Petista descarta vendetta contra mídia e pede investigação séria

Nesta segunda-feira pela manhã, conversei por telefone com influente parlamentar do PT – que não quer se identificar neste momento de escolha dos nomes do partido que integrarão a CPMI do Cachoeira – que fez ponderações sobre a natureza da investigação que merecem ser divulgadas e refletidas pela militância petista e por qualquer um que queira seriedade no processo.

Perguntei a ele sobre declaração do deputado do PT de Pernambuco Fernando Ferro de que o dono da revista Veja, Roberto Civita, pode vir a ser convocado para depor na Comissão. Quis saber se ele via um sentimento na bancada de seu partido – e de outros partidos da base aliada – nesse sentido.

O parlamentar citou várias vezes a palavra “tentáculos”, dizendo que o objetivo majoritário de seu partido e dos aliados é o de esclarecer, de forma ampla, quais são e por onde se estenderam independentemente de até onde e a quem alcançaram, e descartou, peremptoriamente, um sentimento de vingança dos aliados governistas.

Quando perguntei sobre os rumores de que haveria um sentimento de boa parte do Congresso no sentido de investigar a mídia, a resposta foi a de que essa é uma posição da militância que não encontra eco na maioria das hostes governistas no Congresso, que não têm um sentimento de vingança apesar de existirem razões para terem.

Segundo essa fonte, a militância petista e mesmo os setores desvinculados de partidos que militam pela causa da democratização da comunicação precisam entender que seus sentimentos não são um sentimento comum da sociedade e que, portanto, o Parlamento tem que refletir essa postura. O foco das investigações tem que ser o de esclarecer por onde Cachoeira transitou “doa a quem doer”, mas sem busca de “vendettas” de um partido contra o outro ou destes contra qualquer um.

Na avaliação desse parlamentar, apesar da pressão da mídia, ela também não terá poderes para impedir que os fatos transpareçam, ou seja, se irromperem ligações espúrias do crime organizado com setores da imprensa ele acredita que ela mesma, como um todo, não irá querer se vincular a algum veículo que tenha ultrapassado os limites da ética e da legalidade.

Essa fonte se mostrou bastante preocupada com o entendimento que a sociedade terá do processo de composição da CPMI e da disposição do Congresso em relação a ela, e acha que mesmo eventuais tentativas de manipulação da mídia – que já estão em curso – deverão esbarrar nos fatos que transparecerão das investigações.

O parlamentar afirma que o discurso de que a CPMI terá este ou aquele foco é extemporâneo, precipitado e perigoso, pois o que tem vazado em termos de escutas da Operação Monte Carlo é só a ponta do Iceberg e, neste momento, ninguém tem condições de garantir que foco prevalecerá. E atribuiu as tentativas da mídia de escolher foco como produto de luta política que não tem qualquer chance de se transformar em fato.

A imprensa e as militâncias governistas e oposicionistas estariam jogando para a platéia ao tentarem antecipar um único foco que pode nem vir a existir, tal o alcance dos “tentáculos” de Cachoeira. Muito provavelmente, a CPMI terá mais de um foco. Pode ser governo, oposição ou, queiram ou não, a própria imprensa, dependendo do que contiveram as gravações.

Segundo a fonte, este é um momento de sobriedade e extremo cuidado porque tudo o que a direita midiática quer é retirar o caráter de seriedade da investigação para que aquilo que ela vier a apurar possa ser caracterizado como mera luta política.

Disse, por fim, que a “ameaça” de parlamentares da oposição de convocarem o ex-presidente Lula por conta de uma suposta doação de Cachoeira à sua campanha eleitoral de 2002 é apenas uma tentativa de “responder” a parlamentares governistas e militantes que propuseram a convocação do dono da Veja, que até pode acontecer dependendo do que for apurado.

Este blog pretendia fazer uma entrevista diferente com esse parlamentar, identificando-o. Mas suas ponderações parecem revestidas de lógica, de seriedade e julgo que devem ser levadas a sério para que essa investigação possa apurar responsabilidades “doa a quem doer” e sem manipulações, pois é isso o que a sociedade brasileira quer e exige.

