A volta de Lula Miranda

A noite estava fria e eu e a esposa saíramos do hospital em que nossa filha estava internada para fazermos um lanche rápido e desfrutar um da companhia do outro, pois já estávamos no meio da noite e havia dias que não tínhamos um tempo só para nós.

Eis que, na estrondosamente barulhenta avenida Paulista, sobrepondo-se ao ribombar dos escapamentos e das buzinas, ouço a voz tonitruante de Lula Miranda.

Magro, quase um metro e oitenta de altura, meia idade (como yo), com seus longos cabelos e seu sotaque de bom baiano, chama-me o nome com pompa e circustância:

Eduardo Guimarães!

Voltamo-nos, eu e a Cristina, e lá estava o meu amigo, quem, da última vez em que nos falamos – e foi ao telefone no fim de 2007, se não me falha a memória –, dissera-me de seu desalento com a política no país, com o “fla-flu”, entre outras razões que alegou para parar de escrever…

Lula Miranda é poeta e cronista, entre outras coisas. É colaborador da imprensa alternativa (publicou, por muitos anos, artigos no site da revista Caros Amigos, no Observatório da Imprensa e na Agência Carta Maior). E é, também (segundo as suas próprias palavras), um “militante da utopia”.

Lula me disse, naquele dia na Paulista, há algumas semanas, que se animara de novo a escrever – ele parou por uns dois anos, pelo menos. E disse que decidira que sua volta se daria no blog de Eduardo Guimarães.

Tenho, portanto, o prazer de fazer as honras para a volta de Lula Miranda ao debate político nacional. Abaixo, seu artigo de (re)estréia.

*****

Os militantes da utopia


Tenho acompanhado na “blogosfera” notícias de reuniões (acho que duas já foram realizadas) que alguns dos chamados “blogueiros independentes” têm participado visando formatar e realizar um encontro nacional que, me parece, será em Brasília no mês de agosto. Está aí uma iniciativa para lá de oportuna e, ousaria dizer, fundamental nesse momento atual que vivemos. Pois é inegável que a “blogosfera” está pouco a pouco colocando uma pá de cal na mediocridade e na “sabujice” da grande imprensa.

Temos mesmo que estar, todos, vigilantes e colocar, com muita paciência e esmero, mais esse pequenino tijolo na construção de uma mídia o mais próxima possível do que seria uma imprensa verdadeiramente livre e democrática – sem o jugo dos empresários, dos partidos ou dos oligarcas dos grandes veículos de comunicação que se travestem de imprensa “livre” e “pluralista”(livre?! pluralista?!onde?!). Uma utopia?

Nós, leitores e militantes da chamada mídia independente (ou alternativa, progressista… o leque de adjetivações é vasto), devemos estar na melhor sintonia possível e devidamente “antenados”, pois, bem sabemos, não devemos nos iludir: os jornalistas, editores e publishers dos “jornalões”, a grande imprensa,  o “PIG”  [como bem imortalizou um leitor do blog de PHA] estão “afinadíssimos” e em plena campanha para, nesse primeiro momento, estrategicamente, “encher a bola” da candidatura da Marina enquanto, “no paralelo”, fazem críticas tendenciosas/capciosas ao atual governo (e à sua candidata) e, sem pudor algum, fazem campanha escancarada para o candidato da oposição  [o arrogante, o autoritário, o ilusionista, o fadado à derrota, segundo a nossa forma de ver o mundo; e , segundo eles, o “competente”, o “preparado”]. Ou até mesmo, ardilosamente, de modo sub-reptício, mudar/inverter a pauta plantando, dia sim dia também, notícias e manchetes sobre supostos “dossiês” gestados nos porões soturnos e fétidos das gestapos daqueles que fazem política de modo sórdido – a mesma máfia que armou as arapucas do caso Lunus (caixa 2 da campanha de Roseana Sarney) e dos chamados “aloprados”.

A desfaçatez, o moralismo e o “denuncismo” seletivos, a arrogância alienada e a falta de pudor (ou seria falta de ética?) da grande imprensa é algo estarrecedor, vergonhoso até.

É…  eles, os de sempre, estão certos de que “é agora ou nunca”. Eles, os velhos “donos do poder” [como bem asseverou Raymundo Faoro], já não suportam mais ver essa “gentalha”, esses “sindicalistas”, esses “pobres”, essa “raça” [como dizem, de modo despudorado, sem ao menos disfarçar a atávica impostura de certa  elite e o evidente preconceito de classe], já não suportam mais ver esses outrora renegados filhos dessa pátria-mãe gentil finalmente dando um norte, um rumo promissor para esse gigante agora não mais adormecido.

