O grande segredo de Lula

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

 

A primeira vez em que entrevistei Lula foi em 24 de novembro de 2010, no Palácio do Planalto, a pouco mais de um mês de ele deixar a Presidência. Aquela entrevista marcou o fim de uma era em que a mídia e a oposição demo-tucana eram enfrentadas diuturnamente pelo então presidente.

Desde o avanço conservador viabilizado pelo escândalo do mensalão a partir de 2005, Lula passou a travar um forte debate retórico com seus adversários e não parou até o último dia de seu governo. Resultado: deixou o Planalto com mais de 80% de aprovação.

Apesar de tolhido pela liturgia do cargo, naquela entrevista de algumas poucas horas em 2010 Lula travou mais debate político com seus adversários do que a presidente Dilma em 3 anos e 3 meses.

Da posse de Dilma em diante, porém, o governo federal tratou de tentar estabelecer uma convivência “civilizada” com os adversários.

Já no primeiro mês de 2011 a presidente foi à festa de 90 anos do jornal Folha de São Paulo, depois foi ao programa Ana Maria Braga e nunca mais objetou qualquer ataque da mídia ao seu governo.

Ao longo de seu primeiro ano, Dilma assistiu a mídia derrubar uma série de ministros, um a um. Em alguns casos, como o do comunista Orlando Silva, então ministro do Esporte, houve grave injustiça. Nem uma única denúncia da mídia contra ele se comprovou.

Não estou criticando Dilma. Acho que ela fez muito pelo país. Só quem sabe quanto sofreram outros povos com a crise econômica internacional é capaz de avaliar como ela foi competente ao longo dos últimos três anos e tanto; impediu os brasileiros de pagarem a conta de uma crise que pôs o mundo de joelhos.

Em minha opinião, Dilma fez um governo igual ao que Lula teria feito se tivesse permanecido no cargo. Aliás, talvez ela tenha ido ainda mais para a esquerda do que ele. Ousou mais, inclusive. Até pelas condições que herdou do antecessor…

É doloroso ver a mídia tentar carimbar na testa de Dilma a pecha de “incompetente” após ela ter impedido que os brasileiros pagassem o custo de uma crise desse quilate. Gerou uma quantidade imensa de empregos, os salários continuaram subindo, a inflação se manteve sob controle, conduziu com brilhantismo o primeiro leilão do pré-sal.

A despeito disso tudo, Dilma não desfruta da mesma boa situação de Lula em termos de popularidade. Simplesmente porque Dilma não é Lula. Aliás, só Lula é Lula.

Dilma não é política, é uma técnica. Debutou em eleições em 2010. E o fez com igual brilhantismo. Mas Dilma não rebate o alarmismo e o pessimismo como Lula fazia. Não se comunica com o povo, com os movimentos sociais, mantém-se focada apenas na governança.

Dilma é uma gerente.

Gerenciar o governo é necessário. Claro que, sendo presidente, ocupando um cargo político, essa gerência tem que ser temperada com uma pitada de política e isso ela faz. E saberá fazer mais, quando chegar a hora. Até porque, já fez em 2010. E com muito menos tarimba do que tem hoje.

Na última terça-feira, porém, Lula entrou em campo. Deu entrevista a blogueiros, entre os quais este que escreve. Só que, desta vez, liberto da liturgia do cargo de presidente, ele falou tudo que tinha entalado na garganta, provocado pelos blogueiros que o arguiram.

Neste ano eleitoral, pois, Lula fará o que Dilma não pode – por ser presidente – e o que pode mas não tem toda aquela habilidade para fazer.

Lula, mais uma vez, colocará em campo a sua tonitruante popularidade e, assim, será, de novo, fiador da presidente junto aos que pedem que ele volte por não quererem votar nela, por razões variadas.

Nesta segunda entrevista com o presidente emérito da República Luiz Inácio Lula da Silva, porém, pude obter dele o que não obtivera em 2010: descobri o segredo de sua exitosa trajetória política.

Lula foi arguido de todas as formas e sobre uma miríade de temas propostos pelos blogueiros na entrevista de cerca de três horas que lhes concedeu no Instituto que leva seu nome – e que o leitor poderá conferir ao fim deste post.

Não irei, porém, reproduzir, ponto a ponto, suas respostas. Isso já foi feito à exaustão por uma imensidão de jornalistas.

A entrevista teve uma enorme repercussão. Chegou a ter o link da transmissão por streaming veiculado em manchete principal dos maiores portais da internet (UOL, G1, Estadão etc.). Muitos viram e relatos do que ocorreu não faltaram.

Quero ficar, pois, na percepção que consegui extrair da figura humana de Lula quatro anos após a primeira oportunidade que tive para tanto.

Finalmente descobri o grande segredo de Lula, que lhe permitiu chegar aonde chegou: ele não tem ódio. Lula não se deixa embriagar pelo rancor. Ele se diverte com os ataques que recebe, mas não nutre sentimentos negativos.

Muito disso se deve ao fato de que não perde tempo com leituras das “reportagens”, dos editoriais, das colunas que pouco encerram além de opinião, mesmo quando prometem fatos e não opiniões.

Os blogueiros conversamos com Lula por mais de quatro horas, desde que chegamos ao seu Instituto até a hora em que ele nos deixou. Ninguém se cansou. Pelo contrário: ele tempera suas falas com bom humor, conta “causos” envolvendo desde chefes de Estado das maiores potências até os dos menores países dando a todos a mesma importância.

Ficamos sabendo, por exemplo, que o ex-ditador egípcio Hosni Mubarak era uma figura detestada por todos nos encontros de chefes de Estado. Antipático, arrogante. Lula nunca gostou dele, quem, inclusive, isolava-se de seus pares. Chegava, discursava e se mandava.

O que me surpreende em Lula, porém, é a forma como se refere aos que o atacam há décadas com todo ímpeto possível e imaginável. E mesmo aos que não o atacam diretamente, mas atacam.

Vejam o caso de Joaquim Barbosa. Não há raiva. Lula se limita a dizer que, sob os critérios que usou para indicá-lo para o STF – ser o jurista negro com melhor qualificação para o cargo de ministro daquela Corte –, repetiria a indicação.

E manda uma espécie de aviso ao escolhido: seu comportamento é de sua exclusiva responsabilidade.

Sem se deixar contaminar pelo ódio que lhe dedicam, Lula preserva sua capacidade de raciocínio – e, de quebra, até uma elogiável generosidade para com os seus detratores.

