Posse de Lewandowski: o dia em que o Brasil melhorou

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

Na última quarta-feira (10), enquanto o Brasil desperto (pero no tanto) se concentrava na troca de sopapos da campanha eleitoral, a “nata” da República se reunia para festejar a posse do ministro Ricardo Lewandowski na Presidência do Supremo Tribunal Federal.

“Alívio” e “Alegria” foram palavras que se ouviu amiúde nos vários salões do STF, que, além do plenário, tiveram que ser lotados para dar conta da expressiva quantidade de pessoas que acorreu ao evento.

Antes de comentar interessante declaração que o novo presidente daquela Corte deu durante coquetel oferecido aos convidados para sua posse, vale elencar alguns fatos relevantes.

Conforme anunciei anteriormente, participei da cerimônia a convite do agora presidente Lewandowski e, mais tarde, do coquetel oferecido aos convidados. Como também participei da cerimônia de posse de Joaquim Barbosa, em 2012, por naquele dia estar no STF visitando Lewandowski, foi-me possível comparar os dois eventos.

Qualquer um que tenha estado na última e na penúltima cerimônias de posse de presidentes do Supremo haverá de concordar não só com que houve expressiva diferença de público entre o evento de dezembro de 2012 e o de setembro de 2014, mas, também, com que houve diferença de “clima” entre os eventos.

Detalhe: as duas diferenças são favoráveis à posse de Lewandowski.

Mas não houve apenas mais gente e melhores expectativas na cerimônia de posse de Lewandowski, houve muito menos cobertura da mídia. Em 2012, com Barbosa no auge após ter massacrado os réus do mensalão, havia mais jornalista da grande mídia do que convidados.

O menor interesse da mídia pela posse do novo presidente do STF, porém, não empanou o brilho do momento.

Dois fatos corroboram a narrativa sobre o clima da posse de Lewandowski, descrito como de “alegria” e “alívio”: os discursos do ministro Marco Aurélio Mello e de Marcus Vinicius Furtado Coelho, presidente nacional da OAB. As falas deles vieram recheadas de críticas indiretas a Barbosa.

Marco Aurélio aludiu ao comportamento beligerante do antecessor de Lewandowski e, veladamente, acusou-o de ter querido ser “maior do que o STF”; Furtado Coelho, também em críticas indiretas, acusou Barbosa de ter buscado promoção pessoal durante sua gestão inacabada.

A ausência de Barbosa no evento sugere que ele previu não só a diferença de apoio que Lewandowski receberia em termos de volume de público, mas, também, que o clima não estaria bom para ele. Desse modo, poupou a si mesmo de dar um piti ao ouvir as críticas veladas.

A presidente Dilma Rousseff teve participação discreta no evento – entrou (quase) muda e saiu (quase) calada. Contudo, o tempo todo manteve expressão no rosto que sugeriu satisfação com o que ali ocorria.

Assisti ao evento ao lado do amigo Luis Nassif e, por diversas vezes, ele repetiu que o discurso de Marco Aurélio foi “consagrador” para Lewandowski, com o que concordo em gênero, número e grau.

Ao término da cerimônia, formou-se uma fila gigantesca de cumprimentos a Lewandowski. Eu e Nassif a encaramos.

Quando chegou a minha vez, fui brindado com um abraço caloroso do presidente do STF e de sua senhora, quem conheci em 2012 – à época, ela relatou quanto sua família sofreu com a difamação de que o esposo foi alvo durante o julgamento do mensalão.

Foi então que cumpri a promessa que fiz aos leitores desta página e entreguei ao presidente um calhamaço com centenas e centenas de comentários desses leitores congratulando-se com ele pela missão que começa a desempenhar à frente do Poder Judiciário (vide foto no alto da página).

Comunico, pois, aos caros leitores que o presidente do Supremo comprometeu-se a ler cada um dos comentários de congratulação que deixaram para ele aqui no Blog.

