Desagravo aos médicos cubanos

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

Na foto acima, médicos cubanos que vieram ao Brasil para trabalhar em um do 701 municípios que não atraíram o interesse de nenhum profissional brasileiro e que foram hostilizados por médicos brasileiros durante evento em Fortaleza (CE).

O que se teme, neste momento, é que esses heroicos profissionais que doaram suas vidas a ajudar os que precisam sem visar lucro façam uma ideia de nosso país que não corresponde à verdade. Não somos isso que você, se ainda não viu, poderá conferir no vídeo abaixo. Essa gente não nos representa, não representa o povo brasileiro.

Assista o vídeo. O post prossegue em seguida.

 

Diante dessas cenas lamentáveis, o Blog oferece a você a chance de dizer a esses profissionais que não faz  parte desse setor pequeno, gritalhão e inconsciente da sociedade brasileira. Deixe, abaixo, o seu comentário de apoio à iniciativa – escrita em espanhol, em respeito a esses profissionais.

*

REPARACIÓN

 

 

Les pedimos disculpas a los médicos de Cuba

Estimados doctores cubanos que fueran hostilizados en Fortaleza, Brasil

Presente,

Nosotros, ciudadanos brasileños decentes, democráticos y humanistas y que, les podemos garantizar, no compartimos de la salvajería de algunos pocos compatriotas que los han insultado y agredido desde vuestro arribo en la bella capital de nuestro querido Ceará, venimos a ustedes con un humilde pedido de disculpas.

Aún que la mayoría de nosotros no sea culpable de la estupidez y de los hechos depreciables de esa pandilla que los ha atacado hace rato, no podrá quedar sin reparación lo que ha pasado.

Por primer, les queremos informar que, hace alrededor de unos quince días, se hizo en Brasil una encuesta de opinión del instituto Datafolha – uno de los más grandes de Brasil – en la cual se preguntaba a personas de los cuatro cantos del país lo que pensaban de la venida de médicos cubanos hacia Brasil. 54% de los encuestados han dicho ser favorables.

Lo que ha pasado resultó, pues, de lucha política-ideológica que todos sabemos cómo sucede sobretodo en Latinoamérica. La derecha brasileña les tiene miedo, pues cree que van a hacer un buen trabajo y que, con eso, podran ayudar el gobierno progresista de la presidenta Dilma Rousseff en las elecciones del 2014.

Concluyendo esta reparación que les hemos enviado por medio de la representación diplomática cubana en São Paulo, les pedimos humildemente que no hagan juicio de nuestro pueblo por los hechos de unas cabezas pequeñas y miserables que se han olvidado de todo lo que es mínimo en una democracia.

En espera de buena acogida, les saludan…

(…)

Tags: , , , , ,

1.146 Comentário

  1. Quero que todos saibam que como brasileiro me senti profundamente envergonhado com a recepção dada a vocês que vieram dar conforto ao meu povo mais carente, envergonhado por ter nesse país médicos com o caráter desses que vociferam quanto a presença de vocês, envergonhado pelas atitudes racistas e preconceituosas com que vomitam opiniões sem embasamento algum a não ser sua visão caolha do ‘a nós, tudo. Aos miseráveis, nada’.
    Espero,sinceramente que não se levem por esses que, com certeza, são o pior que temos na sociedade e sintam de perto o que o nosso povo, aquele humilde que divide com o próximo o pouco que sua pobreza lhes dá, é na realidade.
    Acredito que com a presença de vocês talvez algum dia alcancemos os índices de saúde que sua pequena e aguerrida ilha alcançou e é capaz de envergonhas gigantes em todo planeta!
    Em nome do meu povo eu humildemente agradeço!
    Viva ao Povo Cubano!
    Viva ao Povo Brasileiro!

    • Não é certo vaiar quem está prestando serviço a saúde, até porque a culpa não é dos médicos cubanos ou de outra nacionalidade. Penso que o governo deve rever esta situação com maior clareza, pois o que falta mesmo é equipar os hospitais devidamente e dar condições de trabalho aos médicos para que a população tenha o atendimento justo que merece.

  2. Amigos brasileiros, não sou médica, mas sou cubana e como todos os cubanos amo Brasil e povo brasileiro.
    Vocês podem ter certeza de que os cubanos sabemos que no aeroporto de Ceara não era o povo de Brasil quem estava, por isso não estamos chateados. O trabalho de nossos médicos dirá a ultima palavra e todos vão a escutar. Muito obrigada pelo apoio.

