Gilmar emprega candidato que apoia para vaga no STF

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

Lendo o imprescindível blog Conversa Afiada, de Paulo Henrique Amorim, deparo com uma matéria surpreendente que dá conta de que o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes trabalha pela candidatura do advogado Humberto Bergman Ávila para a vaga aberta naquela Corte pela aposentadoria do ministro Carlos Ayres Britto.

A matéria de PHA informa vínculos profissionais que Mendes teria com Ávila no Instituto Brasiliense de Direito Público. Todavia, revendo tudo o que foi publicado na imprensa sobre a Escolinha do Professor Gilmar, não encontrei uma relação direta entre o ministro do STF e o aspirante ao mesmo posto, apesar de todos os indícios.

Curioso, corri ao Google. Sem maior esforço, descubro o que, até então, não fora veiculado.

Antes de explicar o que descobri, há que dizer que, apesar de, como diz PHA, Gilmar não estar apoiando oficialmente nenhum candidato à vaga no STF por saber que, se o fizer, automaticamente “queimará” o indicado junto ao governo Dilma e grande parte do Congresso,  o ministro apoia Ávila veladamente, fato este que todo mundo sabe no meio jurídico e na imprensa.

Essas ligações um tanto quanto confusas entre Ávila e Gilmar – o que deveria bastar para “torpedear” o candidato a ministro do STF – ganham em concretude quando se descobre que, além do Instituto Brasiliense de Direito Público, agora o mesmo Gilmar é dono da Escola de Direito do Brasil.

E o que tem essa instituição a ver com o candidato in pectore de Gilmar à vaga em aberto no STF? O que tem é que Humberto Ávila, candidato do ministro, integra, oficialmente, o corpo Docente da EDB, conforme mostra a página do corpo docente dessa instituição, abaixo reproduzida.

Ser candidato preferido por este ou aquele ministro não tem problema algum. O que tem problema é se esse ministro do STF tiver vínculos com aquele que apoia. Sobretudo se forem vínculos empregatícios.

Ora, Ávila presta serviços em Escola da qual Gilmar é dono. Figura no corpo docente da Instituição. Como um advogado, por força de lei, não pode prestar serviços de graça a um juiz e obviamente que o ministro do STF em questão não infringiria a lei, por certo deve pagar pelas aulas que seu candidato dá em sua escola.

Por qualquer ângulo que se olhe, portanto, Ávila tem contra si um forte impedimento para ocupar o lugar de Ayres Brito: as relações extremamente próximas com um membro de Corte em que pretende atuar.

Em tempo, vale dizer que o candidato preferido de ministros do STF como o doutor Ricardo Lewandowski e, ao que se sabe, também do Palácio do Planalto é o jurista Heleno Torres, que, segundo fontes do Blog, tem sofrido bombardeio de quem quer emplacar outros nomes. Contudo, contra Heleno não pesa nenhuma relação igual à de Ávila com Gilmar.

Tags: , , , ,

125 Comentário

  1. Caras de pau. Ambos. Apoiador e apoiado. Já não bastasse Fux e Mello fazerem campanha pelas filhinhas virarem desembargadoras? Oh tempos, etc…

  2. Esse Gilmar vai deixar muita história pra contar depois da aposentadoria.

  3. Então o Dias Tóffoli deve pedir demissão da instituição, porque, do STF, ele não vai querer sair, certo?

    • releia o post

      • Eu li e reli e continuo com a duvida do Decio: o Toffoli pode ou não ser “empregado” do Gilmar na EDB? E o Flávio Dino, Presidente da Embratur e queridinho das esquerdas, pode ou não?

        • E o Adams, da AGU ?

        • O Flávio Dino não está sendo indicado a ministro do STF, viu tucano-pefelê.

          O órgão que pertence ao Gilmar Dantas e na qual ele atua contrata pessoas conhecidas e com saber jurídico.

          O problema não está nos professores contratados pelo órgão, mas sim num integrante do STF ser dono de um órgão e agir, como membro do STF, a favor desse órgão.

          • Luís CPPrudente, vc matou dois direitóides com uma cajadada só. Esses caras, agindo dentro do desespero, lançam seus “argumentos” (?!) aleatoriamente, sem pensar na refutação que sofrerá. Pois só podem tomar porradas desse jeito. eheheheheheheh…. Eles são uns “jênios”, por isso que sempre farão parte dos 4%.

          • E o Toffoli, pode se “empregado” da EBD sem problemas? Por essa ótica, qual seria o problema, então, do Ávila ser Ministro? E o post não trata do fato do Gilmar ser ou não dono de alguma coisa, mas, sim, da sua relação com o candidato a Ministro.

          • E o post não trata do fato do Gilmar ser ou não dono de alguma coisa, mas, sim, da sua relação com o candidato a Ministro

            Talvez Toffoli também esteja impedido, porém deve-se procurar saber se Toffoli foi admitido antes ou depois de ser ministro do supremo, e se isto tem implicância. O fato de gilmar dantas ser ou não ser dono tem relevância sim, pois o mesmo tentando colocar um ministro empregado seu pode se configurar uma relação fortíssima, e como Luís CPPrudente falou, pode-se configurar uma apologia a sua própria empresa caso Ávila seja nomeado.

      • Edu,

        Eu acho a pergunta do Décio-Atibais/SP bastante pertinente, e penso que a resposta deve ser “SIM”. O ministro Dias Tofolli deveria ter se demitido da EDB tão logo foi anunciada sua nomeação ao cargo de ministro do STF.

        Há um evidente conflito de interesse, como houve no passado com outros ministros que eram assalariados de Gilmar Mendes no IDP – Instituto Brasiliense de Direito Público – como Carlos Alberto Direito, Carlos Ayres Britto, Carmem Lúcia Rocha, Eros Grau, Marco Aurélio Mello, Nelson Jobim, Jorge Hage (Controladoria Geral da União). Além deles, outros membros do governo Lula eram palestrantes eventuais, como Mangabeira Unger e o próprio Tofolli.

        Do mesmo modo, o ministro Teori Zavascki, nomeado por Dilma , deveria ter se desligado do IDP antes de ser empossado miinistro do STF em 29/11/2012. Não será surpresa se este ministro se revelar um outro Barbosa, outro Fux, outro Ayres Brito ou outra Rosa Weber.

