Pesquisa mostra que país apoia a CPI da Privataria Tucana

Nas últimas duas semanas, vem sendo cada vez mais comentado o roubo de dinheiro público durante o processo de privatização de empresas estatais conduzido pelo primeiro governo Fernando Henrique Cardoso, roubo esse que se deu através de pagamento de propinas a figuras-chave do governo tucano, figuras entre as quais se destacou o ex-ministro do Planejamento José Serra.

Esse debate, desencadeado pelo livro-bomba A Privataria Tucana, vai crescendo devido a uma sensação da sociedade que a obra, por se concentrar mais no aspecto criminal, não aborda adequadamente. Refiro-me à sensação que o brasileiro tem de estar pagando até hoje pela forma desonesta com que o patrimônio público foi entregue a grupos econômicos nacionais e estrangeiros.

Antes que digam que inventei esse sentimento anti privatizações que há no Brasil, informo que essa afirmação se sustenta na última pesquisa sobre o tema que foi divulgada publicamente e que foi feita em 2007 pelo instituto Ipsos sob demanda do jornal O Estado de São Paulo.

Segundo a pesquisa, a maioria dos brasileiros (62%) é contra a privatização de serviços públicos. Apenas 25% aprovam. Isso ocorre devido ao povo achar que os serviços prestados à população em telefonia, estradas, energia elétrica e água e esgoto pioraram.

Detalhe: as mais altas taxas de rejeição (73%) apareceram entre os que têm nível superior de escolaridade e nas classes A e B.

Mas nem seria preciso que a pesquisa fosse feita. O tema privatizações veio à baila em 2006, durante a disputa eleitoral entre Lula e Geraldo Alckmin, e voltou à ribalta na disputa do ano passado, entre José Serra e Dilma Rousseff. Nas duas oportunidades, candidatos do PSDB, hoje visto como o partido das privatizações, tentaram se desvincular dessa pecha negando até a morte que pretendiam privatizar mais alguma coisa.

O livro sobre a privataria tucana mostra que nem sempre foi assim. A certa altura dos primeiros capítulos, o jornalista Amaury Ribeiro retrata as cobranças que a imprensa fazia abertamente ao governo FHC para que privatizasse mais rapidamente o que aquela mesma imprensa trataria de comprar, sobretudo na telefonia, e como ele dava garantias públicas aos futuros compradores da mamata de que privatizaria “tudo que fosse possível”.

Mas por que os brasileiros, que em meados dos anos 1990 apoiavam a venda indiscriminada de patrimônio público, passaram a ter tanta ojeriza à simples menção a privatizar qualquer coisa?

Garanto que não foi por falta de propaganda positiva alardeada pela imprensa desde antes de a privataria ser desencadeada no início dos anos 1990 pelo governo Fernando Collor de Mello. De lá para cá, incontáveis falácias foram despejadas sobre a sociedade para vender as privatizações como “modernidade” e para demonizar o papel do Estado na economia.

Tente se lembrar, leitor, de quantas vezes você já leu ou escutou frases como essa:

“A privatização nos permite ter hoje telefones à disposição de todos, quando antes telefone era coisa de rico, declarada até no imposto de renda.”

Tremenda empulhação. O que ampliou e barateou a oferta de linhas telefônicas foi a tecnologia. Nos anos 1990 houve uma revolução, um salto tecnológico sobretudo devido à fibra ótica. É o bom e velho efeito vídeo-cassete, em que o desenvolvimento tecnológico vai reduzindo preços. Quanto custava um notebook há alguns anos e quanto custa hoje?

Também dizem que havia que privatizar porque o Estado não dispunha de recursos para ampliar a rede de telefonia, para expandir a distribuição de energia elétrica ou para melhorar as estradas. Outra falácia. O livro do Amaury Ribeiro mostra que quem bancou a privatização foi o Erário, via financiamentos do BNDES aos clientes da privataria, e que as empresas foram pagas com moedas podres, isso quando os compradores desembolsaram alguma coisa.

Mas a grande rejeição mesmo se dá no que diz respeito às tarifas. O governo FHC chegou a multiplicar por cinco de forma a tornar as estatais mais atraentes aos grupos nacionais e estrangeiros que comprariam aquela pechincha, grupos entre os quais, não me canso de repetir, estiveram os grupos de comunicação que até hoje defendem processo em que compraram tanto por tão pouco.

Outra grande razão da rejeição tão maciça da sociedade à privataria tucana, fenômeno que foi preponderante para afastar os tucanos do poder nas três últimas eleições presidenciais, reside nos abusos que empresas de telefonia e de energia elétrica, entre outras, praticam contra os consumidores.

