Abaixo a corrupção da mídia

O texto a seguir será mantido em evidência neste blog até sábado, dia 17 de setembro, quando será lido pelo Movimento dos Sem Mídia durante o Ato Público Contra a Corrupção da Mídia. Se você apóia, deixe seu comentário. O manifesto será enviado à Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e Direito à Comunicação com Participação Popular, com os nomes de quem apoiá-lo.

*

Senhoras e senhores,

Estamos aqui hoje para nos manifestar contra a corrupção, mas não como aqueles que estiveram neste mesmo local no último dia 7 de setembro dizendo que se manifestavam pelo mesmo motivo. O que aquelas pessoas fizeram, na verdade, foi um ato orquestrado por grandes impérios de comunicação e que teve como objetivo favorecer partidos políticos.

Antes de prosseguir, é bom explicar que este Ato Público não pertence a nenhum partido político, a nenhum sindicato, a nenhum grupo de interesse. Foi convocado pelo Movimento dos Sem Mídia, que luta pela democratização da comunicação no Brasil, ou seja, para que essa comunicação não continue na mão de meia dúzia de famílias.

Quem são esses impérios de comunicação? São a Globo, os jornais Folha de São Paulo e Estado de São Paulo e a revista Veja e alguns outros que repetem o que eles dizem. Esses veículos estimularam a manifestação que ocorreu aqui no Masp no último dia 7 usando artigo escrito por um jornalista espanhol ligado a esses empresários de comunicação.

O jornalista espanhol Juan Arias disse que os brasileiros seriam acomodados com a corrupção porque não saem às ruas para protestar como no país dele. Escreveu aquilo apesar de que seu povo está indo às ruas porque a Espanha está em uma terrível crise econômica, com desemprego nas alturas. Os brasileiros não fazem o mesmo porque este país está indo muito bem, obrigado.

Os tais impérios de comunicação, dessa forma, passaram a reproduzir sem parar aquele texto sem sentido em seus jornais, revistas, rádios, televisões e portais de internet. Poucas semanas depois, aparecem essas manifestações “contra a corrupção” como a que aconteceu aqui no Masp no último dia 7 de setembro.

Naquela manifestação, o que se viu não foram críticas a toda corrupção, mas a políticos e ao partido aos quais as famílias Marinho (dona da Globo), Frias (dona da Folha de São Paulo), Mesquita (dona do Estadão) e Civita (dona da revista Veja) se opõem há muito tempo, ou seja, ao Partido dos Trabalhadores, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e à presidente Dilma Rousseff.

Não foi por outra razão que aquela manifestação que ocorreu há cerca de duas semanas aqui neste mesmo local tinha faixas e cartazes acusando de corrupção o ex-presidente Lula, o PT e a presidente Dilma e foi acompanhada por políticos do Partido da Social Democracia Brasileira, o PSDB. Foi um ato político disfarçado de “marcha contra a corrupção”.

Não há brasileiro que não saiba que a Globo e os outros veículos já mencionados – e alguns menores que agem sob sua influência – fazem oposição ao PT e a todos os políticos deste partido ou a ele aliados. Desde 1989, quando Lula disputou sua primeira eleição presidencial, que esses impérios de comunicação fazem isso.

E por que fazem? Porque são contra a distribuição de renda, contra a melhora de vida do povo mais pobre e a favor da corrupção, pois todos sabem que quando denunciam políticos eles são sempre do PT e de partidos aliados e nunca do PSDB e dos aliados dele. E o que é pior: só denunciam quem se vende, quem se corrompe, mas nunca quem suborna porque são empresas que anunciam nesses jornais, revistas, tevês etc.

Durante semanas, esses veículos martelaram esses atos públicos artificiais que sairiam às ruas no 7 de setembro. Com publicidade dessa dimensão sendo veiculada sem parar nas televisões, rádios, jornais, revistas e portais de internet, claro que inocentes úteis que acharam que estavam se manifestando “contra a corrupção” foram atraídos e engrossaram as manifestações.

Se quisessem se manifestar contra a corrupção, os que estiveram aqui no Masp naquele dia também acusariam o governo de São Paulo, que impede que uma única CPI contra si seja aprovada na Assembléia Legislativa, onde há mais de cem pedidos de investigação que não vão para frente porque a imprensa, diferentemente do que faz contra o PT, não divulga.

E não divulga porque o governo de São Paulo acaba de gastar NOVE MILHÕES DE REAIS comprando assinaturas da Folha, do Estadão e da Veja, por exemplo. Dinheiro dos seus impostos, cidadão, que vai para o bolso desses impérios de comunicação.

Um bom exemplo de escândalos do PSDB que a mídia esconde está nas obras do Rodoanel, contra as quais pesam denúncias de superfaturamento. Ou, por exemplo, as obras de limpeza do rio Tietê, que neste ano transbordou porque o ex-governador José Serra diminuiu aquelas obras e aumentou gastos em publicidade que infestou a tevê durante o ano passado, quando o ex-governador disputou a Presidência da República.

A corrupção da mídia, portanto, está em ela jamais expor empresas que subornam políticos corruptos simplesmente porque são suas anunciantes. Assim, atacando só quem se vende e nunca quem compra políticos, a corrupção no Brasil não diminuirá nunca.

