O que Dilma quis dizer com “Não vai ficar pedra sobre pedra”

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

 

Por volta das 19 horas de domingo, faltando uma hora para o TSE divulgar o resultado da eleição presidencial devido ao fuso horário que fez o Norte do país continuar votando enquanto as outras regiões já tinham encerrado a votação, sintonizei a Globo News. O semblante dos comentaristas já indicava que Dilma Rousseff fora reeleita.

 

 

Comentei com a esposa que o semblante sobretudo de Merval Pereira era escandaloso. Mais escandaloso do que os dos colegas de bancada. Renata Lo Prete, Cristiana Lobo e Gerson Camarotti  ainda tentavam disfarçar o abatimento, pois, tal qual este que escreve, já sabiam que Dilma derrotara Aécio Neves. Merval, não. Exibia, despudoramente, sua tristeza.

Este blogueiro, àquela altura, também já sabia que Dilma estava reeleita. E bem antes das 19 horas. Às 18 horas em ponto, postei no Twitter a mensagem abaixo.

 

 

Faltando 2 minutos para as 19 horas, pouco antes de sintonizar a Globo News, postei na mesma rede social a confirmação que recebi de uma fonte palaciana de que Dilma Rousseff já era a presidente reeleita do Brasil.

 

 

Sintonizei a tevê na Globo News devido a um lado obscuro da alma que me fez querer ver justamente o que encontrei: os semblantes combalidos dos comentaristas tucanos daquela concessão pública, que não apenas não disfarçavam a dor pela vitória de Dilma, mas tratavam de criticar a presidente e exaltar o que pareceram querer insinuar que fora uma espécie de “vitória moral” de Aécio.

Quem tiver estômago, confira aqui a lenga-lenga partidarizada daqueles que deveriam oferecer análises ao espectador, não a doutrinação política que praticam naquela emissora dia após dia. Inclusive de forma ilegal, pois a faixa do espectro radioelétrico que ocupa a Globo News é concedida à família Marinho, mas não pertence a ela.

Mais tarde, ainda na mesma Globo News, minha sala-de-estar é invadida por um crime de discriminação. Diogo Mainardi, ex-colunista da Veja, insultador profissional da família Marinho insulta impunemente o povo nordestino tanto quanto qualquer um dos energúmenos que, em todas as quatro eleições presidenciais que o PSDB perdeu para o PT desde 2002, vão às redes sociais dizer a mesma coisa que o comentarista do programa Manhattan Connection.

Palavras de Mainardi:

O Nordeste sempre foi retrógrado, sempre foi governista, sempre foi bovino, sempre foi subalterno, em relação ao poder

Assista, abaixo, ao crime de discriminação que Diogo Mainardi cometeu no último domingo, direto de Nova Iorque. Ao vivo.

 

 

O canal Globo News foi transformado, pois, em um mero diretório do PSDB. Ilegalmente. É como se eu ou você chegássemos a uma grande avenida, interrompêssemos o trânsito e lá instalássemos uma mesa de bilhar para nos divertirmos com meia dúzia de amigos, apesar de não sermos donos da rua – ou, no caso, da avenida.

Pior do que tudo isso é que tanto na bancada de comentaristas da Globo News supracitada quanto no programa que a sucedeu, inúmeras vezes os funcionários da família Marinho pregaram o golpe. Ou, no dizer deles, o “impeachment” da presidente da República.

Ou seja: independentemente de ser verdade ou não a matéria criminosa da Veja que levou o TSE a punir a revista com direito de resposta e multa de 500 mil reais por cada hora que o site dessa mesma revista descumpriu a decisão da corte e não deu o devido destaque àquele direito de resposta, os funcionários da Globo News já haviam condenado Dilma.

Por que tudo isso? Tenha um pouco mais de paciência, leitor, que você já vai entender.

Em outras eleições que o PT surrou o PSDB, a postura escandalosa desses “jornalistas” não foi igual. A tropa da família Marinho manteve um mínimo de compostura e fingiu (mal) não estar tão abalada pela derrota.