Quem são os campeões de queixas em órgãos de defesa do consumidor se não as empresas concessionárias de serviços públicos como telefonia ou energia elétrica? Quem não passou por constrangimentos, por danos morais e materiais exasperantes nos call centers dessas empresas? Quem já não foi tratado como um idiota, sendo obrigado a ficar até mais de uma hora ouvindo musiquinha no telefone antes de a ligação cair?

O brasileiro, como a mídia não informa, não sabe que a telefonia de seu país é a mais cara do mundo, como mostra o índice de Paridade de Poder de Compra que é calculado pela União Internacional de Comunicações (UIT) em 159 países, um índice em que o Brasil aparece no último lugar. Mas este povo pressente isso, pois todos sabem quanto da renda pessoal comprometem com telefonia.

Um pacote médio de 25 minutos de chamadas e 30 torpedos sai a US$42,00 no Brasil, a US$14,8 na Suiça e a míseros US$1,00 em Hong Kong. A situação também não é muito melhor na telefonia fixa, em que a média mundial do pacote básico custa US$9,00 enquanto que, no Brasil, custa US$13,4.

Temos a telefonia tão cara até hoje porque os contratos firmados por FHC e Serra não podem ser quebrados. Como aumentaram em até 500% o preço das tarifas e combinaram com os clientes da privataria taxas de reajuste leoninas, o país paga mais caro e continuará pagando, pois o governo rever esses contratos é considerado “crime hediondo” pelos “mercados”.

E nem vou falar nos pedágios para não irritar muito o leitor, que ainda deve estar sendo assediado pela reflexão que este impiedoso blogueiro lhe provocou ao lembrá-lo da tortura dos call centers, daquela musiquinha que é um verdadeiro crime contra os direitos humanos, dos atendentes treinados para tornar penoso ao consumidor requerer e cobrar seus direitos.

A mídia, devido aos negócios da China que papai FHC e titio Serra lhe propiciaram, diz que o povo é burro e mal-agradecido por não saber avaliar essa beleza de telefonia, essas estradas privatizadas com seus pedágios baratinhos, essas distribuidoras de energia elétrica que jamais nos deixam noites seguidas no escuro, nos verões.

Tudo isso acontece, meu indignado leitor, por falta dos investimentos com os quais se comprometeram os que compraram o patrimônio público a preço de banana. Investimentos, aliás, que foram o mote da privataria…

Se fizessem uma pesquisa para saber o que o povo acha de uma CPI que investigue a origem desses tantos dissabores que lhe infernizam a vida até hoje a fim de descobrir quem ganhou, quanto ganhou e como ganhou com seu sofrimento, por certo o resultado seria igual ao da pesquisa sobre a qualidade e os custos dos serviços privatizados divulgada pelo Estadão. Alguém duvida?

Tags: , , , , , , ,

76 Comentário

  1. P/ o desespero da oposição, Lula é o mais lembrado depois de Jusus Cristo no Brasil, de acordo c/ Giocometti Comunicação. A pesquisa considera: líder aquele que possui, principalmente, talento (37%); humildade (20%); exemplo de vida (12%); fé (12%); persistência e garra (11%); e solidariedade (9%).
    Vamos enviar p/ certos pessoal da midia como presente de natal

    • Vai lamber sabão rapaz.. !! Tá querendo o quê ?? Dar munição pros bandidos da oposição usarem contra nós ao dizer que o povo considera o ex-presidente superior a Deus e a Santíssima Trindade num país de forte base cristã ?? É cada absurdo que aparece de vem em quando…Vê se usa o bom senso antes de escrever..

      • André, O que informei está em varios sites e se fosse assim a midia teria se repercutido. Há uma grande diferença entre as palavras, DEPOIS e ANTES ou acima e abaixo (na lingua portuguesa) de acordo c/ a publicação que não seria idiota de afirmar algo que não seria real e não é o como você interpretou (SUPERIOR ) o que eu publiquei. veja em : http://dialogospoliticos.wordpress.com/2011/12/23/lula-silvio-santos-e-ivete-sangalo-sao-as-personalidades-mais-admiradas-pelos-brasileiros/

      • Eu por exemplo lembro primeiro de Lula!!!!

        Não foi ele que foi crucificado e morto pelo PIG? Que ressuscitou após a terceira eleição (terceiro dia), depois subiu aos céus, governou o Brasil durante oito anos. E agora e está sentado à esquerda de Deus olhando por todos nós brasileiros?

        Feliz Natal à todos! Que neste dia 25 de janeiro nasça novamente o nosso menino Luiz Inácio para dar esperança ao povo brasileiro, enquanto não vier a Ley de Medios, a CPI da Privataria e a limpeza dos nossos órgãos de Justiça (STF, STJ e outros locais onde as elites bandidas têm facilidades).