        O preenchimento das vagas do STF tem sido o maior equívoco dos governos petistas de Lula e Dilma. Eu já fui um ardoroso defensor da atuação republicana desses presidentes na nomeação tanto de ministros do STF quanto dos PGRs. Hoje, depois da farsa perpetrada por esses ministros venais no episódio do julgamento da AP 470 (mensalão) e da continuada atuação dos mesmos no sentido de criminalizar o PT e proteger os verdadeiros criminosos ocultos sob o manto do PSDB e do DEM, penso que não dá mais para continuar com esse republicanismo de tiro no pé.

        • Sanzio, não sei se eles figuravam como funcionários de algumas dessas instituições. Se figuravam, você está certo. Porém, é hora de essas nomeações serem feitas por critérios como os que você aponta.

        • Na minha opinião, o mais errado de todos é o Gilmar. Um ministro do STF, a mais alta instância do judiciário, não deve ser dono de empresa privada alguma. Não deve ter nem funcionário, que não esteja ligada a essa função. Quanto mais se seu assalariado é juíz de tribunal.
          Deveria dedicar-se inteiramente a essa função da mais alta importância para o Estado de direito. Essa figura é totalmente anti-republicana.
          Enquanto tiverem figuras que praticam politicagem da mais baixa, ocupando cargos tão vitais, como o Gilmar e o Gurgel, a putaria vai rolar solta. O resto é consequência

    • Coronér Décio, de onde saiu o Gilmau mesmo???

    • O Catão de Atibaia verificou se na época em que Dias Tóffoli estava prestes a ser indicado pelo Governo, ele já estava na relação de professores do órgão do Gilmar Dantas? Ou o Dias Tóffoli passou a integrar o órgão de Gilmar Dantas somente depois de ser empossado ministro do STF?

  4. Agora é a hora certa de Dilma mostrar a que veio. Ou apoia Lewandowski e seu candidato, ou dá um tiro no proprio pé. Dela e do povo. Vamos ver se chegou luz ao Planalto.

    • É verdade. Se a Dilma indicar o candidato do Gilmar, eu desisto. Voto nela, claro, mas quando o Gurgel, os Barbosas e Fux da vida tripudiarem do governo e do PT, vou ficar calado dizendo bem feito

  5. Trabalhar para o ministro nao pode.

    Mas ter como qualificacao ser filha da vizinha amiga, ahhh isto pode

    BABACA

    • Publiquei o xingamento porque mostra como seu autor não tem a menor noção do que comenta

    • Só quero saber de onde este elemento tirou isto:

      “Mas ter como qualificacao ser filha da vizinha amiga, ahhh isto pode”

      Realmente, parece ser cego em tiroteio.

  6. Eduardo, depois de tudo o que este STF fez, se a Dilma nomear mais algum FUX da vida, eu desisto, chega , não vai dar mais para perder minha saúde defendendo o Governo. Se ela nomear alguém deste naipe é o maior atestado de BURRICE que se pode dar.

  7. Em tempo de mensalão………

  8. A presidenta Dilma tem a prerrogativa de nomear quem ela quiser. Não tem que se deixar curvar a nenhuma pressão ou lobby. Já não basta o erro do PT em nomear o PGR e os ministros do STF usando critérios técnicos. Se o tribunal é político, que fazer nomeação política. Vai deixar o STF de mão beijada para a oposição?

    • Exatamente. O Estadão diz que o Gilmar faz uma pressão “irresistível” para a nomeação do tal seu funciona´rio. QUE MANÉ IRRESISTÍVEL É O CATZO!.
      Manda ele pastar, ir para a ponte que partiu. Tudo na maior elegância é claro, e nomeia o candidato do Lewandowsky, o unico juíz de direito e de fato nesse circo

  9. Será que o Humberto Bergman Ávila já garantiu pro Gilmar Dantas, digo, Daniel Mendes, quero dizer Gilmar Mendes que “mata no peito” o mensalão tucano???

  10. A questão é que a Lei Geral da Magistratura sabiamente proíbe juízes de ter outra fonte de renda que não o exercício da magistratura. Sabe-se que Gilmar é dono do IBD, escola de direito de Brasília. E agora, segundo essa descoberta do Eduardo, também é dono dessa outra escola. Ou seja, Gilmar está indo contra a lei, seus pares sabe disso, e ninguém faz nada.

    Esse “stf” virou uma bandalheira total.

    • Mas só o Gilmar??? O Toffoli trabalha de graça???

      • O Tóffoli não trabalha de graça, ele recebe (e deve ser muito) para trabalhar numa escola como essa. Não tem nada de errado nisto.

        A situação errada é um membro do STF ser dono de uma escola e usando o cargo de ministro no STF favorecer essa mesma escola.

        Esse Gilmar Dantas já favoreceu muitas vezes a sua escolinha quando era supremo supremo do Supremo (by PHA), agora a sua força de influência diminuiu, mesmo assim continua favorecendo a sua escolinha. É isto que é errado.

        • Prezado Luis

          Estou questionando o que o Roberto postou “… proíbe juízes de ter outra fonte de renda…”. Sinceramente, tanto o Toffoli, quanto o Gilmar, como os outros listados ali acima, devem estar enquadrados na profissão de professor, tão somente!!!

          • gilmar dantas não é apenas professor, ele é dono também, então cabe se tirar a dúvida lendo a constituição para saber se isto não é caso de vedação.

          • Sávio,
            Pode provar que ele é de fato o dono?

          • Bem, não sei se ele é dono da EDB, fui buscar esta informação, sei que é fundador, sei que ele também é sócio-fundador do IDP, e segundo ele a lei de magistratura permite que ele assuma a função de ministro do STF.

            Porém, lendo este artigo: http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2011/04/05/gilmar-usa-o-titulo-de-ministro-e-faz-propaganda-de-escola-particular/

            especificamente neste trecho:

            “Ora, quer nos parecer que o comercial colado acima fulmina de morte o tal artigo 26 da Loman, a Lei Complementar 35/1979, notadamente seu parágrafo 1º: “o exercício de cargo de magistério superior, público ou particular, somente será permitido se houver correlação de matérias e compatibilidade de horários, vedado, em qualquer hipótese, o desempenho de função de direção administrativa ou técnica de estabelecimento de ensino”. Se “coordenação acadêmica” não se confunde com direção administrativa ou técnica, no mínimo há uma dúvida razoável que a boa prática recomenda distância, pois a mulher de César não basta ser honesta, deve parecer honesta.

