2013, o ano do golpe

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

Antes que 2012 termine, há que refletir sobre o que boa parte da opinião pública – a parte que não embarca na politicagem da oposição demo-tucano-midiática – já intui e comenta, que 2013 baterá o recorde de todos os anos anteriores do pós-redemocratização em termos da infatigável guerra da oposição midiática contra o governo federal e o partido de sua titular.

E a primeiríssima reflexão é a de que, hoje, é muito menor o contingente que tenta desqualificar sem discussão a premissa golpista em um país de tão larga tradição nessa prática compulsiva de uma elite que luta ferozmente para manter privilégios que fizeram do Brasil o país virtualmente mais injusto do mundo – pois os mais injustos são países paupérrimos da África.

Há menos de um ano, quando se falava em golpe diziam que não havia “clima” para tanto, que seria paranóia etc. Hoje, o discurso persiste inclusive entre setores que se dizem “de esquerda”. Todavia, aumentaram exponencialmente os que enxergam o esforço golpista, que se traduziria em mais uma tentativa de golpe “institucional” na América Latina

As recentes experiências golpistas hondurenha e paraguaia, como se sabe, sucederam a tentativa venezuelana lá em 2002, desfechada sem sucesso, ao contrário das duas que sobrevieram e que vingaram, fazendo salivar aqueles que, ao longo do século XX, espalharam quarteladas golpistas pela região.

Recentemente, li no Twitter um desses militantes da mídia disfarçados de “esquerdista” que, ironizando um texto meu, perguntava como seria possível um golpe sem censura a jornais. Espantoso, não é mesmo? A gente fica sem saber se é ignorância histórica ou má fé, pois é difícil achar alguém minimamente escolarizado que não saiba o papel da imprensa no golpismo nacional do século XX.

Mas vamos em frente. A segunda questão é a da razão para os flertes com o novo modelo de golpe, o modelo “institucional” com o qual se pretende tirar do cenário político candidatos de esquerda com alta aprovação e expressivo eleitorado como Manoel Zelaya, Fernando Lugo e Hugo Chávez.

Não me parece polêmico afirmar que a oposição tem cada vez menos perspectivas de retomar o poder em 2014. Recentes pesquisas de opinião dos institutos Datafolha e Ibope revelaram que o PT não tem um, mas dois candidatos em condições de se eleger em primeiro turno. E que a oposição conta com nomes cujo desempenho é fraquíssimo.

As razões para esse favoritismo do PT para as eleições de 2014 deveriam ser claras para todos, mas o fato é que a mídia, a oposição e a militância oposicionista-midiática parecem que acabam acreditando naquilo que inventam e difundem como fatos, mas que não passa de distorções, invenções e desejos.

Há, pois, que entrar no terceiro tópico, o das armas que cada lado tem para enfrentar a contenda que se avizinha, a de 2013, que só perderá em virulência para a de 2014.

Do lado da oposição midiática, o armamento é farto, diversificado, sofisticado e multibilionário. Apesar da oposição formal (partidária) exangue, sem votos, sem propostas e que vai encolhendo a cada eleição, há os grandes impérios empresariais, com destaque para os de comunicação – pelo protagonismo e pelo poder –, e os não menos importantes tentáculos do Judiciário e do Ministério Público.

Mas não é só. A CPI do Cachoeira revelou que a base aliada do governo Dilma é infinitamente menor do que parece, pois o PMDB, o PSB e os pequenos partidos de direita que a compõem já se revelaram inconfiáveis, chegando a atuar em consonância com a oposição partidária, a mídia e os braços destes no Judiciário e no MP.

Como para manter a base aliada é preciso fazer concessões para não incomodá-la, a possibilidade de reação do governo e do partido de sua titular se reduz drasticamente, como ficou claro, mais uma vez, na CPI do Cachoeira, quando o fato de muitos peemedebistas serem donos de veículos de mídia blindou a Veja naquela Comissão.

Os acordos escancarados entre a oposição formal e o PMDB foram ainda mais longe, chegando a blindar, também, aquele que, com base em uma fartura impressionante de provas materiais e testemunhais, pode ser considerado o segundo homem do esquema criminoso goiano, que atingiu a marca do bilhão de reais, fazendo os valores do mensalão “petista” parecerem gorjeta. A impunidade de Marconi Perillo, assim, mostra quão poderosa é a coalizão golpista.