        • Parece que a falta de bom senso vem as pencas. Só de repercutir uma bobageira dessas um cidadão mereceria reprimendas. Boca fechada além de evitar a entrada de mosquitos evita a saída de coisas piores…Comparar Lula a Jesus Cristo..?? Pelo amor de Deus, vai ser pato assim lá nas quintas…

          • Por causa de frases mal faladas muita gente perdeu o emprego e a carreira. Lembro de um grupo de Rock de Liverpool cujo integrante soltou uma frase aproveitada fora de contexto e, má utilizada, esta frase rende até hoje. O próprio Lula de quem eu era opositor e hoje sou fã de carteirinha seria o primeiro a jogar no lixo o viés espiritual deste tipo de verificação..Qualquer pessoa que tenha feito um único questionário de pesquisa que seja sabe a má fé e a malícia deste tipo de verificação. Por isso desejo um feliz natal a todos e deixou um pedido na meia para que o Papai Noel ensine a qualquer um que ler esta mensagem de que qualquer comparação de Lula a qualquer ser espiritual ( do Nosso Senhor ao asmodeu de casco partido ) é sacanagem pura e simples.. Não caiam nessa em nome de Jesus..

          • Qual é o problema da comparação? Não vejo problema nenhum!

            Tanto Jesus como Lula foram humilhados pelas elites, tanto Lula como Jesus deram a resposta às elites.

            Deixa deser sectário e preconceituoso!

            Viva Lula por melhorar a vida dos brasileiros!!!!

            Chiiiii….já ía esquecendo! Feliz Natal, dia em que o menino Jesus nasceu lá em Belém!

  2. Punição para os PRIVATAS DO CARIBE! DEVOLUÇÃO DE TUDO QUE NOS ROUBARAM!!

  3. Excelente…. daqui a pouco vai aparecer algum direitóide de plantão dizendo que o “serviço privado” é melhor que o público, que está tudo bem com as privatizações, que a Vale é a maior do mundo, que o telefone antes era caro, blá-blá-blá…. ou seja, vão falar coisas já manjadas e totalmente refutadas. Esse povo não se cansa de defender o mercado a todo custo, mesmo que haja prejuízo para eles mesmos.

    • Reducionismo barato de gente ressentida!

      • Reclame com o Estadão. Quem mandou fazer a pesquisa? Essa gente “ressentida” representa “só” dois terços dos brasileiros. Aliás, quem tem motivo para ressentimento é essa direita demente que há três eleições presidenciais leva um chute do povo na bunda

        • “… essa direita demente que há três eleições presidenciais leva um chute do povo na bunda.”

          Essa frase sintetiza todo o meu sentimento quando vejo a “gentalha cheirosa” a “vomitar sandices” nas conversas regadas à bebidas e salgadinhos finos.

          • Depois da Privataria Tucana – A BALA DE PRATA – em 2012 fecharemos o caixão do PSDB e DEM. Melhor jogar cimento em cim para não ter perigo de voltarem.

    • Sávio você parece estar falando de um cunhado meu.
      É um “baba ovo” do “milagre” dos telefones.
      Falou.

  4. Já pensou o que esse senhor (junto com os seus aliados na mídia) estariam planejando para o Pré Sal, se por um infortúnio do povo brasileiro, êle ganhasse as eleições?

    • pergunte ao Wikileaks

      • Estranhei a aspereza, da sua resposta. Deve estar postada em local errado.

        • Não caro Andres, permita-me responder pelo Edu. O Wikileaks realmente sabe a resposta a pergunto do colega comentarista.
          O Serra prometeu entregar o pré-sal à Chevron. Está registrado

          • Sim, Juliano, eu sei. Só achei que o Levy fez uma pergunta retórica, por isto a minha estranheza. Tudo bem, foi questão de interpretação, só isso.

            Valeu companheiro, um abraço, saúde e boas festas.

    • Levy, no período eleitoral, o Zé Serra se comprometeu com as petroleiras estrangeiras, caso fosse eleito, a revogar o novo marco regulatório da exploração de petróleo implantado por Lula, segundo informou, depois da eleições, o sitio Wikileaks.
      Portanto, meu caro, não é questão de imaginar o que ocorreria com o pré-sal se o COISO fosse eleito, era fato consumado.

  5. Até no PIG os comentarisas de seus blogs estão 100% com a Calmon.

    • Quem quer transparencia e justiça para TODOS:

      #EuApoioElianaCalmon

    • Calmon:> Promotora tipo Protógenes e De Sants.
      Se ela estivesse na procuradoria geral da república, já estariamos vendo o “Pivataria” sendo levado a sério.
      Já teria gente internado em casas de saúde, dizendo-se doente de.. Sei lá o quê.

