“É a economia, estúpido!”

Tanto que rodamos, tanto que especulamos e a verdade sobre a eleição presidencial esteve o tempo todo sob os nossos narizes.

Aliás, quando flexiono os verbos do período anterior a partir da primeira pessoa do plural, sou bondoso, pois nós é uma vírgula… Eles, a direita, é que construíram teorias insólitas sobre como Serra venceria a eleição; a blogosfera progressista, os que integramos essa avassaladora “onda vermelha”, sempre dissemos a causa pela qual Serra cairia como fruta podre quando a campanha eleitoral chegasse ao auge.

A frase que intitula este texto foi dita por James Carville em 1992. Era, então, um dos craques mundiais do marketing político. Sua teoria se tornou notória durante a campanha de Bill Clinton à presidência dos Estados Unidos. Explicava como o democrata poderia combater o então presidente americano, George Bush (pai), que buscava a reeleição pelo partido Republicano.

“É a economia, estúpido”, dizia Carville. A economia favorecia a vitória de Clinton como favoreceu a de Lula em 2002 e a de Obama em 2008, por estar mal, e foi a mesma economia que favoreceu a vitória de Lula em 2006 e favorecerá a de Dilma neste ano por estar bem. O resto é papo furado.

Atribuem a popularidade de Lula a uma sua lábia que teria poderes mágicos ou, ao menos, hipnóticos, e que enganaria um povo incauto, inculto, incompetente, irresponsável. Um povo, porém, que quando elegeu FHC era o supra-sumo do amadurecimento político decorrente da redemocratização do país, pelo menos para a mídia.

No fim, a explicação mais correta continua sendo a mais simples. A teoria de que o povo elegeria o maior adversário de Lula durante o seu mandato para continuar a sua obra se mostrou tão burra quanto a estratégia de negar até a morte os avanços que o país estava – e está – experimentando e de tentar atrapalhar sua governança de todas as formas.

Serra não vencerá a eleição, portanto, simplesmente porque não haveria como um oposicionista vencer. Claro que não precisaria ser por margem acachapante – e talvez não seja, porque ainda há muito chão pela frente até 3 de outubro. Mas a derrota da oposição sempre foi o cenário mais provável e continuará sendo mesmo fazendo todas as necessárias menções ao imponderável que se possa fazer…

Aliás, vale dizer que Serra até poderia ter uma pequena chance de vencer a eleição se ele e os seus aliados não tivessem passado os últimos anos sabotando tudo o que Lula fazia.

Será que o tucano acha que as centenas de milhares de famílias dos jovens que se beneficiaram do Prouni ficariam caladas enquanto ele prometia não interromper o programa apesar de seu aliado DEM ter entrado na Justiça para extingui-lo?

Nunca antes na história deste país um candidato deve ter sido tão chamado de mentiroso por tantos.Essas centenas de milhares de famílias de estudantes pobres converteram-se em milhões de pessoas que as integram, pessoas que vêm ascendendo na escala social e que não estão dispostas a eleger aquele que, através de aliados, tentou impedi-las de ascender.

E as milhões de famílias integrantes do Bolsa Família que passaram quase oito anos sendo estigmatizadas pelos aliados de Serra e pelo próprio como hordas de “vagabundos” e de “mendigos” que exploravam o resto da sociedade através do “bolsa esmola”? Essas milhões de famílias, à razão de 5 membros cada uma, converteram-se em dezenas e dezenas de milhões de pessoas que sabem muito bem o que significaria devolver o poder a tucanos e pefelês.

E as dezenas de milhões de trabalhadores que passaram a era FHC escutando os tucanos dizerem que era preciso acabar com direitos trabalhistas para viabilizar a geração de empregos no Brasil? Será que toda essa maré humana se esqueceu disso enquanto viu Lula criar 14 milhões de empregos com todos os direitos e com salários mais altos?

Até parece que o povo daria a mesma aprovação a Lula se a economia estivesse no fundo do poço como estava quando Serra, FHC e o resto deles estavam no poder. O atual presidente já teria caído há muito tempo, ou caminharia para o mesmo destino de FHC em 2002.

