Golpe do STF: trunfo jurídico da direita midiática é precário

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

Quem pensa que o Brasil não está inovando em termos do modelo golpista à espreita, engana-se. Inovou, sim – e bastante. O país da jabuticaba – que só dá no Brasil – tinha que inovar, ainda que, em essência, o golpe em curso transite por modelo inaugurado em Honduras há alguns anos e posteriormente reproduzido, com “aperfeiçoamentos”, no Paraguai.

A inovação reside em que nosso golpismo é oportunista, pois depende de que uns poucos cargos-chave no Judiciário e no MPF estejam ocupados por oposicionistas, enquanto que os golpes hondurenho e paraguaio decorreram de correlação de forças institucionais muito mais desfavorável do que a do Brasil, do ponto de vista dos golpeados.

Tanto em Honduras quanto no Paraguai, os governantes depostos chegaram ao poder sem base parlamentar sólida; no Brasil, ainda que a base de Dilma não seja o que se possa chamar de estritamente confiável, seguramente sustenta seu governo em amplitude que inexistiu nos outros dois países citados quando neles sobreveio a decisão de golpear a democracia.

Assim, se naqueles países não havia por onde evitar derrubadas dos governos puras e simples, tomadas como se fossem uma troca de camisa – isso por força de que as instituições, ali, estavam tomadas por gangsters quando Manoel Zelaya e Fernando Lugo se elegeram –, no Brasil os golpistas terão que suar muito a camisa para chegar sequer perto do governo.

Não que não ousassem tentar, se houvesse tempo. Mas não haverá. E, antes de explicar por que, esclareçamos o seguinte: o STF que julgará os recursos contra a decisão que aquela Corte tomou no primeiro dia útil desta semana ao invadir a competência de outro Poder decretando cassação dos parlamentares condenados na Ação Penal 470, não será o mesmo.

Vai daí que, até aqui, ainda não aconteceu nada. Se irá acontecer, é outra história. Mas, como todos sabem, as perdas de mandato só se efetivariam daqui a vários meses, já tendo sido cogitado, até, que a decisão do STF sobre os recursos contra elas pode se postergar até o fim efetivo dos mandatos dos parlamentares recém-cassados naquela Corte.

O que se deve pensar, portanto, é no futuro. E o que se pode dizer de bom sobre ele é que existe possibilidade concreta de equilibrar o jogo bem onde os golpistas só obtiveram vantagem por ela ter sido entregue de bandeja a eles por seus adversários, sobretudo por Lula e Dilma, que nomearam ministros do STF e procuradores-gerais de olhos fechados.

Mas com as vagas que surgirão no STF no futuro próximo e com a troca de procurador-geral da República, que ocorrerá em agosto, a vantagem que a direita midiática ostenta hoje pode sumir, caso a presidente da República tenha se utilizado de critérios minimamente racionais ao nomear o ministro Teori Zavascki.

Claro que Dilma ter nomeado alguém como Luiz Fux, é de lascar. A célebre entrevista dele à Folha de São Paulo mostra a ingenuidade dela, precedida pela de Lula. Mas, convenhamos, a mulher que preside o Brasil não é uma maluca que daria a seus adversários – de novo – instrumentos para impedirem a si ou a Lula de disputarem a eleição de 2014.

Tudo isso, claro, só faz sentido se Zavascki for mesmo sério, pois se Dilma tiver feito sua nomeação sem se certificar de que o nomeado não irá ficar de quatro para a mídia, as nomeações que restam a ela não serão suficientes para equilibrar o jogo.

Mas se Dilma estiver consciente do que está ocorrendo no país a disputa volta para as urnas, onde as últimas pesquisas de opinião mostram que o PT continua nadando de braçada, com possibilidades de chegar a 2014 com uma dianteira irreversível sobre os possíveis candidatos a anti-Lula, anti-Dilma e anti-PT, entre os quais, claro, pode estar um Joaquim Barbosa.

Aliás, façamos uma pausa para refletir que o melhor dos mundos seria se Barbosa realmente decidisse se candidatar a presidente em 2014 – e convenhamos que seu nome não teria sido incluído na pesquisa Datafolha divulgada no domingo se o grupo empresarial midiático que a fez não soubesse de alguma coisa…

O fato, porém, é que a saída de Barbosa do STF a fim de se candidatar daria chance a Dilma de ferir de morte o grupelho partidarizado que se apoderou daquela instituição, pois a presidente teria mais um ministro para indicar durante seu mandato.