    • Luiz, se a Dra. Calmon estivesse na PGR, hoje teriamos gente voando para o exterior.
      A Dra. Calmon é uma espécie de Protógenes Queirós, vai fundo.

    • Vida longa a essa mulher, e que ela ocupe cargos vitais para limpeza de corrupções.

  6. A questão da telefonia costuma ser sempre lembrada pelos que defendem os roubos, digo, as privatizações. Mas, independente de se saber se foram as empresas privadas ou a tecnologia a responsável pela popularização da telefonia, isso não esconde os fatos denunciados pelo livro da privataria. Sei que parece quase inútil dizer isso pra alguns dos facínoras que gostam de avacalhar este blog, mas ninguém disse que a luta seria fácil… Uma das coisas mais interessantes produzidas pelo desbloqueio das informações trazido pela internet, foi justamente possibilitar – de certa maneira, pois a maioria é anônima – o “desmascaramento” dos reacionários de plantão.

  7. São asquerosas as conversas reveladas na página 73 de “A Privataria Tucana” entre Mr. Big, FHC e o Presidente do BNDES e posteriormente Ministro das Comunicações, do FHC, Luiz Carlos Mendonça de Barros.

    Não as reproduzirei aqui afim de que quem ficar curiosos e não ter ainda comprado o livro, que o compre para saciar a curiosidade.

    • Não li, e não gostei.

      • previsível

        • Edú, foi muito bom encontrá-lo e a tantos companheiros no debate sobre o “Privataria Tucana”. Senti-me como nos atos que se faziam pela Anistia, pelas Diretas Já, batalhas históricas que uniram o povo brasileiro – e todas começaram com menos gente, sem internet para mobilizar, etc.
          Não dá para desanimar com este País enquanto tivermos pessoas como você, o Miro, o PHA, o delegado Protógenes, o Amaury Ribeiro Jr, entre vários outros que são referências no atual momento da luta democrática. Sim, porque Democracia mesmo só teremos quando a ditadura midiática for derrubada. E ela será.
          Um grande abraço, à sua digna Família, ao Donizetii e todos do MSM. 2012 será um ano de muita luta, mas certamente terminaremos num estágio mais avançado, com um País ainda melhor, mais justo e democrático. São meus votos também aos seus milhares de leitores.

      • Isto sim é uma reação de uma pessoa ressentida com a eleição de Lula e depois da Dilma.

        Tu preferes que o Pré-Sal esteja nas mãos da Chevron, conforme a promessa feita pelo Cerra!

        Aliás o Cerra é um outro sujeito ressentido e pelas mesmas razões que você, Décio – Atibaia/SP!

      • Décio.
        Não precisa ler, se não quer.
        Deixa prá lá. Um dia você vai ver sentir sem precisar ter lido, tudo que o Amaury revela (documentado).

    • Gerson,eu que te vi pela internet na quarta feira no debate do Inst. Barão de Itararé,pela sua foto te imaginva um senhor,cara (desculpando a intimidade) tu é um quase adolescente.Este teu” cahpéu” me lembra meu avô,pernanbucano,caixeiro que andava pelas caatingas,e que chegou a conhecer Lampião e seu bando.

      • Também reconheci o Gerson, “cabra da peste” pelo chapéu. Foi você que disse a frase do dia segundo o PHA?:
        “O livro do Amaury provou que a não propaganda (do pig) é a alma do negiócio”

  8. Que venha a CPI pra limpar as entranhas do nosso País.

  9. A prova mais cabal de que as tarifas das PRIVATIZADAS são um absurdo, está nas escolas públicas, onde a grande maioria dos alunos possuem telefone celular do tipo “pai-de-santo”, que apenas recebem chamadas!!! E as APMs precisam gastar uma fábula todos os meses em ligações, para que as diretoras possam falar com esses pais!!!

  10. Éfeagágá e Serrá… dois bão de enterrá…

  11. Estava inspirado, einh, Edu? Falaste tudo o que é preciso sobre a privataria. Menos o fato de que a light privatizada explode bueiros na cabeças de nós cariocas.
    Alias a privatização da light tem coisas para lá de esquisitas. Tipo a cemig foi privatiza em Minas e depois comprou a light no Rio(!?). É ou não um esculacho com o povo fazer essa lambança com serviços públicos tão essenciais?

