Mídia demo-tucana já faz menção à relação entre Veja e Cachoeira

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

Está caindo a ficha da grande mídia demo-tucana quanto ao potencial explosivo da vindoura Comissão Parlamentar de Inquérito que investigará as relações entre o bicheiro Carlinhos Cachoeira e empresas privadas, sem prejuízo de suas relações com o governo de Goiás e, sobretudo, com órgãos de imprensa ligados ao PSDB e ao DEM, como a revista Veja. Essa tomada de consciência transparece em denúncias fracas que essa mídia está fazendo ao PT.

A tentativa da grande mídia de envolver também o PT em um escândalo que atinge em cheio dois expoentes da oposição – o senador Demóstenes Torres, do DEM (agora desfiliado), e o governador tucano de Goiás, Marconi Perillo – é absolutamente frágil e busca, apenas, tentar induzir a sociedade à crença de que o partido do governo estaria envolvido com um criminoso que, agora se sabe, é responsável pelas maiores denúncias contra petistas durante a década passada.

As denúncias da mídia contra o PT em nada se comparam ao envolvimento de Perillo com Cachoeira, que transparece em dezenas de nomeações e contratos com o governo de Goiás.

Está sendo usada gravação da Polícia Federal, feita no ano passado, na qual Claudio Abreu, à época diretor da empreiteira Delta, aparece conversando com o araponga Idalberto Matias de Araújo, o Dadá, um dos braços-direitos do bicheiro, sobre tentativa de suborno de Claudio Monteiro, chefe de gabinete do governador de Brasília, Agnelo Queiróz (PT), para que facilite manutenção de contrato de limpeza urbana firmado pelo governo anterior, do demo José Roberto Arruda.

Além disso, também está sendo difundida, com grande destaque, menção da quadrilha de Cachoeira ao subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais do governo Dilma, Olavo Noleto.

Contudo, as acusações são tão frágeis que a Polícia Federal não indiciou nenhuma dessas pessoas. A exposição desproporcional dessas escutas que a mídia pretende que atinjam ao PT visa apenas ludibriar a sociedade, fazendo-a pensar que o escândalo em questão seria “suprapartidário”, o que é um absurdo porque escutas da PF mostram que o bicheiro Carlinhos Cachoeira esteve por trás de grande parte das acusações da Veja ao PT.

O ataque da mídia tucana ao PT se torna ainda mais absurdo quando se nota que uma das informações mais estarrecedoras oriunda das escutas da PF, a que versa sobre o envolvimento da Veja com Cachoeira, até agora não havia sido divulgada por nenhum desses grandes meios de comunicação.

Todavia, isso mudou nesta quarta-feira (11/04). A Folha publicou “análise” de seu colunista Fernando Rodrigues em que, ao acusar o PT de “ira mal-resolvida” contra PSDB e DEM por suas condutas durante o escândalo do mensalão, acaba citando um caso que a mídia terá que divulgar, pois o deputado federal do PT de Pernambuco Fernando Ferro já avisou que fará requerimento à CPI pedindo convocação – não será convite, mas convocação – de Roberto Civita, dono da editora Abril, que edita a Veja.

Fernando Rodrigues distorce os fatos na página A7 da Folha de São Paulo de quarta-feira 11 de abril ao dizer que “(…) Os governistas vislumbram a possibilidade de usar a CPI do Cachoeira para constranger jornalistas que usaram as informações do empresário na apuração de reportagens (…)”.

Na verdade, as gravações mostram o bicheiro confraternizando com o editor da Veja Policarpo Jr. por ataques que a revista fizera ao governador petista de Brasília, Agnelo Queiróz. Em outro ponto, as escutas mostram membros da quadrilha afirmando que praticamente todas as matérias da Veja contra o PT partiram de seu chefe, Cachoeira. Há centenas de telefonemas trocados entre Policarpo e Cachoeira que mostram relação íntima entre o bicheiro e a revista.

Até aqui, não há nada minimamente comparável entre petistas e Cachoeira ao que há envolvendo a oposição. Podem até surgir relações do bicheiro com alguém da base aliada, mas o forte empenho do PT, de Lula e do governo Dilma para que a CPI seja instalada mostram que o governismo está disposto a finalmente escancarar a espantosa promiscuidade da mídia demo-tucana e da oposição com o crime organizado.

Tags: , , , , , , , , , , , ,

162 Comentário

  1. Este pessoal do PIG precisa se reunir, urgente, e combinarem quem fala o que, quando, com quem e, claro, reavaliando tudo que já publicaram.