O que, então, resta de armas ao governo Dilma e ao PT? Apesar de menos rápidas e ruidosas, as armas desse lado não são desprezíveis. E a “caneta” é a principal. Desta, decorrem o que uma perspicaz leitora com a qual conversei por telefone dia desses chamou de “pacotes de bondades”, dos quais decorre a popularidade estratosférica de Lula, Dilma e PT.

Mas tudo vem do fato de que esses atores governam o país, tendo como produzir políticas públicas que fazem com que o eleitor reflita que não dá para trocar o certo pelo duvidoso com base em discursos moralistas entoados por aqueles que não têm a menor condição para fazê-los e em discursos sobre a economia que se chocam com a realidade econômica da sociedade.

A “caneta” do governo petista reduziu os juros de forma inédita no país, aumentou os salários, praticamente extinguiu o desemprego, fez disparar o crédito ao consumidor e, ainda que em ritmo infinitamente menor, fez cair, de forma inédita, a concentração de renda.

Já foi amplamente explicado, nesta página, que a estratégia da direita midiática faz todo sentido do mundo, pois simplesmente não tem o que oferecer. As políticas sociais petistas como, por exemplo, o Bolsa Família e as cotas nas universidades públicas vão se impondo contra os discursos que tentavam desqualificá-las perante a sociedade.

O Bolsa Família, há tempos que só vem sendo criticado pelos militantes da oposição midiática, pois os políticos oposicionistas não têm coragem para atacar um programa tão popular. E agora são as cotas, às quais até o governo tucano de São Paulo vai se rendendo, mesmo que com reticências contra as cotas raciais. Mas está sendo quebrado o paradigma.

Contudo, se o PSDB, o DEM e o PPS fossem vistos como partidos com credibilidade para investirem no social, não estariam fora do poder. Esses partidos, com os discursos virulentos de outrora contra políticas sociais petistas e contra o modelo de desenvolvimento e gestão econômica vigentes, carimbaram-se, ao lado da mídia, como agentes dos ricos.

Eis que chegamos à inviabilidade da disputa político-eleitoral como forma de a oposição midiática retomar o poder. Teria que haver uma hecatombe econômica no Brasil, com forte queda de renda e com expressivo aumento do desemprego e da desigualdade para que vicejasse um desejo da maioria por mudança.

Mudança só é desejada quando se está mal-acomodado, e não haverá discurso sobre “pibinho” ou “corrupção” que faça a sociedade achar que a sua vida vai mal justamente quando mais e mais pessoas vão sendo incluídas no mercado de consumo de massas e no mercado formal de trabalho.

Não que não haja desejo de mudança. Há e até ficou muito claro em 2012, com o impressionante desempenho do PT nas eleições ao vencer no maior colégio eleitoral do país, São Paulo, capital que, até há alguns meses, era considerada a mais sólida fortaleza oposicionista. Só que é um desejo de mudança em favor do PT em vez de ser contra.

Com a resiliência do potencial eleitoral do PT e com a ausência de perspectivas e de discurso da oposição, basta a menor reflexão para concluir que esses poderes que anseiam pela retomada do poder para pôr fim, sobretudo, à distribuição de renda em curso, não se conformarão em ficar mais quatro anos fora do poder, a partir de 2014.

O golpe “institucional” à brasileira, pois, já está desenhado. Lula, o “odiado” (pela direita microscópica e midiática) dificilmente deixará de ser denunciado por iniciativa da mesma Procuradoria Geral da República que dispõe, também, da prerrogativa de denunciar presidentes da República.

Roberto Gurgel, o atual procurador-geral, pertence ao mesmo grupo político – sim, o Ministério Público tem correntes políticas muito bem definidas – do antecessor, Antonio Fernando de Souza, autor da denúncia do mensalão “petista”. E ficará mais sete meses no cargo. Uma eternidade, em termos de tempo para tentar inviabilizar Lula e Dilma como candidatos potenciais à sucessão desta.