Há, sim, escândalos e corrupção nos governos do PT, do PSDB, de todos os partidos. Por isso há que investigar a todos e não só aos inimigos políticos das famílias Marinho, Frias, Civita, Mesquita e outros empresários da comunicação que acobertam políticos amigos e denunciam os políticos inimigos até mesmo quando não há prova alguma.

Nada a espantar vindo de impérios de comunicação que ajudaram a implantar e a sustentar a ditadura militar que manteve este país nas trevas de 1964 a 1985 e que torturou e assassinou pessoas apenas porque tinham opinião política diferente.

Ser contra a corrupção é ser contra quem corrompe e quem é corrompido. É não dar propina ao guarda de trânsito, é não subornar funcionário público para ele “agilizar” aquele processo em um órgão público. Não será atacando só os políticos inimigos e protegendo os amigos que este país reduzirá a corrupção, portanto.

O Movimento dos Sem Mídia, assim, é contra TODA a corrupção e não apenas contra a corrupção de alguns. Por isso, quando você, cidadão, ler ou ouvir esses jornalistas que se vendem aos patrões dizendo só aquilo que eles querem, acusando só petistas e aliados e dizendo que não votando neles a corrupção acabará, não acredite. É tramóia.

Corrupção existe no mundo inteiro. Em governos de todos os partidos. Há que dificultá-la, mas nunca se conseguirá acabar com toda ela. Não adianta demonizar a classe política porque sem políticos não há democracia. Voltaremos à ditadura militar, a um tempo em que os políticos eram amordaçados por generais que roubavam sem ter quem contestasse.

Assim sendo, se você quer uma imprensa que combata toda a corrupção, é preciso que essa imprensa não fique na mão de meia dúzia. Nos Estados Unidos, por exemplo, um mesmo empresário não pode ter jornal e televisão na mesma cidade. No Brasil, a Globo tem tudo – jornal, revista, TV, rádio, portal de internet – em todas as cidades.

Isso se chama concentração de propriedade de meios de comunicação. O que se quer, assim, é aprovar leis que existem em todos os países desenvolvidos e que não permitem que uma Globo use concessão pública como é um canal de tevê para fazer jogo político em favor dos partidos e políticos amigos.

Esses impérios de comunicação acusam quem pede leis para a comunicação de querer “censura”. É mentira. Ninguém quer que esses impérios não falem o que pensam. Só o que se quer é que quem pensa diferente da Globo possa ir em suas tevês contradizer a família que as controla, pois a faixa de onda eletromagnética que usam é uma concessão do povo.

Isso não é e nem jamais será censura.


MOVIMENTO DOS SEM MÍDIA – São Paulo, 17 de setembro de 2011

—–

Colunista da Folha também diz que mídia protege corruptores

Leiam artigo de Jânio de Freitas publicado na Folha em 14 de julho

*

Um lado só

Parece lógico que, se um ministro cai, por indícios de corrupção, há um corruptor; mas a lógica é outra

Janio de Freitas, Folha de S. Paulo

Ainda uma vez, indícios de corrupção em obras públicas levam a um acesso de agitação noticiosa e política. Derrubam um ministro bem enraizado. Dão alguma aparência de vida à oposição. Forçam depoimentos e investigações de servidores. E sobre os que corromperam, nada.

A corrupção nas obras públicas brasileiras tem geração espontânea. É assim aos olhos dos congressistas inquiridores, das polícias, do Ministério Público, do Judiciário e do noticiário.

De certa vez, respondi em inquérito da Polícia Federal, com a presença inquiridora também de um procurador da República, a longa e insistente série de perguntas.

A razão foi a fraude em uma grande concorrência de obra pública, anulada porque o resultado foi aqui publicado, sob disfarce, com antecipação. Eram 18 grandes empreiteiras que dividiam a concorrência e os bilhões por intermédio da fraude. Pois não me foi feita nem uma só pergunta sobre qualquer das empreiteiras ou dos seus dirigentes.

Aquela foi a primeira concorrência de obra pública anulada por revelação de fraude. Foi tudo arquivado pela Procuradoria-Geral da República. Mas, bem-sucedida, a receita praticada então pelas instituições e pessoas responsáveis por moralidade administrativa e aplicação das leis ficou para as sucessivas fraudes e atos corruptores do serviço público.

Parece lógico que, se um ministro e assessores graduados caem, por indícios de corrupção, há o lado corruptor. Parece. Mas a lógica a reger tais situações é outra.
Provém, por extensão quando as circunstâncias o exigem, daquela, mais que secular, de aplicação dos ônus a um só lado: nos incidentes comuns, a punição aos humildes; nos casos graúdos, o ônus para os menos influentes ou menos afortunados.

E os empreiteiros, se você ainda não notou, com que o ganham no uso dos seus métodos estão ficando donos do Brasil: telefonia, rodovias, ferrovias, petróleo, TV, hidrelétricas, mineração, siderurgia, não tem fim.

O Brasil também está ficando de um lado só.

—–

COMUNICAÇÃO À PM DE SP DO ATO PÚBLICO

Ao

Comando da Polícia Militar da Capital/SP.

At. Ilmo. Sr. Comandante

Ref: Comunicação de realização de Ato Público dia 17/09/2011, das 14,00 as 18,00 horas, no vão livre do MASP –

Museu de Arte de São Paulo, Avenida Paulista, nº 1.578, Capital/SP

Prezado Senhor Comandante

Venho, respeitosamente, através do presente, comunicar essa D. Corporação que realizaremos, juntamente com outras entidades da sociedade civil brasileira, um Ato Público no próximo dia 17/09/2011, sábado, das 14,00 as 18,00 horas, no vão livre do MASP – Museu de Arte de São Paulo, situado na Avenida Paulista, nº 1.578, nesta capital.