  3. Caríssimos médicos cubanos, agradecemos a solidariedade e pedimos desculpas pelo comportamento hostil de algumas pessoas, que, de maneira nenhuma representam o povo brasileiro. Sejam bem vindos e tenham para sempre o nosso apreço e consideração, extensivo à Cuba, país amigo e irmão.

  4. Perdoe-nos, amigos cubanos! Os médicos brasileiros fazem esse tipo de absurdo por não possuírem os ideais de humanidade que todos os médicos deveriam ter. Os médicos brasileiros se perderam no corporativismo e na ilusão de que são superiores a alguém! Na verdade, são uns incompetentes, egoicos e temem a competência e generosidade de vocês. Definitivamente, essa corja não representa o nosso País, sempre caloroso, amoroso e receptivo. Sentimo-nos envergonhados pelo acontecido e, de coração, agradeço imensamente o que vocês estão trazendo para nós, tão generosamente! Que Deus os abençoe e que vocês possam ensinar aos “profissionais” daqui o valor de uma medicina centrada no amor ao próximo e no ideal de justiça social. Sejam bem-vindos e muito obrigada!

  5. O povo brasileiro comeca a entender o sentido de ser tratado como gente faz ainda pouco tempo, pouco mais de 10 anos, mas nao dara chance de voltar a ser explorado novamente. Esse povo da as boas vindas aos medicos cubanos e a qualquer outra nacionalidade que esteja disposta a colaborar com as melhorias que se juntam para o progresso do Brasil. Os que estao no video vaiando e se comportando como ignorantes fazem isso justamente por nao aceitarem ceder um pouco de se espaco privilegiado para a camada da populacao que esta em ascencao. Eles nao teram escolha? terao que aceitar SIM ou SIM.

  6. Nos causa vergonha a atitude de alguns médicos desse país. Parabéns a todos os médicos cubanos. Sejam Bem Vindos. Obrigada por estarem aqui para trabalhar em beneficio dos mais pobres. Desculpem a falta de educação e de profissionalismo de alguns.

  7. Os amigos CUBANOS foram recepcionados pelo povo do BRASIL BÉLGICA nos aeroportos, mas o povo do BRASIL ÍNDIA espera ansioso pela sua chegada. Espero que não levem em conta a falta de educação, a grosseira e a empáfia dessa gente metida a sêbo. Estamos muito felizes em recebê-los, amigos de CUBA, agradecemos do fundo do coração a sua inestimável ajuda ao nosso povo tão carente e necessitado de atendimento médico e esperamos que a sua estadia em nosso país seja alegre, proveitosa e positiva para todos. Um grande abraço e que DEUS ilumine a todos. VIVA CUBA !! VIVA O BRASIL !!

    ANOS tuKKKânus LEWINSKYânus NUNCA MAIS !!! NO PASSARÁN !! VIVA GENOÍNO !! VIVA ZÈ DIRCEU !! VIVA A LIBERDADE, A DEMOCRACIA E A LEGALIDADE !! VIVA LULA !! VIVA DILMA !! VIVA O PT !! VIVA O BRASIL SOBERANO !! LIBERDADE PARA JULIAN ASSANGE, BRADLEY MANNING E EDWARD SNOWDEN JÁ !! FORA YOANI e MÉDICOS COXINHAS BRASILEIROS !! ABAIXO A DITADURA DO STF gloBBBobalizado!! ABAIXO A GRANDE MÍDIA EMPRESARIAL & SEUS LACAIOS e ASSECLAS !! CPI DA PRIVATARIA TUCANA, JÁ !! LEI DE MÍDIAS, JÁ !! “O BRASIL PARA TODOS não passa no SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO – O que passa SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  8. Bem-vindos, nossos irmãos cubanos! Viva Cuba! Viva o Brasil! Viva a América Latina!

  9. O Brasil esta passando por um momento delicado. Nossa historia forjou a mais egoista, reacionaria e inculta elite do mundo. Uma classe preconceituosa e racista, desesperada por perceber que no voto tão cedo não volta ao poder. Apesar de vivermos um pais riquissimo o simples fato de existirem cidades sem médicos mostra bem que tipo de sociedade criamos. Mais raro que encontrar médicos que se disponham a trabalhar em cidades do interior do norte e nordeste e encontrar um médico que não seja de classe média alta pra cima. Riquissimos são abundantes. Na visão dessa classe é chocante ver médicos com o eles, negros e dispostos a ir pro interior trabalhar numa medicina sem perspectivas de torna-los milionarios. Na verdade uma afronta essa gente “diferenciada” vir aqui depreciar nossa profissão.