Para melhor entendimento da tese desta página, avancemos cerca de 24 horas no tempo.

Dilma escolheu a TV Record para dar sua primeira entrevista como presidente reeleita. A entrevista, porém, foi um tanto quanto tumultuada. A repórter Adriana Araújo quis saber de Dilma quem seria o novo ministro da Fazenda e a presidente, por óbvio, irritou-se. Afinal, uma decisão dessa magnitude envolve muita coisa e por certo não poderia ser anunciada daquela forma.

Alguns minutos depois, ao contrário da Record, que enviou uma repórter ao Palácio da Alvorada para entrevistar Dilma, a Globo preferiu um “link” do Palácio para o Jornal Nacional. Com ar de deboche estampado nos rostos, William Bonner e Patrícia Poeta começaram a inquirir Dilma quando ela provocou em seus rostos a expressão que você pode conferir no alto da página.

Palavras de Dilma a Bonner:

Você pode ter certeza: eu não falei contra a corrupção e impunidade só durante a eleição. Eu não só falei durante a eleição, como você pode ter certeza que eu farei o possível e o impossível para colocar às claras o que aconteceu. Neste caso da Petrobrás e em qualquer outro que apareça. Não vou deixar pedra sobre pedra. Não vou investigar divulgando, apenas, seletivamente informações. Eu vou fazer questão que a sociedade brasileira saiba de tudo

Muitos podem imaginar que Dilma tenha feito apenas um exercício de retórica para convencer o público de que vai investigar TUDO. Bem, tanto quanto William Bonner, Patrícia Poeta, os zumbis da Globo News e o mercado financeiro – que, quando Dilma subia nas pesquisas, caía – este blogueiro sabe que a presidente reeleita falou MUITO sério.

Por isso o mercado caía e, por isso, os teleguiados da Globo, da Veja etc. a atacam com tanta fúria. Quando digo que é “por isso”, refiro-me ao que você poderá deduzir, estimado leitor, nas matérias da Folha de São Paulo reproduzidas abaixo. A primeira é do dia 2 de outubro e a segunda, do dia 17.

 

Quero afiançar ao leitor, pois, o que William Bonner, Patrícia Poeta, a tchurma da Globo News, a família Marinho, a Veja e seus pitbulls, entre outros, já sabem: Dilma vai para cima de TODOS. Inclusive dos corruptores – como a Odebrecht, por exemplo. E não vai deixar que a banda tucana da PF, do MP, do Judiciário e da mídia acobertem os tucanos.

Por isso, essa turma chegou ao absurdo de inventar aquela matéria criminosa da Veja e a divulgar no Jornal Nacional a poucas horas do início da eleição presidencial em segundo turno. Por isso, gente com os mesmos interesses chegou ao ponto de falsificar a notícia da “morte” do doleiro Alberto Yousseff.

 

O segundo mandato de Dilma dará o maior golpe na corrupção que já foi visto no Brasil. Aqueles que sempre ficaram confortavelmente vendo políticos que compraram sendo presos, vão para o centro do palco. Por isso querem implicar Dilma e derrubá-la – antes que ela os pegue. Por conta disso, seria bom que ela reforçasse sua segurança.

Tags: , , , , , ,

205 Comentário

  1. Se tiver churrasco comemorativo da imigração do Lobão, embarcando no aeroporto internacional de Claudio MG,
    ou do sobrevôo a partir da janela do apartamento de Diogo Mainardi, pode contar comigo.
    Boto mó fé na palavra desses dois filhos da pátria. Tenho certeza que uma vez dada a palavra deles, pode considerar cumprida!
    Eu paro o que estiver fazendo e VOU ao churrascão!

  2. Muito esclarecedor. Parabéns, Edu! Ainda não tinha comentado o blog desde antes das eleições. Mas o acompanho a cada dia. Muitos, muitos mesmo, o acompanham: por isso “sai do ar” às vezes. Agora temos que mobilizar o país para essa batalha da Presidenta. Só com o apoio popular para colocar a mídia e os corruptores nos seus lugares.