A manifestação, como outras já realizadas por esta ONG na capital, terá caráter pacífico e será um protesto dos cidadãos e entidades da sociedade civil contra os grandes meios de comunicação, que não divulgam ou não dão o devido destaque contra os corruptores em negociatas feitas com a administração pública no Brasil, dando destaque apenas aos que são corrompidos por esse crime que lesa os cofres públicos e o direito dos cidadãos de terem esses recursos aplicados na educação, saúde, segurança e infra-estrutura públicas do nosso país.

O ato público também abordará como a grande midia faz denuncias seletivas visando atingir apenas determinados governos e instituições públicas brasileiras. Queremos que a grande midia fiscalize e denuncie as irregularidades, desvios ou mau uso do dinheiro público de todos os governos , sejam eles de quaisquer partidos, que haja de forma republicana e imparcial na defesa dos interesses do país e da nossa sociedade.

O ato público também apoiará a democratização e a regulamentação legal dos meios de comunicação no Brasil, hoje controlada e monopolizada por apenas 4 grandes grupos empresariais.

O Ato Público vai ser realizado apenas no vão livre do MASP, não havendo caminhada ou passeata pela via pública depois do seu final, respeitando-se o direito de ir e vir dos demais cidadãos.

A manifestação está sendo convocada pelas redes sociais do facebook e por blogs da internet e já temos confirmada a presença de cerca de 1.300 (mil e trezentas ) pessoas, podendo seu numero variar para mais ou para menos, já que a divulgação é ampla quando se trata de internet.

Atenciosamente

Eduardo Guimarães
Presidente
ONG MOVIMENTO DOS SEM MÍDIA – MSM

Tags: , , ,

528 Comentário

  1. Sem dúvida estarei no movimento, rumo ao fortalecimento da democracia em nosso país, onde a mídia atue sem-parcialidade em suas redações e ajudando no desenvolvimento de nossa nação!

    O Brasil está mudando a cada dia e todos devem abraçar a independência de nossa república.

    Até às 14h no vão livre do MASP – Museu de Arte de São Paulo.

  2. Só uma correção, não é blog do Lemos e sim blog do Sérgio Telles, um dos organizadores do ato na Cinelândia. Desculpe, mas isso é por conta da idade.

    • Foi um sucesso! 150 pessoas! Um sucesso!

      • Edu, pelo andar da carruagem voce não vair dormir esta noite, toma umas biritas num boteco aí do Perú para relaxar um pouco !

        Descansa amigo, amanhã tem mais, muito mais.

        Boa noite.

        • Viu lá no Rio, Doni? 150 pessoas!!

          • No Rio já foi bom, mesmo com pouco tempo de divulgação.

            Acho que amanhã em São Paulo pode ser melhor ainda, pelo histórico dos nossos atos públicos e pela mobilização do pessoal de sampa.

            Até amanhã.

          • Estava lá, foi um prazer fazer parte daquele coro, os oradores empolgaram, mas verdade seja dita, não tinha esse povo todo não. De qualquer forma, o recado foi dado, e os transeuntes com certeza ouviram, mesmo que trechos dos discursos, assim como os freqüentadores de bares próximos, o som estava alto e claro. Sucesso hoje no MASP! ABAIXO A MÍDIA MONOPOLISTA!

      • 150? Só? No dia 07 teve mais de 20 mil gritando contra a corrupção em Brasilia.

  3. Alguém sabe informar como foi o ato no Rio hoje??? Se compareceu um número expressivo de pessoas ou não???

    • Um sucesso! Mais de 150 pessoas em 5 dias de convocação!

    • Eu estive lá.
      Começou um pouco morno, devido à pouca divulgação, mas o mais interessante foi verificar que as pessoas que passavam pelo local, à medida em que tomavam conhecimento do assunto, se interessavam e iam se incorporando ao ato. Vários oradores discursaram e o recado foi muito bem dado.
      A impressão que ficou é que tem muita gente ávida por essa questão da mídia. O importante é o empurrão inicial.
      Parabéns a todos e muito sucesso amanhã no MASP.

  4. Apoiado!

  5. A midia golpista e delinquente,vassala dos interesses contrarios aos interesses da nação,vendida aos que tramam a traição da Patria,será calada,não agora,não nesse momento,não já.Mas será calada,porque tudo tem um tempo para acontecer.O tempo pode até estar bem proximo e está.Nenhuma flor desabrocha antes do tempo,nenhum fruto amadurece antes da hora,porque tudo está submetido às leis da Natureza.Assim sendo toda sociedade e todo empreendimento humano estão submetidos a essas leis imutaveis.O tempo dessa midia covarde soou.A derrocada teve inicio.Nada salvará essa midia lacaia da destruição,da catastrofe,posto que os decretos do destino serão cumpridos até a ultima palavra.Nós somos o futuro,nós somos a vanguarda do amanhã.O passado,com sua corrupção,com todo o seu sequito de males e horrores será sepultado.

  6. Apoiado! Abaixo a corrupção da mídia.
    Abraços … Clarice

  7. eduardo,
    veja email\ corrente, apócrifo, que esta rolando na internet.