  10. Todo respeito aos médicos cubanos.

  11. Caros médicos,
    Somos muito gratos que estejam aqui para nos ajudar a diminuir o sofrimento do povo pobre de nosso país.
    Nos envergonhamos da hostilidade com que foram tratados e pedimos desculpas.

    Sejam Bemvindos

  12. Sejam bem vindos caros médicos(as) cubanos(as), o povo simples do Brasil agradece de coração a vossa presença e, confia no vosso conhecimento para minorar o sofrimento causado pela ausência de assistência médica. Não faço parte dessa minoria mal educada que não representa nem a própria classe médica.

  13. Para todos os médicos estrangeiros , que aceitaram trabalhar ,em condições nem sempre das mais favoráveis , para propiciar melhor atendimento de saúde aos brasileiros menos assistidos , meus mais fraternos votos de gratidão e simpatia. SEJAM TODOS BEM VINDOS!
    O que há de melhor em nós humanos , será por certo enaltecido e lembrado por todos quanto souberem dignificar a grandeza da vida .

  14. Peço perdão aos médicos estrangeiros pela falta de humanidade de alguns. Peço humanidade, acima de tudo, no exercício de uma ”nova” medicina que desbancará esse modelo mercantilista que temos hoje.

    Douglas Quina
    Mogi Guaçu – SP

  15. lametamos profundamente o ocorrido, desencantado com esses mesmos profisionais que agiram de uma maneira habitual nos seus atendimentos propio de uma classe preconceituosa basta observarem como agem ao atenderem os usuario do sus nos postos de atendimentos, desconhecem aquilo que e mais caro em uma consulta “ANAMINESE” quanto mais ocupar postos nos municipio do nosso pais. coitados tem muito que aprender com o pai da medicina e com a etica profissional. que venhao medicos de qualquer nacionalidade, estamos feliz com esta ideia salvadora pelo menos aliviar e nos oferecer uma medicina basica que esses mesmos nao foram capaz de ir a luta para ajudar seu compatriota carente, quem sabe se o papai nao oerece um consultorio no centro das grandes cidades do Brasil, nada mal em ? so deixem em paz aqueles que querem mostrar serviço e aprender mais, com o seu semelhante.

  16. Amigo Cubanos o coração da maioria dos brasileiros e muito bom, e sempre cabe um lugar para novos amigos como vocês. Sejam bem vindos!

  17. Queridos amigos cubanos, existe uma boa parte do povo brasileiro que sente orgulho e gratidão de recebê-los para nos ajudar aqui em nosso país! Vocês são um exemplo de generosidade, solidariedade e humanismo! Venham, vão e voltem sempre ao Brasil!

    Salve! E viva Cuba!

  18. Eu sinceramente nem quis assistir a esse vídeo. Realmente eu mesmo gostaria muito de ser atendido por um médico cubano mas aqui em São Paulo creio que só há os coxinhas, pelo menos na grande maioria.

    SEJAM MUITO BEM VINDOS.

  19. Amigos e irmãos, amigas e irmãs Cubanas!

    Sejam sempre e para sempre bem vindos ao Brasil!

    Seremos, brasileiros, merecedores do respeito e consideração, dignidade e compaixão que receberemos dos doutores e doutoras de Cuba, do mundo todo.

    Salve Cuba! Salve Brasil!

    João Volino Corrêa

  20. Caríssimos médicos cubanos, como vcs puderam constatar pela reação dos médicos brasileiros, temos de fato muito a aprender com vcs. Sejam muito bem vindos!!! Nosso Brasil precisa muito de vcs!!! Obrigada!!!

  21. vergonhoso!!! Bando de hipócritas
    Que venham nossos colegas cubanos!

  22. Muito feliz com a chegada de vocês, o meu Brasil carece dos serviços e da competência de todos os médicos cubanos. Aplausos, muitos aplausos !!!

  23. Oi Pessoal! Vejam esse comentário do Ademar Araujo muito pertinente sobre a “revolta” de certos médicos no Brasil.

    PORQUE TANTO MEDO DOS MÉDICOS CUBANOS?