Note-se que a clareza da população sobre a situação política é tão grande que em 2006, com a mídia colocando imagens de pilhas de dinheiro para acusar Lula no horário nobre da TV e tudo, e com a economia muito menos vigorosa que hoje, o presidente foi reeleito por ampla margem de votos. O povo sabia o rumo em que o país tinha entrado.

O grande erro de Serra, de seu grupo político e de sua mídia foi o de subestimarem o povo, a capacidade do brasileiro de enxergar os fatos e, sobretudo, a melhora impressionante da qualidade de vida desencadeada por medidas e escolhas que a oposição e sua máquina de desinformação contestaram uma a uma com grande estardalhaço por anos a fio.

Como sempre se disse neste espaço, acima de tudo o que acontece nesta campanha eleitoral duas apostas estão se confrontando – uma feita pela direita midiática e outra pela centro-esquerda petista. Os conservadores apostam na burrice popular e os progressistas, no amadurecimento. Ainda que falte muito chão pela frente até 3 de outubro, até agora a aposta conservadora está virando pó.

Tenho certeza de que ao menos Serra já está repetindo para si mesmo a frase de James Carville e se perguntando por que, diabos, foi dar ouvidos ao Otavinho e companhia limitada.

Tags: , , , , ,

59 Comentário

  1. A frase que Carville fez famosa foi tirada de uma carta de um cidadao a Bill Clinton. Era a economia entao e eh ate hoje.
    Ah, e o PSDB/DEM vai passar por um tsunami.

  2. A Falha de SP ainda vai usar a frase, mas da seguinte forma:

    "É a economia estúpida".

    Depois, vai se retratar na página 587, no rodapé, três meses depois, na edição de um feriado que cai na segunda-feira.

  3. Frase muito bem resgatada.

    Acho q neste espaço e de outros blogs progressista ela foi repetida inúmeras vezes nos últimos anos.

    Como a oposição só le o PIG, fez uma leitura lunática da percepção dos brazucas.

    Se a oposição quer ter mais força, é bom começar a ler os blogs progressistas.

    Ops, se começarem a ler os blogs progressistas deixarão os demostucanos. hehehe

  4. Seu texto de hoje está excepcional!!! Começamos bem a semana. Grande abraço!

  5. Eduardo.. falando em economia… veja esse vídeo!
    Achei fantástico!
    Se puder divulgue-o… é hiper didático.. e tem tudo haver com seu Blog, com o PIG e…. com economia!
    http://www.youtube.com/watch?v=Ig9pE6qwzxw&fe…!

    Claro que não gostaria, como brasileiro, de ver o Serra (pode mais) na maior crise financeira….

    Seria suicídio!!!

    Aqui, as palavras do autor do vídeo:
    Este vídeo traça uma cronologia da crise mundial (2008-2009) sob a ótica da imprensa brasileira e da oposição ao governo Lula, do PT.

    Com pouco mais de 9 minutos de duração, o vídeo traz também uma resposta aos que não entendem como o governo de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) conseguiu quebrar o Brasil três vezes, a despeito de ter liquidado quase todas as estatais lucrativas.

    Pois, ao que parece, os "economistas PhDs" do PSDB não conseguem enxergar além das "receitas importadas" dos seus gurus neoliberais internacionais. E no meio do "efeito manada", o economista (?) José Serra disparou a dar entrevistas em que apontava os "graves erros" que a equipe econômica do governo Lula estava cometendo para tentar superar a crise, pois "ia na contramão" das medidas adotadas pelas grande potências mundiais que, segundo Serra, "eram as únicas soluções possíveis".

    E o vídeo aponta as "medidas" e as contradições de José Serra ante a crise quando ele ainda era governador do Estado mais rico da Federação.

    Ao economista (?) José Serra (e a todos os demais "especialistas" da direita conservadora do Brasil) parece faltar a ousadia, a sensibilidade e a criatividade mostradas pelo governo do PT para superar as falhas graves, como a crise financeira mundial e a desigualdade social de um grande país que, definitivamente, não deve ficar importando "receitas de bolo" estrangeiras para superar as dificuldades internas.