    1 MILHÃO pessoas na Av Paulista, pela demissão da classe polític. PARTICIPEM
    Sexta-feira, 16 de Setembro de 2011 11:25
    De:\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\
    Exibir informações de contato
    Para: destinatários-ocultos

    Total apoio! Só fazendo isso pra passar o Brasil a limpo…ja estou divulgando , fazendo minha parte…(use o CCO)

    1 MILHÃO pessoas na Avenida Paulista, pela demissão de toda a classe política. – PARTICIPEM

    É…parece que o povo está acordando…
    É…o clima lembra o período que antecedeu a revolução francesa.
    O terceiro estado clama por justiça.
    Só Deus poderá nos ajudar a evitar um agravamento da questão politico-social.

    Um milhão de pessoas na Avenida Paulista pela demissão de toda a classe política (ainda sem data marcada)

    Este e-mail vai circular hoje e será lido por centenas de milhares de pessoas. A guerra contra o mau político, e contra a degradação da nação está começando. Não subestimem o povo que começa a ter conhecimento do que nos têm acontecido, do porquê de chegar ao ponto de ter de cortar na comida dos próprios filhos! Estamos de olhos bem abertos e dispostos a fazer tudo o que for preciso, para mudar o rumo deste abuso.

    Todos os ”governantes” do Brasil até aqui, falam em cortes de despesas – mas não dizem quais despesas – mas, querem o aumentos de impostos como se não fôssemos o campeão mundial em impostos.
    Nenhum governante fala em:

    1. Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, 14º e 15º salários etc.) dos poderes da República;

    2. Redução do número de deputados da Câmara Federal, e seus gabinetes, profissionalizando-os como nos países sérios. Acabar com as mordomias na Câmara, Senado e Ministérios, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do povo;

    3. Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e 3º emprego;

    4. Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de reais/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo.

    5. Acabar com o Senado e com as Câmara Estaduais, que só servem aos seus membros e aos seus familiares. O que é que faz mesmo uma Assembleia Legislativa (Câmara Estadual)?

    6. Por exemplo as empresas de estacionamento não são verificadas porquê? E os aparelhos não são verificados porquê? É como um táxi, se uns têm de cumprir porque não cumprem os outros? E como não são verificados como podem ser auditados?

    7. Redução drástica das Câmaras Municipais e das Assembléias Estaduais, se não for possível acabar com elas.
    8. Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas atividades; Aliás, 2 partidos apenas como os EUA e outros países adiantados, seria mais que suficiente.

    9. Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc.., das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País;

    10. Acabar com os motoristas particulares 24 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias… para servir suas excelências, filhos e famílias e até, as ex-famílias…

    11. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado;

    12. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc.;

    13. Acabar com o vaivém semanal dos deputados e respectivas estadias em em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes;

    14. Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós que nunca estão no local de trabalho). HÁ QUADROS (diretores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE CONSULTORIAS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES….;

    15. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir aos apadrinhados do poder – há hospitais de cidades com mais administradores que pessoal administrativo… pertencentes Às oligarquias locais do partido no poder…

    16. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o Governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar;

    17. Acabar com as várias aposentadorias por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo LEGISLATIVO.

    18. Pedir o pagamento da devolução dos milhões dos empréstimos compulsórios confiscados dos contribuintes, e pagamento IMEDIATO DOS PRECATÓRIOS judiciais;

    19. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os ladrões que fizeram fortunas e adquiriram patrimônios de forma indevida e à custa do contribuinte, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo esquemas pretensamente “legais”, sem controle, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efetivamente dela precisam;

    20. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efetivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas VALEM e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida;

    21. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos.

    22. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu patrimônio antes e depois.

    23. Pôr os Bancos pagando impostos e, atendendo a todos nos horários do comércio e da indústria.

    24. Proibir repasses de verbas para todas e quaisquer ONGs.

    25. Fazer uma devassa nas contas do MST e similares, bem como no PT e demais partidos políticos.
    26.REVER imediatamente a situação dos Aposentados Federais, Estaduais e Municipais, que precisam muito mais que estes que vivem às custas dos brasileilros trabalhadores e, dos Próprios Aposentados.
    27. REVER as indenizações milionárias pagas indevidamente aos “perseguidos políticos” (guerrilheiros).
    28. AUDITORIA sobre o perdão de dívidas que o Brasil concedeu a outros países.
    29. Acabar com as mordomias (que são abusivas) da aposentadoria do Presidente da Republica, após um mandato, nós temos que trabalhar 35 anos e não temos direito a carro, combustivel, segurança ,etc.
    30. Acabar com o direito do prisioneiro receber mais do que o salario mínimo por filho menor, e, se ele morrer, ainda fica esse beneficio para a família. O prisioneiro deve trabalhar para receber algum benefício, e deveria indenizar a família que ele prejudicou.
    Ao “povo”, pede-se o reencaminhamento
    deste e-mail.
    Se tiver mais algum item, favor acrescentar
    ”O QUE ME INCOMODA NÃO É O GRITO DOS MAUS, E SIM, O SILÊNCIO DOS BONS” (Martin Luther King)

    • esse e-mail acima é caso para a Policia Federal…

      Apio incondicional e desejo de sucesso total à Manifestação Democrática contra a Corrupção da Midia encabeçada pelo MSM!