Tags: , , ,

140 Comentário

  1. As críticas que faço ao PT neste caso, estendo também ao PCdoB.

    Globo, Folha, Veja e Estadão estavam com muito medo da presença de Protógenes na CPI devido à sua firmeza na luta contra a corrupção.

    Assim, com a inestimável ajuda de Cachoeira e de agentes de Cachoeira infiltrados na Polícia Federal, apresentaram áudios que, supostamente, comprometeria Protógenes. Mentira, não comprometem coisa nenhuma. O objetivo do PIG era afastar esse perigoso parlamentar da CPI.

    O PIG conseguiu seu intento. O PCdoB não permitiu que Protógenes integrasse a CPI. 1 X 0 para Cachoeira.

    • Não entendi, Roberto. O PCdoB já não indicou o Protógenes? Voltou atrás, foi?

    • Ja comentei antes e repito a pergunta: esta informação é verdadeira????? se for verdade e a postura do PT for a expressa por este parlamentar, não vou perder meu tempo com esta CPI que ja tem resultado determinado pela GLOBO, de quem o PT morre de medo, pois a maioria, salvo honrossas exceções, dos parlamentares do PT são doidos pelos 15 segundos da GLOBO

    • Roberto Lucatelli, a título de informação, O Dep. Protógenes é Titular na CPMI. Asim como Você. David Rodrigues da Siva. de Belo Horizonte

    • Caro ” Paizão” O PT, o PT….será sempre a Prostituta a abater? Sou Militante Petista.

  2. eu votei nele. Mas maldito partido

  3. Ah lembrei qualquer coisa sobre “ministro lewandowski com a faca no pescoço” Quem empunhava a faca a não ser a midia PIG? . E o PHA o outro que tentam calar via judiciário agora no CF http://www.conversaafiada.com.br/pig/2012/04/23/quem-controla-a-informacao-e-o-no-da-cpi-da-veja/ “Quem controla a informação é o nó da CPI da Veja”

    Estes dois artigos do Nassif de hoje http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/como-preparar-uma-crise-institucional e de ontem “Uma CPI para a Veja”. http://www.advivo.com.br/luisnassif
    Mostram uma visão serena e não de vingança. Não acho ser vingança se defender de assassinato de reputação.pratricada pela Veja em colaboração com outros membros do PIG. Pode parecer vingança se feita de forma excessivamente emocional. Temos que ter serenidade e agradecer aos deuses terem nos proporcionado uma cachoeira de fatos. Depende de nos transformá-la em cataratas de Iguaçu tipo uma ley de los médios se tornar inexorável

  4. talvez mais que desejos guerreiros
    a maioria prefira conversar
    com escolhidos passageiros

    enquanto a minoria, veja so,
    prefere apontar quem escolheu*
    pra tirar da reta o proprio rabico

    * a fumaca dum numero sopra pra … internet
    o baixo descontente da capa seguinte quer jogar alto cachoeira somente em asa delta

  5. Eu até pensei em votar no PCdoB. A vontade passou!

  6. A concorrência, ou parte dela, entra na briga para forçar o Murdoch brasileiro a depor na CPMI. O blog 247, que parece ser um penduricalho da Isto é e da Época, tem como principal manchete:
    http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/55786/Se-até-Murdoch-depõe-por-que-Civita-não-deveria.htm

  7. Desde quando investigar conluio de empresas de comunicação – Veja e Globo principalmente – com o crime organizado é vingança? Investigue-se tudo. Agora, cá pra nós, o que tem de político com a Veja e a Globo engasgadas na garganta, ah… esses, se puderem, vão tirar uma casquinha.

  8. Trecho de reportagem da Época (da Época!!):

    “O afastamento de Pagot, bombardeado por acusações de cobrar propinas, foi comemorado pela turma de Cachoeira. Quase dois meses depois de ter ouvido de Cachoeira que a imprensa recebera material contra a diretoria do Dnit, Abreu (diretor da empreiteira Delta) telefonou para o bicheiro. Em tom de galhofa, diz durante a conversa que a presidente Dilma Rousseff ordenara ao então ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, afastar todos os citados em reportagem publicada pela revista Veja. Naquele momento, Abreu e Cachoeira dividiram elogios entre eles e enalteceram a força de sua associação”.