Com a alma leve é mais fácil fazer escolhas, traçar estratégias, refletir muito antes de agir – aliás, outra tática de Lula para as decisões políticas exitosas que tomou ao longo da parte de sua vida em que venceu o preconceito e se elegeu.

As receitas de vida de Lula são simples e recomendáveis. E as receitas políticas, idem. Ele recomenda ao governo que não deixe as críticas à gestão sem resposta, que rebata cada distorção. Inclusive, dá a mesma receita à Petrobrás. Já deu, pois, todas as dicas. Falta o governo assimilá-las.

*

Confira, abaixo, a íntegra da entrevista de Lula a blogueiros

 

Tags: , , ,

163 Comentário

  1. Edu vc viu a Gleise hoje a tarde no Senado? que mulherzinha danada, partiu para o ataque e encarou os tucanos de forma elegante e consistente…acho que Lula botou o bloco na rua..

    • alem de danda, muito charmosa!!! eu vi seu pronunciamento no senado!! parabens ministra senadora!!!

      • Quem gosta muito dela também é o agronegócio, especialmente no seu estado de origem….

        Verdadeira esquerda no Paraná é o senador Roberto Requião, que aliás foi terrivelmente injustiçado
        pelo “Il Profeta” Lula…. O ex-presidente disse que errou ao apoiar Requião quando este último vem apoiando
        Lula à presidência desde 1989 diferentemente desses neoaliados….

        • Fabricio, você por acaso é do Paraná? penso que não, caso contrário saberia muito bem quem é o Requião, de esquerda ele não tem nada, os seus amiguinhos aqui na Assembleia todos de mãos dadas com a direita e inclusive com o agronegócio viu.

          • Requião é a única alternativa de esquerda ao governo do Paraná…. Todo mundo sabe disso!! Agora se
            o fanatismo cego ao dizeres de “Il Profeta” Lula não deixa muitas pessoas enxergarem, paciência…..

            Requião é muito mais de esquerda do que toda, REPITO: TODA a cúpula do PT…..

  2. Já é público e notorio o fato de que Lula é tal como massa de pão,quanto mais batem,mais cresce,ao contrario de FHC,que quanto mais fala,mais se afunda.

  3. Se alguma alma piedosa puder me informar onde está o vídeo do Contraponto de ontem, agradeceria muito. Estranhei não ter sido transmitido em nenhum blog, só no próprio bancários. Só peguei o final, queria ver inteiro. Pensei que este blog transmitiria… Não acho em lugar nenhum! Obrigada desde já.

  4. Caro Eduardo,
    Belo trabalho! Muito obrigada a você e aos outros blogueiros. Ouvir o ex-presidente Lula falar sobre política é um deleite! É prazeroso e inspirador, como também motivo de muito orgulho!
    É possível que o Lula seja o único político brasileiro que verdadeiramente conheça o Brasil em todas as suas complexidades e contradições tanto sociais quanto políticas.
    A oposição política brasileira representada na sua maior força pelo PSDB, DEM, PPS e mais recente pelo PSB, há de realmente ficar muito preocupada – visto que conhecimento político e conhecimento vivencial das necessidades sociais iguais as do ex-presidente nenhum deles tem, uma vez que, de fato, nenhum deles experimentou ou mesmo teve interesse e vontade de conhecer as reais necessidade dos brasileiros, mas, pelo contrário, passaram décadas ignorando e achando que poderiam continuar com seus discursos retóricos de que eram contra a miséria, o desemprego, o aprofundamento das desigualdades, contudo sem oferecer políticas de inclusão e principalmente sendo contrários a toda e qualquer manifestação de massa que tivessem a intenção de reivindicar esses direitos. O MST é exemplo dessa rejeição. O desespero está tão evidente que hoje, em palestra no Museu de Arte do Rio, o senhor Fernando Henrique Cardoso disse à plateia: “eu sou um político de esquerda, mas ninguém acredita”. Por que será? Na plateia estava o escritor Paulo Sérgio Rouanet, autor de “Razão Cativa” – talvez estivesse querendo justificar e/ou se desculpar por, durante toda sua vida política, ter se dedicado a transformar a razão da intelectualidade brasileira, inclusive, a própria em razão cativa europeia e americana!
    Já a oposição da mídia comercial, essa requer mais atenção e cuidado, porque, queiramos ou não, ainda tem muita influência sobre olhos e ouvidos de muitos brasileiros que, por insuficiência de conhecimento, não consegue perceber o que é informação séria de manipulação. Não sabe separar o joio do trigo – e como dizia Mark Twain: “o jornalismo é a arte de separar o joio do trigo e publicar o joio”, e a Rede Globo e congêneres são hábeis nessa arte de publicar o joio. E para quem não tem muito conhecimento e convicção do que quer, qualquer coisa serve.
    Abraço
    Maria Antônia

    • Minha Cara Maria Antônia…

      Seu comentário é um primor, na essência e na gramática.

      Abração do amigo Wilson.

      • Meu caro Wilson,
        Obrigada pela gentileza. Neste momento meus melhores sentimentos são para você.
        Abraço
        Maria Antônia

      • quando o golbery mandou chamar lula em brasilia para saber de sua opção politica, recebeu do lula a seguinte resposta: militar é militar , metalurgico é metalurgico. quem entende mais de povo? de trabalho de sindicato de trabalhadores. eu só brigo por melhores salários para os trabalhadores. ele ouviu do golbery, aquilo que ouviu do obama: esse é o cara.

    • Quando na mudanças de ciclos por exemplo diminuir a desigualdade de renda das famílias; as forças em disputa se agigantam. Nos temos a convicção de que Lula vem representar um fulcro na mudança de ciclo. E os blogueiros representam as “fundas de Davis contra o Golias-quadrilha-PIG/STF/Oposição/MPF de Roberto Gurgel. Por energias transcendentes somos intuídos para tornar realidade a utopia “País rico é país sem pobreza”

  5. Eduardo, é muito bom ler seus posts exatamente por isso que você mostrou aqui: você tem não apenas uma postura política muito clara, mas uma sensibilidade imensa.

  6. É inegável o carisma e a capacidade de comunicação do Lulla. Falar disso é chover no molhado. Porém apenas isso.
    Lulla não tem “conhecimento” como gostam de dizer.

    Divergencias são normais. Querer que dilma e lulla sejam sempre concordantes em tudo é secundário à crença infantil na intocabilidade de Lulla. Ninguém é intocável, Lulla menos ainda.