  3. Ousar Lutar ! Ousar Vencer !

    Agora VAMOS PRA CIMA DELES !

  4. Para completar o cerco à corrupção só falta Marcos Valério aderir à delação premiada.
    Eugênio José Alati
    29/10/2014.

  5. Meu caro Eduardo, Grande Texto, digno de um grande jornalista investigativo, apesar de saber que o Sr. não é jornalista.
    Parabéns Eduardo, contamos com seus textos em Prol da Democracia e abaixo a esses Urubus da Grande Mídia que fazem e vão continuar fazendo de tudo nesses últimos quatro anos do Governo Dilma para tentarem a todo custo desestabilizar o seu governo.
    Um grande abraço meu caro Eduardo.

  6. O PT tem que dar um jeito de enquadrar o Francischini.

    E o Governo Federal tem que voltar os olhos já para a PF (mesmo que seja necessário os préstimos da ABIN).
    A PF ficou muito largada com o Zé Cardoso, por isso tem tucano e golpista lá dentro cada vez mais desavergonhados.
    Quem não se lembra daquele agente treinando tiro em uma caricatura da Dilma?

  7. O PT precisa, urgentemente, de um projeto político baseado na autocrítica. Marx, Engels e Lênin viam a autocrítica como um método político de uso constante. O partido teria de se perguntar – o que sou e o que quero ser? Não é possível nem construir uma casa sem projeto. A hora de montar esse projeto é agora, já que em dois anos teremos novas eleições. O PT teve bom desempenho nas regiões mais pobres. No Estado de São Paulo, no extremo norte, sul e oeste, municípios não industrializados e de baixa densidade demográfica. Se somarmos o PIB dos municípios brasileiros em que Aécio venceu teremos um pibão; Dilma ficaria com um pibinho. O PT tem de conquistar outros estratos sociais. Para isso tem de analisar qual tem sido sua conduta e ir ao encontro das aspirações desses estratos. Se seguir os setores mais radicais do partido, ou de outros partidos de esquerda, irá priorizar a “regulação” da mídia e bandeiras que tais. Isso é tudo que a oposição quer. Enquanto estivermos nessa luta seremos alijados das disputas estaduais.

  8. Dilma Rousseff tem que se cuidar. Aumentar sua segurança com pessoas de sua inteira confiança. Ela está mexendo e vai mexer com muita gente poderosa e sem escrúpulos, capazes de tudo para manterem seus privilégios e a impunidade. .Corruptos, corruptores, politicos, planos de saúde, militares, empresários, médicos, mercado financeiro, bancos, fazendeiros, religiões, etc etc,
    Todo cuidado é pouco. Ainda tem o golpe,sempre lembrado pela turma do “cansei’ contra a Cuba-Venezuela.

  9. NO BLOG DO NASSIF:

    A informação que pode elucidar a fala de Youssef (e a Veja) contra Dilma e Lula
    qua, 29/10/2014 – 15:23
    Atualizado em 29/10/2014 – 15:42

    Jornal GGN – A CartaCapital destaca em seu portal que a edição de O Globo desta quarta-feira (29) traz uma informação que pode ajudar a elucidar a “bala de prata” tentada contra a reeleição de Dilma Rousseff (PT). Segundo a Polícia Federal, paira sobre o depoimento de Alberto Youssef uma suspeita de tentativa de forçar uma intervenção no resultado do processo eleitoral. A novidade no caso é a seguinte: Youssef teria, na quarta-feira (22), solicitado à PF a retificação do depoimento que deu na terça-feira anterior. O doleiro teria pedido para adicionar a informação de que pelo tamanho do esquema montado para desviar dinheiro da Petrobras, seriam impossível que Dilma ou Lula não tivessem conhecimento. Apenas isso, uma suposição enxertada no depoimento visando criar o motivo para Veja dar a sua capa.

