Política e ideologia conspurcam a imagem do Brasil no exterior

Há mais ou menos uns dois meses, a filha Gabriela, que reside há quatro anos na Austrália a fim de estudar, vendo na tevê de lá as cenas de vandalismo que ocorriam por aqui durante a onda de protestos que tomava o país, enviou-me mensagem via Facebook relatando a sua tristeza decorrente da deterioração da imagem do Brasil naquele país.

De país visto como em franco desenvolvimento, que resgatava a sua imensa dívida social, que economicamente vinha se destacando por gerar empregos em quantidades industriais enquanto o resto do mundo chafurdava no desemprego, o Brasil começava a ser visto como uma nação decadente e sem rumo.

O relato de Gabriela, então, somava-se a tantos outros feitos por brasileiros expatriados que vão constatando, envergonhados, a deterioração da imagem de um país que era visto como dotado de um povo alegre, hospitaleiro e como uma potência emergente e que, agora, estava gerando uma onda internacional de decepção.

Até junho último, a intensa campanha de desmoralização do país empreendida pela grande imprensa local não produzia efeitos. A opinião pública internacional entendia que essa imprensa brasileira estava em uma campanha política e, assim, atinha-se aos fatos, aos indicadores econômicos ao avaliar o nosso país.

As cenas de guerra que o país exportou, porém, criaram a falsa impressão de que, de fato, a situação por aqui era muito ruim. De junho para cá, outros factoides políticos vêm contribuindo para macular a imagem do Brasil.

As cenas de hostilidade aos médicos estrangeiros que estão chegando no âmbito do programa Mais Médicos se espalharam internacionalmente e chegaram à Austrália, o que fez a minha filha enviar-me, de novo pelo Facebook, sua tristeza com mais um factoide que está ajudando o mundo a ver o nosso país com maus olhos.

Médicos estrangeiros são bem vindos em incontáveis nações. Na Austrália, a maioria dos médicos é composta por estrangeiros, sobretudo asiáticos, como relata a minha filha. Ela, inclusive, disse não se lembrar, ao longo dos quatro anos em que reside naquele país, de ter se consultado com um médico australiano.

As cenas patéticas com gritos de “escravos” vertidos por médicos brasileiros brancos contra médicos cubanos negros ou as cenas de violência e até de xenofobia durante a Copa das Confederações estão, inclusive, induzindo o mundo a enxergar o Brasil como um país mal-humorado, intolerante e até preconceituoso, o que é um absurdo em um país em que a maioria do povo é negra.

Uma ansiosa blogueira amiga que viaja com frequência ao exterior, inclusive, não só referendou o que disse a minha filha Gabriela como ainda diagnosticou que “O que Lula construiu [em termos da boa imagem do país] está sendo destruído” por essa luta político-ideológica sem limites, sem juízo e sem rumo.

Pobre do país que tem uma elite porca, mesquinha e corrupta como a nossa, capaz de enlameá-lo, de literalmente destruir a sua imagem para lucro de grupos políticos e para satisfazer idiossincrasias e interesses particulares. O Brasil não merece essa parcela microscópica e abastada de seu povo que trata de difamá-lo.

Tags: , , , , , , ,

166 Comentário

  1. Engraçado, falar que o Brasil tem boa imagem no exterior é o mesmo que dizer que Cuba é democrática.
    O Brasil é motivo de piada, um país que cobra 40% de impostos de seu povo, deste imposto 1/3 é desviado, um país que tem deputado federal no Presidio fruindo seu mandato…
    Se o governo quisesse algo sério mesmo criava a carreira de estado para médico ou seja, transformaria todos os médicos do SUS em funcionários públicos com dedicação exclusiva, paga 30 ou 40 mil de salário e resolvido.
    Mas o PT gosta de celeuma e é celeuma que terá, aguarde dia 7 de setembro.

    • As palavras se leem como se escreve:

      Véu
      Céu

      Baco
      Lave o seu sobaco.

    • Ataca a democracia cubana mas exalta “democracia de dois partidos dos EUA”. Alega que em Cuba não tem liberdade mas admira a espionagem e as prisôes arbitrarias dos EUA.
      Critica o mentirão mas faz vista grossa a roubalheira tucana.
      Conheço vossa indignação, é seletiva.
      Voce não esta nem ai para a democracia, gosta mesmo é de ditadores, mas de ditadores que defendem o capitaln, a massa cheirosa.
      Saim as ruas e prostetem , o choro é livre, mas no golpe não passarão

    • Que medo!!!!!