    Quanto à economia, os sinais estão aí. Negar é baboseira eleitoreira. Igual a isso é negar a epidemia de Dengue, negar que teremos racionamento de água em SP….

    • Sr.Nigro, sinceramente, escrever Lula com dois lls é que é uma tremenda infantilidade. O que é isso? Sugeres que ele “é tão ladrão quanto Collor”? Ou é uma provocação para chamar a atenção?
      Compromete o que voce diz, que apesar de estar equivocado, é colocado de forma racional e argumentativa. Então esquecendo os “lls”, eu te digo, enquanto voces conservadores acharem que o fenômeno Lula é apenas por conta de carisma, continuarão perdendo eleição atrás de eleição.
      E o que Lula disse sobre a economia é claro e cristalino. O mundo inteiro está em crise, e o Brasil é um dos poucos que está razoavelmente bem. A China sair de um crescimento de 13% para 7% não te diz nada?

      • Lulla- ou Lula. “Just a typo”?
        Pouco me importam as eleições. Tenho pouquíssimas esperanças para o Brasil.
        Basta ver o rol que se coloca. Dilma, eduardo, aecio…. Como ja disse entre esses caras fico com um copo de vodca duplo.
        Pior é a Marina. Confesso que entre as duas nem a vodca resolveria.

        O pais caminha para a hipervalorização do “estado”- perdulário, corrupto e ineficiente- sobre onindividuo.
        E vai além da extorsão tributária. Querem moldar o que se pode dizer e pensar.
        Ser uma “ex guerrilheira” aparentemente não incutiu grandes sentimentos libertários em Dilma e seus parceiros. O que querem é empurrar goela abaixo sua politica estatizante e centralizadora, que não incentiva a inovação e progresso.
        Não fosse pelo nefasto ” capitalismo” não teríamos nem telefone, nem motor à combustão, nem borracha vulcanizada, nem energia eletrica. O empreendedorismo individual está fora da pauta. E portanto eu estou fora da pauta.

        Pior. Todo partido ou é ” social” ou é “trabalhista” ou é “democratico”. Ninguem é liberal ou empreendedor. Pega mal no brasil ter sucesso.

        • A maioria das histórias de “sucesso” que você vê nas classes mais abastadas não passam de uma bela herança, de belas escolas, de tudo que o dinheiro do papai e da mamãe pode comprar. As verdadeiras histórias de sucesso advém daqueles que, como Lula, sobrepujaram as dificuldades, a carência, a falta de “berço”, mas essas histórias são raras. Esse é o problema dessa classe média cretina: achar que vive melhor porque “trabalha” mais. Vejo esse povo trabalhador cumprindo jornadas escravagistas e ganhando uma miséria e ainda sendo acusado por cretinos idiotas filhinhos de papai que ganharam tudo na vida atribuindo seu “sucesso” a si mesmo e dizendo que pobre é pobre porque “não gosta de trabalhar”. Queria escrever um palavrão pra terminar, tal a indignação que esse seu comentário imbecil me provocou

    • Caro Nigro,
      As coisas boas devem sempre ser faladas, ditas, repetidas, lembradas e relembradas. São os adubos da alma. E chover no molhado é uma maravilha! Quanto mais chove no mesmo lugar, mais a terra fica úmida e daí para virar brejo é uma certeza. E para plantação de arroz, bananeira e a criação de sapos e rãs, então é excelente!
      Quanto ao Lula ser intocável. De onde você tirou isso? O próprio Lula é muito autocrítico! Nenhum de nós é intocável. Somos seres humanos. O que nós que admiramos o senhor Lula queremos é apenas que nos respeitem por admirá-lo! Eu por exemplo, se você me apontar um político no Brasil digno da admiração e do respeito de que desfruta o ex-presidente, eu vou gostar, pois gosto de distribuir meus sentimentos bons. Os ruins são só meus e não partilho com ninguém!
      Abraço
      Maria ntônia

    • Lu l l a ?
      não conheço.

  7. A tal regulamentação da mídia trataria este caso como?

    O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a condenação da 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que deu ganho de causa ao diretor responsável pela Central Globo de Jornalismo, Ali Kamel, contra o jornalista e apresentador do “Domingo Espetacular”, da Record, Paulo Henrique Amorim.

    O caso foi julgado pelo presidente do STF, Joaquim Barbosa, que manteve a condenação que deferiu que Amorim terá que pagar 60 mil reais de indenização a Ali Kamel, por dizer que ele é racista no livro “Nós não somos racistas”.

    Na condenação do TJ-RJ, o juiz Rossidelio Lopes da Fonte disse que além de levar os leitores de seu blog e do livro a entenderem que Kamel é racista, Paulo Henrique “fez de seu passatempo quase diário perseguir o autor com publicações demasiadamente ofensivas e desrespeitosas, que certamente estão longe de serem críticas de cunho jornalístico ou exercício legítimo do direito de livre manifestação de pensamento assegurado pela Constituição Federal”.

    Alias diga se de passagem, para quem sempre ameaça os outros de arrancar as calças em um processo, precisa tomar cuidado em não confundir as calças.

    • O que tem a regulação da mídia a ver com uma ação por danos morais? Regulação da mídia tem nos EUA, na Europa, só no Brasil não tem. Nos EUA, por exemplo, você não pode ter um jornal e uma tevê na mesma cidade. Aqui permitem concentração de propriedade de mídia que em país civilizado não pode haver. Será mesmo que você acha que a regulação da mídia tem algo que ver com isso? Você é doido? Sobre o processo de PHA, vocês adoram reproduzir sentenças de processos que ele perde e se fingem de mortos quando ele ganha. Que tal você sair espalhando o processo de Joaquim Barbosa contra o Noblat por racismo?

      • Nem sabia que JB estava processando Noblat…mas foi ótimo vc me alertar, assim lerei a respeito..

        • Caro Wilber London,
          Você não sabia?! As baratas da minha casa sabem! Os blogs de direita não têm essas informações.
          Abraço
          Maria Antônia

      • Edu, esse pessoal não entende o que ler. Não perca tempo com esses indivíduos, pois só querem um palco para manifestarem sua baboseiras.

      • Concordo plenamente Edu.

        Aliás, esse é um ponto crítico no Brasil hoje. A falta de regulação da mídia. Ela concentram um poder tal que pode ser considerada um quarto poder que atrapalha o equilíbrio dos outros três e assim a democracia.