Terminada a cerimônia, do STF fui para um shopping próximo esperar a hora do coquetel – devido ao preço extorsivo dos taxis em Brasília, não convinha voltar à residência do jornalista Leandro Fortes, que me hospedou de quarta para quinta-feira.

Chego ao centro de eventos Unique Palace por volta das 20 horas. As autoridades não paravam de chegar.

Entre outros, estiveram presentes ministros do governo Dilma, Marcus Vinicius Furtado Coelho, presidente da OAB, o ex-procurador-geral da República Antonio Fernando de Souza, o ministro do STF José Antonio Dias Toffoli (o único ministro que vi no coquetel), a ex-subprocuradora-geral-eleitoral Sandra Cureau, juristas, advogados e jornalistas independentes.

Pelo salão, uma aglomeração gravitava em torno de Lewandowski. Onde ele estivesse parecia que havia caído um balão. Por conta disso, só por volta das 22 horas criei coragem para me aproximar para um papo rápido.

Mais uma vez, Lewandowski acolheu-me como se abraçasse cada leitor desta página. Em volta de nós, formou-se uma aglomeração. A mim e ao presidente do STF juntou-se Furtado Coêlho, presidente nacional da OAB.

Devido ao tratamento que me foi dispensado pelo presidente, disse a ele que não se mede um homem pela forma como trata os poderosos, mas pela forma como trata cidadãos comuns como eu, pessoas que não têm aquele tipo de “importância” que atrai gentilezas.

O presidente sorriu, virou-se para o presidente da OAB e disse: “Conta para o Eduardo que você lê o Blog dele”. Furtado Coelho assentiu e conversamos rapidamente sobre este ou aquele post publicado aqui.

Relato esse fato para que as pessoas entendam o tipo de homem que é Ricardo Lewandowski. Quem somos nós, editor e leitores deste Blog? A homenagem que fizemos ao presidente poderia ter sido retribuída com um simples sorriso e com um muito obrigado. E olhe lá.

Prossigamos. Já durante seu discurso no STF, Lewandowski permitiu ver quanto sua gestão diferirá da anterior. Sinalizou com revisão da Lei da Anistia, por exemplo. Mas foi em comentário que fez enquanto conversávamos que disse uma frase bastante significativa.

Por reproduzi-la de cabeça, não leva aspas. Porém, o que disse é que o Brasil caminha para se tornar a 5ª economia do planeta e uma nação de tal importância precisa ter instituições à altura dessa importância.

A frase tem um significado mais amplo do que parece. Vejamos: primeiro, diga lá, leitor, o que foi que a gestão de Joaquim Barbosa trouxe ao país além de ódio, ódio e mais ódio?

Se tivesse que resumir o que ele fez no um ano e pouco de sua Presidência do STF, diria que dedicou o período a fazer política partidária. E a maior prova disso é que até a grande mídia suspeitava de que ou sairia candidato a presidente neste ano ou apoiaria publicamente algum candidato.

O fato de Barbosa ter submergido após deixar o STF não significa que os que previram que ele atuaria na política estavam errados – sua conduta na Presidência do STF sugeriu isso. Na verdade, acho que ele só descobriu agora quanto desagradou a comunidade jurídica.

Nesse ponto, volto à frase de Lewandowski sobre a futura 5ª economia do mundo ter que dispor de instituições à altura. No meu entender, ainda que não tenha dito exatamente isso, ele fez uma promessa, a de que terminaram os showzinhos de personalismo no STF.

Lewandowski não será “estrela”. Sua gestão será discreta e focada no que interessa aos cidadãos. Ele pretende devolver-nos a confiança na Justiça.

Como eu disse nas redes sociais algumas horas após o evento, alegre-se, leitor. Na última quarta-feira, com o Poder Judiciário passando a ser presidido por um homem da envergadura moral e intelectual de Lewandowski, o Brasil melhorou.

Tags: , , ,

268 Comentário

  1. Caro Edu.

    Me tranquiliza a presença de um homem com a força moral e intelectual do ministro Lewandowski no STF. Meus agradecimentos a você por me representar junto a uma pessoa tão admirável num momento tão importante para o nosso país.

