Ironia das ironias: Veja pode ajudar Dilma a vencer a eleição

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

 

Na edição de Veja que chegará às bancas no próximo sábado (4/10), a horas da eleição em primeiro turno, seus leitores serão surpreendidos por matéria inusual na revista por conter… A verdade. E essa verdade aparecerá já na capa, onde a publicação, há pouco tempo, fez chamada para matéria que o Tribunal Superior Eleitoral qualificou como “caluniosa”.

Os ministros do TSE julgaram que, em sua edição de 17 de setembro, a revista ofendeu a honra do PT ao afirmar, sem provas, que o partido pagou propina a um chantagista para se calar sobre escândalo que lhe traria danos políticos em ano eleitoral. Desse modo, a Corte determinou que Veja publique direito de resposta do PT com igual destaque dado à calúnia.

Diz o relator do processo impetrado pelo PT contra Veja, ministro Admar Gonzaga:

“(…) Se aquele que supostamente recebeu os dólares não quis se manifestar, de que forma a representada [Veja] conseguiu a fotografia das cédulas que, taxativamente, afirmou terem sido utilizadas para pagamento da chantagem? A revista não explica (…) Percebe-se que a representada não trouxe elementos consolidadores das informações e das ilustrações exibidas, circunstância que transforma o seu conteúdo em ofensa infundada, porquanto desconectada da trama descrita (…)”.

A decisão do TSE foi unânime. O direito de resposta foi concedido pelos ministros Teori Zavascki, Rosa Weber e pelo presidente do TSE, Dias Toffoli.

Apesar de a matéria caluniosa da revista ter sido adornada com imagens de supostos “documentos” que comprovariam sua acusação, o TSE deixou bem claro, ao conceder direito de resposta ao PT, que tais imagens constituíram mero artifício para reforçar uma acusação desprovida de elementos probatórios.

 

 

Coube ainda ao ministro Teori Zavascki refutar alegação da defesa de Veja de que, ao conceder direito de resposta ao PT, o TSE estaria ferindo a “liberdade de expressão” da revista:

“(…) Acho que é equivocado contrapor o direito de resposta ao direito de liberdade de expressão. Pelo contrário, o instituto jurídico do direito de expressão, tal como plasmado na Constituição, é composto também pelo direito de resposta. É assim que está estruturada a liberdade de expressão na nossa Constituição. Direito de resposta não significa punição, não significa uma limitação à liberdade de expressão (…)”

O presidente do TSE, Dias Toffoli, concordou:

 “(…) Não é permitido ir para a calúnia (…) Não há manifestação de comprovação desses fatos. De tal sorte que realmente [a reportagem de Veja] transbordou para a ofensa

A enormidade de reportagens publicadas sistematicamente contra o PT durante a campanha eleitoral resultará em forte abalo à credibilidade que ainda possa restar a Veja. Com essa decisão inédita do TSE, o eleitor passará a questionar todas as suas acusações sistemáticas ao partido e irá às urnas, domingo que vem, com tal pensamento ainda fresco na mente.

Dirão que o estrato social que lê a Veja é predisposto a acreditar em qualquer acusação que ela faça ao PT, mas não é bem assim. Parte do público da revista acredita nela por ingenuidade e, desse modo, surpreender-se-á com uma decisão judicial que afirma que ela mentiu.

E, se houver segundo turno, Veja sofrerá novo golpe. Sua reportagem de capa desta semana incorre nos mesmos vícios que sua edição de 17 de setembro, ora condenada pelo TSE. A revista foi ainda mais longe na matéria divulgada no último sábado: acusou pessoalmente a presidente Dilma Rousseff. E, de novo, sem provas.

 

 

Como Marina Silva, ao endossar as acusações de Veja a Dilma, tem se vinculado à revista, o direito de resposta concedido ao PT também afetará a candidata do PSB. Até porque, a acusação sem provas desta semana deve gerar novo direito de resposta.

Essas seguidas condenações de Veja pela Justiça anularão o potencial das acusações que a revista fatalmente ainda fará ao PT e ao governo Dilma durante uma possível campanha eleitoral em segundo turno.