Quanto ao STF, ainda restam a Dilma duas indicações – uma para a vaga do recém-aposentado Carlos Ayres Brito e outra que decorrerá da aposentadoria precoce do ministro Celso de Mello.

Na hipótese de que o recém-nomeado Teori Zavascki se revele um legalista como Ricardo Lewandovski, com José Antonio Dias Tófoli e com duas novas indicações racionais por Dilma, seriam cinco ministros que, ao menos em tese, barrariam o golpismo naquela Corte em meio a um total de onze.

As ministras Carmem Lúcia e Rosa Weber dão esperança de comedimento ainda que tenham se acovardado durante o julgamento do mensalão, mas só no que tange ao núcleo político daquela ação penal, núcleo esse que a mídia deixou muito claro que não aceitaria que não fosse condenado. Assim, o jogo ficaria equilibrado.

Todavia, também no STF ainda restam vários meses de sobrevida ao núcleo golpista, pois as novas nomeações para aquela Corte sempre demoram a se concretizar.

Não chega, portanto, nem ao final de 2013 o prazo para a direita midiática desfechar seu golpe “institucional”, limitando ao ano que entra o prazo máximo para impedir que os candidatos do PT à sucessão de Dilma dêem uma nova surra eleitoral na oposição demo-tucana, o que obrigará o modelo nacional de golpe a se aproximar do modelo-relâmpago do Paraguai.

Tags: , , , , , , , , , , ,

179 Comentário

  1. A base das acusações do pig é a base do livro “os protocolos dos sabios de sião”
    UMA MENTIRA
    DITA COM FIRMEZA
    REPETIDAS VEZES
    TORNA-SE UMA VERDADE

    • Edu,
      Obrigada por levantar a bandeira de luta por um Brasil sem desiquadade em todos os niveis politicos e sociais,está na hora de lançar um manisfesto para um plebiscito urgente da ley medios já.Bora já
      Feliz Ano Novo pra vc e sua familia saúde paz e luz durante todo os dias do ano que se aproxima.

    • li este livro, um horror.

  2. Sobre este golpismo,esta praga latina,no Brasil,alem da condições estarem muito difíceis,e como você já disse Edú ,que o governo não conta com uma base sólida,a direita também não conta com um STF sólido.Alem de de uma reação interna e externa contra quaisquer tentativas autoritária,mentirosa de se atingir a pessoa de Lula.Outra é apear a Dilma do poder,e depois fazer o que? retornar as politicas neo liberais e cortar investimentos,cortes nas áreas sociais,salários,desemprego,e ai´? o povo,principalmente a nova classe média vai ficar quietinha assistindo tudo?.A direita brasileira tem 3 pontes a atravessar no caminho do golpe.,implementá-lo,assumir e manter-se,cada uma mais comprida e paralelamente mais estreita e precária,de bases frouxas.no primeiro governo Lula,tinham todas as condições e força para isso,mas hoje,sera muitíssimo mais difícil.Onde quero chegar,lógico que devemos ficar alertas e vigilantes,mas ,lá (direita) como cá, enfrentam os mesmos problemas, que uma base sólida e unida de apoio,pois se a tivessem ja teriam tentado,assim como o governo que poderia ter avançado em muitas áreas,avanços e reformas ha mais tempo ou em maior profundidade.A sociedade brasileira hoje não aceita mais retrocessos nas areas econômicas,sociais.

  3. Sobre os pacotes de “bondades”: a FIESP divulgou vídeo nos aeroportos brasileiros apoiando a redução da conta de luz e conclamando o povo brasileiro a lutar contra “os que não querem o bem do Brasil”.

    Os grandes industriais, via de regra, apoiam o Governo Dilma, por causa da redução dos juros bancários, da desoneração dos produtos e, agora, por causa da redução da conta de luz. Os banqueiros e especuladores, por outro lado, estão perdendo dinheiro, ou melhor, estão ganhando menos dinheiro.