  2. Caro Eduardo, compartilho de sua honra e alegria em fotografar ao lado desse Homem. Finalmente a Justiça Brasileira volta a estar bem representada. Parabéns guerreiro. Muito embora de longe, sempre tenho acompanhado suas batalhas. Parabéns.

  3. você pode não concordar ..mas isso não o impede de refletir, de pensar

    e aí vem Marina querendo acabar com a reeleição, e mantendo mandatos em 4 anos ..como se desse tempo, na nossa realidade política, pra se fazer algo de bom e durável ..como se achássemos líderes de verdade em cada esquina de cada quarteirão ..não é mole não

    http://exame.abril.com.br/economia/noticias/para-professora-chinesa-brasil-teve-democracia-cedo-demais

  4. Edu parabéns. Você, apesar de bem mais novo que eu, faz-me tomar a si como exemplo de vida e cidadania.

    Muito obrigado, por mim e pelos que almejam um sociedade solidária e justa.

  5. Parabéns Edu , a partir da posse de Lewandovski , o STF entra numa nova era. Acredito até que algumas posturas ,de alguns ministros dessa corte possam apresentar pequenas mudanças ,uma vez que o novo presidente não é filiado ao Pig . A decência ,a ética ,a moral voltou a fazer parte do judiciário brasileiro . Você nos representou muito bem . Saúde ao novo ministro e a você.

  6. Parabéns ao novo ministro e a você que nos representou de forma brilhante .

  7. Chegar a emocionar ver que um poder da importância do STF volta a ser presidido por uma pessoa como o ministro Ricardo Lewandowski, cujas qualidades intelectuais e jurídicas são alicerçadas pela sua integridade, postura e coragem. Parabéns ao blog e a você, Eduardo, por nos representar neste grande momento.

  8. Obrigado por entregar em mãos minha singela homenagem ao nosso representante.

  9. emocionei aqui vendo sua foto Edu entregando os nossos comentários

    brigaduuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

    abraços

  10. sobre a eleiçao brasileira,/// sobre as ligaçoes do inefavel George Soros e suas ONGs (em ingles ‘NGOs’)
    com os times que jogam com Marina Silva ……….ver o contexto do sitio Global research.ca.
    Sibel sabe demais. Ela viu, leu traduziu 5000 documentos entre 1990 e 2002.
    Mostrando texto de entrevista da sra Sibel Edmonds, hoje ativista e na epoca do 11/9 tradutora do FBI que nao conseguiu calarlhe a boca totalmente:

    “Edmonds explained that the State Department doesn’t just deploy “soft power”, but is involved in many “hard power” operations, often coordinating through well-known “Non-Governmental Organizations” (NGOs).

    Specifically, Edmonds explained that numerous well-known NGOs – which claim to focus on development, birth control, women’s rights, fighting oppression and other “magnificent sounding” purposes or seemingly benign issues – act as covers for State Department operations. [Background.] She said that the State Department directly places operatives inside the NGOs.

    As one example, Edmonds said that – during the late 90s and early 2000s – perhaps 30-40% OF THE PEOPLE working for NGOs operated by George Soros were actually working for the U.S. State Department.”
    Grave. P e r i g o s o. e nao consta que soros tenha mudado de equipe.

  11. Edu, o “formiguinha” que constrói grandes feitos. Parabéns.

  12. Obrigado Sr. Eduardo.

  13. Edu,

    Adorei o seu relato, e estou muito grata por você ter se lembrado de todos nós e nos representado nesse evento tão significativo! Você é dono de uma generosidade imensa!

    A diminuição da cobertura da mídia é sintomática: a Casa Grande não vê em Lewandowski um aliado (e é assim mesmo que tem que ser, oras!).

    Além do “alívio” e da “alegria”, meu sentimento é de “ESPERANÇA”, principalmente quanto à reparação das aviltantes injustiças cometidas no Mentirão AP470, um capítulo vergonhoso na história da nossa Justiça.