    • Celso,
      Acontece q Cuba vive uma democracia q lhe serve; não aquela fajuta, imposta pela força do complexo – militar, financeiro, econômico e midiático dos EEUU. Em Cuba existe um partido político, eleições e tudo o mais, q dá força às Instituições da Ilha… Enqto, a democracia americana – cá pra nós, foi imposta de cima pra baixo, por força de uma Constituição, fajuta, q foi fabricada por uma elite, não por uma Assembléia popular, como a nossa – aqui, Republicana, q nos foi legada pela figura honrada do Grande Doutor Ulisses Guimarães…
      Qto a imagem do Brasil, vc está completamente errado; ela é do tamanho exato do q herdamos de nossos antepassados… Fisicamente, enorme, gigantesca; um País com extensão territorial, corrida, contínua, das maiores do mundo. Inclusive, herdada e cuidada, através de 500 anos, por nossos antepassados, com a maior dignidade. Pq, nós, enqto povo, usamos da força do Direito pra formar e fixar as atuais fronteiras; nós não vivemos questões mal resolvidas com nossos vizinhos e irmãos… como assistimos comum, ai, pelo mundo.
      E a imagem de nosso País não é grandiosa, apenas, por seu tamanho, físico. O é, tbm, pelas riquezas q Deus nos aquinhoou, em sua Graça, bendita. Nossa Pátria, cara, é majestosa, pela variedade de bens econômicos, necessários e suficientes, pra fazê-la importantíssima. Mas, não somente por seus bens econômicos somos privilegiados… Isso, pq, somos mais de 200 milhões de almas, livres e libertas, inteligentes, alegres, saudáveis e trabalhadoras; não bastasse aquele Dom, conhecidíssimo e invejado, da Cordialidade. E o q é mais incrível, ainda, descendentes de três raças – índios, europeus e negros. O q se pode esperar de tão magnífica conjunção, amalgama? Q vc sonha impor ao nosso Brasil, além do q ele é e tem? Algum outro colorido? Mas os temos, todos… Q mais? Diga!… A única coisa q nos falta, cara, é o Futuro; e, ele, o futuro, sem dúvidas, será grandioso; Igualzinho à nossa indiscutível capacidade de somar…. de acrescentar, na Paz, no Direito.
      Vc, Celso, ou é ignorante, ou maldoso. O Brasil não é motivo de piadas, no exterior – salvo, na intenção de pessoas, ao seu nível. E, por ai, no mundo, o q conta, são as pessoas esclarecidas, importantes e de opinião… consequente.. Os ignaros não nos devem alcançar; não é? Sejamos razoáveis… ( Eu sou o sexto filho, de uma família, comum… Meu irmão mais velho, viajou o mundo, inteiro e nunca me falou q seríamos motivo de galhofas, por onde andou…. Pelo contrário. Eu tenho vários sobrinhos e parentes q moram e trabalham no exterior e nunca comentaram sobre essa “novidade”. ).
      Um detalhe, Celso: Noutro dia, mal tem um mês, aconteceu no Rio, Maravilhoso, aquele encontro de jovens católicos, de todo o mundo… O q se viu, foi jovens da América Latina, dos Estados Unidos, da Europa, do Oriente Médio, da África, da Ásia e, até, do Japão…. juntos, curtindo um ideal. E, apesar da propaganda, massiva da imprensa, brasileira e internacional, propaganda negativa sobre nossa gente e sobre nosso País, toda aquela “diferença” esteve por aqui, se fez presente, massiva e empolgadamente…. Foi mto emocionante, a demonstração de amor e carinho exposto… Não houve diversidade e propaganda q tenha conseguido macular o resultado do Encontro… Não seria esse fato, demonstração cabal, oposta do q vc afirma, como verdade? Convenhamos, heim?
      Agora, o Partido dos Trabalhadores…. é um partido vitorioso, cara. O melhor partido, político, do Brasil. A prova, tbm, irrestrita, é a votação q ele recebe, a cada eleição; num crescendo, arrepiante. Vc viu, hj, agora, a variação do PIB, no trimestre? Associa este desempenho da economia, com o reverso da operação, midiática, apontando o crescimento da avaliação da Dona Dilma… e vc concluirá q suas previsões são fajutas, burras e mentirosas….
      Tchau!

