Segundo governo Dilma será muito mais de esquerda que o primeiro

 

Chegamos à véspera daquela que talvez seja a eleição mais importante da história deste país. Desde o golpe de 1964 não se via levante da direita tal qual ocorreu ao longo dos últimos 15 meses. Esse processo ensinou muita coisa a Dilma Rousseff e ao PT.

O plano da direita para retomar o poder é literalmente estarrecedor. Marina Silva, liderança antiga da esquerda, mudou de lado. Porém, sem dizer nada. Com isso, conseguiu articular o plano mais diabólico que já testemunhei.

A “Rede” de Marina engabelou partidos realmente de esquerda, mas da esquerda de oposição ao governo do PT. Com isso, fez os bem-intencionados partidos esquerdistas ajudá-la a derrubar a popularidade de Dilma com as “jornadas de junho”.

Ao longo das últimas semanas, porém, várias lideranças de partidos como o PSOL se deram conta do que aquelas manifestações, sob a eminência parda Marina Silva, pretendiam. Assim, com espírito público e humildade o PSOL tem sido imprescindível para tentar evitar a volta da direita ao poder.

No segundo turno, apenas o PSOL, oficiosamente, passou a apoiar o PT. E, claro, alguns segmentos do PSB, os segmentos legitimamente de esquerda, como o ex-presidente do partido Roberto Amaral.

Oficiosamente, porém, toda a esquerda está com Dilma neste segundo turno.

O efeito dessa reaproximação do PT e de Dilma com a esquerda mais autêntica terá como subproduto um segundo governo petista muito mais de esquerda. Até porque, Dilma percebeu o que não percebia: não há contemporização possível com a direita midiática.

Em 2015, os Poderes Executivo e Legislativo se situarão em campos opostos. Não é novidade para ninguém que os fenômenos relatados acima desembocaram no Congresso mais conservador desde a ditadura militar.

O avanço da direita no Legislativo, porém, a partir da próxima legislatura irá se contrapor a um poder executivo que a direita empurrou para a esquerda.

Primeira mudança: no final de setembro, a presidente da República garantiu a este Blog, em entrevista, que, em seu segundo mandato, travará o bom combate contra a direita midiática.

Segunda mudança: os apoios decididos de lideranças psolistas como Jean Willys, Marcelo Freixo e outras farão o PSOL ser tratado de outra forma pela presidente reeleita e pelo PT. Não se exclui a possibilidade de o PSOL ser convidado a participar do novo governo.

Terceira mudança: a aproximação de Dilma com o movimento sindical e com os movimentos sociais será muito maior. Até pelo bem do Brasil.

Quarta mudança: Dilma e o PT finalmente entenderam que um marco regulatório da mídia e a democratização das comunicações são agendas urgentes para o país. E devem trabalhar para que essas políticas sejam postas em prática.

Quinta mudança: acabou o tempo de Dilma apanhar calada da mídia e da oposição.

Sexta mudança: Dilma deverá buscar mais apoio da sociedade a políticas públicas de seu interesse. Recorrerá às ruas para pressionar o Congresso mais conservador.

O efeito disso será imediato. A direita tentará derrubar Dilma com um “golpe branco”, via impeachment. Essa é uma certeza. E isso ocorrerá mesmo se a presidente fizer acenos e concessões à direita. Desse modo, será melhor nem tentar. Será enganada.

Não se pode prever, portanto, um segundo mandato mais tranquilo, do ponto de vista político. Todavia, em um país injusto como o Brasil a “paz” política que tivemos no primeiro mandato é a paz dos cemitérios.

Que venha o embate, pois. A esquerda, unida, não pode ser vencida. Governa para o povo. A divisão é que fez a direita se erguer dessa forma. Unida, a esquerda poderá extrair das ruas o apoio que possa vir a lhe faltar no Congresso.