Em suma, se você está desanimado com o show de golpismo a que assistiu na segunda-feira na mais alta instância do Judiciário brasileiro, não fique assim. O trunfo da direita midiática se equilibra em alguns poucos homens que ocupam postos no Judiciário e no MPF por tempo limitado, o que torna a vantagem golpista muito mais precária do que parece.

Tags: , , , , , , ,

270 Comentário

  1. Dilma é inteligentíssima,competentíssima e muito profissional,exigente e Lula é tudo isso,mas, tem um coraçãozão.Qdo ele indicou o Ministro Joaquim Barbosa foi mais uma inclusão social.Por que o FHC não escolheu Joaquim Barbosa?Só Lula faria ia isso.Ele fez certo.Quem julga sem provas nos autos por motivos pessoais ou seja lá por que for,está ERRADO.Não interessa que seja um mendigo ou membro STF,Jesus Cristo disse que somos todos iguais.Eu creio nessa igualdade.Dilma, vai escolher uma pessoa que tenha caráter,e tenha conhecimento jurídico,mas, principalmente seja Justa.Não vai botar gente conservadora cega,insensível.

  2. Lula escolheu também uma mulher,outra inclusão social,minorias. No futuro, presidentes vão indicar pessoas com visível deficiência FÍSICA:SURDO-MUDO,DEFICIENTE VISUAL,etc. Isso é que deve ser feito.Somos todos iguais querendo ou não. Então o STF vai ser verdadeiramente uma SUPREMA CORTE. Portanto, o Lula foi o único Presidente que pregou e praticou a inclusão social até no STF.O mundo necessita,está carente de Lulas:LUIS INÁCIO LULA DA SILVA.

  3. .Lula escolheu também uma mulher,outra inclusão social,minorias. No futuro, presidentes vão indicar pessoas com visível deficiência FÍSICA:SURDO-MUDO,DEFICIENTE VISUAL,etc. Isso é que deve ser feito.Somos todos iguais querendo ou não. Então o STF vai ser verdadeiramente uma SUPREMA CORTE. Portanto, o Lula foi o único Presidente que pregou e praticou a inclusão social até no STF.O mundo necessita,está carente de Lulas:LUIS INÁCIO LULA DA SILVA

  4. Puts, que saco Edu, até no seu blog passa esse bando de comentarista/troll pago?

  5. Sempre critiquei as escolhas de “anódinos” para o STF. Eles não têm a consciência do papel da mídia no capitalismo, sendo suscetíveis às suas artimanhas. Lula chegou ao absurdo de nomear fundamentalistas religiosos para a PGR (Cláudio Fonteles) e STF (Menezes Direito) e passar vergonha com a atuação destes senhores contra os direitos das mulheres, a evolução científica (células-tronco) e os direitos dos gays. Todas bandeiras do PT. Lula e Dilma erraram redondamente ao nomear pusilânimes diante de uma mídia corrupta, e nada indica que Dilma vai mudar. Enquanto nomeia nulidades sujeitas a serem fantoches da mídia com a temerosa Weber e o inacreditável Fux, juristas que fariam uma limpeza neste país como De Sanctis e Kenarik ficam de fora. ACORDA DILMA!

    • Verdade isso. Lula e Dilma estão sempre se “enganando” com a realidade que lhes entra pelos olhos da cara. Cadê o tão cantado em prosa e verso faro político do Lula quando faz essas nomeações? E no mais, nós estamos sempre nessa, do se, se a direita fizer isso, se ele fizer aquilo, nós ainda temos chance. E a direita sempre nos sufocando. Estamos no governo mas ainda não conseguimos chegar no poder.

      • Eugênio, quando o PT chegou à presidência passou a ter o direito de nomear o ministério. Observe que a máquina governamental, que já estava lá,é toda da direita e não pode ser substituída. Junta-se a isso as nomeações equivocadas para alguns cargos importantes, planos de carreira empurrados com a barriga a muito tempo e algumas greves no serviço público que deixaram farpas na administração e você terá o caldo necessário para radicalizações, perseguições e etc.. Não podemos esquecer que, correndo por fora está o PIG, a elite, a oposição e empresários, todos partidários do quanto pior, melhor.

  6. Gente alguem duvida que, a corja é capaz de TUDO e um pouco mais?
    Cuidado com os BLECAUTES, provocados pelas companhias de energia eletrica de Minas, SP, Paraná, Goiás de governos da direita insatisfeitas com a redução das contas de energia imposta pelo governo, nos jogos da copa da confederações e copa do mundo em plenos jogos apenas para desmoralizar o governo perante o mundo. Tudo visando as eleições de 2014. Vão em cima da Dilma na area de sua especialidade para derrubar o mito de competencia.
    D Dilma e alguns proceres do PT estão a brincar con fogo. Depois não reclamem.