            O próprio site da escola prega que seu fundador foi o ministro Gilmar Mendes, e destaca seu posto de coordenador acadêmico (http://WWW.EDBCURSOS.COM.BR/A-ESCOLA-DE-DIREITO-DO-BRASIL-EDB).

            Pior: na propaganda acima e no site o coordenador acadêmico apresenta-se como ministro (mister público para o qual foi nomeado enquanto integrante da mais alta corte nacional), não como professor (função acadêmica que desempenha na corporação) valendo-se da estatura do cargo público para emprestar imponência ao negócio comercial que dirige.

            PH, sei de sua cruzada pela moralidade contra fatos de semelhante estirpe e por isso encaminho o clipping e suas propagandas com as minhas observações, pois à imprensa independente caberá dar voz.”

            E lendo o que Localleti postou aqui mesmo:

            Lei Orgânica da Magistratura

            “Art. 36 – É vedado ao magistrado:

            I – exercer o comércio ou participar de sociedade comercial, inclusive de economia mista, exceto como acionista ou quotista;

            II – exercer cargo de direção ou técnico de sociedade civil, associação ou fundação, de qualquer natureza ou finalidade, salvo de associação de classe, e sem remuneração;

            III – manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento, seu ou de outrem, ou juízo depreciativo sobre despachos, votos ou sentenças, de órgãos judiciais, ressalvada a crítica nos autos e em obras técnicas ou no exercício do magistério.”

            fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp/Lcp35.htm

            Dá para ver que o cara tem 2 impedimentos, ser sócio da IDP (este ele é dono mesmo), instituição privada, ou possível dono da EDB (instituiçaõ que ele fundou), ferindo o art. 36, inciso I da lei de magistratura, e como coordenador da própria EDB, que pode estar ferindo o art. 36, inciso II se o EDB for algo do gênero.

      • Leia ao menos a Constituição, analfa de pai e mãe, para criticar aquilo que não sabe. Valeu!

    • Isso não, Luis, os magistrados podem possuir outras fontes de renda, como professores! E podem possuir duas matrículas no estado: uma como magistrado outra como professor de uma universidade federal, p.ex.

    • Lei Orgânica da Magistratura

      Art. 36 – É vedado ao magistrado:

      I – exercer o comércio ou participar de sociedade comercial, inclusive de economia mista, exceto como acionista ou quotista;

      II – exercer cargo de direção ou técnico de sociedade civil, associação ou fundação, de qualquer natureza ou finalidade, salvo de associação de classe, e sem remuneração;

      III – manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento, seu ou de outrem, ou juízo depreciativo sobre despachos, votos ou sentenças, de órgãos judiciais, ressalvada a crítica nos autos e em obras técnicas ou no exercício do magistério.

      http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp/Lcp35.htm
      ___________

  11. Caro Eduardo,

    Sei que para o Sr. é imprescindível navegar pelas águas turvas do blog de FHA, esse patriota tão comprometido em criar factoides para denegrir a imagem do STF e da imprensa independente. Mas, quero lembrar, que a indicação de nome para vaga no STF, é prerrogativa EXCLUSIVA da Presidência da República. E que, após o Ministro Gilmar Mendes não ter se curvado às pressões de Lula para adiar o julgamento da AP 470 ou favorecer mensaleiros em seu voto, dificilmente qualquer nome que venha a ser ventilado por ele seria ao menos considerado por Dilma. Acredito que o Sr. não tem maus propósitos, apenas se deixa levar pela onda espúria de apedrejamento do STF, o que é um péssimo caminho a trilhar, considerando a importância da instituição num estado de direito.

    • Cara Manuela, por acaso você acredita que o mensalão tucano e a privataria tucana também sejam “factóides”? Se sim, também acredito que a sra. tem bons propósitos, apenas se deixa levar pelas bobagens publicadas pela Revista Veja e pela Rede Globo.

      • Sr. André, sou a favor da apuração de todo e qualquer caso de corrupção praticado no país. Não sou filiada a partido político e nem voto desde 2001, quando passei a residir fora do Brasil. Minha opinião é calcada em minha experiência e no que estudo e leio. E, a partir disso, posso lhe afirmar que um Ministro do Supremo não tem poder para indicar ou influenciar a indicação ao STF, que é do que trata o post em questão. E, por favor, não queira partidarizar minha opinião, pois nem todas as pessoas são ideologicamente manipuláveis, como o Sr, pensa.

        • MADAME MANUELA,SE NÃO VOTA DESDE 2001,SABENDO QUE SE FOR AO CONSULADO PODE PERFEITAMENTE EXERCER SUA CIDADANIA E ( NÃO O FAZ ), PREFERE ESTUDAR E LER,LER O QUE?: VEJA?,FOLHA?,ESTADO?,GLOBO? OU TUDO JUNTO O QUE DÁ NA MESMA, NÃO LHE DOU CONSELHO,MAS, FIQUE AÍ NA SUA.

        • Não tem “poder” de indicação, mas…
          Não estamos tratando da ingenuidade humana, ou será que existe Papai Noel?

      • André, essa pseudo Manuela D’ávilla com certeza defende o NÃO na questão que você formulou.

    • É impressão minha, ou a quantidade de trolls contratados está aumentando aqui? Manuela D’Avila??? Vamos melhorar os nicks. Então é verdade, Locatelli tem razão, quanto mais horrenda se torna a crise internacional, mais desesperada e odienta a direita se mostra. Mas são os responsáveis, estão convivendo com o monstro que criaram. No entanto, recado aos trolls: sabemos que vcs estão defendendo o pão nosso de cada dia, mas comecem a procurar fontes de renda alternativa, porque já, já, seus empregadores não poderão mais arcar com as despesas dos seus serviços. Bye, bye….