    • Quando chamavam a Dilma de sapatão não vi nenhuma manifestação de indignação, nem de gentinha como vc e nem de ‘expressivos formadores de opinião’.

      E ademais, joaquim batman obviamente condenaria o PHA.

      Leva umas sarrafadas dele todos os dias.

      Por aí vc percebe o grau de imparciaidade do ‘justiciario’ nacional…

      Liberdade de expressão no Brasil é só para a imprensalona, o resto tem de ficar quietinho, né?

    • Inclusive aí em sua cidade, mister London, acabaram de aprovar uma lei tornando a regulação da mídia mais rigorosa. Isso por conta do Civita (que Deus o tenha) deles, o Murdok, ter infingido todas as leis possíveis em nome dos seus intere$$es.
      Aqui a jusitça dá ganho de causa ao Kamel que seria aquela tal Margarette, editora do Murdok, em sua perseguição aos blogueiros sujos. Por isso a necessidade da ley de medios, exatamente o oposto do que voce disse

    • PHA é uma piada. O cara é claramente partidário e petista. (Agoooooora, né…)

      Ele ganha processos fáceis, que os caras entram só para pressioná-lo à toa e fazê-lo torrar fortunas com advogados. Eu queria ser advogado dele. Trabalho não falta.

      A regulação da mídia pode sim ser boa se, entre outras coisas, proibisse-se os politicos de terem canais- MESMO, e não de brincadeirinha como diz a lei.

      Agora, querer criar cotas, sem respeitar o poder de decisão do consumidor, é baboseira. Isso não refelte a lei de mercado. Um filme bom, vai ser assistido. Um filme ruim não.

      No fundo o que a turma do PHA quer é se “vingar” da globo, por pura dor de cotovelo.
      PHA se julga um suprer-jornalista, enquanto os demais- pura e simplesmente por -supostamente- pensarem diferentemente dele são de “baixa qualidade”… Isso fora aquele bordão irritante.

      A Globo é um lixo. Afinal, ela reflete o que a sociedade brasileira é. É um ciclo vicioso de Big Brother, Novela, e imbecilidade endêmica, crônica, numa retroalimentação perene.

  8. MARIA!!!
    Wilsom falou!!!! A gente assina embaixo.

    • Cara Sirlei,
      Um grande abraço. Não sei você leu meus agradecimentos por me apresentar ao artista Xiru Missioneiro, mas reforço o agradecimento. Muito, muito… obrigada. Foi uma verdadeira aula de vocabulários desconhecidos, por mim.
      Gosto muito do meu nome porque representa muito bem minha personalidade, mas também adoro que me chamem apenas de Maria.
      Um grande abraço
      Maria Antônia

      • MARIA !!
        Obrigada!!!
        Graças ao SR. EDU,temos a oportunidade de conhecer tanta ‘gente fina’ digo fina pois , leio quase todos os comentários e fico encantada tamanho conhecimento.Amo essa “morada” , não tem tramèla,não tem grade,simplismente todos entram aqui ,vez enquando uns “”esquentados”e “raivosos” , mas são respondidos adequadamente.O que seria do mundo se todos tivessem oo mesmos “gostos?Seria uma monotomia!! Entâo quando tiver um tempinho< escute a musica "BATENDO AGUAS" ´`é muito linda!!!
        Abração de coração a você e todos amigos!!!

        • Cara Sirlei,
          Muito bonito o que você escreveu! Grata! Amo todos os conhecimentos, mas nenhum me enche mais o peito de doçura do que o da experiência e da natureza!
          Abraços
          Maria Antônia

  9. Edu, voce acha que num eventual segundo mandato da dilma, pode haver mudanças sobre regular midia, relação com a midia, distribuição de verbas ( houve troca na secom mas ficou tudo igual), ou vai fazer omelete no programa da manhã e apanhar sem parar nos jornais da noite ?

  10. Edu, me sinto obrigado a parabenizar voces de novo. Essa entrevista colocou cara a cara o que o Brasil tem de melhor no momento em termos de pensamento político. O Lula e os blogueiros sujos. Uma aula a respeito do Brasil das últimas décadas.

  11. Boa tarde Eduardo.
    Acabo de voltar de um congresso, foram alguns dias sem acompanhar o Blog.
    Olha Eduardo, vou te dizer uma coisa, se o Lula sai candidato, meu voto é dele!!!
    Aqui esta meu manifesto, feito público.
    Um abraço Edu.

  12. Fora de pauta.
    Resposta da Vanessa Grazziotin à ex-deputada venezuelana golpista, Maria Corina, em 02/04/2014 no congresso e que teve pouquíssima repercussão por aqui.

    http://www.contrainjerencia.com/?p=85699

    Meus parabéns à Vanessa.

  13. Não há absoluta certeza no cumprimento de profecias pois dependem de “veículos” que a sustentem. Diria até que a mereçam.

    Para mim tenho que Lula intuído aceitou liderar uma profecia. É anátema de falsas elites. Elite falsa, pois não existe para SERVIR. Lula cumpre o mito de cobrador de tais falsas elites. Pelo mito tem que ser um “chão de fabrica” para tornar mais evidente, mais contundente que a sabedoria em servir o povo deveria antes ser conduzida por elites acadêmicas mas estas se tornam falsas pois usam do conhecimento para o seu exclusivo egoísmo,quando conquistam privilégios indevidos pois é inaceitável, indecorosa a desigualdade de renda das famílias brasileiras no país mais rico do planeta desde que foi criado.

    Vejam o caso da Petrobras; antes não “sabíamos” da existência do pré sal, apesar de constar da profecia de que “entre as bacias do Prata e do Amazonas surgirá uma nova civilização. Agora esplendor da raça ibero americana miscigenação de povos de todas as origens com os índios e negros”
    A profecia de “pensar” com o coração-amor cidadão e “sentir” com mente-usar a tecnologia para o bem comum.

    Então logo após a descoberta do pré sal Lula propõe que parte dos benefícios sejam usados para alavancar a educação. O que vimos e o que vemos contrários a essa aplicação não querem que seja feito a alavancagem da educação porque querem continuar a usufruir dos privilégios conquistados desde 1500. Nassif e Lembo outro dia diagnosticaram um “Medo” e uma desavergonhada pregação a favor de golpes – “

    “A democracia é um processo permanente de inclusões sucessivas. Também é o regime de maior instabilidade (e medo) das pessoas e “Grupos tradicionais têm o poder; grupos emergentes têm o voto. Por aí se instaura o caminho para os golpes”- Nassif.