Sim, e isso não quer dizer, de modo simplista, que esteja sendo parcial ou “petista”. O governo Lula – e isso é inegável – deu passos importantes nessa longa caminhada rumo à reconstrução desse país-continente. Mas muito ainda precisa e vai ser feito.

E para tanto é preciso perseverar nas políticas públicas ora implementadas, algumas com reconhecido mérito e sucesso; discutir, debater outras mais; somar talentos, agregar. Para tanto é necessário construir uma autêntica democracia, com uma imprensa verdadeiramente livre, pois plural e diversa, que de fato abra espaço para as mais diversas correntes do pensamento e ideários (partidários ou não); é necessário, ao menos, dar os primeiros passos de uma reforma política. Ou seja: urge dar os passos adiante; seguir em frente nessa longa caminhada que apenas começa.

Porém, os “arautos do atraso” desejam o Brasil de antanho, dos “senhores respeitáveis” (respeitáveis?!) da Casa Grande e Senzala. Um Brasil sem viço que, graças a algumas incipientes medidas tomadas pelo governo que aí está [sim, devemos louvar o que bem merece], já está pouco a pouco ficando para trás. E em breve será “coisa do passado”.

Temos o privilégio de testemunhar, nos dias de hoje, uma clara mudança de paradigma no Brasil. Mas, e principalmente, uma flagrante mudança no ânimo, na auto-estima do povo brasileiro. É algo que muitos brasileiros de valor, inclusive os que já não estão entre nós [Jango, Brizola, Arraes etc.], perseguiram por toda a vida, mas poucos tiveram a alegria – e, insisto, o privilégio – de ver realizado. Quantos dos nossos já não foram silenciados pela ditadura, pelo medo dos velhos e novos coronéis e pela opressão desses “passadistas”?  Nós estamos tendo essa alegria de viver esse novo Brasil.

Quantos jovens e pais de família conseguiram, nos últimos anos, um emprego com carteira assinada? Quantos não puderam finalmente realizar o sonho da casa própria? Quantos enfim conseguiram financiar o seu tão sonhado carro? Quantos foram resgatados da indigência e da miséria absoluta? Quantos pobres puderam finalmente cursar uma faculdade? Quantos não se sentiram, pela primeira vez, cidadãos?

Mas, ponderaria você, leitor arguto, muitos ainda estão desempregados ou subempregados, muitos ainda moram em cortiços, favelas ou mesmo nas ruas das grandes cidades; a educação é das piores (a saúde, idem); a violência grassa nas ruas. Sem dúvida, ainda há muito por fazer. Principalmente escolher bons homens públicos para as administrações estaduais e municipais, para as Casas Legislativas.

A caminhada é longa. Mas é preciso seguir em frente. Retroceder, jamais.

É preciso prosseguir e edificar, com firmes alicerces, uma grande nação.

Alvíssaras!!! Escutemos com atenção o que anunciam os arautos de um porvir auspicioso: os militantes da utopia.

Tags: ,

45 Comentário

  1. Hoje, no programa do PTB alugado à graça de Serra, ele mais uma vez, reiterou que é o caminho, a verdade e a vida e tudo que foi feito de bom em quinhentos e dez anos de América lusitana e Brasil, foi obra Dele e somente por meio Dele, o Brasil chega a 2011. Depois que a tudo criou, Serra só não pode descansar no sétimo dia, pois faltava ainda ser presidente do Brasil… Dizem as más línguas que as noites de insônia do homem bom se prolongarão também pelos dias, pois segundo comentam, os doze trabalhos de Hércules, quer dizer, de Serra, e a criação do mundo em sete dias, foram missões relativamente mais fáceis… Ou povo mal, esse!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Seja benvindo Lula Miranda. Parabéns.

  3. Amigos é chegada a hora.

    Vamos partcipar e divulgar: Um dia sem Globo! (tá lá no blog: http://eagora-dil.blogspot )

    Meus amigos, vamos participar! ASSITA BRASIL x PORTUGAL EM OUTRA EMISSORA.

    • Caro Dil,ouvi o jogo na rádio bandeirantes,todo tempo êles faziam publicidade para o governo de São Paulo!Sabesp,é isto é aquilo e etc…e tal…,não assisti porque estava fazendo o almoço!!!