    Simples, primeiro que o Brasil e boa parte do mundo são dominados pelas indústrias dos medicamentos, somos pertencentes a um país de doentes, temos aqui doenças da época de Cristo ainda, como a Lepra, hoje carinhosamente chamada de Hanseníase. Se duvidar o Brasil tem mais farmácias do que bares, as drogarias vendem de chicletes, balas a doces e bombons, isso sem falar que existem em todas elas prateleiras e mais prateleiras onde o cliente escolhe os medicamentos ao seu gosto, aliado isso tudo tem o fato que todo brasileiro é um médico, conhece medicamento bom para tudo, enfim, nascemos e morremos no Brasil tomando muito remédio.

    Nas universidades é comum os alunos de medicina serem desde lá assediados pelos representantes das indústrias farmacêuticas e suas gigantes maletas de medicamentos e esse assédio continua a vida toda do profissional médico, que tem aulas periódicas com esses representantes sobre os últimos lançamentos das inúmeras drogas colocadas no mercado. E sem falar nos seus equipamentos que substituem o simples diagnóstico humano, tornando os médicos reféns das máquinas que muitas suas unidades de saúde não a possui.

    O mais engraçado de tudo é que os países ricos, que são os grandes fabricantes de medicamentos, são os que menos tomam remédio no mundo, por que será?

    Por esses e por outros motivos é que existe essa pressão para que não venham para o Brasil médicos, cuja medicina aprendida não é medicamentosa simplesmente, mas sim a preventiva, que não dá lucro a essa gigantesca indústria das doenças, chamada de indústria farmacêutica. Ademar Araujo, Cuiabá – MT.

    http://www.youtube.com/watch?v=Sigtj8LaLV0

  24. Caros Amigos;
    A ÉTICA MÉDICA presume o respeito incondicional pela pessoa humana. Logo partilho a minha mais profunda indignação por essa atitude ridícula, xenófoba, retrógrada e POUCO ÉTICA, para com os médicos cubanos.
    Mostrem com o vosso profissionalismo e dedicação, a vossa capacidade de relevar insultos infantis de gente que, apesar de ostentar um título académico, ainda não passam de crianças rebeldes, portadoras de infantilidade medíocre.
    “A não-violência não existe se apenas amamos aqueles que nos amam. Só há não-violência quando amamos aqueles que nos odeiam. Sei como é difícil assumir essa grande lei do amor. Mas todas as coisas grandes e boas não são difíceis de realizar? O amor a quem nos odeia é o mais difícil de tudo. Mas, com a graça de Deus, até mesmo essa coisa tão difícil se torna fácil de realizar, se assim queremos.”
    (Gandhi)

  25. Sean bien-venidos, amigos cubanos

  26. Prezados medicos cubanos

    Trisdteza y verguenza pela atitut de algunos medicos brasilenõs criminosos.
    Seria bueno que Fidel acceptese que los mediocos brasileros vayan a Cuba para seren re-educados
    e aprenderen lo que ésser un Ser Humano.
    Mucahs gracias por cuidar de los necessitados de Brasil
    Viva Cuba, Vivan los medicos de Cuba, viva Fidel y viva Dilma
    Inêz OLudé

  27. Caro Eduardo Guimarães,
    Eu estava lá. Como diz Gonçalves Dias, em Y-Juca Pirama: “meninos, eu ví.” Seguem um artigo nosso “Bem-vindos colegas cubanos” e a “Nota de desagravo aos médicos estrangeiros”, assinada por dezenas de entidades e personalidades cearenses. Um abraço, Manoel Fonsêca

    quinta-feira, 29 de agosto de 2013
    Nota de desagravo aos médicos estrangeiros

    Na última segunda-feira, 26 de agosto de 2013, na Escola de Saúde Pública do Ceará, assistimos, lamentavelmente, a uma demonstração de intolerância e xenofobia do Sindicato dos Médicos do Ceará e um grupo de 40 jovens médicos para com os médicos cubanos e outros estrangeiros, que vieram ao Brasil por espírito solidário e respondendo a um chamamento do governo brasileiro. Gritavam, a plenos pulmões, nas portas da ESP, num verdadeiro “corredor polonês”, grosserias injustas e xenofóbicas: “escravos, escravos”, “incompetentes, incompetentes”, “voltem pra senzala” e outros impropérios.