    Agora, tentar passar recado usando o jornalista-pilantra da foto, é pedir para que imbecis façam contas de 2 + 2, algo que neste caso seria apenas um desafio bem vulgar – levantar uma bolinha para a cortado do não menos vulgar de Doiscorgo!

  2. Hipótese: o PT deixou de lado a CPI da Privataria justamente porque sabia da operação Monte Castelo. O Lula sabe que tem uma bomba nas mãos, possivelmente sobre o envolvimento Globo-Abril-Caso Mensalão. Se for isso, parabéns. Será uma vingança lindamente articulada.

    • Breno, essa hipótese é realmente uma hipótese… O PT está no comando do Brasil e visa crescimento econômico. Lula já entrou pra história… Dilma também quer sair na foto…
      Dilma sabe que CPI paralisa o congresso… e já tem muita coisa parada por conta do legislativo moroso e preguiçoso. – Dilma não quer nenhuma CPI, nem da privataria nem do Cachoeira.. só que essa última é uma questão moral e a bomba tá no colo dela. Vai ficar ruim, muito feio pro governo de Dilma o governo da impunidade! Ela começou a “faixina”…agora tem que levar até o fim!
      Quem espera pela CPI da Privataria tucana por esperar sentado… essa não sai!
      Já a do Cachoeira..é interessante… estamos em ano de eleições municipais…a CPI do Cachoeira respinga no PSDB…

  3. NÃO PERCA ESTA QUINTA-FEIRA:
    EXCLUSIVO DA TRIBUNA

    O escândalo do pagamento ilegal de R$ 700 milhões
    pelo governo de São Paulo, em juros irregulares Tribuna da Internet – http://goo.gl/rkSWR

  4. Quem inventou o “MENSALÃO” agora inventa o “MAGRÃO”.

  5. Eduardo, note o olhar arrogante desse jornalista da foto desse post.

    Em tempo, continuamos rezando pela Victória.

  6. O jornalista investigativo,fernando rodrigues,entende do ramo.Ele confraternizava,s/ ser amigo ou está trabalhando como jornalista,com a embaixada norte-americana na calada da noite…e ném belzebu o fez revelar tais conversas…wikiliaks melou seu jogo…Tbém tenho sede de vingança;mas,por mais q fiquemos tentados,n é por aí…tudo se avizinha p/ um bom prato de justiça -esta,se come fria ou quente,mas c/ galhardia,e sentido dever cumprido.

  7. Bom mesmo que a mídia conservadora tente enrolar nas águas do Cachoeira políticos ou ocupantes de funções de confiança do PT ou ligados ao Governo Dilma. É evidente que um esquema tão poderoso que já ata há tanto tempo,já deve ter feito todos os esforços possíveis para se infiltrar na área que ele consideram como sendo do principal inimigo, ou seja, o PT.
    É por esse fio da meada que chegaremos onde precisamos chegar, ou seja,que descobriremos o que está por trás desse esquemão do Cachoeira. Porque já está claro que esse esquemão não era apenas para obter facilidades para o jogo, os negócios variados de Cachoeira, o interesse dele e de seu grupo de acumular capital,ter mais ganhos e lucros.
    Não! não! A ambição deles era muito maior. Queriam o poder central: armaram derrubar o Lula e prosseguiam envidando todos os esforços para impedir que Dilma ganhasse e, tendo ela ganho, impedir que governasse.
    Armaram a trampa do Hotel Nahoum para cima do Dirceu e do Pimentel, que aparecia nas fotos do corredor do hotel, como sendo uma das visitas ao Dirceu. É óbvio que eles sabem muito bem porque centraram no Dirceu e no Pimentewl. Eles dois são experientes “quadros políticos” do PT, com teoria e prática na cabeça. Para o Poder central da direita que garante o Cachoeira, os dois têm que ser “eliminados”. Dirceu se for absolvido e puder se candidatar ganha disparado qualquer eleição, Pimentel foi prefeito de Belo Horizonte e saiu com 90 % de aprovação,alé de ter um excelente currículo como economista e professor universitário. Ambos, portanto, ameaçam politicamente a direita.
    Ora muito bem. Porque Cachoeira, um “empresário”do bicho e de muitos outros ramos construção civil, produtos farmacêuticos, bingos e jogos eletrônicos, jogos em geral,lingerie e sex shop( loja que montou para asua última esposa,que foi ex-esposa do suplente de Demóstenes) ) etc etc teria contratado os arapongas da época da ditadura para “preparar matérias” jornalísticas para a Veja?
    Quem se deu ao trabalho de ler os relatórios da Polícia Federal já divulgados,vai perceber que Cachoeira falava como um grande líder da direita. Não era o Demóstenes que dava as cartas não. Ele, o próprio Cachoeira, era o líder, o poderoso. Portanto as reportagens bombásticas da Veja que ele e seus arapongas prepararam serviam a ambições muito mais profundas do que enriquecimento pessoal.
    O cara é um fascistão,manda e não pede e isso precisa que exista por trás dela uma poderosa organização política.
    Essa é a questão que interessa apurar: quem é ou quem são os poderosos chefões da direita que estão por trás do Cachoeira?
    Penso que o Demóstenes é fichinha, era um colaborador do esquemão que lambia as botas do Cachoeira.Que por sua vez certamente lambia botas poderosíssimas e até agora invisíveis.
    Os brasileiros de caráter têm que se unir,virar esse Brasil, descobrir os choferes e as secretárias,os mensageiros,as manicures, as empregadas e empregados domésticos,que sabem de coisas desse esquemão e que queiram salvar o país desses bandidos, contando a verdade à Polícia Federal. Ou ao Ministério Público Federal. Sob a estreita vigilância do povo.