      • Simas, o seu ótimo discurso merece outro interlocutor que esse coxinha babaca desse coitado desse celso.

    • Carreira de estado para médico pagando 30 a 40 mil para médico bater ponto e ir para sua clínica particular (ver vídeos do SBT), deixando pacientes em filas imensas. Os reporteres do SBT conseguiram flagrar 2 situações em hospitais diferentes desta situação de prtácita criminosa de médicos. Mas isso não é uma exceção, mas a constância que se repete a todo instante nos mais diversos hospitais do país. Médicos corruptos, que recebem do Estado e não prestam o serviço obrigatório assinado no contrato. Agora aparecem algumas figuras como o Celso para através de argumentos despropositados como pagar imposto de 40% – fique sabendo que a carga tributária no Brasil é bem menor do que a maioria dos países desenvolvidos – o qual, cabe ressalta, é desviado por governos do PSDB – propinoduto tucano paulista, mensalão tucano, comissão na venda do patrimônio nacional, para tentar desqualificar um programa de saúde que vai beneficiar as camadas mais pobres da população. Mas o que o Celso diz não causa nenhuma dúvida. É a mesma cantilena do coral fascista que infesta a sociedade brasileira desde o período colonial. É o mesmo tipo que revolta-se contra a vinda de médicos cubanos mas admite de pessoas morram sem assistência de um médico. Mesma gente que apoio a CPMI do governo entreguista do Fernando Henrique e que lutou para revogá-la no governo progressita de Lula. Aliás, cita números que não encontram correspondência em nenhuma realidade, sendo capazes de mentir para agradar sua mente prenhe de idéias elitistas. São, enfim, os cerébros formandos nos shopping, catedrais do consumo dos coxinhas.

    • Alguém pode me dizer o que vai acontecer dia 7?

      Douglas Quina
      Mogi Guaçu – SP

    • Celso, Celso! Vá procurar sua ‘tchurma’ de analfabetos políticos, perfeitos idiotas que intervêm nas redes sociais para vomitar baboseiras e sandices. Vá se catar, Celso!

  2. Movimento Episcopaz

    ÀS MICHELINES DO BRASIL ::..

    Sim, Micheline Borges, as médicas cubanas, de fato, parecem-se com as suas empregadas domésticas. Eu também me pareço com a sua faxineira e a sua cozinheira. E, se me permite a comparação, Barack Obama também é cara dos garçons dos restaurantes que você deve frequentar, dos vendedores de coco na praia, da maioria dos presidiários brasileiros, dos desempregados e subempregados do país.

    Feita esta constatação certeira, seria legal se você se perguntasse por que é uma ilha de loiridão e alvura cercada de tantos pretos pobres por todos os lados. Será determinação do destino que estabelece que as pessoas não-brancas tenham que se tornar empregadas domésticas de michelines? Será prescrição do Oráculo de Apolo que pessoas com cara de micheline sejam jornalistas casadas com engenheiros?

    Pergunte-se, além disso, qual é a magia que fizeram em Cuba para que tantos que bem poderiam ser suas empregadas domésticas sejam hoje médicas que embarcaram para este país, de saúde pública de terceira, a fim de ajudar pessoas de todas as cores que não são ajudadas pelas alvas michelines que moram ao lado.

    Não, Micheline, eu não diria “coitada da nossa população” de pessoas com cara de empregadas domésticas porque serão atendidas por médicos com a mesma cara delas. Eu tenho pena é do coitado deste país, açoitado pela mentalidade-micheline, que resolve que o lugar de pessoas com cara de empregadas doméstica é na cozinha das suas casas, fazendo a limpeza ou picando cenoura para o jantar. Na falta de uma boa e velha senzala…

    Por Wilson Gomes

    Em resposta à jornalista Micheline Borges

    Equipe @ Episcopaz

  3. Eduardo Guimarães blog da cidadania

    Sou seu fã e acompanho suas matéria a tempos e gostaria de fazer um comentário sobre a situação dos médicos brasileiros…