    • Cara sra., duas coisas no seu comentário me chamaram a atenção, a saber:
      “…navegar pelas águas turvas do blog de FHA, esse patriota tão comprometido em criar factoides para denegrir a imagem do STF e da imprensa independente. ”
      A sra. acertou em chamar PHA de patriota, e por mais defeitos que ele tenha, poucos que trabalham na imprensa tem coragem para expor as coisas que ele expõe. Quando digo ‘pessoas que trabalham na imprensa’ me refiro não só ao próprio, que assume isto publicamente em seu site, mas também a uma vasta gama de puxa-sacos que mantêm um plantão interminavel nas redações brasileiras, rasgando, chutando, cagando e sentando em cima do manual que regra sua dita profissão.
      Errou, no entanto, ao dizer que o mesmo cria factóides para denegrir a imagem do STF e da imprensa independente. Primeiro porque quem está denegrindo a imagem do STF é o próprio STF, ao realizar um julgamento de exceção, fora as incontáveis mancadas que todos viram e vêem todos os dias, do tipo discussões cheias de ‘o sr. me respeite’, ‘eu não sou um dos seus jagunços’, etc, ou então juízes dormindo durante as sessões. (vá dormir no seu emprego no horário de trabalho pra ver o que acontece).
      Segundo porque PHA não denigre a imprensa independente, se é que ela existe aqui no Brasil. Tal qual o STF, a imprensa brasileira é que se denigre ‘full time’. É só barriga atrás de barriga ( e não estou falando de uma fila de gordos….)
      Independentes são blogs como este, cujo dono realmente não tem maus propósitos. Vemos isso todo dia.
      Se a sra. não tem maus propósitos também, aqui vai meu abraço. Caso contrário, meus pêsames.

    • “Sei que para o Sr. é imprescindível navegar pelas águas turvas do blog de FHA, esse patriota tão comprometido em criar factoides para denegrir a imagem do STF e da imprensa independente.”

      Por favor, aponte-os. Estou curioso em saber que factóides são estes.

    • “E que, após o Ministro Gilmar Mendes não ter se curvado às pressões de Lula para adiar o julgamento da AP 470 ou favorecer mensaleiros em seu voto, dificilmente qualquer nome que venha a ser ventilado por ele seria ao menos considerado por Dilma”

      Heis aqui um factóide da coligação comparsal gilmar dantas / PIG. Como sempre, algo que fica do dito pelo não dito, sem prova alguma, tão sem prova que até o seu amado johnbim desmente. Vc é mesmo uma “jênia”.

    • “Acredito que o Sr. não tem maus propósitos, apenas se deixa levar pela onda espúria de apedrejamento do STF, o que é um péssimo caminho a trilhar, considerando a importância da instituição num estado de direito.”

      A instituição é deveras importante, porém cinco de seus membros destroem-na.

  12. Edu falando de justiça, uma boa notícia!
    Autor: Luis Nassif
    O Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou, agora de manhã, meu direito de resposta na revista Veja.

    Quero agradecer o escritório Leonardi & Advogados, de jovens e brilhantes advogados, que reiteraram minha confiança na profissão. Em outras ações da Abril, fui abandonado pelo escritório Rodrigues Barbosa, Mac Dowell de Figueiredo, Gasparian, dos meus amigos Marco Antonio, Samuel e Thais.

    A sentença não apagará os dissabores pelos quais passei, o sofrimento da minha família, o constrangimento de enfrentar acusações falsas disseminadas através de quase um milhão de exemplares pelo país.

    Mas ficam dois frutos.

    Primeiro, o fato de essa ação provocar a nova jurisprudência sobre direito de resposta – depois que os procedimentos foram vergonhosamente apagados da legislação pelo ex-Ministro Ayres Britto, do STF.

    Segundo, minha convicção de dedicar toda minha energia para ajudar a fixar limites contra abusos da mídia. Fiz isso nos anos 90, em campanhas individuais reunidas no livro “O jornalismo dos anos 90″. Vítima do que sempre denunciei, senti na pele o que sentiram milhares de pessoas, cuja reputação virou joguete nas mãos de uma mídia que há muito perdeu todos os filtros.

    Por Fernanda Pascale

    Caro Nassif,

    Tenho a satisfação de comunicar que fomos vitoriosos no julgamento da apelação interposta pela Editora Abril contra a sentença que lhe assegurou o direito de resposta contra a Revista Veja, em relação à coluna escrita por Diogo Mainardi.

    O advogado da Editora Abril, Dr. Jorge, e eu, Dra. Fernanda, fizemos sustentação oral.

    Eu ressaltei para os Desembargadores os principais pontos do caso, reforçando o que já havia constado nos Memoriais apresentados no final da semana passada. Enfatizei, especialmente, a garantia constitucional do direito de resposta e destaquei a relevância do tema após o fim da Lei de Imprensa no Brasil.

    Após uma sessão de julgamento de pouco mais de 2 horas, os três Desembargadores, de forma unânime, votaram pelo reconhecimento de seu direito resposta contra a Revista Veja e selecionaram a decisão para constar como jurisprudência do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, dada a importância do precedente.

    A Editora Abril ainda pode recorrer aos tribunais superiores em Brasília. Vamos acompanhar o desenrolar dos acontecimentos. Assim que o acórdão estiver disponível, enviaremos cópia.

    Atenciosamente,

    Fernanda Pascale | Sócia

  13. E por um acaso, é a EDB-Escola de Direito do Brasil uma instituição pública???

  14. Cristo Pai Todo Poderoso!

    Você está cometendo difamação igual ou maior que o PIG que tanto combate!!!

    O Humberto Avila é considerado o maior jurista da sua geração!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Seu famoso livro, Teoria dos Princípios tornou-se leitura obrigatória para qualquer jurista no Brasil e já foi traduzido em diversas línguas.

    Por favor, não escreva esse tipo de coisa sem consultar alguém do meio: pergunte a algum advogado ou jurista quem é esse Humberto Avila e duvido que vai escrever isso de novo.

    Meu deus, até o Toffolli trabalha na faculdade do Gilmar. Qual o problema?

    Você acaba de desmercer um dos maiores profissionais do mundo jurídico porque dá aulas na faculdade do Gilmar !!!! Não é certo isso.

    A Flavia Piovesan…vc conhece o trabalho dela ? É uma das maiores defensores dos DIREITOS HUMANOS neste País e dá aula na tal instituição.

    Você sabia que qualquer ação que verse sobre DIREITOS FUNDAMENTAIS

    Não confunda as coisas!