    Ou seja:
    1) Diretor do DNIT age contra as maracutaias da construtora Delta;
    2) Cachoeira, dono da Delta, aciona pessoas de sua confiança dentro do DNIT para arquitetarem um “escândalo” contra esse diretor;
    3) A Veja, porta-voz de Cachoeira, publica o “escândalo”;
    4) Dilma demite o diretor do DNIT e coloca, em seu lugar, homem de confiança de Cachoeira;
    5) Todos vivem felizes para sempre.

    Se a CPI não investigar isso, então a popularidade de Dilma é uma casa construída sobre a areia da praia.

    • Caro Roberto, não confunda a Sicicília, a Liga do Norte da Itália, Corleone…Nápolis….,em fim, PICARETAGEM CRIMINOSA, Crime Organizado. O PT, NÃO É CRIME ORGANIZADO.

  9. “Aécio nomeou prima de Cachoeira a pedido de Demóstenes

    BASTARAM APENAS 12 DIAS E 7 TELEFONEMAS PARA QUE MÔNICA BEATRIZ SILVA VIEIRA ASSUMISSE, EM 25 DE MAIO DE 2011, O CARGO DE DIRETORA REGIONAL DA SECRETARIA DE ESTADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EM UBERABA

    247 – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) acatou a um pedido de Demóstenes Torres para nomear a prima de Carlinhos Cachoeira, Mônica Beatriz Silva Vieira, em 25 de maio de 2011, para o cargo de Diretora Regional da Secretaria de Estado de Assistência Social em Uberaba. Escutas telefônicas da Polícia Federal revelam que Demóstenes intercedeu diretamente junto a seu colega, após uma solicitação do bicheiro. Aécio confirma o empenho para atender solicitação de Demóstenes, mas alega desconhecer interesse de Cachoeira na indicação.

    SÃO PAULO – Escutas telefônicas da Polícia Federal revelam que o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) intercedeu diretamente junto a seu colega, Aécio Neves (PSDB-MG), e arrumou emprego comissionado para uma prima do empresário do jogo de azar Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Mônica Beatriz Silva Vieira, a prima do bicheiro, assumiu em 25 de maio de 2011 o cargo de Diretora Regional da Secretaria de Estado de Assistência Social em Uberaba.

    Do pedido de Cachoeira a Demóstenes, até a nomeação de Mônica, bastaram apenas 12 dias e 7 telefonemas. Aécio confirma o empenho para atender solicitação de Demóstenes, mas alega desconhecer interesse de Cachoeira na indicação.

    São citados nos grampos Marcos Montes (PSD), ex-prefeito de Uberaba, e Danilo de Castro, principal articulador político de Aécio em seu Estado e secretário de Governo da gestão Antonio Anastasia (PSDB), governador de Minas. Eles negam envolvimento na trama.

    A PF monitorou Cachoeira, a prima e Demóstenes no bojo da Operação Monte Carlo, que desmantelou alentado esquema da contravenção, fez ruir a aura de paladino do senador goiano e expôs métodos supostamente ilícitos da Delta Construções para atingir a supremacia em sua área de ação…”
    http://www.brasil247.com/pt/247/poder/55749/A%C3%A9cio-nomeou-prima-de-Cachoeira-a-pedido-de-Dem%C3%B3stenes.htm

  10. Ah lembrei qualquer coisa sobre “ministro Lewandowski com a faca no pescoço” Quem empunhava a faca a não ser a midia PIG? . E o PHA o outro que tentam calar via judiciário agora no CF http://www.conversaafiada.com.br/pig/2012/04/23/quem-controla-a-informacao-e-o-no-da-cpi-da-veja/ “Quem controla a informação é o nó da CPI da Veja”