    • “Essa é a questão que interessa apurar: quem é ou quem são os poderosos chefões da direita que estão por trás do Cachoeira?”

      Janaína, Concordo plenamente. Esta é a verdadeira questão. Os rastros e contatos dos arapongas ligam o cachoeira a episódios da privataria e escutas de negócios do DD. Que são defendidos por toda mídia com requintes manipulativos. O esquema é muito grande e coordenado.

      Sou obrigado a lembrar do Cazuza:
      “Brasil, mostra tua cara… …quem paga para agente ser assim?”

  8. “CPI do Cachoeira pode virar CPI da Veja

    247 – Segundo o jornalista Ricardo Noblat, já há petistas chamando a CPI do Cachoeira de CPI da Veja. A Comissão, instaurada com aprovação unânime, pode servir como uma oportunidade para que o PT tente juntar o envolvimento do bicheiro com a maior revista do País, segundo o blogueiro. O que, para ele, seria uma “manobra arriscada”. Leia o texto publicado no Blog do Noblat:

    No início da semana passada, o deputado estadual paulista Rui Falcão, presidente do PT, reagiu com espanto diante da quantidade de pessoas que haviam atendido ao seu convite para se reunir na sede nacional do partido no Setor Comercial Sul, em Brasília.

    Estiveram lá os líderes do PT na Câmara dos Deputados e no Senado, e todos os ministros de Estado do PT – com exceção de Guido Mantega, da Fazenda, e Eleonora Menicucci, da Secretaria de Políticas para Mulheres, ambos viajando.

    Um único assunto foi discutido: a proposta de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar os crimes cometidos pelo ex-bicheiro Carlinhos Cachoeira, sua turma, o senador Demóstenes Torres e quem mais tenha se envolvido com eles.

    O resultado da reunião de mais de duas horas foi o segundo motivo de espanto para Rui: por unanimidade, a proposta foi aprovada. A CPI deveria ser mista – 11 deputados e 11 senadores. Por mista, acabaria sendo o centro das atenções na Câmara e no Senado.

    Dilma teme que a CPI possa implicar políticos de partidos aliados do governo. E que ao fim e ao cabo, rache sua base de sustentação parlamentar. Para ela é particularmente estranho que governos patrocinem CPIs. Governos costumam enterrar CPIs. Ou impedir que elas nasçam.

    Desta vez, até Lula garantiu a Dilma que via vantagens numa CPI. Quem sabe ela não decepa a cabeça de políticos da oposição? Quem sabe ela não causa embaraços para o governador Marconi Perillo (PSDB), de Goiás, Estado onde Cachoeira explora jogos proibidos? Lula detesta Perillo, que o alertou sobre o mensalão.

    Uma CPI que atinja, de preferência, políticos da oposição fortalecerá o sentimento do distinto público de que político é tudo igual. Bom para o PT, que no passado se empenhou em parecer diferente dos outros partidos. E que agora tenta mostrar que os outros são iguais a ele…

    …Na verdade, a CPI servirá de palco para que o PT tente encenar uma manobra arriscada: juntar Cachoeira com a revista VEJA. E acusar os dois de terem inventado o escândalo do mensalão com a cumplicidade da oposição e do resto da mídia. Tem petista que se refere à CPI como a CPI da VEJA.

    Foi Cachoeira quem filmou em 2005 o pagamento de suborno ao diretor da Empresa Correios e Telégrafos indicado pelo PTB de Roberto Jefferson. VEJA divulgou a fita. Por achar que o então ministro José Dirceu queria detonar o PTB, Jefferson detonou logo o mensalão.

