Globo aposta em desinformação e inventa briga entre Lula e Dilma

 

É muito grave o que fez o Jornal Nacional na noite da última quarta-feira. O telejornal exibiu matéria do repórter Ari Peixoto que relata uma suposta conversa entre o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff que não resiste a 30 segundos de reflexão. Abaixo, a locução do repórter.

—–

O ex-presidente [Lula], que está em Brasília, passou boa parte do dia reunido com a presidente Dilma. Eles conversaram reservadamente sobre a CPI. Fontes do Planalto disseram que Lula acredita que a CPI poderia tirar a atenção sobre o julgamento do mensalão, previsto para os próximos meses. Já a presidente Dilma teria sido bem clara: funcionário do governo que aparecer em gravações será demitido.

—–

Supondo, por um minuto, que fosse verdade, o que se depreende é que a conversa que o repórter diz “reservada” não foi tão reservada assim, pois as tais “fontes”, para quem acredita nesse conto, logo após presenciarem a conversa foram imediatamente até ele e lhe contaram tudo.

E não fica só nisso: essas “fontes” teriam contado ao diligente repórter global que Lula fez à sucessora uma proposta, no mínimo, indecorosa: usar uma investigação tão séria para acobertar corruptos do partido de ambos.

A suposta resposta da presidente é ainda mais inverossímil. Diante de uma proposta tão absurda, ela teria se negado a se envolver na maracutaia e ainda teria dito que bastaria que nome de algum seu auxiliar aparecesse nas gravações da Operação Monte Carlo para o flagrado ser sumariamente demitido.

É outro absurdo. Um auxiliar da presidente já teve seu nome citado nas gravações e não foi demitido. Trata-se do subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência, Olavo Noleto (PT). Ele não foi demitido porque a menção ao seu nome não o compromete.

É óbvio que, dependendo de como o nome de algum auxiliar de Dilma aparecesse naquelas gravações, teria que ser demitido mesmo. Mas não se a menção fosse inconclusiva. É óbvio que a presidente não demitiria alguém só por seu nome ter sido citado.

Qualquer pessoa com a mínima capacidade de raciocínio logo se dá conta de que funcionários do governo, ainda mais do Palácio do Planalto, jamais difamariam o padrinho político de Dilma para a imprensa. Se ocorresse, é evidente que ela buscaria descobrir quem foi e, aí sim, demitiria.

A conduta da Globo de inventar uma história como essa e colocá-la em seu principal noticiário permite inferir que a emissora está enviando um recado ao governo e ao PT de que está disposta a tudo caso a relação da imprensa com Cachoeira seja levantada pela CPI.

Quem perde mais com essa farsa certamente é Dilma, que a mesma reportagem sugerira, pouco antes, que quereria restringir a investigação. E que estaria claramente se indispondo com aquele que a elegeu, o que uma sociedade que nutre tanta admiração por Lula certamente entenderá como traição, caso acredite na história.

A Globo já cometeu muitas barbaridades, mas poucas iguais a essa da edição de quarta-feira do seu Jornal Nacional. E o pior é que parece pouco provável que a presidente da República providencie algum desmentido. Deve ficar por isso mesmo, o que incentivará novas e piores manobras.

Ministro da Saúde refuta acusações da Folha de São Paulo

A assessoria de imprensa do ministério da Saúde está divulgando nota e vídeo que rebatem matéria do jornal Folha de São Paulo que tenta ligar o titular da Pasta, Alexandre Padilha, ao esquema de Carlinhos Cachoeira.

A primeira matéria do jornal afirma que “O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, teve o nome citado em uma conversa telefônica como tendo autorizado o grupo do empresário Carlos Cachoeira a dar sequência a um negócio na área da saúde, após reunião em Brasília”.

Aqui, a íntegra da matéria.

Abaixo, nota do Ministério da Saúde.

