Datafolha é acusado de fazer pesquisa eleitoral com método que condenava em 2010

Ao longo da semana que finda, surgiu boato relativo a pesquisa Datafolha que, no momento em que este texto está sendo escrito, ainda está em campo apurando as preferências do eleitorado por este ou aquele pré-candidato à sucessão de Dilma Rousseff.

O boato partiu de postagem do site Infomoney publicada na última terça-feira, antes de o Datafolha ir a campo. Trata-se do mesmo site que divulgou, há quase duas semanas, que pesquisa Ibope apontaria queda das intenções de voto em Dilma.

Detalhe: a queda das intenções de voto de Dilma não ocorreu, mas a presidente e seu governo, segundo o Ibope, perderam aprovação.

A matéria do Infomoney, porém, na terça-feira fazia uma previsão bastante inusitada: “Datafolha divulgará pesquisa eleitoral no próximo sábado e promete agitar mercado”.

O site não disse, nessa postagem cifrada, por que a pesquisa em tela “agitaria” o mercado, mas “agitação” só ocorreria se houvesse uma queda das intenções de voto em Dilma, pois ela subir ou manter os números anteriores seria o esperável.

Mas como seria possível o tal Infomoney prever o resultado de uma pesquisa que nem começara a ser feita? O site vidente deu essa notícia no dia 1º de abril e a pesquisa Datafolha foi a campo no dia 2 e só terminará o trabalho nesta sexta-feira, dia 4.

Matéria do site Muda Mais matou a charada. O Datafolha formulou um extenso questionário para apresentar às suas vítimas, digo, aos seus entrevistados. São 47 perguntas, mas as perguntas sobre intenção de voto são as últimas do questionário.

Ao reproduzir a matéria do Muda Mais, o site Brasil 247 colocou de outra forma o que está acontecendo. O título da sua matéria é: “Datafolha foi feito sob medida contra Dilma”. A chamada do site para a matéria deixa bem claro o que fez o Datafolha:

—–

Questionário do instituto do grupo Folha, de Otávio Frias Filho, traz uma série de perguntas sobre insegurança, Pasadena e risco de apagão, antes de entrar no que realmente interessa, que é a sucessão presidencial; estrutura das perguntas tende a criar um certo mal-estar no entrevistado e, por isso, deve apontar índices menores da presidente Dilma Rousseff e maiores dos oposicionistas Aécio Neves e Eduardo Campos; resultado sai apenas no sábado, mas a especulação já corre solta na Bovespa, onde as estatais registraram ontem fortes altas

—–

Agora vem a cereja do bolo: em maio de 2010, a Folha de São Paulo acusou o instituto Sensus de fazer o que o Datafolha está fazendo agora, ou seja, “esquentar o entrevistado” antes de fazer a pergunta objetiva sobre em quem ele pretende votar.

Abaixo, reprodução da matéria do Datafolha de 14 de maio de 2010. Preste atenção, leitor, no trecho sublinhado em vermelho.(clique na imagem para ir ao site original)

 

Em 2010, a troca de acusações entre institutos de pesquisa levou este blog e seu signatário, que preside a ONG Movimento dos Sem Mídia, a apresentar representação à Procuradoria Geral Eleitoral contra todos os grandes institutos de pesquisa devido ao fato de que é crime forjar ou manipular pesquisas eleitorais.

A Procuradoria acolheu a representação do Movimento dos Sem Mídia. A então sub procuradora-geral-eleitoral, Sandra Cureau, determinou abertura de inquérito na Polícia Federal para investigar quem falava a verdade, se o Datafolha ou Sensus e Vox Populi, pois o primeiro instituto dava 10 pontos percentuais de vantagem para Serra e os outros dois diziam que o tucano e a petista estavam empatados.

Abaixo, matéria do portal IG sobre o caso (clique na imagem para ver a matéria original)

 

O fato é que exatos 10 dias após a aceitação da representação pela Procuradoria e da abertura de inquérito pela PF, o Datafolha convergiu para os números de Sensus e Vox Populi. Em 22 de maio de 2010, manchete de primeira página da Folha de São Paulo reconhecia que Dilma e Serra estavam empatados – dez dias antes, o mesmo Datafolha dava 10 pontos de vantagem para o tucano.

Abaixo, fac-símile da capa do jornal naquele dia. (clique na imagem para ir ao site original)

 

 

A pergunta que não quer calar é: será que em 2014, praticamente na mesma época do ano de 2010, o Movimento dos Sem Mídia terá que apelar de novo à Justiça Eleitoral?