    O vídeo mostra também de que forma a grande imprensa brasileira (que se popularizou na blogosfera como "PIG") exerceu um papel totalmente antipatriótico. Pois que, no furor para destruir a imagem de Lula, "importou' a crise e trouxe graves consequências ao Brasil, onde a crise poderia ter batido de forma mais suave se não fosse o alarmismo dos empresários que, pelos noticiários da imprensa, resolveram erroneamente demitir funcionários.

    Em tempo: a imprensa brasileira foi a única do mundo (daqueles países que não tinham nada a ver com a crise) que expôs com destaque e sensacionalismo a crise econômica mundial. A abordagem alarmista foi ainda pior do que aquela mostrada pela imprensa norte-americana ou europeia.

  6. Você esqueceu de uma coisa,Edu.Me permita dizer:

    É A BLOGOSFERA,ESTÚPIDO!!!

  7. até 03 de outubro o Serra cairá mais a Dilma será eleita com 60% do povo Brasileiro.

    • Em resumo, é o seguinte: Dilma-13 já ultrapassou o "45". Serra-45 está caminhando para o "13".

  8. Caro Eduardo Guimarães. Mais uma vez quero parabenizá-lo pela lucidez com que compreende e traduz fidedignamente o sentimento e as diversas situações vividas pela nossa sociedade.

    Poder observar que após 8 anos de um Governo que apanhou dos "donos da mídia" como nenhum outro – talvez nem mesmo haja similar na história mundial – conseguir atingir patamares economicos e sociais jamais imaginados, resgatar o orgulho de ser brasileiro da maioria da população, além disso manter-se com 80% de aprovação para ainda vir a fazer sua sucessora no Planalto é algo que a "direitona" e a "Mídia Golpista" jamais irão compreender.

    E essa é a maior e verdadeira lição do nosso amadurecimento como país democrático.
    Aqui a democracia finalmente faz jus ao "Governo do povo para o Povo".

    Forte Abraço e sinceros desejos de sucesso a você e os demais "blogueiros progressistas"

  9. Estúpido por estúpido vem a calhar a frase de Delfim Netto, "a parte mais importante do corpo humano é o bolso". Exceto o fato de Delfim trocar traje por corpo, sua máxima ainda hoje corre até no twitter e tem mesmo tudo a ver com o dia-a-dia das pessoas.

  10. Tão simples e tão verdadeira, esta famosa frase , para a política, tem o dom da síntese.

  11. Faltam 35 dias para elegermos Dilma, a primeira mulher Presidenta do Brasil! Não podermos perder essa chance, mãos a obra!

  12. Ae, garoto! Belíssimo texto. Se eles se espelhassem naquele personagem de pernas tortas depois de ouvir uma cantilena de como seria o jogo e perguntou pro técnico: "Já combinaram com os russos?". Pois é, levantaram a tese, se retroalimentaram de otimismo, pois a trese viraria fato pois "uma mentira contada inúmeras vezes se torna uma verdade", e na falácia de que "nosso povo não tem memória", são tão narcisos das próprias idéias que "achavam feio o que não era espelho", passaram o tempo todo naquele jogo sujo de acusar o adversário dos pecados que possuiam e não perceberam quie estavam sendo governados por um homem que sabe o que é sobrar mês no fim do salário, o que é andar num supermercado e não poder levar um regalo para os filhos pra não comprometer o feijão diário. A direita brasielira vai tomar um tombo e tanto, vão de cima de prórpio ego! Por nem ao menos se dar conta na lei de Murphy: "se há uma possibilidade de dar errado, vai dar!" por que a lei tem seu contradito: "se há possibilidade de dar ser…deu!" Pois a frase que mais me marcou de todo o governo Lula foi a que ele disse no palanque, na Avenida Paulista logo que finalmente se tornou o Presidente Eleito do Brasil: "Eu não vou dormir sossegado enquanto cada brasileiro não tiver o direito a três refeições por dia!" Vendo pela televisão disse pra minha mulher: se ele fizer metade disso vai ser o melhor presidente que esse país já teve. Já é o melhor. E pela minha conta ele passou a metade de meu faticínio, a outra refeição e meia a gente vai continuar batalhando.
    Um abraço fraterno pra toda minha gente.