    Espero que, em breve, as coisas sejam colocadas nos seus devidos lugares.

    Você e o ministro Lewandowski podem contar com meu apoio irrestrito!
    Abraços,

    Evna Arruda

  14. Dilma está dando a volta por cima?

    http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,dilma-volta-a-liderar-no-1-turno-com-39-indica-ibope,1559106

    A “Fadinha da Floresta” está voltando, passo a passo, às suas reais dimensões. E o “Duce das Alterosas” já é, ao que parece, carta fora do baralho. Boas novas, afinal!

  15. O alívio não foi só sentido pelos convidado, o alívio também é meu, acho que de todos que viram e sentiram a injustiça praticada contra condenados sem prova. Que JB possa, se possível, dormir sem ter pesadelos pela sua covardia e por ter se deixado cooptar por uma mídia e elite escravocrata e tirana.
    Obrigada por nos representar, por ser a voz dos que clamam justiça.
    grande abraço

  16. Enquanto uma tracajá sem casco procura homens de *bens*, nós tivemos a graça e fortuna de ver um verdadeiro Homem de Bem tomar posse da presidência do STJ. E outro homem de bem e de valor ir até lá prestigiá-lo e nos representar. Parabéns ao ministro Ricardo Lewandowski e muito obrigada Eduardo Guimarães.

  17. Lewandowski, assim como Lula e Dilma, faz parte do Brasil Esperança.

  18. Parabéns a você Eduardo por estar lutando o bom combate. Sucesso ao nosso ministro mais ético, Sr. Lewandoski. Com Dilma para mudar o Brasil!!

  19. Pessoal,o dia está lindo e estamos de alma lavada. Mas é hora de trabalhar.Vou aproveitar que o meu gueto, chamado São Paulo, está sem vigilantes e sair ás ruas. Os feitores do PIG estão de ressaca .Parece que por causa de uma pesquisa.Ontem só consegui tres votos para a resistência.Hoje espero pelo menos uns dez votos. Temos que ganhar no primeiro turno.

  20. Caro Edu, cada vez mais sua escrita fica melhor! Não é só o mérito do que escreve, mas o despojamento e a forma de descrição dos fatos e dos eventos. Me lembra bastante o Sakamoto, guardando as diferenças (gosto muito dos dois).
    Esse jornalismo que retrata e que quando dá a opinião a dá de maneira direta e franca não existe na mídia tradicional, pois lá, parece que todos estão num cercadinho de forma e conteúdo.
    Por isso e por gente como você a Blogosfera é o futuro e o Brasil está mais democrático.
    Parabéns e obrigado por nos proporcionar seus maravilhosos textos.

  21. Feliz demais, por você, e por nos brasileiros, que já estávamos perdendo as esperanças em ver a nossa justiça suprema ser respeitada e confiável.

  22. faço minhas suas palavras, caro eduardo: alívio e alegria. jb nunca mais!

  23. “…a “nata” da República se reunia para festejar a posse…”.

    Nem tanto! Você, Eduardo, não se comporta como a “Nata” da República, pois sempre se apresentou como um cidadão – palavra, cujo significado, poucos compreende, mas que você exemplifica.

    Senti-me representado por você e a emoção surgiu ao ler esse texto, e num ápice, o trecho em que o digno Presidente te informa que um de seus leitores é o Furtado Coelho. Nem tanto pelo leitor, mas pela simplicidade e pela grandeza ao tentar te deixar à vontade naquele momento – em que você acabava de lhe dizer sobre a estatura de um homem de poder.

    Parabéns pelo carinho recebido e por sua alegria – afinal, vivemos tantos momentos de crise e de temor pela possibilidade (ainda que distante, mas possível) de assistirmos o Brasil retornar a dias sombrios com outro ocupante do Palácio do Planalto que não a Dilma.