  12. CPI já!!!!

  13. Não farão essa pesquisa ,mas todos sabem a resposta.

  14. É interessante notar o seguinte: antigamente, a linha telefônica custava uns 3 ou 4 mil dólares, já que comprávamos as ações da telesp junto com a linha. Essas ações valorizavam e representavam um patrimônio do indivíduo – patrimônio que foi simplesmente roubado pela privatização, mas deixemos isso pra lá agora.

    As tarifas eram baratinhas, e praticamente não se gastava nada pra usar o telefone, à época.

    Hoje, a linha telefônica tem custo desprezível, mas o custo das ligações éimenso. Facilmente gasta-se 200 ou 300 reais por mês, especialmente com os celulares.

    Pois bem, considerando que o dólar vale basicamente 2 reais, conclui-se que apesar de não gastarmos nada pra adquirir uma linha, em menos de 2 anos de uso já pagamos o que teríamos gasto com a linha telefônica antigamente.

    Menos as ações, é claro.

    Então, quem disse mesmo que o telefone ficou mais barato?

  15. Segundo o Art. 173 da Constituição, as empresas públicas e sociedades de economia mista que explorem atividade econômica não gozam de privilégios fiscais, ou seja, pagam impostos, mesmo sendo estatais. O Banco do Brasil, pro exmplo, paga impostos ao governo. Portanto, esse negócio de dizer que as empresas privatizadas passaram a pagar impostos em virtude da privatização é mentira e empulhação da grossa,

  16. Fim da linha para Cerra…que venha o próximo.

  17. Vocês viram o “ético” deputado Tucano que queria demitir todos ministros da Dilma? O mais engraçado foi ver-lo correndo e se escondendo dos microfones do PIG.

    Covardia é coisa corriqueira entre os tucanos.

    “O deputado federal Duarte Nogueira (SP), líder do PSDB na Câmara, paga com dinheiro público um motorista particular que atende a seus filhos no interior paulista…”
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/1024869-deputado-tucano-paga-motorista-com-verba-publica.shtml

  18. Vocês viram o “ético” deputado Tucano que queria demitir todos ministros da Dilma? O mais engraçado foi ver-lo correndo e se escondendo dos microfones do PIG Globo.

    Covardia é coisa corriqueira entre os tucanos.

    Deu Na Foia, também:

    “O deputado federal Duarte Nogueira (SP), líder do PSDB na Câmara, paga com dinheiro público um motorista particular que atende a seus filhos no interior paulista…”
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/1024869-deputado-tucano-paga-motorista-com-verba-publica.shtml

  19. Protocolar a CPI foi o primeiro passo importantíssimo que o Protógenes iniciou.
    Agora a Blogosfera tem que mais uma vez mostrar sua força, e pressionar os congressistas a abri-la agora em 2012, não dando espaços a possíveis negociatas.

    O pau vai comer.

    Feliz Natal a Todos.

  20. Eu também apoio, e dou de presente esse arquivo para todas saberem quem é quem nesse Brasil.

    http://lulzsecbrazil.org/policia-federal/

    • Capivara.
      Creio ser interessante gravar rapidamente os 3 sites que você informou, antes que tirem do net.
      É muito bom saber tudo aquilo. Eita internet poirreta, sô!

  21. O meu exemplar de “A privataria tucana” chegou hoje no final da tarde. Agora vou ler com cuidado, embora há anos já soubesse da safadeza desse pessoal do PSDB e da sua política neoliberal. Portanto, não terei ali muitas novidades, a não ser conhecer o estilo literário do Amaury e conhecer a documentação apresentada. Votei na Dilma (e sempre votei no Lula) e tenho restrições quanto ao seu governo, mas isso não significa arrependimento. Os embates devem acontecer sempre, com a união dos trabalhadores em busca de verem seus interesses atendidos. Quem está no governo vive entre pressões, e cabe a nós pressionarmos no sentido de desviarmos rumos indesejados na política. O cara que concorreu com a Dilma (não gosto de pronunciar nem de escrever seu nome) seria um desastre no comando do país. Disso eu não tenho ainda qualquer dúvida.
    Abraços e bom natal a todos da blogosfera. Espero que 2012 seja O ANO!