Não que a avalanche de acusações e de terrorismo econômico que Globo, Folha de São Paulo, Estadão e Veja fazem ao PT e a Dilma tenham lá tanto poder. A disparada da presidente nas pesquisas mostra que mais da metade dos brasileiros está se lixando para essas acusações, obviamente por considerá-las mentirosas.

Se o PT explorar a decisão do TSE em seu programa de TV, o conjunto da mídia partidarizada – agora, pró Marina Silva – chegará a um eventual segundo turno com credibilidade ainda menor. A campanha de Dilma, pois, precisa divulgar intensamente essa condenação que Veja sofreu e as que ainda irá sofrer até o fim de outubro, se houver segundo turno.

*

PS: não cabe recurso à decisão do TSE que concedeu ao PT direito de resposta na capa e nas páginas internas de Veja

 

Tags: , , ,

236 Comentário

  1. Inocentes! A retratação da Veja é a reedição da história do Cavalo de Tróia. Vai publicar a retratação e nas demais páginas vai detonar mais uma vez com o PT, Lula e Dilma. Vai ser condenada mais uma vez e retratar depois da eleição ou vai pagar uns trocados por difamação, injúria, calúnia, dano moral? R$ 100 mil é trocado para o Grupo Abril e para os partidos que tem interesse em desbancar o PT. Vem mais bomba por ai!!! Infelizmente a nossa “justiça” não tem vontade de punir com vigor estas matérias panfletárias deste partido de direita chamado VEJA, enrustido de revista semanal.

  2. Eduardo, Veja não pode inventar uma sobrecapa? Como ficaria a situação?

    • Se a decisão do TSE não previu este tipo de manobra é muito provável que a revista tenha verificado o subterfúgio. Só que isto implica aumento nos custos de produção desta edição. Quem vai bancar a conta? Se sair com sobrecapa que seja, saberemos qual é a empresa que descaradamente a defende, que na realidade manda nela, os anunciantes graúdos que dão as cartas em nossa política. A questão é continuaremos a consumir produtos e serviços deste anunciante?

  3. Desde o início das campanhas para presidentes ficou bem claro e bem nítidos.
    Que a Marina e o Aécio, ficavam e ficaram a margem das discursões e dos enfrentamentos
    para se posicionar sobre uma eventual conquista para presidente.

    A revista veja, a folha, o estadão e a globo fizeram isto.

    Foi bom para a Dilma, sofreu e está sofrendo muito. Mas os frutos apareceram o povo não aceitou
    este tipo de intromissão em nossas decisões.

    abaixo a ditadura da imprensa, abaixo a elite raivosa,

    por uma brasil maior e mais grande, liberdade para todos.

  4. …… Interessante q esses Ministros do Tribunal Superior foram todos nomeados pelo PT….. Mas isso é pura coincidencia….

    • Ouvi comentários a respeito da nomeação de ministros interessante quando aquele juíz que se aposentou que ferrou com os melhores quadros do PT para ficar de boa com a globo , nenhum direitista louco ousava levantar esta bandeira , ora o critério esta na constituiçaõ ele forasm indicados e aprovados se isto é crime só porque é agora com o PT, antes era normal e ninguem se preoucupava , graças a Deus que este ministros agiram pela lei,embora que neste momento não agrade aos interesses escusos e sectários.Dilma estamos contigo até por faltarem adversários a sua altura.

    • O Joaquim Barbosa também foi nomeado pelo PT, então sua tese não procede.

  5. Justiça foi feita. Liberdade de imprensa, sim; mentira não deve ser confundida com liberdade de expressão.

  6. Com todos esses comentários, só tenho uma coisa a dizer:
    A população tem o político que merece.

  7. As tubulações de esgotos das nossas casas passam detritos menos fedidos do que os detritos que circulam nas tubulações de editoriais de certas revistas.

  8. Ora, esse direito de resposta terá efeito nulo! Só quem vai ler não está nem aí para a verdade…

    • Caro Eduardo,

      Li hoje que a revista veja recorreu ao STF, solicitando a suspensão do direito de resposta. O mais incrível disso tudo, é que o recurso caiu nas mãos de nada mais, nada menos, do Ministro Gilmar Mendes. Agora, é só aguardar o resultado, que desde já antecipo. A revista terá seu pleito atendido, ou seja, não será mais obrigada a publicar na edição desta semana o direito de resposta.