  4. Um texto certo, decente, correto, digno, verdadeiro. É o que tenho a dizer, afirmar e concordar.
    Seja bem vindo de volta à militância, seja da utopia, da decência, da verdade, da militância, e que este seja o primeiro de muitos outros textos.

    Este momento permite que voltes e escreva, congregue, reúna, discuta, incentive e apóie.

    Que tal um blog seu, caro Lula? O momento é propício.

    Grande abraço.

  5. O autor ressaltou muito bem o momento que vivemos. Um momento em que, pela primeira vez em toda a nossa história, um pouquinho do que Brizola desejou para o Brasil começa a se tornar realidade, embora ainda haja muito por fazer. Daí a preocupação de lutarmos para não perdemos o pouco que conquistamos. Eu ainda não conhecia esse tal de Lula Miranda, mas pelo seu texto de reestréia podemos notar que ele sabe das coisas. Será que ele vai voltar a escrever aqui no Cidadania, Eduardo???

  6. Muito bom Edu. Esse grande Homem esteve presente no primeiro protesto defronte a Folha. Que beleza de texto. Bjs pra Vic. Abs.

  7. Bem vindo! Isso mesmo, melhoramos muito e ainda temos que melhorar ainda mais.Vejo a possibilidade de resolver os gargalos que a 500 anos estão aí e nenhum político fez nada para melhorar. Foram oito anos de governo Lula e tivemos grandes avanços como bem disse. O povo está mais feliz em ver uma nação vencedora onde começa todos a ter o mesmo direito!

  8. Não me surpreendeu… Com um nome desses (Lula), não daria pra esperar menos.
    Concordo na íntegra com o Lula Miranda, especialmente quando inquire: “Quantos não puderam finalmente realizar o sonho da casa própria?”. Foram muitos, eu e meu primogênito somos apenas dois dentre estes milhares de cidadãos.
    Recordo-me de uma antiga propaganda do Partido dos Trabalhadores em que alguém batia à porta do camarim do ator Antônio Fagundes e lhe perguntava, assim que este abria a porta:
    _ Antônio, por que PT?
    Ao que este respondia:
    _Porque o PT é um sonho…
    O sonho transformou-se em realidade com conquistas como trabalho e melhor qualidade de vida, devemos agora, militar na realidade factual para que nosso sonho não volte a ser pesadelo.

  9. Muito bom, Lula (o Miranda), sua veia escrita e talentosa pode cumprir grande missão no fortalecimento da blogosfera (por sinal, ressuscitou em um espaço dos mais promissores para militâncias utópicas).

  10. Em breve o povo brasileiro mostrara o caminho ao candidato pé parado da mídia, e ele continuara fazendo o que mais gosta, dormir até o meio dia.

  11. Esse é bom. Faça um blog Gigante. Escreve demais. parabéns Lula Miranda.

    meu Abraço

  12. Caro Lula Miranda, não o conhecia, mas posso ver que és uma pessoa perspicaz ao ler o que escrevestes: "Temos o privilégio de testemunhar, nos dias de hoje, uma clara mudança de paradigma no Brasil. Mas, e principalmente, uma flagrante mudança no ânimo, na auto-estima do povo brasileiro. É algo que muitos brasileiros de valor, inclusive os que já não estão entre nós [Jango, Brizola, Arraes etc.], perseguiram por toda a vida, mas poucos tiveram a alegria – e, insisto, o privilégio – de ver realizado." Esse teu parágrafo sintetiza muito do presente contexto brasileiro! A mudança trazida pela administração Lula, antes de muitas outras coisas, é uma mudança de ânimo; é um revigorar do espírito; é um fôlego à nossa consciência cidadã! Voltamos a bradar com orgulho e de cabeça erguida: Sou brasileiro! Viva o Brasil! Coisa que antes, só fazíamos na época da Copa do Mundo, pois fora desse contexto, o Brasil entrava em recesso… Nosso orgulho cidadão e patriotismo inato eram sufocados pela crua e brutal realidade da miséria, da corrupção desenfreada; do "eterno" triunfo do que é malévolo e em benefício de uns poucos, sobre o benefício comum e o bem-estar de todo o povo! Concordo plenamente com você, quando diz que presenciar essa mudança é um "privilégio". Não há dúvida que é! É possível hoje em dia no Brasil, olhar para o futuro e supor que existe algo de bom nos esperando por lá; coisa que antes da administração popular, eu imaginava que jamais sentiria! Nessa malfadada época, progredir, evoluir e melhorar de vida eram coisas que só aconteciam para uns poucos… Graças ao governo Lula e ao esforço de todos nós, brasileiros, hoje a realidade é outra; e assim continuará a ser, pois como tu mesmo dizes, "ainda há muito por fazer" (e põe "muito" nisso!) e o povo quer fazê-lo! Assim, caro Lula Miranda, bem-vindo de volta à luta e vamos trabalhar!