    Forte abraço,

  24. EDU< O Brasil também melhorou com o novo ibope. Você viu? JASSON

  25. O DIA QUE O BRASIL MELHOROU E A BLOGOSFERA PROGRESSISTA SE LEGITIMOU

    Caro Edu, fico orgulhoso em saber que a minha mensagem consta entre as mais de 600 que foram registradas e entregues pessoalmente ao novo presidente do STF.

    Com um toque pessoal, mas, ao mesmo tempo, expressando um sentimento coletivo, pegamos carona na sua narrativa – quase cinematográfica – e desta forma, nos fizemos, todos, presentes à posse do ministro Lewandowski, saboreando cada detalhe do que você viu, ouviu e testemunhou, e, generosamente, compartilhou conosco.

    Lewandowski ao convidá-lo, não construiu apenas uma ponte entre o Judiciário e a blogosfera progressista, foi muito além. É preciso fazer uma leitura deste gesto simbólico.

    Através da amizade que recentemente os uniu, Lewandowski sabiamente tomou a iniciativa, de não somente valorizar o blog da Cidadania, mas, também, a partir dele, sinalizar aos demais blogueiros independentes do campo progressista, que eles são a mais autêntica manifestação da liberdade de expressão e do pensamento, e um contraponto à grande mídia oligárquica hegemônica, e que devem ser legitimados.

    O ministro Lewandowski, ao sentir na própria pele a perseguição da imprensa ditatorial, percebeu a importância da mídia alternativa como instrumento capaz de estabelecer um equilíbrio de forças frente aos veículos de comunicação privados.

    Não é possível conceber uma democracia concentrando os meios de comunicação de massa nas mãos de uns poucos privilegiados. É preciso avançar, fortalecer os blogs progressistas para que eles possam fazer o enfrentamento à grande mídia em condições de igualdade.

    Esta iniciativa do presidente Lewandowski deveria sensibilizar a presidenta Dilma, caso seja reeleita, para que ela faça o mesmo.

    “EDU, BLOGUEIRO GUERREIRO DO POVO BRASILEIRO!”

    Um abraço.

  26. Que maravilha, Edu. Fiquei emocionado com o relato da sua viagem. O Judiciário brasileiro está em boas mãos. Saudações, Presidente Lewandowski. Um abraço, Eduardo.

  27. .Com Dilma, a verdade vai vencer a mentira assim como a esperança já venceu o medo (em 2002 e 2006) e o amor já venceu o ódio (em 2010). ****:D:D . . . . ‘Tá chegando o Dia D: Dia De votar bem, para o Brasil continuar melhorando!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D . . . . Vote consciente e de forma unitária para o seu/nosso partido ter mais força política, com maioria segura. . . . . ****:L:L:D:D . . . . Lei de Mídias Já!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. ****:D:D … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …:L:L:D:D

  28. .’. Com Dilma, a verdade vai vencer a mentira assim como a esperança já venceu o medo (em 2002 e 2006) e o amor já venceu o ódio (em 2010). ****:D:D . . . . ‘Tá chegando o Dia D: Dia De votar bem, para o Brasil continuar melhorando!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D . . . . Vote consciente e de forma unitária para o seu/nosso partido ter mais força política, com maioria segura. . . . . ****:L:L:D:D . . . . Lei de Mídias Já!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. ****:D:D … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …:L:L:D:D

  29. Grata Edu, fomos bem representados, representada, por voce, democrático, sincero e fiel, que nao esqueceu de seus leitores/amigos. O Brasil agora com o novo Presidente do STF, Lewandowski, Dilma e Lula a verdade triunfará sobre a mentira, o amor triunfará ao ódio.

  30. Edu, tens ideia do orgulho que temos de te ver presente na posse do ministro Lewandowski? Todos nós, seus leitores, amigos e seguidores no face e no twitter nos sentimos um pouco representados neste momento, que conseguimos respirar um pouco mais aliviados e confiantes na justiça brasileira. Um ministro que carrega na sua fala, uma tranquilidade que é própria de quem tem o conhecimento e a justiça em suas veias, certamente honrará novamente o Supremo Tribunal Federal. Boa sorte ao grande ministro, que Deus o proteja… principalmente do PIG.