    • No you tube há mais de uma centena de vídeos( alguns muito bem elaborados) sobre a marcha de sete de setembro, nos quais foram feitas tomadas pegando integrantes da marcha e o povo que estava nas ruas em Brasília em função da parada cívico-militar ou da Marcha dos Excluídos,dando assim a impressão de que havia uma multidão incalculável seguindo a marcha. Ressalte-se ainda que , muitos brasilienses foram a marcha sem saber nada sobre seus organizadores: queriam mais é protestar contra a recente “absolvição” da deputada Jaqueline Roriz .
      Mas no you tube não encontramos apenas vídeos da marcha em Brasília, quando pesquisamos “marcha contra a corrupção”. Há vídeos de marchas em várias cidades do Brasil, em sete de setembro. Sempre forçando a idéia de que foram muito concorridas – quando sabemos que não foi assim – usando para isso conhecidas técnicas fotográficas. Espanta o fato de serem centenas de vídeos e também a qualidade de alguns desses vídeos, que parecem feitos por quem tem conhecimento de propaganda e de produção de vídeos.
      Por outro lado, já começam a aparecer novos vídeos conclamando para a nova onda de marchas contra a corrupção que cobririam várias capitais, no próximo dia 20 de setembro e no dia 12 de outubro, marchas essas que já começam a ser amplamente divulgadas pela Globo e o PIG em geral..
      Para quem quiser armar o quebra-cabeças que permitiria entender de onde está vindo a “ideologia” e a grana para a promoção dessas marchas “espontâneas”, “apartidárias”, “cheias de moral”, vale a pena examinar essas centenas de vídeos. Em muitos deles a linguagem é muito parecida com a utilizada durante a última campanha eleitoral para presidente ou lembra os tempos pré-ditadura ou da ditadura.
      Vejam, apenas como exemplo:

      http://www.youtube.com/watch?v=idLxuw5ev8Q
      http://www.youtube.com/watch?v=KRNgqhyx8cE
      http://www.youtube.com/watch?v=JszTMKygj1c

      A referência ao grupo neonazista estadunidense Anonymous,que é dito ser criação da CIA ,aparece de forma explícita ou implícita em muitos desses vídeos.
      E aí vale assistir esse vídeo que o Spin postou aqui em comentário à postagem anterior:

      http://www.youtube.com/watch?v=nlgPHX4PI9w&feature=related

      E ler esse texto, também indicado por ele,observando as fotos e assistindo aos vídeos que estão ao final. E lendo os dois comentários,apostos ao texto ,especialmente o segundo:

      http://www.advivo.com.br/blog/iv-avatar-do-rio-meia-ponte/corrupcao-da-midia-quem-financia-o-anonymous.

      A partir disso tudo,a gente fica se perguntando: estaremos diante da tentativa de armar algo semelhante ao que ocorreu no Norte da África e no Oriente Médio, nos últimos seis meses, a chamada “primavera árabe”?
      O certo é que está se avizinhando a primavera em nossas latitudes. Acho muito prudente aprofundarmos nossas análises e mantermos o olho vivo em relação a essas “marchas contra a corrupção”, pois tudo indica que estamos assistindo a uma formidável armação de golpe nas instituições democráticas do país.

    • Estive na manifestacao e apoio a luta contra a corrupçao da midia e qualquer outro tipo de corrupçao

  8. O barulho foi feito e o recado foi dado hoje na Brizolândia.

    Começou bem tímido, mas é verdade, o que li acima..as pessoas passavam e íam parando..O microfone tava uma beleza também, batia no Municipal e subia pra toda praça (rs..)

    A fala do Guilon foi muito importante, extremamente didática, acho quer foi o melhor momento…mas destaco tb a fala do André Barros, denunciou o esquema Globo-Teixeira com muita propriedade…falou também do carnaval, da cultura popular…

    Aliás esse é um gancho incrível.. É impresssionante, quando do microfone ecoam as palavras, futebol, Maraca e as falcatruas que gravitam em torno…muita gente para, vira a cabeça, catuca o amigo e se inclina pra ver…O carioca é apaixonado por futebol! é isso..

    Sucesso amanhã!

  9. Edu, ficarei contente se vc pregar duas datas anuais para
    protesto contra a currupção da mídia.
    Fica bem melhor para arrigimentarmos os insatisfeitos que tenham visão e
    que pretendem colaborar.

    um abç.

  10. Todo apoio ao ato do MSM contra os corruptores e os corrompidos. Infelizmente não poderei estar presente,pois os filhotes, 11 e 14 anos, estão em fase de avaliação escolar e o deslocamento de Aracaju para São Paulo no momento é impossível. Mas tenho o prazer de continuar divulgado nas redes e por e-mails para todos meus contatos. Sucesso e que outros estados sigam a iniciativa. Paz e Luz!!

  11. Para complementar: Contra impérios de comunicação.

  12. Apoiado. Daqui de Natal, estarei acompanhando e torcendo.

  13. Não poderei estar no vão do Masp fisicamente, porém, estarei no movimento contra o império midiático o tempo todo.
    Obrigado Eduardo Guimarães por tudo que você faz pelo nosso País.
    Avante povo brasileiro!

  14. Minha preocupação era Chuva.

    Hoje o sol brilha para nós!