      • Da mesma forma que o pedido só foi concedido graças ao Toffoli, antigo advogado do PT. Os outros também são escolhas a dedo pra formar maioria no STF. Continue vivendo no país do faz de conta, faz de conta que o PT é um partido honesto.

  9. Que matéria contraditória.

    Se a publicação dirá a verdade, a Dilma nunca, repito: nunca, seria reeleita.

    • Se a Veja publicasse a verdade, ela deixaria de ser marrom e quebraria, pois gente como vc deixaria de comprá-la por ter se tornado “chapa branca”.

      Afinal, pra vcs, a própria verdade é chapa branca e se não for contra o PT, só pode ser mentira.

  10. Resta esperar para ver se os envolvidos no golpe da veja não vão impedir a revista de circular, comprando todos os exemplares, como ocorreu em Goiânia, no ano passado, durante um dos escândalos envolvendo o governador do psdb. Para quem subsidia esse panfleto, nada mais simples do que fazer isto.

  11. Tudo isto é muito bom, mas me intriga a velocidade do nosso judiciário em julgar esta causa.
    Estou acostumado a ver questões se arrastarem anos a fio, onde a justiça tardia passa a ser a maior forma de injustiça que se possa impor a uma sociedade de desvalidos.
    Ou a caixinha aos ministros foi gorda o bastante ou estamos diante de um precedente sem par na historia do nosso judiciário.
    Acredito que outro partido não teria logrado tal vitória contra os nossos porcos meios de comunicação. Que esquecem que o interesse da população tem que vir antes dos interesses das grandes corporações.

  12. FUI REPRESENTANTE DA EDITORA ABRIL POR 37 ANOS E, COMO DISTRIBUIDOR ABRIL ME SENTIA MUITO FELIZ POR SER CONSIDERADO AMIGO DE VICTOR CÍVITA. FICO TRISTE COM A SITUAÇÃO DA REVISTA VEJA QUE VÍ NASCER. SOU DILMA, LULA E WAGNER. SOU RUI COSTA E OTO, SOU ELEITOR QUE RECONHECE O VALOR DESTES CIDADÃOS E QUERO VÊ-LOS VENCEDORES, INCLUSIVE, OS HERDEIROS DA EDITORA ABRIL.

    O BRASIL ESTÁ MUITO MELHOR QUE ANTES, NOSSA MOEDA VALORIZADA E O BRASIL E OS BRASILEIROS, HOJE É RESPEITADO NO MUNDO, O QUE NÃO ACONTECIA ANTES. VIVA NOSSO BRASIL.

    ANTÔNIO JOSÈ DINIZ. RÁDIOS CULTURA DE PAULO AFONSO – AM E FM.

  13. Tolinho, a mídia não investiga “corrupção, desmando, malfeito” de todos, ela forja tudo isso só contra um partido e alivia para os outros, ou seja, a mídia não presta serviço algum à sociedade. Quem tem que investigar e punir – e tem feito isso – é Polícia Federal, Ministério Público, CGU etc. Mídia não é polícia. E se tiver que investigar tem que ser a todos, não só aos seus inimigos políticos.

