Ninguém explicou direito, ainda, o baque eleitoral de José Serra

Não serei eu a querer discutir com análises de renomados especialistas sobre as razões da piora cada vez mais espantosa da imagem do candidato do PSDB a prefeito de São Paulo, José Serra. Todavia, confesso que, até agora, nenhuma das que li ou ouvi me convenceu.

Defeitos de Serra que seus adversários sabem de cor: “métodos”, “truculência”, “irascibilidade” etc. São, porém, defeitos que enxerga quem não gosta dele. Já o eleitorado que ele ora disputa, o de São Paulo, pelo menos até há pouco não pensava assim.

Só para refrescarmos nossas memórias: há exatos um ano e dez meses (que se completam no dia em que este texto foi escrito), em 31 de outubro de 2010, na capital paulista, Serra venceu Dilma Rousseff no segundo turno da eleição presidencial por 53,64% a 46,36%.

O que aconteceu de lá para cá? Que eu saiba, o tucano não matou ninguém, não estuprou ninguém e nem mesmo foi visto tirando o pirulito de alguma criancinha. Muito pelo contrário: a blindagem que tem na mídia impediu, de lá para cá, que se noticiasse algo que o desabonasse.

Claro que houve o livro da Privataria Tucana, que virou best-seller em questão de poucos dias, figurando por meses, entre o fim do ano passado e começo deste ano, entre os mais vendidos de todas as listas, inclusive nas da grande mídia. Todavia, quem lê livros sobre política, aqui?

É óbvio que o livro da privataria foi lido só por uma elite intelectual. O povão, os mais de dez milhões de paulistanos, em sua quase totalidade nem sequer ouviram falar… Ou ouviram?

Seja como for, a propaganda contra o livro no mínimo foi tão grande quanto a divulgação, apesar de a obra do jornalista Amaury Ribeiro ter gerado um pedido de CPI na Câmara dos Deputados que está até aprovado e esperando nomeação de líderes…

Ainda me parece pouco, porém.

Também dizem que o que pode estar minando Serra é ele ter mentido ao se comprometer por escrito a ficar no cargo quatro anos se fosse eleito prefeito de São Paulo em 2004. Essa versão, porém, tampouco me convence.

Se mentir para o eleitorado em 2004 está afundando Serra, então por que ele foi eleito governador de São Paulo em primeiro turno em 2006 e ainda conseguiu eleger Gilberto Kassab prefeito da capital paulista em 2008? E mais: como venceu Dilma na mesma cidade em 2010?

A hipótese mais plausível é a de que, refletindo sobre a eleição, o paulistano, que à proporção de 85% disse na última pesquisa Datafolha que quer mudança de modo de governar São Paulo, só agora tenha se dado conta de que Serra é o responsável por Kassab ter sido eleito.

Kassab, porém, é mal-avaliado faz tempo. Contudo, até há algumas semanas a eleição para prefeito parecia estar decidida na cidade, segundo as pesquisas. A dianteira de Serra era enorme. Será que o paulistano não se lembrava mais de que Serra é Kassab?

Em 2010, a avaliação de Kassab ainda não era muito ruim. Começou a despencar em 2011. Em minha opinião, isso explica tudo. Não tenho dados para afirmar, mas acho que, nos últimos dois anos, a qualidade de vida em São Paulo piorou muito. De uma forma impressionante…

Seria extremamente interessante, do ponto de vista da ciência política, que fosse feito um estudo dos indicadores da condição de vida em São Paulo de 2010 para cá. A percepção deste blogueiro parece encontrar eco em todos com quem conversa, por aqui.

Além da redução espantosa da mobilidade urbana, a limpeza, a segurança e os serviços públicos da cidade, no geral, na visão comum da população decaíram muito. Muita gente parece sentir essa degradação para ser, apenas, uma percepção equivocada.

PS: tem gente dizendo que a mídia encher a paciência do povo com o mensalão dia e noite está sendo percebido pelos paulistanos como manobra pra ajudar Serra e isso os está irritando, mas eu não acredito. E você?