    • Mas isso vai ser bem feito pro lula, se acontecer. Quem mandou ele trazer essa copa estúpida para o brasil? Só ele que não sabia que estava colocando mais um trunfo na mão dessa direta infame.

  7. Dilma está mexendo com grupos podero$i$$imo$,q nem Lula mexeu; 1-Militares-comissao da verdade. 2 – Banqueiros – continuou diminuindo ainda mais os juros e pressionou os bancos para baixar spreds. 3- Empresarios – Baixar preço de energia eletrica e apertar preços de obras,quer acabar com financiamento privado das campanhas. 4 – Midia – Regulação dos meios de comunicação.etc e etc. Tem q se prevenir,pois a direita reage,e reage pesado,pois mexe com o q eles tem de mais sagrado: o $$$$$$$$$$$$$$$.

  8. Parabéns a Lula, Dilma e a parte do PT pela escolha de parte dos Ministros do Supremo, pela condução ao posto de PGR o mais votado pelos integrantes MPF. Fizeram um grande serviço ao Brasil;poderiam ter avançado mais, tornado lei a escolha do mais votado pelo MPF e aumentando, também através de lei, a presença no Supremo de juízes togados e procuradores concursados; poderiam ter avançado mais, diminuindo os cargos em comissão, despolitizando estimulando, de forma perene, a profissionalização da administração pública. Esperávamos bem mais de um partido que sempre se disse defensor da ética e da democracia.Os cidadãos honestos e democratas agradecem. É claro que os puxa-sacos de plantão,os desonestos, os mal intencionados não estão contentes, querem que Dilma adote modalidades de escolha semelhante áquelas adotadas por Collor ( novo herói de gente sem caráter), Sarney e FHC.Aproveintam-se da internet para fazer aquilo que já em 1970, Nelson Rodrigues descrevia com sendo a socialização do idiota, mas eles são poucos, são inexpressivos, tem poucos seguidores e de blogs na internet fazem seu ponto de encontro para consolarem-se uns aos outros!

  9. AVISO AO PIG.

    “O partido que desejar o poder, no Brasil destes tempos, tem que bater o PT no campo social. Tem que mostrar aos brasileiros que possui políticas melhores para combater o mal maior do país – a colossal, abjeta desigualdade social”. (Paulo Nogueira,Jornalista)

    • Simples assim!!!

      • Não é tão simples assim., pois o povo precisa identificar o PT como o responsável por isso, o que não é a realidade. A mídia desqualifica a política e coloca todos os partidos no mesmo saco da corrupção e o povo repete acriticamente esse discurso. A “esquerda” vacila no uso do pouco poder que tem e confia demais no fator povo ou joga tudo sobre suas costas. O povo é um ente completamente imponderável, ainda mais num país em que a mídia faz o que bem entende.

  10. …Zavascki…

    Sei nao… Se a midia ainda nao econtrou em sua excia algo a “marretar” posso imaginar que seja ele mais um “amiguinho” da casa grande. Porque nao o DeSantis? Sei nao…

  11. Eduardo.

    Gostaria de saber, sendo o senado responsável pela sabatina e aprovação de um ministro do STF, se o mesmo senado tem a prerrogativa de cassar o mandato desses mesmos ministros.
    Afinal, como que na Argentina, eles conseguiram retirar ministros colocados por Menem?
    Caso haja essa prerrogativa, não seria de bom grado utilizá-lo?

    Abraços.

  12. Caro, Eduardo. Os golpes em andamento do STF podem ser brecados a qualquer momento bastando uma proposta de lei com milhares de assinaturas para dar anistia o Zé Dirceu, Cunha e Genuíno. Ou pode qualquer membro do Congresso fazer tal lei. O Executivo também tem a prerrogativa de dar um indulto a estes 3 heróis brasileiros. Assim de forma legal e CONSTITUCIONAL o STF seria reduzido a sua condição de garantidor da constituição.

    • Aí seria a consagração da impunidade e da corrupção. A única possibilidade seria indulto presidencial. Duvido que a presidente Dilma teria coragem para tal, para ir contra a decisão do STF que foi aplaudida por milhões de brasileiros. A presidente Dilma (não votei nela), mas acho que ela é suficientemente inteligente para jamais tomar uma medida desta.