  14. Sua crítica teria razão se a imprensa a que se refere fosse imprensa, funcionasse como imprensa.
    Não é bem desta forma que funciona.
    A imprensa tem como premissa básica, informar de forma isenta, independente da opinião dos seus donos, editores ou jornalistas o que não impede de forma alguma que expressem sua opinião política ou a dos seus jornalistas.
    As opiniões políticas podem e devem ser expressas, garantidas pelos direitos constitucionais.
    Infelizmente não é o que acontece!
    As notícias são escondidas, modificadas, truncadas. Desinformam e deformam ao invés de cumprirem seu papel.
    As investigações são seletivas e tem o único objetivo de atingir o atual governo e os dois anteriores.
    O escândalo do Metrô de São Paulo é conhecido há seis anos.
    Faz seis anos que a Suíça constatou ter havido o pagamento de propina e nosso ilustre governador que tem o apoio de toda a imprensa, declarou à época que no Metrô de São Paulo tudo estava correto e os contratos foram elaborados dentro da lei. A imprensa se resumiu a reproduzir as declarações do governador e não tocaram mais no assunto.
    O assunto voltou à baila porque tanto a Alstom quanto a Siemens estão sendo processadas nos seus países pelos crimes que cometeram aqui e com o intuito de conseguir atenuantes para os diretores que seguramente serão condenados e provavelmente encarcerados, divulgou seus mal feitos e deu os nomes, entre eles um Conselheiro do Tribunal de Contas que teve sua conta de propina na Suíça bloqueada.
    O governador não se moveu para tentar afastar o Roberto Marinho do cargo e a imprensa noticiou o fato em pequena nota ao rodapé de páginas internas. Nenhum questionamento, nada. Isto é fato!
    A Rede Globo foi multada pela Receita Federal como muitas empresas por ter feito negócios usando uma off shore, nem digo que tenha sido crime, acredito que tenha sido muito mais ganância para aumentar seu lucro.
    Bem ou mal, erraram e receberam uma vultosa multa, tão grande que se deram ao desplante de contratar uma funcionária da receita para que em um dia 1º de janeiro, adentrasse o edifício da receita no Rio e retirasse o processo sumindo com ele. Foi condenada à prisão e liberada por um Habeas Corpus concedido pelo Ministro Gilmar Mendes (sempre ele). Isto é fato!
    Me indique em algum dos grandes jornais do país ou nas redes de tv quando e como foram dadas estas notícias.
    O trabalho de conter a corrupção está sendo feito pela PF, pela CGU pelas procuradorias, pela presidente que criou a lei que criminaliza não só o diretor envolvido, mas a empresa como é em países ditos de primeiro mundo.
    E será feito por cada um de nós na medida em que nos tornarmos cidadãos mais conscientes e compreendermos que vivemos em um país rico e generoso que não é só de alguns privilegiados como era até doze anos atrás.

  15. Todos “odeia” a grande imprensa? Claro que não!! PSDB, por exemplo, ama! E faz parte dela!
    E quem odeia a “grande” imprensa, sabe o porquê disso!

  16. Stelton, lá no outro comentário eu achei que você estava brincando, mas agora vi que você é um idiota mesmo!
    Quer dizer que ao não convencer o povo a se conformar a comer grama, trabalhar por comida e aceitar entregar suas filhas para trabalho escravo nas casas das “famílias de bem” a sua resposta é uma Guerra Civil?
    Qual o primeiro passo? Quer separar o Sudeste do resto do Brasil? Já vou adiantando: esse tipo de ideia dá cadeia porque vai contra a Federação.
    Conforme-se amigo! O Brasil vai acordar outro dia 06 de outubro. Se você quer Guerra Civil, vai ter que lutar contra a maioria do povo.
    Antes que eu me esqueça: que o diabo o carregue por pregar uma guerra civil por uma decisão da justiça, seu idiota!

  17. E quem vai denunciar o Propinoduto Tucano do Metrô/CPTM, no qual vários bilhões “evaporaram”? A Globo? A Veja?

    Moral da história: tem que haver proibição do monopólio, para que todos tenham voz, inclusive a Veja. O que não pode é só a Veja, Globo, etc, terem voz.

    Em 2015, o Brasil fará o mesmo que a Inglaterra fez em 2014: aprovar uma Lei de Mídia para a democratização das comunicações.

  18. A “grande imprensa” divulgou o mal estar criado pela filha do governador tucano do Pará, que provavelmente gerou sérios prejuízos na candidatura de Aécio Neves?