Nota à imprensa

A respeito da matéria “Grupo diz ter discutido projeto com Padilha”, publicada na Folha de São Paulo desta sexta-feira (20), a assessoria de comunicação social do Ministério da Saúde esclarece que:

 

1)      O ministro Alexandre Padilha não conhece e em nenhum momento se reuniu com os senhores Wladimir Garcez e Carlinhos Cachoeira e nem recebeu qualquer pessoa a pedido deles.

 

2)       Segundo a reportagem da Folha de São Paulo, a gravação teria ocorrido em 29 de março de 2011. Nesta data, bem como no mês de março daquele ano, o ministro não teve nenhuma reunião ou audiência cujo assunto possa guardar relação com o teor da conversa gravada.

 

3)      Os projetos apresentados em audiência ao ministro da Saúde ou ao seu gabinete são submetidos às respectivas áreas técnicas para análise e parecer. Nenhum andamento é dado sem o parecer técnico.

 

4)      A gestão do ministro Alexandre Padilha tem como prioridade combater desperdícios, melhorar o controle de gastos, aprimorar a gestão e aumentar a fiscalização de recursos públicos. Isso tem sido evidenciado em várias ações envidadas desde a sua posse, que geraram economia de R$ 1,7 bilhão nos gastos com a compra de medicamentos e insumos em 2011 em comparação a 2010. Recursos que se reverteram na ampliação do acesso aos usuários do Sistema Público de Saúde – SUS.

 

5)      É importante ressaltar que a orientação desta gestão sempre foi, e continuará sendo, a de rechaçar qualquer iniciativa ou pleito que representem interesses que não os da administração pública e dos usuários do SUS.

 

O ministro Padilha também cita coluna da ombudsman da Folha, Suzana Singer, publicada no jornal no último domingo. No texto, ela condena a ilação do jornal sobre ele. Abaixo, o trecho que cita o ministro:

Na sexta-feira passada, a Folha apontava um possível envolvimento do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e do bicheiro com base em apenas uma conversa na qual um assessor de Cachoeira diz que o ministro autorizou o desenvolvimento de um projeto, depois de uma reunião em Brasília. Novas evidências podem surgir, mas, por enquanto, projeta-se uma sombra de dúvida sobre o ministro sem que haja nada de concreto

Finalmente, reproduzo, abaixo, vídeo gravado por Padilha para rebater as acusações da Folha

 

Tags: , , , , , , , ,

124 Comentário

  1. “Globo, Abril e Folha se unem contra CPI da mídia

    PRINCIPAIS GRUPOS DE COMUNICAÇÃO FECHAM PACTO DE NÃO AGRESSÃO E TRANSMITEM AO PLANALTO A MENSAGEM DE QUE PRETENDEM RETALIAR O GOVERNO SE HOUVER QUALQUER CONVOCAÇÃO DE JORNALISTAS OU DE EMPRESÁRIOS DO SETOR; PORTA-VOZ DO GRUPO NA COMISSÃO É O DEPUTADO MIRO TEIXEIRA; NA INGLATERRA, UM PAÍS LIVRE, O MAGNATA RUPERT MURDOCH DEPÔS ONTEM

    247 – Há exatamente uma semana, o 247 revelou com exclusividade que o executivo Fábio Barbosa, presidente do grupo Abril e ex-presidente da Febraban, foi a Brasília com uma missão: impedir a convocação do chefe Roberto Civita pela CPI sobre as atividades de Carlos Cachoeira. Jeitoso e muito querido em Brasília, Barbosa foi bem-sucedido, até agora. Dos mais de 170 requerimentos já apresentados, não constam o nome de Civita nem do jornalista Policarpo Júnior, ponto de ligação entre a revista Veja e o contraventor Carlos Cachoeira. O silêncio do PT em relação ao tema também impressiona.

    Surgem, aos poucos, novas informações sobre o engavetamento da chamada “CPI da Veja” ou “CPI da mídia”. João Roberto Marinho, da Globo, fez chegar ao Palácio do Planalto a mensagem de que o governo seria retaliado se fossem convocados jornalistas ou empresários de comunicação. Otávio Frias Filho, da Folha de S. Paulo, também aderiu ao pacto de não agressão. E este grupo já tem até um representante na CPI. Trata-se do deputado Miro Teixeira (PDT-RJ).