A PSOL, PSTU, PCO, PCB e congêneres, envio uma mensagem: o país conta com vocês. Se a direita conseguir derrubar Dilma em seu provável segundo mandato, o retrocesso dizimará a esquerda brasileira. Vamos à luta.

Tags: , , , , ,

88 Comentário

  1. Li alguns dos comentários aqui postados, fique estarrecido com quantidade de “Golpe, Neoliberalismo, Midiático e afins…não vi ninguém condenar todo o processo de corrupção praticado pelo Partido dos Trabalhadores. Já votei diversas vezes nos candidatos do PT (Lula e Dilma) mas, vivo em mundo real e não posso admitir em sã consciência a continuidade desta senhora como presidente, me sinto enganado pelo PT, e acredito que afora esse discurso de esquerda, que hoje nem na extinta União Soviética é pregado, os que aqui tecem suas opinões vivem em outro planeta. Acordem.

    • Pinto,
      Eu não vivo em outro planeta, mesmo. Estou vivíssimo na vida e colecionando paciência pra continuar lendo… inclusive, de supostos iluminados, bostejando suas, até, canalhadas.
      Então, vc está preocupado com a mar de lama, q envolve a República Federativa do Brasil? Eu, tbm, estou pensando na quantidade de lama q o desgoverno, paulista, vai ter de separar da água, restante de seu reservatório, maior, pra servir à população ensandecida, tal e qual vc, pelas falcatruas praticadas pelo Executivo Federal, q nem tem tempo de avaliar, corretamente, o q lhe acontece de pior…
      Será q vc acredita q o Gov Federal seria responsável, tbm, pela falta d’água em São Paulo? Pq vc entende e acredita, piamente, q o Gov Federal coordena a corrupção no Brasil. Além disso, é o criador e responsável pela impunidade vivenciada, entre nós, brasileiros. Mas, diga-me, e o q faz o Ministério Público; o q fazem as Polícias, os Tribunais de Contas e toda a parafernália encarregada de fazer… Justiça? Ou não existe um Poder Judiciário, Federal; outros, aos níveis estaduais e municipais… O q faz essa tropa, toda, q não da conta do Executivo, com sua montanha de malfeitos? Noooossa; heim? É mta corrupção, no Brasil, e o poder controlador nem consegue… controlar e punir, nada. Mas… ‘pera, ai. O Supremo conseguiu pegar a cúpula do PT, no caso do chamado mensalão petista. Processou, julgou e mandou prender, rapidinho; bem rápido. O q vc quer, afinal? Desde q me entendo, nunca vi tamanha presteza em trancafiar, malfeitor… Antes, ninguém era preso… Somente pobre, preto, prostituta. Lembro, qdo criança, nos tempos “redentores”, institucionalizou-se a impunidade; e as autoridades de plantão, podiam tudo… Durante esses tempos “redentores”, ninguém se incomodou, tal e qual vc está incomodado, em corrigir as polícias, por exemplo. Elas continuaram corruptas e, até, ganharam novos membros, advindos da própria… repressão. Ganharam as polícias; ganharam a bandidagem com a deserção de elementos da repressão. Ninguém ficou indignado, naqueles tempos, com a prática; pelo contrário, o silêncio era ensurdecedor… Agora, não. Agora, é uma “zona”, geral. Todo mundo critica e critica, este Governo corrupto, q se autoproclama democrático…
      Pinto, vc é mto jovem, ainda. Não é idoso, igual a mim, q fui do tempo qdo ninguém queria ser mulher do padre; pq pegava mal… Hj em dia, a corrupção q come, feio, até no Vaticano, é perseguida. Só nesse Brasil do PT, a corrupção vigora, impune. Vc, Pinto, tem razão… O caso do helicóptero cheio de drogas… nada se vê, mais; as provas de desvios do metrô, paulista, oferecidas pela polícia da Suiça… deu em nada; o mensalão do PSDB, mineiro, parece não vingou… mesmo; a roubalheira da “privataria”, tucana… nada; a compra de votos pra reeleição… ídem; e por ai, vai… a coleção, infindável. Vc tem razão, Pinto.