    • Roberto , sua credulidade chega a ser pudica . Sou empresário, muito satisfeito com o Governo Lula/Dilma, conheço dúzias de outros que ganharam fortunas neste período como nunca antes , mas que continuam achando que pobre é preguiçoso , que lugar de negro é no elevador dos fundos , que bandido bom é bandido morto e que assim como o Collor de Mello do Supremo acham que a Ditadura foi um mau necessário . Basta uma invasões de Terra amplificadas pelo Jornal Nacional , alguns policiais treinados nos Estados Unidos infiltrados em manifestações para gerar desordem , um sequestros de filhos de milionários e estes supostos industriais pró-Dilma mudam de opinião rápido . O Instituto Millenium está aí para não deixar dúvidas.
      Abraço, você deve ser um poeta !

  4. Edu precisamos que os jovens participem da política, mas o que o governo federal faz para que esses jovens se interessem? Fui na pagina do governo e não tem nem o nome do secretário (a) e politicas, que realmente faça que esse jovem se interesse em ajudar o Brasil. Não tem Twitter e nem Facebook o governo federal é muito ruim de comunicação com os nossos jovens e não sabe o quanto eles são importantes para a nação numa horá tão delicada. como essa. Milhões seguem alguns artistas e quantos seguem o secretário de juventude do governo ou a presidenta Dilma?

    • Errata:: só para fazer justiça tem Twitter com quase 3000 seguidores e Facebook num cantinho da pág. e também fiquei sabendo o nome da titular que na minha opinião deveria ser uma pessoa com mais peso político, pois os jovens são o futuro da nação.

      • Como a Manuela D’avila, que tem vontade de realmente fazer algo para os nossos jovens e pode colaborar muito, nesse ano tão delicado e importante para a presidenta Dilma.

  5. Eduardo, você está desde o início do governo Dilma avisando sobre isso, mas não quiseram te dar ouvido (e parece que não estão te ouvindo).
    Muitas vezes, foi você e outros “blogueiros” quem compraram a briga. Enquanto quem deveria ir à luta, ficou inerte, vendo a banda passar.
    Não entendo o porquê dessa passividade toda.

  6. Em 2013 vamos ao contra-golpe, rumo ao socialismo, sem oposição, mídia ou STF, que serão postos onde devem estar: na clandestinidade.

    • deixa de ser cretino

    • Um país sem STF, sem oposição, e sem mídia, não deve nem ser considerado um país, e sim uma ditadura.
      Repetindo a resposta do EDU, deixa de ser cretino

    • Ou de preferência fique ainda mais cretino, se for possivel, pra que não consiga esconder o palhaço que é.

    • acho que temos que ficar atentos com esse golpe, a armar uma estratégio-contra-golpe, e o scialismo é a unica soluçao, nao nos modelos existentes no mundo, mas realmente com a participaçao do povo macissamente, com poder de descisao, e organizaçao, igualdade, é a palavra de ordem. UNI-VÓS!!!!!!!!!!!!!!!!

  7. Edu, essa turma não é ignorante (podem ser burros, mas ignorantes, não). Eles agem de má-fé mesmo, e tentam a todo custo angariar corações e mentes de incautos. Lógico que a Coligação Unidos pela Mentira (PSDB/PFL/PPS/PIG) fará tudo para ganhar no tapetão.
    PSDB, PFL e PPS estão praticamente mortos. O grande problema é o PIG e seus mais de 50 tons de marrom. Essa turma de “jornalistas” e “analistas” não tem vergonha na cara, não tem ética nem discernimento do que é certo ou errado. São tão obtusos em suas presepadas que poderiam levar o país a uma tragédia, tal como o corvo nefando e de triste memória, Carlos Lacerda. O que devemos fazer é primeiramente boicotá-los: não dar um centavo para seus jornais, revistas etc. Segundo: cuidar que os inocentes úteis não caiam em suas torpes ciladas e, por fim, confrontá-los, como nossos ótimos blogues o fazem… Lutemos, pois!!!