    Na edição de hoje da Folha, há até uma nota emblemática na coluna Painel, da jornalista Vera Magalhães. Chama-se “Vacina” e diz o que segue abaixo:

    “O deputado Miro Teixeira (PDT-RJ) vai argumentar na CPI, com base no artigo 207 do Código de Processo Penal, que é vedado o depoimento de testemunha que por ofício tenha de manter sigilo, como jornalistas. O PT tenta levar parte da mídia para o foco da investigação”.

    O argumento de Miro Teixeira é o de que jornalistas não poderão ser forçados a quebrar o sigilo da fonte, uma garantia constitucional. Ocorre que este sigilo já foi quebrado pelas investigações da Polícia Federal, que revelaram mais de 200 ligações entre Policarpo Júnior e Carlos Cachoeira. Além disso, vários países discutem se o sigilo da fonte pode ser usado como biombo para a proteção de crimes, como a realização de grampos ilegais.

    Inglaterra, um país livre

    Pessoas que acompanham o caso de perto estão convencidas de que Civita e Policarpo só serão convocados se algum veículo da mídia tradicional decidir publicar detalhes do relacionamento entre Veja e Cachoeira. Avalia-se, nos grandes veículos, que a chamada blogosfera ainda não tem força suficiente para mover a opinião pública e pressionar os parlamentares. Talvez seja verdade, mas, dias atrás, a hashtag #vejabandida se tornou o assunto mais comentado do Twitter no mundo.

    Um indício do pacto de não agressão diz respeito à forma como veículos tradicionais de comunicação noticiaram nesta manhã o depoimento de Rupert Murdoch, no parlamento inglês. Sim, Murdoch foi forçado a depor numa CPI na Inglaterra – não na Venezuela – para se explicar sobre a prática de grampos ilegais publicados pelo jornal News of the World. Nenhum jornalista, nem mesmo funcionário de Murdoch, levantou argumentos de um possível cerceamento à liberdade de expressão. Afinal, como todos sabem, a Inglaterra é um país livre.

    O Brasil se vê hoje diante de uma encruzilhada: ou opta pela liberdade ou se submete ao coronelismo midiático.”
    http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/56341/Globo-Abril-e-Folha-se-unem-contra-CPI-da-m%C3%ADdia.htm

    • Yarus, então é assim, se a mídia, mata, assassina, rouba, calunia estão corretos? assassinam reputação de pessoas, acabam com a vida de uma pessoa, e o país não pode fazer nada? Cadê a justiça, então justiça é somente para os pobres, poderosos como os barões midiáticos podem cometer CRIMES a vontade, eles tem esse direito? Se for assim, prefiro não viver mais, viver em um planeta onde quem está certo são BANDIDOS desde que sejam RICOS, e os oprimidos estão errados, prefiro não existir, pois, planeta assim não quero para mim e nem para meus filhos e netos…

      • Para alguns, a imprensa esta acima da lei. Foi isso que Hitler e Goebbels pensaram enganando o povo alemão e se deram mal.
        Na Inglaterra por muito menos o capo Murdoch teve que fechar o jornal mais lido da Grã-Bretanha – tablóide inglês “News of the World”. Fechado após a revelação dos métodos jornalísticos de submundo, realizavam grampos contra celebridades e vítimas de crimes.

    • Não dá para entender a indicação do PDT do Miro para esta CPI.
      Todos estão carecas de saber que ele e mídia são unha e carne, inclusive, se não me falha a memória foi dele a iniciativa jurídica junto ao STF de derrubar a antiga Lei de Imprensa.

  2. Xará, acho que descobri como eles conseguem desencavar essas “revelações”: estão empregando repórteres paranormais, tipo Mãe Diná!

    Beijos pra Victorinha e abraços do seu xará carioca,

    Eduardo.

  3. IMPORTANTE !!! ### Ministro Peluso ### !!!! IMPORTANTE

    Entre os minutos: 19:00 e 20:20, deste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=1dG5x9hfqi4

    O ministro Cezar Peluso deixa escapar que: A justiça NÃO é cega !!!