  13. A Operação Porto Seguro não tem tanto significado em si mesma. Na realidade, trata-se do envolvimento em corrupção de alguns nomeados do PT e funcionários públicos, nada que não possa ter acontecido em outros governos. Por que então, acontecimentos desta natureza quase desapercebidos nos governos anteriores, alcançaram tanta repercussão na mídia? É que nos governos anteriores a corrupção não era tão leviana! Claro que havia corrupção, mas era uma exclusividade dos grandes figurões e não envolvia tantos funcionários públicos! Não se trata de justificativa, apenas de uma comparação. Além do que, as amantes (nada contra), cumpriam com seus afazeres fora do poder! Acontece que o PT, um “governo que se auto intitula popular”, transformou a corrupção em algo “popular”, também! Isto é, a corrupção alastrou-se desde os grande figurões (vide o mensalão) até suas secretárias/amantes e envolveu até os aloprados de Aluísio Mercadante, transformou-se num verdadeiro festival de desatinos onde todo mundo pode roubar! Em resumo, o PT “democratizou” a corrupção! Sem falar de seus grandes coadjuvantes, os funcionários públicos, uma categoria desmoralizada por se envolver em todos atos de corrupção na gestão da coisa pública! Pois tem sido isto que a grande mídia vem explorando! Outra argumentação bisonha dos petistas, é a de que fizeram o que é comum em quaisquer partidos! Enfim, os petistas querem mostrar à nação que a corrupção é uma prática normal que deveria ser aceita por todos os cidadãos e ainda assim com ares daqueles que são os donos da verdade! Jamais alguém, em sã consciência, poderá ambicionar o fim da corrupção! Mas tornar estas práticas “populares e comuns” será extrapolar todos os limites do bom senso! Piores serão as conseqüências! E neste sentido, i.é, sob o ângulo administrativo, o Brasil também caminha para momentos de grandes crises. Além do desempenho pífio do nosso PIB (menos de 1%), da performance medíocre da Petrobrás que já começa se desfazer de bens no exterior, que terá que aumentar o preço dos combustíveis o que redundará num brutal aumento da inflação, surgiram outros fatos altamente sintomáticos que aprofundarão o círculo vicioso no qual o Brasil está inserido. São eles: caímos da 6ª para 7ª posição entre as
    maiores economias mundiais, queda que será maior em 2013. Vide as previsões do Banco Central de que 2013 terá o maior déficit nas transações com o exterior desde 2001 e sensível queda de entrada de dólares! Outro fato altamente danoso para a nossa economia é o déficit da previdência no setor público: R$ 62 bilhões! Esta soma fabulosa é o valor que consomem apenas 953 mil privilegiadíssimos funcionários públicos aposentados marajás, em detrimento de 193 milhões de brasileiros pagadores dos mais altos impostos mundiais! Ou seja, o maior peculato oficial de que se tem notícia praticado por 953 mil senhores feudais que saqueiam os cofres públicos! Somem-se a tudo isto, outros fatores como a já tão decantada falta de infra-estrutura em todos os ângulos que possa ser citada como rodovias, ferrovias, hidroelétricas (registre-se que em 2012 aconteceram 6 grandes apagões por falta de investimentos e manutenção. Note-se, que o PT fez do apagão um cavalo de batalha, caiu do cavalo), portos, aeroportos (com respeito aos aeroportos, o PT pretende privatizar Galeão e Confins, i.é, fazer o que tanto criticou) etc, etc; o descalabro na saúde pública e a total insegurança nacional devido a entrada de drogas por nossas fronteiras! Agravando este quadro pode-se perguntar: quantas Rosemarys e suas corriolas ainda restam em nosso país? Quantos esquemas de corrupção estão em andamento? Com quais funcionários públicos poderemos contar? É claro que devemos exaltar as exceções, em especial o STF, a Procuradoria Federal e a Polícia Federal; alguns poucos funcionários políticos que procuram cumprir com seus deveres e tantos outros cidadãos, profissionais, jornalistas, professores, enfim, pessoas que ainda prezam valores como a ética e a dignidade!
    Eugênio José Alati, e-mail: eugeniojosealati@yahoo.com.br
    Em tempo I: finalmente terminou o julgamento do mensalão e os bandidos foram condenados! Em breve, serão encarcerados e estaremos livres destes canalhas que envergonham a nação!
    Em tempo II: o STF se impôs e os deputados corruptos perderam seus mandatos! Aos congressistas só restarão duas opções: a de aceitarem a decisão do STF ou a de deflagrarem uma revolução! Caso o presidente da Câmara Federal, um deputado do PT, decidir fazer uma revolução poderá conclamar o povo brasileiro ensaiando o seguinte grito de guerra: “quem for corrupto que me siga!” Aliás, este grito de guerra servirá para José Dirceu, Rui Falcão e outros fundamentalistas do PT que pretendem motivar a população. Vai ser uma ótima experiência para se saber o número de corruptos que ainda restam nesta nação!
    Em tempo III: é claro, mas é claro, é evidente que quaisquer cidadãos poderão discordar da minha opinião. Mas por favor, mantenham-se calmos e educados a despeito de não disporem de argumentos! Eu sei que é difícil pra vocês mas é bom irem se acostumando, parece que agora a casa cai! Obrigado.