    “Um fato novo agravou o tradicional medo da democracia das elites. Há dez anos, pela primeira vez na história, o Brasil é governado por uma coalizão de esquerda” – Lembo.

    Odiá-los, dizimá-los, destrui-los não é função da missão dos que se afinam com a evolução do povo brasileiro pois paradoxalmente eles (a quadrilha PIG/STF/PSDB etc/MPF por Roberto Gurgel cumprem fazer OPOSIÇÃO estratégica usando da liberdade que têm devido o seu livre arbítrio. Evidentemente todos nós respondemos pelo partido que tomamos. Lula disse por exemplo que os atos de Joaquim Barbosa são de inteira responsabilidade dele mesmo JB.

    A quadrilha lança mão da calunia, da infâmia, do assassinato de reputações (golpe de 1964; ficha falsa de Dilma. De querer usufruir imediato e exclusiva dos benefícios do pré sal ao ponto de destruir a Petrobras – privatizando-a para o consumo conspícuo dos ricos.

    Esta oposição estratégica tem servido paradoxalmente para aprimorarmos a nossa participação na internet. Um cotidiano transcendental. Somos as “fundas” de Davis em luta contra os Golias

  14. Na eleição passada Dilma precisou do segundo turno para se eleger. Se for eleita, só no sgundo.

  15. Assisti praticamente as 3h30min da entrevista do estadista Lula. Grandeza, sabedoria cativantes. Um orgulho para este povo, escondido sistematicamente pela mídia venal. Regulamentação da mídia já!

  16. FORA DE PAUTA, MAS IMPORTANTÍSSIMO
    FONTE: BLOG DO NASSIF

    O histórico de perseguição a José Dirceu

    qui, 10/04/2014 – 19:31 – Atualizado em 10/04/2014 – 20:36
    Patricia Faermann

    Jornal GGN – O último e mais recente capítulo das ações da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal contra José Dirceu envolve a quebra de sigilo telefônico de cinco operadoras de celular, durante um período de 16 dias, de todas as ligações efetuadas e recebidas em duas coordenadas geográficas: Latitude – 15°55’04.51” S e Longitude 47°47’04.51” – onde se encontra o Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, e a Latitude – 15°47’56.86” S e Longitude – 47°51’38.67” – onde se encontra o Palácio do Planalto.

    Trata-se da Ação Cautelar 3599, que foi mais uma solicitação do Ministério Público do Distrito Federal, acatada pelo juiz da VEP Bruno André Silva Ribeiro e que tramita hoje no Supremo Tribunal Federal. (Anexo 1)

    Uma petição feita pela defesa de Dirceu questionou a ação. “O mais grave é que um dos pontos físicos estabelecidos no pedido de quebra de sigilo, ao que indicam as coordenadas fornecidas pelo MP/DF, corresponde ao Palácio do Planalto, sede do Governo brasileiro”, afirma a defesa. (Anexo 2)

    A constatação de localização ocorreu depois que os advogados de Dirceu apoiaram-se em análise de um engenheiro agrônomo, Juvenal José Ferreira, que utilizou paralelos e meridianos para identificar as localizações das coordenadas, concluído em um relatório. (Anexo 3)

    A dimensão do pedido do juiz da Vara de Execuções é o desfecho de umasequência histórica de perseguição a José Dirceu, impedindo seu direito a trabalho externo, como parte do regime semiaberto a que foi condenado.

    Acompanhe o histórico que o Jornal GGN resgatou:

    23/11/2013: Por indicação de Joaquim Barbosa, o titular da Vara de Execuções Penais do DF, Ademar Silva de Vasconcelos, foi substituído por Bruno André Silva Ribeiro, que ao lado de Ângelo Fernandes de Oliveira e Mário de Assis Pegado, começam a conduzir a aplicação das penas dos condenados da AP 470: http://bit.ly/1hwoCvl

    25 e 26/11/2013: Dois dias depois, os três juízes realizam inspeção ordinária e relatam clima de instabilidade e insatisfação no sistema prisional do DF. Foi nesse relatório que os magistrados deram a declaração: “Essa quebra [de postura isonômica] encontraria justificativa apenas se fosse possível aceitar a existência de dois grupos de seres humanos: um digno de sofrer e passar por todas as agruras do cárcere e, outro, o qual dever ser preservados de tais efeitos negativos, o que, evidentemente, não é legítimo admitir”.

    28/11/2013: Mais dois dias se passam, e os juízes da VEP Bruno Silva Ribeiro, Ângelo Fernandes de Oliveira e Mário de Assis Pegado determinam a isonomia entre os presos do Complexo da Papuda, em “estrita observância por parte das autoridades penitenciárias do DF das prescrições regulamentares, legais e constitucionais, especialmente no que se refere ao tratamento igualitário a ser dispensado aos internos e visitantes do sistema penitenciário local”: http://bit.ly/Qauoqy

    17/01/2014: Coluna Painel, da Folha de S. Paulo, publica nota de que Dirceu teria usado celular de dentro do presídio da Papuda para conversar com o secretário de governo do Estado da Bahia, James Correia.

    17/01/2014: No mesmo dia, Bruno Ribeiro determinou “a formalização da devida ocorrência administrativa e respectiva instauração de inquérito disciplinar”, além de requisitar a realização de diligências com os funcionários do presídio para apurar os fatos do dia 6 de janeiro – data que o jornal apontou como o dia do uso do celular. Bruno também suspendeu, cautelarmente, “a análise de eventuais benefícios externos ao sentenciado, até a conclusão do apuratório disciplinar”, ou seja, a análise da possibilidade de trabalho externo.

    20/01/2014: Bruno André Silva Ribeiro recebeu ofício do Diretor do Centro de Internamento e Reeducação do presídio informando que determinaram a imediata abertura de investigação pelo Núcleo de Inteligência e a Gerência de Segurança Penitenciária para apurar os fatos e que “até a presente data, nenhum fato foi detectado que possa confirmar o contato telefônico do interno com o mundo exterior”.