  13. Li muito Lula Miranda principalmente em 2005 e 2006 e por muitas vezes procurei por novos artigos na rede, sem encontrar. É muito bom saber desse retorno, fico muito satisfeita com essa volta!
    Abraços!!

  14. Retroceder jamais, cutucou por baixo, o de cima cai. Dali Dilma

  15. Texto impecável. Parabéns Lula Miranda.

  16. Realmente, é muito importante esse encontro de blogueiros independentes. Precisamos dar uma forma, uma estrutura para a blogosfera, que alguns já estão chamando de Infosfera, incluindo aí as redes sociais e mecanismos como o twitter, por exemplo.

  17. Precisa a avaliação feita pelo Lula, e importante a sugestão de que se escolha bem governadores e parlamentares, válida especialmente para os paulistas. Com o crescente descrédito do PIG, os "donos do poder" perdem sua principal arma de manipulação e já demonstram algum desespero. Azar deles.

  18. Que bom ter Lula MIranda de volta! Como eu gostava de ler o que ele escrevia. O momento é mais do que oportuno para ele nos oferecer suas análises sempre corretas da realidade.

  19. Edu,

    Ajude-me a entender a postura da Marina. É apenas uma inocente útil e que quer ajudar a entregar o governo ao demotucanato? Essa moça acha que vai reverter alguma coisa a seu favor assumindo a defesa do "serrágio" ? O acordo já foi firmado entre eles?
    Por mais que tente, não consigo entender essa lógica daqueles que pensam em "destruir a ponte por onde atravessei para que ninguém mais consiga passar"

  20. Caro Edu:
    Conheço o Lula Miranda de outros (memoráveis) carnavais, e a sua volta à blogosfera é auspiciosa.
    Quanto ao sucesso do governo Lula, gostaria de dar uma explicação que me ocorre.
    1. Como se sabe, antes de Lula a máquina administrativa federal estava quase 100% aparelhada pela Direita. Com a entrada do Lula, começou um lento e gradual desaparelhamento (o que a turma do Serra chama de "aparelhamento petista", fingindo que não há e nunca houve outro aparelhamento) da administração.
    2. Começar um desaparelhamento é tarefa ciclópica, porque é mais do que certo que os aparelhados vão chiar e, principalmente, boicotar. Assim, desde o primeiro dia o Governo Lula foi ferrenhamente monitorado, vigiado e boicotado. Não deixaram o PT roubar (como talvez pretendesse), enquanto deixavam partidos menos confiáveis (talvez velhos aliados enrustidos, talvez futuros aliados da pig-esfera) continuarem o roubo habitual.
    3. Impedido de roubar, ou pelo menos afastado da tentação de roubar, o Governo Lula transferiu o que seria seu butim para o povão mais pobre. E esses mais pobres, novos-consumistas, cresceram em auto-estima, dando uma injeção de ânimo no marasmo do nosso Capitalismo-Vira-Lata.
    4. Como, segundo o ditado, "Deus escreve certo por linhas tortas", criou-se um círculo vicioso, contrário aos objetivos da Pig-Direita, mas onde essa Pig-Direita teve um papel fundamental, embora ligeiramente secundário. Se a Pig-Direita tivesse deixado o Lula trabalhar, o resultado certamente não seria tão bom.
    Pelo exposto, vejo claramente que o melhor para a incipiente Democracia brasileira é ter um governo que não pode roubar porque tem uma oposição poderosa que controla os bastidores da administração. Obrigado, Lula! obrigado, Direita! Vamos continuar assim por mais 8 anos, pelo menos!…

  21. Miranda, você joga criolina na ferida da oposição. Deixa essa elite separatista sonhar. Pois vai morrer na ilusão de ser governo novamente.

  22. Momento ideal para voltar. Lula Miranda. Não poderia haver espaço melhor para sua Re-estréia.

    Seja bem- vindo!