    “…processos envolvendo pessoas de alto nível, de São Paulo, muito bem relacionadas e que exigiam muita atenção….”

    Não se iludam !!! Juiz tem lado e tem preferência, assim como, os jornalistas…. Não existe isenção !!!

    Ele mostra CLARAMENTE que a “justiça” so funciona através do lobby e da influência…

    • Acho que a justiça não deve ser sega, mesmo. Tem é que ficar com os 2 olhos bem aberto e se possível, com lupa. Justiça cega é justiça preguiçosa que aplica a planilha e trata como iguais os desiguais. Tem que haver nos julgamentos, equidade. Mais culto, maior responsabilidade, maior pena. Com mais recursos financeiros, maior responsabilidade, maior pena e etc.

  4. Há consenso partidário quanto à necessidade de investigar e dissenso quanto à abrangência da investigação. Há, mesmo, o risco de termos uma nova CPI do Fim do Mundo, como aquela dos Correios, em que se quis investigar tudo e todos. O objeto das investigações terá de ser delimitado. Há de haver, também, equivalência dos métodos investigativos, isonomia mesmo, com relação a todos os partidos. Digo isso porque, mais uma vez, essa isonomia está sendo quebrada. Marconi Perillo é tucano e Agnelo Queiroz, petista, certo? Quem está mais visivelmente implicado com Cachoeira? Hoje Josias de Souza publicou em seu blog transcrições de escutas telefônicas da PF em que o contraventor combina a entrega de uma caixa de dinheiro ao palácio do governo de Goiás. No entanto, o blog Quid Novi informa que: “Eram 4h23 min da manhã, quando a Polícia Civil e o Ministério Público entraram nos gabinetes do secretário de Governo do DF, Paulo Tadeu (PT) e no do ex-chefe de gabinete do governador Agnelo Cláudio Monteiro, que deixou o Governo na semana passada após as denúncias veiculadas na imprensa, na procura de documentos que comprometessem os secretários com a Operação Monte Carlo”. “A nova Operação, batizada de Saint Michel, é um desdobramento da Monte Carlo, que prendeu hoje o diretor da Delta Centro Oeste, Cláudio Abreu, funcionários do GDF e políticos de Goiás”. Polícia Civil e MP prendem assessores de Agnelo, como prenderam, em tempo não muito distante, o assessor de Palocci, Dr. Roberto Buratti, mostrado em fotos algemado e com o macacão amarelo do presídio. Dois pesos e duas medidas? É o mínimo que se pode dizer.

  5. Blog da Helena – Revista Brasil Atual

    Tucanos são contra Instituto Lula, mas deram terrenos para a Globo –

    Os Amigos do Brasil

    Cotas na universidade têm 1 voto a favor

    quinta-feira, 26 de abril de 2012

    Até tu, Miro Teixeira? Blindando a Veja?

    Deu na coluna Painel da Folha:

    O deputado Miro Teixeira (PDT-RJ) vai argumentar na CPI, com base no artigo 207 do Código de Processo Penal, que é vedado o depoimento de testemunha que por ofício tenha de manter sigilo, como jornalistas. O PT tenta levar parte da mídia para o foco da investigação.
    Comento:

    Isso é traição a memória e o legado de Leonel Brizola, o fundador do PDT de Miro.

    Brizola nunca abaixou a cabeça para a Globo e venceu a emissora no escândalo da Proconsult, nas eleições de 1982. Ele teve também embates homéricos com os Civita, donos da revista Veja.

    Jornalistas tem sim o direito assegurado pela Constituição de preservar o sigilo da fonte, mas isso não significa que não possam responder perguntas sem revelar o sigilo.

    Inclusive há vários precedentes. Para citar um exemplo, em 22/2/2005, o jornalista da revista Veja, Policarpo Júnior, prestou depoimento no Conselho de Ética da Câmara em processo contra o então deputado André Luiz (ex-PMDB-RJ), que era acusado de extorsão na CPI da Loterj por… advinha quem? Carlinhos Cachoeira.

