Procura-se um analista político “imparcial”

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

Uma de minhas maiores frustrações é não poder encarar o que considero um dos maiores desafios do homem em qualquer época, o de ser capaz de analisar qualquer coisa com base exclusivamente nos fatos, sem deixar que suas idiossincrasias – desejos, ambições, preconceitos, rancores ou amores – interfiram.

Para explicar por que não posso encarar tal desafio, tomemos a política contemporânea no Brasil como exemplo. Antes de analista político, sou um cidadão. Escrevo um blog intitulado pelo conceito imperioso de exercício da Cidadania.

Ora, exercer a cidadania é, sobretudo, tomar partido de um conjunto de ideias e ideais a partir dos quais aquele cidadão acredita que conseguirá melhorar o seu país. E para fazer prevalecer esses valores em uma democracia, só através de partidos políticos. Sem eles, a democracia simplesmente não existe.

No caso da conjuntura política brasileira, na qual vige um clima maniqueísta entre “tucanos” e “petistas”, fica difícil ser “imparcial”. Basta ir a qualquer blog ou site político da internet e analisar os comentários. Há uma vontade de um lado destruir o outro.

Quantas vezes você leu que os “tucanalhas” ou os “petralhas” são o mal encarnado e precisam ser extirpados da vida da nação? Chegam a pregar a prisão daqueles de quem divergem. Em alguns casos, já vi pregarem até a exterminação física.

Entre a direita midiática e a centro-esquerda “petista” só falta haver enfrentamentos físicos nas ruas, coisa que já acontece em países como a Venezuela, por exemplo, onde as pessoas se atracam e até trocam tiros por política, sejam chavistas ou antichavistas.

Apesar da quase inviabilidade da “imparcialidade” em um quadro como esse, parcela imensa do jornalismo nacional vive de namoro com ela, amante que corteja o tempo todo mas que trai em cada viés parcial que tenta contrabandear em textos ou na oratória julgando que ninguém irá notar.

Não é nem culpa dos jornalistas. Muitos deles nem agem assim conscientemente. A culpa é do caráter escandalosamente parcial que os donos dos grandes órgãos de imprensa imprimem a eles. Essa parcialidade mal disfarçada exacerba os ânimos e cria um clima propício ao sectarismo.

Se a grande mídia abandonasse o engajamento político-partidário-ideológico ou se ao menos o reduzisse a níveis aceitáveis, este blogueiro enveredaria pela seara da imparcialidade, pois gostaria muito de provar a si mesmo que é capaz de ser imparcial.

Enquanto o milagre da tomada de consciência pela mídia não vem, se não posso ser imparcial ao menos quero, em benefício do leitor, esclarecer que tenho lado, sim. E recomendar que você que me lê desconfie de quem disser que não tem. Simplesmente porque essa pessoa estará tentando lhe passar a perna.

Tags: , ,

112 Comentário

  1. Edu. Bom Dia!

    1. Não tem como ser isento quando você observa uma mídia que deveria refletir o Orgulho de um povo pelo seu país, a DESMERECER e fazer ESCARNIO pela opçãodeste povo em defender o Brasil.

    2. Não tem como ser IMPARCIAL quando você observa uma elite fora da realidade Nacional, e quiça mundial, e quem em qualquer país decente, essa elite seriam tratados como traidores.

    3. Não tem como ser imparcial com uma imprensa que se deixou levar pelo lucro do mercado, rasgando a cartilha da ética jornalistica.

    4. Não tem como ser IMPARCIAL sem ser considerado alienado ou entreguista.

    5. Ñão seria ético nem honrado, dar o PAÍS de nossos filhos e NETOS nas mãos de grupos entrageiros.

    6. Resumindo EDUARDO, hoje me dia ser IMPARCIAL, e SER OMISSO frente a ÉTICA A CIDADANIA E A NAÇÃO.

    Abraços Cláudio.

    • SUPREMO PARA POLÍTICOS É COMO ÁGUA PARA SAPOS.
      PRIVILÉGIOS. ROUBAM PORQUE SÃO PRIVILÉGIADOS?

      POLÍTICOS CORRUPTOS PRIVILEGIADOS SÂO JULGADOS PELO SUPREMO É COMO JOGAR SAPO NA ÁGUA.
      POR ISSO QUE SEMPRE ROUBAM.

      ENQUANTO ERAM JULGADOS E CONDENADOS NO MENSALÃO, ROUBAVAM NO PETROLÃO. rssss

      TODOS OS POLÍTICOS MENSALEIROS O SUPREMO JÁ PÔS NAS RUAS. DÁ PARA CONFIAR?