  15. Eduardo, sei que está envolvido neste encontro mas que tal postar este mega acidente na Imigrantes. Se fosse uma estrada federal o PIG chamaria aqueles “conhecedores e especialistas” em tudo. Mas o noticiário foi frio, só encontrei algo no blog do Nassif que os da direita culpam em torno de 250 motoristas pelo acidente e estranhamente até o Nassif deu um “jeito” do post sumir rapidinho. Estamos combatendo com profissionais do ramo, é preciso estar muito alerta.
    Abraços e sucesso na Paulista

  16. Segue texto bastante sintético, imprima-o e distribua-o nas ruas no decorrer deste dia:

    No Brasil a mídia é fortemente concentrada nas mãos de, no máximo, 6 grupos, sendo o mais notável a família Marinho. Ao contrário do que ocorre noutros países, por aqui um mesmo detentor de um canal de TV pode ser dono de TV a cabo, jornal, portal de internet, rádio, não havendo qualquer limite a este tipo de concentração. Além do monopólio em si, ainda há a reserva de mercado na área da comunicação, o que limita a 30% a participação de estrangeiros neste importante ramo da informação que, como se sabe, tem forte peso nos destinos da economia e da política. Esta situação compromete seriamente a nossa democracia, aina mais se sabendo que por aqui tudo pode, não havendo nem mesmo o sagrado direito de resposta previsto na nossa Constituição Federal. No Brasil os serviços de radiotelecomunicação funcionam sob o regime de concessão pública, o que obriga rádios e tvs a seguirem regras tais como qualidade, não partidarismo e imparcialidade, no entanto isso é desrespeitado a todo momento, ficando tudo ao bel prazer dos barões da mídia. Precisamos nos indignar contra este estado de coisas e fazer com que políticos, partidos, empresas, governos e cidadãos percam o medo e atentem para esta realidade. Não podemos ter medo de enfrentar este debate. Caso continuemos omisso por conta do medo de perdermos espaço na mídia ou sofrermos assassinato de reputação, este país jamais será uma grande nação. Reproduza este texto e envie para seus amigos, distribua-o nos ruas, faça alguma coisa.

    • Há uns errinhos, na hora de editar corrija-os, você pode alterar o texto de forma a inserir o que vc quiser, acabei de criar uma uma página no facebook para guardar esta versão atualizada:

      No Brasil a mídia é fortemente concentrada nas mãos de, no máximo, 6 grupos, sendo o mais notável a família Marinho. Ao contrário do que ocorre noutros países, por aqui um mesmo detentor de um canal de TV pode ser dono de TV a cabo, jornal, portal de internet, rádio, não havendo qualquer limite a este tipo de concentração. Além do monopólio em si, ainda há a reserva de mercado na área da comunicação, o que limita a 30% a participação de estrangeiros neste importante ramo da informação que, como se sabe, tem forte peso nos destinos da economia e da política. Esta situação compromete seriamente a nossa democracia, ainda mais se sabendo que por aqui tudo pode, não havendo nem mesmo o sagrado direito de resposta previsto na nossa Constituição Federal. No Brasil os serviços de radiotelecomunicação funcionam sob o regime de concessão pública, o que obriga rádios e tvs a seguirem regras tais como qualidade, não partidarismo e imparcialidade, no entanto isso é desrespeitado a todo momento, ficando tudo ao bel prazer dos barões da mídia. Precisamos nos indignar contra este estado de coisas e fazer com que políticos, partidos, empresas, governos e cidadãos percam o medo e atentem para esta realidade. Não podemos ter medo de enfrentar este debate. Caso continuemos omissos por conta do medo de perdermos espaço na mídia ou sofrermos assassinato de reputação, este país jamais será uma grande nação. Reproduza este texto e envie para seus amigos, distribua-o nos ruas, faça alguma coisa.

      http://www.facebook.com/pages/Pela-democratiza%C3%A7%C3%A3o-da-comunica%C3%A7%C3%A3o/262009777164433?sk=info

      • Luiz Gonzaga Beluzzo na Carta Maior que organizou este debate ‘Neoliberalismo, um colapso inconcluso’,
        http://dilma13.blogspot.com/2011/09/monopolio-da-midia-dificulta-saida-para.html

        “As ideias, como dizia um autor do século XIX, tem uma força material enorme – a força material das idéias dominantes”
        O problema da mídia no mundo inteiro é esse monopólio de algumas empresas que veiculam a visão dominante. Elas são a classe dominante.
        Havia debate político. Hoje você não tem debate. O que você tem é uma farsa”.

  17. Torço para que seja sucesso total.
    Outubro e Novembro estarei no Rio. Se houver alguma manifestação estarei lá, de corpo e alma.

    • Caro Alberto, vai ter um ato pelo marco regulatório da mídia no dia 18 de outubro. O Sergio Teles do Rioblogpro me informou inclusive que a mobilização terá mais tempo e infra que este de ontem, que apesar disso foi ótimo

      • Juliano.
        Obrigado pela dica.
        Espero que haja divulgação do “Abaixo a Corrupção da Mídia” no Rio via blogs “sujos”.
        O blog de Edu é o primeiro que leio todos os dias.
        Estarei lá.
        Essa iniciativa de Edu se iniciou como um “Movimento Formiguinha” desde o ato em frente à FSP. De repente, vira “Formigueiro”, vai aumentando.
        Aí, incomoda Legislativo, Executivo, Judiciário. E, quem, sabe vamos mostrar que o “Deus Mídia” está nú, nuzinho.

  18. SEMPRE….SEMPRE….. CONTRA QUALQUER CORRUPÇÃO!!!!!!!! muita vontade de estar ai SR. EDU!!! mas nem tudo que a gente quer nesta vida a gente consegue!!!!!!!!!!!!