    Veja explorou a fala em reportagem a fala de Youssef, e cravou em sua capa que “Dilma e Lula sabiam de tudo” no caso Petrobras. A edição panfletária, segundo o próprio TSE, foi vazada na quinta-feira (23) à noite, a dois dias do segundo turno presidencial. A revista afirmou que o depoimento foi dado na terça-feira (22) e que sua apuração começou imediatamente neste dia, para tentar dar alguma credibilidade ao texto e justificar a divulgação da informação na semana decisiva para Dilma. A reportagem de O Globo está disponível aqui.

    PF suspeita de armação em depoimento de Youssef, diz jornal

    Da CartaCapital

    Para a Polícia Federal, a acusação do doleiro contra Lula e Dilma pode ter sido estimulada pela defesa de Youssef, com intenção eleitoral, um dia antes da publicação de “Veja”

    O jornal O Globo traz em sua edição desta quarta-feira 29 uma informação que pode ajudar a elucidar a história por trás da “bala de prata” da oposição contra Dilma Rousseff (PT), a indicação, feita pelo doleiro Alberto Youssef, de que a presidente reeleita e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinham conhecimento do esquema de corrupção na Petrobras. Segundo o jornal, os investigadores suspeitam que a declaração do doleiro pode ter sido forçada pela defesa para influenciar o resultado do segundo turno das eleições.

    A Polícia Federal investiga como o depoimento de Youssef vazou e, segundo a reportagem do Globo indica, suspeita da ação da defesa do doleiro. De acordo com o jornal, Youssef prestou depoimento na terça-feira 21, como vinha fazendo normalmente, e não citou Lula ou Dilma. Na quarta-feira 22, diz o jornal, um dos advogados de Youssef pediu para “fazer uma retificação no depoimento anterior”. No interrogatório, afirma o Globo, o advogado “perguntou quem mais, além das pessoas já citadas pelo doleiro, sabia da fraude na Petrobras”. Youssef disse, prossegue o jornal, “acreditar que, pela dimensão do caso, não teria como Lula e Dilma não saberem”. A retificação acabou exatamente neste trecho.

    No dia seguinte, a quinta-feira 23, antecipando sua circulação semanal em um dia, Veja publicou as declarações de Youssef a respeito de Lula e Dilma. Segundo a reportagem da revista, o doleiro não apresentou provas e elas não foram solicitadas.

    A suspeita da PF levanta uma questão temporal curiosa. Enquanto a retificação do depoimento de Youssef teria ocorrido na quarta-feira, segundo O Globo, Veja afirmou em nota que sua apuração “começou na própria terça-feira, mas só atingiu o grau de certeza e a clareza necessária para publicação na tarde de quinta-feira”.

    A defesa de Youssef é coordenada pelo advogado Antonio Augusto Figueiredo Basto. Por um ano, Basto teve um cargo de conselheiro do Conselho de Administração da Sanepar, a Companhia de Saneamento do Paraná. Como consta no site da empresa, ele assumiu o cargo em 17 de janeiro de 2011, 16 dias após a posse de Beto Richa (PSDB) como governador do Paraná. Em 25 de abril de 2012, a carta de renúncia de Basto foi lida em assembleia geral da Sanepar, como consta em ata também publicada no site da companhia. No último 23 de outubro, no mesmo dia da publicação de Veja, Basto disse ao mesmo jornal O Globo que desconhecia o teor do depoimento dado por Youssef na terça-feira 21.

    A notícia veiculada pelo Globo, apurada de Brasília e Curitiba e que não tem assinatura em sua edição imprensa, apenas na versão online, foi relegada à parte inferior da página 6 do periódico, uma escolha que chama atenção diante da repercussão que teve a capa da revista Veja.

    No horário eleitoral do dia seguinte, a sexta-feira 24, Dilma Roussef disse que iria processar Veja, e prometeu investigar a corrupção na Petrobras “doa a quem doer”. Na Justiça, o PT conseguiu proibir a editora Abril de veicular propagandas de sua capa, considerada “propaganda eleitoral”, e também o direito de resposta diante da reportagem.