      ===
      01- EUA E WEAKLEAKS! Obrigado!
      O “COMUNISTA” LULA, FO IAGENTE DE COMÉRCIO EXTERIOR DOS CAPITALISTAS NACIONAIS JUNTO A 4 PAÍSES NO SEU SEGUNDO MANDATO, USANDO O BNDES PARA FINANCIAR SUAS EMPRETEIRAS.

      OBRIGADO EUA, OBRIGADO WEAKLEAKS. SEM VOCÊS NUNCA SABERÍAMOS.
      ===

      ===
      02- SEM CUBA, ANGOLA OU VENEZUELA TE ESPERA….
      OU, NÃO FUJA,
      JÁ TEM “‘ ADVOGADO'” E JUIZ ESFREGANDO AS MÃOS ANCIOSOS PARA SOLTÁ-LO, antes mesmo de preso!!…rsss…

      ESPEREM PARA VER….OS MENSALEIROS JÁ ESTÃO TODOS NAS RUA…

      SE PIZZA..OLATTO TIVESSE VINDO JÁ ESTAVA NAS RUAS TAMBÉM…rsss…

      • Imparcial não existe. Existe ou insensível, omisso, alienado? Ou se acende uma vela a Deus ou ao diabo. Não dá para acender para os dois ao mesmo tempo.

        Cada um defende o time que joga e critica o do outro. Há quem critica quem rouba ou defende os ladrões. Os próprios corruptos criticam quem os combate. Vejam, criticam Sergio Moro, mas não critica o juiz que colocou os mensaleiros condenados por Joaquim Barbosa nas ruas.

        Não há ética, moral ou lei relativa como quer o PT. Uma lei que os proteja e outra para o resto. Uma lei ” dois pesos e duas medidas”.

        Não dá para ficar imparcial, em cima do muro como sempre ficou a oposição desde que Lula ganhou. Em cima do muro somente a oposição ( FHC, Aécio, Aliem, Serra…)

  2. Me parece que por aquí circulam alguns daqueles bovinos leitores do R. Azevedo e do A, Nunes.
    Já fiz estas pergunta para estes “colonistas” da Veja, e óbvio, não publicaram….
    Faço agora a estes leitores ( deles) que aparecem por aquí:
    O que vcs acham destes blogs, com textos diários, de mais de 500 comentários, que não aparecem NENHUM comentário discordante, e TODOS os outros publicados são de seus bovinos leitores que concordam com TUDO que é publicado, inclusive com ofensas a xingamentos ao ex-Presidente Lula e à Dilma????

    • Meu caro com todo o respeito, acho q sua pergunta já tem uma parcialidade, acho q é da situação como dizem .

  3. Ser simples, verdadeiro e honesto é o que basta para ter credibilidade. É diferente desses “imparciais”, devotos de Santa Hipocrisia. Aliás, me falaram que a sede universal da Igreja de Santa Hipocrisia fica no Jardim Botânico-Rio de Janeiro. Acho que fica mesmo.

  4. Edu já passei da fase de ficar indignado, pois muitos deles, escrevem por causa da sobrevivência das suas famílias no final do mês, mas no fundo no fundo, em muitos casos, nem eles acreditam no que escrevem.

  5. Penso que ser parcial é nato do ser humano(até quando dois cães estão brigando, notamos a parcialidade do dono, pois ele procura apartar o embate, se possível agindo encima do cão estranho, muitas das vezes só interfere se o dele estiver em desvantagem, do contrário deixa a briga rolar, pra depois se vangloriar que o cão dele é “o bicho”). Na vida há situações que a parcialidade prejudica uma comunidade, uma cidade e até uma nação e isso é nocivo e o que mais acontece. Questão de caráter. Enquanto a escola, a família, a religião e até mesmo a sociedade, não trabalhar o caráter das pessoas, buscando moldar seu caráter para o bem, viveremos sem perspectiva de um mundo justo. Edu, seus posts. forçam comentários lúcidos como muitos que li aí encima. Parabéns!

  6. sr. eduardo,
    esse post é uma vacina contra o pig.
    como faço sempre, vou enviar o link para os meus amigos teleguiados pelo pig.
    ………….
    como pode haver isenção em uma luta de david contra golias?

  7. Eduardo, se vc mudar uma vírgula da sua posição atual, infelizmente deixarei de ser leitor do seu blog. O pig declarou uma guerra sem quartel e estamos nela para defender o projeto democrático escolhido pelo povo em eleições livres.
    O problema da extrema-direita, que não quer oposição nenhuma, é abrigar psicopatas e sociopatas, a exemplo do que fez o nazifascismo, o pinochetismo e demais ditaduras militares pelo mundo afora.