  8. Historicamente nossas elites – assim como as de outros ditos emergentes – sempre foram entreguistas, com o corpo aqui e o coração e os olhos nas “metrópoles”. Historicamente as potências (tanto as multinacionais quanto seus governos) sabem disso e usam do expediente de cooptar tais elites, que dominando os meios midiáticos e militares, fazem o serviço sujo para os países “centrais”. A Inglaterra tornou-se potência porque houve um pacto interno, coisa que não se pode esperar por aqui. Infelizmente a única solução é o enfrentamento, mas não o enfrentamento ingênuo, e sim, “tinhoso”, como tinhosos são os aproveitadores locais e estrangeiros. Há que se comê-los pelas beiradas, inteligentemente, e a internet (ainda) é um campo colossal para a conscientização da chamada nova classe média de seu papel em garantir sua autoemergência. Gente responsável do governo federal pode (e deve) estudar a respeito, implementar vigorosamente uma estratégia de enfrentamento eficaz (e não ingênuo), para que a base da população possa colher os frutos a médio prazo. Não há que se demorar nesse processo, pois o relógio está do lado da matilha raivosa de direita, e as macro-sabotagens estão cada vez mais visíveis no horizonte.

  9. A má atuação do ministro Joaquim Barbosa no julgamento da AP 470, foi uma completa decepção! Ele poderia ter agido com imparcialidade, mas se deixou levar pela velha e corrupta mídia e acabou cometendo injustiças, ferindo inclusive a Constituição a qual tem o obrigação de respeitá-la. A luta será árdua em 2013, mas não desistirei de defender as conquistas que o país teve nestes dez anos do PT no Poder Executivo Federal.

  10. Eu entendo a magoa de vcs. A julgar pelo que os próprios PTstas andaram revelando pro aí, neguinho pra ser indicado ao STF antes tinha que fazer sabatina com Zé Dirceu e o João Paulo. Vcs tinham certeza que tava todo “tudo dominado” no STF e quebraram a cara.

    E parem com essa palhaçada de “golpe”. Por que a direita iria dar golpe no PT se vcs governam privatizando tudo e banqueiro e industrial nunca teve tanto lucro #nestepaís segundo o próprio “Deus” de vcs fala toda hora?

    • Mais um candidato a morrer comendo capim seco.

      • Mais um tonto que acredita em “golpe” de direita com um governo que não ameaça em nada o sistema capitalista. Quem come capim é tu, mané.

        • A direita “tinhosa” gostaria de dar um golpe a lá Paraguai no governo PTista, só não fizeram ainda porque sabem que vai dar m…. (guerra civil). Pior cego é aquele que não quer enxergar.

    • Roberto Pereira, se liga! Dormiu em 2000 e acordou agora?
      O dorminhoco ainda está se situando, tentando entender o que aconteceu com o Brasil. Vamos dar um tempo a ele!

      • É o Troll escaravelhaco. O famoso rola bsta. Igualzinho ao guru deles, o rei rola bsta. Fede igual. O ignorante não sabe a Historia do Brasil de golpes recorrentes promovidos pela direita traidora da patria. Passou pela escola e a escola não passou por ele.
        O bixim ta com saudades do FMI mandando no país ajoelhado de quatro.

    • Faz parte do jogo de todo pseudo socialista, eleger um inimigo. No caso do PT elegeram a imprensa, as elites, e agora o STF, e ficam pregando a teoria da conspiração, acredite quem quiser.

      • com toda certeza, Joao….
        No fim das contas, tudo serve como justificativa para acabar com as garantias constitucionais e aumentar o nivel de controle sobre a imprensa, o judiciario, a oposicao (oposicao??), etc.
        Todas as pseudo ditaduras cucarachas usam essa mesma estrategia.

      • Muita gente quer. Muita gente quer a verdade.

    • Uau!
      Somente agora, nos governos do PT, surgiu o tráfico de influência para nomeação de magistrados e diretores de autarquias e agências!
      Sinto discordar, mas isso é mais antigo do que a posição de c—-
      Posso lhe dizer que, em um livro que li quando estava na faculdade ainda (1982), um diplomata glosava dos currículos dos candidatos a embaixador: uma trinca de bispos, uma quadra de generais, um full de senadores, etc.
      Ou será que alguém (ainda) pensa que o tal *merecimento* é demonstrável por uma vida acadêmica, dedicada a pesquisa científica, defesa dos direitos humanos e que tais?