Tags: , , , , , ,

130 Comentário

  1. Prezado Edu,
    Acredito que o Povo de São Paulo esta começando a compreender e separar o Joio do Trigo nestas eleições e que a cidade precisa Urgente de uma mudança , para resolver os grandes problemas existentes na cidade de São Paulo e o PSDB E DEM ESTÃO A MAIS DE 20ANOS E TODOS OS INDICES PIORARAM EM NOSSA CIDADE NOS ULTIMOS ANOS .É HORA DE MUDAR E MUDAR COM QUALIDADE .

  2. Enquanto isso, a direitalha golpista se locupleta: seus líderes permanecerão impunes.

    “Novo presidente do STJ defende o desmembramento do processo sobre mensalão do DEM.”

    http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2012/08/31/novo-presidente-do-stj-defende-o-desmembramento-do-processo-sobre-mensalao-do-dem.htm

    e ainda:

    “O desembargador Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, determinou a suspensão do processo contra o bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, referente às investigações da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal (PF).”

    http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI6120679-EI306,00-Desembargador+Tourinho+Neto+determina+suspensao+de+processo+envolvendo+Carlinhos+Cachoeira.html

    e mais:

    “Desembargador também autoriza Andressa Mendonça a visitar o bicheiro na cadeia”

    http://oglobo.globo.com/pais/tourinho-neto-concede-liminar-suspende-processo-contra-cachoeira-5969903

    • Tá mais que na cara que esse Tourinho Neto também tem ligações íntimas com a organização do Cachoeira, pois vem sempre dele algumas das medidas irracionais e sem lógica de soltar um bandido perigoso, de facilitar a vida deste bandido ou trancar processos como quer o bandido Cachoeira.

  3. Faltou dizer, como eu ja li de alguem, que acha que os paulistanos não querem que o Serra ganhe pra prefeito, porque querem que ele se candidate a presidente em 2014, será???

    • Ô Davi…
      Que bom seria podermos contar com Serra pra enfrentar Dilma em 2014. Seria a candidatura do sonho dos petistas.

  4. Eduardo, uma coisa sabemos; as causas dessa queda são várias, mas, acho que uma hipótese importante não foi lembrada por você. Vou chamá-la de “efeito bumerangue”, o que vou dizer aqui e agora, é baseado num dado que vc deu; veja a coincidência entre os votos que Dilma recebeu e a rejeição a Serra. Os números batem. Quem votou em Dilma, está hoje satisfeito com ela, e rejeita Serra, são os 46%. Os 51% que votaram em Serra, são eleitores que distribuiriam seus votos caso houvessem outros candidatos com um perfil parecido com o do Serra. Isso não pode ser foi feito naquela época, mas pode agora, e aí é que entra o conjunto de fatores apontados por você que acabou tirando a maior parte desses 51%. Continuando meu raciocínio, ouso dizer que as chances do Serra hoje, são mínimas, quase sem possibilidades de reverter. Para uma reversão, teria que acontecer um desastre. Algo muito sério que inviabilizasse a candidatura de Russomano e esses eleitores voltassem para o Serra. Aí existe outro problema, Haddad está despontando como uma jovem promissora vocação política a nível nacional; me baseio simplesmente na sua entrevista hoje em O Globo, ninguém, e talvez nem a própria Dilma, se saisse melhor. Foi simplesmente fantástico. Mas contudo, se Russomano fosse “estirpado” da disputa, Serra iria para o segundo turno com Haddad, que na minha opinião, é o único com lugar garantido lá. Aí as chances dele seria ter de volta todos 51% de 2010, o que acho muito dificil. É claro que na minha análise tem muito de torcida, mas baseado nela arrisco dizer: Se for mantida a competência do candidato do PT até 7 de outubro, podem diplomar Haddad.