    • “Por que então, acontecimentos desta natureza quase desapercebidos nos governos anteriores, alcançaram tanta repercussão na mídia? É que nos governos anteriores a corrupção não era tão leviana! Claro que havia corrupção, mas era uma exclusividade dos grandes figurões e não envolvia tantos funcionários públicos! Não se trata de justificativa, apenas de uma comparação.”

      É porque nos governos anteriores tinha-se o envagetador geral da república, uma mídia amiga que age em corrupção com parcerias, todos com as benesses que FHC dava para o PIG, um STF com ministros amigos. Pois o governo anterior nos roubou bilhões e está totalmente impune. Enquanto que, sem provas e sem mensalão ocorrido, o PT teve membros inocentes condenados. A ditadura existe e está mais forte do que nunca. O judiciário e o legislativo ainda está em 64.

    • Gente, o vovô fascista aí está de novo.

      NÃO LEIAM o que ele escreve e nem procurem respondê-lo.
      Ele não lê.
      É perda de tempo responder.

      Não li nem uma linha do que ele escreveu.

      • Não tem nada de facista no comentário dele, Um comentário inteligente e verdadeiro que merece o maior crédito. Disse verdades que os petistas detestam ouvir,

        • Só faltou falar dos amigos dele que nos roubaram bilhões e ele sequer menciona.
          E o comentário dele não é inteligente e nem verdadeiro, pois há uma grande diferença entre ser inteligente e ser espertalhão e oportunista. Quanto a vc, joão, és só um otário mesmo, pra cair nessa conversa pseudo ética de “democratização da corrupção” engendrada por esse cretino., que não passa de repetição da cantilena da mídia.
          Vc é só mais um daqueles manés que vai as raias da histeria por causa de dólares nas cuecas mas é estranhamente indiferente ao roubo de bilhões do patrimônio público na era FHC.
          Como parece que vc não consegue dimensionar o que sejam bilhões e como também parece que a medida da sua moralidade para o trato com a coisa pública é uma cueca, faça o seguinte: calcule quantas cuecas vc tem que encher com dólares para dar o montante que nos foi roubado no desgoverno dos gangsters amiguinhos desse calhorda que postou esse comentário “inteligente”. Isso se vc souber calcular, é claro…

        • INTELIGENTE PARA QUEM NÃO TEM CÉREBRO.

    • EUGÊNIO. VOCÊ é o MAIOR CORRUPTO DO PLANETA. VOU PROCESSÁ-LO E QUERO TE VER NA CADEIA PARA O RESTO DE SUA VIDA, ASSIM FICAREMOS LIVRES DE BANDIDOS COMO VOCÊ. Gostou? Quer que eu prove??? Não precisa, STF CONDENA MESMO SEM PROVAS.

  14. Miguel do Rosário: miséria e grandeza nossa de cada dia
    Enviado por luisnassif, qua, 19/12/2012 – 08:08

    Por Marco Antonio L.

    Do O Cafezinho

    Miséria e grandeza nossa de cada dia

    Miguel do Rosário

    A última patacoada do STF, produzindo uma crise entre os poderes, me fez pensar o seguinte: a observação diária da política brasileira é uma atividade psicologicamente desgastante. Não seria melhor deixarmos pra lá? Não seria melhor deixarmos que os debates políticos seguissem sem a interferência nossa, nós, os liliputianos das redes sociais? Afinal, o que ganhamos com isso a não ser insultos públicos lançados pela grande mídia? Merval Pereira, por exemplo, volta meia tenta mexer com nossos brios, ao descrever o movimento antihegemônico da blogosfera como fruto de mais um mensalão petista. Um ministro do Supremo, Gilmar Mendes, abriu processo contra um dos nossos, o querido ator José de Abreu. E os homens mais ricos e poderosos do país perseguem nossas modestas lideranças, que são os blogueiros que mais acessamos e gostamos, tentando lhes destruir a golpes de chicanas jurídicas.