    União e Olho Vivo!

  13. Eduardo, você tem toda razão, principalmente quando diz que o Serra e os seus subestimaram o povo. O governo do Presidente Lula deu outra coisa muito importante ao povo mais carente do Brasil, tratou-o com RESPEITO, coisa que a elite política, econômica e social brasileira nunca tratou. Eu sou testemunha ocular dessa mudança, a autoestima subiu, a consciência de cidadania, sem falar no poder aquisitivo mais alto, no acesso a energia, ao celular, a internet, a um transporte, em geral uma moto. Isso acontece em qualquer cidade pequena do interior do Brasil, principalmente, no norte e nordeste. É lindo de se vê. Falta muito a ser feito, mas com o Lula pelo menos começamos. Como é que a oposição vai infrentar tudo isso? Não tem como. Povo quer Lula, como não dá, vota em quem ele indicar.

  14. Caro Eduardo, sem dúvida a economia exerceu um papel absolutamente determinante no atual quadro; mas não deixemos de atribuir esse provável triunfo da centro-esquerda, pelo menos em pequena parte, à absoluta incompetência de José Serra e seu séquito, fortemente evidenciada por essa campanha obtusa, tapada e cega que vem sendo conduzida… Isso, no mínimo, ajudou o povo a perceber no que iria se meter, caso optasse pelo candidato conservador. Vamos dar o devido valor (ou a falta dele…) a quem merece!

  15. Excelente artigo, incisivo.

    No APAGÃO do IMPOSTÔMETRO, vocês poderia emprestar o PEDAGIÔMETRO ao Serra, Recorta a figura dele e coloca o PEDAGIOMETRO no fundo. Ele vai gostar e o Mercadante muito mais.

  16. Mais um blog legal, ligado ao meio ambiente: http://blog.ambientebrasil.com.br/

  17. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, Edu me desculpe, mas a gargalhada saiu quando terminei de ler esse post, adorei, quem mandou acreditar no PIG, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    O povo não é bobo é só o PIG e a direitona que pensa que o povo é burro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Viva o povo brasileiro. Viva Luiz Inácio Lula da Silva.

  18. Ele não tinha muito a fazer Eduardo, não passa de um pau mandado desses caras, principalmente dos donos da Globo. Os porta vozes da Veja, Globo e Folha vão cair um a um. Achavam que iriam defender o apartheid social na maior cara de pau na televisão e o povo iria segui-los.

  19. Alguém pode me explicar o que está acontecendo com a abertura da copa em 2014?

    Até ontem o governador e o prefeito de São Paulo ignoraram a copa. Foi só o Lula articular a contrução do
    estádio do Corinthians que "direitona" acordou???

    Agora goldman e kassab visitaram os pobres na zona leste? E a Globo News disse que o governador e o prefeito de São Paulo vão construir (sic) o estádio do Corinthians sem dinheiro público???? (quer dize, sem o dinheiro federal)…mas se não tem dinheiro público, o que eles foram fazer lá em Itaquera??/

  20. …felizmente Lula não fez as tais "reformas significativas" iguais a de FHC. O que seria de nós ??

    Ele preferiu fazer reformas "menos significativas" como:

    – distribuir renda;

    – recuperar o mercado interno;

    – apostar nas empresas brasileiras;

    – criar milhões de empregos;

    – fazer investimentos em infra-estrutura;

    – possibilitar milhões de jovens de frequentar uma faculdade;

    – recuperar a capacidade do estado de planejar;

    – etc..

    Ou seja fez coisinhas pequenas demais… Se for para fazer parecido como os tucanos, melhor que continue assim: fazendo coisinhas…

  21. Ele não tinha muito a fazer Eduardo, não passa de um pau mandado desses caras, principalmente dos donos da Globo. Os porta vozes da Veja, Globo e Folha vão cair um a um. Achavam que iriam defender o apartheid social na maior cara de pau na televisão e o povo iria segui-los.