    22/01/2014: o Coordenador-Geral da Gerência de Sindicâncias da Subsecretaria do Sistema Penitenciário declarou, em despacho administrativo, que no dia 6 de janeiro José Dirceu passou por revista corporal antes e depois das consultas com seus advogados, “em sala adequada, separada por um vidro, dentro da área de carceragem, impossibilitando assim qualquer contato físico, apenas visual e verbal” e “foi também realizada minuciosa revista na Cela S-14, oportunidade em que nenhum material e/ou objeto proibido foi encontrado”. Por último, ficou “comprovado que JOSÉ DIRCEU não saiu da carceragem do CIR para outro atendimento na Administração daquele Centro”. “Assim, entende-se por inverídica e improcedente a Denúncia (…) DETERMINO o arquivamento do presente caso, salvo algum fato novo que venha à tona e justifique novas diligências”.

    23/01/2014: o Subsecretário do Sistema Penitenciário noticiou Bruno a “inexistência de materialidade do caso em comento, conforme Relatório nº 02/2014 – NI/CIR”.

    24/01/2014: o juiz da VEP recebeu novo ofício do Diretor do Centro de Internamento e Reabilitação, afirmando que “‘tem o fato por inverídico e arquiva o presente caso”. Entretanto, no mesmo dia e com todos os documentos a mão, Bruno André Silva Ribeiro reiterou a determinação judicial anterior para que fossem realizadas diligências, mantendo, assim, a suspensão da análise de eventuais benefícios externos ao sentenciado.

    29/01/2014: O ministro do STF Ricardo Lewandowski, ocupando a presidência da Corte enquanto Joaquim Barbosa estava de férias, acatou o pedido de trabalho externo de José Dirceu. (Anexo 4): http://bit.ly/1qzKhlF

    11/02/2014: Assim que retornou de férias, Joaquim Barbosa revogou a decisão de Lewandowski. Mesmo com as diligências respondidas à VEP e as solicitações de arquivamento pelo Centro de Internamento e Reabilitação, Bruno não arquivou a investigação, possibilitando que Barbosa “reparasse” a decisão de Lewandowski, acusando-a de fazer “atropelamento do devido processo legal”: http://bit.ly/1c3vCvq

    Até hoje, a investigação não foi arquivada.

    25/02/2014: O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios pediu que a Justiça tome providências para acabar com as supostas regalias recebidas pelos condenados da AP 470, no complexo da Papuda. Os promotores citaram uma feijoada feita dentro do presídio – fato também com base em uma reportagem de jornal. O presidente da OAB, Alexandre Queiroz rebateu a versão: “eles tomam banho de sol com outros presos e não recebem tratamento diferenciado”, disse depois das visitas que fez à Penitenciária.

    26/02/2014: No dia seguinte, o magistrado pede para deixar a Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, ao lado de seu colega auxiliar na VEP, Ângelo Pinheiro Fernandes de Oliveira. A justificativa foi justamente a interferência política no presídio com as regalias concedidas aos condenados. Coincidentemente, Bruno tinha marcado para o dia anterior (25) o depoimento de José Dirceu nas diligências e investigação do suposto uso de celular, que foi adiado. Quanto mais o episódio é prolongado, mais tempo também leva para a resposta ao pedido de trabalho externo de Dirceu: http://bit.ly/1mKrzuZ

    27/02/2014: O dia é de “derrota” para Joaquim Barbosa que foi derrotado na votação dos embargos infringentes – os réus da Ação Penal 470 são absolvidos do crime de formação de quadrilha: http://bit.ly/1ka592V

    27/02/2014: No mesmo dia, ainda no caso de Dirceu do uso de celular, o aliado de Barbosa na VEP, Bruno André Silva Ribeiro determinou que os dirigentes de estabelecimentos prisionais deixem de cumprir norma interna da Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe) e exigiu esclarecimentos do governador Agnelo Queiroz, em 48h, sobre as investigações e condições dos presídios locais. Além disso, Bruno suspende ainda o direito de Delúbio Soares trabalhar: http://bit.ly/1lTFihW

    07/03/2014: Depois de uma semana, a Subsecretaria do Sistema Penitenciário responde a solicitação de Bruno, que questionou se o DF teria capacidade para custodiar os condenados. A Sisepe ironiza a VEP sobre regalias na Papuda: “Não só temos condições de custodiar os aludidos sentenciados, como também qualquer outro preso da nossa Federação, seja Fernandinho Beira-Mar, Marcola do Primeiro Comando da Capital, Professor do Comando Vermelho, Matemático do Amigo dos Amigos etc…”. O governador Agnelo Queiroz disse que o magistrado não apresentou fatos concretos sobre as regalias e acusou Bruno de ter feito uma afirmação falsa, “despida de despida de qualquer indício de prática de atos ilegais e ilegítimos”, sugerindo que o juiz fosse investigado pela Corregedoria: http://bit.ly/1hwoTOF

    25/03/2014: A Corregedoria do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) cobrou explicações do juiz da Vara de Execuções Penais Bruno André Silva Ribeiro sobre as ordens expedidas na véspera do feriado do carnaval, consideradas despropositadas pelo governador do DF. No mesmo dia, Bruno pede novamente a saída da VEP e afirma: “compete ao Juiz da execução zelar pelo correto cumprimento da pena e tomar providências para o adequado funcionamento dos estabelecimentos prisionais” (Anexo 5): http://bit.ly/1hwoSdw

    01/04/2014: Joaquim Barbosa envia documento ao CNJ defendendo Bruno Ribeiro, determinando que o governador do DF e a Subsecretaria devem responder aos esclarecimentos solicitados pelo juiz da VEP em 48 horas; que se suprimam as diferenças de tratamento entre os detentos, como já havia solicitado Bruno; e Barbosa ainda determinou ao CNJ (do qual é presidente) que o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios revise o ato administrativo contra Bruno, parando a investigação do juiz pelo tribunal, inclusive revisando a sua transferência para outra Vara. (Anexo 6): http://bit.ly/1sHMvmW

    02/04/2014: No dia seguinte, depois de 4 meses depois que fez o pedido de trabalho externo e 2 meses com a solicitação trancada na Justiça pela investigação do celular, a defesa de José Dirceu encaminhou a Barbosa uma petição de urgência e prioridade para dar seguimento à análise da atividade externa. (Anexo 7): http://bit.ly/1kOtlWZ

    02/04/2014: No mesmo dia, e seguinte à proteção de Barbosa, Bruno Ribeiro se vê resguardado para a abertura de uma nova ação contra José Dirceu e as investigações sobre o uso de celular: a atual quebra de sigilo telefônico.

    “Ou seja, para investigar uma nota de jornal que já foi investigada, o MP/DF pede que 5 (cinco) operadores de telefonia enviem todas as ligações de celulares, efetuadas e recebidas, envolvendo todos os usuários que trabalham no Palácio do Planalto no intervalo de 16 (dezesseis) dias”, diz a petição da defesa.