  19. Apoio integralmente o manifesto
    E só o começo´da luta pela promulgação da Lei do Medios.

  20. Atitudes como a sua, Edu, fazem-me crer que o ser humano, a despeito de alguns cooptados, ainda pode contribuir, e muito, para a melhoria da vida de todos.

    Parabéns pela sua coragem e determinação.

    Vida longa na terra a homens de bem como você.

    Abraços,

    Renato Cortez

  21. Caro Eduardo,
    parabenizo sua brilhante iniciativa, coragem e determinação.
    Mantenha-me informado das atividades do movimento.
    Vida longa e sucesso!
    Saudações!

    Professor Toninho RIBEIRO
    Secretaria de Educação de Pacajá
    BR 230 – Rodovia Transamazônica – PA

  22. Parabéns por mais esta iniciativa, pela tua coragem, persistência e determinção. Apoio integralmente o movimento e se morasse em São Paulo, com certeza estaria presente.

  23. Não esquecer de enviar fotos da mobilização. Estou na expectativa

  24. Mesmo não estando no Brasil, apoio irretritamente o ato público.
    Torço por vocês.
    Forte abraço, Edu

  25. Prezado Eduardo: distribuí mais de 100 panfletos cujo texto enviei ontem para voce e os demais leitores tomarem conhecimento do conteúdo.A coisa saiu melhor do que o esperado, pois, a rádio católica da cidade tomou conhecimento e colocou a manchete no ar.Vale esclarecer que essa rádio tem grande audiência e alcança mais de trezentos quilômetros de raio, sendo ouvida inclusive nos estados do Ceará, Piauí, Bahia e Pernambuco.

  26. Eu apoio o movimento contra a corrupção da mídia. Faço questão de assinar o abaixo-assinado.

    • Apoio o movimento !
      Acredito que o Brasil está precisando de uma mídia menos subjetiva em assuntos relacionados a política.Além disso,movimentos populares não podem ser tratatos por ela como manifestações criminosas e motivos de alertar a política.Vivemos em um país livre e democrático !

  27. Tem meu apoio!

  28. Eduardo, estou com o Movimento. Parabéns pela resistência.
    Abraço

  29. Não vivo em Sampa, mas acompanho daqui de longe, um problema que está perto de todos nós, que frequentamos seu blog. O problema da manipulação da informação. Já trabalhei em jornal durante nove anos, como peão revisor, simples força de trabalho; Imagino o astral dos atuais Jornalistas: Revolta surda,
    insubordinação reprimida, pauta obrigatória, liberdade zero.
    Percebi a tempo, como funcionário, o que me esperava, como profissional da comunicação, e abandonei o Curso que estava fazendo.
    Gastei todos os meus circunlóquios para dizer que frequento seu blog e faço parte dos sem mídia.
    Mas participo, como você, com sacrifício daquilo que seria prazeiroso em nossa vida cotidiana, das lutas em defesa da coletividade.
    Conte sempre comigo.

  30. Eduardo,
    Aqui
    de Belém todo o nosso apoio para o movimento,
    Apoiamos o manifesto na integra .
    Abraços…

    @jurubebadigital

  31. A Marcha Contra a Corrupção está marcando ato pra dia 20, segundo Eliane Cantanhede. Vcs sabem du alguma coisa? Seria bom irmos também com cartazes denunciando corrupção nos governos tucanos! E também questionar porque o projeto de lei anticorruptores enviado pela CGU está parado no Congresso!
    Parece que no COngresso há 45% de empresários!

  32. Caro Eduardo

    Parabens pela iniciativa. Que muitas outras mobilizacoes surjam e finalmente a regulacao da midia seja discutida com a sociedade. O PIG vai tentar insistir que trata-se de censura, mas aos poucos o povo vai tomando conhecimento através, especialmente, da internet da realidade.

  33. “A mídia tem um discurso simplista, fácil e pouco racional. Diz que qualquer possibilidade de regulação é censura. Como as pessoas não têm uma elaboração maior do assunto – o qual não é debatido justamente porque a mídia não debate o tema –, acabam aceitando a posição midiática e obstaculizando o debate. Todo político que tenta propor a discussão da regulação é tachado como censor. É claro que não se trata de censura e, sim, de uma regulação para que o controle da mídia atenda ao interesse público, pois a comunicação tem que estar a serviço da sociedade. Hoje, sim, existe uma censura privada, em que fatos importantíssimos não são abordados porque a mídia não tem interesse.”

    Trecho da entrevista de Valério Cruz Brittos. Formado em Direito, pela Universidade Federal de Pelotas, e em Jornalismo, pela Universidade Católica de Pelotas, com especialização em Ciências Políticas, é mestre em Comunicação pela PUCRS e doutor em Comunicação e Cultura Contemporânea pela Universidade Federal da Bahia. Atualmente é professor do PPG de Comunicação da Unisinos.

    Coincidentemente (ou não…), trata-se de conteúdo publicado hoje no seguinte sítio: http://www.ihu.unisinos.br/index.php?option=com_noticias&Itemid=18&task=detalhe&id=47424

    Nós, gaúchos, apoiamos o ato do Movimento dos Sem Mídia!

  34. Apóio integralmente.
    Dou fé.

  35. Só uma coisa adizer: Parabéns! hshshssshsshs

  36. Quem disse que a marcha que teve em brasilia dia 7 foi orquestrada por veiculos de comunicação. Essa marcha foi organizada atraves do facebook e outra, quem disse tambem que essas marchas foram para beneficiar alguns partidos políticos, sendo que era proibido bandeiras de partidos políticos nessa marcha.