    Existem duas formas de se resolver a falta de médicos no brasil…

    Uma e essa que para mim e eleitoreira imediatista e oportunista diante as manifestações que ocorreram no pais pois e a unica forma imediata do governo dar uma resposta a população que de uma forma bem simplória para que o povo entenda;

    se o governo paga 10 mil com casa comida e roupa lavada para o medico brasileiro ir trabalhar no interior e ele não quer ir então contrato outro que vai e pronto.
    PS:Isso me lembra os grandes empresários poderosos no passado agindo contra a classe trabalhadora e o lula sendo contra! No passado os grandes empresários falavam… eu pago pra vocês um salario qualquer sem nenhuma garantia nem benefícios trabalhistas e se quiser bem se não contrato outro e pronto.o que acontecia?greve os trabalhadores se organizaram paralisaram e revindicaram melhores condições de trabalho e salarias lutando contra a lei da selva onde vence o mais forte ate que os mais fracos se unam e passam a lutar juntos e conquistam seus direitos.
    Para mim os médicos estão errando e acertando mas estão lutando por seus direitos e melhorias nas condições de trabalho e salariais.

    Vamos a solução que considero ideal:

    vamos considerar um policial federal por exemplo…ninguém quer sair de onde mora e ir trabalhar nas fronteiras.o que o governo fez?fez concurso deu garantias que inicialmente ele vai trabalhar nas fronteiras mas com o passar do tempo vai sendo transferido para cidades maiores e tem um plano de cargos e salários.

    Ps:O propio lula em um vídeo fala para dilma que não e so medico que não quer ir para os grotões do brasil continental, que fiscais de fronteira também na o queriam ir….

    ora!e isso mesmo ninguém quer ir… mas porque não fazer com a classe medica o mesmo que o governo faz com as outras classes que precisa desses profissionais em lugares distantes ou perigosos?

    Por que não fazer as duas coisas? cubanos agora e concurso com planos de cargos e salários progressões e retorno gradual dos médicos a cidades maiores?

    Se quiser resolver de forma seria e duradoura tem jeito!

    O imediatismo e as eleições levaram ao governo fazer esse tipo de programa de urgência que parece que vai ser tema das eleições para o governo de são paulo e para presidente…

    uma pena as coisas no brasil serem assim…

    Acho que maioria de nos quando nos formamos somos jovens solteiros ou casados mas sem filhos ideal para começar carreira nos interiores mas com o tempo passamos a ter filhos e queremos dar boas escolas qualidade de vida para ele…e assim o ciclo da vida em todas as profissões, tipo policial federal e fiscal de fronteira..por que não fazer isso com médicos brasileiros,que tem boa formação e são sim na sua maioria preocupados com as causa sociais e melhorias de vida das famílias mais humildes…

    espero que leia essa minha mensagem e entenda que temos que ser mais imparciais e não transformar a solução da medicina no brasil numa gerra politica

    E isso que penso e gostaria de conversar mais sobre isso com você

    Abraços

    Marcelo

    • Marcelo, concordamos com você. Mas queremos colocar um ponto que não foi debatido nos seus comentários: o programa é emergencial. Não dá para esperar uma possível adaptação, como se faz com fiscais, até a sua adequação ao ambiente, com médicos, porque a saúde não pode esperar. As manifestações tiveram influência na decisão do governo, e isto é elogiável, porque na democracia deve vigorar a pressão popular como ação legítima. Os médicos vêm por um período de 3 anos, quando se espera que parte da carência de profissionais da medicina, possa ser suprida já por médicos brasileiros. É lógico que o programa Mais Médicos precisa de correções que virão com certeza durante a sua execução.
      Abraços.

      • Na realidade, o governo já vinha tentando cooptar médicos para atendimento nos locais distantes ou pouco atrativos, mas não conseguia porque a maioria quer mesmo seu consultório em zonas nobres e conta bancária recheada, mesmo que formado por escola federal. As manifestações foram um impulso a mais para tentar um programa mais ousado. Ou você acha que o Mais Médicos já não estava pronto pra ser aplicado? Não foi um programa emergencial, mas sim, usado na emergência, proveitando-se o calor do momento.

  4. muito feliz o seu artigo, Eduardo.