  22. Eduardo.
    Em fevereiro quando se abrem os trabalhos legislativos, já teremos muita gente dizendo que leu e aprova o
    “Privataria”. Quero ver essa CPI instalada e seus desdobramentos. Até lá a mídia já verteu sangue.
    Viva a nossa internet. Que ninguém se meta à frente. Será pisoteado.
    Não canso de aplaudir seus textos. Cada vez mais contundentes e esclarecedores

    • Um leitor desse blog, que nao lembro o nome, pois sao tantos… sugeriu que cada cidadao indignado com o processo de privataria acontecido naquele periodo obscuro quando nao tinha internet, que imprimisse apenas 10 copias apoiando a CPI DA PRIVATARIA e colocasse em 10 pontos de onibus de sua cidade. Certamente isso teria uma repercussao enorme nas classes mais pobre do pais que nao tem internet ou que nao conhecem, ainda, o blogosfera. Classe essa que recebem, diuturnamente, atraves da TV-PIG , as informacoes deturpadas e que sedimentam em suas mentes que o governo é corrupto e nada faz. Pois raramente aparece nos noticiarios algo que o governo faz e ainda, com criticas.
      Alguem mais chegado a escrever e que tem conhecimento profundo das maracutaias da imprensa-PIG, poderia elaborar um texto curto mas de grande repercussao para que, na época mais propicia sejam colocadas nesses locais. Seria fenomenal. Brasil inteiro fazendo isso,

  23. Mais um texto excelente, Eduardo. E, aproveitando: vamos lá, Calmon, não desista, aos poucos, a sociedade já começa a se movimentar e a apoiá-la.

  24. Mais um ótimo texto.

    Quem acompanha o Eduardo há alguns anos percebe como ele melhora, evolui constantemente.

    Dias destes, segui um link e fui dar no site Comunique-Se, lá, na matéria, citava o Eduardo como sendo jornalista. Sabemos que o Edu não é jornalista profissional, mas quantos jornalistas hoje fazem textos tão bons?

    Os jornalistas do PIG são amordaçados, paus mandados dos donos, medíocres até a medula.

    Por não ser profisssional e por ser livre é que consegue fazer matérias com abordagens diferentes e inovadoras.

  25. E a privatização dos aeroportos, será que vai ser boa? E a participação do BNDES no JBS, está transparente?

    • Que privatização dos aeroportos?

      E mesmo que fosse uma privatização, vc entende que há uma diferença imensa entre um aeroporto e uma Vale?

      Ou preciso desenhar?

      • Qual destas empresas fornece mais cabide de emprego? Se quiser, pode desenhar!

        • E que raio cabide de emprego tem a ver com a questão?

          Repetindo: os aeroportos não serão privatizados.

          E aeroportos não são a Vale.

          Pelo jeito, nem mesmo isso seu pequeno cérebro é capaz de processar sem surtar e repetir trechos aleatórios do manual do privata tucano e trouxas simpatizantes.

          Aliás, até parece que “cabide de emprego” é uma espécie de força da natureza, a qual somos incapazes e impotentes pra controlar e cuja única solução é extinguir as empresas.

          Conclusão irracional de quem quer moldar a realidade à própria ideologia.

          • Me fala uma coisa, como é a atual divisão acionária da Vale?

            E da MMX?

            O que é melhor, o BNDES encher o bolso do Eike Batista, que vende sua concessão ou sei lá que nome tem essas minas do DNPM para a Anglo-American (Projeto Minas-Rio).

            O que é melhor?

            E qual é mesmo o eufemismo para a privatização dos aeroportos… concessão à iniciativa privada?

            Achei que a infraero tinha competência para a gestão dos aeroportos…

          • Mais blablabla que não tem nada a ver com o que está sendo discutido. Típico.

            E concessão não é eufemismo para privatização. Se vc não sabe, vá se informar. Não há transferência de propriedade, ponto.

            Deu pra entender, ou precisa mesmo desenhar?

            Sua tentativa patética e infantil de transformar uma coisa noutra apenas para sustentar sua falta de argumento não funciona pq é uma bobagem imensa.

            simples assim.

  26. Edu,

    não sei onde li, e não tenho certeza da fonte; ao que me lembro foi um engenheiro da antiga telesp falando sobre como era a empresa antes da privatização.

    O que me lembro de mais grave deste texto é que as empresas que arremataram as estatais de telefonia estavam desesperadas por isso – leia-se Telefonica – uma vez que precisavam se desfazer de equipamentos digitais já obsoletos.

    Logo, todo investimento que fizeram na ampliação de linhas telefônicas foi em cima de equipamentos de segunda mão, verdadeiras centrais digitais de araque (por isso o serviço é tão ruim).