  22. O PIG está nervosinho com o Serra, mas o Serra deve estar tão nervosinho quanto com o PIG. Ou seja, eles se merecem…

  23. Lula resgatou a autoestima ,o patriotismo e o nacionalismo no povo brasileiro.Nunca o povo teve tanto orgulho de se dizer brasileiro.

  24. Como já foi comentado aqui, "É a economia, estúpido", mas também "É a blogosfera" Sem a blogosfera, o grande vigarista José Serra e sua mídia convenceriam meio mundo de que ele era o mentor de Lula, e também era seu candidato(do Lula), como chegou a fazer muita gente pensar. Nos seus programas, Serra sempre diz que vai fazer tudo que Lula fez e Dilma continuará(até aqueduto no nordeste) Nunca tinha visto um plagiador e enganador tão descarado. Mas a blogosfera o desmascara com uma rapidez impressionante, e o resultado é o que estamos vendo, sua queda vertiginosa e a ascenssão de Dilma na mesma proporção..

  25. A grande vitória foi quando,em 2002,o Brasil elegeu presidente um operário,sindicalista e sem diploma.
    Um cidadão com a cara da maioria do povo brasileiro.
    A identificação com o povo é natural…
    A oposição só não esperava que o governo do popular Lula fosse um sucesso.
    Passaram oito anos criticando e desconstruindo.
    E agora?
    O que dirão à sociedade?
    Que estavam errados?

  26. (ok, passou batido nao, Edu: muito obrigado por cortar aquele post outro dia. Quando eu fui entender , ja era tarde e ia ser um disastre)

  27. Edu,

    "José Serra, estreia, nesta terça-feira, no programa eleitoral ao som de "quando o Lula da Silva sair é o Zé que eu quero lá".
    Eu tenho uma idéia melhor: " Virou Zé e encalhou nos 29%"

  28. Edu, o problema (problema para a elite mas não para o povo) é que o voto está se convertendo em arma de libertação e, como estes larápios não dormem no ponto, conforme texto publicado na Carta Maior, a elite já trama para colocar em campo o discurso segundo o qual o que vale não é a eleição mas a gestão, o que permitiria um governo eleito pelo povo ser derrubado caso não siga à risca a tal receita da gestão, claro, neoliberal. Isto foi aplicado em Honduras, andou perto de ser implantada no Paraguai de Lugo,.,,,
    Segue o texto A doutrina Hillary: a gestação do argumento golpista, de José Vicente Rangel, na Carta Maior,
    Os apologistas do processo eleitoral passaram a questioná-lo. Os argumentos que tiram da manga são de uma imoralidade que beira o ridículo. Dizem, por exemplo, que o que conta não são as eleições, mas sim a ação de governo; ou que o sufrágio contaminado de populismo é um engano (quando ganha a esquerda, é claro) e outras afirmações no mesmo estilo. A “doutrina desqualificadora da eleição” vem ganhando terreno em diversos setores políticos e já foi expressa, em reiteradas declarações, pela atual secretária de Estado dos EUA. O artigo é de José Vicente Rangel. http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMos

  29. Eduardo

    Veja isso. Saiu no blog do Nassif e eu recebi um email a respeito:
    Começou a baixaria pesada
    Postado por Osvaldo Pavanelli em 17 junho 2010 às 13:58
    Exibir blog de Osvaldo Pavanelli

    "O ex-petista Ivo Patarra, 47, compilou, organizou e editou todo o material produzido sobre o PT durante os 13 meses do escândalo do mensalão, o maior esquema de corrupção governamental de que se tem notícia no Brasil."