    Na sexta-feira e no sábado, véspera do segundo turno, panfletos com a capa impressa de Veja foram distribuídos em várias cidades do Brasil. Na madrugada de sábado 25 para domingo 26 começou a circular pelas redes sociais o boato de que Youssef, internado em Curitiba, teria sido envenenado. A Polícia Federal e o hospital em que ele esteve desmentiram a informação, que circulou pelas redes sociais em uma velocidade impressionante, assustando a militância petista na reta final da votação e provocando um impacto que dificilmente poderá ser mensurado.

    Também na imprensa brasileira houve repercussões. No domingo 26, um colunista da Folha de S.Paulo, que publicou reportagem de teor semelhante ao de Veja a respeito do suposto conhecimento de Lula e Dilma sobre a corrupção, acusou a TV Globo de ter “medo” ao não repercutir as denúncias dos dois veículos no Jornal Nacional. Em resposta, o diretor de jornalismo da Globo afirmou que as fontes da emissora não confirmaram “com suas fontes o sentido do que fora publicado” pela revista e classificaram como “distorcida” da reportagem da Folha.

    (Por José Antonio Lima)

  10. PHA entrevista o prefeito FERNANDO HADDAD. Não deixe de ver.

    Haddad: Veja e boatos
    roubaram votos da Dilma em SP

    http://www.conversaafiada.com.br/tv-afiada/2014/10/29/haddad-veja-e-boatos-roubaram-votos-da-dilma-em-sp/

  11. Edu admiro muito você pelo Pai e Brasileiro que você demonstra, mais comenta com o PT ou com Pessoas Ligadas a Dilma, por que vamos aguardar o congresso beber agua, em outubro do ano que vem se não tem decisão sobre reformas; Devemos convocar a militância e sair as ruas convidando o Povo que saiu em Junho 2013 sem objetivos, se a militância por o foco nas Reformas vai sair na marra. Chega de palhaçada, vai chegar as proximas eleições e as mesmas acusações sem prova e o povo a merce. quase morri do coração, já lutei muito para chegar na reta final e colocar estes interesseiros e entreguistas dentro da Democracia, quase tomamos mais um GOLPE. por que esta corja nem para oposição serve eles não tem projetos, eles tem interesses.

  12. Não sei quanto a você, mas eu estou cansado de criar alguma expectativa nesse sentido e vê-las frustradas. Dilma e o PT tiveram todas as oportunidades de enfrentamento à movimentação oposicionista e preferiram sair pela tangente em nome da “Governabilidade” – eufemismo criado ai no planalto e que você deve conhecer por frequentar os seus salões, como notório militante que é.
    Eu, por outro sala, frequento o andar de baixo, carregando o piano, junto com o corpo técnico, tentando marcar um gol para algum ministro sair bem na fita.
    Dilma, Lula e o PT, vão continuar a fazer concessões à direita, o exemplo já está aí exposto com a tunga levada pela regulamentação da participação da sociedade e sobre o tal Plebiscito, que sapemos é conversa para Boi dormir. É jogar prá galera uma obrigação que é do governo e do congresso e assim enrolar mais um mandato.
    Respeito muito a sua posição, mas devemos tomar cuidado, se me permite, para não virarmos uma espécie de “Merval” da esquerda progressista.

  13. ****
    *************

    Ouvindo A Voz do Brasil no Piauí e postando:

    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ Dilma, Vamos Para Cima. Vamos Fazer Política: Reformas Constituinte Exclusiva e do Judiciário, Urgentes; Lei da Mídia e “Paper Track” na Urna Eletrônica Já! Seja Legal; seja Livre. Use Linux.