    • Diga-me com quem tu andas que direi quem tu és! É empregado do Gilmar e acabou! Encare a verdade seu lunático!

    • Vc que está confundindo as coisas. Edu não está desmerecendo alguém. Ele apenas está falando do fato do possível impedimento, só isto.

      • E para que fique claro, não é o fato de ele ser professor, mas sim de ter vínculos empregatícios. E antes que fale de Toffoli, já verificou se este fazia parte do corpo docente de gilmar dantas antes de ser ministro. Outra coisa, é o fato de gilmar dantas ser dono da instituição, não um mero professor.

        Não vão na defesa incondicional, pensem antes, pois a impetuosidade provocada pela paixão ideológica pode fazer isto.

    • O senhor não está considerando uma coisa das mais básicas, a Ética. Esta é uma disciplina acadêmica muito importante, mas, que na maioria das vezes não é dado o devido valor.

  15. (por favor desconsidere o texto anterior, enviado antes de estar terminado, por engano)

    _________________________________

    Cristo Pai Todo Poderoso!

    Você está cometendo difamação igual ou maior que o PIG que tanto combate!!!

    O Humberto Avila é considerado o maior jurista da sua geração!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Seu famoso livro, Teoria dos Princípios tornou-se leitura obrigatória para qualquer jurista no Brasil e já foi traduzido em diversas línguas.

    Por favor, não escreva esse tipo de coisa sem consultar alguém do meio: pergunte a algum advogado ou jurista quem é esse Humberto Avila e duvido que vai escrever isso de novo.

    Peça para o PHA perguntar ao Fábio Konder Comparato e ao Souto Maior (juristas frequentadores da blogosfera e defensores dos Direitos Humanos) o que eles pensam do Humberto Avila.

    Meu deus, até o Toffolli trabalha na faculdade do Gilmar. Qual o problema?

    Você acaba de desmercer um dos maiores profissionais do mundo jurídico porque dá aulas na faculdade do Gilmar !!!! Não é certo isso.

    A Flavia Piovesan…vc conhece o trabalho dela ? É uma das maiores defensores dos DIREITOS HUMANOS neste País e dá aula na tal instituição.

    Você sabia que qualquer ação que verse sobre DIREITOS FUNDAMENTAIS (com o caso PINHEIRINHO por ex) passa, hoje, obrigatoriamente, pelas obras da Flávia Piovesan e do Humberto Avila????

    Não confunda as coisas! Isso é um desserviço ao Brasil e um crime contra a honra desses juristas DEFENSORES DOS DIREITOS HUMANOS!!

    • Marcos Rocha, mas a Lei da Magistratura, segundo o Locatelli, não proibe juizes de terem outras fontes de renda que não o exercício da própria Magistratura ? Então, como pode ser normal o fulano ser empregado numa empresa do Gilmáu Dantas Mentes ?

      • O “fulano” é PROFESSOR na instituição.

        Juízes e promotores não tem qualquer impedimento nesse sentido.

        Na cadeira de Direito temos aulas com Juízes, Desembargadores, Promotores, procuradores, etc.

        O Lewandowski deu aula na Facul onde me formei e já era juiz (Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo).

      • Os magistrados podem acumular a função de magistrado com a de professor…

    • Se o cara é o preferido do Gilmar Dantas, boa bisca não é.

  16. Sinceramente ? Este é o post mais avoado que já li. A acusação de fisiologismo não se sustenta. Ainda por cima vai na do Paulo Henrique. Aquele cara recordista em perder processos.

    • Não acho avoado não, Sr. Jonas! PHA não perde processos coisa nenhuma. Ele ganhou todos os processos que haviam contra ele.O Edu tem toda a razão em tudo que diz no seu post. Tudo que vem do Sr. Gilmar cheira a maracutaia, coisa maléfica. Haja visto suas relações nada exemplares com Demóstenes Torres, Cachoeira, Marconi Perillo e ainda por cima é o maior defensor do Sr. Daniel Dantas.

      • Dias Toffoli também?

      • Helena, lembra, também, do famoso episódio: o “encontro do gilmar com Lula, no gabinete do ministro jobim”, o qual fora pedir pelos “mensaleiros”?

        • A senhora viu alguma prova sobre esse “pedido” do Lula ao Supremo Boquirroto?

          A senhora confia num indivíduo que inventou um grampo que nunca foi comprovado. E UM GRAMPO QUE NÃO CONTINHA -vide o que foi publicado pela SUJÍSSIMA da Abril- qualquer coisa contra ele e contra o CATÃO goiano, MOSQUETEIRO da SUJÍSSIMA e comparsa do Cachoeira?

          Não foi esse mesmo moleque togado aquele que queria “chamar às falas” o Presidente da República por causa dessa fraude golpista do grampo?

          A senhora conhece a história desse criminoso e suas ações para blindar o irmão corrupto e manter o poder da famiglia em certa região do Mato Grosso?

          Já perguntou ao sócio dele se já foi resolvida a “pendência” de alguns milhões retirados por ele na tal “escolinha”?

          O que faz um ministro do STF (hoje SUPREMO TRIBUNAL DA EXCESSÃO) participar do lançamento de um livreco cheio de bobagens anti-petistas e anti-lulistas -JUSTAMENTE NA ÉPOCA DO JULGAMENTO DA AP 470- aparecendo nas mídias golpistas às gargalhadas com o autor do amontoado de asneiras?

          Não dá para confiar também em indivíduos que utilizam o jargão “mensaleiro” criado pelos… serviçais da GLOBO/TIME/LIFE.

          Não vou entrar em detalhes a respeito das ações do moleque na época que trabalhava para o Presidente Privateiro. Fica por conta da senhora se não tiver preguiça de recorrer a outras fontes de informação além da mídia golpista e corrupta.

        • A senhora viu alguma prova sobre esse “pedido” do Lula ao Supremo Boquirroto?

          A senhora confia num indivíduo que inventou um grampo que nunca foi comprovado. E UM GRAMPO QUE NÃO CONTINHA -vide o que foi publicado pela SUJÍSSIMA da Abril- qualquer coisa contra ele e contra o CATÃO goiano, MOSQUETEIRO da SUJÍSSIMA e comparsa do Cachoeira?