    Estes dois artigos do Nassif de hoje http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/como-preparar-uma-crise-institucional e de ontem “Uma CPI para a Veja”. http://www.advivo.com.br/luisnassif
    Mostram uma visão serena e não de vingança. Não acho ser vingança se defender de assassinato de reputação.pratricada pela Veja em colaboração com outros membros do PIG. Pode parecer se feita de forma excessivamente emocional. Temos que ter serenidade e agradecer aos deuses terem nos proporcionado uma cachoeira de fatos. Depende de nos transformá-la em cataratas de Iguaçu tipo uma ley de los médios se torna inexorável

  11. Se a impensa antes de começar a CPMI ja esta ditando as normas e fazendo com que o Corajoso Deputado Protógenes esteja fora da CPI ,então que o PC do B e o PT enfie a violano saco e saia de mansinho,o pc do b tem que dar uma explicação pelo no minimo convincente ,Só falta esta agora, a imprensa ja esta no controle novamente daqui uns dia o Civita deve assumir o relatoria da CPMI ,estamos dominado.

  12. É a mesma “lógica” do senadores que defenderam Demóstenes no primeiro momento. Ou a do presidente que reafirma sua confiança em quem será frito logo em seguida. Ou do dirigente de clube que garante o apoio ao técnico derrotado.

    Ninguém em sã consciência, sendo mandatário e responsável, diria algo diferente do que foi dito. De forma alguma um parlamentar do PT viria a público dizer que combater o crime da imprensa é um dos objetivos da CPI, dando-lhe munição para abatê-la ab initio. E quem esperava que ele dissesse isso precisa respirar um pouco, tomar uma água com açúcar e esperar algumas semanas antes de concluir qualquer coisa.

    Enfim, a declaração do parlamentar nada significa. Se é verdade ou não, só saberemos ao cabo da CPI, pois agora, neste momento, ele não poderia dizer nada diferente do que disse.

  13. A CPMI do Cachoeira, se conduzida da forma que todos esperamos, terá resultados tão tremendamente bombásticos, que estou bastante temeroso em relação àquilo que a oposição e o conservadorismo em geral certamente farão, para minar sua credibilidade e obscurecer seus resultados… Essa CPMI, acredito, não sobreviverá em sua forma séria e consequente, se não houver evidente e tonitruante mobilização popular para defendê-la e cobrar seus resultados, independentemente de quais possam ser… Se nós brasileiros, deixarmos essa CPMI a cargo exclusivamente dos políticos (seja de que partido forem), ela muito provavelmente irá soçobrar… Assim, fica mais que claro o papel fundamental da mídia alternativa (leia-se, dos “blogs sujos”), de propagar aos quatro cantos do país TODA E QUALQUER MANOBRA dos políticos que a integrarão, no sentido de simplesmente afundar, ou então amenizar, suavizar e domesticar essa CPMI em nome de um “bom convívio” (eufemismo para o velho e conhecido “corporativismo”) com seus pares parlamentares… O Brasil precisa estar alerta e acompanhar passo a passo a CPMI do Cachoeira, denunciando qualquer eventual tentativa de manipulação; pois tais tentativas com toda certeza virão e se não houver por lá quem defenda de imediato os interesses do povo (os nossos interesses, não os dos políticos), todos sabemos o que vai acontecer…: panos quentes, confraria, desvios do verdadeiro foco, etc.

  14. E se for por vingança, mesmo assim acho justo. Toda vingança é justa quando feita pela vítima. Só a ela cabe o perdão, se quiser perdoar. O PT, e a esquerda em geral tem mesmo é que partir para a vendetta contra a midia venal que foi impiedosa e farisaica durante todo o governo Lula e até agora. Mesmo os consumidores de informações mentirosas e canalhices tem direito de ir à forra. Afinal, fomos tratados como cidadãos de segunda, idiotizados.

  15. Até onde sei, o Protógenes é membro titular da CPI: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5738603-EI7896,00-CPMI+do+Cachoeira+e+instalada+e+aprova+pedido+de+documentos+da+PF.html

Trackbacks

  1. Petista descarta vendetta contra mídia e pede investigação séria … | Brasil Media
  2. Petista descarta vendetta contra mídia e pede investigação séria … | Media Brasileiro

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.