  30. Edu, o problema (problema para a elite mas não para o povo) é que o voto está se convertendo em arma de libertação e, como estes larápios não dormem no ponto, conforme texto publicado na Carta Maior, a elite já trama para colocar em campo o discurso segundo o qual o que vale não é a eleição mas a gestão, o que permitiria um governo eleito pelo povo ser derrubado caso não siga à risca a tal receita da gestão, claro, neoliberal. Isto foi aplicado em Honduras, andou perto de ser implantada no Paraguai de Lugo,.,,,

  31. Aqui um ótimo artigo do Emerson Luis/Nas Retinas dando-nos conta do motivo pelo qual o latifúndio da mídia tem tanto ódio de Lula
    http://emerluis.wordpress.com/2010/08/30/redistri

  32. Golpe a vista a Globo esta distribuindo revista Época grátis com patrocínio do Santander .
    imagina o conteudo

  33. Eduardo,
    Espetacular!!!

    Vejam este video da campanha Dilma
    http://www.youtube.com/watch?v=8LPDVLWizIY&fe

  34. Os conservadores são tão BURROS, TÃO FANÁTICOS, TÃO CEGOS EM SEUS PRECONCEITOS E ATAVISMOS que negaram-se,d e maneira sequisofrênica, a enxergar o óbvio : o povo, COMO QUALQUER MEMBRO DA "ELITE", vota conforme seus interesses. Só que quando o povo, ou um líder popular, defende seus interesses, as bestas quadradas midiáticas(e os trolls mais bestas quadradas ainda!)chamam de "populismo", todavia quando um capitalista defende o que o beneficia, aí os malucos chamam de "propostas modernas". TENHA DÓ! SÓ PODERIA DÁ NO QUE ESTÁ DANDO! Com uma sutil diferença : as propostas populares são generalizantes, isto é, beneficiam a todos(a "elite" só acha que perde com eles porque pensa apenas na manutenção de seus privilégios nababesco, que de fato sumirão. Se exergasse a si própria como membro de uma coletividade, veria que também ganha : terá o mesmo acesso de todos aos frutos do desenvolvimento…Continua

    • Não é por nada não, filho, mas você chamar alguém de fanático é até engraçado, dado o conteúdo hiper agressivo dos seus textos.

      • Não é por nada não, filhinha, mas você se preocupar com os textos dos outros, ao invés de tentar tirar alguma ideia da sua "cachola", mostra que, além de fanática(já que não suporta aqueles que pensam de uma forma que te desagrada), você é intelectualmente medíocre! Vá aprender a pensar! Agrido, e agredirei sempre, os que exploram, os que oprimem(e os que são tão burros que, mesmo vítimas deles, os defendem); mas defendo com todo o ardor os oprimidos, os que desejam apenas ter uma oportunidade, os que lutam pela Justiça. E você, defende quem? Responderei para você : Você defende os que oprimem, os violentos, portanto você e seus ídolos são os verdadeiros agressores!

  35. O jornal do Brasil noticia que Dilma está num hotel luxuosíssimo(pura maldade) e vai conceder uma entrevista para o "jornal o globo". Por quê? Para quê? Este jornal não merece tal entrevista. Vão distorcer as suas palavras. Agora vai a pergunta: Será que a cúpula do PT não consegue enxergar isso? Consegue. Então por que age assim? É difícil de entender e aceitar.

    • Enxerga sim Carlos, e enxerga até demais. Faça uma retrospectiva e fica cristalino. Quanto mais bate, mais a Dilma cresce. O que o PT mais que é que nesta entrevista o "jornal dos bobos" baixem o sarrafo. Só falta agora o colocarem a "Regina queridinha do Brasil" dizendo que têm medo da Dilma…

      Em resumo, que já se decidiu votar contra Dilma/PT, nestas alturas, não tem mais jeito, vão adorar cada cipuada que a Dilma levar. Quem for a seu favor, vai sofrer nas entranhas, mas nadas que acontecer vai mudar o seu voto. Agora, os indecisos…. estes já mostraram que não são de "passar a mão e carregar".

  36. O mais impressionante em toda essa alienação "dazelite" e dos grandes meio de comunicação é que a receita de Lula nada teve de miraculoso, de sobrenatural.

    Foi uma opção pela maioria da população e pelo futuro do país, só isso.

    Pela primeira vez em décadas um presidente do povo decidiu governar pelo povo e para o povo.