  31. Caro Eduardo Guimarães

    apesar de estar longe , fiquei extremamente satisfeito de vê-lo ao lado deste nobre ministro, você e ele compõem

    um quadro de seriedade e muita luta e amor pelo nosso Brasil.
    mais uma vez , muito obrigado, por repassar às mãos do Ministro todas as nossas opiniões, quem sabe poderá
    aliviá-lo das agruras que teve de sofrer por conta daquele “espetáculo de segunda categoria” protagonizado pelo ministro Joaquim Barbosa quando do julgamento do suposto “mensalão” do PT.

    continue na sua luta, que por aqui vamos continuar te dando apoio e divulgação do conteúdo do Blog nas redes sociais onde estamos interligados

    forte abraço

    Welington Cantalice

  32. TÁ MORRENDO GENTE NOS ENFRENTAMENTOS DOS POLICIAIS MILITARES E CIVIS COM OS BANDIDOS DO BRASIL E NINGUÉM SE TOCA, ACEITAM TUDO COMO FATO CONSUMADO…
    No passado foi um cinegrafista que usava um colete à prova de bala, apenas de revolver 38, 32 e similares e acabou morrendo com um tiro no peito de uma arma mais potente, talvez uma 9mm ou um fuzil médio. Esses policiais militares e civis deveriam estar usando um colete à prova de bala de grosso calibre como à prova do fuzil M-16, AR-15, AK-47 e similares, porque essas armas poderosas são as armas mais usadas pelos traficantes. Esses coletes custam em torno de 3 mil a 4 e 500 reais. Haverão de dizer que é caro! Caro é uma vida humana e ainda mais o tempo de formação de um policial militar, major, sargento, cabo e soldado e também um policial civil, experientes. A notícia é que o major Anderson morreu com um tiro no peito. Isso deixa uma pergunta no ar: “que tipo de colete à prova de bala, o comandante usava na hora em que foi atingido? Era colete à prova de bala contra os armamentos mais pesados (os fuzis) citados aqui? Porque se esse militar não usava um colete à prova de bala, adequado à sua missão, o estado é responsável pela sua morte. Pode entrar na justiça, porque só assim o estado se obrigará a dar a proteção devida a que tem direito, um policial civil ou militar nas horas dos enfrentamentos à bala!
    ESTA É A 3ª VEZ QUE FALO SOBRE ISSO!

    AS ASSOCIAÇÕES DAS PMs E POLICIAIS CIVIS DEVERIAM TOMAR UMA ATITUDE DIANTE DESSE QUADRO DE SEUS COMPANHEIROS MORTOS EM COMBATE, SEM A DEVIDA PROTEÇÃO!!!

    BEM VINDO SEJAS EXCIA., MINISTRO LEWANDOWSKI, AO STF. VALHA-TE DEUS, MINISTRO LEWANDOWSKI!

  33. Prezado Eduardo, imagine se eu, cá embaixo da pirâmide, teria como fazer chegar em mão meu apreço e meu sincero agradecimento ao Presidente de nossa maior instância jurídica, não fosse sua iniciativa.. Obrigado pelo esforço de manter o blog e de fazer a diferença.

  34. Edu,
    Muito obrigada por ter me representado nesse momento tão especial para nossa democracia.
    Você é muito generoso e também faz o Brasil ser melhor.
    Abraços

  35. Parabéns e felicidades ao Ministro Levandowski,
    finalmente um presidente do STF na altura e matiz dessa grande nação que estamos criando com Lula, Dilma e todos os brasileiros, que amam e apostam no Brasil!

  36. Que Levandowski continue com sua lucides habitual e senso de justiça inabalavel que mostrou em todo o processo do mensalão sem se curvar a massiva pressão da imprensa de mercado. boa sorte!

Trackbacks

  1. Posse de Lewandowski: um dia especial | Altamiro Borges

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.