*

ATUALIZAÇÃO ÀS 19:18 HS

 

Através do Twitter, o blog recebeu informação de que, não, o questionário do Datafolha não começa pelas perguntas que “esquentam” o entrevistado. Ao menos não oficialmente…

Seja como for, vale prestar atenção nessas pesquisas. A quantidade de perguntas e o teor delas mostram preocupação em medir uma queda iminente ou possível de Dilma Rousseff.

O questionário não faz perguntas que lembram casos de suposta corrupção ou suposta incompetência em relação aos adversários de Dilma Rousseff.

Tags: , , , , , ,

120 Comentário

  1. Se há mesmo fundamentos para uma ação, apoio e me disponho a colaborar no necessário. Isso, embora confesse grande desânimo em relação a TODOS ministros do STF. Atualmente, sabendo mais sobre o golpe de 64, no programa “50 anos de ditadura” na TV Brasil, vi que até mesmo militares se insurgiram contra desmandos de superiores, não atendendo a ordens absurdas. O capitão Sérgio Miranda, por exemplo, disse a Zuenir Ventura que não acatou ordem de bombardear o gasômetro do Rio, evitando uma grande tragédia. Ora, se até um capitão se insurgiu, assim como outros militares, por que os ministros do STF acatam tão servilmente as ordens do tirano chefe temporário, sem sequer uma patente a mais ? Não confio mais em nenhum deles. Mas, quem sabe no STE seja diferente, como já foi outrora. Conte comigo.

  2. Se as perguntas começam antes induz, com certeza; se as perguntam começam após, podem induzir a mudar de voto. Só isso não repara.

  3. Eduardo Guimarães, o Jornal do Brasil online publicou o formulário que foi respondido pelo eleitor na pesquisa datafolha que será publicada esta semana, antes perguntar ao entrevistado em quem ele pretendia votar.O resultado dessa pesquisa será publicada nos próximos dias. É um primor de sacanagem que induz o eleitor a demonizar a Dilma.

    http://www.jb.com.br/pais/noticias/2014/04/03/tse-divulga-questionario-da-pesquisa-datafolha-que-sera-anunciada-sabado/

    Cole a tabela com as perguntas no seu blog e discuta a imoralidade que é esta pesquisa, pois se trata de uma grande putaria.

    Abraço.

  4. SR. EDU!!! Com todo respeito : o senhor está errado, talvez o patricio do MAOTSÈ-TUNG tenha razão, escrevas o próximo texto em “CHINES ” srsrsrsrsrsrrsrs

  5. O Edu não tem como entrar na justiça para suspender esta pesquisa?

  6. A oposição parece que está deixando a CPI da Petrobrás de lado pois, ao que tudo indica, está com medo da ampliação da mesma pois a base aliada da Dilma já protocolou uma CPI abrangendo investigações sobre o Metrô-SP e o Porto de Suape em PE. A aposta da oposição agora está nessa pesquisa. Portanto, vamos esperar por ela e atacá-la quando for publicada. Mas da Datafolha pode-se esperar que vem queda da Dilma para dar uma alegria para a oposição, ainda que breve. Agora o que me preocupa é essa suspeitíssima teima do Barbosão em manter o Dirceu preso em regime fechado, desrespeitando o claro julgamento do stf de conceder-lhe regime semiaberto. Desse senhor pode-se esperar tudo. Espero que a militância de Brasília faça uma vigília 24 horas na Papuda. Eu, se morasse em Brasilia, me disporia a fazer essa vigília. Do sádico Barbosa eu espero tudo pois me parece que seu ódio a Dirceu não tem limites. É um caso que beira a loucura. Portanto, militantes de Brasilia se movimentem para proteger Dirceu.

    • Estou aguardando ansiosa a resposta do Presidente da OAB ao meu email, questionando o silêncio e a omissão desse conceituado instituto, ante tamanha arbitrariedade e violação aos direitos humanos por parte do Supremo! Assim que recebê-la eu aqui a postarei, incontinenti! Depois, enviarei outro email, também cobrando uma posição mais contundente da OAB, diante do complô armado há tempos pelas mídias falaciosas, que divulgam sistematicamente apenas as notícias negativas, pessimistas ou mentirosas do governo da Dilma, com o intuito claro de, em fazendo a cabeça do povo, sabotar as eleições de outubro. Até hoje não entendi por que a OAB ainda não processou essas mídias por grave violação ao direito do povo de se inteirar dos fatos e não das meias verdades ou mentiras que publicam em letras garrafais, conforme lhes convém!! E o pior que não há como rebatê-las nas mesmas proporções!!! Todas essas mídias antidemocráticas estão comprometidas só com interesses econômicos. O dinheiro, a fama, a vaidade, a ambição, o preconceito arraigado, tudo colocam acima da dignidade humana!! É preciso, urgentemente, pressionar o Congresso para reverter o monopólio dos meios de comunicação. Viva a mídia democrática! Viva tvs e rádios comunitários!