  19. Vira esse teclado pra lá!

  20. Vincent,
    Tá afim de se digladiar com outras pessoas com a mesma fome de violência?! Se alista no ISIS! Agora, só se você for realmente corajoso! Porque gente covarde que se esconde atrás de nomes falsos, certamente não será admitido no grupo! Ou então, forma uma gangue e se torne chefe dela! Duvido muito que antas como você consiga convencer alguém de que tem credibilidade e coragem para alguma ação concreta! No máximo tem coragem, apenas, na ponta dos dedos nas teclas de um computador!
    Maria Antônia

  21. Vou desenhar procê: o fato de um criminoso pedir delação premiada não confere seriedade ao que denunciar. Ele tentará oferecer alguma coisa para se ver livre da pena. É capaz de mentir, inventar, distorcer. Só pensa em se livrar. Por isso, a Justiça não dá o menor crédito a delatores sem checar e confirmar suas acusações. Só quem faz isso é a mídia, que transforma esse tipo de acusação em fato, mas só quando lhe interessa. Por exemplo: diz que o que Costa afirmou sobre o PT é verdade, mas não o que afirmou sobre Eduardo Campos. Por fim, quem mata para se manter no poder são vocês, filhotes da ditadura militar

  22. Sob pressão qualquer pilantra diz qualquer coisa.
    Você é a maior prova disso, Stelton, que mesmo sem ter sido pressionado, inverteu o próprio nome.

  23. hahahahahhh!
    Ótima semana, Alves!!

  24. Ótima semana pra você também querida amiga, Rita.

    Parece que amanhã tem debate na Record e na quinta o debate é na Globo.

    Semana cheia e que promete muito.

  25. Wilson,
    A maior prova de que essa choldra da qual essa criatura de identidade incerta faz parte, é a mais pura razão de ser da atual falta de credibilidade e do desespero alavancado por um idealismo de vento é que ele confunde até o nome que inventou! São tão absurdamente antas que induz a nós e aos outros, todos os dias, a desprezá-los cada vez mais, notadamente pelo fato de que não conseguem convencer a si mesmos, como vão convencer a quem pensa e tem ideário consolidado!?
    Abraço
    Maria Antônia

  26. Maria Antônia…

    Tudo o que você disse é a mais pura verdade.

    Essa gente da direita é torpe e não possui escrúpulo algum em falsear os fatos.

    Para reacionários a verdade é apenas o que conseguem passar como tal. Por isso é tão importante para eles enganar, afinal, se conseguem que a maioria das pessoas acreditem em suas proposições, então é justamente isso que será verdade e não o fato em si.

    Não adianta, por exemplo, explicar a um reacionário que o dito mensalão foi um julgamento de exceção, que foram escamoteadas provas da inocência dos réus, que caixa dois não é crime passível de prisão, que caixa dois todos os partidos praticam e praticaram, mas somente o PT foi condenado. Nada disso tem importância para um reaça. O importante é o que foi considerado como verdadeiro, não importando se tenha sido falso.

    Gente desonesta, fingida, maquiavélica e anti-petistas.

    Abraços.

  27. E você acha que a Federal está dormindo para aceitar qualquer besteira ?
    Mas um dia a casa cai. Dilma vai ganhar mais um mandato sabendo que o cidadão brasileiro está farto de trambiques de quadrilheiros.
    Vem uma guerra civil aí.

  28. Essa é a mais nova dos reacionários: posar de revolucionários.

    Estão dizendo que se Dilma ganhar vai haver uma guerra civil, na clara intenção de angariar os votos dos indecisos para Marina ou Aécio.

    Desconfio que esses aí são os mesmos que diziam que não iria haver Copa, depois garantiram que não ia ter Dilma, agora que já perderam até as calças estão dizendo que não vai ter paz.

    Será que alguém acredita nestas jostas?

  29. “vem aí uma guerra civil”
    Ahahahahaha!
    Vem, vem sim… e te cuida porque vou atirar na sua bunda!
    Que babaca…

  30. Boa, Maria Antônia..
    Assino embaixo;.
    Elemento como esse deve ter hemorroidas expostas.

  31. Ooops!
    O debate na Record é hoje, dia 28.
    O da Globo na quinta, dia 02, claro, após coisa mais importante do Brasil: a novela.

Trackbacks

  1. Ironia das ironias: Veja pode ajudar Dilma a ve...
  2. Un obispo británico revela que uno de cada 10 compañeros son gays en secreto | MANHAS & MANHÃS
  3. “Veja” pode ajudar reeleição de Dilma | MANHAS & MANHÃS
  4. Ironia das ironias: Veja pode ajudar Dilma a vencer a eleição - Bem Blogado
  5. » Ironias das ironias: Veja pode ajudar Dilma a vencer a eleiçãoEntre Fatos

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.