    Senhor presidente, para onde você caminha e leva os jovens médicos? E agora, José? José, para onde? Para a agressão física? “Escravos”, José? Um povo valoroso que resiste a um boicote econômico há 54 anos da maior potência econômica do mundo, os Estados Unidos, e não se entrega, e não se curva? Um povo que jamais agrediu outros povos e, sim, oferece sempre a sua solidariedade e os seus médicos em situações de catástrofe, como no Haiti e em 69 países que pedem sua ajuda, sempre intermediada pela OMS? Cuba não tem riqueza, José. A sua riqueza é seu povo, são seus médicos, a sua solidariedade. Incompetentes, José? Os indicadores de saúde de Cuba se pareiam com os dos países mais desenvolvidos, a mortalidade infantil é menor que nos Estados Unidos e há 30 anos desenvolvem um Programa Saúde da Família que é exemplo para o mundo inteiro.

    Fazemos um apelo a todas as entidades médicas para que respeitem os médicos cubanos e outros estrangeiros, que os acolham como merecem. Pratiquem a solidariedade latino-americana, como nos ensina José Martí, líder da unidade ibero-americana: “Cultivo uma rosa branca, em julho como em janeiro, para o amigo verdadeiro que estende sua mão franca. E para o mau que me arranca o coração com que vivo, cardo ou urtiga não cultivo: cultivo uma rosa branca”. .

    Sejam bem-vindos médicos cubanos e todos os estrangeiros que aqui vieram prestar sua solidariedade e cuidar do nosso povo. .

    – João Marques, Presidente do Conselho Estadual de Saúde (Cesau)
    – Odorico Monteiro, Secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde.
    – Socorro Martins, Secretária da Saúde de Fortaleza
    – Raimundo José Arruda Bastos, Secretário da Saúde do Estado do Ceará
    – Wilames Freire Bezerra, Presidente do Cosems (Conselho dos Secretários e Secretarias Municipais de Saúde
    – Messias Pontes, Presidente da Associação da Anistia 64/ 68
    – Manoel Fonseca, Coordenador de Promoção e Proteção a Saúde da Sesa.
    – Ivana Barreto, Superintendente da Escola de Saúde Pública do Estado do Ceará
    – Alexandre Mourão, Coletivo Aparecidos Políticos
    – Sílvio Mota, presidente do Comitê Ceará Memória Verdade e Justiça (MVJ)
    – Inocêncio Uchoa, Presidente da Associação de Juízes para a Democracia (AJD).
    – Antônio Ibiapina da Silva, Presidente da Associação da Amizade Brasil – Cuba Casa José Marti
    – Eunice Bezerra, Vice-presidente da Assoc. da Amizade Brasil – Cuba Casa José Marti
    – Prefeito do Município de Sobral, Clodovel Arruda
    – Prefeito do Município de Canindé, Francisco Celso Crisóstomo Secundino .
    – Deodato Ramalho, líder do PT na Câmara de Vereadores de Fortaleza.
    – Mário Albuquerque, Presidente da Comissão de Anistia Vanda Sideau
    – União da Juventude Socialista no Ceará, Rudiney de Sousa
    – Antônio Carlos, Deputado estadual (PT)
    – Odilo Almeida Filho, arquiteto e urbanista
    – Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil
    – Cláudia Viana de Almeida Movelos, Movimento pela livre Orientação Sexual
    – Rodrigues Lima, Presidente do Conselho Estadual da Juventude no Ceará
    – UNE – União Nacional dos Estudantes, Eduardo Brasileiro – Diretor no Ceará
    – UBES – União Brasileira dos Estudantes Secundaristas, Edvar Neto, Diretor no Ceará
    – ACES – Associação Cearense dos Estudantes Secundarista, Brena Carvalho
    – Paulo César Cariri, Membro do Conselho Estadual da Juventude
    – Marcus Sá, Jornalista
    – Evandro Soares, Jornalista e Radialista
    – Ana Lúcia Oliveira
    – Ana Angélica Aquino, engenheira civil
    – Alex Mont Alverne, ex secretário da Saúde de Fortaleza
    – Zizia Oliveira
    – Eudes Xavier, deputado Federal (PT)
    – Ronivaldo Maia, vereador de Fortaleza (PT)
    – Lúcia Arruda, servidora pública
    – Evaldo Lima, vereador de Fortaleza (PcdoB)
    – Marcos Aurélio, vereador de Fortaleza (PSC)
    – Sindicato dos Comerciários de Fortaleza
    – José Maria Ferreira, sindicalista
    – Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado do Ceará.
    – José Joaquim Neto, Presidente do Movimento Popular da Saúde (MOPS)
    – Antônio Alves Ferreira, Presidente do Morhan Estadual.
    – Luciano Simplício de Farias, CTB – Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil

    segunda-feira, 26 de agosto de 2013

    Bem-vindos, colegas cubanos

    Estive em Cuba em 1986, junto com uma centena de brasileiros, para participarmos do I Seminário Internacional em Atención Primaria de La Salud, promovido pela Organização Panamericana de Saúde(OPS), Organização Mundial da Saúde(OMS) e Ministério de Saúde Pública de Cuba. Há quase 30 anos o Programa de Saúde da Família de Cuba era o destaque deste Seminário Internacional, exemplo de estratégia de incorporação de baixa densidade tecnológica, centrada na pessoa humana, na família e no vinculo permanente de uma equipe com a população de um território, com resultados significativos na melhoria de indicadores de saúde. Qual era o segredo desta estratégia? Os médicos cubanos aprendiam o que os nossos mestres Dr. Paulo Marcelo, Dr. Elias Salomão, Dr. Oto, Dr. Pessoa, Dr Haroldo Juaçaba nos ensinavam: ouvir o paciente e sua história familiar, examiná-lo, palpá-lo, auscultá-lo, observando sinais e sintomas, fazer, enfim, uma anamnese e exame clínico detalhado e sistemático. Respeitando o ser humano que nos procura em sofrimento, a sua individualidade, com ética e humanismo. Os médicos cubanos são excelentes médicos de família e vêm aperfeiçoando o seu conhecimento há 30 anos. Os brasileiros estarão em muito boas mãos aos seus cuidados. Fico muito triste ao presenciar expressões de xenofobia e até etnofobia, arrogância, preconceito e agressividade de presidentes  de alguns CRMs, do CFM e AMB contra médicos estrangeiros, especificamente cubanos. Xenofóbico é quem demonstra temor, aversão ou ódio aos estrangeiros. Será que esta não é uma forma camuflada de expressar aversão ou ódio aos pobres do Brasil? Por que tememos os médicos cubanos? Porque são disciplinados e cumprirão a carga horária contratada? Porque são excelentes médicos de família e cuidarão com carinho, respeito e sabedoria do nosso povo. Porque se fixarão num só emprego e dedicarão todo o seu tempo às famílias sob sua responsabilidade? Espero que nossos colegas médicos cubanos e demais estrangeiros não sejam hostilizados por senhores da “casa grande e senzala” da modernidade e sejam acolhidos com simpatia e respeito, como fui por eles, quando estive em Cuba há 30 anos.

    Manoel Dias da Fonsêca Neto
    Médico, Especialista em Saúde Pública
    Mestre em Gestão de Sistemas Locais de Saúde

  28. Meio atrasado quero aqui deixar minha solidariedade e um pedido de desculpas aos srs. e sras. pela recepção dessa meia-dúzia de reacionários, que não representam o pensamento da maioria dos brasileiros.
    Sejam bem-vindos, verão que aqui tem um povo maravilhoso que o/a/s tratarão com todo o respeito e admiração que merecem por seu trabalho.

  29. Prezados irmãos e médicos cubanos, muito obrigado por estarem em nosso País e sejam muito bem-vindos!

    Como brasileiro, sinto-me envergonhado diante do ato covarde, mesquinho e pequeno protagonizado por aqueles xenófobos em Fortaleza e orgulhoso pela altivez do médico cubano na foto, mostrando superior e destacada decência no olhar e no propósito de sua missão em nosso País. Estou certo que há mais preparo e consciência do seu papel de médico que seus assustados e despreparados agressores e colegas de profissão. O ato da violência explica, em parte, a ausência de médicos em regiões mais necessitadas, evidenciando claro desprezo pelo ser humano e uma inexplicável reserva de mercado em cidades que os profissionais médicos não querem chegar. Se não querem ir, por que impedir quem queira? Vendo os agressores em plena convulsão emocional, vem-me a inescapável pergunta: têm eles conhecimento antropológico, sociológico, profissional e emocional ao nível daquele digno médico afrontado? Mais: têm eles preparo para lidar com pacientes em busca de ajuda, em busca de conforto, em busca de uma mão amiga, em busca de solidariedade? Demonstraram que não. Deixo, enfim, um pedido de desculpas aos nossos irmãos cubanos e reitero meu agradecimento:

    Meus irmãos cubanos, muito obrigado por atenderem a um chamado dos seus irmãos brasileiros. Que deixaram sua Pátria para atender a nós, seus irmãos brasileiros. Sejam muito bem-vindos, cidadãos de bem! Aqueles covardes que os hostilizaram em Fortaleza não sabem o que fazem e não representam a maioria esmagadora do pacífico e solidário povo brasileiro!