  23. Belissimo Texto!!Parabens a Lula Miranda pela analise!!! Parabens a Edu Guimarães que o encontrou!!espero ler outros artigos do Lula Miranda neste blog….Isto o Pig….Serra jamais entenderão..aqueles que escrevem com patriotismo….amor….vigor da Alma!!VVA A BLOGOSFERA LIVRE***

  24. Lula Miranda, como é bom rever novamente o militante da Utopia.

  25. Parabéns, Lula Miranda.

  26. Caraca! Belo texto! Parabéns Lula Miranda e seja bem vindo para ajudar a blogosfera independente e utópica.

  27. Tucanos perdidos

    A novela sobre quem será – e, a essa altura, quem não será – o vice de José Serra ultrapassou os limites da analise política e se transformou em comédia. Afinal alguma coisa está muita errada na cabeça de José Serra e seus companheiros.

    Senão vejamos.

    Achar que Patrícia Amorim agregará votos porque é presidente do Flamengo ou Valéria Pires Franco porque, pasmem, conta com 12% da preferência dos eleitores no Pará, é coisa de quem pouco entende de estratégia política; de quem está desesperado; de quem não tem discurso; de quem não tem projeto; de quem não conhece o Brasil; de quem não sabe a que veio ou o que fará da campanha. Ou seja, todo esse imbróglio em torno de quem será ou não o vice – ou a vice – de Serra é bem o retrato do atual estágio da campanha tucana.

    Aqui em Minas costumamos usar um ditado, talvez até pouco politicamente correto, mas a campanha tucana está mais perdida que ”cego em tiroteio”.

    Não fosse a grande força que Serra recebe do Partido do Capital (mídia oligopolizada e mazombeira), sua candidatura estaria derretendo de forma ainda mais rápida.

    O desespero a caça de um nome para compor a chapa apenas transparece a falta de sintonia entre um candidato sem ter o que dizer, propor ou mostrar, para uma nação satisfeita com o grupo político que ora governa o país.

    Continue lendo em:
    http://www.dissolvendo-no-ar.blogspot.com

  28. Senti a falta de Lula Miranda, procurei na imprensa alternativa e não encontrava nenhum texto seu.
    Seja bem-vindo a estre espaço e ao Eduardo por postar este artigo.
    Escritores tipo Lula Miranda não podem ficar 2 anos sem nos remeter matérias inteligentes como esta.
    Parabéns.

  29. Seja bem vindo Lula Miranda!

  30. A hora é agora Lula, você com certeza reforçará o trabalho da mídia alternativa. Nós, aqui de Ipiaú-Bahia (sua terra), estaremos juntos nessa caminhada. Sua reestreia através do blog de Eduardo Guimarães é triunfal!
    Quanto a utopia, meu amigo, quem não sonha já está morto. Eu continuo militando, pois sonho cada vez mais com um Brasil mais justo e acredito realizar esse sonho dando continuidade ao projeto do governo LULA.
    Abraços

  31. Lula Miranda, senti muita falta dos seus textos na Carta Maior. Tenho procurado sempre e voce sumiu.Fiquei muito feliz ao lhe encontrar aqui no não menos querido Eduardo, pois são 2 pessoas brilhantes.
    Um abração e uma boa volta.
    mirtes

  32. Lúcida e explicativa a expoxição do LULA MIRANDA.

    Muitos são os Militantes da Utopia, seja em blogs independentes, progressistas ou alternativos, a adjetivação pouco importa.

    O que realmente importa é que somos muitos militantes, estejamos em blogs, na vida ou até nos bares da vida, mas agindo como guerrilheiros da informação.

    E complementando, segundo o PHA, o termo PIG foi a alcunha dada pelo deputado federal pernambucano Fernando Ferro (PT) a “essa mídia que prega a liberdade de desinformação, de manipulação e de deturpação das notícias.

  33. UM DIA SEM GLOBO DERUBA A GLOBO
    No primeiro jogo a globo teve uma paticipação de 82% (de acordo com os dados da matéria) no segundo, esta relação caiu para 80% e no último jogo a globo obteve 77,5% dos pontos. Enquanto isso, a BAND passou de 18% para 20% e no último jogo obteve 22,5%. A meu ver a globo está sim perdendo audiência, os números da matéria dão a impressão de que não, mas a medida que a audiência inteira suba, ou seja mais televisores ligados, é natural que os números absolutos de cada emissora aumente, analisando as participações, percebe-se que a emissora líder está perdendo audiência. Claro que a campanha não iria mobilizar a nação inteira, mas acredito que os números (participação de cada emissora) mostram que algum resultado foi obtido. #diasemglobo

  34. Parabéns pelo texto, Lula Miranda. Mais um para reforçar a nossa Blogosfera, que já começa a preocupar os "gigantes" da comunicação (gigante entre aspas pois reflete apenas o tamanho de seu poder conquistado em anos de desmandos e interesses escusos e não o tamanho de seus ideais). Concordo com o amigo Hélio Cesar que sugeriu que se criasse um blog. E neste caso sugiro ao Eduardo Guimarães que acrescente o endereço aos links amigos.