    O relatório final da CPI da Loterj indiciou e recomendou a prisão de Cachoeira. As matérias publicadas na revista Veja, naquela época, retratavam o bicheiro como se fosse apenas um empresário de jogos, vítima de extorsão.

    Hoje, sabe-se que constam 200 telefonemas entre Policarpo Júnior e Cachoeira dentro da Operação Monte Carlo da Polícia Federal.

    Quanto à luta para acabar a corrupção e cartel dos barões da mídia, o deputado Miro Teixeira já tem maus precedentes: tomou posições mais próximas dos demotucanos do instituto Millenium, inclusive sendo agraciado com uma generosa entrevista nas páginas da revista Veja.

    Por: Zé Augusto 0 Comentários

    quinta-feira, 26 de abril de 2012

    Diálogos de Demóstenes com

  6. Acho que a Presidenta Dilma está mais preocupada em manter sua aprovação nas alturas do que restabelecer a verdade quando se trata de algum colega de partido ou da base aliada, ainda que seja o ex-presidente Lula. Esse caso da Globo é passível de cassação da concessão, sem nenhuma dúvida. Mas parece que, mais uma vez, nada vai ser feito. Aconteceu com vários Ministros, sumariamente condenados pelo PIG de práticas no mínimo levianas, e a verdade nunca foi restabelecida, como o caso do ex-Ministro dos Esportes, Orlando Silva, acusado de receber propina de um ex-policial do DF na garagem de sua residência, cujo episódio nunca foi desmentido pela imprensa. Dilma tem que entender que o momento de reagir é agora. Ocupa o horário nobre da televisão, e de todas elas, gratuitamente, para obrigar a Globo a provar o teor da conversa com Lula. Se não provar, multa milionária. Da próxima vez, cassação da concessão. Enquanto isso, as outras emissoras vão sofrendo prejuízo com as mentiras da Globo. Se a direita voltar ao poder, com o apoio da imprensa, nunca mais sai de lá, e o povo brasileiro é quem sofrerá as consequências. Além do mais, o povo brasileiro já está cansado de tanto abuso da imprensa. Até quando?

  7. Que a globo não tem escrúpulos a gente já sabe, mas até onde vão os limites da globo em desinformar é que ainda não sabemos.
    Em “reporcagem” ontem, o jornal nacional resolveu mais uma vez fazer das suas. Exibindo a imagem do relator da CPMI da VEJA/Cachoeira, que é do PT, colocou na geração de caracteres o nome do deputado Bruno Araújo, PSDB-PE, partido atolado até a alma nas acusações que envolvem o bicheiro Cachoeira e membros da política nacional.
    É com a desinformação que eles pretendem inverter o quadro e tentar jogar no colo do governo Dilma a conta do envolvimento de PSDB/DEM/PPS com as descobertas da Policia Federal.

    CABE AGORA AO PT REVERTER ESSA SITUAÇÃO E TENTAR ACABAR DE UMA VEZ POR TODAS COM ESSA PALHAÇADA, ESSE PODER INFINITO DA GLOBO E DOS GRANDES CONGLOMERADOS DE MÍDIA DO BRASIL, ANTES QUE SEJA TARDE!

    Fiquemos de olhos abertos!

    • Pior, Márcio, tem muita gente acreditando nos golpes da globo, hoje mesmo no blog Carta Capital, está cheio de comentários reacionários…

  8. Já escrevi aqui e ali. O cavalo está passando encilhado na frente do PT, mas parece que eles têm medo de montar o bruto e não aguentar o tranco. Se eles estão pedindo arrego e pacto de não agressão é sinal que eles sabem que estão em desvantagem. É hora de ir no fígado deles. Mas esse PT, quanta covardia. Ou então…

    • Nestas horas sinto uma inveja da Argentina… Como gostaria de ver o partido em que votei lutasse como a Cris K.