    Obrigado por virem ao Brasil ajudar os brasileiros que jamais receberam um olhar de atenção e carinho de um médico brasileiro. Aqueles médicos covardes não vão cessar, nem manchar o fraterno convívio entre brasileiros e cubanos.

    Boa sorte na missão que iniciam, que espero exitosa e inauguradora de outros programas.

    Forte abraço m todos!

    Viva CUBA, Viva BRASIL!

    Atenciosamente,

    Edson Bomfim de Santana Júnior
    Mais um brasileiro que respeita os cubanos.

  30. A MEDICINA BRASILEIRA É COMERCIAL, OPORTUNISTA E PROTECIONISTA COM VISÃO DE MERCADO APENAS, ESQUECERAM O SENTIMENTO HUMANISTA QUE DEVERIA REGER A PROFISSÃO.
    A MEDICINA CUBANA É RECONHECIDA TECNICAMENTE COMO UMA DAS MELHORES DO MUNDO PORTANTO AGRADECEMOS AOS MÉDICOS CUBANOS QUE ESTÃO NO BRASIL PARA SOCORRER O NOSSO POVO MAIS CARENTE, ONDE NÃO EXISTE NINGUÉM PARA AJUDAR AOS QUE CLAMAM PELA VIDA. TENHO CERTEZA QUE OS NOBRES MÉDICOS DE CUBA FORAM MOVIDOS PELO SENTIMENTO DE SOLIDARIEDADE E AMOR AOS MAIS NECESSITADOS, OS MÉDICOS DE CUBA TAMBÉM DERAM UM GRANDE EXEMPLO DE EDUCAÇÃO DIANTE DA VIOLÊNCIA E VULGARIDADE DOS MÉDICOS BRASILEIROS NO CEARÁ.
    TENHO CERTEZA PELO QUE TENHO CONVERSADO COM DIVERSAS PESSOAS O POVO BRASILEIRO REPROVOU A ATITUDE DESSES EGOÍSTAS E IRRESPONSÁVEIS QUE OFENDERAM OS NOBRES MÉDICOS DE CUBA. AGRADECEMOS AOS VERDADEIROS MÉDICOS (OS DE CUBA) PELA AJUDA QUE VÃO NOS DAR E QUEM SABE POSSAM NOS ENSINAR TAMBÉM UM POUCO MAIS DE EDUCAÇÃO E HOSPITALIDADE.

  31. Muy bienvenidos, medicos cubanos!
    Muchas gracias por su sentido de humanidad.
    Les pido disculpas por la selvagería y mala educación de los medicos de Brasil.
    El pueblo brasileño apoya los medicos cubanos y dale gracias.
    Viva Cuba! Viva Brasil!

  32. A ALEMANHA TEM 30 MIL MÉDICOS ESTRANJEIROS,E NEM POR ISSO É PARTICIPANTE DESSE SURTO IMBECILIZADO ,DEMONSTRADO PELA MAFIA DE BRANCO-BRASILEIRA
    .É ISSO QUE ENSINAM AS ESCOLAS DE MEDICINA DE CADA UM ???É MELHOR FECHAR TODAS E COMEÇAR DO ZERO…
    QUANTO A MEDICINA CUBANA…DÁ DE MIL NA MAFIA MEDICINAL NORTE AMERICANA.,ALEM DE SER SAUDE PREVENTIVA DE FATO.
    VIVA CUBA, SUA MEDICINA , SEUS MEDICOS E TODOS OS PROFISSIONAIS DA SAÚDE!
    VIVA O BRASILEIRO QUE COMEÇARÁ A SE LIBERTAR DOS MEDICAMENTOS E DA ALGEMA DA MEDICINA – MEDICÍNICA- BRASILEIRA.
    PARABENS PADILHA E PRESIDENTA DILMA ,PELA CORAGEM!!!!AVANTE!!

  33. Queridos hermanos cubanos,

    de todo mi corazón y de toda mi alma, muchas gracias por sus exemplos de fraternidad, responsabilidad y espírito humanitário.

    Que Dios los bendigam, eternamiente.
    Um gran y afectuoso abrazo.

    Carlos Antonio de Alencar Mendes y familia.