    Essa é uma opção que jamais passa pelos cérebros supostamente privilegiados do PSDB e do Dem;

  37. Continuação … e deixará – a elite – de viver numa sociedade em vias de entrar numa guerra civil, que por sinal acabaria, tragicamente, com os privilégios nababescos a que se agarra de forma doentia). Já os interesses da elite são egoístas, excludentes, pois explicitamente beneficiam apenas uma minoria e excluem os demais. A mudança mais impoirtante que ocorreu neste país foi que O POVO APRENDEU A "ENXERGAR" SEUS INTERESSES, ISTO É, APRENDEU A ACREDITAR QUE SUA CONCRETIZAÇÃO É POSSÍVEL E QUE O MODELO(E A "CARA" DA ELITE) NÃO SÃO EXPRESSÕES DA VERDADE UNIVERSAL OU SENTENÇAS INEXORÁVEIS DE DOMINAÇÃO. Essa foi a maior contribuição da vitória e do sucesso do Governo Lula. Não enxergá-la, além de um sinal de grave esquisofrenia, é prova do quanto o preconceito e a ignorância criaram uma "elite' de bestas quadradas(e um séquito de outras bestas quadradas, destinadas a justificar os delírios de seus chefes). A contradizê-los : A realidade!

  38. Aqui em Salvador, tem um dono de rádio e metido a comentarista político que vivia metendo o pau em Dilma, era um tal de despreparada, arrogante, que não sabia falar bem, que tinha papo chato, que quando fosse para as massas iria se dar de mal pq não sabe se comunicar com o povo e etc… e critica atrás de critica, pegava aquele reportagem de do presidente do IPOBE e bradava como se fosse a verdade absoluta , como se ele estivesse dizendo ta vendo , tô dizendo.. ela é fraca, é uma vergonha.

  39. Até pouco tempo ele ainda vivia falando isso, fora seus contratados pseudos- comentaristas que vivia metendo o pau no PT , alias quem tem Marco Antônio Villa como comentaristas não precisa de mais nada… só um Demetrio Magnoli para ser pior.

    Agora chega ontem ele resolve comentar a pesquisa do IBOPE que dá a diferença de 24 pontos para Dilma, diz que a eleição já está ganha, e cita o tal do “É a economia, estúpido!”

    E por isso é que ela iria ganhar.

    Agora.. se até pouco meses atrás antes atrás antes das definições de junho ele continuava metendo o pau… pq ele não se lembrou da “É a economia, estúpido!”

    Até parece que estávamos em crise e somente agora a economia voltou aos normal, o problema dessa oposição é não enxergar os avanços e achar que todo mundo é besta.

  40. Meu caro Edu, não sei se já postaram aqui. Mas recebi uma mensagem muito interessante ontem pela manhã.:

    Bomba, Bomba, Bomba !!!

    Umidade do ar alcança 30% e ultrapassa Serra!

  41. Ontem à noite recebi um interurbano de um sobrinho.Preocupado estava querendo saber em quem vou votar pra presidente.Para atormenta-lo disse que seria no serra.E ele do outro lado pediu pelo "amor de Deus" pra eu mudar meu voto.Quis saber o porque e ele respondeu:tio a melhor candidata é Dilma.Rindo eu perguntei se ele tinha prestado atenção no tempo do verbo na minha resposta.Repeti seria no serra,se fosse ele o candidato do Lula ,se tivesse feito parte do Governo Lula e se acima de tudo,preocupasse seriamente e honestamente com o Brasil e seu povo,então como ele é o oposto de tudo isso,perguntei,quem vc acha que merece o meu voto?Rindo ele respondeu, que eu queria era mata-lo do coração e acrescentou,minha vida melhorou muito.