    Com Dilma, a verdade VENCEU a mentira assim como a esperança já venceu o medo (em 2002 e 2006) e o amor já venceu o ódio (em 2010). ****:D:D . . . . ****:L:L:D:D ****:D:D . . . . ****:L:L:D:D . . . . Lei de Mídias Já!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. ****:D:D … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …:L:L:D:D

  14. Vídeo com o último pronunciamento do Senador Roberto Requião. E, mais uma vez, ele tem razão.
    http://www.viomundo.com.br/denuncias/requiao-midia-estimula-setores-abduzidos-pelo-fascismo.html

  15. A questão é que a maioria dos programas contra o governo da globonius são patrocinados pelos bancos estatais e pela Petrobras.

    Quando este governo vai fechar a Secom?

    Quando este governo vai suspender toda propaganda oficial?

    Quando este governo e o pt vão parar de serem vaselinas?

    Antes de se ferrar na mão do conservadorismo comprado da flobo no congresso para se tentar aprovar uma lei de regulamentação da midia, é preciso secar a fonte de seu golpismo bilionário patrocinado pelo próprio. Gf,e falar duro que o dinheiro só volta após a regulação economica dos meios.

    Se o governo continuar covarde e vaselina será destruido.

  16. Sr. Eduardo Guimarães, se me permitir vou usar de um termo bem nosso, aqui de Campina Grande, interior da Paraíba. Posso? Se puder, vos digo: “Agora, pegaram em merda, com as duas mãos”! A Veja(?), agora, “arrumou um bucho”. Que assim, seja!

  17. Regular a mídia evitando oligarquias? Até sou a favor , desde que as rádios e tvs não acabem nas mãos do filho do lula, e dos filhos de outros militantes do PT.

  18. Sobre a corrupção né,,sobre os ratos da Petrobrás dentre eles o Alvaro Dias…

    https://www.facebook.com/PalacioDoPlanalto/photos/a.219988344805706.48071.199126586891882/467929676678237/?type=1&theater

  19. A gente diz que pau que bate em chico, bate em francisco. Isto serve para as denúncias falsas contra o PT, bem como contra outros partidos, se, em princípio, os dois bandidos-mor da Petrobrás, presos, por ora estão apenas dizendo o que fizeram e o que acham. Saberemos, sim, ao final dessas investigações, quem realmente se envolveu em tamanho escândalo, e, ao que tudo indica, o que não faltam são políticos de todas os naipes e siglas.
    Se Dilma está disposta a ir em frente nas suas promessas, por certo tem causado incômodo a alguns. Quem, por exemplo, tá de mau a pior, em todos os sentidos, é Henrique Alves. Qualquer bala que ele atire contra Dilma estará fazendo porque sabe que seu nome já foi ventilado pelos bandidos. Está se adiantando aos fatos, agredindo como mecanismo de defesa do que a de vir por aí.

  20. …-na total impossibilidade de governar democráticamente,acredito que ,será possível decretar o estado de sítio,convocar uma constituinte , fazer um pebliscito(ouvir o povo,que é quem paga a conta) e fazer as refor
    mas…-na venezuela, essa imprensa pig,desinformava o povo venezuelano e o mundo…-não deu outra, o Chaves mandou feichar….-o povo deu a resposta nas urnas votou no Chaves…e mesmo quando doente, ainda pediu votos para o Maduro que aí está…-a Venezuela é mais ou menos do tamanho do estado do Pará…-comentam a boca pequena que, este tipo de imprensa é administrada por “laranjas” e patrocinada por potencia de além fronteiras…tem como objetivo desestabilizar as instituições , permitindo assim a volta do país ao status de colonia ,sem o direito de escolher os seus governantes como era antes…-aos que não viveram os anos tenebrosos da ditadura…-diziam que o povo não sabe votar e era governado por biônicos , simpáticos aos soldados e amotinados …-existem muitos saudosistas dos desmandos dos amotinados…de quando o jornalista ou reporter no cumprimento do dever de informar ,levava safanões em frente ás cameras de tv…apenas por fazer uma pergunta que não estava no script…-esses não tiveram nehum parente ,companheiro ou amigo que sentisse na pele a crueldade
    da soldadesca.-hoje ,o cidadão mais politizado…ja não se submeteria ao julgo dos imperialistas…ja sentiram o gosto da liberdade… por isso, acredito, teem a responsabilidade de não confundirem de mocracia com anarquia…-a todos os que amam este sagrado solo…:- sabat shallon !…-Goethe-Br.