  11. Todos os articulistas, ao mencionarem golpes patrocinados pelas chamadas “supremas cortes” (o supremas nem todas são), omitem a mais importante e que deu a senha às de Honduras e Paraguai. Foi nos EUA, na primeira “eleição” de Bush Jr. No voto ganhou, com boa maioria, Al Gore. Na recontagem da Flórida, novamente Bush não conseguiu levar e só foi proclamada presidente graças a uma decisão inexplicável da… suprema corte estadunidense.
    Foi a partir do golpe engendrado pelo conservadorismo americano que se deu a fórmula às minorias para darem golpes não militares, mas togados, com aparência de legalidade.

    • C. Paoliello, para melhor entendimento do golpe do Bush pai aconselho lerem o livro A Democracia na América cujo autor é o famoso Alexis de Tocqueville. Está tudo lá e, a muito tempo. Os fundadores daquela nação pensaram em quase tudo e colocaram na Constituição. O que ficou faltando, as emendas ajustaram. Está lá, a barreira jurídica contra o povo em caso de golpe e a utilização do judiciário para facilitá-lo quando necessário. Realmente temos que ficar em alerta. A tentativa de golpe aqui virá ou já está nos preparativos. Abraços e feliz 2013.

  12. li há pouco 1961 o golpe derrotado. naquele ano graças a uma ampla mobilização anti golpista iniciada por brizola no rgs assumida por gauchos e depois se espalhando pelo brasil todo joão goulart pode voltar ao brasil e assumir contra a trinca igreja ROMANA empresas (incluindo a mídia vendida em bancos) milicos colonizados.
    num balanço aparente os três tentáculos da máquina golpista estão mais fracos (desmoralizados depois dos fiascos sarney collor fhc e os êxitos de 2 x lula + dilma) e os anti golpistas que invadiram globo e outros lobos quando getúlio se suicidou em 1954 e tornaram possivel evitar em 61 o golpe vibrado em 64 formam atualmente a maioria dos eleitores.
    acho oportuno ressaltarmos os planos dos bandidos e reforçarmos nossas mobiliz ações.

  13. Edu, a respeito do desvio que não houve, da Visanet, gostaria de ver entrevistas com as Ministras Carmem Lucia e Rosa Weber e com os Ministros Lewandowski e Toffoli, para saber o que eles pensam das conclusões da Auditoria do BB. (Quanto aos demais Ministros acho que é inútil entrevistar). Os blogueiros e os jornais da Internet poderiam fazer isso ?

    • Antonio Soares, boa pedida! Apoio total!

    • Que os blogueiros insistam nisto, temos que desmascarar os 5 ministros doSTF e o PIG, pois o que está na cabeca do povo é que houve enriquecimento do PT com os 73 milhöes “desviado do BB. Temos que desmentir isso.

    • Boa idéia! Essa tal de auditoria do BB continua atravessada na minha goela.

  14. Gostaria ver na tribuna do congresso uma duzia de Requioes e Collors, sem medo e sem rabo preso na midia, para pulverizar essa corja de entreguista. Quem? Quem?. Fico vendo Collor botando o “jogurgel” no pinico e nenhum colega aparteando. No ultimo pronunciamento-denuncuia do Senador, presidia a mesa o prolixo Pain, mudo e surdo, com aparencia de estar se borrando, com medo de ser covidado a uma anuencia.
    Cagoes; a comecar pelo presidente da casa.

    • Concordo contigo Salvador. Essa bancada petista é um bando de cagões. O PT precisa escolher melhor seus candidatos a cargo eletivo. Não adianta ter quantidade no congresso, é preciso qualidade.

  15. Acredito que os dois novos integrantes do STF serão de alto nível moral, por currículo, quanto ao Toffóli…é um menino cagado! E as outras duas senhoras estão ali só pra servir um cafezinho ou TEA aos demais! Considero o Fux expurgado da corte.

  16. A apelação tá grande. Manchete neste instante do uol: Site de consulta da nota do Enem ficou fora do ar por 30 minutos. Não parei pra olhar os “comentários” da notícia (neste instante 38), mas imagino. Não são manchetes de jornal; são, em linguagem de volei, levantadas para cortadas as mais variadas… Pelo andar da carruagem, se cair um arbusto na Granja do Torto, será um pandemônio midiático.