    Abraços

    T

  27. Lamento ainda ter que freqüentar, por um tempo, o portal UOL _ Folha, até que surja um alternativo que me permita obter informações importantes fora do espectro político da ditadura midiática imposta por meia dúzia de déspotas da grande mídia. O UOL é uma das pérolas do PIG, Partido da Imprensa Golpista, ou do PDB, Partido da Dita Branda, da ditadura soft, hoje mais atuante do que nunca. Jornali$tas, blogueiro$ e coluni$tas chapas “Frias”, chapas “privatas” ou “privadas” ali se esmeram na tentativa de, unidos aos seus congêneres da “globo” e da “veja”, perpetuarem um dos tipos de ditaduras, ainda remanescente, o tumor não removido que bloqueia o acesso à informação verdadeiramente isenta à qual a concessão pública nos confere como direito.
    Procuro a notícia sem viés partidário e sem ligações tortuosas com aqueles que simplesmente depenaram o patrimônio público ao longo dos 8 anos do reinado demo tucano no Brasil e não encontro uma só menção. Só vejo ali críticas, ataques, a um dos lados, o do governo federal e a uma certa linha de partidos. O Brasil acaba de sofrer, às vésperas do Natal, o impacto de um livro que tem a potência de alguns megatons. O livro, ao que parece, em uma semana virou best seller, e deu origem, em tempo recorde, à formação de uma CPI que deverá ser instalada, com o apoio de mais de 200 assinaturas. Mas isto não é notícia em toda a “privata” mídia. Graças, somente, aos comunicadores “chapas brancas” ou “sujos” , fica-se sabendo daquilo ao qual a ditadura remanescente dos “limpinhos” e “cheirosinhos” impõe censura, pelo silêncio dos que trabalham nos aparelhos de dominação midiática, os que têm o dever de informar mas que não o fazem, submetidos ao poder opressor da organização mídiática “privada” que lhes dá emprego ou transformados em jornali$tas “chapas suspeitas”, cujas manobras diversionistas, pela via da comunicação de massa, são patrocinadas a peso de ouro pelos ditadores , donos da mídia.

    Aí tem coisa. Se a grande mídia não dá um pio é porque tem culpa no Cartório.

    A mídia que aí está não noticia o Brasil sem cortes. O seu silêncio inexplicável remete a se suspeitar de que trabalha para sustentar a roubalheira de uma das vias partidárias que se apossou do país no passado, negociata da qual os donos dos meios de comunicação poderão vir a ser desmascarados e denunciados, como cúmplices. Daí o silêncio tão eloqüente que acaba por torná-los suspeitos. É como se o mais importante fato político do país em 2011 não existisse, a CPI da Privataria Tucana.

    Agora estão a denunciar como corruptos determinados juízes que buscam limpar o judiciário. Por outro lado estão a poupar aqueles conhecidos por soltarem pessoas poderosas condenadas por roubo do patrimônio público (ex.: aquele a quem o maior dos suspeitos chamou de “meu presidente”). Porque será? Será que estão a se precaverem de uma possível condenação futura? O UOL mostra uma charge em que Lula, Dilma e mais um outro que não lembro, são avacalhados. JSerra, suspeito de ser o privata rei nem sequer é mencionado. Quanto respeito para com aquele de quem se diz costumar pedir a cabeça dos jornalistas que contrariam os seus interesses.

  28. Fico pensando como seria a gestão e o custo das telefônicas na mão destes que hoje representam o povo brasileiro e a três eleições se mantém no poder, pelo visto não seria melhor do que hoje temos na mão da iniciativa privada, pois para eles existe uma carência de gerenciamento e planejamento profissonal (falta competência, capacidade de dicernimento e vergonha na cara) que defendem a coisa pública como do povo e usam como particular, isto tudo, fruto ganância e do patrimonialismo de conchavos para compor o governo de sangue sugas e incopetentes.
    Tomemos com exemplo, empresa que era orgulho do povo brasileiro a ECT – Empresa de correios e telegrafos, o que fizeram dela??? hoje nós somos atendidos com desleixo e desrespeito pelos seus funcionários que são comandados por corruptos de grande quilate.
    O que seriam dos bancos estaduais privatizados na mão desta turma, pois na mão do governo os bancos sempre deram prejuízo (muito emgraçado isso), por que os políticos tomavam conta da direção e o funcionários (concursados e etc, e tal) cuidavam e mimavam a burocracia de forma interesseira e corporativa. Concluindo entregando algumas estatais de graça já esta de bom preço… pois não precisamos carregar nas costas empresa inoperantes e verdadeiros cabides de empregos com os impostos que entregamos a estes vigaristas e cafetões do povo (quase 5 meses de nossos salários)… Olha que fica mais em conta e barata para o povo brasileiro

