A dama de veludo

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

Ex-dama de ferro – ao menos no dizer da imprensa do PSDB –, Dilma Rousseff, no Roda Viva que foi ao ar pela TV Cultura na noite de segunda-feira, esteve mais para dama de veludo. Diante das provocações até mal-educadas de ao menos dois entrevistadores – como não poderia deixar de ser, o da Folha de São Paulo e o do Globo – soube controlar, de uma forma surpreendente, uma irritação esperável diante de gente que estava ali para provocá-la.

Germano Oliveira, chefe de redação de O Globo, e Sergio Dávila, editor-executivo da Folha de São Paulo, fizeram, respectivamente, duas perguntas evidentemente talhadas para desestabilizar emocionalmente a candidata do PT à Presidência. O primeiro perguntou, na lata, se ela se considerava um “poste”, e o segundo, se ela mandara fazer um dossiê contra o adversário José Serra.

Ainda bem que não sou político. Não teria tido o jogo de cintura de Dilma, em tal situação. Com um sorriso entre maroto e irônico, disse ao atirador de O Globo que dizerem que ela é um poste não a transforma em um. E, ao da Folha, sem sorrisos, mas com impressionante serenidade e suavidade, disse, simplesmente, que a Folha precisa apresentar prova de sua acusação. Foi o que bastou para fechar-lhe a boca.

Mas que ela poderia ter dito àquele menino da Folha que dossiê é a ficha falsa que o jornal que o emprega fez contra si, poderia. Seria um erro, mas eu iria adorar…

Mas Dilma agiu certo. Ao fim do programa, já granjeara a simpatia de praticamente todos, com exceção do enviado do Globo, que não escondia a raiva que parecia sentir diante do baile que a candidata deu nele e em todos os outros, sobretudo por manter a calma e o bom humor diante de perguntas idiotas como a de Vera Brandimarte, do jornal Valor Econômico, que comparou as taxas de juros próximas de zero dos países ricos com a do Brasil, que está subindo.

Explico que a pergunta é idiota porque os países ricos tiveram que levar suas taxas de juros ao chão porque suas economias estão semi-falidas, enquanto que a do Brasil só faz se fortalecer a um ponto que já começa a criar uma inflação de demanda – ocasionada por mais procura por produtos do que a capacidade de produzi-los, o que põe em campo a lei da oferta e da procura.

A calma e o bom humor que Dilma conseguiu manter mesmo diante de eventuais faltas de respeito e de educação dos entrevistadores foram, a meu ver, os pontos altos de sua performance no Roda Viva de ontem. Mais até do que a sua segurança nas respostas, porque esse era o teste que a ela se apresentava, o de saber se manter racional diante de provocações afrontosas.

Impressiona o progresso de Dilma, essa sua capacidade de aprender. E não me refiro a números ou a outros dados que podem ser decorados, mas à inteligência emocional que adquiriu de uns tempos para cá – há pouco tempo, penso que teria se estressado. Aliás, contra Serra, ela deve crescer mais do que no programa em questão. Até porque, quem vem demonstrando dificuldade para se controlar emocionalmente, é ele.

Tags: , , , , ,

101 Comentário

  1. Não assistir ao programa, até porque não sabia que Dilma seria a entrevistada. Se soubesse, imaginando o complô que a corja midiática empreenderia contra ela, assistiria ao Roda Viva, apesar do programa causar-me repugnância. Fico muito feliz com a sua descrição. É bom saber que Dilma evoluiu emocionalmente, conseguindo manter a calma diante de canalhas que estão ali para desestabilizá-la; pois sabem do conhecimento da candidata sobre a máquina pública(por Dilma ter títulos educacionais, esses vermes não duvidam de sua capacidade. Infelizmente é essa a ótica doentia com que avaliam as pessoas). Por isso acreditam que o caminho para atingí-la é o da emoção, não o da razão. Já percebi, em outras entrevistas de Dilma, que será essa a estratégia dos "jornalistas" amestrados por Serra. Tática contra a qual Dilma já está imunizada. Continua…

  2. Quanto ao seu relato de pequenos momentos da entrevista: também achei ótimas as respostas que deu aos "jornalistas" amestrados do Globo e da Folha. E lamento que Dilma não tenha complementado a resposta ao marionete da Folha com a citação ao crime da divulgação de uma ficha criminal falsa dela, feita pelo canalha jornalzinho paulista., SÓ QUE NÃO CONSIDERARIA ERRADO SE O FIZESSE. Um pouco de agressividae é MUITO IMPORTANTE contra a canalhice e a empáfia dessa gente. Espero que a evolução emocional de Dilma corresponda a uma maior estabilidade, mas não retire dela a capacidade de agressão(quando necessário), que ao meu ver é ESSENCIAL E GERALMENTE FALTA em muitos políticos de esquerda, incluindo-se Lula. Saber bater em quem tenta agredir-nos, na hora certa, não quer dizer instabilidade, loucura, ao contrário, passa a impressão de que se fez Justiça, dando a eles o que merecem.

  3. Como outras pessoas a Dilma é bem mais competente sob pressão.

    Estava cansado das entrevistas "boazinhas", quando ela iniciava todas as respostas com o bordão "Olha, vou te contar uma coisa . . . ".

    Pelo olhar de ódio lançado ao perguntador da Folha do Serra acho bom o PIG por a barba de molho.