  8. Só faltou citar a origem das ilustrações: Série de jogos Fallout da Bethesda Softworks

  9. Parabéns, Eduardo….como sempre verdadeiro, guerreiro e corajoso. Felizmente você tem lado e é o lado dos que são deserdados pela sociedade. Aqui no seu blog a gente se sente bem, amparada e amparado por alguem que é nosso parceiro nessa caminhada rumo a um mundo mais fraterno. Se blog é uma luz, nesse mar de escuridão. É isso! Abração!

    • igualmente

    • Edu: Não há como ser imparcial vendo as desigualdades que a extrema direita se acha possuidora. Ou Você ou ourro qualquer acha que este pessoal considera que alguém menos afortunado possa usufruir algum direito seu neste País. Esta turma acha que só eles é que tem direito a tudo os outros menos afortunados ficam com os restos que se sobrarem na mesa. Se sobrarem, é o que eles pensam!

  10. Edu

    Duvido dos que se dizem imparciais. Não acredito há muito tempo de que é preciso e possível “ver para crer” . Se até a ciência já admite que persegue e promove aproximações e, não, verdades, quando se trata de fatos não científicos ou políticos, o máximo que conseguimos é admitir que “vemos o que cremos”. E olha que fazemos um esforço enorme para tentar olhar para, no mínimo dois dos possíveis lados.
    Continue olhando e se posicionando do lado que escolheu, coerente com sua crença de que democracia e cidadania são possíveis e desejáveis.
    Gosto disso! Admiro você por isso!
    Um abração!

  11. Não há problema nenhum em ser parc ial, até porque a imparcialidade é impossível, o grande objetivo a ser conseguido é sempre manter-se honesto. A imparcialidade é uma piada, um golpe fabricado por aqueles que desejam usá-la como máscara para disfarçar o seu desejo de manipular os outros. A partir do momento em que você escreve sobre algo, já está manifestando suas preferência, se não pelo assunto(acreditando-se que é algo que desconhece, sobre o que não tem opinião, o que inexiste naqueles que escrevem sobre política), ao menos nas questões que perpassam o tema, como valores, atitudes, posturas, atos e ideias; que inegavelmente virão associados ao assunto que analisa e aqueles que forem opostos a ele. Assim, mídia imparcial é uma mentira, já que não existem seres humanos imparciais e a mídia é feita por seres humanos; o que deveríamos ter, e não temos(por isso a necessidade de regulação da mídia para, além da pluralidade opinativa, tentar-se construir essa honestidade na construyção textual)é uma mídia honesta, que assuma seu lado no espectro ideológico, seus apoios; separe opinião de fato(divulgando os fatos concretos na parte de jornalismo e a opinião do órgão e de seus colunista nas colunas de “Opinião”. Por exemplo : Na parte jornalística informo os números concretos da economia brasileira, resultantes de apurações matemáticas, sem esconder nada e na coluna de “opinião” escrevo o que acho sobre esses números, preferencialmente, colocando opiniões diferentes para refletirem a pluralidade do público que é dono do espaço rádio-elétrico em que o veículo transmite seus sinais, no caso da rádio-difgusão e dos recursos públicos que sustentam todas as empresas de mídia. Ainda que nessa mesma coluna possa existir uma que represente, de forma honesta, a “opinião” da empresa de comunicação. Esse seria o modelo se um jornalismo honesto, talvez possamos ver algo próximo disso somente em uns poucos veículos brasileiros, como a Carta Capital, que assume as posições da revista de forma clara e tem colunas de opinião separadas das dos fatos; modelo que constroi-se para além de falsos dilemas sobre uma impossível “imparcialidade”, mas que dentro da mais que humana “parcialidade”, tenta erguer-se dentro da “honestidade”, da “decência” e da “seriedade”..

  12. Edu, eu acredito que a imparcialidade é algo que simplesmente não existe. Não existe nas ciências, na medicina, na física, quanto mais em política. A mídia aplica o golpe da imparcialidade, apresentando-se como a voz da verdade que paira sobre o que seria a “podridão política”. O mais sintomático é quando nos embates ideológicos os anti-petistas se apresentam como apolíticos e usam como argumento os recortes do PIG. Num embate que tive com um anti-petista, o que ele fez ? Pegou notícias do Estadão, mostrou uma coluna do Ferreira Gullar, mas quando eu perguntei em qual partido e candidato ele votou nas 3 últimas eleições, simplesmente não quis responder. O golpe da mídia é esse: estimula uma pretensa posição apolítica, calcada na ilusão da imparcialidade, e aí, quando a pessoa não tem um partido ou uma liderança política que lhe seja referência, as suas referências políticas passam a ser aquilo que a mídia publica. Daí a força política que a mídia exerce sobre muitos, sob esse manto de despolitização.