    A imprensa brasileira e a garotada sem-cerebro que a segue não nos orgulha.
    Esperava mais de nossos jovens.

    Desapontada…

  5. Edu, a loucura chegou a tanto que “eles” decidiram colocar “fogo” na casa com todo mundo dentro…

  6. EUDU:
    Muito obrigado pelas imagens, e pelo texto apagou de minha mente a triste imagem das univerciOtarias com o cartaz, DILMA VA TRATAR SEU LINFOMA EM CUBA …
    A foto com a bandeira me faz ate cre que o creador fez o universo em 7 dias e saio de ferias e nos deixou… só, brincadeirinha as imagens lindas de sua filha mostram que ELE nunca nos deixou e vc EDU sabe disso…

  7. Gente,
    Convenhamos; qto custa formar um médico, no Brasil? Mta grana é necessária… Não é pra qq um, formar um médico, por estas bandas… Por isso, tantas faculdades, públicas, de medicina….
    e pra ganhar a concorrência e ingressar numa dessas escolas, públicas e grátis, só se estando mto bem preparado. Igualmente, não é pra qq um…. Só se sendo bem aquinhoado, monetariamente, se tem a primeira condição pra se formar em medicina; salvo, ser bem nascido, filho de família “tradicional” e se ter, de princípio, um objetivo, fixado. Eu sempre coloquei pra meus filhos q eles deveriam estudar e se preparar, pra não ser um simples balconista… Isso, sempre foi repetido e mostrado, e demonstrado, pra q os carinhas aproveitassem o seu tempo e ganhasse o mundo…. Junto, nunca se negou as condições de criança, jovens, adolescentes e adultos, pra cada um, deles. Ao contrário, eles viveram todas as fases da vida, plenamente; porém, cientes e entendidos, de que o futuro era logo, ali e não haveria escapatória e contemplação. Então, existe, sim, uma gradação. de nível social, na formação do profissional, dito liberal…. Percorrendo os extremos, dificilmente, encontraremos médicos, no País, oriundos das classes sociais menos favorecidas, em sua mais completa amplitude. Da mesma forma, poderemos encontrar, aos montes, professores e até, advogados, provenientes da camadas mais simples da sociedade. Porém, médicos , eu duvido. Só em Cuba, mesmo…. Dai, essa demostração, imediata, de reação contra a constatação da simplicidade dos médicos cubanos…. Por isso, esse reforço, na retórica, de q o profissional cubano seria oriundo da ilha-presídio…. Só pra desqualificar a diplomação, como se uma diplomação poderia ser avalizada, diversamente, em uma ilha q fosse, ou não fosse, presídio…. Como se uma ditadura pudesse mostrar responsabilidade , alguma, na formação intelectual de um profissional…. Ora, existem bons e maus médicos, na proporção, na Rússia, na França, nos EEUU, ou em Cuba…. Em qq lugar, independentemente, do sistema político. Mas, aqui, os elitizados médicos, foram buscar reforço, em suas argumentações, no regime político, vigente… Ridículo. Demonstração de pobreza de espírito; isso, sim….
    Nos EEUU, essa elitização, ao contrário, não existe. Mas, acontece o fato de a medicina, por lá ser caríssima… Mto provável, seja, pq, exista um hábito formado, naquele pais, de se responsabilizar, juridicamente, qq coisa…. Se acontecer um erro médico, fatalmente, o médico será ajuizado, devidamente e acabará por pagar pesado encargo, pelo erro. Como o padrão de vida é alto e, consequentemente, mtas as faculdades de medicina; fica mto mais fácil se fazer, cursar medicina, naquele país…. Dai, a maior probabilidade de ocorrerem mais erros, considerado seja, uma maior gama de escolas formando profissionais de medicina, com qualidade variada… E os custos da medicina aumentam, pra cobrir possíveis encargos, por prováveis erros…
    Gente, no Brasil, somente agora, a administração petista está dando atenção ao fato social da formação profissional. Somente, agora, se procura formar bons profissionais, oriundos de qq classe social…. Logo, logo, iremos assistir a estudantes universitários, de qq área de atuação, provenientes de todas as camada sociais. Essa elitização da medicina, por aqui, no futuro, breve, será contas, passadas…. E a sugestão do amigo, acima, pra se valorizar a profissão de medicina, via valorização de salários e tudo o mais…. igual na PF, não é o caso, ou não seria.. Ora, na polícia existem o risco de vida, a qualidade de formação. tudo diferente da profissão, médica. Depois, já existem planos de cargos e salários, razoáveis, dentro da medicina…. no serviço público; q, por sinal, é burlado, covardemente.
    Particularmente, perguntei, assim, rapidamente, numa consulta, a um médico… Doutor, vão contratar médicos estrangeiros, pra trabalhar no interior?… Ele, mto boa gente, competente, até, respondeu, sem olhar pra minha pessoa…. “É. Mas, tem de fazer revalidação!… ” Eu quase lhe perguntei, em seguida: Por quem, fazer o revalida?…. Mas, preferi me calar, pra não criar a polêmica…. risos.
    Na justiça, um Juiz nomeou um perito pra fazer uma perícia, numa contestação q eu, próprio, fazia…. E determinou o custo, q eu deveria arcar…. igual a 3 mil reais. A contestação envolvia 4 mil e acontecia, ainda, os honorários, advocatícios…. Então, eu conclui q não valia à pena continuar, na luta; e correr, ainda, o risco de perder. Pedi ao advogado pra suspender a contestação, já q não dispunha do valor de 3 mil. Pois, bem: O réu da contestação se ofereceu pra pagar a despesa… O q me leva a acreditar q o tal perito não irá fazer, mesmo, um trabalho, justo. Ah! A contestação envolve um fato público e notório, favorável à minha pessoa. Conclusão: eu não acredito nesses exames de revalidação, da mesma forma…
    Abraço, fraterno