  2. O golpe está no ar: tem que ficar de olho é na caixa preta do TSE…

    http://jornalggn.com.br/noticia/o-tse-e-a-descoberta-do-programa-de-fraude-nas-urnas-eletronicas

    Com Dilma, a verdade vai vencer a mentira assim como a esperança já venceu o medo (em 2002 e 2006) e o amor já venceu o ódio (em 2010). ****:D:D . . . . ‘Tá chegando o Dia D: Dia De votar bem, para o Brasil continuar melhorando!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D . . . . ****:L:L:D:D . . . . Lei de Mídias Já!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. ****:D:D … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …:L:L:D:D

  3. Espero realmente que tudo o que você disse no post se confirme. Se isso acontecer teremos um governo histórico!

    Até por que, simplesmente não vejo futuro de outra forma. Seguindo o mesmo caminho que se trilhou até hoje, se o projeto não acabar agora, acabará daqui a quatro anos, certamente.

  4. Voto no PT, apesar de tudo, desde 1989, se isto de fato acontecer, uma radicalização, esta foi a última vez.. Espero que este governo discuta certas questões com a sociedade, como maioridade penal, reforma política, e PRINCIPALMENTE, respeite mais as instituições, como o STF por exemplo. Que o aperto deste 2 turno sirva de lição.

  5. Não é possível que o partido não faça a leitura correta da votação no congresso.

  6. Também acredito nisso. Parabéns pelo texto.

  7. Edu, você está convencido da reeleição da nossa presidente?

    • Estou convencido de que ela tem melhor chance que Aécio, segundo as pesquisas

      • Excelente texto.
        Mesmo que muitos analfabetos políticos não entendam (lutamos por eles também).
        O ambiente é parecido com o de 1964, mas os papagaios midiáticos não têm a capacidade de entender isso.
        Só ficam repetindo as mesmas besteiras.
        Esses ignóbios não têm idéis do que é ser esquerda.
        São os inocentes úteis dos quais o sistema precisa.
        Não sabem nem discutir, ou partem para a piada ou para palavras chulas: falta-lhes argumento.
        Avente governo popular.
        Parabéns pelo texto.

  8. É muito desonesto dizer que as “jornadas de junho” foram engendradas pela Rede e que os partidos de esquerda foram enganados Marina. O MPL já existe a mais de 10 anos e já havia derrubado tarifas em muitas cidades antes de 2013. Os partidos da real esquerda a muito já levantavam suas bandeiras nessas manifestações e em 2013 não foi diferente, desde a primeira manifestação ja estavam todos lá e fizeram análises muito mais completasdo que aconteceu depois da batalha do vinagre de13 de junho e nos atos subsequentes. Todos da esquerda, fossem partidários ou independentes sabiam da polarização que se formava nas ruas. Inclusive o Psol, Pstu, anarquistas, entre outros estavam juntos com os militantes do Pt quando os fascistas queriam expulsar a esquerda das ruas e rasgar bandeiras vermelhas. Faltou muito tato do governismo pra fazer uma análise mais sóbria dos acontecimentos.

  9. Mesmo que muitos analfabetos políticos não entendam (lutamos por eles também).
    O ambiente é parecido com o de 1964, mas os papagaios midiáticos não têm a capacidade de entender isso.
    Só ficam repetindo as mesmas besteiras.
    Esses ignóbios não têm idéis do que é ser esquerda.
    São os inocentes úteis dos quais o sistema precisa.
    Não sabem nem discutir, ou partem para a piada ou para palavras chulas: falta-lhes argumento.
    Avente governo popular.

Trackbacks

  1. Segundo governo Dilma será muito mais de esquerda que o primeiro | MANHAS & MANHÃS
  2. Presidenta Dilma: criminalizaçao da homofobia e regulação da mídia | Instituto BETA Para Internet e Democracia

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.