  5. Um militante do próprio PSDB explicou, antes mesmo de acontecer:

    “Serra eu quero que o senhor tenha muita sorte; mas quero que o nosso partido tenha mais sorte que o senhor”.

    http://www.youtube.com/watch?v=2K0blUX-bpc

    • E se o Nosferatu Cerra ou seu partido tiver sorte, teremos um tremendo azar. Eu não quero que o meu país, o meu estado e a minha cidade tenha mais azar do que já teve nos governos neo-liberais do PSDB-PFL.

  6. Eu desconfio que o povo de São Paulo se cansou de governantes que só administram para os 20°/° mais ricos, que ditam regras esdruxulas e sempre que podem, em vez de negociar, mandam bater.

  7. Acho que a disputa final poderá ser entre o Haddad e o Serra. Dentro de 20 dias teremos a resposta

  8. Prá mim é “fadiga ” de material.
    Algo semelhante ao que acontece quando um material físico chega em seu ponto de ruptura pelo uso .

    “Um material, quando recebe carga aplicada variável no tempo, sofre um tipo especial de
    solicitação conhecido pelo nome de fadiga. A fadiga, na linguagem comum, é o
    cansaço, um estado que torna impossível suportar solicitação. Ela representa a causa de
    90% das falhas de componentes de materiais metálicos. Os materiais poliméricos e os
    cerâmicos, com exceção do vidro, são também susceptíveis à ruptura por fadiga” 1

    http://fei.edu.br/~rodrmagn/PROJETOS_IC/Diego.pdf, pág. 2

    • A fadiga, tal como ocorre nos materiais de construção, leva à ruptura, que no caso das pessoas se traduz na doença e na morte. Vejam só quantos doentes e mortos por causa da opção política equivocada de votar no PSDB.

  9. Eu diria ( como outros ) que é o conjunto da obra . Tudo somado . O ” produto , a mercadoria ” é muito ruim . Só sobreviveu até aqui por causa do PIG. Ninguém engana todos , o tempo todo. O Serra deveria pedir para sair . Acrescentaria o contraponto pelo fato da última adversária ( Dilma ) estar se saindo muito bem . Mas o fator ” blogosfera suja ” , à partir da eleição de 2010 , no meu entendimento , foi e será o grande diferencial daqui para frente . A causa do inicio da debandada pela midia e pelos correligionários.
    Recordo de uma entrevista do Ciro Gomes afirmando categoricamente que o Serra já estava eleito .
    Estou certo que seu blog contribui muito nesse processo de informacão.

  10. Cade o Suwelack, tá sumido? Talvez ele ajude a explicar melhor o que está acontecendo com o Mais Preparado dos Brasileiros…

  11. Caro Eduardo. Tambem concordo que a qualidade de vida em São Paulo piorou nos últimos anos. Contudo creio que não é somente isto. Penso tambem que a população anseia por algo novo, diferente ou qualquer coisa que passe a ela a mensagem ou imagem de que haverá mudança. Sabem que a cidade não pode continuar do jeito que está.
    Serra para alguns eleitores passa a impressão daqueles políticos profissionais, antigos, de continuidade, ultrapassado. Encontra respaldo na classe conservadora, muito forte em São Paulo, e em pessoas que acreditam em seu curriculo, alem do aoio da mídia.

  12. O eleitor de São Paulo ia de Serra porque não conhecia o Haddad.

    É impressionante a capacidade de comunicação do Haddad, atingindo os carações e mentes de simples e iluminados, com suas análises e propostas para a cidade.

    O Lula deveria participar destes programas de TV que revelam talentos.

    Agora que o vampiro foi abatido está na hora de mirar no lobisomem.

  13. O povo é míope para questões ideológicas da politica. Normalmente o candidato que mais se sobresae é aquele sem papas na língua e que coloca sempre o dedo na ferida que machuca a maioria. O Serra e o Haddad (e os outros também) se apresentam com discursos para consumo da intelectualidade. O povo quer salvador da pátria, um gladiador, um Robin Hood. E o que mais se assemelha a isso, aos olhos do povo, é o Russomano, embora nada tenha disso. Vai ganhar a eleição. Infelizmente.

  14. O Paulista está cantando aquele samba para o Serra e o PSDB, “Chora pode chorar , você pagou com traição, a quem sempre lhe deu a mão!