  17. Edu, tenho muito receio da oposição, mas venha cá… será que essa turminha tem PEITO p/ enfrenter o POVO na RUA??? Governo sem base popular é uma lastima…. um abraço pelo seu artigo.,

  18. Francamente, Eduardo? CANSEI… NÃO ESTOU NEM AI!

    Afinal, quantas oportunidades a Presidenta teve para dar um chega pra lá na cambada do PIG, no pulha do Gurgel? No entanto… NOSSA PRESIDENTA DEVE ESTAR SENDO MUITO BEM ASSESSORADA…

    Se a “cuíca roncar”, serei mais uma “andorinha” a colaborar no que for possível. Assinarei petições, abaixo-assinados, irei até para as ruas se preciso for, apesar dos Cardozos, dos Bernardos, dos Cunhas, dos Chagas (Refiro-me à Helena Maria de Freitas Chagas! A Secretária de Comunicação Social! Isso mesmo, a do PIG!!!). Gente complacente, leniente, que, na minha opinião, APENAS ASSISTE A BANDA PASSAR…

    E, mais uma vez, desejo que as opções do governo Dilma não representem ERROS GRAVES DE ESTRATÉGIA POLÍTICA. Torço para que a inoperância (aparente?) do atual PT não represente, no futuro, sofrimento dos mais necessitados de nosso país.

  19. é bom começar a rezar para são pedro fazer chover, caso contrario, estaremos as portas do racionamento de energia
    caso contrario, e com o menor crescimento do pib entre os emergentes, toda essa popularidade pode virar fumaça.
    2014 está longe, e os problemas economicos que vão se avolumando por falta de uma politica consistente
    podem ser danosos para o grupo no poder, a ponto dos principais parceiros do pt pensarem em mudar de barco

    • Vocês fazem suas previsões malucas desde 2003. Recupere o que escreveram antes da eleição de Dilma em 2010 ou de Lula em 2006 e verá que essa vossa cantilena não muda. Como disse Dilma, “Vai querendo”

      • Eduguin, querido.
        Estas em todas.Vc.esta me parecendo aquela propaganda da RCA Victor com um gramofone antigo e o cachorro ouvindo a própria voz. Escreves esses artigos maluquetes e depois fica patrulhando os e- mails.
        Quem for sócio do CEM(Clube do Elogio Mutuo), palmas p ele. Quem n for ….
        Assim lá nave va.
        2013 esta aí. Aproveite p fazer o caminho de Jerusalém, saindo do Porto de Akabane,passando por Petra…Jerusalém.
        Vai te fazer bem. Acredita.
        Att.Aliberto

    • Credo, sai zica! Sai fora ‘quanto pior melhor’! Xô urucubaca!

    • Penca, calma, muita calma nessa hora. Chuva o governo realmente não controla e não pode fazer campanha para a população economizar energia. O PIG diria que está no pré-apagão. Quanto ao crescimento, o Fux e os Deputados estão tentando eliminar o mês de janeiro das estatísticas de crescimento do PIG. Ao não votar o Orçamento os investimentos ficam travados, provocando atrasos nos cronogramas de obras. Deve ser duro governar com uma turma do contra em seus calcanhares. Os deputados estão de olho nos royalties. Se não resolverem esta questão, e rápido, o país vai ficar parado em 2013. Abraços e feliz 2013.

  20. Ou seja, só o caos salva o .

    Reze a Deus pra que isso não ocorra, eles fazem tudo pelo poder, e quando estão no poder (PiG/Oposição/togados) o Povo leva noite e dia no lombo sem dó…