  29. É evidente que não! Como já disse aqui várias vezes : Privatizar é um crime horrendo! Significa entregar o controle, e portanto o planejamento, de atividades e riquezas coletivas, que afetarão a vida de toda a Sociedade, a capitalistas em nada comprometidos com o interesse público, retirando esse controle das mãos do ente público estatal, no qual os cidadãos têm interferência e poderiam participar das decisões que afetarão seu destino. Foi o que os canalhas do PSDB fizeram ao entregar o patrimônio nacional, tanto em empresas estratégicas como nas riquezas que essas emrpesas administravam, a capitalistas nacionais e estrangeiros, a preços risíveis(“acordados” graças às fortunas em propinas que os tucanos receberam), permitindo assim que setores essenciais para o desenvolvimento nacional ficassem nas mãos de exploradores, abortando o controle, as decisões e o planejamento do futuro do Brasil das mãos de seu povo. NUNCA HOUVE NADA POSITIVO EM PRIVATIZAR. Para Justificar esse roubo empreendido contra o Brasil, o canalha FHC descapitalizou as empresas estatais, criando o falso mito de que seriam deficitárias, retirando-lhes recursos de caixa para gerar o superávit primário, e com isso atendendo aos desejos do FMI, a quem servia caninamente, e ao mesmo tempo inviabilizando o funcionamento dessas empresas, tentando com isso maquiar o crime que cometeria em breve. TAMBÉM É MENTIRA QUE AS PRIVATIZAÇÕES PERMITIRAM A AMPLIAÇÃO DA OFERTA DE ALGUNS SERVIÇOS. Como já dito no texto, foi a inovação tecnológica que levou à ampliação de serviços como a telefonia(que, com o surgimento da fibra ótica, pôde ter sua rede ampliada e barateada, permitindo sua extensão a toda a população). Para se ter um exemplo, a China, que nunca privatizou nada, oferece telefones fixos e celulares a seus mais de um bilhão de habitantes, com a vantagem de que, como o serviço continua nas mãos do Estado, o país controla toda a tecnologia a ele relecionado, incluindo-se a tão importante produção dos aparelhos, que aqui, graças aos canalhas Serra e FHC, está toda nas mãos de estrangeiros, colocando-nos numa posição de dependência, que é a pose mais desejada pelo PDSB. Sem contar o preço absurdo que pagamos por serviços, como telefonia ou pedágios, que em outros países são gratuitos ou têm preços irrisórios. TAMBÉM É MENTIRA QUE O ENTE PRIVADO TEM MAIOR COMPETÊNCIA QUE O ESTATAL. Essa é mais uma das alucinações coletivas que os canalhas da mídia tentaram enfiar nas mentes dos brasileiros. Basta que observemos o caos encontrado hoje em serviços como telefonia ou energia, nos quais capitalistas sem qualquer limitação legal nos fazem de idiotas(as “agência reguladoras” que FHC criou são uma piada), para percebermos o grau de ineficiência e bandidagem que a entrega de setores estratégicos para a Sociedade nas mãos de capitallistas, em nada comprometidos com um projeto coletivo, geram para a população. Pensemos em somente um caso, no Brasil pagamos um INTERNET caríssima, de péssima qualidade, e os capitalistas ainda têm o displante de sequer entregar aquilo pelo que lhes pagamos caro. Desafio qualquer troll reacionário que ler este texto a provar-me o contrário, mas neste país as mafiosas empresas de telefonia nos entregam uma velocidade de navegação muito abaixo daquela que adquirismos. Em suma, no Brasil se compra “x” em velocidade na web, e recebemos apena uma parte dessa velocidade pela qual pagamos mensalmente. É essa a modernidade que esses canalhas criaram, não sem antes encher o bolso de propina. É evidente que os tucanos, principalmente os chefes da quadrilha, como FHC e Serra, têm que pagar na cadeia pelo que fizeram. Da mesma forma, está na hora de a coletividade lesada pelas privatizações mobilizar-se e retomar para si o controle de seu destino, que lhe foi roubado pelos canalhas do PSDB. Para ser mais claro, está na hora de cancelarmos todos os contratos das privatizações, retomando para o Estado o controle das empresas entregues aos capitalistas. Se não bastasse o imperativo legal de que foram vendas fraudulentas(facilmente comprovável pelo valor ridículo recebido pelas empresas e agora pelas propinas que o livro de Amaury prova que foram pagas aos tucanos), há ainda a obrigação Moral de rompermos com os grilhões imperialistas que o processo de privatização(todo ele “concebido” dentro dos planos imperialistas do Consenso de Washinton)colocou num país que já há alguns anos constrói a retomada do controle do seu destino, através do progressivo rompimento com a secular exploração de sua “elite”(só em recursos, pois mentalmente são escória)canalha e dos capitalistas estrangeiros.

  30. Imagine se o SERRA, eleito,ou qualquer um destes BICUDOS apos O GOVERNO DO FHC? CAIXA,BANCO DO BRASIL.PETROBRAS,CORREIOS,PRE-SAL,AMAZONIA, tudo nas MAOS dos ESTRANGEIROS.

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.