  15. Edu, o resultado de Serra nas pesquisas ocorre porque ele não é candidato a prefeito, mas a presidente. Tornando ele adversário da Dilma, e não do Russomano ou do Haddad.
    Houve um trabalho tão intenso para criar a imagem do “Serra presidente” que isso ficou na mente das pessoas. Aquelas ideias de “ele é o mais preparado”, a “elite da elite”, “o melhor ministro da saúde” e o trabalho de toda uma década para torna-lo presidente em 2010, criaram uma imagem tão forte dele vinculada a presidência da república que as pessoas não conseguem mais enxergar ele como candidato a prefeito. Isso foi potencializado pela forte campanha de 2010.
    Convenhamos que a campanha de 2010, do ponto de vista de criar a imagem do “Serra presidente”, foi um sucesso. As pessoas associaram a imagem de Serra a de presidente de maneira tão consistente que pode ser comparada com a associação da imagem do Lula presidente. Ou alguém consegue imaginar um Lula governador? Lula deputado? Lula prefeito? Difícil, né? Falou em Lula, é Lula presidente. Aparece na memória aquela imagem dele de terno e gravata, com a faixa presidencial.
    Assim acontece com o Serra. Falou em Serra as pessoas já pensam naquele candidato a presidente que concorreu contra a Dilma. E quando isso acontece, quem aparece como concorrente do Serra na eleição não é o Russomano ou o Haddad, mas a Dilma. Ser a favor do Serra é o mesmo que ser contrário a Dilma. Isso torna a intenção de voto de em Serra inversamente proporcional a aprovação da Dilma. Enquanto Dilma está com uma aprovação próxima de 80%, as intenções de voto em Serra estão chegando em 20%. Da mesma maneira, a rejeição de Serra está em 3/4 do índice de pessoas que acham o governo Dilma ótimo ou bom. Hoje, em cerca de 60%.
    A campanha de Serra terá que tentar apagar a imagem do Serra presidente para transforma-lo em um candidato comum, e disputar a eleição em condições de igualdade com os demais candidatos. Mas, isso pode significar um resultado pior ainda, pois nessa condição, talvez ele não tenha nada que o destaque entre os demais candidatos.

  16. Bom, na minha opinião todos esses fatores influenciam… Além disso ao meu ver assumir o voto em José Serra hoje gera constrangimento em parte da população. Conservador ou não, ninguém quer se passar por burro.

  17. Dentre outras,a grotesca farsa montada pela Globo com a bola de papel,foi o tiro no pé do (neo-Lacerda) Serra.

  18. Eduardo, muito bem sacada a discussão sobre o porque da queda do vampiro. Gostaria muito que fosse um desgaste do método psdebista de governar e de algum esgotamento com a grande mídia.Tambem não concordo com as analises que tenho lido. Mas se fosse pelo desgaste do psdb, o Geraldo estaria na mesma situação. Não tenho o dado da avaliação do governador em um determinado periodo de tempo, não deve estar mal avaliado. Tendo a acreditar que a queda de cerra é pela sua figura, sua antipatia. Na campanha para presidente, já senti o pessoal votando no cerra meio a contra gosto. Dentro do psdb muita gente já pulou fora da campanha. A postura de cerra durante as eleições, sua postura no processo interno do psdb. O PT tem aumentado sua votação em São Paulo?? Agora, é impossível que a população não esteja com o saco cheio dessa turma. Segurança, transporte coletivo, problemas quase que diário no metrô e trens, saúde, educação, são muitos para que a população não sinta . Pôrra, não é simples torcida, os caras são muito ruins. Faz tempo que não têm propostas, nunca estão errados. Todos os problemas da cidade são invencionices da oposição, os problemas nos trens e metro foram sabotagens. Tomara que o PT e a campanha do Haddad tenha fôrça para suportar a guerra que será esta eleição. Como sera importante derrotar o psdb e a grande mídia em São Paulo!! Esta eleição será um grande divisor de águas. Ganhar em São Paulo será um passo importante para a construção de um Brasil melhor.