    • Que o PT fique de braços cruzados é problema deles,E nós vamos ficar de braços cruzados?eU tenho lado e o meu lado é completamente oposto ao da organização criminosa Globo.Esse serviço é nosso,nossa obrigação é pressionar o governo para que o confronto com a Globo e por tabela com o PIG seja um fato consumado.Perigo de um golpe?Pago para ver,eles que tentem.Não vai sobrar lugar em necroterio algum.

  9. Oportunidade unica para enquadrar na LEI de vez a imprensa golpista que age como um partido acima da lei. A imprensa no Brasil é uma organização criminosa, age como quadrilha na defesa de seus interesses. A democracia é ameçada diuturnamente pela quadrilhas midiaticas. Getulio foi levado ao suicidio, Jango foi defenestardo do poder por um golpe militar-midiatico. Lula por pouco não foi apeado do poder. Até acusado de derrubar dois aviões – TAM e GOL – e assassinar os passageiros e tripulantes, o presidente foi pela midia.

    • Dilma desde o primeiro dia é atacada pela midia que tenta desestabilizar seu governo ou no mínimo paraliza-lo com os escandalos criados por Cachoeira, demostenes, veja e cia. Até quando a democracia irá aguentar? Vamos admitir perder o pouco que foi conquistado – respeito mundial, pleno emprego, estabilidade e justiça social – as duras penas? O povo brasileiro é tão frouxo assim para deixar que uma quadrilha criminosa dite seu destino?

      • Não,Ana,o brasileiro não é frouxo.Dilma não é Jango e 2012 não é 1964.Volto a dizer mais uma vez:eles que tentem o golpe e conhecerão o inferno.Eles que tentem.

  10. Edu,

    Grave é assistir a esse órgão de desinformação.

  11. Quando em 03/2010 http://www.youtube.com/watch?v=f2IvYO5RBZo 5º Painel: Encerramento “Liberdade de Expressão e Estado Democrático de Direito” Exposições: Dep.Federal Antonio Palocci, Dep. Miro Teixeira e Otávio Frias Filho Mediador: Carlos Alberto Sardenberg – Patrocínio: MisesBrasil – lá estava o Miro Teixeira, juntamente com Antonio Palocci participaram no Inst. MIlleniium a gente fica naquela assim:

    Qual é essa do PIG?, vou pedir para o PHA me explicar.

    Ainda bem que posteriomente a midia tenha derrubado o Palocci? Ele que a que defendia o PIG porque o derrubaram?

    E agora tem essa do Miro Teixeira. Vou pedir que o Tijolaço explique ou esta noticia do 247 se insere na onda que o Nassif disse?

    Como sintetizar?

    “Numa democracia como a do Brasil, a guerra acontece no universo da comunicação e da política. Não é possível fugir dela. De alguma maneira, todos se vêem imersos em seu vórtice barulhento e terrível.” Miguel do Rosário no Cafezinho no post “Eterna luta

    Collor
    “Não é admissível, em um país de livre acesso às informações e em um governo que se preza pela transparência pública, aceitar que alguns confrades, sob o argumento muitas vezes falacioso do sigilo da fonte, utilizem-se de informantes com os mais rasteiros métodos, visando ao furo de reportagem, mas, sobretudo, propiciar a obtenção de lucros, lucros e mais lucros a si próprios, aos veículos que lhes dão guarida e aos respectivos chefes que os alugam”, protestou. “Precisamos estar vigilantes, alertas e cautelosos para todo tipo de manipulação a que recorrem os meios para instigar comportamentos, deformar opiniões e induzir resultados”, declarou.
    “Mais que uma disputa política, a CPI de Cachoeira será uma guerra de informações – como já se nota. Todos os expedientes de manipulação da informação serão utilizados: o ocultamento de informações que não interessam a um dos lados; a escandalização de informações irrelevantes; as conclusões impossíveis em cima de diálogos neutros etc.” Luis Nassif

    Bem como encarar a postura do Miro Teixeira aqui http://brasil247.com/pt/247/midiatech/56341/Globo-Abril-e-Folha-se-unem-contra-CPI-da-m%C3%ADdia.htm