  7. É um absurdo esse questionário. Se há perguntas referentes a denúncias de corrupção, essas perguntas deveriam estar relacionadas a todos os candidatos possíveis e prováveis. Está muito claro que ao apontar erros do governo Dilma, a pesquisa, que nada traz contra os demais candidatos, está induzindo o pesquisado a evitar escolher a presidente. É mais ou menos como o entrevistador dizer o seguinte: “Olha só, tem vários esquemas de corrupção no Brasil e a Dilma é a atual presidente, esses outros candidatos não tem nada contra si nos noticiários. Em quem o senhor vai votar?”.

  8. Se a ong vai procurar a justiça eleitoral, apoio totalmente.

  9. O que podemos esperar do Datafolha ? Nada disso me surpreende. Mas se nada for feito para impedir esse instituto de manipular eleitores ,as próximas pesquisas serão bem piores ,pois ele faz parte do grupo que quer tomar o Brasil à força .

  10. EXPERIMENTE: FAÇA UMA VISITA À PELO MENOS A 15 CANAIS DA TV PAGA, NA HORA DOS SEUS JORNAIS, E VOCÊ VAI VER AS NOTÍCIAS SOBRE A COMPRA DA PASADENA PELA PETROBRÁS COM OS TEXTOS QUASE IGUAIS. NA ÉPOCA DO MENSALÃO A TV SENADO PARECIA O GLOBO, A FOLHA, O ESTADÃO E A VEJA. TODOS OS ÓRGÃOS DE IMPRENSA REPETITIVOS, COMO FOI NO TEMPO DO MENSALÃO, USANDO A TÁTICA NAZISTA DE REPETIÇÃO PARA TRANSFORMAR UMA MENTIRA EM VERDADE ATRAVÉS DA VEICULAÇÃO SISTEMÁTICA DO ASSUNTO! E QUE HONRA SEJA FEITA, FOI BEM URDIDA PELA CIA NO BRASIL. ESTAMOS VENDO SE REPETIR AGORA! TODOS NÓS NÃO DEVEMOS FICAR ASSISTINDO ESSA MASSIFICAÇÃO, COMO FICAMOS NO TEMPO DO MENSALÃO, SÓ SE REVOLTANDO MAS, SEM REAGIR. TEMOS QUE RESPONDER NA HORA E SISTEMATICAMENTE ESSAS CALÚNIAS DOS TRAIDORES DA PÁTRIA DE SEMPRE! PARA ISSO TEMOS A INTERNET E OUTROS RECURSOS. VAMOS AGILIZAR A PARTIR DE AGORA!!!

  11. ELES ESTÃO DESESPERADOS. TENTAM DE TUDO. NA INTERNETE UMA CAMPANHA CERRADA, SISTEMÁTICA E CONSTANTE DE DIFAMAÇÃO. NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO TENTAM DESTRUIR A IMAGEM DA PETROBRAS QUE NA VERDADE ESTÁ BATENDO RECORDES EM PRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO. ELES QUE IAM PRIVATIZAR AINDA QUEREM DAR UM JEITO DE PRIVATIZAR E/OU MUDAR A FORMA DE CONTRATO QUE ATUALMENTE É DE PARTILHA E O LUCRO VAI PARA A EDUCAÇÃO E SAÚDE. ESSA TURMA TUCANA É MUITO PERIGOSA. QUE O POVO NAÕ SE ENGANE.

Trackbacks

  1. Datafolha faz pesquisa eleitoral com mét...
  2. Datafolha faz pesquisa eleitoral com método que condenava em 2010 | Blog da Cidadania | EVS NOTÍCIAS.
  3. Polícia e Politica com Alcindo da Anunciação Jr. » Blog Archive » DATAFOLHA USA HOJE MÉTODO QUE CONDENAVA EM 2010
  4. DataFolha e a queda de Dilma: vale a pena brigar com os números? – Escrevinhador

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.