  19. O que há e é sobretudo um cansaço do Serra dentro do PSDB paulista Daí porque, é mais fácil vender geladeiras para esquimó que fazer o paulistano eleger Serra.

  20. Outro dado importante a ser avaliado é que o psdb não tem agido como um verdadeiro partido. Negam o PT por simples torcida ou preconceito. Vem do PT então não presta. Não presta porque vem do PT. Olhem a besteira que estão fazendo em relação ao bilhete mensal. Não tem proposta e nem discussão interna. Estão funcionando como braço parlamentar da grande mídia. Com essa postura não aproximam ninguem que pensa, não geram novas lideranças. Diferente do PT que têm grandes problemas, mas cresce com êles. O PT têm gerado novas grandes lideranças, Haddad, o candidato de Campinas, dentre muitos.

  21. Na minha opinião, aquela pesquisa que saiu logo que o Serra foi oficializado candidato, em que ele saltou de 20 para 30 % num passe de mágica, era falsa. Serra nunca passou dos 20%.

    • Falsa ? Essa que mostra Serra em queda é verdadeira ? Ou será falsa tambem ?
      Pois é amigo. O melhor que fazemos é só dar como certo quando fizerem a contagem dos votos.

  22. Evidência = aquilo que nos parece exato só pelo sentimento, sem o exame da razão.

    Mesma coisa que ilação, suposição, puro “achismo” baseado no ódio ou na conveniência.

    Essas “evidências”, acatadas por juízes covardes e subsmissos ao PIG, irão resultar em “provas indiciárias”, que se constituem em novíssima jurisprudência, pra homologar condenações (sem provas materiais) de petistas.

    “Homologar”? Sim, o STF reduziu-se a um mero cartório autenticador de sentenças condenatórias proplatadas pelo todo-poderoso PIG.

    Que coisa vergonhosa!

    Ley de Medios? Com esse constituído como está esse aí? Pode o Congresso aprovar 600 Leyese de Medios, que o STF derrubará todoas, uma a uma, sob a alegação de assegurar a “sagrada” liberdade de imprensa (dos ditadores midiáticos)

    Solução só existe uma: o povo na rua, que já derrubou até ditaduras militares, que dirá midiáticas.

    • Infelizmente o nosso povo não é politizado,só irá reclamar quando começar a doer no bolso.Por mais desoladora que seja essa é a realidade que temos.Tambem gostaria que o povo brasileiro saisse às ruas como o povo espanhol saiu,porem o povo espanhol esta anos luz à frente em termos de consciencia politica,assim como o povo frances ou mesmo o alemão.Por muito tempo ainda seremos um povo visto como exotico,alegre,descontraido,que vive num paraiso,embora o cotidiano das grandes cidades venha mostrando uma realidade totalmente oposta a essa afirmação,posto que estamos muito mais proximos do inferno do que do paraiso.E outra,o STF e o PIG são coerentes em seus respectivos comportamentos,posto que se fizermos uma retrospectiva historica por mais superficial que seja,veremos que em suas origens o Estado Brasileiro,considerado como tal,não foi um Estado criado com o proposito natural de garantir direitos de seus cidadãos,mas o que chamamos de Estado Nacional,no caso especifico do Brasil,foi criado como um instrumento de repressão sobre as classes socialmente indesejaveis ou perigosas para a defesa dos privilegios das classes dominantes.Em assim sendo as condutas da Suprema Corte e da midia venal e golpista são coerentes com o modus operandi do Estado Brasileiro,desde suas origens.E não tenhamos ilusão de nenhuma natureza,posto que,mudanças estruturais que venham a mudar a natureza fundamental do Estado Nacional,no caso do Brasil,só mesmo atraves de uma revolução.E revolução no Brasil,no presente momento é apenas quimera.