    De vez em quando, passaríamos a vista, furtivamente, na capa dos jornais; mas não arriscaríamos nossa paz de espírito numa briga de gigantes que parece se dar tão longe do cidadão comum.

    A sensação é de total desamparo. Temos um Congresso acovardado, um STF reacionário, uma mídia extremamente agressiva e conservadora, um Executivo ausente e silencioso.

    Culminando esse processo, ainda temos que lidar com uma nova modinha nas redes. Figuras posudas, uns por ingenuidade, outros por arrogância, todos por vaidade, tentam chamar a atenção elegendo a blogosfera “progressista” como inimiga, sondando-lhe os mínimos tropeços para lhe causar danos. Estes formam uma espécie de quinta-coluna: travestem-se de esquerda – de preferência ultra-esquerda – para melhor servir ao status quo. Compreende-se, embora não se perdoa. Sua postura lhes franqueia espaços na mídia, ou lhes granjeiam migalhas de popularidade na web.

    Não faríamos nada disso, naturalmente, não fossem as compensações de ordem espiritual; ou para usar um termo mais republicano, compensações de ordem moral e cívica. É um tanto inexplicável, isso. Por outro lado, é algo perfeitamente lógico. Afinal, não haveria nenhuma demanda por democracia não possuíssemos, no interior de nós mesmos, este anseio por interferir e controlar nosso próprio destino, não apenas individualmente mas também socialmente.

    Ah, a blogosfera. Já nasceu decadente, esfarrapada, irritadiça, cansada! E no entanto, incrivelmente, tornou-se a última aldeia gaulesa à resistir ao império romano! Com blogs mal diagramados, gerenciados na maioria por indivíduos com escassos conhecimentos tecnológicos, com designs cafonas, poluídos por cores berrantes, propagandas inúteis (que não dão um centavo) e quase sempre anunciando, com ingenuidade inacreditável, suas preferências partidárias – eis a “rede de blogs” onde desembocam as derradeiras esperanças do espírito democrático!

    Não há como negar o heroísmo da empreitada!

    Agora, por exemplo, lidamos com aquele que, talvez, seja nosso maior desafio: entender os últimos movimentos do xadrez político. A oposição conservadora-midiática, depois de perder muitas peças com a derrota eleitoral no ano passado, sobretudo em São Paulo, conseguiu mobilizar um poderoso ataque ao instrumentalizar o julgamento do mensalão e seduzir a maioria dos ministros do STF.

    O editorial da Folha, criticando o STF nessa última decisão, de cassar o mandato de parlamentares, não passa de jogo de cena. O texto é confuso justamente por isso. Uma crítica superficial, motivada antes pelo receio de que, algum dia, o STF se insurja contra aliados, do que por uma preocupação genuína com a quebra de um princípio basilar da nossa democracia: a soberania do povo, que se corporifica na inviolabilidade do mandato de um parlamentar.

    Alguns lançam ataques vulgares. “O Congresso estará desmoralizado se houver ali um representante condenado pela justiça! Como explicar para o homem comum que um preso possa ao mesmo tempo ser deputado federal!”

    Ora, agora mesmo Elio Gaspari – que joga em todos os times – nos contou que, recentemente (em 1998), a justiça americana autorizou o condenado a prisão domiciliar Jay Kim, que era deputado federal nos EUA, a apenas sair de casa para ir ao Congresso, portando uma tornozeleira eletrônica! Na eleição seguinte, foi cassado, como deve ser, pelos eleitores. A informação de Gaspari, para início de conversa, desmente a grosseira observação de Joaquim Barbosa, quando rebateu Lewandowski, dizendo que isso jamais aconteceria nos EUA, porque, em virtude do poder dos “meios de comunicação”, o parlamentar condenado renunciaria antes.

    O medo dos ministros do STF e da mídia é que algum parlamentar condenado use a tribuna para atacar a lisura e imparcialidade do julgamento do mensalão. Entretanto, esta tribuna foi concedida aos representantes do povo justamente para isso: para que falem, para que expressem ideias que, erradas ou não, são o que de melhor possuímos para avaliar a opinião soberana da população brasileira.