  4. Ontem não viu quem não quis. Essa mulher é demais , muito mais…..ela.
    E a cara de tacho do Sr da GROBOBO ( acho que foi não sei ao certo). Ao afirmar as medida do G20 de corte e zerar seus défits, que teriam que ser seguidas pelo Brasil?
    Foi um primor de resposta. Dizer que o G20 impôs a todos os membros, corte acentuado de investimentos e como ela iria portar-se diante disso. sua resposta foi admirável .Quem tem que fazer a lição de casa agora são eles , e não nós , e que isso não nos aplica. E não vão cortar a ponto de prejudicar as economias dos países emergentes. Foi imperdível.

  5. Sim ela é uma mulher e como tal chega a ser até maternal com esses jornalistas ou como dissestes delicada como o veludo gostoso de se tocar. Como na fabula do lobo vi que sorriso elegância, a serenidade e até compreensão de Dilma desarma tanta perfídia do principio da livre expressão. Ela hipnotiza. O semblante do jornalista da Globo foi expressivo, tentava se postar até meio de lado como querendo se desviar do olhar magnânimo de Dilma e quando falou sobre liberdade de imprensa assegurada mesmo diante de tanta calunia. Pontuou que a imprensa não tem fé publica. Difícil é esperar a mesma comunicação de um Lula, ainda ela tem um certo embaraço de construir um roteiro racional explicativo visando o entendimento do publico (com o Kennedy Alencar ele explicava após resposta de Dilma,por exemplo o que quer dizer PAC) ela compensa com o lado emocional feminino, cativante. Ela foi sincera ao dizer que está aprendendo muito (vivencia emotiva) com o povo simples e também com as madames Vips (Abílio Diniz). Dilma está se tornando mais completa, combinando números da economia com a realidade dos nossos cotidianos. Alvíssaras, estou muito contente. Gosto muito quando sei que ela aprecia a literatura (Saramago), poesia (Adélia Prado). Está se completando. Dorme com tranqüilidade. “aproveitou” para compreender o sentido da existência com a enfermidade.
    Já antes de 3 de outubro começam aparecer reflexões de como será a verdadeira futura oposição e de nossa parte como dar sustentação política á Dilma diante de uma midia corporativa partidária que ainda remanescerá. O PNBL, os Altercom, Barões de Itararé, Blogleiros progressistas e tantos outros como no cardume representado no

  6. Eduardo.
    Vi a entrevista junto com oito amigos, numa sala de Tv do meu clube. Um show. Teve gente que se levantou e a aplaudiu com a resposta do poste.
    Aí ficamos convencidos que a Dilma está prontinha para ganhar a batalha e governar o país "sem medo de ser feliz".

  7. Assisti toda entrevista. Já deu pra ter uma idéia de como serão os debates: o Serra de uma lado rosnando para o mediador, se este lhe fizer uma pergunta incômoda, e do outro lado nossa candidata: classuda, inteligente, segura, finíssima… Dá-lhe Dilma !

  8. Edu em absurdo, vereador do DEM do Mato Grosso agride cafajestemente uma jornalista. http://natelinha.uol.com.br/2010/06/29/not_32223….

  9. Os brasileiros nos orgulharemos de sermos representados por Dilma nos fóruns deste nosso planetinha,,,,ao lado das grandes autoridades mundiais,,,e Dilma mostrou ontem que ela desempenhará à altura o seu papel

  10. Eu sempre escrevi aqui que Dilma tem inteligência, capacidade de trabalho e agilidade mental extraordinárias. Não foi à toa que Lula a convocou para seu ministério assim que a conheceu, e depois a escolheu para sua sucessão, passando-a à frente de petistas históricos. A oposição e a mídia, que não conseguem enxergar nada que não seja seus próprios umbigos, parece que nunca perceberam isto, e pensavam, com sua habitual arrogância e presunção, que ela nada sabia e que seria desmoralizada facilmente em debates. Agora começam a perceber que vão ser literalmente esmagados por ela no confronto direto. A única coisa que ela teve que aprender, e aprendeu, é a ter paciência com tanta baboseira, falsidade e cretinice que vêm do lado de lá, e até mesmo do lado de cá.

  11. Advinha com quem ela tá aprendendo a desenvolver, de forma admirável, sua inteligência emocional?

  12. Quem quiser assistir ao programa aí está>>>> http://osamigosdapresidentedilma.blogspot.com/

  13. Eduardo,
    foi uma entrevista brilhante. Concordo com a sua leitura, ao longo da enfermidade Dilma Roussef encontrou outro tom, outro olhar, mais sábio, mais perene, que transparece em momentos-chave, incorporados à firmeza e à assertividade de sempre.

  14. Está vindo aí a DATAfraude da Folha com sua pesquisa furada
    A conferir neste post http://oleododiabo.blogspot.com/2010/06/hummm-e-b

  15. E os que diziam que ela não tinham carisma, queimaram a lingua. A mulher é um colosso. Cativante, simpática e intelingetíssima. Tem comportamento e mentalidade de "estadista", e como se não bastasse, é BRASILEIRÌSSIMA. conhece a fundo os problemas do país e de seu povo. Tenho certeza absoluta e cristalina que nossa primeira presidente será também uma presidente inesquecível e fará um bem inestimável ao BRASIL e seu sofrido povo. VAI DILMAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!

    "O BRASIL DE VERDADE não passa na gLobo – O que passa na gLobo é um braZil para TOLOS"

  16. Edu:
    Você disse que a capacidade de aprender da Dilma impressiona e está certinho. Tô de queixo caído até agora. Ela, que a princípio me fazia duvidar se Lula estaria certo, agora me presenteia com uma performance dessas.
    Pessoas presentes disseram o mesmo. Foi Dilmais.

Trackbacks

  1. Tweets that mention A dama de veludo | Blog da Cidadania -- Topsy.com

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.