  34. Sejam bem-vindos!

    Guantanamera
    Guantanamera, guajira guantanamera
    Guantanamera, guajira guantanamera

    Yo soy un hombre sincero
    De donde crece la palma
    Yo soy un hombre sincero
    De donde crece la palma
    Y antes de morir me quiero
    Echar mis versos del alma!

  35. Sejam bem-vindos! Recebam todo o meu respeito e admiração.

  36. -Sou médica há qse 40 anos.Neste momento que vivemos,encontro-me envergonhada diante dos fatos ocorrido,peço mil desculpas e repito certa frase …..perdoe os ,eles não sabem oque fazem…..Creio que
    os “heróicos” colegas compreenderão : o nosso país carece de EDUCAÇÃO para não se deixar levar por esta mídia tendenciosa –este nosso meio de comunicação pertence a 6 familias,e elas manipulam as TVs,os jornais,e revistas conforme seu interesse político……
    -Caros colegas –“Bem Vindo!!!!-venha somar ,e creia, muitos colegas te aplaudem,claro, os colegas inteligentes e que pensam realmente nos principios de Hipócrates.

    Abraços.

  37. Todo o apoio aos médicos e médicas cubanos e de outros países que aqui chegam para trabalhar. Sejam bem-vindos. Vocês são o orgulho da classe médica. Os que os atacam são a escória da espécie humana.

  38. Como médica dou as boas vindas aos colegas médicos estrangeiros ,em especial aos cubanos e desejo sucesso e boa sorte na missão.
    Sejam bem -vindos e cuidem bem da nossa população mais carente, é o meu pedido!

  39. Queridos Cubanos!!

    Sei que esses “groceiros, e desumanos” habitantes do nosso querido e acolhedor pais,, são uma imensa minuria. O povo brasileiro é acolhedor, é gentil, voces vão ver!!! Pela groceiria que fizeram com voces peço perdão e peço ainda que saibam que 99% dos brasileiros estão com voces e lhes agradecemos por virem até aqui, ajudar a curar os nossos irmãos.
    OBRIGADA, MUITO OBRIGADA POR ESSE PRESENTE QUE VCS ESTÃO NOS DANDO.
    SUCESSO NO TRABALHO!!!
    FLÁVIA

  40. Bem vindos e obrigado.

  41. essa classe de doutores brasileiros nos envergonhou profundamente, deveriam vir a publico e pedir desculpa aos doutores Cubanos, é o minimo em decência que poderiam fazer

  42. Esses palhaços elitistas e desumanos médicos que fizeram tal violência contra os cubanos, estão cada vez mais isolando-se e angariando uma antipatia geral, apoiados apenas por pequena parcela de pessoas que não merecem sequer a consideração de serem citados.

  43. Caro Edu,

    Gostaria de registrar minha gratidão aos médicos cubanos que nos honram com sua vinda ao Brasil, visando prestar assistência médica aos milhões de brasileiros que estão abandonados à própria sorte. Infelizmente nosso sistema educacional não cobra daqueles que se formam às custas dos nossos impostos (Universidades Federais) a respectiva contrapartida em serviço aos desassistidos financeiramente.
    A origem social da maior parte dos médicos brasileiros não lhes permite sentir-se responsáveis pela cura e alívio de tanto sofrimento entre os mais pobres.

    Sejam bem vindos todos os médicos estrangeiros, mais especificamente os maravilhosos médicos cubanos.

    Meriva

  44. Obrigadíssima e desculpem, eles não sabem o que dizem…

  45. Como brasileira, sinto-me envergonhada pela recepção que um pequeno grupo de frustados proporcionaram aos médicos cubanos. O ocorrido não representa a maioria, portanto nada melhor que ignorá-los.
    Aos médicos cubanos,
    Parabéns pela coragem, amor a profissão e solidariedade.
    SEJAM BEM VINDOS !

  46. O povo brasileiro precisa de médicos que queiram ir para o interior e ajudar nosso povo carente, pois os bacanas não querem ir para lá, estou de acordo com tudo que está no seu site inclusive para que coloque minha assinatura para o regulamento da Mídia

  47. Meu total apoio , solidariedade e gratidão a los y las compañeros y compañeras de CUBA . Camaradas SIEMPRE !

  48. NÃO BASTA NASCER NO BRASIL PARA SER BRASILEIRO.
    SÓ SERÁ BRASILEIRO QUANDO TIVER COMPAIXÃO PELO SOFRIMENTO
    DOS ESQUECIDOS.

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.