  35. Entre os homens que lutaram para ver um Brasil como ele ja é no dia de hoje, coloque mais um:
    Celso Furtado. Figura gigante, inovadora no pensamento, sem macula nas atitudes. hoje é um" navio"
    que singra os mares do mundo , homenagem do Brasil de hoje que ele proprio nao pode ver!

  36. Quanto mais Lula do nosso lado melhor.rsrsrsrsrs
    Bem vindo Lula Miranda

  37. Prezado Lula Miranda, ótimo saber que voce está de volta a este bom combate, o da cidadania plena, da dignidade, da luta por uma imprensa livre, plural, independente e sobretudo republicana e responsável, que trate a informação como um ativo indispensável à construção de um Brasil mais justo e com melhor distribuição de renda para a maioria do povo brasileiro.

    Diretor Jurídico do MSM

  38. Até que enfim Lula Miranda retorna!!! Seus textos são imprescindíveis. Alguns ficaram na minha memória para sempre como "O historiador do futuro" e muitos outros. Utópico ou pragmático, o momento é de união total. Que bom que voltou Lula! Espero que volte para ficar. Adoro seus textos. Bjs e bom retorno.

  39. Viva o retorno do grande Lula Miranda (nordestino como eu, para ser perfeito só faltava ser pernambucano). Um imprescindível militante na luta contra a ditadura midiática. Li, e comentei diversos artigos de Lula no Carta Maior. Senti falta dele e espero continuar encontrando seus artigos neste ou em qualquer outro espaço da web(por favor, Eduardo, informe onde poderemos achar os textos de Lula). Só uma correção : Lula, quem criou o termo PIG foi um pernambucano, o Dep. Federal Fernando Ferro(PT), como atestou o próprio PHA, deputado de quem sou eleitor há décadas. Quanto ao texto, ESTÁ BRILHANTE. Lula discreve bem a importância da ação organizada da blogosfera, a sistematizar-se no Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas, e define exatamente o que está em jogo neste país: os avanços obtidos por Lula, o quanto podem ser ampliados, quem são as forças que desejam destruir esse processo, e que nova Nação já está se formando com a mudança de rumos que o Governo Lula promoveu.Continuação…

  40. Continuação : O texto de Lula Miranda nos mostra claramente o quanto é nocivo o controle da opinião e da informação nas mãos de uma oligarquia, que as instrumentaliza como arma para a manutenção de seus privilégios, intrumentalização que passa pela censura a quaisquer opiniões divergente e pelo uso da mentira e da manipulação na abordagem dos fatos. Nos faz compreender o quanto é ESSENCIAL para a construção de uma Sociedade justa que a informação seja livre, plural, democrática, autônoma e consequentemente pública, condições incompatíveis com a privatização da opinião que foi feita neste país, que permitiu que "apenas quem pudesse pagar"(tivesse dinheiro e poder para receber uma consessão pública, administrada sem respeito à Lei, como bem privado)"comprasse" a opinião, impondo apenas a sua; não mais como opinião, mas disfarçando-a como fato; e censurasse todas as outras que dela divergem. É para quebrar esse satus quo ditatorial que se levantam todos nós, como Lula, militantes da utopia.

  41. Também estava sentindo muita falta do Lula Miranda. Grande notícia saber que voltou a escrever.

  42. Sempre ao visitar o site da agencia carta maior, ficava a procurar a coluna lucida e inteligente do Lula Miranda.
    Felizmente volto a encontra-lo. Valeu Eduardo .Laercio Alencar

  43. Grande LULA MIRANDA. Sem dúvida um reforço excelente e bem vindo ás esquerdas na blogosfera e fora dela. Muito bom o “Militantes da Utopia”, LULA, o “ativista da esperança”. Valeu, velho!!!

    “O BRASIL DE VERDADE não passa na glOBo – O que passa na glOBo é um braZil para TOLOS”

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.