  8. Haaa, sua filha estuda no exterior???

    q ótimo… se aqui está essa benção que você descreve… pq haveria ela de procurar universidade fora?

    Sua filha me parece o mesmo tipo de reacionário que fica criticando o brasil de trás de uma mesa em nova york, em londres, em paris…

    sinceramente? quer opinar sobre os eventos políticos daqui? então vem pra cá… o choque de realidade ajuda a gente a formar opiniões….

    E so para constar… sou geneticista e em todo congresso internacional que participo os pesquisadores estrangeiros vem me parabenizar pelo brasil finalmente reagir contra a corrupção e o despreparo político…

    E eu nem estou falando da dilma não… antes que voces tenham um desses ataques convulsivos de fidelidade ao pt… estou falando do congresso.. que atualmente é o lugar mais seguro do brasil para um bandido ficar…

    Até gosto das posições da dilma… mas critico a escolha de aliados do pt… será q pra ganhar a eleição agora a dilma vai ter q sentar e orar com os evangelicos??? isso seria horrivel… mas não improvavel…

    • Brinca, não. Quer dizer q um jovem não pode ir para o exterior, estudar; falo, qq um, em qq situação…. mesmo aqueles q não tenham qq vínculo ideológico com o passado, próximo?
      Ora, estudar no exterior significa alargar os horizontes e acrescentar algo mais… diferente e melhor, do q dispomos, aqui, no País. Mtos, penso, entendo, viajam para o exterior, a fazer turismo, com objetivos de acrescentar cultura e experiências, ao espírito.
      Um filho, meu, fez um teste… concorreu e foi aproveitado, ganhando uma bolsa pra fazer o curso universitário, de q ele se beneficiava, aqui, no Brasil. Qdo chegou por lá, descobriu q a bolsa não seria pelo valor prometido e, sim, pela metade. Tudo bem, eu me esforcei e banquei a outra parte…. Entretanto, um tempo passado, o rapaz veio ao Brasil, em férias e a Mãe não concordou com a seu retorno, devido aos riscos q o carinha corria, por lá. Não seria o risco da violência, como os europeus entendem q corremos, por aqui; mas, o risco do envolvimento com o consumo habitual de drogas, existente… e real.
      Pra vc ver, seu geneticista, as mazelas daqui concorrem com as mazelas de lá… Particularmente, eu até acho graça, do sentimento superior dos seres q habitam na Europa, nos EEUU… Olha pro meu nome… Eu sou metade português, metade alemão. Por favor, não considere a minha genética; juro, q nada tem a ver… O meu lado luso seria comerciante e o meu lado alemão, mercenário e autoritário. E eu não tenho nada disso, ai; juro. Seria, assim, um Cristão; desses classificados por ai, modernamente, como imbecil, maníaco. Mas. acontece q eu observo os ao meu redor, q frequentam a América, a Europa. Claro q essa gente, toda, ao redor, acrescentou mta novidade ao comportamento e à competência…. Mta carga positiva e mta, negativa… digamos. Cara, nada disso, me enche os olhos. Eu, pra mim, jamais iria pro exterior; nem pra frequentar um Congresso…. q seja. Prefiro andar por aqui, mesmo, e deitar conversa com quem me der o prazer…. Mto enriquecedor; já percebi. Qdo olho pra trás e contabilizo a quantidade de lucro q consegui pra empresa em q trabalhei, q ofereci dedicação integral…. fico surpreso. Sabe?… A faculdadezinha de economia, ali na Urca/Rio e, depois, lá em Niterói… elas me bastaram, sem qq vaidade.