  23. Edu como acho que a assessoria da presidenta não está funcionado direito, peço o apoio de você para esse projeto.

    Presidência da República; Dilma Rousseff
    Comitê Organizador da Copa
    Assunto: O nome do Mascote da Copa

    Prezada presidenta Dilma Rousseff a copa do mundo para o Brasil deve ser um evento, que una o povo brasileiro numa só corrente, por isso gostaria de sugerir para o comitê organizador da copa um possivel nome do mascote. Dizem que os nossos índios já jogavam futebol bem antes do descobrimento do Brasil, por isso nós temos essa magia com a bola no pé, por isso acho que o nome do mascote tem que haver com as nossas origens e fazer uma homenagem aos verdadeiros donos da terra e festa, por isso sugiro TATUXAVANTE, um masconte guerreiro como o nosso povo, e AVANTE BRASIL! Esse bordão vai pegar de norte a sul desse país e será um combustivel para o nossa seleção de guerreiros para conquistar a copa. Os gringos também vão gritar avante Portugal! Espanha!, etc, mas os deuses do futebol e que vão proteger os nossos meninos. Por isso, na possivel votação para escolher o nome do mascote sugiro o nosso querido TATUXAVANTE E AVANTE BRASIL.

  24. Tem mais uma Edu,
    O Serra e toda a sua turma mentiu muito sobre a Dilma e agora a ficha caiu. O povo paulista e paulistana está se sentindo enganado, principalmente naquela eleição votando nesse canastrão.

    O Haddad não terá que concorrer no segundo turno, pois ganhará já em outubro. Isso será muito importante, pois poderá ajudar outros prefeitos da coligação de esquerda a enfrentar segundo turno. Em SP isso é premissa, pois o que importa é tirar o estado do atraso imposto por esses descerebrados tucanos.

    Estou adorando as intenções de voto de pesquisa no momento, dizem que Haddad ganha entre os mais jovens. Fico pensando como Dilma foi importante com aqueles meninos engajados ( os dilma-boys) em sua campanha e agora o Haddad até nisso está sendo importante.
    1- Agora quem tem 16 anos e optou a votar, com certeza vota nele e os de 14 anos vendo os de 16 se engajando em 2014 teremos toda essa juventude do lado vermelho
    2- Para Dilma em 2014 isso também será importante essa campanha municipal de cores escarlate, no final o Brasil vai caminhando mais forte para a 3 ª economia mundial.
    Para 5ª ? É questão de meses

    Viva o povo brasileiro!
    Viva o novo povo paulista que está surgindo!!
    Viva Haddad o prefeito perfeito para essa virada!!!

    E vamo que vamo que vai ser primeiro turno…

  25. Edu,
    O que eu sei e’ que, quando o apoio do Kassab era disputado por PT e PSDB, eu pensava: “mas quem vai precisar desse apoio? A atual gestão e’ um desastre e esse apoio vai ser uma ancora”. Então nisso parece que eu acertei. Mas para o questionamento que você faz no seu texto, penso que não há apenas uma resposta, e sim vários fatores que levam ao cenário atual: o excesso de exposição, as 7 eleicoes em 12 anos, o abandono da prefeitura, o apoio ao Kassab, a Privataria Tucana, Paulo Preto, o cansaço dos paulistas com as gestões tucanos etc. Enfim, se combinarmos tudo isso, talvez encontraremos a resposta.
    PS: aqui em casa ficamos muito felizes com a recuperação da sua filhota. Parabens a toda sua família e especialmente a Victoria. Ela carrega seu legado no nome e assim será, sempre.

  26. Desculpem-me pela intromissão, mas é que estou cansado de combater sozinho no blog do Josias de Souza um artigo tendencioso contra HADDAD, contando de sua entrevista no “O Globo”, com uma foto em que Maluf tenta abraçá-lo , seguido de uma bateria de comentários anônimos orquestrados. O pessoal bem que poderia dar um pulinho lá ( acesse poliarquia.com) , escolher um demo-tucano-comentarista e postar uma resposta.Já fiz um 10 comentários e tem muitos ainda para responder.

  27. Vou repetir aqui o que já escrevi em comentário anterior, vamos VOTAR em Serra pra candidato da oposição em 2014. Ano da reeleição da Dilma.