          Não foi esse mesmo togado aquele que queria “chamar às falas” o Presidente da República por causa dessa fraude golpista do grampo? Aliás, quantos votos POPULARES tem mesmo esse indivíduo para ousar utilizar esse tipo de expressão para o representante de dezenas de milhões de brasileiros? O “especialista” na Constituição, por acaso, costuma limpar o traseiro com as folhas da Carta? É essa a especialidade do togado?
          Sobre os ombros daquele sujeitinho tem mesmo uma toga ou um trapo preto e sujo?

          A senhora conhece a história desse criminoso e suas ações para blindar o irmão corrupto e manter o poder da famiglia em certa região do Mato Grosso?

          Já perguntou ao sócio dele se já foi resolvida a “pendência” de alguns milhões retirados por ele na tal “escolinha”?

          O que faz um ministro do STF (hoje SUPREMO TRIBUNAL DA EXCEÇÃO) participar do lançamento de um livreco cheio de bobagens anti-petistas e anti-lulistas -JUSTAMENTE NA ÉPOCA DO JULGAMENTO DA AP 470- aparecendo nas mídias golpistas às gargalhadas com o autor do amontoado de asneiras?

          Não dá para confiar também em indivíduos que utilizam o jargão “mensaleiro” criado pelos… serviçais da GLOBO/TIME/LIFE.

          Não vou entrar em detalhes a respeito das ações do moleque na época que trabalhava para o Presidente Privateiro. Fica por conta da senhora se não tiver preguiça de recorrer a outras fontes de informação além da mídia golpista e corrupta.

  17. Com indivíduos como Gilmar Mendes à frente, o nome dessa tal instituição de ensino de direito (com minúscula mesmo) deveria ser “Instituto Brasiliense de Direito PÚBICO”…

  18. Edu, parabéns! Sucesso total! Pela quantidade de malas que antes “visitavam” apenas os blogs limpinhos e agora estão aqui podemos avaliar que você alcançou status de referência obrigatória, até para os que tem dificuldades cognitivas claras! Grande abraço e muita paciência…

    • Edu, concordo com o Reis………..a quantidade de malas tá aumentando, haja paciência meu caro.
      só não aceite ofensas, por favor.

  19. o pior é que do jeito que as coisas vem acontecendo no governo atual, com o exterminio da honra das forcas de esquerda e da honra e legado do presidente lula, que querem transformar em um maluf, e depois de colocarem o odair cunha para a pizza na cpi do cachoeira, nao me assustarei de forma nenhuma se nossa presidenta, por quem lutei tanto, nomear o candidato do gilmar, e azar nosso……

  20. supremo tribunal federal( com minúscula mesmo) =supremo tribunal de falcatruas

  21. Trechos do currículo do eminente jurista Humberto Ávila:

    “Professor Titular de Direito Tributário da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. Especialista em Finanças (UFRGS, 1993), Fundamentos do Direito Alemão (Munique, 1998) e Metodologia da Ciência do Direito (Munique, 1998). Mestre em Direito Público (UFRGS, 1996). Doutor em Direito (Munique, 2002, bolsa CNPq). Livre-Docente em Direito Tributário (USP, 2007). Estágios Pós-Doutorais em Teoria do Direito (Harvard, 2006) e Direito Tributário (Heidelberg, 2007-2008; Bonn, 2008-2009, Bolsa Alexander von Humboldt). Autor de diversas obras, dentre as quais se destacam: Teoria dos Princípios, São Paulo, Malheiros (13. ed. 2012 traduzida para o alemão, inglês e espanhol); Sistema Constitucional Tributário, São Paulo, Saraiva (5. ed. 2012); Teoria da Igualdade Tributária, São Paulo, Malheiros (2. ed. 2009); Segurança Jurídica, São Paulo, Malheiros (2. ed. 2012 traduzida para o espanhol). É integrante do comitê de seleção de Conselheiros do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais – CARF. Experiência acadêmica na área de Direito Público em geral, especialmente Direito Tributário, e Teoria do Direito.”

    Para mais informações: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?metodo=apresentar&id=K4763321J7

    • Integram também o corpo docente, estão Dias Toffolli, Luiz Fux, Eros Grau, além de Luís Inácio Adams, Flavia Piovesan. O que dizer sobre isso? Parece, com o devido respeito, que a tese é furada…

    • Aliás, o eminente constitucionalista Lenio Luiz Streck também integra o corpo docente da indigitada Escola de Direito do Brasil. O referido jusfilósofo banha-se da filosofia (especialmente, Martin Heidegger e Hans-Georg Gadamer) e do direito germânicos (jurisdição constitucional).

      Pois não é que um de seus artigos publicados na Conjur – http://www.conjur.com.br/2012-ago-06/lenio-streck-mensalao-dominio-fato-algo-tipo-ponderacao – foi a principal referência do voto do eminente ministro Lawandowski acerca da teoria do domínio dos fatos:

      http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=bZeQo-Td6ac

      E agora? A principal linha de absolvição do núcleo político da AP 470, com abordagem minuciosa do direito germânico, advinda de um professor da mesma instituição de ensino.

      Essas questões deveriam ser abordadas quando se faz uma abordagem no sentido replicado neste blog, sob pena de se cair na mesma prática sensacionalista tão repudiada por estas bandas.

    • De tributário ele deve entender muito bem, mas e de direito? Será que ele vai ser mais uma bosta que não sabe julgar nem um simples roubo de maionese no supermaercado?

    • Creio que não se trata de competencia de “A “ou de “B”. A questão é a capacidade que esses homens tão notáveis são de rasgar a Constituição, dando “salto triplo carpado” na hermeneutica, com o objetivo nefasto de golpear a democracia.

    • olha aí Edu, a campanha do gilmar mentes invadiu seu blog.

    • Só tá faltando a toga.

  22. É sempre bom lembrar que esse ministro endossou a fraude do grampo no STF.
    Ah, em parceria com aquele senador cassado “mosqueteiro da ética”, amigo do bicheiro patrão do jornalista daquela revista…

  23. Destaque-se que eu não me coloquei aqui, nem nenhum momento, a favor do Gilmar Mendes.

    Só acho um absurdo qualquer pessoa que se aproxime do cara ser criticado.

    Isso é caça às bruxas, marcatismo às avessas.