  21. Penso que, face aos acontecimentos, é hora de pensar grande, ou seja, pensar no Brasil como um todo, com suas idiosincrasias, É hora de ressuscitar o que há de bom em cada ser humano: o amor, a solidariedade, a franqueza, a visão ampliada e holística deste nosso continente que é o Brasil. Vamos viver em paz e contribuir para que a presidenta possa governar para todos. O ódio, a violência e as mentiras devem ser deixadas de lado, mãos a obra.

  22. …-a história tende sempre a se repetir…-nos idos de 1954,aquela potencia de além fronteiras através de seus muitos agentes infiltrados nas várias áreas da administração e da politica …-sentindo-se incomodada pela criação da Petrobras (1952) e pela política de autosuficiencia propagada por Getúlio através do slogan “O petróleo é nosso…a descoberta de uma das maiores bacias sedimentares do globo,o poço de Nova olinda ás
    margens do rio negro,etc.etc…-providenciaram a urgente desestabilização do governo através dos modismos da época e que ainda hoje sufocam e tendem a descaracterizar o nacionalismo brasileiro…-montaram ,capitaneados pelo agente Carlos Lacerda, a encenação da rua toneleros,onde o major Vaz ,inocentemente acredito, perdeu a vida ainda moço…isto, depois do pronunciamento (ultimo á nação)…”…não renuncio…não renunciarei…não darei provas de cobarde…as pedras que me atiram,recebo-as com serenidade…se as circunstancias do destino me forçarem, do catete não sairá um presidente e sim um cadáber.”…-em seguida, em caráter de urgencia logo providenciaram o”suicídio de Getúlio …etc.etc….
    -hoje a grande herança de Getúlio(a Petrobrás),tendo ainda um pretexto maior.o pré-sal…e o espirito de nacionalidade que impera no povo brasileiro que não quer o regresso vergonhoso do país á condição de colônia sem que os colonos ao mínimo tenham o direito e a liberdade de escolherem os seus governantes que eram tutelados pelos amotinados de sessenta e quatro e ovacionados pelos eunucos mentais que não concebem a existencia de uma fraternal amizade entre os povos sem subservientismos…tentam a desestabilização das instituições democráticamentes constituídas…-sem ao menos se darem ao trabalho de pensar que hoje,a cidadania brasileira, mais politizada, ja não suportará
    a subserviencia e os bajulismos dos “pelêgos e calabares históricos”…-com a palavra o ministério da defesa que ,acredito, providenciará a defesa das instituições,se necessário com mãos de ferro…-DEUS SALVE A NAÇÃO BRASILEIRA !…(dos maus brasileiros traidores da Pátria,”pelêgos” do imperialismo e
    lesa Pátrias…-Goethe-Br.

  23. A mídia é livre e pode falar o que quiser (sendo verdade ou não). O dia em que o governo falar que a mídia tem que ser regulamentada vai ser o tiro no pé dos petistas.

  24. Profético.

Trackbacks

  1. O que Dilma quis dizer com “Não va...
  2. O que Dilma quis dizer com “Não vai ficar pedra sobre pedra” | MANHAS & MANHÃS
  3. O que Dilma quis dizer com “Não vai ficar pedra sobre pedra” | Santa Luzia Empresas | Guia comercial da Cidade
  4. Fórmula para Dilma vencer o golpismo e terminar seu mandato | Ceilândia em Alerta
  5. Empreiteiras da Lava-Jato atuaram no cartel do Metrô de SP | Ceilândia em Alerta
  6. EMPREITEIRAS DA LAVA-JATO ATUARAM NO CARTEL DO METRÔ DE SP | Luizmuller's Blog

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.