    “Na edição de hoje da Folha (o post é de 26/04), há até uma nota emblemática na coluna Painel, da jornalista Vera Magalhães. Chama-se “Vacina” e diz o que segue abaixo:
    “O deputado Miro Teixeira (PDT-RJ) vai argumentar na CPI, com base no artigo 207 do Código de Processo Penal, que é vedado o depoimento de testemunha que por ofício tenha de manter sigilo, como jornalistas. O PT tenta levar parte da mídia para o foco da investigação”.
    O 247 se posicionando contra Miro –
    “O argumento de Miro Teixeira é o de que jornalistas não poderão ser forçados a quebrar o sigilo da fonte, uma garantia constitucional. Ocorre que este sigilo já foi quebrado pelas investigações da Polícia Federal, que revelaram mais de 200 ligações entre Policarpo Júnior e Carlos Cachoeira. Além disso, vários países discutem se o sigilo da fonte pode ser usado como biombo para a proteção de crimes, como a realização de grampos ilegais”

    Pessoal é difícil sintetizar a partir de paradoxos. Bem aqui a meu ver os paradoxos são dois a saber qual a do Miro e qual a do 247 desde que não seja factoide a noticia do 247

  12. Esse absurdo e invencionice da Globo (mais um entre tantos) pode marcar os tremores iniciais, que serão preâmbulo do gigantesco terremoto causado pela CPMI do Carlinhos Cachoeira… Estou apostando que não apenas a Veja, dentro da asquerosa mídia nacional, está metida até o pescoço nesse lamaçal… Mas vamos esperar para ver e, claro, acompanhar a CPMI detalhadamente e com olhos e ouvidos bem abertos… O que vimos até aqui é a pontinha de um iceberg provavelmente imenso… Nossa tarefa cidadã é contribuir de todas as formas possíveis, para que esse iceberg seja desvelado e exibido a todo povo brasileiro…

  13. A presidente acaba de desmentir a Globo. Aonde o PIG acha que vai chegar com esse jornalismo tosco?

  14. Apesar de opiniões contrárias, continuo dizendo que : Direita Boa é Direita Morta.

  15. Nota do planalto:

    “Nota à Imprensa

    Em momento algum, o tema “Comissão Parlamentar Mista de Inquérito” foi objeto das conversas ocorridas na última quarta-feira em encontro da Presidenta Dilma Rousseff com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A presidenta lamenta as versões em contrário divulgadas por veículos de imprensa.

    Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República”

  16. Sr. Eduardo, não sei por que (talvez por inércia) minha tv estava no jn e quando vi o reporter falar essa estupidez pensei a mesma coisa, como é que essas conversas “reservadas” vão parar logo em seguida na bocas desses reporteres? As vezes se le nos jornais dialogos inteiros desse tais encontros reservados; mas dessa vez ficou tão estranho que a maioria percebeu o golpe.

  17. Por que nenhum blogueiro chamado progressista participa ou divulga de atos públicos como, por exemplo, o de sexta-feira, ás 16:30, em São Paulo pedindo à presidenta a imediata indicação dos sete nomes que comporão a Comissão da Verdade e a mudanças na Lei de Anistia?? Será que são contra???

  18. ‘Os caes ladram e a caravana passa” Dilma esta C……….e andando p/globo, folha, Estadao e caterva, sabe que os meios de comunicaçao ha muito tempo carece de credibilidade e a populaçao a cada dia os identificam como verdadeira oposiçao aos governos progressista, como diz bem o Paulo Henrique Amorim, se nao fosse a midia os tucanos nao passariam de Resende. E nossa Vitoria como esta?

  19. Globomente e Dilma da show:

    Nota à Imprensa

    Em momento algum, o tema “Comissão Parlamentar Mista de Inquérito” foi objeto das conversas ocorridas na última quarta-feira em encontro da Presidenta Dilma Rousseff com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A presidenta lamenta as versões em contrário divulgadas por veículos de imprensa.

    Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

  20. Se a Dilma cair na ARAPUCA, isto e´, demeitir o funcionário citado, aí o PIG bota pra quebrar. literalmente.
    Vai difundir que o Governo federal ta no meio da cachueira. O PT não pode se acovardar.