    A impressão que temos é que eles ganharam essa batalha. Talvez tenham ganho mesmo. A paranóia em torno da criação de uma frente golpista formada por mídia e judiciário, as únicas duas grandes instâncias de poder que não são mediadas pelo sufrágio universal, apenas se agravou.

    Permitam-me, todavia, repetir um clichê: é pouco antes do amanhecer que a noite parece mais escura. A vitória deles foi pírrica, porque se desgastaram enormemente, enquanto nós, os liliputianos, ganhamos força. E a nossa miséria, por sua vez, ganhou uma nova injeção de nobreza, porque cresceu a nossa consciência sobre ela. Como dizia Pascal: “O homem sabe que é miserável. Ele é, pois, miserável, de vez que o é; mas é bem grande, de vez que o sabe.”

    A gente agora tem uma consciência agudamente dolorosa sobre nossa miséria, porque é realmente uma miséria que o voto de mais de 140 milhões de eleitores de repente não valha mais que a opinião arbitrária, truculenta e anticonstitucional de meia dúzia de ministros do Supremo Tribunal Federal. Deparamos com uma terrível falha democrática, e teremos desde hoje que lidar com mais esse perigo, com mais esse adversário da vontade soberana do povo. Porque um STF autocrático é como um rei absolutista. Se tivermos a sorte de haver juízes bons e comprometidos com a democracia, bem estar social, harmonia entre poderes e estabilidade política, nada melhor do que um STF ultrapoderoso. Se calhar termos juízes corruptos, incompetentes ou manipuláveis por uma mídia antitrabalhista, veremos o desenvolvimento do mais refinado e canalha golpe de Estado da modernidade. Os exemplos de Honduras e Paraguai nos mostram que esse tipo de golpe consegue, facilmente, afirmar-se moral e politicamente, em vista dos apoios que recebe dos poderosos conglomerados midiáticos latinos e do ultrabilionário conservadorismo norte-americano.

    Por isso, não adianta tentarmos nos consolar com a esperança que Dilma indicará um juiz melhor que os anteriores. O problema não é sobre o caráter em si dos juízes e sim amarrar o destino de uma democracia aos altos e baixos de indivíduos que não passaram pelo crivo salutar do sufrágio. Temos que ampliar e oxigenar o STF. Adaptá-lo a uma democracia que é hoje quatro ou cinco vezes maior do que há quarenta anos. É preciso discutir como aperfeiçoar o STF, como deixá-lo mais democrático, fazer com que se torne o que deve ser: uma instância em prol da democracia, e não um órgão frágil, facilmente instrumentalizado por chantagens, ameaças e demais armas de persuasão de grupos de mídia.

    Nada mais divertido (embora trágico), portanto, que esse golpe, gestado conscientemente por um lado, mas sobretudo sem que os próprios protagonistas tenham noção exata do que fazem (visto que se trata de um movimento natural dessa força escura, brutal e totalitária que movimenta o capitalismo), nada mais curioso que um punhado de blogueiros, com seus exércitos de talentosos comentaristas, intervenha e atrapalhe seu desenvolvimento. A explicação é que a força da blogosfera não reside em seus frágeis atores, mas na justiça histórica que torna sua existência necessária. Quanto mais o golpismo midiático se fortalece, mais se fortalecerá a sua sombra: o antigolpismo democrático. É uma lei acima inclusive das leis, porque fundamentada na fome de independência e liberdade do espírito humano, e não numa sempre precária constituição escrita. Eles podem aplicar os golpes que quiserem. Haverá sempre resistência. O destino dos reis é perderem suas cabeças.

  15. ESSE ESPAÇO É PARA QUEM QUISER DAR OPINIÕES.MUITOS USAM PARA OFENDER OUTROS COMENTARISTAS.’ FAZ O QUE TU QUERES, E SERÁ TUDO DA LEI, DA LEI”. NINGUÉM PRECISA SER INTELECTUAL OU PSEUDO INTELECTUAL PARA EXPOR SUA OPINIÃO.CADA QUAL QUER SER MAIS “SABIO”,TORNANDO-SE,EVIDENTEMENTE,PEDANTE,BOÇAL. UM DESSES INDIVÍDUOS CHAMOU OUTRO DE “TROLL/PAGO”.PELO TEXTO DEU PARA PERCEBER QUE ELE VIU A PALAVRA ,ACHOU LEGAL E USOU INADEQUADAMENTE.EU ACHO QUE ELE CONFUNDIU O SIGNIFICADO COM BONECO DA TROLL,SOLDADINHO DOS ANOS 60/70.DEUS,TENDE PIEDADE!LEMBREI-ME DOS INÍCIO DOS ANOS 80,EU NA UFC TENDO QUE OUVIR TANTAS CONVERSAS E ESCOLHER QUAL ERA O MAIS PSEUDO INTELECTUAL.”MAS,AGORA EU SEI O QUE ACONTECEU: QUEM SABE MENOS DAS COISAS,SABE MUITO MAIS QUE EU”. ISSO VALE PARA MIM TAMBÉM.PARABÉNS,PARA OS QUE EXPÕEM SUA OPINIÃO NUA E CRUA, SEM MÁSCARAS, PARABÉNS AO EDUARDO QUE ABRE ESPAÇOS.