    Meu deus! Quanta alienação.

    • Ah, é? Veja quem está por trás dessas “marchas” fascistas “contra a corrupção” http://bit.ly/q8lnHL

      • Só tem bandido por trás do “movimento contra a corrupção”.

        Eles são a favor dos corruptos e mancomunados com imprensalona de esgoto.

        Bando de mau-caráter.

    • Mais um neoburrão emprenhado pelos ouvidos.

    • Fernando, o Collor também era “apartidário”, lembra-se? Impossível alguém não ter um partido, ou seja, uma posição. A netralidade é que não existe, nem mesmo na ciência, há sempre um lado, e olhe lá que, no caso das macha dos cansados isso nem foi disfarçado, os interessados nem esconderam o rosto, de forma que tornou-se ridículo o batalhão de “honestos” formado por gente tipo ACM Neto, Zé Serra, Zé Agripino Maia, chega!

  37. A imagem no blog é elucidativa, o gigante a ser derrotado talvez uma das piores heranças deixada pela ditadura e pelo governo Sarney com seu Ministro das comunicações Antonio Carlos Magalhães, infelizmente, o nosso Davi, o pobre povo brasileiro acostumou-se às conciliações por cima sem nunca ter conhecido uma verdadeira revolução que lhe permitisse colocar-se, de fato, como soberano, mesmo a maior delas a Revolução de 30 acabou por ter de contar com os mesmos velhos representantes da elite carcomida para poder governar e o grande Getúlio, mesmo com seu gesto heróico só fez adiar o inevitável!!!!

  38. Mas talvez o pior tenha sido o acordo parlamentarista de 61 por Jango e a não resistência defendida por Brizola, uma guerra civil teria sido purgativa para esse pobre país!!!!

  39. CONCORDO COM O ABAIXO ASSINADO, POIS NO BRASIL IMPERA UMA IMPRENSA ELITISTA E PARCIAL, COM CONGLOMERADOS CRUZADOS (RADIO, JORNAL TELEVISÃO) NAS MÃOS DE UMA MESMA FAMILIA. SARNEYS, BARBALHOS, MAGALH~ES, ETC, STC….

  40. Edu, como eu havia anunciado, realizei o que planejei realizar aqui em Goiânia, foi muito bom, as pessoas se interessam pelo temo, notei que mesmo pessoas de baixa escolaridade estão atentas ao problema, obrigado por ter, de uma certa forma, me proporcionadoi esta agradável experiência, tudo foi prazeroso, desde a redação do texto ao momento de ver as pessoas lendo o que eu havia escrito, segue link
    http://josecarloslima.blogspot.com/2011/09/spin-o-primeiro-momento.html

  41. Tem o meu apoio! Participei,hoje,do primeiro ato contra a corrupção da mídia,aqui em SP.

  42. Todo meu apoio à sua iniciativa, Eduardo. E que a verdadeira justiça impere em nosso país, em breve, e nos livre dessas famílias parasitas e golpistas da porca mídia nacional.

  43. Meu TOTAL APOIO Edu, parabéns pela iniciativa.

  44. Todo o apoio a esta importante iniciativa!

  45. Sim!!! Todo apoio aos que lutam por essa causa. Enquanto esta mídia canalha dominar, o povo brasileiro não poderá ser feliz.

  46. Não poderia deixar de apoiar. Edu, vá em frente, que nós, longe de SP também vamos.

  47. Cade o link para assinar o abaixo a corrupção da mídia. Quero assinar e divulgar para todos os meus contatos.

    Pelo Democracia no nosso Brasil!

  48. Parabéns pela iniciativa. Queremos uma imprensa livre, não essa coisa panfletária e parcial que vemos na grande imprensa brasileira. Obrigada por nos representar.

  49. Estive lá já mais para o finalzinho.
    Minhas impressões estão aqui: http://sidnei-quasetudo.blogspot.com/2011/09/manifestacao-no-masp.html

Trackbacks

  1. Abaixo a Corrupção da Mídia | Blog da Cidadania | Brasil Media
  2. Abaixo a Corrupção da Mídia | Blog da Cidadania | Media Brasileiro
  3. Manifesto do Ato contra a corrupção da mídia « Marcos Aurélio
  4. Abaixo a Corrupção da Mídia | Blog da Cidadania | Info Brasil
  5. SP e Rio promovem atos contra a corrupção, na mídia | A Tal Mineira – Blog da Sulamita
  6. Abaixo a corrupção da mídia « Blog do EASON
  7. Manifesto contra a corrupção da mídia « Tarso Cabral Violin
  8. Apenas 100 | TV Boituva Notícias
  9. Abaixo a corrupção da mídia | Blog da Cidadania | Mídia Global
  10. Abaixo a corrupção da mídia | Blog da Cidadania | Media Brasil
  11. Abaixo a corrupção da mídia | Blog da Cidadania | Media Brasil
  12. Manifestação pela democratização da comunicação
  13. Ato Público Contra a Corrupção da Mídia em São Paulo « Libertar a Mídia
  14. :: Fazendo Media: a média que a mídia faz :: » Ato denuncia a corrupção da mídia e defende urgência de marco regulatório
  15. O que marcou a política em 2011 | Blog da Cidadania

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.