    “O absurdo da pretendida quebra de sigilo telefônico revela o quão indiscriminada, genérica e abusiva é a medida pleiteada pelo MP/DF, sem considerar, ainda, a sua absoluta falta de justa causa, uma vez que possui como base enfática somente uma note de jornal que já foi cabalmente investigada em procedimento que contou com a participação do Poder Judiciário e Ministério Público”, conclui.
    Arquivo

    • Concordo plenamente com o
      11/04/2014 • 07:00
      Nâo é possível que, possivelmente, um portador de um recalque muito grande, constrangido, cheio de ódio, por estar na mão,e dever favor a globo, (um emprego para filho), possa fazer o que bem entender com um prisioneiro. Esse Bruno é igual ou pior, como pode aceitar absurdos como esse. Quanto eles devem estar recebendo para agir desse modo. Isso é “mensalão”
      Penso que os advogados do Dirceu devam recorrer a estâncias estrageiras, outros tribunais internacionais. Se acontecer um acidente e até a morte do Dirceu, quem se responsabilizará?
      Cadê esse minusculo Ministro da Justiça?

  17. Por tudo isso: Lula Presidente 2014!

  18. Eu acabei de assinar esta petição — você não quer se juntar a mim?

    Para: STE, Governo, Congresso

    Proibição das doações de empresas a partidos políticos e candidatos…

    Esta petição é muito importante e poderá fazer uso de nossa ajuda. Clique aqui para saber mais e assinar:

    http://www.avaaz.org/po/petition/STE_Governo_Congresso_Proibicao_das_doacoes_de_empresas_
    a_partidos_politicos_e_candidatos/?mMtZYeb

    Muito obrigada

  19. Então presidente, vc viu mais esta vergonha ? Viu mais este exemplo do que eu falava aqui mesmo na segunda ou terça feira ?

    Viu do que a discípula gerente e sua equipe foi “capaz” de arranjar ? Viu ?

    Olha, lembro do sr passando os 4 primeiros anos tentado nos ANIMAR, tentando jogar a nossa “auto estima” lá pra cima ..tentando nos dar um motivo pra vida, pra nos orgulharmos, nos unirmos e nos esforçarmos, nos superarmos em prol dum futuro grandioso ..mas, mas aí..

    ..claro, não havia nada de errado no seu ato pois tudo foi feito como manda a boa cartilha que qualquer agente talhado pra se ser um ESTADISTA faria (diferente portanto dum Figueiredo, dum Collor e THC e da Dilma por exemplo) ..mas, no que todo aquele seu empenho deu ?

    Deu que hoje somos obrigados a ler textos como este que exporei e, de cabeça baixa, concordarmos que, SIM, o BRASIL é um FIASCO, e na maioria das vezes por culpa exclusiva dos políticos que insistem em levar o povo no BEIÇO !..políticos, bom que se diga, que pelo nosso modelo político, estão longe de representar a nossa gente (veja por ex. o senador que substituiu a Morta de Sp e que ninguém sabe o que, quem é, e o que pensa)

    ..infelizmente meu Presidente LULA, o que sabemos mesmo fazer é desviar, desperdiçar e ROUBAR, é analisar de forma rasa e apressada, é cancelar, aditivar, superfaturar e inviabilizar projetos como poucos povos no mundo se atrevem a atentar contra a sua própria gente, conta a sua própria Nação.

    Presidente LULA, me explica, o que estes falastrões e INCOMPETENTES querem ? Será que querem, depois de encherem suas burras, remeteram toda a grana e passarem sua velhice na Europa, na França, ou será que nas Ilhas Virgens Britânicas ?

    Por Reinaldo Azevedo

    Este post abre com a letra de uma música do excelente “Ultraje a Rigor”, que fez muito sucesso, mas cujo sentido, acho eu, não foi plenamente compreendido à época. E, em certa medida, não o é até agora, embora permaneça como um bom retrato do país. Volto depois.
    A gente não sabemos escolher presidente
    A gente não sabemos tomar conta da gente
    A gente não sabemos nem escovar os dente
    Tem gringo pensando que nóis é indigente

    Inútil
    A gente somos inútil
    Inútil
    A gente somos inútil
    Inútil
    A gente somos inútil
    Inútil
    A gente somos inútil
    (…)

    Voltei
    Leiam o que informa a VEJA.com. Retomo depois:
    Diante da ameaça que os atrasos nas obras do Rio já representam para a Olimpíada de 2016, o Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta quinta-feira uma verdadeira intervenção na preparação da cidade para o evento – e, agora, assumirá uma parte significativa do comando das obras. Em uma entrevista coletiva concedida em Belek, na Turquia, o presidente do COI, Thomas Bach, revelou uma série de iniciativas para permitir que sua entidade passe a ter um “papel central para coordenar” as decisões do Rio, incluindo a contratação de uma consultoria independente que irá avaliar diariamente o andamento das obras. Nos últimos dias, Bach passou a ser pressionado por federações esportivas que denunciaram atrasos preocupantes nas obras no Rio e pediam até mesmo um “plano B” para a Olimpíada de 2016. Em uma reunião de emergência, Bach e seus diretores optaram por entrar em campo para tentar virar o jogo.

    O alemão tentou explicar que não se trata de uma medida “unilateral” e que as propostas foram apresentadas na noite da última quarta ao prefeito do Rio, Eduardo Paes. “Ele aceitou a proposta”, garantiu o alemão. Paes havia declarado que a preparação estava “dentro do cronograma”, uma avaliação que foi rejeitada pelos demais dirigentes do COI. Entre as medidas discutidas pelo COI está a criação de um comitê organizador formado não apenas por dirigentes do Rio, mas também por membros do governo federal e do COI. Outra medida será a designação de Gilbert Felli, diretor executivo do COI para os Jogos Olímpicos, para viajar de forma regular ao Rio para controlar a situação. Ele tinha uma visita marcada para setembro ao Brasil, mas a viagem foi antecipada para a semana que vem. Bach ainda revelou que o COI contratará um administrador de projetos para acompanhar diariamente as obras, algo inédito em um evento olímpico. Para completar, três grupos de trabalho serão formados para estudar cada um dos aspectos do evento.
    (…)

    Retomo
    Pois é… A gente nascemos para a celebração, compreendem? A gente não nascemos para a realização. Na hora do abraço, a gente se emocionamos, a gente damos pulo, a gente prometemos amanhãs sorridentes, a gente acenamos com a redenção.