  42. Se a Economia bem administrada fez bem ao Lula, cabia a uma oposição inteligente sobrepujá-lo na ação política. Mostrar-se como alternativa, por exemplo, fazendo São Paulo crescer mais que a média nacional, gerando mais empregos em proporção aos demais Estados, valorizando o funcionalismo, promovendo uma Educação, Saúde e Segurança exemplares.
    Daria para enfrentar o(a) candidato(a) de Lula, pelo menos, num patamar mais equilibrado. Se perdesse a Presidência, pelo menos a oposição poderia fazer mais governadores, senadores e deputados, colocando-se como força respeitável.
    Nada disso foi feito: acreditando na mídia que comprou, nas pesquisas fraudadas, Serra não se empenhou nem em fazer boa administração em SP, nem em articular apoios, dentro e fora de seu partido. Na crise, torceu contra o Brasil, pela quebra do País – e sua postura está na palavra de sua mídia. Estimulou a ridícula CPI da Petrobrás, cujo criador chegou a lançar como seu vice, antes de ter que engolir o Índio. "Fritou" Alckmin em 2008, no pior ato de infidelidade partidária jamais visto na História (cuidadosamente mostrado pela sua mídia como demonstração de alta capacidade política: Kassab iria elegê-lo!). Cassou o direito de Aécio neves às prévias, na base da chantagem pública ("Pó pará, governador", foi o ultimatum de um de seus porta-vozes no Estadão).
    Em síntese, porque os exemplos iriam longe, Serra é um péssimo administrador, e um líder de si próprio. Não agrega, divide; não soma, trai; não cativa, quer impor-se.
    Está colhendo o que plantou. E, agora se vê, mostrou o que realmente é: um ser humano pretensioso, sem qualquer preparo para exercer poder. Precisa recomeçar, como vereador no interior, prá tentar aprender o mínimo de Política.

  43. O post explica tudo direitinho para quem tem dificuldades devida à excessiva exposição ao pig. Outro assunto: Acabei de ver a intrevista da Dilma no Jornal da Globo. Como dessa vez o Waak não a mandou calar a boca, ela pôde explicar didaticamente ao casal de âncoras, fundamentos básicos de política e economia. O Waak e a Pelajo repetiam as tais acusações sem provas, ligação com as Farcs, quebra de sigilo, e etc, como funcionários monótonos do pig. E a Dilma, com cara de "poderia estar fazendo algo mais importante" rebatia o trololó pigdemotucano com a maior tranquilidade. E o Waak, longe da agressividade demonstrada quando a candidata não poderia reagir, só baixava a cabeça com cara de bunda

  44. Nassif,
    Meu irmão, funcionário do Ministério das Finanças de Angola, gostaria que vc estivesse presente num seminário que ele está organizar. Responda, por favor, para o meu e-mail

  45. É o petróleo estupido!

    O primeiro nome do Jornal Nacional – Repórter Esso.

    Pra financiar um campanha desta, só mesmo a indústria do petróleo… pra comprar uma mídia que pertence a quem está na Lista da Forbes no primeiro lugar – a família Marinho, Organizações Globo, US$ 28,9 bilhões…

    Uma campanha dessa só quem pode pagar é o Petróleo…

    Na história dos EUA quem sempre patrocinou as campanhas midiáticas (nos bastidores, principalmente a imprensa), foi o petróleo… (Vide a historia da Standard Oil… dos Rockefeller… Standard Oil hoje ExxonMobil) (Vide no Youtube _History Channel – Gigantes da Industria – Tomando a Casa Branca – partes 1,2 e 3).

    Uma das sucessoras da Standard Oil, depois que Rockefeller foi obrigado pelo governo dos EUA (não financiado pelos Magnatas) tentar acabar com o monopólio americano do petróleo…

    Os Magnatas financiaram um presidente e acomodaram na chapa um vice com preferencias mais para o povo, sociais, de distribuição de renda… o presidente morreu e o vice assumiu…

    Mas Rockefeller criou a ExxonMobil, Chevron, Atlantic, Móbil e Amoco…

    Que no Brasil era a Esso.

    Não por acaso o primeiro nome do Jornal Nacional – Repórter Esso

    Muita coincidência, não?

    Isto explica porque o foco das denúncias na Petrobrás – Refinaria Abreu e Lima, Refinaria Pasadena.

Trackbacks

  1. Tweets that mention “É a economia, estúpido!” | Blog da Cidadania -- Topsy.com

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.