    O PT está convencido de que há forte munição para ser disparada contra a VEJA nas centenas de telefonemas trocados por Cachoeira com um repórter da revista e gravados pela Polícia Federal. Num deles o repórter reclama da qualidade de uma fita que Cachoeira lhe mandara.

    A própria VEJA publicou um desabafo gravado por Cachoeira onde ele se diz o autor de muitos furos dados pela revista. Para o PT, o desabafo esconde a confissão de Cachoeira de que foi ele o responsável por grampos ilegais que sustentaram barulhentas reportagens de VEJA.

    Um delegado da Polícia Federal adianta que Cachoeira forneceu à VEJA imagens da romaria de parlamentares e de ministros ao apartamento alugado por José Dirceu em um hotel de Brasília. As imagens foram captadas pelas câmeras do sistema interno de segurança do hotel.

    O deputado Fernando Ferro (PT-PE) informa a quem interessar possa que apresentará requerimento à CPI para que seja ouvido Roberto Civita, dono da Editora Abril e editor da VEJA. “Há muitas perguntas que ele tem de responder. E Cachoeira também”, justifica…”
    http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/53362/CPI-do-Cachoeira-pode-virar-CPI-da-Veja.htm

  9. Essa cambada nojenta do PIG farão tudo que for possível para envolver o PT nesse escandalo demo- tucano, pois sempre esconderam a sujeira deles e, constantemente, combinam, articulam e inventam escândalos só para atacar Lula e Dilma, mas o povo não entra nessa e aplaude cada vez mais o atual governo. Viva o novo Brasil!!!!!!!

  10. Não vejo a hora de o PT e o Lula desmascarar essa corja chamada mídia (PIG)/PSDB/DEM, nada melhor que um dia após o outro, a verdade demora mas aparece. Toma otários e otárias que acreditaram no bufão roberto jefferson com a farsa do “mensalão”. TOMA PIG o crime organizado está no seu colo.

  11. Citação: “Fernando Rodrigues distorce os fatos na página A7 da Folha de São Paulo de quarta-feira 11 de abril ao dizer que “(…) Os governistas vislumbram a possibilidade de usar a CPI do Cachoeira para constranger jornalistas que usaram as informações do empresário na apuração de reportagens (…)”.
    Eduardo, este fernando rodrigues, com minúsculas, refere-se ao suspeito de ser um chefe de quadrilha ligado à contravenção (e por que não crime?) como sendo um EMPRESÁRIO? Brinda um lobista munido de máquinas caça-níqueis, filmadoras e telefones à prova de grampos, um suspeito de ter grampeado criminosa e ilegalmente meio mundo da política, rotulando-o com o honroso título pelo exercício de uma profissão tão considerada pelos próprios jornalões e PIG como das mais nobres, já que os marinhos, frias, mesquitas e civitas se auto-intitulam empresários, quando não jornalistas? Ora, a profissão do Cachoeira é outra, ao que parece e, pelo que vazou da PF, ele é suspeito de ser um chantagista que detinha senador, juizes, deputados, até governador (es) sob as suas rédeas, melando toda licitação, aprontando golpes via imprensa, etc, etc., prontinho da silva para derrubar um governo legítimo e popular, verdadeiramente patriótico. Ah, seu fernando rodrigues, pensei que você fosse menos serviçal, quem sabe até uma promessa do jornalismo. Entrou por um caminho sem volta. O seu amado PIG está no bico do corvo. É o segundo tsunami. O terceiro selará com o judiciário que serve de habitat aos juizes corruptos e virá em seguida., escreva fernando.

  12. Às vezes me ponho a cismar: “por que motivo Cachoeira teria interesse em aeroportos? os ramos em que atua são de prestação de serviços, ilegais (cassinos, bingos etc) ou legais (as lavanderias). Nada que se transporte”.

    Haveria “alguém maior” interessado em deter participações e preferências no tráfego aéreo daquela extensa área goiana, com ramificações em Tocantins e, quiçá, outros Estados fronteiriços? os negócios dessa quadrilha fariam fronteira com o grande negócio da droga? Ainda bem que o Brigadeiro procurado na Anac, cujo nome me escapa mas deve ser pessoa de bem, encaminhou-os para a porta da rua, sem maiores conversas.

    Posso estar elocubrando uma teoria da conspiração mas, creio, pior é não admitir o pior. Antes que o estado seja capturado.

Trackbacks

  1. Sul 21 » Mídia demo-tucana já faz menção à relação entre Veja e Cachoeira
  2. Mídia demo-tucana já faz menção à relação entre Veja e Cachoeira … | Brasil Media
  3. Mídia já cita relação Veja/Cachoeira | Viva Marabá Carajás Brasil

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.