  21. Morte à mentira !!!
    Morte ao PIG !!!

  22. O Miro Teixeira foi formado no jornalismo do Chagas Freitas,ex-governador do Rio e dono de jornal,não sei se chegou a romper com o Brizola.Com a palavra o Brizola(neto).

  23. O desastre que seria o 13º salário, segundo o neoliberês:

    “Uma notinha, na seção “Há 50 anos” do jornal O Globo, que não escapou ao ao olhar atentíssimo do amigo Ápio Gomes, mostra com,o não há nada de novo na cantilena de que os direitos sociais dos trabalhadores inviabilizam a competitividade das empresas brasileiras.

    Há 50 anos, portanto, o Congresso aprovava e o presidente trabalhista João Goulart sancionava um benefício que se incorporou á vida brasileira e não provocou nenhum “desastre” como previa Eugênio Gudin, então a fina flor do reacionarismo econômico de então.

    Como os que arranjaram a cobertura dos militares para derrubar Jango do Ministério do Trabalho, em 1953, por defender a elevação do salário mínimo, esta gente acha, há muito mais do que 50 anos, que o problema da economia é mesmo o trabalhador.

    Se bobear, até a Princesa Isabel entra na lista dos “populistas”.

    PARA VER A NOTINHA:
    http://www.tijolaco.com/o-neoliberal-nao-e-liberal-e-menos-ainda-e-novo/#comment-582004

  24. Acho que é uma estratégia da Globo plantar notícias absurdas contra Lula/Dilma para provocar por parte de Lula/Dilma, uma reação contra a própria Globo. E aí, a Globo, junto com a Veja, Folha de S. Paulo mais o Estadão, saem contratacando dizendo que esta havendo uma perseguição geral à Imprensa por parte do PT, e não, perseguição dirigida apenas à revista Veja…

  25. A Presidenta Dilma e o ex-Presidente Lula já estão escolados com o PIG. Eles estavam muito distantes naquela noite de estréia do documentário. Os dois, lado a lado, bastante “enburrados” uns com os outros, né não? Tinha acabado de brigar. São ótimos atores os dois. Interpretam bem a novela escrita pelo PIG Global.
    A vingança é um prato frio. E vão comer esse prato frio, pelas beiradas. Vão cercar o PIG, deixar o PIG morrer pela boca, pois no tempo certo tudo será esclarecido a respeito dos grampos. O PIG está nas cordas.
    E a Presidenta se manterá convenientemente “distante” da CPMI.

  26. Prezados Senhores,

    Gostaria de saber quem é o patrocinador do seu Blog? Será que são a estatais do dos aloprados petistas?Não vejo nenhuma moral de vocês criticando a mídia, principalmente a Revista Veja, a mais combativa do Brasil. O fato de não ficar bajulando o chefe da quadrilha, chamado de josé ética dirceu, é bombardeada pelos os mensaleiros do petê e seus bajuladores, financiados com dinheiro público. No meu entender, até hoje a pior desgraça que se instalou no governo, chama-se petê e seus melsaleiros bandidos, tais como: Ex josé genoíno, antonio paloffi estrupa sigilo bancário de caseiro miserável, martaxa relaxa e goza suplicy, eduardo defensor de terrorista italiano, angela da pizza no congresso, professor bandindinho, jão paulo cunha de osasco, silvinho land rover, delúbio, gilberto assassino do prefeito celso daniel, sombra, lulla nove dedos e tanto outros canalhas pertencentes ao partido da mentira e da safadeza, que estão saqueando os cofres públicos há mais de nove anos. Finalmente espero que no julgamento do MENSALÃO no STF estes bandidos seja todos presos. Cadeia NELLES! Parabéns a conceituada REVISTA VEJA.!
    Abs,
    Ilson de Pádua

Trackbacks

  1. Globo aposta em desinformação e inventa briga entre Lula e Dilma … | Via Media
  2. Globo aposta em desinformação e inventa briga entre Lula e Dilma

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.