  21. Não sou vidente mas um dos golpes estrará em fazer da copa do mundo um vexame. Os apagões provocados por erro humano/tucano virão de minas gerais, são paulo, paraná e goiás. As companhias de energia insatisfeitas com a Dilma e controladas pela opisção tratarão de sabotar o evento. A direita é capaz de TUDO e um pouco mais. Melhor colocar as forças armadas para controlar a tranmissão de energia.
    Qunado a direita não tem voto a escolha pelo golpe é recorrente na Historia do Brasil.
    Não é por acaso que um pais rico como o Brasil foi mantido no terceiro mundo e o povo no anafalbetismo atrás até de paises mais miseraveis da Africa.
    O governante que fizer alguma coisa por menor que seja pelo povo é considerado inimigo a ser exterminado pela elite financeira.
    Perdedor será sempre o povo que não ficara nem com as migalhas como o bolsa familia que eles chamam apropriadamente de miseria. É so comparar o percentual destinado ao bolsa familia com o pagamento pelo estado brasileiro pelo serviço (juros) da divida, ou seja, ao capital, que verão quão infima é a quantia destinada ao povo para não morrer literalmente de fome. Mesmo assim eles ainda reclamam da esmola dada ao povo que produz as riquezas que eles roubam.

  22. A turminha da marmitex está a mil por hora. Também, final de ano, não é? Eles também são filhos de Deus.

  23. Eu não vou deixar de votar no PT por causa do Mensalão ou por causa do PIG…

    Eu voto no PT pelo Salário Mínimo, pelo ENEM, pelo FIES, pelo PROUNI, pelo Bolsa Família, pelo Minha Casa Minha Vida, pelo Estatuto do Idoso, pelo Crédito, pela Valorização do Real, pelo Aumento da Renda, pelas Exportações, pela Poupança Interna, pelo Pagamento da Dívida, por ser Credor do FMI, pela Abertura de Universidades e Escolas Técnicas, pelo Emprego, etc. etc. etc.

    • Por votarem no pt que este pais ta uma droga os bandidos matao nossos familiares a justiça desta droga de pais nao funciona e tudo um caos o governo gasta mais que um nobre ingles este pais e uma vergonha fora pt .

  24. O problema Edu é que a Dilma continua achando que está governando a Suiça, digo a Suiça mesmo e não a Chuiça do PH.

  25. É claro que a imprensa conservadora, somada a alguns partidos (o pouco que sobrou do PSDB e DEM), mais justiça (que por definicação já são conservadores) vão radicalizar
    Agora, terem sucesso acho difícil.
    Se eu fosse de direita, radicalizaria este discurso da ética na política, associando o PT e governo à corrupção (aliás, a mesma coisa que o PT fazia quando era oposição, a diferença, que sem o apoio da mídia e da justiça), no sentido de ganhar os votos do eleitor conservador (o mesmo que hoje vota no Serra, no Psol, na Marina, no Joaquim Barbosa, etc, antes votava no PT)
    De resto, está tudo sob controle.
    Os julgamento do STF não passou de uma grande farsa que provavelmente será retificada no médio prazo.
    O que está acontecendo é o contrário. Os conservadores estão desesperados diante de um governo que nada de braçadas.
    Nenhuma “radicalização” será tolerada.
    As forças conservadoras agonizam em praça pública. Nós da esquerda que damos muito valor ao que eles (conservadores) falam.
    Crise é do lado de lá, não do Atlântico, mas da linha que divide esquerda da direita.
    Estamos ganhando, claro que não de goleada, mas estamos invictos, pois temos humildade.

  26. EDU, quando o Obama disse, em público, que o LULA era o cara, eu tremi. Pelo que conhecemos dos EUA, a frase foi dita incompleta. Faltou dizer: a ser eliminado ou derrotado. Não é teoria da conspiração mas eles já estavam prevendo a subida da esquerda ao poder. Tanto que reativaram a quarta frota, para o Atlântico Sul, estão cercando a Amazônia de bases militares e incentivando as ONG’s a mapear a região, inclusive com ajuda dos satélites. O restante do plano só não foi pra frente por causa da crise interna de 2008 e em seguida a crise da Europa. Temos que ficar em alerta. O grande irmão do norte não brinca. Garantir matéria prima e energia são as prioridades para o conforto dos americanos. Tecnologia eles tem, mão de obra barata está na China a disposição deles e, não esqueça, o dollar é emitido por eles e todos tem que aceitar. E eles desconhecem a ONU. Para eles é órgão para dar o “de acordo” , se acharem que precisam. Parabéns pelas postagens de 2012 e um Feliz 2013 para você e equipe.

Trackbacks

  1. FATOS & FOTOS
  2. FATOS & FOTOS
  3. FATOS & FOTOS

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.