  16. E o Procurador Gurgel quer mesmo impedir a vida politica de Lula e a manifestação do povo nas urnas:

    ““Agora, sim, eu vou analisar o depoimento, e serão tomadas as providências, enfim, que são cabíveis para a completa investigação de tudo que demande apuração. Temos de examinar o depoimento em profundidade. “

  17. Legal, até onde os ministros indicados pela Presidenta Dilma, seriam confiáveiS?.
    Até onde os ministros indicados pela Presidenta Dilma, estariam do lado do governo?
    O show midiatico da ação do mensalão e do STF, deixaram claro que juizes do STF, adoram
    uma camera de TV.

  18. Gurgel, Barbosa tudo gente indicada pelo LULA/DILMA. Não me conformo como não se pode antever essa situação, o partido já estava no governo a algum tempo e teria obrigação de ser mais cuidadoso. Especificamente quanto ao Barbosa, me recordo daqueles “negros” todos (artista globais, inclusive) a festejar sua chegada no STF e na presidência deste. Será que ser negro nos dar o direito da “idiotice”, da “vaidade” e do “egoísmo”. Eu vi e ouvi pessoas dos Movimentos Sociais (Negros, sobretudo) festejando esses acontecimentos, contudo, será que não se percebe que este cidadão, ainda que negro, está jogando contra as forças populares, ou seja, contra os pobres, e consequentemente contra os próprios negros. Se é assim, de que adiantar ter um negro na mais alta corte de justiça do país, seria melhor não tê-lo.

  19. Deus te ouça……torço e luto pelo Lula/Dilma e o PT, mas confesso que a midia golpista esta levando uma pequena vantagem neste momento. As vezes fico matutando como o Lula poderia virar a mesa de vez e afundar esse caso do mensalão….pegar essa midia ordinaria pelo colarinho e coloca-la no devido lugar dela.

  20. Sou negra e sinto-me envergonhada desse ministro. Até agora não disse a que veio, aliás disse sim, estou para o PiG com todas as forças. Eu acredito que as escolhas feitas por LULA e DILMA, não foram felizes, mas ainda temos esperança, nós povo podemos colher as assinaturas para editar uma lei que mude esse stf dieitista e injusto.

  21. Em outras palavras o que o autor do artigo quer dizer é que Zavascki precisa inocentar todos os mensaleiros para que seja considerado um bom Ministro do STF. Ou seja, ele precisa estar do lado do PT, do Zé Dirceu, etc, senão vai ser considerado rato, tal como os ministros que não seguiram as perspectivas esperadas pelos “companeros”.

    • Sei lá o que se passa nessa cabecinha oca. Você conclui o que quer. O problema – e que problema! – é só seu

    • Não Zé, o que o autor quis dizer é que os juízes devem julgar de acordo com a lei (no caso, a Constituição Federal), isentos de qualquer preferência político partidária.

  22. Comecei ler e….já li uma besteira repetida por tanta gente. Jabuticaba não é exclusividade brasileira. Informe-se melhor antes de dizer qualquer coisa.

  23. Tem, ainda, o Gilmar “Dantas” que está sendo cotado para candidato ao Governo de Goiás…

  24. MINISTRO DO SUPREMO: Se lemos a história, os grandes contos, o Novo Testamento vamos perceber logo que a TRAIÇÃO é algo ABOMINAVEL!. Não é por outra que Judas Iscairotes se tornou o maior mal exemplo de pessoa humana em toda BIBLIA. Este cidadão do Supremo comeu uma coisa ABOMINAVEL, então se tornou uma PESSOA ABOMINAVEL. Não se trata do levar vantagem é outra coisa inqualificavel. FUX

Trackbacks

  1. FATOS & FOTOS
  2. Como o previsto, reviravolta no mensalão vai ganhando forma | Luis Antonio 13

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.