      Então, modéstia à parte, pq desprovido de vaidades, tbm, posso afirmar q vc foi mto impertinente, com a crítica q postou, acima. Insolente, tentando desmerecer o trabalho, íntegro, de jornalismo, do cidadão Eduardo Guimarães. Cara, não é por acaso q as posições éticas e morais do Eduardo, se assemelham às posições políticas do Partido dos Trabalhadores. Existe um nível de comprometimento, sim. E não vai ser a sua pessoa q irá determinar o q correto e incorreto; e, sim, a consciência desse jornalista.
      Qto ao intendimento dos seus pares, lá do exterior, sobre o processo político em curso entre nós, aqui; lógico, só poderia ser o mesmo propalado pelas mídias, elitistas, consumidas ao gosto. Ou vc esperava q seus pares usassem ler o tal do Grama, cubano?
      À propósito, como seus pares se sentem com relação às Políticas impostas na Europa, por aquela trinca, poderosa, q inferniza o trabalhador e o popular, europeu? Vc, por acaso, comenta, assim, de passagem, q as Políticas impostas pelo petismo, aqui, são, justo, opostas às observadas por lá? Q aqui, o nível de desemprego é, o q é; e vc não corre risco de estar desempregado, amanhã? Se vc fizer esse comentário q, inclusive, um certo tabloide, ingles, faz…. seus pares irão mudar de ideia – Claro, só vc, continuará odiando o PT, violentando o caráter do Eduardo Guimarães….
      Tchau

      • Simas…

        Sinceramente????

        Você tem problemas sérios de leitura assim mesmo? Onde voce viu escrito que eu odeio o pt? Onde voce viu escrito que eu louvo a europa? Se você me conhecesse, saberia que é completamente AO CONTRÁRIO… vivo zuando os estilos de vida europeu para com os meus “pares”…

        Da onde, no meu texto, voce tirou essas informações? Sério que você escreveu uma resposta de 50 linhas para tentar me desmoralizar INVENTANDO dados? Sinceramente né?

        Agora… o que ficou claro no texto… é que vc é TÃO cego de fanatismo no pt.. que ve criticas ao governo mesmo onde essas não existem…

        A unica coisa q eu critiquei do executivo do pt… foi a escolha de aliados… q por acaso vc não mencionou nada…

        E sim, critico a reportagem do eduardo SIM… pq em lugar democrático nenhum no mundo protesto é visto com mals olhos… ou seja… esse discurso q “o brasil se sujou diante do mundo” é estoria pra boi dormir…

        Repetindo o q um grande amigo da frança me disse quando falei das vandalizações aqui “Voces são tranquilos… se o governo (e entenda-se governo não como A DILMA e sim como O CONGRESSO) daqui fosse assim… nos teríamos queimado carros nas ruas diariamente até sermos atendidos”

  9. É isso mesmo, Eduardo, você e a Gabriela tem toda razão. Mas tem um,a coisa: o que Lula fez pelo país é estrutural,é sólido, enquanto esses fatos lamentáveis recentes, principalmente o do preconceito contra os médicos cubanos, são episódios efêmeros, é o “jus esperneandi” das elites obrigadas a reconhecer 200 milhões de brasileiros como cidadãos, com todos os direitos civis e econômicos, inclusive à saúde e a viajar ao exterior, como o porteiro da Danusa. São esperneios, são revanches, são injustiças, como a politização do julgamento do “mensalão”. Nas, diante da grande dimensão da mudança estrutural que o lula-dilmismo implanta no país, não passam de fatos menores. Vão ficar para trás, superados pela realidade. O povo braslieiro vai para frente. É o horizonte que delineio. Parabéns, Edu, pelas reflexões sempre agudas e certeiras.