  13. “A culpa é do caráter escandalosamente parcial que os donos dos grandes órgãos de imprensa imprimem a eles. Essa parcialidade mal disfarçada exacerba os ânimos e cria um clima propício ao sectarismo.”
    Por isso a democratização do acesso, produção e difusão dos meios de comunicação é tão urgente !
    Ley de Medios Já !

  14. Os gregos já expressavam a palavra idiota para aquele individuo sem paixões políticas e voltado para seus próprios interesses.
    A história universal esta repleta de fatos não críveis.
    Explicar um fato sem um míinimo de viés valorativo pessoal ( O homem é fruto do meio) é o máximo que nossa interpretação egoística permite.. O ser humano não tem pensamento unánime e seria burrice.( segundo Nelson Rodriguez que afirmaque a unanimidade é burra)
    Tambem não podemos esposar as idéias e versões dos fatos pois não seria fruto de uma reação cognitiva e passa a ser dogmática e superficial. Não é radical porque não discute com profundidade com conhecimento da profundidade das raizes. Mas simplesmente porque todos somos reacionários e não aceitamos limitar as nossas opiniões. Seria como procurar represar a agua com as mãos.

  15. E AGORA JOSÉ? E AGORA SILVIO DE BARROS FIEL ESCUDEIRO DO MAL?

    JÁ PODEMOS ENCOMENDAR SEU ENTERRO SIMBÓLICO?

    01- E A OPOSIÇÃO NEM P´RECISOU FAZER NADA!

    Revista Veja:
    QUANDO A CABEÇA DO EX-PRESIDENTE LULA FOR ENTREGUE NA BANDEJA ( por Leo Pinheiro), E NÃO HOUVER MAIS NINGUÉM PARA ENTREGAR, AINDA VAI CONTINUAR DEFEDENDO SEU CHEFE E SEU ‘ REGIME”?…rsss…

    02- A HORA E A VEZ DO EX-PRESIDENTE!

    E QUANDO PROCURADORES DA LAVA JATO CHAMAREM MARCOS VALÉRIO PARA DEPOR SOBRE O PETROLÃO;

    SOBRE A COMPRA DO SILÊNCIO DO CASO CELSO DANIEL, ATRAVÉS DE SUA EMPRESA ( SPMB)!…

    03- A HORA E VEZ DO ” EXPRESIDENTE”.

    E QUANDO SEU AMIGO ( LÉO PINHEIRO) COLABORAR COM OS PROCURADORES, CONTANDO SOBRE O LULÃO NO PETROLÃO E SOBRE SEU FILHINHO BIOLIONÁRIO, LULINHA!(?)?
    ===
    04- O SILÊCIO DOS INOCENTES! DEVEMOS TEMER MAIS O SILÊNCIO DOS INOCENTES, DOS JUSTOS E DAS PESSOAS E BEM; DO QUE OS CANALHAS MALFEITORES.

    05- Somente os mortos, alienados, irresponsáveis, omissos analfas funcionais, os relativamente capazes, os totalmente incapazes, os loucos de todos s gêneros conseguem ser imparciais, amorfos, moluscos, SERVIS DEFENSORES DO INDFENSÁVEL A TENTAR TAPAR O SOL COM A PENEIRA, são imparciais.

    ANUENTES, LENIENTES, CONIVENTES E SUBSERVIENTES COM A CRIMINALIDADE! São imparciais.

    ESTAMOS TODOS PAGANDO PELO CAOS IMPLANTADO…rsss….

    06- Desculpem-nos que aqueles que estão engajados com a libertação do país da ditadura da corrupção, os quais se expõe corajosamente suas ideias e os impedidos por qualquer natureza.

    Diante do que acontece a cada dia, somente os mortos, alienados, irresponsáveis, omissos analfas funcionais, os incapazes, os loucos de todo gênero, OU CAPACHOS DEFENSORES CEGOS DO QUE ESTÁ AÍ, conseguem ser imparciais.

    Lamentamos muito!

Trackbacks

  1. http://altamiroborges.blogspot.com.br/ | " F I N I T U D E "
  2. A hipocrisia da “parcialidade” – desconfie de quem não tem lado | " F I N I T U D E "

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.