O Natal na Papuda e o sadismo na mídia

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

 

Se só pretos, pobres, prostitutas e petistas vão para a cadeia no Brasil, o último dos quatro pês vem se mostrando um estigma ainda pior do que os outros três. Estes, sofrem porque, uma vez presos, são esquecidos; o quarto pê sofre porque não é esquecido nem quando preso.

O Judiciário brasileiro ficou de quatro para a mídia. Acata suas ordens para infernizar a vida dos condenados do julgamento do mensalão. Nega-lhes direitos como o regime semiaberto enquanto trata de esmiuçar as condições de sua prisão em busca de “regalias” a suprimir.

Os espiões que a mídia cooptou entre os agentes carcerários da penitenciária da Papuda para que informem qualquer alento que possa ser permitido aos alvos principais de sua fúria punitiva – ou seja, José Dirceu e Delúbio Soares – descobriram que eles gostam de ler.

A leitura pode ser um bálsamo para o encarcerado que a aprecie. Deveria ser estimulada, aliás. Tira a mente do que não presta. Contudo, a “regalia” que permitia que condenados do mensalão lessem à vontade foi revogada por estarem “lendo mais do que o permitido”.

A tortura psicológica costuma ser vista como até mais intensa e penosa do que a tortura física, que, após algum tempo, o torturado aprende a suportar, até por seu corpo e seus sentidos não resistirem. Já a psique humana é um parque de diversões para o sádico; permite supliciar sem limites.

Se a mídia não quer “regalias” para os condenados do mensalão tais como ler um livro, tampouco quer algum direito constitucional como o de um condenado cumprir sua pena tal como foi preconizada – e nunca de forma mais dura ou mais branda.

O objetivo que excita o sadismo midiático é o de minar o espírito dos dois petistas e o dos companheiros que partilham a dor deles não só por sabê-los condenados injustamente, mas por cumprirem uma pena mais dura do que aquela que deveriam estar cumprindo.

Sob essa sanha pervertida, os sádicos midiáticos já encontraram mais direitos a suprimir enquanto os direitos a preservar são ignorados: os condenados do mensalão poderão ficar com a luz acesa até às 24 horas do dia 24 de dezembro. E, escândalo dos escândalos, após receberem uma “ceia de natal”.

Dizem os instrumentos de tortura conformados em papel impresso que os “mensaleiros” receberão “quentinhas” contendo com arroz, feijão, carne, legumes e verduras. E o luxo é tanto que terão acesso à cantina do presídio, onde poderão comprar cigarros e refrigerante.

Esses “mensaleiros” não se emendam, não é mesmo?

As “regalias” de que desfrutrariam os petistas que atiçam a perversidade midiática, porém, não são regalias coisa alguma. Eles ainda dispõem de alguma diferenciação dos condenados ao regime fechado simplesmente porque estão padecendo sob ele ilegalmente, pois deveriam estar no regime semiaberto.

Isso em um país em que traficantes, estupradores, assassinos e até políticos corruptos conseguem ficar em liberdade contando com a sabida e consabida leniência que o dinheiro ou a influência da mídia podem comprar da Justiça.

Se você está indignado com essa sessão interminável de tortura politicamente motivada, regozije-se: você é uma pessoa justa, humana e, acima de tudo, sã. Regozije-se, pois, ao não sentir prazer com o sofrimento alheio.

Deixo você com um pensamento. Há 2013 anos nascia o Maior dos injustiçados pela justiça. É Seu Aniversário. Eleve, pois, a sua prece de lamento pela perenidade daquela sanha persecutória e punitiva das turbas que tanto prazer extraiu de seu Calvário.

Que o seu Natal, leitor, seja tão feliz quanto a revolta com a perversidade humana permitir.

Tags: , , , ,

239 Comentário

  1. “O Judiciário brasileiro ficou de quatro para a mídia.”…


    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” * Joseph Pulitzer.


    “Se você não for cuidadoso(a), os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo.” * Malcolm X.



    Ley de Medios Já ! ! ! . . .



  2. É um absurdo este fato e mostrar o quanto estamos atrasados em termos de sistema prisional. As pessoas
    querem ver sangue, dor, tortura física e psicológica ao invés de reabilitação. Acham que seres humanos
    devem ser encarcerados como animais selvagens, sem diversão, sem nada. Penso que a leitura deveria
    não só ser permitida como incentivada o tempo todo em instituições prisionais.

    A leitura só faz bem no processo de ressocialização do preso; Seja este criminosos violentos ou presos
    do colarinho branco, como no caso dos condenados do mensalão.

  3. TEMOS DE ANALISAR A CONDUTA DO PRESIDENTE DO SUPREMO. 1 – APLICOU UMA TEORIA DESENVOLVIDA PELO NAZISMO. 2 ESTUDOU NA ALEMANHA COM DINHEIRO PUBLICO. 3 COMETE IRREGULARIDADE SEM REACAO DAS INSTITUICOES DEMOCRATICAS FILHOTE SENDO CRIADO PELA MIDIA GOLPISTA APOIADORA DA DITADURA PORTANTO POR ESSA CONDUTA FAZ O PAPEL HISTORICO DE DOMINGO JORGE VELHO (O NEGRO QUE COMBATEU ZUMBI DOS PALMARES. MAIS AINDA ESSE SUPREMO SERA PIOR DO QUE O SUPREMO DE OLGA BENARIO… AS INSTITUICOES DEMOCRATICAS SAO RESPONSAVEIS ATRAVES DO SILENCIO PELO ANDAR DO PROCESSO DE GOLPE NITIDAMENTE VISLUMBRADO NO ATUAL CONTEXTO POLITICO

Trackbacks

  1. O Natal na Papuda e o sadismo na mídia |...
  2. O Natal na Papuda e o sadismo na mídia | Blog da Cidadania | O LADO ESCURO DA LUA
  3. O Natal na Papuda e o sadismo na mídia |...
  4. O Natal na Papuda e o sadismo na mídia | EVS NOTÍCIAS.
  5. A hipocrisia da mídia e os petistas presos na Papuda - Viomundo - O que você não vê na mídia
  6. Zé Dirceu | Luiz Carlos Azenha: “A hipocrisia da mídia e os petistas presos na Papuda”

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.