  10. esse celso é um rola bosta leitor da veja. caro: aqui é um blog para quem gosta de pensar. para os bovinos, favor dirige-se ao pig

  11. “As cenas de guerra que o país exportou, porém, criaram a falsa impressão de que, de fato, a situação por aqui era muito ruim. De junho para cá, outros factoides políticos vêm contribuindo para macular a imagem do Brasil.”

    E qual seria o factoide? O governo do PT, que após de mais de dez anos administrando a saúde no Brasil, anuncia a importação de um batalhão de médicos cubanos? E, como eles mesmos dizem em entrevistas, para participar de uma missão humanitária? Isso sim é imagem de guerra lá fora.

  12. Eduardo, nada a ver colocar sua filha aqui. Ela pode ser atacada pelos reaças: por ser filha de um “petralha”; pelo pai “comunista”, portanto hipócrita, tê-la mandado para um país de primeiro mundo e de língua inglesa ainda por cima para estudar. A direita ataca em todos os pontos. Eles acreditam que nós, progressistas, apoiamos o regime da Coreia do Norte; que não podemos participar da economia e da cultura dentro do capitalismo, ganhando nosso dinheiro, viajando para onde bem entendermos. Eles acham que a esquerda faz voto de pobreza franciscana…

  13. Eu realmente acreditei que o Brasil havia tomado o rumo certo entre 2009 e 2011. Foi então que as interferencias que os petistas fizeram nos fundamentos da economia brasileira e a falta absoluta de investimentos em infra-estrutura começaram a aparecer. Hoje .. com pib minúsculo, mensaleiros impunes, black blocks, impunidade generalizada etc etc sei mais do que nunca, que o nosso Brasil continua sendo um país do futuro. Talves daqui 50 anos ou mais … o nosso povo deixe de votar em
    Renan Calheiros, Paulo Maluf, Collor de Mello, Sarney ou em qualquer desses demônios que nos governam e nos envergonham.

    • Nossa, eu fui o último a comentar nesse blog em outubro de 2013! Pois é, hoje é 15 de abril de 2016 e depois de amanhã será a votação do Impeachment da Dilma na Câmara dos Deputados. No meu post de 2013 eu reclamava do pib minúsculo, agora estamos no 3º ano de depressão econômica. Encolhemos 3,5 % anos passado e encolheremos quase 4% agora em 2016. Até a ONU e o FMI estão preocupados com o que está acontecendo com o Brasil. Gabriela, não sei se você ainda está na Austrália mas se já voltou para o Brasil, espero que não esteja muito arrependida. Eu sempre fui muito otimista mas não acredito mais que o Brasil se torne um país desenvolvido. Nem mesmo um simples país civilizado como Portugal, Chile ou Argentina. Mesmo vivendo aqui, é assustador como as coisas vão se degradando diante dos seus olhos. A violência, a miséria, o retrocesso até mesmo na música, na cultura, na maneira das pessoas serem. A falta de cortesia, de educação, de um simples sorriso… Espero que pelo menos, a economia melhore e a nossa moeda adquira um pouco mais de valor frente ao dólar. Sempre me esforcei para que meu filho sempre estudasse em escola bilíngue. Quando ele concluir o ensino fundamental, pretendemos nos mudar para o Canada. A escola que ele frequenta, tem o currículo reconhecido pelo governo canadense e queremos ter essa experiência de viver por alguns anos lá. Lamento pelos brasileiros que estão infelizes com o que os políticos fizeram com esse país, mas não podem se mudar daqui. Acredito, que o exemplo da tragédia brasileira, servirá de exemplo de como mesmo em um regime democrático, um país pode se afundar através da escolha de seu próprio povo.

Trackbacks

  1. Política e ideologia conspurcam a imagem...
  2. Política e ideologia conspurcam a imagem...
  3. Política e ideologia conspurcam a imagem do Brasil no exterior | C O O LTURA

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.