim pegar
    A solução é alugar o Brasil!…

    Nós não vamos pagar nada
    Lalalalá!
    Nós não vamos pagar nada
    É tudo free!
    Tá na hora agora é free
    Vamo embora
    Dá lugar pros gringo entrar
    Que esse imóvel tá prá alugar
    Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!…

    Os estrangeiros
    Eu sei que eles vão gostar
    Tem o Atlântico
    Tem vista pro mar
    A Amazônia
    É o jardim do quintal
    E o dólar deles
    Paga o nosso mingau…

    Nós não vamos pagar nada
    Lalalalá!
    Nós não vamos pagar nada
    É tudo free!
    Tá na hora agora é free
    Vamo embora
    Dá lugar pros gringo entrar
    Que esse imóvel tá prá alugar
    Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!…

    A solução pro nosso povo
    Eu vou dá
    Negócio bom assim
    Ninguém nunca viu
    Tá tudo pronto aqui
    É só vim pegar
    A solução é alugar o Brasil!…

    Nós não vamos pagar nada
    Lalalalá!
    Nós não vamos pagar nada
    É tudo free!
    Tá na hora agora é free
    Vamo embora
    Dá lugar pros gringo entrar
    Que esse imóvel tá prá alugar
    Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!…

    Os estrangeiros
    Eu sei que eles vão gostar
    Tem o Atlântico
    Tem vista pro mar
    A Amazônia
    É o jardim do quintal
    E o dólar deles
    Paga o nosso mingau…

    Nós não vamos pagar nada
    Lalalalá!
    Nós não vamos pagar nada
    É tudo free!
    Tá na hora agora é free
    Vamo embora
    Dá lugar pros gringo entrar
    Que esse imóvel tá prá alugar
    Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!…(2x)

    Composição: Raul Seixas / Claudio

  19. R$ 30,87 bilhões – Eduardo Cunha foi eleito, entre outros, pelo Imposto Impositivo (chamam de Orçamento Impositivo), atualmente cada Deputados apresenta emendas num montante ano de 15 milhões de reais, sem contudo ser obrigatório o Executivo aceitar. Se for obrigatório serão R$ 60 milhões por Deputado nos seus quatro anos de mandato, o Congresso tem 513 Deputados, chegamos aos R$ 30,87 bilhões. . Imaginem se os Deputados Estaduais começarem a adotar o Orçamento Impositivo, se as Câmaras de Vereadores também o quiserem. .
    Este é o “legado político” de Eduardo Cunha, temos de evitar a aprovação do Imposto Impositivo proposto por Eduardo Cunha.

  20. Chega, desisto, passou dos limites aceitaveis! Militante!…, contribuinte!…,de carteirinha e convicto!… ,defensor…??? Desse jeito, de que? O que resta a defender? Dar murro em ponta de faca, quando é por algo em que acreditamos, que Valha a pena, vá lá! Mas agora chega!! Não dá para entender mais nada! Chega!!!

  21. acho que o governo devia começar a governar. 1 contratar um porta voz 2 demitir a presidente da Petrobrás e nomear um CEO de ponta com respeito mundial 3 passar a aprender a fazer política e deixar de achar que por ser presidenta pode fazer tudo que deseja não é assim e nunca foi as vezes parece que temos uma criança birrenta e não um chefe de estado 4 negociar, negociar e negociar 5 polarizar com os adversários racionalmente escolhendo os inimigos do momento e atuando contra eles não dá para dar tiro para todo o lado. 6 Por ex pode escolher alguns adversários e dizer que são adversários e agir contra eles processando e e cortando verbas por serem adversários e etc…por ex a Presidente já processou a revista veja??? se não processou merece ser destituída, pois incompetência e falta de ação tem limites.

  22. A Dilma Medrosa, fará que o povo brasileiro pague muito caro com lagrimas de sangue, pois a sua falta de coragem para peitar a Rede Globo, Camara e Senado Federal, mais o Podre Judiciario Brasileiro virá com espinhos e chicote no lombo do surrado e sofrido povo brasileiro, ela nao escolheu o POVO, nomeou Ministro Tucanos para comandar o desmonte e privatizaçao do que ainda nao foi privatizado, entao sofreremos muito, pois, faltou coragem para enfrentar a Superquadrilha da Rede Globo, PSDB, PPS, DEM e a imunda direita.
    Ela nao mandou para PQP os Ministros Tucanos Paulo Bernardo, Zé Cardozo Dantas, nao limpou o SECOM, ABIN, PF onde há uma corja imunda de tucanos mauricinhos, nao mandou os Diretores Tucanos da Agencias Reguladoras pra puta que pariu, porque??? Nao indicou um JUIZ DE VERDADE no nivel do LEWANDOWSKY DALLARI, e etc…para o STF??? porque? , nao mudou o PGR JANOT que é igualzinhos aos lixos Gurgel, Brindeiro, Antonio Fernando e etcs porque??? Entao estamos fudido……e nao adianta chorar!!!! Que venha a REVOLUÇAO!!!!

  23. Eduardo Guimarães
    Eduardo Cunha é uma “versão atualizada” de Severino Cavalcanti com uma capacidade maior de fazer composições para trapaças de grande monta.
    Ele tem muito mais digitais em “grandes negócios” se confrontado com o “manejo” de Verbas da Câmara e do tal mensalinho onde Cavalcanti toscamente extorquia o dono do Boteco da casa.Cavalcanti foi aquele Geni e que foi “Escolhido e Desescolhido” pelo Patético Gabeira, que apunhalava o próprio Partido.
    As Pistas e o fio da meada para pegar Cunha estão todas aí nessa matéria do JB:
    Festa oferecida à Cunha pelo deputado Julio Lopes PP-RJ) e pelo empresário Venancinho a custo zero para o partido…
    http://www.jb.com.br/pais/noticias/2015/02/03/julio-lopes-oferece-festa-para-a-comemoracao-de-eduardo-cunha/

    Use de seu faro jornalístico seguindo passo-à-passo esse evento e seus organizadores, que Vc terá muito material para ajudar a sacar Cunha de lá da Presidência da Câmara.

Trackbacks

  1. Eduardo Cunha é a chave da privataria na Petrobrás | Blog da Cidadania | psiu...
  2. Eduardo Cunha é a chave da privataria na Petrobrás | Blog da Cidadania | CLIPPING DE NOTÍCIAS DA SENAPRO-PCO

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.