  28. Eduardo, acredito que pode ser um pouco de cada hipótese, mas para mim o mais provável é que a internet, sobretudo a blogosfera e mais ainda a blogosfera progressista, antecipe as “noções predominantes” da opinião pública. Não me lembro quem disse recentemente que o pensamento crítico existente nos fóruns da internet vai refletindo de modo silencioso em parcelas cada vez maiores da população. O público habitual desses fóruns são potenciais formadores de opinião. Assim, pode demorar um pouco, mas parece que uma interpretação mais crítica dos fatos acaba prevalecendo.

  29. Oi Edu!
    Gostei da sua reflexão. Mesmo abominando o Serra temos que admitir que ele teve uma votação expressiva nas últimas eleições. Mas felizmente o pensamento da maioria dos paulistanos mudou. Mas análises inteligentes e isentas não encontraremos na mídia tradicional.
    Parabéns pelo blog!

  30. Eduardo, estou ao lado de minha mãe que melhorou um pouco.Seu estado é considerável estável. Parece que o efeito VITÓRIA me acompanhou. Viajei mais de 1000 km para vê-la. Enquanto isso vou postando comentários. É engraçado poder continuar a fazer política , sentado em uma poltrona de um hospital. Sorte para sua filha!

  31. 45(?) minutos do segundo tempo….o time perdendo por 7 a 0…. e o técnico(marqueteiro), vamos empatar, vamos empatar!

  32. eduardo, eu já falei sobre isso, vou me repetir, me desculpe. O serra deu um salto triplo pra trás, em busca da sobrevivência política, depois de sua segunda derrota à presidência, em 2010. Ele tentou dar o salto triplo, de candidato presidencial a municipal. Basta conhecer um pouco de ginástica para perceber que saltos como estes são muito perigosos, como sabe aliás, Diego Hypólito (que deve ser parente, mas não deve ser confundido com d. Lúcia). Agora, tanto o Ibope, quanto datafolha e vox populis estão mostrando que o salto foi mortal, como já percebera com grande antecedência, o especialista em pesquisas, professor hariovaldo, do dataprado, único instituto capaz de lidar com percentuais acima de 100. Mas, não se preocupem, não é contagioso, apenas tá ruço, mano!

  33. Para mim a coisa e mais simples. A campanha de Serra foi eivada de terrorismo e calunias contra Dilma. A conduta dela demonstrou o quanto Serra e enganador, sujo e mau caráter, e o quanto os eleitores que acreditaram nele foram manipulados.

    • A campanha de 2010 foi tão nojenta, que nem a Sonsinha. que ajudou a coordenar a sacanagem, está junto do ” Serra é do B(d)em” nesta campanha em 2012. Saiu candidata para ver se se descola da imagem do Vampiro e não se contamina ( pelo menos na aparência, né ?) com a sua podridão…
      Desde que vi a Sussinha sem abrir a boca para soltar pérolas sobre o mais preparado, tive a nítida impressão que o barco dele estava com todas as âncoras arriadas…. Aguardo outubro ansiosamente…

  34. Meu caro Eduardo, acho que a rejeição ao Serra se deve a cada um dos motivos que voce mencionou como hipóteses.

    Mas, infelizmente, o eleitor de São Paulo parece que não mudou nada na sua maneira de enxergar o que seria bom para a cidade.

    A liderança nas pesquisas desse picareta Russomano não me deixa nem um pouco otimista.

    Mudam os candidatos conservadores mas os eleitores continuam na mesma cegueira.

    Russomano, se vier a ser prefeito, vai ser o desastre final. Talvez seja essa a solução para São Paulo: começar tudo do zero daqui a 4 ou 5 anos (rsrsrsrs…).

  35. Eu não sou paulistano e por isso não acompanho o dia a dia da administração? Kassab, que, certamente, deve ser desastrosa, porém uma explicação de Vladimir Safatle (vídeo no AZENHA) explica o “fenômeno” Russomano, que divide o voto conservador com o Serra, este mais ante-petista do que Russomano, porém, desprovido do apelo religioso, sobretudo evangélico pentecostal.