    Mas depois a gente descobrimos que a realização daquilo que justificaria o gozo dá um trabalho da zorra! Aí a gente começamos a se atrapalhar. Por isso a gente gozamos antes, que é para a gente não perdermos a viagem.

    O COI, como se nota, foi mais rápido do que a Fifa, que ficou reclamando, reclamando, reclamando…

    É isto: a gente não sabemos fazer Copa do Mundo, e a gente não sabemos fazer Olimpíada. Pronto!

    Mas a gente sabemos (eles sabem!) como superfaturar obras.

    http://www.youtube.com/watch?v=kiyvRs7JEAU

    • sim eu sei meu presidente ..eu sei de onde aquele seu projeto de nacionalismo moderado surgiu ..sei de onde veio aquela vontade pra que houvesse uma verdadeira União Nacional e integração regional surgiram, como não ? sei sim

      Sei aonde o sr se inspirou por defender e praticar uma política ativa e altiva do Estado em defesa do nosso mercado, ou do estímulo ao surgimento, manutenção e crescimento duma industria pujante Nacional, enfim, até duma industria NAVAL

      sei sim donde o sr se inspirava pra nos catapultar a uma atitude mais positiva e de orgulho por nossas qualidades..

      não, o sr como LÍDER não errou, erraram mesmo os executores, os que de forma MENTIROSA se diziam capacitados pra levar adiante os seus, os NOSSO sonhos…

      e reveja caro presidente LULA, reveja uma das suas canções inspiradoras

      http://www.youtube.com/watch?v=9Cx3vwWrL7Q

      presidente LULA, fala verdade …o sr tem mesmo coragem de pedir mais 4 anos pra esta turma ?

  20. Leiam na Carta Maior o artigo de Wanderley Guilherme dos Santos: “O baile de máscaras do perde e ganha eleitoral”. Ah! A propósito: Pezão e Picciani, candidato a governador do Rio e presidente regional do PMDB, trabalham para obter o apoio do PSDB e do Aécio a esta candidatura enquanto Dilma e Lula apoiam o Pezão de forma entusiasmada e explícita contra o próprio candidato do PT ao governo daquele estado. É a doença infantil do republicanismo a pretexto de uma governabilidade jamais obtida.

  21. A conclusão que cheguei ao final da entrevista é de que NO MUNDO NÃO EXISTE PESSOA MAIS INTELIGENTE E COM MAIOR SENSIBILIDADE SOCIAL DO LULA.

  22. Edu, não tem como acionar alguém da AGU para impedir devassa nos telefones do Planalto?
    Isso é ilegal, o MP não pode sair esculachando telefonemas em nome da justiça. Só a Procuradoria Geral pode pedir quebra de sigilo telefônico da Presidência.
    Deturpam os princípios do Direito em nome da moral que os próprios não têm.
    Se um promotorzinho qualquer for maior que a Presidência da República (em qualquer país) podemos realmente fechar o Brasil e mudar para o Uruguai.

  23. “: ele não tem ódio. Lula não se deixa embriagar pelo rancor. Ele se diverte com os ataques que recebe, mas não nutre sentimentos negativos.”

    Isso deve ser só na frente das câmeras mesmo, pois em casa não sei como esses caras conseguem dormir com tanto escândalo ao redor deles…

  24. Acho que o Eduardo Guimarães conseguiu o que poucos conseguem: dar uma bela descrição sobre o homem Lula. Nos tempos de Lula sindicalista tive a oportunidade de ler “Lula, sem censura”, uma série de entrevistas comandada na época por Rose Marie Muraro (não tenho plena certeza). O sindicalista Lula usava e abusava do linguajar coloquial, mas tanto como hoje dizia exatamente o que pensava. Os blogueiros, junto com o Eduguim, de certa maneira entrevistaram novamente o “Lula, sem censura”, quase 35 anos depois, agora não mais um líder sindical, mas um líder de todos, vale dizer, um “líder para todos”. É líder porque ouve. Ouve todos, até os que os odeiam, por isso sempre tem respostas e receitas para tudo, porque diferentemente dos FHC’s das elites brasileiras, Lula “se nutre” de Brasil…de todos os rincões, por isso os seus dois mandatos só poderiam ser definidos mesmo pela famosa frase “Brasil para todos”. Mas não poderíamos jamais entender um outro aspecto surpreendente do homem Lula: é o maior ex-presidente que esse país já teve, um dos maiores da História mundial, desde, digamos, George Washington, praticamente no mesmo patamar de Nelson Mandela. Lula não se contamina e nunca se contaminou pela sensualidade do poder, nisso se assemelhando um pouco a Che Guevara. Mas a capacidade imensa de Lula de “administrar os estímulos estressantes”, de que fala Augusto Cury na sua famosa coleção “Análise da Inteligência de Cristo”, onde esse autor analisa o grande exemplo do homem Jesus que até na Cruz conseguiu se preservar de qualquer estímulo estressante advindo de tudo quanto é tipo de ofensa, xingamento, cusparada, etc, o coloca como verdadeiro exemplo de portador do amor cristão, destituído do ódio que tentam a todo custo inculcar-lhe. Eduardo Guimarães descreve magnificamente o homem Lula, o cidadão brasileiro, nordestino, contador de causos, contador de histórias, e sem dúvida nenhuma, o maior protagonista da História que ainda assistimos. Parabéns, Eduguim. Você foi demais, estupendo mesmo na sua narrativa.

    • Você é um louco? Lunático? Acredita ainda em contos de fada? Comparar Lula com Mandela? Sua paixão pelo dito senhor o cega. E é ela que faz nutrir todas as mazelas na nossa política. Como se Lula fosse um homem sem pecados, você chega a quase compará-lo com Jesus. Cadê sua consciência meu amigo? Tenho pena do nosso país… FHC, Aécio, Lula são todos farinhas do mesmo saco. Me provem o contrário!

  25. Gleise será o novo poste de Lula? As receitas de Lula são para serem seguidas. A crítica sem fundamentação é próprio dos incompetentes e invejosos. Espero que Dilma observe essa fala do presidente e aprenda com ele.

Trackbacks

  1. O grande segredo de Lula | Blog da Cidadania | ...
  2. O grande segredo de Lula | Blog da Cidadania | EVS NOTÍCIAS.
  3. Lula voltou: os recados e o simbolismo | ParticipaSP

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.