    Não sei em quem vota o Ávila nem me interessa saber. Mas suspeito que, em termos de notável saber jurídico, como pede a Consituição, ia ser um grande nome para o STF.

    Defendi, na época, a indicação do Zavaski pela Dilma pelo mesmo motivo. Vire e mexe falam em Luis Roberto Barroso, outro constitucionalista de primeira.

    Há uma geração de criminalistas muito boa…

    Agora, é uma puta sacanagem criticar alguém porque dá aulas na faculdade X ou Y…

    • Marcos Rocha e sua memória seletiva. Ele fez de conta que não entendeu minha pergunta. Então vou repetir: Sr Marcos Pedra : pode um juiz que deveria dar exemplo de respeito as leis, transgredir a Lei da Magistratura e ser dono de escola de direito ? Então, porque deveríamos apoiar a indicação (Humberto Avila) de um transgressor da lei (Gilmáu Mentes) ao STF ? Confesse, Sr Marcos Pedra: o Sr está ávido pra ver mais um Gilmáu Mentes no STF. Saaaiiii, capeta !!!!!

      • O Humberto Ávila pode ser de notório saber, mas o Gilmar Dantas nunca foi de notório saber, ele sempre foi o chefe dos capangas de Diamantino.

        Em relação a uma pessoa de notório saber, isto não é prova de que ele vai agir de acordo com o seu conhecimento de notório saber, essa pessoa pode (e sendo do grupo de amizades do Gilmar Dantas) agir de acordo com os interesses do notório saber do PIG.

        • Ali não só o dedo é podre mas todo os resto.
          Passou perto de Gilmar, Joaquim, Mellos, Gurgel e cia ltda do PiG ,está fora da lista e deve ser considerado pestilento.

  24. Edu, curioso nossa imprensa não ter percebido, né? Ainda mais ela, que é esperta, inteligente, célere e imparcial… Vai ver que o pessoal tá ocupadíssimo com a inenarrávwl blogueira cubana…

  25. Por falar em ‘herança maldita’…

    Mais uma na conta do príncipe dos sociólogos.

  26. Infelizmente, os governos petistas tiveram uma leitura completamente equivocada sobre o Judiciário brasileiro. Resultado: o julgamento político do suposto “mensalão”. Evidentemente, a vaga já deveria ter sido preenchida por alguém com o perfil dos Juízes Fausto de Sanctis ou Kenarik Boudokian Felipe! ACORDA, DILMA!

  27. Já que o abel botelho pinto e o catão amebão estão tão ‘enduvidados’, aqui vai meu pitaco:
    Se juízes podem ser apenas professores além de juízes, Toffoli nada fazendo de errado. Está a meu ver, dando combustivel pra ser queimado trabalhando pro mau mau mendes. Flavio Dino, idem.
    Já o mendes, sim , está fazendo coisa errada, sendo dono de duas escolas.
    Além disso, pesa sobre ele aquela historinha de 8 milhões, mal contada pra cacete. Lembram?

  28. Um Ministro e um Dentista fundaram a Escola de Direito do Brasil? Hein? Como? Diz o currículo resumido do fundador: Junqueira – “graduado em Odontologia”. Isso é piada pronta!

  29. Será que a presidenta Dilma não terá aprendido a lição? Por obra dela, Fux está lá no Supremo. Se ela colocar outra criatura desse naipe na Suprema Corte, isso será um forte tiro no pé, aliás, fortes tiros nos dois pés, do PT e do Brasil. A presidenta tem a possibilidade de equilibrar a Suprema Corte em relação a Barbosa (dublê de Tomás Torquemada, segundo Luis Nassif), Fux (aquele que pediu ajuda de Deus e do mundo para subir à Corte, segundo dizem, ou segundo o mesmo disse… não foi?), os dois Mellos (dose dupla!) e Gilmar Dantas (segundo Ricardo Noblat, ministro do Supremo e também, pelo que dizem, empresário na iniciativa privada).

    Dilma desperdiçará a chance? Será possível uma coisa assim? Olha, se acontecer, sou capaz de votar, nas próximas eleições, na Bla-blá-rina Silva (segundo Paulo Henrique Amorim), a fundadora do Partido Rede “Plimplim”, partido esse constituído por gente “sonhática” e que não é de esquerda, de direita, de centro, de frente ou de marcha a ré, muito antes pelo contrário. É o partido “ponto”, que não vai para direção alguma e no máximo, pisca com brilho global (“plim plim”).

    Brincadeirinha, é claro. Votar na Bla-blá-rina, nem morta, pois a mesma é vazia de idéias, somente tem bla-bla-blá, sou obrigada a concordar com PHA. Nem deve saber direito o que é sustentabilidade. Mas ficarei decepcionada com a ilustre presidenta Dilma Roussef se ela não colocar novos ministros no Supremo diferentes da turminha acima. Nessa hora, tem que ser “macha” e não ceder ao PIG / outros públicos congêneres.

    • Faltou dizer:

      1) Que tédio esse auê todo em relação à tal blogueira cubana, Yoani. Volto a dizer: é acender muita vela para pouco defunto. Tirando a turminha do PIG e o demotucanato que adora defender ricos abertamente (e ainda querem ganhar eleições, é mole?), quem liga para o que essa blogueira enjoadinha diz aqui no Brasil?

      2) Ao mesmo tempo, qual é a do senador Eduardo Suplicy? De uns tempos para cá, tem feito coisas tipo:

      – Vestir cueca vermelha sobre a roupa a pedido da Sabrina Sato, dando uma de homem-aranha ou similar.
      – Assinar lista para apoiar o partido da Bla-blá-rina Silva e dizer que “está se coçando de vontade de mudar de partido” (ou algo similar).
      – Defender a blogueira chatinha. Eu, hein?

  30. A atual composição do STF é de “arrepiar”. Desse modo é preciso que a Nação se acautele vez que algo muito estranho ha que se revelar, urgentemente!

  31. É a Escolinha do Professor Raimundo, ops, Gilmar…Grande fdp

  32. comparo o cu rico do fhc com o pobre do lula
    lembro como isso sempre serviu de argumento
    pra casa grande imperar
    SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO?
    … estamos aprendendo
    denodado eduardo PARABÉNS
    não esmoreça
    mais uma vez constatei como cães de guarda da casa grande só sabem latir
    eugênio josé alati desafiou aqui esquerdistas não obtusos oferecendo e-mail
    aceitei o desafio
    e vi o quanto o gênio (louro?) josé é vazio
    diferentemente de presentes como luciano bastiani e claudio josé

    • Obrigadão pela parte que me toca.
      Saudações elétricas aqui de SC!!!!