  36. Eduardo,

    Na minha opinião, primeiramente, o paulistano separa completamente o que quer para a cidade, o que quer para o estado e o que quer para o país.

    Kassab no primeiro mandato fez a lei cidade limpa e fechou estabelecimentos irregulares, enfim, apesar de não resolver a maioria dos problemas da cidade, a maioria gostou dessas medidas então lhe deram um mandato só dele, porém no segundo mandato a única realização de vulto dele é a criação de seu partido, o PSD, São Paulo continuou a piorar e chegamos aqui. Mesmo com a população só tendo piorado a sua visão dessa gestão recentemente, ela responsabiliza o Serra, além disso o fato de ele não ter concluído o mandato faz a população não acredita que ele queira ser prefeito.

    Apesar de tudo, acredito que mesmo perdendo no primeiro turno, o Serra ainda pode vencer na capital numa candidatura para a presidencia ou para o governo do estado, apesar de mediocre, ele concluiu o mandato, não deixou um homem bomba e fez algumas obras para inglês ver.

  37. PS: tem gente dizendo que a mídia encher a paciência do povo com o mensalão dia e noite está sendo percebido pelos paulistanos como manobra pra ajudar Serra e isso os está irritando, mas eu não acredito. E você?
    SIM, ACREDITO PQ O POVO PERCEBEU QUE EXISTE UM FAVORITISMO ENTÃO O MENSALÃO EM ÉPOCA DE ELEIÇÃO FOI UM TIRO NO PÉ.
    BEM FEITO PRA ELES APRENDEREM QUE, O QUE ESTÁ EM JOGO É O FUTURO DO CIDADÃO E NÃO AS ROUBALHEIRAS E A GANÂNCIA DE PODER QUE ELES TANTO ALMEJAM.
    RESPEITO É PALAVRA QUE ELES NÃO CONHECEM!

  38. É muito simples. Claro, não é o único motivo. Mas, governos do PSDB (Covas, Serrra, Alckimin), que durante 20 anos só conseguiram construir 1,3 km de metrô por ano não podem ser levados a sério. São Paulo está acordando depois de um longo período. Que bom. São Paulo não merece esses insignificantes, incompetentes e sujos governos tucanos. Péssimos na educação, péssimos na segurança, péssimos na saúde. Mas, competentes na implantação de centenas de pedágios nas estradas paulistas.

  39. De repente o povo de São Paulo passou a ver que o Estado está na mão do PSDB por anos a fio e cada vez fica pior a vida do paulistano. É possível que estejam vislumbrando a necessidade de mudanças.

  40. A se levar em consideração o que dizem certos militantes políticos que conheço,
    Serra está na iminência de morrer politicamente desde a derrota na eleição de
    2002 para Lula.
    Só digo uma coisa:
    Ohh, “Moribundo” pra demorar a morrer, sô!!

    • Pô, essa eu tenho que comentar: o cara tem 50 anos de vida pública, disputou duas vezes a Presidência, foi governador, senador, o raio que o parta e está perdendo para novatos em uma eleição pra PREFEITO e quem diz que a carreira dele está afundando, “EXAGERA”?!! Eu, hein…

  41. Só posso torcer para que finalmente vocês enterrem José Serra e comecem a destruição do fascismo que ele representa e é tão admirado em seu estado alienado. Por sinal, se isso ocorrer, estaremos percebendo um baque na extrema-direita no bunker principal do coronelismo, no qual Serra e os vermes de sua laia apoiavam-se e onde encontravam eco em uma população acostumada a votar naqueles que defendem os interesses dos seus patrões. Se o paulista negro e pobre começar a perceber que votar em Haddad é melhorar a a vida diária, este movimento poderá ser estendido para o estado e finalmente vocês começarão a deixar de ser a âncora do Brasil.

Trackbacks

  1. Governo responde com bem-estar social | Viva Marabá Carajás Brasil

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.