      Bastiani, o eletricista que agora passou a tomar choque lendo asneiras direitógradas do vovô que lati….

  33. Há diversos comentários de pessoas dizendo que esse sujeitinho tem “currículo”. É a típica argumentação da direita. Segundo Otavinho Ditabranda, Lula não poderia ser presidente do Brasil, “pois não fala inglês”.

    Ora, o “coroné” Gilmar (dono e senhor da cidade de Diamantino – GO, governada por um capanga dele, que é seu irmão) também tem “currículo”. Fez cursos e deu cursos até na Alemanha. Nas horas vagas, reunia-se com Cachoeira e com Policarpo (o “Poli”, como é conhecido pelos outros membros da quadrilha).

    O que nós precisamos é de um juiz ÍNTEGRO. Isso não se mede por “currículo”. Pessoalmente, eu gostaria de ver, no stf, o corajoso juiz Fausto De Sanctis, que decretou a prisão do banqueiro Daniel Dantas. Infelizmente, “coroné” Gilmar libertou seu amigão Dantas, DUAS VEZES.

    Não podemos aceitar mais que aconteça o que está acontecendo na justiça brasileira:

    – estuprador Abdelmassih libertado pelo “coroné” Gilmar. Obviamente, o estuprador rapidamente fugiu do país e nunca pagará por seus crimes.

    – Salvatore Cacciola, que cometeu graves crimes financeiros, libertado por Marco Aurélio Mello.

    – Daniel Dantas agraciado por dois habeas corpus consecutivos pelo “coroné” Gilmar.

    – Milhares de pessoas em Pinheirinho tiveram suas casas destruídas com móveis, eletrodomésticos e todos os seus pertences, para proteger o investidor Naji Nahas, de triste memória na vida financeira do país. A ordem de invasão foi do juiz Rodrigo Capez, irmão do dep estadual Fernando Capez (PSDB). A invasão foi adiada e nova ordem, da juiza Márcia Loureiro resultou na violência inominável que todos vimos.

    – Linchamento dos réus da AP470, com a trupe midiática do Joaquim passando como um trator por cima de todos os fundamentos da justiça.

    Senador Roberto Requião (PMDB-PR) é autor de projeto que institui um MANDATO de 8 anos para os membros do STF. Já é um começo de solução. Mas o que precisamos é eleição direta para o STF. Isso já existe na Venezuela e na Bolívia. Nesses dois países não é mais o presidente que escolhe os ministros do Supremo Tribunal, e sim o povo nas urnas. A oposição e o PIG, claro, foram contra.

  34. Interessante ver aqui pessoas apoiando escolhas “políticas” para ministros do STF, em vez do que parece mais lógico, ou seja, escolhas técnicas.
    Se realmente essa idéia for seguida por Dilma, ela não estará fazendo o mesmo que fez FHC, que tanto foi condenado pelo PT por tê-lo feito?

    • Amigo, as escolhas “técnicas” que Lula e Dilma fizeram foram erros crassos, foram suicidas. Fruto da inexperiência e ingenuidade. Não se pode errar em cargos importantes e estratégicos como ministro do STF e PGR. Com certeza, Dilma não vai mais repetir o erro. Errar é humano; repetir o erro…

  35. Esta foi fundamental para eliminar de uma vez por todas este funcionário de G.Dantas.

  36. Dilma que não se perca nomeando alguém da linha golpista do PiG. Não chegara seu governo nem ao fim do mandato em 2014.
    O governo do PT já fez muita besteira escolhendo ministros golpistas para o STF e mantendo o golpista Gurgel a frente da procuradoria.
    Tô fora se o PT incorrer no mesmo erro de escolher errado ministros do STF e o procurador geral da republica. Será melhor os simpatizantes esquerda trabalharem por outro candidato em 2014 que tenha coragem de enfrentar o PiG. Jamais pensei em dizer isto: até Collor serve.

  37. Por este criterio o José Dias Tofoli não deveria estar impedido também ?

  38. só pra não deixar a memória esquecer. o gilmar não vale nada. tem um irmão que foi prefeito de diamantino e que está sendo processado por homicídio. a família dele lá no MT é odiada, só tem ladrão e assassino. todos pertencem à UDR. tem mais: gilmar é sócio do daniel dantas numa fazenda no sul do pará.

  39. Eduardo Guimarães, senhor deveria se envergonhar por publicar um texto tão leviano como esse. É notório que tanto o Heleno Torres quanto o Humberto Ávila são professores e juristas de renome nacional e que, nessa condição, nada mais natural do que dar aulas em diversos cursos jurídicos no país. Caracterizar isso como relação de emprego promíscua, como se fosse cabide de emprego público ou algo do gênero, é ou ma-fé escancarada ou ignorância colossal. Convenhamos…

  40. O homem tem corpo (docente?) de Gilmar, dinheiro pago por Gilmar e alma de Gilmar. O cargo a ser preenchido pela Presidenta, não pode ter esse perfil. Eu que assisti a todo o julgamento da AP 470, odiaria… Que não caia na tentação de ouvir o Eduardo Cardozo e nomear mais um Fux.

  41. O profº Humberto Ávila daria aulas em qualquer curso/universidade/faculdade do Brasil, quiçá, em boa parte da Europa e dos Estados Unidos.

  42. Olha, triste ver um texto desse por aqui.

    O Professor Humberto Ávila é um dos maiores juristas do Brasil, ao ler a introdução de seu livro “Teoria dos Princípios”, você verá que o Min. Eros Grau assinalou no prefácio que o professor Ávila é uma pessoa “não vou por aí, só vou para onde guiam meus próprios passos” e isso é sentido ao assistir suas aulas na USP e na franqueza de sua teoria.

Trackbacks

  1. Gilmar apoia quem trabalha com ele | Conversa Afiada
  2. " F I N I T U D E "
  3. http://saraiva13.blogspot.com.br/ « " F I N I T U D E "
  4. " F I N I T U D E "

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.